Você está na página 1de 117

-0 8

8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M O uso da tecnologia
o s t na educação:
a C
l e d princípios e práticas
ch e José Moran
M i
Educação Transformadora
www2.eca.usp.br/moran -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
José Moran 3. 94
Editora do r i 21
i n a
Brasil ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Temas da aula de hoje -0 8
3 8
8
4 9 .
.
1. Introdução: um olhar pessoal sobre as tecnologias
3 9
21
2. Tecnologias na revolução 4.0
r i
3. Dimensões das tecnologias ina
ol
4. Desafios das tecnologias M para a Educação
adas tecnologias na Educação
o
5. Formas de utilização s t
a C
l d
6. Modelos híbridos, metodologias ativas e tecnologias
e componentes importantes no movimento de
c h e
digitais,
itransformação das escolas
M Algumas plataformas, aplicativos e referências
7.
-0 8
83 8
9 .
3. 94 1. Introdução:
r i 21 um olhar

i n a pessoal sobre

ol as tecnologias

a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Tecnologias ao longo da minha vida 8
8 -0
.8 3
Do livro e caneta na escola Ao celular
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Tecnologias integradas 0 8
3 8 -
9 .8
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
2. Tecnologias na revolução 4.0 8
8 -0
.8 3
94 9
“Debemos asumir que hemos cambiado para siempre 1 3.
r i 2
la forma en que nos comunicamos,
n a
nos informamos, o li
a M
trabajamos,
o s t
nos relacionamos,
a C
l e d
e
amamos o protestamos” ... e aprendemos

M ich Manuel Castells


Um mundo imprevisível,
0 8
em profunda transformação 38-
.8 4 9
• Vivemos em um mundo incerto,.9
21 3
transformações rápidas, vida
a r i mais longa
l i n
• Há vinte anos não imaginávamos os
M o
aplicativos inteligentes dos celulares,
sta
Waze e asoorganizações disruptivas
a CUber, o Airnbnb
como
l e d o

c h
• e65% dos alunos de ensino médio
M i trabalharão em profissões que hoje não
existem
-0 8
8 3 8
9 .
Quebra dos limites entre o mundo físico

. 94
(impressão 3D, robótica avançada),
3
Quarta Revolução r 21
o digital (internet das coisas, 5G,
i
Realidade virtual, Aumentada,
Industrial i n a
Plataformas adaptativas)
ol
e o biológico (tecnologia digital aplicada à
a M
genética)
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Quatro revoluções industriais
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
• A inteligência artificial avança em 8- 0 8
todos os dispositivos, os objetos
.8 3
do
4
cotidiano se conectam à rede,
9 9 a

1
dia, os robôs começam 3 .
realidade aumentada invade
a ter
o dia-a-
inteligência para2começar
Impactos
a r i
em áreas criativas,
a trabalhar
antes próprias só
das l n
i ao big data, à inteligência
dos humanos (Watson, Sofia...)

M o
• Graças
artificial e ao aprendizado por
tecnologias ta
s
máquinas, pela primeira vez na

C o história começa a ser possível


conhecer uma pessoa melhor do que
d a ela mesma, hackear seres humanos,

el e decidir por eles

i ch
M
Transformações profundas -0 8
8 3 8
9 .
94
.
• “No se trata del hombre contra la máquina,
3 sino de
sumar las capacidades de ambosi para21 amplificar las
ar
habilidades de las personas”
l i n
Paul Daugherty, directorM
o
de Tecnología e Innovación de
s t a
o
Accenture Human+Machine
C
d a
e l e
ich
M
-0 8
8 3 8
9 .
3.
• Aumento da desigualdade94
r i 21
• Descompasso entre a evolução
Alguns
i n a
científica-tecnológica e a humana
problemas ol
• Ansiedade, depressão
a M
o s t • Novas dependências (tecnológica,

a C também)

