Você está na página 1de 5

( ) I Ministério da

. ~- , I Administração Interna

Serviço Nacional da Prolecção Civil e Bombeiros


Ex. Aeroporto - Francisco Mendes
CP n° 222. Achada Grande Frente, Praia
República de Cabo Verde
Telf: (+238) 261 6576
Fax. (+238) 261 6455
www.snpc .cv

Gabinete do Presidente

Praia, 21 de março de 2017.

N\Ref.014\PC2017
Proc. 00.23.00

A
Magnífica Reitora da Uni CV

Assunto: Convite para participação na formação sobre "DesInventar.net" (base de


dados sobre desastres).

o Serviço Nacional de proteção Civil e Bombeiros (SNPCB) e o Escritório das


Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres (UNISDR), pretendem realizar em
Cabo Verde, na cidade da Praia, entre os dias 25 e 27 de Abril do corrente ano, nas
instalações Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros, uma formação no âmbito do
software livre (base de dados sobre desastres) Deslnventar.net.

Neste sentido, vimos através desta convida-lo a participar na referida formação,


com 01 (um) técnico do departamento de investigação.

De salientar que todas as despesas relativas a deslocação, alojamento e alimentação


durante a formação serão assumidas pela organização do evento.

Por questões de planeamento e logística, aguardamos a confirmação dos nomes e


fotocópia de Bilhete de Identidade dos técnicos nomeados para a formação até o dia 27
do corrente mês, através dos seguintes contactos:

• telefone2631073;

• e-mail: nilza.barros@snpc.gov.cv;
G I Ministério da

~~I I Administração Interna

Serviço Nacional da Protecção Civil e Bombeiros


Ex. Aeroporto - Francisco Mendes
CP nO222 , Achada Grande Frente, Praia
Repúbl ica de Cabo Verde
Telf (+238) 2616576
Fax, (+238) 261 64 55
www.snpc.cv

Para mais informações sobre a formação segue, anexo a este convite, a referida
nota conceitual.

Agradecendo antecipadamente a atenção de V. Exia, apresento os meus melhores


cumprimentos,

o Presidente,

/Nuno Alexandre Mendonça de Oliveira/

eapitão
(Ít.J I Ministério da

.:; ~· I Adminrstração Interna

Serviço Nacional da Proteção Civil


Ex. Aeroporto - Francisco Mendes
CP n 2 222, Achada Grande Frente, Praia
República de Cabo Verde
Telf: (+238) 261 65 32
Fax. (+ 238) 2616455
w ww maLjlo v.cy

Nota Conceptual
21/03/2017
Formação DESINVENTAR.NET

i. Contexto

Cabo Verde está vulnerável a vários tipos de desastres como a erupção vulcânica, cheias
e inundações, erosão costeira, seca, sismo, movimento de massa e incêndios florestais .
Com as mudanças climáticas, as inundações são uma ameaça cada vez mais visível, com
ocorrência de furacões e tempestades tropicais. Face a esse elevado grau de
vulnerabilidade, é de capital importância trabalhar na mitigação, exposição e
vulnerab il idade, através de capacitação tanto a nível de meios físicos como a nível do
capital humano para dar uma melhor resposta e recuperação pós-desastre, com
informações disponíveis tanto a nível temporal como a nível de danos e perdas.

Por isso, apesar da fraca disponibilidade de recursos financeiros e logísticos, a redução


de riscos de desastres passou a ser um objectivo estratégico por parte do governo (MAI­
SNPCB), juntamente com outros parceiros, principalmente ONU-PNUD, tendo vários
projectos em curso como a Estratégia Nacional de Redução de Risco de Desastre (ENRRD),
Observatório Nacional de Desastre (OND), Avaliação Detalha de Riscos Urbanos (DURA) e
formações de capacitação dos recursos humanos.

ii. I ustificação

Enquadrado no quadro de acção de Senda i (2015-2030) e do plano de acção de


redução de risco de desastres da CEDEAO (2015-2030), o Serviço Nacional de Protecção
Civil e Bombeiros de Cabo Verde (SNPCB) e o Escritório das Nações Unidas para Redução
de Riscos de Desastre (UNISDR), pretendem materializar um projecto cuja intenção é
reforçar a capacidade interna de cada país na gestão de catástrofes, além de fazer com que
todos os países sejam capazes de trabalhar sob a mesma plataforma de gestão de
catástrofes e desastres, podendo desta forma apoiar mutuamente tanto a nível regional
como a nível mundial. DesInventar.net é um projecto sobre dados de danos e Perdas em
Desastres (DATA), sob a égide do programa de pesquisa integrada em risco de desastres
(IRDR). O objectivo é estabelecer um quadro geral de dados sobre perdas e danos em
desastres para todos os que trabalham em gestão de desastres, estabelecer redes para
base de dados e realizar testes de sensibilidade entre as bases de dados para garantir
algum nível de comparabilidade. O obj'ectivo de DesInventar é contabilização das perdas
ou efeitos adversos que ocorrem numa área geográfica específica.

Objectivos

Dotar as instituições Nacionais, que habitualmente participam na resposta, de


informações, numa plataforma comum de gestão de catástrofes, para intervir de forma
estruturada e organizada nas diversas situações de urgência;
Preparar futuras intervenções, bem como ter acesso a informações reais de danos e
perdas relativos a um determinado desastre;
Melhorar a resposta a uma eventual catástrofe da mesma natureza;
E,
Recuperação pós-desastre.

Resultados esperados

Partindo do pressuposto de que a gestão de redução de riscos de desastres trata-se de


uma coordenação e colaboração regular, sistemática e inclusiva, propõe-se que se faça um
I
link dessa formação com a Plataforma Nacional de Redução de Riscos de Desastres e o
Observatório Nacional de Desastres.
Os formandos sairão com um bom conhecimento do software DesInventar.net e a sua
gestão e todas as instituições com responsabilidades em gestão de catástrofes terão
acesso às informações no referido software.
Grupos participantes

Participarão Técnicos das instituições Nacionais: Serviço Nacional de Proteção Civil e


Bombeiros, Ministério da Administração Interna, Instituto Nacional de Gestão do
Território, Forças Armadas, Policia Nacional (estatística), Ministério de Saúde
(estatística), Ministério das Finanças, Instituto Nacional de Estatística, Universidade de
Cabo Verde, Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde, Serviços Municipais de
Protecção Civil/Comandos dos Bombeiros, Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica,
Ministério da Agricultura e Ambiente, Direcção Geral do Ambiente, Cruz Vermelha de
Cabo Verde e Direcção-Geral de Viação e Segurança Rodoviária.
Formato do evento

A primeira fase, terá uma formação de três (3) dias, sendo os dois primeiros dias para
capacitar os formandos nas técnicas e gerenciamento de dados e no uso e manutenção do
software.
O terceiro dia será para trabalhar em detalhe com uma pequena equipa de Técnicos que
irão inserir e preencher o banco de dados.

Draft da formação
40 pessoas

~ Técnicas de gerenciamento de dados no uso e manutenção do software;

10 pessoas
~ Inserção, preenchimento e gerenciamento do banco de dados;

Data proposta

25 a 27 de Abril de 2017, das 8.30h as 17h.

Local: Sala de formação do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros.