Você está na página 1de 18

Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Workshop de Benzimento, a Arte das Nossas Ancestrais - a


cura pelas rezas e orações

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Conteúdo programático:

- O que é benzer
- História e origem do benzimento
- O que são rezas?
- Quem pode ser benzido?
- O ritual de benzer, como benzer
- Benzimentos

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Parte I – O que é benzer?

Benzer é um acto de AMOR, do mais puro e singelo AMOR.


Benzer é quando doamos um bocadinho de nós, do nosso tempo,
sentimento, amparo, carinho, colo e saber.

Embora dentro da arte do benzimento figurem inúmeros métodos,


técnicas, conhecimentos ancestrais sobre a saúde, bem-estar,
espiritualidade, quando tu questionas o que é benzer, lembra-te que o
mais singelo gesto como o de servir uma chávena de chá e oferecer o
teu ombro amigo é também um acto de abençoar.
Num universo onde muitos estão carentes de acolhimento, uma palavra
que transmita positividade, amor e paz e bem-dizer, ou seja é
BENZER!

Benzer é tao simples e era a única forma de cura acessível a todos na


antiguidade, por isso dentro das técnicas de benzer podemos ver um
cenário próximo a cozinha da casa, utilizando utensílios de cozinhar
para benzer e próximos á máquina de costura, utilizando linhas,
agulhas, e tecidos para benzer.

Parte II – História e origem do benzimento

O acto de benzer é milenar e praticado por povos de diversas regiões


do mundo inteiro. Destaco 4 povos que perpetuam a tradição do
benzimento por milhares de anos ate chegar ate nos:

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

- Africanos – para o povo africano a conexão com a espiritualidade é


empírica. È possível sentir em cada africano a crença em algo maior,
em Deus, em Olarum, em Nzambi, nas forças da natureza (orixás), na
essência divina

- Ciganos – guardiões dos mistérios, grandes observadores dos


arquétipos humanos, peregrinos, aprendizes da vida, filhos do Sol, da
Lua, e das estrelas. Aprenderam a viver e sobreviver com as
ferramentas que tinham dentro do clã, dessa forma qualquer doença
era sanada dentro da comunidade, em partilhas dos saberes, com o
beneficio das ervas, dos grãos, do fogo, da magia do Sol e da Lua e das
alquimias.

- Indígenas – Conectados á mãe natureza, O povo indígena é o grande


conhecedor das plantas, com uma medicina própria oriunda dos seus
habitats nas matas, nos leitos dos rios, Os povos indígenas
desvendaram as grandes formulas de curadas doenças do seu povo e
criaram as suas próprias medicinas

- Bruxas – Grandes conhecedoras do culto aos Deuses e Deusas,


Conhecedoras das fases da lua e seu simbolismo. Dos elementais da
natureza. Lembram-se da avozinha que falava com as plantas? Lá
estava um elemental, um ser habitante do Universo da natureza a
cuidar e zelar pelo seu lar.

Parte III - O que são rezas?

Uma reza é algo único e todos os Deuses, Anjos, Arcanjos ou Santos


entendem o que quer que seja dito.

Uma reza é uma conversa íntima, ao pé do ouvido e pode ser um


cântico, um mantra, uma poesia, um pensamento, uma oração.

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

É o grito da mulher a parir, é a criança a correr feliz ao encontro do


pai. Um abraço entre irmãos, a felicidade de conquistar algo. O
calorzinho na alma ao abraçarmos alguém que amamos e todas as
lágrimas de emoção.

Uma reza é quando eu ponho de lado a matéria, quando me esqueço de


cobrar a Deus por tudo que eu queria que acontecesse, quando não me
vitimizo, quando não culpo os outros por nenhuma razão, quando
entendo que tudo que colho é fruto do que plantei.

Quando fores fazer uma reza, silencia-te.


Senta-te e coloca as tuas mãos no coração, deixa as lagrimas rolarem ,
e sussurra a todos os Deuses, “Sou muito grata!”

Somos todas partículas de Deus. Viver é uma dádiva, sentir a vida é


uma reza!
Rezar não é apenas pedir… é principalmente agradecer!

Parte IV - - Quem pode ser benzido?

Todos podem ser benzidos e tudo pode ser benzido.

Lembram-se de quando estava para vir um temporal e as pessoas de


idade “cortavam a tormenta”?