l e d
ch e
M i
NMC Horizon Report: 2018 Higher Education Edition
Impactos para adoção de práticas inovadoras e uso de
tecnologia no ensino superior
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Evolução das tecnologias – NMC-2018
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
3. Dimensões das tecnologias
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Visão abrangente das tecnologias
-0 8
8 3 8
9 .
• Tecnologias como instrumentos, artefatos 3. 94
r i 21
i n a
o l
• Tecnologias como mídias, transmedia, cultura – cultura digital

a M
s t
• Tecnologias como Comunicação:
o expressar-se, interagir,
C
a contar (narrativas)
e d
compartilhar,
l
c h e
i
M• Tecnologias como competências (BNCC)
-0 8
8 3 8
9
• Compreender, utilizar e criar .
. 94
tecnologias digitais de informação e
3
21
comunicação de forma crítica,

Tecnologias a i
significativa, reflexiva e ética nas
r
diversas práticas sociais (incluindo as
l i n
escolares) para se comunicar, acessar e
digitais: uma das
competências da M o
disseminar informações, produzir

BNCC s t a conhecimentos, resolver problemas e

Co exercer protagonismo e autoria na vida


pessoal e coletiva.
d a
e l e
ich
M
Habilidades transmídia adquiridas pelos adolescentes fora
0 8
da escola - http://bit.ly/2OR4IB0 8- 8 3
4 9 .
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
i ch
M
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
Tecnologias
r i 21
para promover
i n a
a inovação –
CIEB ol
http://guiaed
a M
utec.com.br/
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
Competências
a M
digitais - CIEB
o s t
a C
l e d
ch e
M i
4. Desafios das tecnologias para a Educação-08
3 8
4 9 .8
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
ich
M
Tecnologias num cenário educacional complexo e desigual
(Todos pela Educação, 2018) -0
8
no Brasil 8 8 3
4 9 .
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
i ch
M
Resultados desiguais na educação no Brasil - PISA 2018
http://bit.ly/3612kNv
-0 8
3
8 8
4 9 .
3 . 9 da Estônia, que
• A nota das escolas particulares de elite do Brasil colocaria o País na 5ª
1
posição do ranking mundial de leitura do Pisa, ao lado
2
tem o melhor desempenho da Europa.
ar i
i n
• Já o resultado isolado das escolas públicas
l do Estado pelo
estaria na 65ª posição, entre
o
79 países. A tabulação foi feita a pedido
Mno Debate Educacional (Iede), instituto
t a
Interdisciplinaridade e Evidências
s
o
que pesquisa dados de educação.
C
d a
e l e
i ch
M
A educação, em ondas diferentes de 8
-0
transformação 38 .8
94 9
• Participamos hoje de um movimento profundo de
3.
i 21
transformação da educação no Brasil e no mundo, que
r
n a
acontece de formas diferentes, em ritmos diferentes, mas que
i
afeta a todos ol
a M
s t
• A educação está em profunda transformação (formal,
o
C
informal; básica, superior, corporativa; presencial, online;
a
l e d
pessoal, social)

ch e
M i
• Há hoje uma tensão forte entre escolas que
-0 8
dão mais ênfase ao conteúdo (visando o ENEM

8 3 8
.
e entrar nas melhores universidades ou ENADE

94 9
e entrar nas melhores empresas) e as que dão
ênfase às competências cognitivas e

3.
socioemocionais e aprendizagem por projetos,

21
que preparam para os exames, mas também

Diferentes
para a vida.

ar i
i n
• Modelos com ênfase maior na personalização,
l
modelos M o
na colaboração e/ou na competição
• Modelos mais autônomos e outros mais

s t a diretivos (sistemas de ensino)

Co • Escolas que redesenham os espaços e as que os

d a adaptam

ele
• Com mais ênfase na presença física, modelos

ch
híbridos ou online

M i • Currículo por disciplinas, eixos, módulos,


projetos
-0 8
Alguns problemas com as tecnologias
8 3 8
9 .
3. 94
• Excessiva informação. Dificuldade de escolher o mais relevante.

