Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE POTIGUAR – UnP

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E AÇÃO COMUNITÁRIA


CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA
ESTÉTICA EM MEDICINA E CIRURGIA
TURMA: 4TA
ANTONIA GRAZIELLE TEIXEIRA DA SILVA
HÉRIKA GALVÃO DOS SANTOS
LIDIANE FRANCISCA DE SOUZA

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA - APS

NATAL
2020
2

ANTONIA GRAZIELLE TEIXEIRA DA SILVA


HÉRIKA GALVÃO DOS SANTOS
LIDIANE FRANCISCA DE SOUZA

ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA


ESTÉTICA EM MEDICINA E CIRURGIA

Atividade apresentada à Universidade


Potiguar – UnP, como parte dos
requisitos parciais para aprovação na
disciplina Estética em Medicina e
Cirurgia.

PROFESSORª: Emília Mello Costa

NATAL
2020
SUMÁRIO
3

1. TABELA.....................................................................................................4
2. REFERÊNCIAS..........................................................................................
4

ATUAÇÃO ESTÉTICA EM CIRURGIAS PLÁSTICAS

Revista
científi
Título Autores Objetivos Resultado Conclusão ca
publica
da

Os Karoline Esta Na cirurgia Diante de todo o


benefícios Rodrigu pesquisa plástica por conteúdo Revista
da es tem como exemplo, a abordado no Saberes
drenagem Matoso objetivo drenagem linfática contexto deste da
linfática 1 Maria geral tem 100% de trabalho, como Faculda
no pós- Antônia apresentar ação, pois esta resultado, de São
operatório F. N. de os cirurgia é percebeu-se Paulo –
de Oliveira benefícios realizada na pele que a drenagem FSP -
cirurgias Benati2 da onde 80% do linfática é 2019
plásticas drenagem sistema linfático relevante no
linfática no se encontra, em pós-cirurgia,
pós- prática, isso reduz principalmente
operatório em 50% o tempo em cirurgias
de de recuperação do plásticas,
cirurgias paciente. A trazendo
plásticas. drenagem linfática benefícios na
Para tanto, também ajuda em recuperação do
seus cirurgias paciente em
objetivos vasculares, vários aspectos.
específicos ortopédicas e Percebeu-se
foram cesarianas, onde durante as
identificar o se tem um pesquisas que a
que é a processo de drenagem
5

drenagem aceleração do linfática tem dois


linfática, reparo do tecido métodos, o
abordar a por tirar o excesso clássico e o pós-
diferença de proteína operatório, no
de reduzindo o método clássico,
drenagem edema onde o a drenagem
linfática organismo linfática segue
manual consegue um trajeto
clássica e trabalhar melhor fisiológico do
a pós- recuperando o fluxo linfático no
operatório tecido método pós-
e ressaltar operatório.
sobre a
drenagem
linfática no
pós-
operatório
de cirurgia
plástica.

O laser de Carlinda Este Já na primeira Desta forma,


baixa Dornele estudo semana do conclui-se que o ANAIS
potência s teve como tratamento se LBP pode e DA XII
no pós- Santaria objetivo verificou melhora deve ser um MOSTR
operatório no relatar o significante e recurso A
de Orienta caso de visível no terapêutico CIENTÍ
cirurgia dor(a): uma processo de opcional aos FICA
plástica Profº paciente reparação convencionais DO
Jerri que se tecidual. Com o ou ser utilizado CESUC
Estevan submeteu passar das em conjunto, A –
6

Vacaro a um sessões, a lesão com a vantagem NOV. /


procedime crônica maior, da comprovada 2018
nto estético apresentava eficácia no ISSN –
com bordas integras, tratamento pós- 2317-
complicaçõ neovascularização cirúrgico, com 5915
es no pós- , tecido de resultados mais
operatório granulação rápidos,
imediato. aumentado dia proporcionando
após dia, dando maior conforto
um maior conforto ao paciente.
à paciente.
Com 60 dias do
início do
tratamento, a
lesão já estava
regredida quase
que na totalidade.
Importante
salientar que o
resultado obtido
com o LBP, caso
não houvesse sido
feito, poderia levar
até 6 meses para
recuperação, com
uma qualidade
muito inferior no
aspecto estético
da cicatriz.

Effeitos Lucas Nesse Ao registro Após a Universi


7

do Becker sentido o fotográfico, intervenção com dade do


microagul Gallina presente observou-se estimulação do Sul de
hamento Paola estudos melhora quantos microagulhamen Santa
na cicatriz Wingert teve como aos aspectos to, na cicatriz Catarin
em pós- Parisott objetivo relacionados a cor em pós- a-
operatório o analisar os e regularidade das operatório de UNISUL
de Viviane efeitos do bordas, em ambas mamoplastia de
mamoplas Pachec microagulh as mamas, após 3 aumento, foi
tia de o amento na intervenções com observado
aumento: Gonçalv cicatriz em microagulhamento redução da
estudo de es pós- . As alterações lesão cicatricial,
caso operatório foram observadas regiões da pele
de gradativamente, hiperpigmentad
mamoplasti após o período de as, reparo
a de intervalo de 28 tecidual,
aumento. dias entre cada reepitelização
intervenção. da área lesada,
Houve uma com a
melhora gradativa observação da
e contínua até 28 derme
após a última preenchida.
intervenção.
Inicialmente, a
cicatriz na mama
direita
apresentava uma
planimetria
retilínea, regular e
maior em
comparação a
mama esquerda
8

que apresentava
bordas cicatriciais
mais irregulares.
Após 28 dias, ao
término das
intervenções
observou-se a
diminuição da
área da cicatriz
em ambas
mamas, sendo
que na mama
esquerda a borda
cicatricial tornou-
se mais fina e
regular
9

REFERÊNCIAS

https://facsaopaulo.edu.br/wp-content/uploads/sites/16/2019/07/OS-BENEF
%C3%8DCIOS-DA-DRENAGEM-LINF%C3%81TICA-NO-POS-OPERATORIO-DE-
CIRURGIAS-PLASTICAS.pdf

http://ojs.cesuca.edu.br/index.php/mostrac/article/view/1529

https://riuni.unisul.br/handle/12345/4090?show=full#:~:text=Em%20rela
%C3%A7%C3%A3o%20a%20planimetria%2C%20a,e%20reepiteliza
%C3%A7%C3%A3o%20da%20%C3%A1rea%20cicatricial.