Você está na página 1de 5

Lista de Questões sobre MHS 3) A Equação de Movimento do M.H.S.

pode ser expressa da forma:

(A partir de nossas aulas, discussões e de suas pesquisas responda o que é solicitado em a ( ) x(t) = At2
cada uma das questões a seguir) b ( ) x(t) = A tg(wt + φ)
c ( ) x(t) = A sen(wt + φ)
Prof. Dr. Luiz A. Rasia
d ( ) x(t) = At
Email: rasia@unijui.edu.br e ( ) x(t) = At + b

4) X, A, t, w e φ são respectivamente:
1) – O Movimento Harmônico Simples (MHS) é um movimento periódico oscilatório
no qual uma partícula está sujeita a uma força do tipo F = – kx, sempre orientada para a
posição de equilíbrio. Pela definição apresentada, assinale o que for correto. a ( ) a fase, a amplitude, a velocidade angular, o tempo e o deslocamento.
b ( ) o deslocamento, a amplitude, o tempo, a fase e a velocidade angular.
a( ) O movimento periódico de uma partícula pode, sempre, ser expresso em função de c ( ) o tempo, a amplitude, a fase, a velocidade angular e o deslocamento.
d ( ) o deslocamento, o tempo, a amplitude, a velocidade angular e a fase.
senos e co-senos.
e ( ) o deslocamento, a amplitude, o tempo, a velocidade angular e a fase.
b( ) No MHS o período e a freqüência independem da amplitude do movimento.
5) A relação matemática entre a velocidade angular e a frequência pode ser expressa
c( )No MHS, quando o deslocamento é máximo, em qualquer sentido, a velocidade é por:
nula, o módulo da aceleração é máximo, a energia cinética é nula e a energia potencial é
a ( ) w = (π/2)*f
máxima.
b()f=w
d( ) A energia mecânica total de uma partícula em MHS não é constante, porém é c ( ) w = f/(2*π)
d ( ) w = (2*π)/f
proporcional ao quadrado da amplitude.
e ( ) f = w/(2*π)
e( ) Uma partícula executando um MHS é denominada oscilador harmônico simples.
6) A relação matemática entre a frequência angular ω, o coeficiente de restituição k
e a quantidade de inércia m do bloco do sistema massa-mola pode ser expressa por:

2) Uma das extremidades de uma corda está presa a um suporte fixo no topo de um a ( ) ω = km
poço vertical de uma mina com profundidade igual a 161,0 m. A corda fica esticada b ( ) ω = k/m
pela ação do peso de uma caixa de minérios com massa igual a 25,0 kg, presa na c ( ) ω = (km)1/2
extremidade inferior da corda, que está 1,0 m acima da parte inferior da mina. A massa d ( ) ω 2 = k/m
da corda é igual a 4,0 kg. Um mineiro, no fundo da mina, balançando horizontalmente a e ( ) ω 2 = m/k
extremidade inferior da corda, envia um sinal para seu colega que está no topo da mina.
Sabendo-se que um ponto da corda realiza um movimento harmônico simples (MHS) 7) M.H.S. pode ser compreendido e obtido através da projeção de qual tipo de
com freqüência de 4,0 Hz, e desconsiderando-se o peso da corda, a velocidade da onda movimento?
transversal que se propaga na corda e o comprimento de onda são, respectivamente:
a ( ) M.R.U- Movimento Retilíneo Uniforme
b ( ) M.C.U – Movimento Circular Uniforme
a ( ) 160,0 m/s e 40,0 m.
c ( ) M.R.U.V – Movimento Retilíneo Uniformemente Variado
d ( ) M.C.U.V – Movimento Circular Uniformemente Variado
b ( ) 80,0 m/s e 20,0 m.
e ( ) M.H.A – Movimento Harmônico Amortecido
c ( ) 100,0 m/s e 400,0 m.
8) O M.H.S. pode ser compreendido e obtido através da projeção do movimento
mostrado na figura 1. Qual tipo de movimento é este?
d ( ) 100,0 m/s e 25,0 m

e ( ) 4,0 m/s e 100,0 m.


13) A partir das ilustrações mostradas na figura 2 você poderia dizer que:

Figura 1. Projeção Geométrica do Movimento Harmônico Simples

a ( ) M.R.U.
b ( ) M.C.U.
c ( ) M.R.U.V.
d ( ) M.C.U.V.
e ( ) M.H.A.