Netflix)
r i 21
Predomínio do entretenimento. Consumismo de emoções (técnica do

• Dispersão, falta de foco, superficialidadea


i
• Condomínios digitais, Polarização,lFake
n News
M o
s t a
• Uso inadequado, contínuo, dependência

C
offline e onlineo
• Falta de infraestrutura. Soluções possíveis, analógicas e digitais,

d
• Professora
e
formado para a resposta certa, para o caminho previsível,

h e l
para a segurança

ic • Não domínio pedagógico (estudantes e docentes)


M
4. Formas de utilização das tecnologias na
Educação
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
• Utilização individual pelo4 9 .
3 . 9
1 (em
docente
• Utilização em 2
Visões e
a r i grupo
projetos integradores -STEAM)
utilizações n sistêmica em projetos
• Deliforma
diferentes das o
M institucionais inovadores:
Metodologias
s t a currículo, metodologias,

Co
e Tecnologias avaliação, espaços, tecnologias,
relação com a sociedade,
d a formação docente e a gestão

e l e
ich
M
Utilização das tecnologias digitais -0 8
8 3 8
• Para sensibilizar, motivar
9 .

3.
Para conhecer (media literacy, competências digitais) 94
• Para inverter a forma de ensinar
r i 21

i n a
Para personalizar (trilhas, escolhas, plataformas adaptativas)
• ol
M
Para experimentar (projetos, maker)
a

s t
Para colaborar, compartilhar, divulgar (redes, grupos,
o
comunidades)
a C
l e d
• Para avaliar - por portfólios, pares, autoavaliação

ch e
• Sem Internet
M i
Utilização Individual: tecnologias e metodologias ativas no ensino
de História (9º ano) – Prof. Eric
-0 8
porvir.org/ensino-hibrido-transforma-aula-de-historia-rio-de-janeiro/
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
8
Educação do futuro – Personalização e Ensino Híbrido

8 -0
.8 3
94 9
.
Sala de Aula Invertida
A rotação ocorre entre a prática supervisionada
presencial pelo professor e a residência, ou outra
21 3
localidade fora da escola. Possibilita que o tempo
da aula seja aproveitado para a aplicação do
ar i
conteúdo previamente estudado.

l i n
M o
s t a
C o
d a
e l e
i ch *Fonte: Innosight Insitute, 2012

M
Professores e alunos na aula invertida -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
www.theflippedclassroom.es/ -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
8
Educação do futuro – Personalização e Ensino Híbrido

8 -0
.8 3
94 9
3.
21
Rotação por Estações*

ar i
li n
M o
s t a
C o
Os alunos revezam dentro do ambiente
de uma sala de aula.

d a
O professor pode dedicar um tempo
maior aos alunos que dele necessitam.

e l e *Fonte: Innosight Insitute, 2012

i c h
M
8
Educação do futuro – Personalização e Ensino Híbrido

8 -0
.8 3
94 9
Laboratório Rotacional*

3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C A rotação ocorre entre a sala de aula e
um laboratório de aprendizado para o

d
ensino online.

e l e *Fonte: Innosight Insitute, 2012

i c h
M
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
8
Educação do futuro – Personalização e Ensino Híbrido

8 -0
Rotação Individual
.8 3
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
e d
Cada aluno tem um roteiro
l
ch eindividualizado e, não necessariamente,
participa de todas as estações ou

M i modalidades disponíveis.

*Fonte: Innosight Insitute, 2012


8
Educação do futuro – Personalização e Ensino Híbrido

8 -0
Virtual Aprimorado
.8 3
94 9
Flex

.
Os alunos dividem seu

3
tempo entre uma

21
unidade escolar física e
o aprendizado remoto

i
com acesso a

r
conteúdos e lições

a
online.

l i n
M o
Modelos a la carte
s t a Os estudantes seguem um roteiro fluido e

o adaptado individualmente nas diferentes

aC
modalidades de ensino, e o professor
Os alunos participam de um responsável está na mesma localidade.

d
ou mais cursos inteiramente Não há divisão por séries/anos, os alunos

e
online, com um professor aprendem juntos, de forma colaborativa.

el
responsável online e, ao
mesmo tempo, continuam a

ch
ter experiências educacionais

i
em escolas físicas.

