Você está na página 1de 67

Plano da aula n.

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:
Dia da aula:
Propostas de
Hora: Sala:

planos de aula

27
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres


Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida
Objetivo geral: 1. Compreender a Terra como um planeta especial.
Descritor: 1.1. Indicar três fatores que permitam considerar a Terra um planeta com vida.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os fatores que permitem a vida na Terra?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 6 a 9 – parte I
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 1
+ Momentos de aula: pág. 3
Pedagogia diferenciada: ficha 1

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 7: “O que faz da Terra um planeta especial?”.
Observação silenciosa das figuras e leitura das legendas das págs. 6 e 7. Breve apresentação do
conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 7 como avaliação diagnóstica. Debate de algumas
respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. A cor azul da Terra é devida à presença de água líquida nos oceanos e a cor branca é devida à
existência de água nas nuvens.
2. Por exemplo, um dos seguintes: lago, rio, ribeiro, riacho, fonte e lagoa.
3. Por exemplo, dois dos seguintes: minhoca, bicho-de-conta, formiga, musgo, feto, borboleta, pardal,
melro, rã, pinheiro e plátano.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 8 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 8 e do Responde da pág. 9.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou
+ Informação disponíveis na pág. 3 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no
caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

28
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 1. Compreender a Terra como um planeta especial.

Descritor: 1.2. Distinguir ambientes terrestres de ambientes aquáticos, com base na exploração de
documentos diversificados.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se distinguem os ambientes terrestres dos aquáticos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 10 e 11 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 1

+ Momentos de aula: págs. 3 e 4

Pedagogia diferenciada: ficha 1

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 10 ou utilizando os
Recursos digitais.

• Observação individual das figuras das págs. 10 e 11. Diferentes alunos explicam, para a
turma, o que se observa em cada uma das figuras.

• Debate com os alunos sobre a diversidade de ambientes visualizados, com recurso a +


Informação das págs. 3 e 4 do caderno + Momentos de aula.

• Solicitação de exemplos de ambientes aquáticos e ambientes terrestres do conhecimento


dos alunos (floresta, bosque, lago, aquário, prado, praia, rio…).

• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 10 e realização


individual do Transcreve e completa da pág. 11.

• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir +


Questões ou + Informação disponíveis nas págs. 3 e 4 do caderno + Momentos de aula; ii)
correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

29
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 1. Compreender a Terra como um planeta especial.

Descritores: 1.3. Enumerar as subdivisões da Biosfera.

1.4. Caracterizar três habitats existentes na região onde a escola se localiza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as subdivisões da biosfera? O que é o habitat?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 12 a 15 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 1; videoaula 1 de atividade de campo

+ Momentos de aula: págs. 4 e 5

Pedagogia diferenciada: ficha 2

Gestão curricular: roteiro biogeológico e ficha 1 de atividade de campo, págs. 90 a 92

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 12 ou utilizando os Recursos
digitais. Introdução ao conceito de biosfera. Poderá utilizar como recurso + Informação da pág. 4 do
caderno + Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde das págs. 12 e 13. De acordo com os
diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões disponíveis na pág. 4 do
caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas. Realização
individual do Transcreve como síntese da aula. O docente deve explicar aos alunos que os conceitos de
hidrosfera, atmosfera e litosfera serão desenvolvidos mais tarde.
• Com o Aprende + da pág. 13 poder-se-á introduzir o conceito de biodiversidade.
• Realização individual do Responde da pág. 14; correção oral ou registo no caderno diário. De seguida, e
de acordo com o ritmo de trabalho da turma, o docente informa os alunos sobre a atividade de campo a
realizar num local próximo da escola. A análise do Antes da saída da pág. 15 permite preparar a saída
de campo. Poderá utilizar como recurso + Informação das págs. 4 e 5 do caderno + Momentos de aula,
o roteiro biogeológico e a ficha 1 de atividade de campo das págs. 90 a 92 deste caderno.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de campo sobre caracterização de habitats disponível no e-
-Manual.

30
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 1. Compreender a Terra como um planeta especial.

Descritores: 1.5. Relacionar os impactes da destruição de habitats com as ameaças à continuidade dos
seres vivos.