9) Que fenômenos seriam considerados ondulatórios?

a ( ) Resfriamento de uma geladeira


b ( ) Funcionamento da televisão
c ( ) Movimento dos Planetas
Figura 2. Mola na posição de equilíbrio, Mola sendo distendida e Mola sendo comprimida
d ( ) Movimento de um pedal de bicicleta girando com a bicicleta parada
e ( ) Terremotos a ( ) O somatório das forças, ou a força resultante sobre o bloco de massa m quando este
se encontra na posição de equilíbrio será diferente de zero.
10) Classifique os fenômenos ondulatórios em mecânicos e eletromagnéticos:
b ( ) O valor em módulo da força-resultante (|F|) sobre o bloco de massa m para um
(1) Mecânicos (1 ) Uma pessoa conversando com outra mesmo deslocamento x sempre dependerá do deslocamento ser para à direita ou à
(2) Eletromagnéticos (1 ) Funcionamento de um relógio de pêndulo esquerda da posição de equilíbrio; apresentando valor diferente para cada situação
(2 ) Funcionamento de um relógio digital destas.
(1) Cadeira de balanço
(2) Transformador 220v/110v c ( ) A força restauradora do tipo força elástica, obedecendo a Lei de Hooke ( F = -kX),
irá aumentar de valor em módulo à medida que o valor do deslocamento X aumentar.
11) A representação matemática mais corriqueira para um fenômeno oscilatório é: d ( ) Se dermos um puxão no bloco de massa m e o soltarmos ele permanecerá na
posição aonde fora deixado, apresentando uma força resultante sobre ele de valor F = -
a ( ) uma matriz kX, e não havendo oscilação.
b ( ) um polinômio
c ( ) uma reta e ( ) A força restauradora não tem nada a ver com o fato de nosso sistema ficar
d ( )uma onda oscilando.
e ( ) um círculo
14) Quando em movimento harmônico simples o bloco de massa m retorna a posição de
12) As forças restauradoras que tendem a trazer ou manter sistemas em certos estados e equilíbrio, sua força resultante será igual a zero pois em relação ao ponto de equilíbrio o
posições, existentes em sistemas que possuem Movimento Harmônico Simple Simples deslocamento será igual a zero (F = -kX), entretanto por já se encontrar em movimento
(M.H.S.), são do tipo: permanecerá em movimento até um certo ponto. O fato do bloco permanecer em
movimento mesmo apesar de sua força resultante quando passa pelo ponto de equilíbrio
a ( ) F = -kX2 ser zero, e portanto a sua aceleração também, se deve:
b ( ) F = kX
c ( ) F = -kX a ( ) a 1a. Lei de Newton (Lei da Inércia)
d ( ) F = k sen(wt + f) b ( ) a 2a. Lei de Newton (F = ma)
e) F = -kX3 c ( ) a 3a. Lei de Newton (Para toda a ação têm-se uma reação igual e contrária)
d ( ) ao Princípio de Conservação da E Energia
nergia (a Energia Total do sistema precisa ser 21) Considere um bloco de massa m, preso a uma mola de constante elástica K,
sempre constante) executando um movimento harmônico simples, como mostra a figura 4.
e ( ) ao fator de restituição k da mola

15) Nas extremidades do M.H.S. a velocidade do bloco é nula e a força restauradora


exercida pela mola é máxima. A medida que o bloco se aproxima da posição de
equilíbrio a força restauradora vai diminuindo (pois F = -kX),
kX), entretanto a velocidade
do bloco vai aumentando até atingir o seu máximo na posição de equilíbrio. Isso
acontece :

a ( ) Porque se não for assim o bloco não chegaria na outra extremidade.


b ( ) Porque apesar de a força restauradora diminuir durante o trajeto respectivo ela Figura 4. Bloco executando um MHS.
nunca é diferente de zero.
c ( ) Porque não existe relação entre a velocidade de um corpo e a força aplicada sobre o As energias envolvidas nesse movimento são:
mesmo.
d ( ) Porque a mola puxa o corpo. a ( ) energia cinética : (escreva a equação:_____________________________)
e ( ) Porque é uma característica do M.H.S. e não se sabe ao certo o que causa isso. b ( ) energia potencial elástica: (escreva a equação:_____________________________)
c ( ) energia mecânica total: (escreva a equação:_____________________________)
16) No caso de um sistema massa
massa-mola
mola em pé ou pendurado em comparação ao sistema
massa-mola deitado a diferen
diferença entre os dois seria:
22) As energias cinética e potencial são representadas graficamente por funções do 2º
a ( ) nenhuma. grau e a energia mecânica é constante. Assim, os gráficos das energias em função da
b ( ) o movimento não seria mais do tipo M.H.S.. deformação x serão:
c ( ) o movimento seria o mesmo que o anterior com o ponto de equilíbrio um pouco
mais embaixo.
d ( ) o movimento seria o mesmo que o anterior com o ponto de equilíbrio um pouco
mais em cima.
e ( ) não haveria mais movimento pois o peso do bloco faria que a mola permanecesse
esticada.