Ou de quando eramos crianças e nos davam uma água a beber e esta


tinha um gostinho diferente, a avó dizia que era água benta?
Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais
Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Ou quando a anciã da aldeia ia a casa para benzer um recém-nascido?


Ou ouviram falar de quando as benzedeiras eram chamadas a casa
para benzer alguém que estava prestes a falecer?

Pois bem. Temporais, água, recém-nascidos, falecimentos… sim! Tal


como eu disse, tudo e todos podem ser benzidos.

Parte V - O ritual de benzer, como benzer

Cada cultura tem o seu ritual particular.


Vou ensinar-vos um dos rituais mais utilizados que é o ritual de três
partes.
Ele é constituído por:

- A reza
- O sinal da cruz
- A ferramenta

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

A reza : Rezar é algo único, singular. Não importa se dizes um mantra


ou uma oração, o que importa é que saia do coração.

O sinal da cruz: O uso do sinal da cruz no benzimento e essencial para


que o benzido consiga abster-se de cenários externos e pensamentos
desconectados com o momento do benzimento.

As ferramentas: As ferramentas usadas para benzer são várias


dependendo do que se vai benzer.

São estas as mais utilizadas:

Algodão – molhar um pouco de algodão em agua, passar na área a ser


benzida, fazendo o sinal da cruz, e atirar contra uma parede.
O que benzer: feridas abertas ou expostas

Tesoura – Fazer a simulação de corte coma tesoura em sinal da cruz


sobre a região a ser benzida.
O que benzer: Rinite, sinusite, otite e amigdalite

Faca – Encostar a faca em sinal da cruz na região a ser benzida após


passar a ponta da faca na chama de uma vela ou no fogo do fogão,
dessa forma transmutando a doença que ficou fixada na ponta da faca.
O que benzer: Cólicas, nódulos, cálculos, traumas

Feijão – Passar o feijão na área a ser benzida fazendo o sinal da cruz.


Deitar fora o feijão atirando-o por trás das costas num local que tenha
terra por germinar.
O que benzer: Sinais no corpo, verrugas
Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais
Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Anel – Esfregar o anel numa parte da sua própria roupa até este
aquecer e passar o anel na região a ser benzida em sinal da cruz.
O que benzer: Bolhas, terçol, cisco no olho

Fio – Dar voltas ao fio em torno da região a benzer colocando na


intenção que “tudo que esta amarrado devera ser desamarrado” e de
seguida cortar o fio com uma tesoura.
O que benzer: Doenças nas articulações, artrite, tendinite, artrose

Copo – utilizar um copo de vidro com água até metade. Repousar o


copo de vidro com a água no topo da cabeça da pessoa a ser benzida.
Fazer movimentos circulares e observar. Parar quando a água
começar a fazer bolhas ou aquecer.
O que benzer: Dores de cabeça, vícios, compulsões, tonturas ou
qualquer outro problema que tenha a ver com a cabeça.

Brasa – Segurar uma brasa com uma tesoura. Mover a brasa ao redor
da pessoa a benzer fazendo uma defumação. Vai fazendo também o
movimento do sinal da cruz com a brasa. A defumação acaba quando
acabar a oração.
O que benzer: Invejas, cargas densas, negatividade, quebranto

Vela – Pode utilizar uma vela para passar por toda a pessoa a benzer
pedindo que qualquer carga negativa seja quebrada,
No final quebre a vela e toda a carga negativa será quebrada também.
É um benzimento simples, mas muito eficaz e muito indicado para
quem esteja acamado.
O que benzer: Cargas densas, invejas, quebranto

Caneta – Fazer círculos coma caneta e sinal da cruz com as mãos sobre
a região afetada pedindo que tudo tenha o seu limite.

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

O que benzer: herpes, impinge

Galho de ervas: Todo e qualquer galho de ervas carrega o poder de


benzer, o poder de retirar das pessoas todo o mal que as estão a afligir.
Um dos mais utilizados é um galho de arruda. A arruda tem o poder de
afastar maus espíritos, mas qualquer galho de ervas pode ser usado
para transportar de volta a natureza todas a cargas e doenças
removidas das pessoas.
O que benzer: Utilizado para todas as situações que afligem as pessoas,
físicas ou espirituais.

