Você está na página 1de 6

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


IEC - INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

Curso: Pós-Graduação em Automação Industrial


Disciplina: Instrumentação Industrial
Avaliação: Medição de Vazão
Departamento: IEC – Instituto de Educação Continuada
Professor: Reiner Simões
Data:

Exercício 1

Um transmissor de pressão diferencial, usado para medição de vazão líquida, está conectado às tomadas de pressão
da placa de orifício, em uma tubulação de planta industrial. O transmissor foi calibrado para operar na faixa de 0 a
5000 mm H2O, que corresponde, linearmente, a uma corrente elétrica de saída, na faixa de 4mA a 20 mA. A pressão
diferencial, em mm H2O, que está sendo gerada na placa, correspondente a uma saída de 12 mA no transmissor é:

(A) 2700 (B) 2500 (C) 1250 (D) 2200 (E) 2000

Exercício 2

Considere no fluxograma abaixo:

FE

FIT 4 a 20mA FI

 Vazão máxima: 12 m3/h.


 ∆P produzido com esta vazão máxima: 48000 mmH2O.
 FIT sem função quadrática incorporado.

Responda:

a) Qual será a saída do transmissor (saída de 4 a 20mA), quando a vazão for 10 m3/h?

b) A saída do transmissor está linearmente proporcional à vazão?


Exercício 3

Considerando agora o fluxograma abaixo, responda:

FE
FI

FIT FY

a) Qual é a função do bloco n.º1?

b) Considerando a expressão:

Sendo:
Is  4 Ie - 4  4 Is = corrente de saída do bloco FY
Ie = Corrente de entrada do bloco FY

Calcule a saída do bloco FY para o mesmo sinal de saída do transmissor encontrado na questão anterior.

c) A saída do FY está linearmente proporcional à vazão?

d) Escreva uma conclusão sucinta sobre os resultados dos exercícios 2 e 3.

Exercício 4

Marque V para verdadeiro e F para falso.

( ) Dentre os vários tipos de elementos deprimogênios existentes, a placa de orifício é a mais simples,
a mais comum e consiste em uma placa precisamente perfurada que é instalada
perpendicularmente ao eixo da tubulação.
( ) A eficiência na medida de vazão tendo como elemento primário uma placa de orifício é função
direta das condições físicas de seu orifício. Por ser um dispositivo robusto as, normalmente feito
com aço inox 316, as bordas de uma placa de orifício não sofrem qualquer desgaste.
( ) O tubo de Venturi é um dos tipos de elementos deprimogênios e produz um diferencial de pressão
maior que uma placa de orifício para uma mesma vazão e diâmetro igual à sua garganta.
( ) O bocal de vazão é um tipo de elemento primário para medição de vazão, adequado a aplicações
onde o fluido é abrasivo e corrosivo.
( ) O tubo de Pitot é um elemento primário para medição de vazão que funciona a partir da medição
das pressões total e estática existentes na tubulação, visando a identificação da velocidade do
fluido.
( ) Rotâmetros são medidores de vazão por área variável e diferencial de pressão constante, nos quais
um flutuador varia sua posição dentro de um tubo cônico, inversamente proporcional à vazão do
fluido.
( ) Os rotâmetros são montados verticalmente na tubulação do fluido cuja vazão se quer medir, de
maneira que o fluido seja dirigido de baixo para cima.
( ) O medidor eletromagnético de vazão é um tipo especial de medidor que funciona a partir do
princípio da Lei de Faraday que diz que uma f.e.m. é gerada quando um condutor se move em um
campo magnético.
( ) A única restrição para a utilização do medidor eletromagnético de vazão em princípio, é que o fluido
tem que ser eletricamente condutivo.
( ) O medidor tipo turbina é um dos tipos de medidores de vazão que funciona através de elementos
deprimogênios.
Exercício 5

Dado o fluxograma a seguir e sabendo que a saída do FY102A é de 10,4 mA, determine nesta ordem:

I - Saída do FT102 em mA;


II - P em “H2O
III – Q em GPM

a) 2,56 mA, 16,0 “H2O, 6,0 GPM


b) 6,56 mA, 16,0 “H2O, 6,0 GPM
c) 10,4 mA, 40,0 “H2O, 6,0 GPM
d) 10,4 mA, 65,0 “H2O, 9,7 GPM
e) 16,8 mA, 89,4 “H2O, 13,4 GPM

Exercício 6

A saída de um medidor tipo turbina foi monitorada por um osciloscópio, cuja forma de onda está representada abaixo.
Determine a vazão em GPM neste instante, sabendo que o K da turbina é de 800 PPG (pulso por galão)

a) 187,5 GPM
b) 600 GPM
c) 23,43 GPM
d) 18,75 GPM
e) 4,5 GPM

Exercício 7

As figuras abaixo representam instrumentos na indústria.