1.6. Sugerir medidas que contribuam para promover a conservação da Natureza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é o impacte da destruição de habitats? Quais são algumas das medidas de conservação
da Natureza?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 16 a 20 e 46 – parte I

Caderno de atividades: atividades 1 e 2

Materiais de apoio: ficha de apoio 1 e Como conhecer as áreas protegidas?

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 1

+ Momentos de aula: págs. 5 e 6

Pedagogia diferenciada: ficha 2

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 16 ou utilizando os Recursos
digitais. Debate com os alunos sobre as causas dos impactes que identificam nas figuras. Poderá utilizar
como recurso + Informação das págs. 5 e 6 do caderno + Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 16. Correção oral ou registo no caderno diário
das respostas. Exploração das págs. 17 e 18, sensibilizando os alunos para a conservação da Natureza.
Localização da área protegida mais próxima da escola recorrendo às figs. da pág. 18 ou, ainda, à pág. 27
dos Materiais de apoio. Realização do Consulta da pág. 17. Reflexão sobre o Aprende + no sentido de
estimular o gosto dos alunos pela Ciência e + Informação das págs. 5 e 6 do caderno + Momentos de
aula. A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-
se com o Verifica se atingiste a meta da pág. 19; ii) responde à questão do início do capítulo, que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 2 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 46; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 20, as atividades 1 e 2 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 1 dos
Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

31
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 2. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida.

Descritores: 2.1. Apresentar a definição de solo.

2.2. Indicar três funções do solo.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é o solo? Quais são as funções do solo?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 21 a 23 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 2

+ Momentos de aula: pág. 7

Pedagogia diferenciada: ficha 3

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 21: “Porque é o solo um material terrestre de suporte de vida?”.
Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 21 como avaliação diagnóstica. Debate de algumas respostas
com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, dois dos seguintes: minhoca, bicho-de-conta, toupeira, escaravelhos.
2. Por exemplo, dois dos seguintes: enxada, trator, foice, arado, forquilha.
3. A utilização excessiva de adubos químicos pode poluir o solo e, assim, não permitir as práticas agrícolas.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 22 e/ou da pág. 23 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 23, baseando-se na observação das figuras e na leitura das
legendas e do texto das págs. 22 e 23.
• O Aprende + pode ser proposto aos alunos como sugestão de TPC, com o propósito de avaliar a criatividade e
autonomia dos alunos.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Informação disponível na pág.
7 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

32
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 2. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida.

Descritor: 2.4. Descrever o papel dos agentes biológicos e dos agentes atmosféricos na génese dos
solos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é o papel dos agentes atmosféricos e biológicos na génese dos solos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 26 e 27 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 2

+ Momentos de aula: pág. 8

Pedagogia diferenciada: ficha 3

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 26 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura do texto da pág. 26 por um aluno.
• Observação individual de toda a figura das págs. 26 e 27 e leitura da informação nela contida.
• Apresentação oral à turma, por diferentes alunos, de um resumo da interpretação que fizeram da figura.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 26.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Informação
disponível na pág. 8 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das
respostas.
• Como sugestão de TPC, o aluno poderá realizar a experiência simples sugerida na + Informação
sobre… alteração das rochas pelos seres vivos na pág. 8 do caderno + Momentos de aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

33
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 2. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida.

Descritor: 2.3. Identificar os componentes e as propriedades do solo, com base em atividades práticas
laboratoriais.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Preparação da atividade de laboratório – Quais são os componentes e as propriedades do
solo?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 24, 25 e 28 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 2

+ Momentos de aula: pág. 8

Pedagogia diferenciada: ficha 4

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 28 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura, por um aluno, do primeiro parágrafo da pág. 28 e interpretação da figura.
• Explicitação do conceito de húmus com recurso a + Informação da pág. 7 do caderno + Momentos de
aula.
• Leitura, por um aluno, do segundo parágrafo da pág. 28. Enfatizar a distinção entre permeabilidade e
porosidade.
• Realização individual do Transcreve e completa como síntese do trabalho realizado.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou
+ Informação disponíveis na pág. 8 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral da atividade.
• Acompanhamento dos alunos na elaboração de um protocolo simples (que inclua o material necessário e
o procedimento) que permita responder à questão-problema desta aula. Em alternativa, a turma poderá
analisar as págs. 24 e 25 no sentido de preparar a atividade de laboratório a realizar na próxima aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de laboratório sobre os componentes e as propriedades do solo,
disponível no e-Manual.

