Você está na página 1de 3

Bem Explicado

Centro de Explicações Lda.


História 9º Ano – A Hegemonia e declínio da Influência Europeia

Nome: ____________________________________________________ Data: ___/___/___

1 – Os motivos que levaram à “Supremacia Europeia” no inicio do século XX


foram:
 A Europa tinha cerca de metade da produção industrial do mundo;
 Os capitais investidos eram maioritariamente europeus;
 Grandes portos comerciais e comércio muito desenvolvido.

2–
2.1 – Forma de ocupação territorial com domínio político, económico e
financeiro, militar e cultural exercido por um país sobre populações de territórios
menos desenvolvidos.
2.2 – O autor do documento 2, ao contrário do autor do documento 1,
discorda da colonização pois considera a colonização uma forma de justificar a
violência das regiões conquistadas; “Não apliquemos a violência justificando-a
de modo hipócrita em nome da civilização.”

2.3 – “Dado a sua superioridade económica, técnica e militar a Europa


lançou-se à conquista de territórios noutros continentes. Aeste movimento
expansionista que simultaneamente pode implicar o controlo político dá-se o
nome de Imperialismo.”

3–
a. F África foi o continente menos disputado pelas potências coloniais
americanas, dada a sua riqueza natural.
b. F A conferência de Berlim (1890 – 1895) foi realizada com o objetivo de
regular a corrida às áreas de influência e resultou numa autêntica
partilha de África.
c. V A conferência de Berlim significou o triunfo de Inglaterra em África.

bemexplicado.pt
d. F Segundo o conteúdo do documento 4, Portugal foi um dos países mais
beneficiados pelas decisões tomadas.
e. V As reivindicações Portuguesas colidiram com os interesses ingleses.
f. F O Governo Português resistiu ao Ultimato Inglês.

a. África foi o continente menos mais disputado pelas potências coloniais


americanas europeias, dada a sua riqueza natural.
b. A conferência de Berlim (1890 – 1895) (1885) foi realizada com o objetivo
de regular a corrida às áreas de influência e resultou numa autêntica
partilha de África.
d. Segundo o conteúdo do documento 4, Portugal foi um dos países mais
beneficiados prejudicados pelas decisões tomadas.
f. O Governo Português resistiu cedeu ao Ultimato Inglês.

4–
4.1 – O interesse dos países europeus na posse de colónias devia-se ao
facto destas lhes fornecerem riquezas, matérias primas e novos mercados.

5–
5.1 – As principais potências coloniais do século XIX eram: Inglaterra,
França, Alemanha, Bélgica. Holanda, Portugal e Espanha.
5.2 – Os novos países emergentes fora da Europa eram o Japão e os EUA.
5.3 – O Mapa cor de rosa foi o nome dado ao projecto português para unir
Angola a Moçambique, apresentado no Congresso de Berlim de 1884.
No entanto, este nosso plano chocava frontalmente com os planos de
expansionismo inglês para esta área, que pretendia ligar o Cabo ao Cairo
5.4 – As consequências do choque de interesses portugueses e britânicos
no continente africano culminou com o Ultimato Inglês - O Ultimato consistiu num
telegrama enviado ao governo português pelas autoridades inglesas, em 11 de
Janeiro de 1890 no qual se exigia a retirada imediata das forças militares
portuguesas mobilizadas nos territórios entre Angola e Moçambique.
Caso a exigência não fosse acarretada por Portugal, a Inglaterra
avançaria com uma intervenção militar.

bemexplicado.pt
6–
6.1 – Antes da 1ª Guerra Mundial formou-se na Europa 2 alianças:
Tríplice Aliança - Aliança militar que reúne a Alemanha, a Áustria-Hungria e a
Itália, a partir de 1882, com o objectivo de travar o expansionismo francês na
Europa.
Tríplice Entente - Aliança militar que tem por base a Entente Cordiale, formada em
1904 pelo Reino Unido e pela França para opor-se ao expansionismo germânico.
Em 1907, com a adesão da Rússia, transforma-se na Tríplice Entente. Durante a
guerra, outras 24 nações juntam-se à Entente, (incluindo Portugal) formando uma
ampla coalizão chamada de Aliados.
6.2 – “Paz Armada” – Apesar da Europa viver um tempo de paz, as nações
europeias passaram a investir fortemente na fabricação de armamentos e
qualquer incidente poderia levar a um conflito entre as nações.
6.3 – Em 28 de Junho de 1914, o arquiduque Francisco Fernando e a sua
mulher são assassinados em Sarajevo por um Sérvio, foi ativada a politica das
alianças e os países entraram em guerra, era o inicio da primeira guerra mundial.

bemexplicado.pt