Observando a Norma ISA S5.1, a Figura :

(A) I é um medidor de vazão tipo magnético.


(B) II é um sensor tipo alvo.
(C) II é um medidor de vazão tipo sônico.
(D) III é um indicador de vazão de área variável, tipo rotâmetro.
(E) IV é um indicador de vazão tipo placa de orifício.
Exercício 8

A figura acima ilustra um escoamento em regime permanente em um Venturi. Considere que o fluido manométrico é o
mercúrio e que os pesos específicos envolvidos no problema valem γHg = 140.000 N/m3 e γágua = 10.000 N/m3.
Supondo as perdas por atrito desprezíveis, propriedades uniformes nas seções e g = 10 m/s2, para a velocidade da
água, em m/s, obtém-se na seção 2:

Exercício 9

A classificação dos medidores de vazão pode ser feita pelo princípio de medição. Por esse princípio, um exemplo de
medidor volumétrico é:

(A) placa de orifício.


(B) ultrassônico.
(C) centrífugos.
(D) diafragma.
(E) tubo de Pitot.

Exercício 10

Quando o fluido é do tipo líquido limpo, qual instrumento de medição de nível NÃO tem aplicação como chave de
nível?

(A) Flutuador
(B) Ultrassônico
(C) Capacitivo
(D) De pressão diferencial
(E) De pás rotativas

Exercício 11

Um conduto utilizado para o transporte de um fluido incompressível sofre um estreitamento, conforme a figura acima,
passando de um raio rA = 24 mm, onde a velocidade do fluido é de 2 m/s, para um raio rB = 8 mm. A velocidade do
fluido na parte mais estreita do conduto é dada, em m/s, por

(A) 0,8 (B) 5 (C) 6 (D) 18 (E) 80


Exercício 12

A orientação das tomadas é importante para o funcionamento correto das placas de orifício. Com base nessa
informação, a opção correta é:

(A) líquidos incrustantes, deve-se instalar o transmissor acima do elemento primário e na vertical.

(B) gases limpos e úmidos, deve-se instalar o transmissor abaixo do elemento primário e na posição vertical.

(C) gases que contêm sólidos, deve-se instalar o transmissor acima do elemento primário e na posição horizontal.

(D) vapor e gás condensável, deve-se instalar o transmissor abaixo do elemento primário e na posição vertical.

(E) vapor a temperatura superior a 450 ºC, deve-se instalar o transmissor acima do elemento primário e na posição
45º acima da horizontal.

Exercício 13

Qual dos medidores de vazão abaixo não é do tipo deprimogênio?

(A) Turbina
(B) Placa de orifício
(C) Venturi
(D) Calha de Parshall
(E) Bocal de vazão

Exercício 14

O sensor de vazão mais comum para controle de processos é a placa de orifício, que normalmente é aplicada em
tubulações de diâmetros entre 2 e 14 polegadas, sendo construída em aço inox AISI-304, 316 ou 430. Para uma
vazão Q e um diferencial de pressão ΔP, qual o valor constante da placa?

Exercício 15

Dois canos de água cilíndricos e uma torneira são representados, na figura abaixo, na qual as setas indicam a direção
do fluxo de água.

No cano 1, de diâmetro 3,0 cm, a água flui com velocidade de 150 cm/s. No cano 2, de 2,4 cm de diâmetro, a
velocidade da água é a mesma. Considere a viscosidade da água desprezível.

Qual é, em cm3/s, aproximadamente, a vazão da água na torneira? Considerar: π = 3

(A) 365 (B) 300 (C) 135 (D) 90 (E) 0


Exercício 16

Um tubo de Venturi mede a velocidade de um fluxo de gás, como mostrado na figura. O tubo por onde passa o gás
sofre um estreitamento para metade de seu diâmetro. Uma diferença de pressão entre o fluxo de velocidade V1 (antes
do estreitamento) e V2 (depois do estreitamento) é medida pela diferença de altura H da coluna de água no fundo do
tubo.

Dados:
3
Densidade da água ρ água = 1,0 x 103 kg/m
3
Densidade do gás ρ = 1,0 kg/m
2
Constante da gravitação g = 10 m/s

Sendo que H = 7,5 cm, o fluxo de velocidade V1, em m/s, é:

(A) 15 (B) 10 (C) 1,50 (D) 0,75 (E) 0