34
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 2. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida.

Descritores: 2.5. Relacionar a conservação do solo com a sustentabilidade da agricultura.

2.6. Associar alguns métodos e instrumentos usados na agricultura ao avanço científico e


tecnológico.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a importância da conservação do solo? Qual é a influência do avanço científico e
tecnológico nos métodos e instrumentos agrícolas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 29 a 34 e 47 – parte I

Caderno de atividades: atividades 3 e 4

Materiais de apoio: ficha de apoio 2

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 2

+ Momentos de aula: págs. 8 e 9

Pedagogia diferenciada: ficha 4

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 29 ou utilizando os Recursos
digitais. Trabalho individual de leitura do texto e das legendas das figuras. Relacionar a informação
dessas figuras com o Aprende +. Desenvolvimento da consciência ecológica nos alunos, promovendo o
respeito pelo solo. O docente poderá introduzir + Questões ou + Informação da pág. 8 do caderno +
Momentos de aula. Explicitação, pelo professor, dos conceitos de adubação, irrigação e drenagem.
Exploração das págs. 30 e 31, guiando a interpretação da figura com a leitura das legendas pelo
professor e com recurso a + Informação das págs. 8 e 9 do caderno + Momentos de aula. Associação
dos métodos e instrumentos da figura ao avanço científico e tecnológico.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 32; ii) responde à questão do início do capítulo, que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 4 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 47; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens das págs. 33 e 34, as atividades 3 e 4 do Caderno de atividades e a ficha de apoio
2 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

35
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 3. Compreender a importância das rochas e dos minerais.

Descritores: 3.1. Apresentar uma definição de rocha e de mineral.

3.2. Distinguir diferentes grupos de rochas, com base em algumas propriedades, utilizando
chaves dicotómicas simples.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que são rochas e minerais? Como se distinguem as rochas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 35 a 37 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 3

+ Momentos de aula: pág. 10

Pedagogia diferenciada: ficha 5

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 35: “Qual é a importância das rochas e dos
minerais?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 35 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Basalto; Calcário; Granito; Xisto.
2. A solução deverá estar de acordo com a informação do mapa da pág. 43.
3. Por exemplo, no quadro escolar (se for de ardósia); nos parapeitos das janelas (que poderão ser em
calcário, granito…); nas soleiras das portas exteriores.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 36 e/ou da pág. 37 ou utilizando
os Recursos digitais.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 36 e do Interpreta e responde da pág. 37,
baseando-se na observação das figuras e na leitura das legendas e do texto.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá explorar a informação do Guia
pedagógico e/ou + Informação disponível na pág. 10 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral
ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

36
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 3. Compreender a importância das rochas e dos minerais.

Descritor: 3.3. Reconhecer a existência de minerais na constituição das rochas, com base na observação
de amostras de mão.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são alguns dos minerais constituintes das rochas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 40 e 41 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 3

+ Momentos de aula: págs. 10 e 11

Pedagogia diferenciada: ficha 5

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 40 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura, por um aluno, do texto da pág. 40.
• Observação individual das figuras das rochas e leitura da informação das legendas correspondentes.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 40.
• Observação individual das figuras da pág. 41 e leitura das respetivas legendas.
• Realização individual do Transcreve e completa como síntese do trabalho realizado.
• Disponibilização de amostras de mão para que, em contexto de turma, os alunos identifiquem alguns dos
minerais estudados na aula.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir a informação do
Guia pedagógico e/ou + Questões e + Informação disponíveis nas págs. 10 e 11 do caderno +
Momentos de aula; ii) correção oral da atividade.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

37
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 3. Compreender a importância das rochas e dos minerais.