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Parte VI - Benzimentos

Benzimento para os remédios ficarem mais eficazes:

Dizer esta reza enquanto faz o sinal da cruz sobre os


medicamentos

Preciso de ajuda de Deus eu peço. Peço ao Senhor que fez o Céu


e a Terra. Se preciso de ajuda de Deus eu peço. Porque sei que Ele
está comigo. Assim Deus, como formaste o homem do barro da
terra, assim podes curar e dar remédio a todo mal. O homem é
mortal, mas a dor é curável. Se preciso da ajuda de Deus eu peço.
Peço que os remédios que aqui estão à minha frente, sejam o
bálsamo e a cura do doente. Eu peço que a força de Deus esteja
neles e com todo poder. Deus, põe tua bênção sobre estes
remédios. Levanta a mão divina sobre estes remédios, assim, eles
servirão para a cura dos males do corpo e dos males da alma. Em
nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Benzimento contra dor de cabeça

Quem for benzer deve manter a mão sobre a cabeça do doente,


mas sem tocá-lo nem fazer o sinal da cruz. "Jesus, santo nome de
Jesus, onde está o santo nome de Jesus não entra mal nenhum.
Onde eu ponho a minha mão, ponha o Senhor a sua divina
vontade. Quando São Pedro pelo mundo andou, encontrou o seu
divino Mestre. O Senhor lhe perguntou: '- Onde vais Pedro? - Eu,
Senhor, vou para o monte forte. - Anda, Pedro. - Não posso,
Senhor. - Pois o que tens? - Dor de cabeça.' Jesus, Jesus, Jesus,
credo em cruz! Amém".

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Benzimento para qualquer doença

Faça esse benzimento por três dias seguidos. Antes de iniciá-lo,


encha um copo com água, faça o sinal da cruz sobre ele e
diga:  "Eu te benzo pelo nome que te puseram na pia, em nome de
Deus e da Virgem Maria, e das três pessoas da Santíssima
Trindade, eu te benzo. Deus, Nosso Senhor que te cura, Deus que
te acuda nas tuas necessidades. Se teu mal é quebranto, mal
invejado, olhos atravessados ou qualquer outra enfermidade, se te
deram no comer, no beber, no sorrir, no zombar, na tua
formosura, na tua gordura, na tua postura, na tua barriga, nos teus
ossos, na tua cabeça, na tua garganta, nas tuas lombrigas, nas tuas
pernas. Que Deus, Nosso Senhor que há de tirar, vem um anjo do
Céu, deita no fundo do mar onde não ouça galinha e nem galo a
cantar". Faça-se o sinal da cruz em cima o copo e reze o Credo três
vezes. No segundo dia, reze um Pai-Nosso à Santíssima Trindade
e, no terceiro, uma Salve-Rainha a Nossa Senhora.

Benzimento para curar reumatismo

Quem for benzer a pessoa doente deve rezar: "Eu te benzo dor
reumática, nevralgias e ciática. Dores de toda a sorte. Fugi deste
corpo mortal. Deixai que Deus o conforte. Em louvor dos três
apóstolos São Pedro, São Paulo e São Tiago". Por fim, reze um Pai-
Nosso e uma Ave-Maria.

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Benzimento contra a dor de barriga

Reze nove vezes: "Jesus, que é santo nome de Jesus! Onde está o
santo nome de Jesus não entra mal nenhum. Quando o Nosso
Senhor pelo mundo andava, chegou a casa de um homem manso
e uma mulher brava pedindo-lhes pousada. O homem dava, a
mulher não. Onde Nosso Senhor se foi deitar, água por baixo e
água por cima. Com estas mesmas palavras cura a dor de barriga.
Em louvor de Deus e da Virgem Maria". Reze um Pai-Nosso e uma
Ave-Maria ao final desses benzimentos para cura.

Benzimento contra as doenças da pele

Coloque um pouco de azeite num pires branco, molhe um pedaço


de lã de ovelha neste azeite, passando-o na pele da pessoa doente
enquanto diz:  "Esta doença (diga qual é) dá na carne, da carne dá
na pele, da pele dá no osso, do osso dá no tutano, do tutano dá
no mar, do mar dá na praia, da praia vai-se embora. Amém".

Benzimento contra a azia

Repita, com fé, três vezes a seguinte reza: "Santa Sofia tinha três
fias. Uma cozia, outra bordava e a outra curava mal de azia". Um
dos mais simples benzimentos para cura.

Benzimento contra hemorragias

Reze mentalmente, fazendo várias vezes o sinal da cruz sobre o


local: "Sangue, tenha-se em si, como Jesus Cristo esteve em si.
Sangue, tenha-se na veia, assim como Jesus esteve-se na ceia.
Sangue, tenha-se vivo e forte, assim como Jesus se teve na morte".

