Você está na página 1de 5

LEGISLAÇÃO Extravagante – Jecrim

Professor Thalisson Faleiro

LEI Nº 9.099/95 – DISPÕE SOBRE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAL.

Infração penal:
Crimes Reclusão
Detenção Máximo da pena e de 30 anos.
Multa

Contravenção Prisão simples Máximo da pena e de 5 anos.


da lei 3.688/41
Multa

01 – TUTELA CONSTITUCIONAL:

Art. 98, I, CF.


I – Juizados especiais, providos por juízes togados, ou togados e leigos, competentes para a
conciliação, o julgamento e a execução de causas cíveis de menor complexidade e infrações penais de
menor potencial ofensivo, mediante os procedimentos oral e sumariíssimo, permitidos, nas hipóteses
previstas em lei, a transação e o julgamento de recursos por turmas de juízes de primeiro grau;

OBS:
No Jecrim JUIZADOS ESPECIAIS Criminal prevalece o rito sumaríssimo, esse juízo e provido por
juízes togados ou togados e leigos, e é competente para o julgamento das infrações de menor
potencial ofensivo.

02 – PRINCÍPIOS DO JECRIM:

Princípio da celeridade:
O processo no jecrim não pode demorar na sua tramitação, deve ser rápido.

Princípio da Informalidade:
Não precisa respeitar atos meramente formais.

Princípio da Oralidade:
Prefere a forma oral ao invés da forma escrita.

Princípio da Econômica:
O jecrim deve trabalhar gerando poucos gastos para estado.

03 – COMPETÊNCIA DO JECRIM:

Esse juízo e competente para julgar a IMPO.


Art. 61, lei 9.099.
Consideram-se infrações penais de menor potencial ofensivo, para os efeitos desta Lei, as contravenções
penais e os crimes a que a lei comine pena máxima não superior a 2 (dois) anos, cumulada ou não com
multa.

Oque e IMPO?
Infração de menor potencial ofensivo.

Rua 03, n. 851, 2º andar, Centro, Goiânia-GO 1


Telefone - 62 3092-4040 / 62 98438-1022
Considera-se infração de menor potencial ofensivo todas as contravenções penais, e os crimes que
a pena não ultrapasse a 2 anos, cumulado ou não com multa, previsto ou não na legislação especial.

Art. 163, CP.


Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

Art. 329, CP.


Opor-se à execução de ato legal, mediante violência ou ameaça a funcionário competente para executá-lo
ou a quem lhe esteja prestando auxílio:
Pena - detenção, de dois meses a dois anos.

OBS:
Em 1995 a IMPO do jecrim estadual era até um ano, em 2001 entra em vigor a lei 10.259 (jecrim
federal) afirmando que IMPO e até 2 anos.
Isso não tinha proporcionalidade, porque o ato de resistência que é conduta criminosa quando
praticado contra policial militar não era julgado pelo jecrim, porem se o ato fosse praticado contra o
policial federal o jecrim federal podia julgar.

OBS:
Em 2006 a lei 11.313 igualo para 2 anos.

3 situações que a pena e menor que 2 anos e o jecrim não julga?

1 – INFRAÇÃO PENAIS EM DETRIMENTO DA LEI MARIA DA PENHA:

Art. 147 – CP.


Ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto
e grave:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

Art. 21, lei 3.688.


Praticar vias de fato contra alguém:
Pena - prisão simples, de quinze dias a três meses, ou multa, de cem mil réis a um conto de réis, se o fato
não constitui crime.

2 – CRIMES MILITARES:
Os crimes militares são julgados pela justiça militar independentemente da pena.
Lesão culposa do CTB praticada por embriaguez ao volante, situação de racha ou a mais de 50km
por hora a permitido por hora.

OBS:
Art. 94, Lei nº 10.741
Aos crimes previstos nesta Lei, cuja pena máxima privativa de liberdade não ultrapasse 4 (quatro)
anos, aplica-se o procedimento previsto na Lei no 9.099, de 26 de setembro de 1995, e,
subsidiariamente, no que couber, as disposições do Código Penal e do Código de Processo Penal.

No estatuto do idoso os crimes que não ultrapassa a 4 anos iremos aplicar o rito sumaríssimo da lei
9.099/95, porque o jecrim trabalha com seriedade, oralidade, informalidade e economia processual e esses
benefícios são importantes para pessoa idosa.

O jecrim federal lei 10.259/2001, pode julgar contravenção penal?


Art. 109, CF.
Aos juízes federais compete processar e julgar:

Rua 03, n. 851, 2º andar, Centro, Goiânia-GO 2


Telefone - 62 3092-4040 / 62 98438-1022
IV - os crimes políticos e as infrações penais praticadas em detrimento de bens, serviços ou interesse
da União ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas, excluídas as contravenções e ressalvada
a competência da Justiça Militar e da Justiça Eleitoral;

OBS:
De acordo com o art. 109, IV da CF, o jecrim federal não pode julgar contravenção penal, sendo
assim julga apena os crimes.

04 – ACUSADOS COM FORO POR PRERROGATIVA DE FUNÇÃO:

Imagine que um deputado federal pratica uma IMPO, o STF será competente para o
julgamento, porém será aplicada pelos ministros a lei 9.099/95.
Conexão e continência entre crime comum e IMPO.
E possível usar a forca atrativa, imagine a seguinte situação, o agente pratica um homicídio e
logo após uma resistência, neste caso o tribunal do júri julga o crime doloso e a IMPOL, podendo
aplicar a lei 9.099/95 ao crime de resistência.

05 – CAUSAS QUE MODIFICA A COMPETÊNCIA:

– Impossibilidade de citação pessoal; (no jecrim não admite citação por edital).

– Pluralidade de agentes; Art. 137, CP - Participar de rixa, salvo para separar os contendores:

Pena - detenção, de quinze dias a dois meses, ou multa.

Parágrafo único - Se ocorre morte ou lesão corporal de natureza grave, aplica-se, pelo fato da
participação na rixa, a pena de detenção, de seis meses a dois anos.
OBS: no crime de rixa do art. 137, CP quando houver vários envolvidos haverá possibilidade de mudar
a competência

– Pericia de maior complexidade;

06 – TERMO CIRCUNSTANCIADO (TCO):

E um procedimento administrativo para colher elementos de autoria e materialidade da infração


de menor potencial ofensivo.
O delegado de polícia tem atribuição para presidir a investigação do TCO.

Contravenções.
Estadual IMPO
Crimes estaduais até 2 anos.
Delegado

Federal IMPO Crimes federais até 2 anos

Contravenção? (NÃO)

OBS: O TCO respeita os princípios do jecrim.

OBS: Quando o delegado finalizar o termo ele encaminhara a vítima o acusado e o próprio termo
para o jecrim.

E se não for possível?


O delegado fara com o que o acusado assine um termo de compromisso de comparecimento para
estar presente em data futura.
Rua 03, n. 851, 2º andar, Centro, Goiânia-GO 3
Telefone - 62 3092-4040 / 62 98438-1022
E se ele não assinar?
Delegado habitará fiança

E se ele não pagar a fiança ou não tiver como pagar?


Prisão em flagrante.

Art. 28, Lei 11343/06


Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas
sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes
penas:

I - advertência sobre os efeitos das drogas;


II - prestação de serviços à comunidade;
III - medida educativa de comparecimento à programa ou curso educativo.

OBS:
Não aplicamos essas possibilidades para o art. 28 da lei de drogas, sendo assim o usuário que não
pagar a fiança não será preso e sim colocado me liberdade.

07 – MEDIDAS DESPENALIZADORAS:

I – FASE PRELIMINAR:

Composição civil dos danos:


E um benefício oportunizado ao acusado para se reparando o dano não ser colocado em uma prisão,
desde de que anuência da vítima.

Art. 163, CP
Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

OBS:
O acordo prolatado e irrecorrível, e deverá ser executado no juízo civil, caso a gente não pague
restabelecera o direito de ação.

08 – TRANSAÇÃO PENAL:

E um acordo celebrado entre o titular da ação penal e o autor do fato delituoso, que tem como
objetivo de forma imediata uma pena restritiva de direito.

Quais os requisitos da transação penal?


– IMPO.
– No prazo de 5 anos não ter sido beneficiado pelo instituto da transação penal.
– Não ser caso de arquivamento.
– Não ter sido condenado por sentença irrecorrível pela pratica de crime.

09 – SUSPENÇÃO CONDICIONAL DO PROCESSO:

Dos crimes em que a pena mínima for igual ou inferior que a 1 ano abrangidas ou não por essa
lei o MP ao oferecer a denúncia poderá propor que o processo fique suspenso por prazo de 2 a 4
anos, desde de que cumpra os requisitos.

– Não se ausentar da comarca sem anuência do juiz.


Rua 03, n. 851, 2º andar, Centro, Goiânia-GO 4
Telefone - 62 3092-4040 / 62 98438-1022
– Proibição de frequentar determinados lugares.
– Comparecimento mensal em juízo.
– Reparação do dano salvo em possibilidade em fazer.

Rua 03, n. 851, 2º andar, Centro, Goiânia-GO 5


Telefone - 62 3092-4040 / 62 98438-1022