Descritor: 3.4. Referir aplicações das rochas e dos minerais em diversas atividades humanas, com base
numa atividade prática de campo na região onde a escola se localiza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as aplicações das rochas e dos minerais? – preparação da atividade de campo.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 42 e 43 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 3; videoaula 2 de atividade de campo

+ Momentos de aula: pág. 11

Pedagogia diferenciada: ficha 5

Gestão curricular: ficha 2 de atividade de campo, pág. 93

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 42 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Identificação, pelos alunos, na sala de aula, de aplicações das rochas e dos minerais.
• Introdução da informação do Guia pedagógico e/ou + Questões ou + Informação da pág. 11 do
caderno + Momentos de aula.
• Dinamização e moderação de um debate, em contexto de turma, a partir do Decide existente nessa
página.
• A turma inicia a preparação da atividade de campo analisando todo o texto da pág. 43.
• Observação individual da fig. 2 e leitura da legenda.
• Realização, em contexto de turma, da primeira tarefa proposta para “Antes da saída” (identificar a rocha
mais frequente). Poderá utilizar a ficha 2 de atividade de campo da pág. 93 deste caderno.
• De acordo com o ritmo de trabalho da turma, as outras tarefas do “Antes da saída” podem ser iniciadas
durante a aula ou ser trabalhadas como sugestões de TPC.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de campo sobre aplicação de rochas e minerais, disponível no e-
-manual.

38
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância das rochas e do solo na manutenção da vida

Objetivo geral: 3. Compreender a importância das rochas e dos minerais.

Descritor: 3.4. Referir aplicações das rochas e dos minerais em diversas atividades humanas, com base
numa atividade prática de campo na região onde a escola se localiza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Aplicações de rochas e de minerais na região da tua escola.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 43 a 45 e 48 – parte I

Caderno de atividades: atividade 5; Avalia tu mesmo 1

Materiais de apoio: ficha de apoio 2

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 3

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Recontextualização da questão-problema pelo docente.
• O professor faz uma síntese integradora dos registos realizados pelos alunos.
• Realização das tarefas do “Após a saída de campo” da pág. 43; i) o aluno lê o Revê as aprendizagens e
autoavalia-se com o Verifica se atingiste a meta da pág. 44; ii) responde à questão do início do capítulo,
que surge, novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à ultima questão da ficha 6 de
Pedagogia diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 48; iv) realiza o
Avalia as tuas aprendizagens da pág. 45, a atividade 5 e Avalia tu mesmo 1 do Caderno de atividades
e a ficha de apoio 2 dos Materiais de Apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da postura adequada à situação;
do cumprimento rigoroso do plano da atividade de campo.

39
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 4. Compreender a importância da água para os seres vivos.

Descritor: 4.1. Representar a distribuição da água no planeta (reservatórios e fluxos), com recurso ao
ciclo hidrológico.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se distribui a água na Terra? Em que estados da matéria se encontra a água na Terra?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 50 a 53 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 4

+ Momentos de aula: págs. 12 e 13

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 51: “Qual é a importância da água para os seres
vivos?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 51 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. A água encontra-se no estado líquido.
2. A água é o principal constituinte dos seres vivos, sendo fundamental para o bom funcionamento do
organismo, pois a maioria das suas funções depende dela.
3. Por exemplo, duas das seguintes: dar forma, regulação da temperatura, transporte e eliminação de
substâncias.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 52 e/ou da pág. 53 ou utilizando
os Recursos digitais. Em trabalho de pares, os alunos realizam o Interpreta e responde da pág. 52 e
realizam individualmente o Responde da pág. 53, baseando-se na observação das figuras e na leitura
das legendas e do texto.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir a informação do
Guia pedagógico e/ou + Questões ou + Informação disponíveis na págs. 12 e 13 do caderno +
Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

40
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 4. Compreender a importância da água para os seres vivos.

Descritores: 4.1. Representar a distribuição da água no planeta (reservatórios e fluxos), com recurso ao
ciclo hidrológico.

4.2. Referir a disponibilidade de água doce (à superfície e subterrânea) na Terra, a partir de


informação sobre o volume total de água existente.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se movimenta a água no ciclo hidrológico? Qual é a disponibilidade de água doce na
Terra?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 54 a 57 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 4