M *Fonte: Innosight Insitute, 2012


Utilização integrada, em grupo: Projetos
-0 8
Integradores
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Utilização integrada, em grupo: Projetos STEAM
0 8
novaescola.org.br/conteudo/18021/como-levar-o-steam-para-
-
a-sala-de-aula 3 8 8
9 .
3. 94
r i 21
A abordagem no STEAM favorece a aprendizagem por experimentação.

i n a
Ao vivenciar a aprendizagem pelas metodologias ativas, o aluno tem a
l
oportunidade de lidar com Matemática, Ciências, Artes, Engenharia e
o
M
Tecnologia de forma criativa, sem perder o foco investigativo.
a
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Apresentação de projetos STEAM – Col.
-0 8
Bandeirantes
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Tecnologias em projetos interdisciplinares
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Utilização em projetos institucionais inovadores
8 -0
.8 38
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Tecnologias e metodologias: aprendizagem individual, grupal e por
mentoria- Escolas Summit - vimeo.com/81688238 -0 8
3 8
4 9 .8
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
i ch
M
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
Escolas por
projetos
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Escolas High Tech High – California
www.youtube.com/watch?v=rP6jVBKM1jA
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
Modelos inovadores de custo mais acessível
8 3 8
4 9 .
3. 9
21
ar i
li n
M o
s t a
C o
d a
e l e
ich
M
-0 8
Ótimas escolas, alunos insatisfeitos, realizam
8 3 8
mudanças profundas - Projeto Horizonte 2020 –
9 .
94
Jesuítas Catalunha
3.
21
http://h2020.fje.edu/es/

ar i
l i n
M o
s t a
Co
d a
e l e
ich
M
Case Horizonte 2020 Educa talks - bit.ly/2vU4QoV
8 -0
.8 38
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Centro Universitário inova com os mesmos professores -
-0 8
Uniamérica: aprendizagem invertida e Projetos - uniamerica.br
3 8
4 9 .8
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
i ch
M
Case Uniamérica – Educa talks
bit.ly/2HhtFl5
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
Instituto Tecnológico de Monterrey – ITESM
9 .
94
https://tec.mx/es/modelo-tec21

3.
r i 21
i n a
l
• Modelo presencial,
híbrido e Online
• Aluno escolhe sua
M o
trajetória
s t a
C
• Aprendizagem
o
a
baseada em desafios
d
e l e
ich
M
ITESM – Online interativo
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
daC
Niel Xavier
Combina aprendizagem

el e personalizada, por pares,


por projetos, conteúdo
chwww.42.us.org/
Escola 42 –

M i gamificado, com pouca


tutoria.
-0 8
8 3 8
Escola 42 –
9 .
94
Aprendizagem
personalizada e
3.
por pares
r i 21
42sp.org.br/
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
Beetools:
i n a
aprendizagem
personalizada ol
híbrida
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
Aprendizagem
r i 21
invertida,
i n a
personalizada,
imersiva, tutorial
ol
com Inteligência
a M
Artificial
o s t
a C
l e d
ch e
M i
LIT- Saint Paul - youtube.com/watch?v=6pGBCSWFQ9s
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
Innova
r i 21
Schools –
i n a
Blended
ol
learning,
a M
custo baixo
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Modelos inovadores de custo mais acessível
8 -0
.8 38
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
6. Modelos híbridos,
8 3 8
metodologias ativas
4 9 .
e tecnologias digitais:3. 9
21
r i
componentes importantes
a
n
li das escolas
na transformação
M o
s t a
Co
d a
e l e
ich
M
• Há hoje uma tensão forte entre escolas que
-0 8
dão mais ênfase ao conteúdo (visando o ENEM