20) Um pêndulo preso por meio de um elástico ou mola se comportaria como um


oscilador harmônico simples como ilustra a figura 3?
a() b()
Figura 5. Gráficos da energia de um sistema oscilante

23 ) O gráfico representa a variação da energia potencial, U, de um oscilador harmônico


simples, em função do tempo, t. Analise as três afirmativas que se seguem:

I. No instante de tempo t = 3 s, a energia cinética do oscilador é 100 J.


II. No instante t = 0, o oscilador tem velocidade máxima.
III. A energia total do oscilador é 100 J.
Figura 3. Ilustração mostrando uma mola como um Pêndulo

a ( ) Sim, é um sistema massa


massa-mola pendurado.
b ( ) Sim, é um pêndulo simples com mola em vez de haste rígida.
c ( ) Não, pois isto é uma balança de feira.
d ( ) Não, pois o movimento originado e as forças existentes são diferente
diferentes do típico
F= kX
e ( ) Não, você não vê relógios de pêndulo desse tipo.
Figura 6. Gráfico da energia potencial elástica de um oscilador
Sobre as três afirmativas é correto dizer:

a ( ) I, II e III são verdadeiras.


b ( ) Somente I e lI são verdadeiras.
c ( ) Somente I e III são verdadeiras.
d ( ) Somente I é verdadeira.
e ( ) Somente II é verdadeira.

24) Dois corpos de massas diferentes, cada um preso a uma mola distinta, executam
movimentos harmônicos simples de mesma freqüência e têm a mesma energia
mecânica. Neste caso: Figura 7. Periodo de uma onda transversal senoidal.

a ( ) o corpo de menor massa oscila com menor período. De acordo com a figura, podemos dizer que:
b ( ) o corpo de menor massa oscila com maior período.
c ( ) os corpos oscilam com amplitudes iguais. గ
a ( ) ‫ = ݕ‬6sin (12‫ ݔ‬− ଺ ‫)ݐ‬
d ( ) o corpo de menor massa oscila com menor amplitude. గ
e ( ) o corpo de menor massa oscila com maior amplitude. b ( ) ‫ = ݕ‬3sin ( ‫)ݐ‬

గ గ
c ( ) ‫ = ݕ‬6sin (଺ ‫ ݔ‬− ଶ ‫ݐ‬
25) A energia cinética de um ponto material que realiza MHS é గ
d ( ) ‫ = ݕ‬6sin ( ‫ݐ‬
máxima quando: ଶ

a) a aceleração é máxima 29) Alunos de engenharia da turma do professor Rasia apresentam um dispositivo para
b) a força é máxima traçar senóides, como o mostrado na figura 8.
c) a elongação é máxima
d) a força é nula
e) a energia potencial é máxima

25) Quando a massa m1 é suspensa de uma determinada mola A e a massa menor m2 é


suspensa da mola B, as molas são distentidas da mesma distância. Se os sistemas forem
colocados em MHS verticalmente com a mesma amplitude, qual deles terá mais Energia
Potencial Elastica? Explique.

26) Suponha que um sistema consiste em um bloco de massa desconhecida e uma mola
de constante também desconhecida. Mostre como um engenheiro pode prever o período
de oscilação deste sistema tipo massa-mola, medindo simplesmente a elongação da
mola quando se pendura uma massa neste sistema.

27) Alunos de engenharia são desafiado a dobrar a máxima velocidade de um sistema


oscilante. Explique estes procedimentos, desenvolva modelos matemáticos, etc...

28). Seja T = 4,0 s o período de uma onda transversal senoidal propagando-se da


esquerda para a direita numa corda, como mostrado na figura 7 no instante t = 0. Nesse
caso, a representação matemática dessa onda é dada por y = A sen ( kx − ωt) , sendo A a Figura 8. Engenhoca para traçar senóides
amplitude, ω a freqüência angular e k o número de onda.
Esse dispositivo consiste em um pequeno funil cheio de areia, que, pendurado na
extremidade de um fio longo, oscila num plano perpendicular à direção do movimento
da esteira rolante, mostrada na figura 8. A areia escoa, lentamente, do funil sobre a
esteira, que se move no sentido indicado pela seta.
Quando a esteira se move a uma velocidade de 5,0 cm/s, observa-se que a distância
entre dois máximos sucessivos da senóide é de 20 cm.
Considerando as informações dadas e a situação descrita,
a). Determine o período de oscilação do funil.

b) Em seguida, um colega curioso aumenta de quatro vezes o comprimento do fio que


prende o funil. Nesta nova situação determine a distância entre os máximos sucessivos
da senóide.

30). Um sistema massa mola ideal executa um MHS. A figura 9 mostra o instante que,
após atingir a amplitude máxima, o corpo retorna em direção à posição de equilíbrio.

Figura 9. Sistema oscilante na horizontal.

Sobre esta situação, é correto afirmar que no instante mostrado:

a ( ) a velocidade é máxima.
b ( ) o movimento do corpo é acelerado.
c ( ) a aceleração é mínima.
d ( ) a força restauradora é máxima.

Você também pode gostar