+ Momentos de aula: págs. 13 e 14

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 54 ou utilizando os Recursos
digitais. Solicitar a leitura, por um aluno, do texto da pág. 54. Interpretação das figuras com o auxílio do
professor, com base na leitura das legendas. Descrição, pelos alunos, do ciclo da água a partir da figura.
Para o efeito, o docente poderá introduzir a informação do Guia pedagógico e/ou + Questões e +
Informação das págs. 13 e 14 do caderno + Momentos de aula. Observação individual da figura e leitura
da informação nela contida. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 55. Correção oral
ou registo no caderno diário.
• Introdução do conceito de água doce e distinção entre águas superficiais e subterrâneas, com o auxílio
das figuras das págs. 56 e 57. Um aluno indicará a disponibilidade de água doce na Terra, a partir da
análise da figura. Realização individual do Transcreve e completa como síntese da aula. De acordo com
os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Informação disponível nas págs.
13 e 14 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.
Como sugestão de TPC, o aluno poderá representar, desenhando no seu caderno diário, a distribuição da
água no planeta, com recurso ao ciclo hidrológico.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

41
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 4. Compreender a importância da água para os seres vivos.

Descritor: 4.3. Identificar propriedades da água, com base em atividades práticas laboratoriais.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as propriedades da água? Preparação da atividade experimental.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 58 a 61 – parte I

Materiais de apoio: Como fazer uma carta de planificação de uma atividade experimental?

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 4

+ Momentos de aula: pág. 15

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 58 ou utilizando os Recursos
digitais. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 58, baseando-se na observação das
figuras e na leitura das legendas e do texto.
• Explicitação dos conceitos de solução, soluto e solvente pelo professor. Exploração da pág. 59, guiando a
observação das figuras com a leitura das legendas pelo professor. Realização individual do Responde.
De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir a informação do
Guia pedagógico e/ou + Questões ou + Informação disponíveis na pág. 15 do caderno + Momentos de
aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das atividades.
• Organização da turma em dois grupos (A e B) para a realização da atividade experimental (AE). O grupo
A implementará a AE “Identificação de propriedades da água” da pág. 60 e o grupo B, a AE “A
temperatura influencia o tempo de dissolução do açúcar?” da pág. 61.
• Acompanhamento dos alunos na elaboração da carta de planificação da atividade experimental. Para o
efeito, poderão utilizar o modelo disponível nos Materiais de apoio da pág. 24. Em alternativa, a turma
poderá analisar as págs. 60 e 61, no sentido de preparar a AE a realizar na próxima aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade experimental sobre a identificação de propriedades da
água e sobre a influência da temperatura no tempo de dissolução do açúcar, disponível no e-Manual.

42
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 4. Compreender a importância da água para os seres vivos.

Descritores: 4.4. Apresentar exemplos que evidenciem a existência de água em todos os seres vivos,
através da consulta de documentos diversificados.

4.5. Descrever duas funções da água nos seres vivos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é o principal componente de todos os seres vivos? Quais são as funções da água nos
seres vivos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 62 e 63 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 4

+ Momentos de aula: pág. 16

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 62 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Partindo do Lê a informação e da interpretação, em contexto de turma, da figura, os alunos realizam,
agora em trabalho de pares, o Responde da pág. 62. O docente poderá introduzir + Informação da pág.
16 do caderno + Momentos de aula.
• Solicitar a leitura, por um aluno, das legendas da figura da pág. 63. Alternando os alunos, o docente
solicita a explicação de cada uma das imagens dessa figura. Discussão mediada pelo professor e tendo
por base + Questões e + Informação disponíveis na pág. 16 do caderno + Momentos de aula.
• Realização individual do Transcreve e completa. Correção oral, em plenário, na turma.
• Como sugestão de TPC, o aluno, utilizando os animais e as plantas que tem em casa ou através da
consulta de documentos, realizará um registo (por exemplo, foto, vídeo…) que prove que os seres vivos
são constituídos por água (por exemplo, cão a transpirar, canário a beber, gato a urinar…).

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

43
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 4. Compreender a importância da água para os seres vivos.

Descritores: 4.6. Explicar a importância da composição da água para a saúde do ser humano, a partir da
leitura de rotulagem.