8 3 8
.
e entrar nas melhores universidades ou ENADE

94 9
e entrar nas melhores empresas) e as que dão
ênfase às competências cognitivas e

3.
socioemocionais e aprendizagem por projetos,

21
que preparam para os exames, mas também

Diferentes
para a vida.

ar i
i n
• Modelos com ênfase maior na personalização,
l
modelos M o
na colaboração e/ou na competição
• Modelos mais autônomos e outros mais

s t a diretivos (sistemas de ensino)

Co • Escolas que redesenham os espaços e as que os

d a adaptam

ele
• Com mais ênfase na presença física, modelos

ch
híbridos ou online

M i • Currículo por disciplinas, eixos, módulos,


projetos
• Mix do melhor da presença física e
digital
-0 8
• O melhor da presença física
8 3 8
9 .
94
• O melhor da presença digital
• redesenhando espaços, tempos,
3.
atividades, técnicas e tecnologias
r i 21
• Aprendizagem invertida
i n a
• Rotações
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i Modelos híbridos
-0 8
• presencial + virtual + realidade
8 3 8
9 .
94
aumentada + inteligência artificial
3.
• As tecnologias apoiam tudo o que é
i 21
mais customizável (assistentes pessoais,
r
O híbrido e o n a
bots, robots, inteligência artificial,
i
Online como o l
plataformas adaptativas)
• OM
tendências a
st experimentação, criação, comunicação,
restante (e mais importante) é a

C o
d a compartilhamento, avaliação, aplicação,

el e prospecção, mentoria

i ch
M
-0 8
8 3 8
Modelos Híbridos com METODOLOGIAS ATIVAS
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
METODOLOGIAS ATIVAS NOS POLOS
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
*Polo de Apoio Presencial/Foz do Iguaçu-PR
-0 8
8 3 8
METODOLOGIAS ATIVAS NOS POLOS
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
*Polo de Apoio Presencial/Foz do Iguaçu-PR
Curso Ensino Híbrido: personalização
e tecnologia na educação
-0 8
https://pt.coursera.org/learn/ensino-hibrido
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
7. Algumas plataformas, aplicativos e referências8
-0
.8 38
• Plataformas personalizadas, adaptativas 94 9
3.
• Aplicativos importantes
r i 21
i n a
• Bots, tradutores
ol
a M
o s t
• Realidade virtual, aumentada

a C
l e d
ch e
M i
Aprendizagem personalizada: Plataformas
-0 8
adaptativas – Plataforma Khan
3 8 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Aprendizagem personalizada -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Visão da evolução de cada aluno -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Acompanhamento mais detalhado
na área de exatas -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Curso sobre a Plataforma Khan -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Aprendizagem por plataformas com materiais
-0 8
atraentes e gamificados (Duolingo para Escolas)
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Plataforma Duolingo para Escolas -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Aprendizado da língua estrangeira – Blog Tecnologia e Educação da
UFRGS
-0 8
youtube.com/channel/UCn8yKjrGdUEToNlIjWdATkQ/videos
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Bots para aprendizagem de línguas
www.eviebot.com/en/
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Chatbot Alízia - Espanhol
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Laboratórios maker
https://www.youtube.com/watch?v=0nKsiSN0QDY
https://www.youtube.com/watch?v=3g2Lbyi4N50
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Genially - https://panel.genial.ly/inspiration-08
3 8
4 9 .8
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
ich
M
Edpuzzle – vídeos com questões
-0 8
http://bit.ly/2QTMCgE 3 8 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Quizizz
https://quizizz.com/ -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Tecnologias para planejamento e avaliação8
-0
.8 38
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Produção e compartilhamento de aulas fácil8
-0
38
(educreations, youtube...)

