Você está na página 1de 3

Termodinâmica e Estrutura da Matéria  2013/14

(LMAC, MEFT, MEBiom)

Responsável: João P. Bizarro


Práticas: Eduardo V. Castro e Vítor Cardoso
Departamento de Física, Instituto Superior Técnico
Resolução de exercícios propostos
Semana 16  20/12/2013

Reif 9.9

Início: Vi , Ti
Final: Vi → Vf = 8Vi , processo quase-estático
Temperatura nal Tf =?

Primeira lei: dĒ = δQ + δW


Processo quase-estático: δQ = T dS , δW = −p̄dV
Sistema termicamente isolado: δQ = 0 ⇒ dS = 0
T dS = dĒ + p̄dV = 0 (1)
Seja
π 2 (kB T )4
ū(T ) =
15 (c~)3
a densidade de energia média de radiação electromagnética à temperatura T . A energia média de
radiação e a pressão média são dados por,
1
Ē = V ū(T ) p̄ = ū(T ) .
3
=⇒ dĒ = ūdV + V dū
Substituindo em (1) vem,
1
ūdV + V dū + p̄dV = 0 ⇔ ūdV + V dū + ūdV = 0
3
4
⇔ V dū + ūdV = 0
3
dV 3 dū
⇔ =−
V 4 ū
ˆ Vf ˆ ūf
dV 3 dū Vf 3 ūf
=− ⇒ ln = − ln
Vi V 4 ūi ū Vi 4 ūi
 3/4
Vf ūi
⇒ =
Vi ūf
 3
Vf Ti
⇒ =
Vi Tf
Finalmente,
Vf = 8Vi ⇒ Tf = Ti /2 .

1
Reif 9.10

a)
   
∂S ∂S
S ≡ S(T, V ) ⇒ dS = dT + dV
∂T V ∂V T
Equação fundamental:
1 p̄
dS = dĒ + dV
T T
De Ē = ūV vem
dū
dĒ = ū(T )dV + V dT
 dT 
V dū ū(T ) p̄
dS = dT + + dV .
T dT T T
Logo,    
∂S V dū ∂S ū(T ) p̄ 4 ū
= e = + = .
∂T V T dT ∂V T T T 3T

b)

∂2S ∂2S
 
1 dū 4 ū 1 dū
= ; = − 2+ .
∂V ∂T T dT ∂T ∂V 3 T T dT
 
1 dū 4 ū 1 dū 1 1 dū 4 ū
=⇒ = − 2+ ⇔ =
T dT 3 T T dT 3 T dT 3 T2
dū ū
⇔ =4
dT T
dū dT
⇔ =4
ū T
=⇒ ū ∝ T 4

Reif 9.13

a)
Potência por unidade de área emitida por um corpo negro à temperatura T :
Pe = σT 4 .
Potência total emitida pelo Sol:
Pe(S) = 4πR2 Pe = 4πR2 σT04 .
Potência emitida pelo Sol e que atravessa a unidade de área à distância L da fonte é Pe(S) /(4πL2 ), pelo
que a potência incidente na Terra é
(T ) πr2 (S) πr2 R2
Pi = 2
Pe = σT04 .
4πL L2
No regime estacionário em que a Terra se encontra, a temperatura T não varia porque a potência
incidente, que é a potência absorvida em primeira aproximação, é igual à potência emitida,
(T )
Pi = Pe(T ) .
Sabendo que Pe(T ) = 4πr2 σT 4 e usando a expressão obtida para Pi(T ) vem nalmente
r
R
T = T0 .
2L

2
b)

r
7
T ≈ 5500 × K
2 × 1.5 × 103
≈ 266 K
≈ −6 o C

Esta estimativa ignora o albedo e o efeito de estufa. Devido a este último a temperatura média da
Terra é ligeiramente superior, T ≈ 15 o C.
Já agora, se quisermos saber o comprimento de onda que corresponde ao máximo do espectro
radiado pelo Sol, podemos usar a lei de Wien, λmax = b/T0 com b = 2.898 × 10−3 m◦ K (constante de
Wien). Para T0 = 5500 ◦ K obtém-se λmax ≈ 500 nm, em pleno visível.