4.7. Referir o papel do flúor na saúde oral.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a importância da água na saúde humana? Qual é o papel do flúor na saúde oral?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 64 a 68 e 93 – parte I

Caderno de atividades: atividades 6 e 7

Materiais de apoio: ficha de apoio 3

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 4

+ Momentos de aula: pág. 17

Pedagogia diferenciada: ficha 6

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 64 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura, por um aluno, da legenda da figura, seguida da leitura linha a linha da tabela. Para cada linha, o
professor realiza uma breve explicação do seu conteúdo. Introdução ao Responde pelo professor e sua
realização em trabalho de pares. Correção oral da atividade ou registo escrito no caderno diário.
• Registo, no quadro, da questão-problema do início da pág. 65. Solicitar a um aluno a leitura da legenda
da figura em voz alta. Exploração da legenda do Consulta e do Aprende + pelo professor, que poderá
utilizar a informação do Guia pedagógico e/ou + Questões ou + Informação da pág. 17 do caderno +
Momentos de aula. Realização do Responde em trabalho de pares. Correção oral da atividade ou com
registo escrito no caderno.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 66; ii) responde à questão do início do capítulo que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 6 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 93; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens das págs. 67 e 68, as atividades 6 e 7 do Caderno de atividades e a ficha de apoio
3 dos Materiais de apoio.

Avaliação

44
Plano da aula n.º
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
Escola: Docente:
trabalho e convivência;
Turma: N.º deda qualidade da participação;
alunos: do interesse e empenhamento;
Dia da aula: Hora: da capacidade de síntese e de
Sala:
análise…
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 5. Compreender a importância da qualidade da água para a atividade humana.

Descritor: 5.1. Classificar os tipos de água própria para consumo (água potável e água mineral) e os
tipos de água imprópria para consumo (água salobra e água inquinada).

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os tipos de água? Em que atividades humanas se consome água?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 69 a 71 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 5

+ Momentos de aula: págs. 18 e 19

Pedagogia diferenciada: ficha 7

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 69: “Qual é a importância da qualidade da água
para a atividade humana?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do
conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 69 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. A água doce disponível é um recurso limitado, já que o seu consumo tem aumentado muitíssimo.
2. Por exemplo, fechar a torneira enquanto lavo os dentes.
3. Por exemplo, doenças de pele.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 70 e/ou da pág. 71 ou utilizando
os Recursos digitais. Realização individual do Transcreve. O professor deve guiar a observação e ler as
legendas das figuras. Solicitar que os alunos registem no caderno as diferentes atividades em que
utilizaram água no dia anterior. Em trabalho de pares, os alunos realizam o Responde da pág. 71. De
acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir a informação do Guia
pedagógico e/ou + Questões ou + Informação disponíveis nas págs. 18 e 19 do caderno + Momentos
de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação

45
Plano da aula n.º
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
Escola: Docente:
trabalho e convivência;
Turma: N.º deda qualidade da participação;
alunos: do interesse e empenhamento;
Dia da aula: Hora: da capacidade de síntese e de
Sala:
análise…
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

46
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 5. Compreender a importância da qualidade da água para a atividade humana.

Descritor: 5.2. Descrever a evolução do consumo de água em Portugal, com base em informação
expressa em gráficos ou tabelas.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como tem evoluído o consumo de água em Portugal?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 72 e 73 – parte I

Materiais de apoio: Como interpretar gráficos e tabelas?

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 5

+ Momentos de aula: pág. 19

Pedagogia diferenciada: ficha 7

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 72 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Exploração dos vários gráficos e tabelas das págs. 72 e 73 com base na pág. 26 dos Materiais de apoio:
“Como interpretar gráficos e tabelas?”.
• Exploração do Aprende + recorrendo à + Informação da pág. 19 do caderno + Momentos de aula.
• Introdução ao Interpreta e responde da pág. 72 projetando os resultados da pesquisa sugerida no
Guia pedagógico.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 72.
• Leitura, por um aluno, das legendas das figs. 5 e 6. Utilização de + Informação da pág. 19 do caderno
+ Momentos de aula na mediação de uma pequena discussão em contexto de turma.
• Realização individual do Responde da pág. 73.
• Correção oral ou registo no caderno diário das respostas (dependendo do ritmo de trabalho da turma).

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

47
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 5. Compreender a importância da qualidade da água para a atividade humana.