9 .8
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Professores e alunos autores:
-0 8
Book Creator – Livro e revista digital
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Kahoot -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Ted-ed – ed.ted.com -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Kahoot: aula invertida, gamificação -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Curso Tecnologias Digitais e Metodologias ativas
www.pein.com.br -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Materiais abertos à participação
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Portfólios de
-0 8
cada aluno
compartilhados
8 3 8
- Padlet
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Galeria de projetos inovadores -08
8 3 8
4 9 .
3. 9
21
ar i
li n
M o
s t a
C o
d a
e l e
Mich
Sinalização de percursos - Coursera
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
YouTube Educação
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Espaços Maker
Aprendizagem mão na massa -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Rede Brasileira de Aprendizagem criativa-08
3 8
4 9 .8
21 3.9
ar i
li n
M o
s t a
Co
d a
e l e
ich
M
Educadora ensina robótica com lixo descartado pela comunidade
deboragarofalo.educapx.com/robotica-com-sucata.html
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Algumas referências de inovação e tecnologia
-0 8
8 3 8
9 .
94
Inova-Escola: http://fundacaotelefonica.org.br/wp-content/uploads/pdfs/INOVA-
ESCOLA.pdf
3.
i 21
Destino Educação – Escolas Inovadoras: Canal Futura:
r
i n a
http://www.futuraplay.org/serie/destino-educacao-escolas-inovadoras/_

l
Destino Educação – Escolas Inovadoras:
o
M
https://pt.calameo.com/read/002899327f24def4bc47a
Janelas de inovação
s t a
o
www.youtube.com/watch?v=-
C
a
8V7QosGetU&list=PLj9FR3mQzEhB5kRmInQzO9kZ6I7lobhp1

l e d
ch e
M i
Tecnologias e Metodologias: exemplos 8
porvir.org/especiais/tecnologia 8 -0
.8 3
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
8
Destino Educação - Escolas Inovadoras
2ª Temporada

8 -0
.8 3
94 9
3.
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
• Estratégias Pedagógicas – Vol I-
-0 8
https://salaaberta.com.br/e-
8 3 8
9 .
books/estrategias-pedagogicas-volume-1/

Experiências 3 94
Trinta estratégicas pedagógicas com
.
tecnologias digitais. Exemplos de atividades
2 1
bem sucedidas realizadas por professores
com
a r i
da educação básica em 2016

tecnologias l i n
• Narrativas
o
das experiências docentes com

na escola sta M
tecnologias digitais: Adriana
Azevedo: https://cld.pt/dl/download/9113

C o
bebb-c160-45a4-84d7-

a
0af3067b1ceb/narrativas.pdf

e d •
el
Educação integral na prática:

ch
http://educacaointegral.org.br/na-pratica/

M i
www.oifuturo.org.br/wp-
content/uploads/2018/05/eNAVE.pdf -0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
96 experiências inovadoras de educação
http://innoveedu.org/
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Livro sobre -0 8
8 3 8
Ensino 9 .
Híbrido 3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Educação no Século XXI
http://new.smartlab.me/download-attachment/6884/
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t
a C
l e d
ch e
M i
Aprendendo com uma professora:
tecnologias, metodologias, comunicação-08
3 8
4 9 .8
• Conhecer os alunos (histórico, motivações, paixões, expectativas,
potencial e limites)
21 3.9
• Acolhê-los com afeto. Recebê-los, conversar com eles, interessar-se
por eles
ar i
i n
• Partir de onde estão, do que é significativo, do que conhecem. Partir
l
do vídeo, dos jogos, das redes.
M o
s t a
• Surpreendê-los (Aprendemos o que nos sensibiliza, emociona).
Metodologias ativas. Aprender fazendo (maker)
C o
• Fazer as negociações possíveis (consensos). Flexibilidade. Nenhum
d
aluno para trás a
e l e
• Valorizar suas produções. Portfólio. Apresentações. Compartilhar
ch
processo e resultados. Publicar, divulgar, ampliar (mentoria)
i
M
-0 8
8 3 8
9 .
3. 94
r i 21
i n a
ol
a M
o s t José Moran
a C
l e d www2.eca.usp.br/moran
ch e
M i www.pein.com.br
moran10@gmail.com