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Benzimento contra torcicolos e distensões musculares

A benzedeira que for curar alguém com estes males deverá pegar
numa agulha e passar uma linha branca por esta. Enquanto faz a
reza do benzimento, deverá, na parte que doi, simular o movimento
de costura. Mas isso deve ser feito sem que se encoste no doente. É
preciso repetir a reza: “O que cozo? Carne quebrada ou nervo torto?
Se for carne quebrada, a torne a soldar. Se for nervo torto, que volte
ao lugar. Em nome de Deus e de Santo Afonso. Amém.”.

Benzimento contra cólicas por prisão de ventre

Quem for incumbido de benzer a pessoa que sofre do mal, deverá


cruzar o ventre deste doente com um galho verde enquanto faz a
reza: “Terra, mar e sol. Terra que Deus escondeu. Onde está essa
dor de barriga? Esse meu Jesus Cristo retirou. Como diz, corre
vento. Corre, cura, com Jesus Cristo aqui na cura. Com esse vento,
corre, cura. Corre na veia para ficar colocado nesta criatura (diga o
nome da pessoa). Com o nome de Deus Pai, Deus Filho e Espírito
Santo, esse mal será retirado. Amém.”.

Benzimento contra dor de dentes

Com muita fé, antes de começar a benzer o doente, é necessário


rezar um Pai-Nosso a Santa Apolônia. Além disso, o benzedor
deverá rezar três Pais-Nossos á Santíssima Trindade. Feito isso,
deve-se então fazer movimentos em forma da cruz, usando para
isso um galho verde. É preciso fazer este ritual próximo da boca e
das bochechas daquele que tem dor de dente, sem se encostar no
mesmo, enquanto se repete a seguinte reza: “Bendita Santa
Apolônia, que por tua virgindade e martírio mereceste do Senhor
ser instituída advogada contra a dor de gengivas e dentes, te
suplicamos, intercedas com o Deus das misericórdias para que esta

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

criatura (diga o nome do doente) fique completamente curada.


Amém.”.

Benzimento contra a indigestão

Esta benzedura precisará ser realizada por nove vezes para que o
doente sinta a cura da indigestão. Reze: “Jesus, que é o santo
nome de Jesus! Onde está o santo nome de Jesus não
entra mal nenhum. Eu benzo esta tábua do baço, esta tábua do
afito e esta tábua de instrução, que venha para trás sim, para
diante não, que não chegue ao coração. Em louvor do santo
domingo, em louvor da santa segunda, em louvor da santa terça,
em louvor da santa quarta, em louvor da santa quinta, em louvor
da santa sexta, em louvor do santo sábado, em louvor da Santa
Eufémia, Santo Amaro e santíssimo sacramento do altar, aqui se
há de secar, aqui se há de mirra e daqui para diante não há de
passar.” Por fim, reze um Pai-Nosso e uma Ave-Maria.

Benzimento contra espinhas na garganta

Aquele que for benzer deverá proferir a seguinte reza: “Homem


bom, mulher má, casa varrida, esteira rôta… Senhor São Brás disse
a seu moço, que subisse ou que descesse a espinha do pescoço…”.

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Benzimentos de cura para feridas 

Faça o sinal da cruz sobre a ferida e diga: “Em nome de Deus Pai.


Em nome de Deus Filho. Em nome de Deus Espírito Santo. Assim
como foi formado o mistério da Santíssima Trindade, assim, da
mesma forma se pode curar esta ferida. (Faça novamente o sinal
da cruz sobre ela.) Pelos méritos de Jesus e Maria, que seja curada
esta ferida. Em honra e glória do santíssimo sacramento, que seja
curada esta ferida.” Reze três Pais-Nossos em honra da Santíssima
Trindade e diga três vezes: “Rei dos exércitos, cheios estão os Céus
e a Terra da vossa glória”.

Benzimento contra constipação

Repita nove vezes esta benzedura: “Jesus que é santo nome de


Jesus. Onde está o santo nome de Jesus não entra mal nenhum. Eu
te benzo, constipação, em louvor de Deus e do senhor São Simão.
Se é constipação de sol, eu te benzo em louvor de Deus e do
senhor santo maior. Se é constipação de calor, eu te benzo em
louvor de Deus e do Senhor são Salvador. Se é constipação de
vento, eu te benzo em louvor de Deus e do santíssimo
Sacramento. Se é constipação de ar, eu te benzo em nome de
Deus e do senhor Santo Amaro. Se é constipação de ar frio com ar
quente, eu te benzo em nome de Deus e do senhor São Vicente.
Se é constipação de água, eu te benzo em nome de Deus e do
senhor São Tiago. E se é constipação de água fria, eu te benzo em
nome de Deus e de Santa Catarina. Com esta santa segunda, com
esta santa terça, com esta santa quarta, com esta santa quinta,
com esta santa sexta, com este santo sábado e com este santo
domingo, que é o dia em que Nossa Senhora benzeu o seu Filho
bendito e se achou bom, seja servido tirar a constipação do corpo
desta criatura: da cabeça, da garganta, das costas, dos braços, do

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

peito, da barriga, das cadeiras, das pernas, das conjunturas do


corpo todo. Onde ponho a mão, põe o Senhor a sua virtude. Não é
minha, é de Deus e da Virgem Maria”. Reze um Pai-Nosso e uma
Ave-Maria oferecendo ao santo ou santa comemorados no mesmo
dia em que benzer e finalize rezando: “À Mãe Santíssima, a quem
esta oração é dedicada, assim como foi servida dar melhoras ao
seu bendito Filho, assim livre e dê saúde a esta criatura. Amém”.

Benzimento contra mau-jeito

Deve ser feita a seguinte reza: “Te curo de carne quebrada, torna-


te a soldar. Nervo torto torna a seu lugar. Nervo que retorceste,
Deus que te põe onde nasceste. Eu que te benzo. Deus que te sare.
Onde eu ponho as minhas mãos, Nossa Senhora dá santidade.
Deus queira curar esta quebradura, esta rendidura que esse pobre
enfermo tem. Seja pelo amor de Deus, seja tudo. Amém”.

Benzimentos de cura para pessoas enfermas

Reze com fé: “Jesus, que é o santo nome de Jesus. Onde está o
santo nome de Jesus não está mal nenhum. Ó meu amantíssimo
Senhor, a Deus prometo que este enfermo goze de saúde! O
Senhor me ajuda e me socorra por instrução de seu amado Filho.
Sua Mãe, Nossa Senhora, peça por misericórdia ao seu bendito
Filho que este enfermo não padeça mais desta moléstia em que o
veja para ganhar salvação pela hora bendita, sendo recolhido por
Deus. À bendita hora, puxa Deus pelo enfermo. À sua hora
competente, para a sua salvação já caminha. Chegou a hora do dia
competente em que o Senhor lhe perdoou os seus pecados.
Rezem todos de obrigação competentes, ainda que sejam aqueles
Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais
Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

filhos do mesmo sangue que lhe tinham ódio. Não


querendo perdoar, não terão salvação! Amém”.

Benzimentos de cura para melhorar saúde instável

Quem for benzer deve fazer o sinal da cruz sobre o doente


utilizando um ramo verde. Em seguida deve rezar um Pai-Nosso,
uma Ave-Maria e a seguinte prece: “Pai eterno, senhor
misericordioso e justo. Pela encarnação, nascimento, vida, paixão,
morte, ressurreição e ascensão de Nosso Senhor Jesus Cristo. Por
todos esses santíssimos mistérios, rogo firmemente que (fale o
nome da pessoa) seja curado de (diga qual é a doença). São
Sebastião, São Roque, São Lázaro, Santa Luzia, todos os santos
protetores contra os males físicos, eu vos suplico para (repita o
nome da pessoa). Curai-o, Senhor. Livrai-o, Senhor, da doença que
o atormenta. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Amém”.

Benzimento contra queimaduras

Soprar sobre a queimadura, em forma de cruz, dizendo:


Fogo, criado por Deus, eu te ordeno e intimo, em Seu Nome que
abrandes teu calor, que diminuas os teus ardores e cesses de
aumentar e não formes nenhuma ferida neste corpo.
Grande S. Lourenço, que fostes colocado sobre um braseiro sem
sentir dores, pela graça divina que estava convosco, rogai a Deus
que Ele aceite a minha prece, que Ele recompense nossa fé,
curando Fulano, seu servo. Deus te cure pelo seu poder. Assim
seja!

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais


Templo de Morrigan, Workshop de Benzimento, a Arte das nossas ancestrais

Templo de Morrigan, Worshop de Benzimento – a Arte das nossas Ancestrais

Você também pode gostar