Descritor: 5.3. Propor medidas que visem garantir a sustentabilidade da água própria para consumo.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as medidas de sustentabilidade da água?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 74 e 75 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 5

+ Momentos de aula: pág. 20

Pedagogia diferenciada: ficha 7

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 74 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Explicação, pelo docente, do conceito de sustentabilidade. Leitura do 2.º parágrafo da pág. 74 por um
aluno.
• Discussão, em contexto de turma, para definir o conceito de “sustentabilidade da água”.
• Leitura individual da informação que consta nas figuras. Dinamização e moderação de uma discussão
com base no Decide da pág. 75.
• Como balanço das atividades anteriores, utilização da informação do Guia pedagógico e/ou + Questões
da pág. 20 do caderno + Momentos de aula, continuando, assim, o desenvolvimento de uma consciência
ecológica nos alunos relativamente ao respeito que se deve ter por um recurso tão precioso e escasso
como é a água.
• Realização individual do Transcreve e completa da pág. 75.
• Correção oral. Preenchimento do quadro pelos alunos com os diferentes contributos, validados pelo
professor.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

48
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 5. Compreender a importância da qualidade da água para a atividade humana.

Descritores: 5.4. Indicar três fontes de poluição e de contaminação da água.

5.5. Explicar as consequências da poluição e da contaminação da água.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as fontes de poluição e de contaminação da água? Quais são as consequências da
poluição e da contaminação da água?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 76 e 77 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 5

+ Momentos de aula: págs. 20 e 21

Pedagogia diferenciada: ficha 7

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir das questões-problema das págs. 76 e 77 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Distinção, pelos alunos, das questões-problema.
• Leitura silenciosa do texto da pág. 76.
• Explicitação oral, pelo professor, das diferenças entre poluição e contaminação, recorrendo a +
Informação da pág. 20 do caderno + Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde. O docente pode introduzir + Informação da
pág. 20 do caderno + Momentos de aula e/ou do Guia Pedagógico, como suporte à interpretação da
figura. Correção oral da atividade.
• Um aluno Lê a notícia da pág. 77. Reflexão, em contexto de turma, sobre os problemas decorrentes da
poluição dos ambientes aquáticos com base na leitura realizada e através da análise da figura. Solicitação
aos alunos de outros exemplos que conheçam do seu dia a dia. Retomar o conceito de sustentabilidade
da água, mostrando que a poluição e/ou contaminação não é, muita vezes, um processo irreversível.
Introdução de + Informação da págs. 20 e 21 do caderno + Momentos de aula. Realização individual do
Transcreve da pág. 77 com posterior correção oral.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

49
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância da água para os seres vivos

Objetivo geral: 5. Compreender a importância da qualidade da água para a atividade humana.

Descritor: 5.6. Distinguir a função da Estação de Tratamento de Águas da função da Estação de


Tratamento de Águas Residuais.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a função da ETA e da ETAR?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 78 a 81 e 94 – parte I

Caderno de atividades: atividade 8

Materiais de apoio: ficha de apoio 3

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 5

+ Momentos de aula: pág. 22

Pedagogia diferenciada: ficha 7

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir das questões-problema da pág. 78 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Exploração da figura da ETA com a leitura das legendas pelo professor. Poder-se-á utilizar + Questões e
+ Informação da pág. 22 do caderno + Momentos de aula e/ou do Guia Pedagógico. Identificação,
pelos alunos, de duas localidades com ETA. Explicação do conceito de águas residuais com recurso a +
Informação da pág. 22 do caderno + Momentos de aula.
• A partir do trabalho realizado pelo professor com a figura da ETA, solicitar um trabalho idêntico aos alunos
para a figura da ETAR. Após essa análise, exploração do Aprende +.
• Realização individual do Transcreve e completa.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 80; ii) responde à questão do início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 7 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 94; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 81, a atividade 8 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 3 dos
Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

50
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância do ar para os seres vivos

Objetivo geral: 6. Compreender a importância da atmosfera para os seres vivos.

Descritor: 6.1. Referir as funções da atmosfera terrestre.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as funções da atmosfera terrestre?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 83 a 85 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 6

+ Momentos de aula: pág. 23

Pedagogia diferenciada: ficha 8

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 83: “Qual é a importância da atmosfera para os
seres vivos?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 83 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, o peso.
2. Oxigénio.
3. Melhorar a qualidade do ar é importante, pois contribui para a saúde das populações.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 84 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura silenciosa da informação da figura. Exploração do conceito de atmosfera, pelo professor, com o
apoio da informação do Guia pedagógico.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde tendo por base o texto, as figuras e o Aprende + da
pág. 85.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou +
Informação disponíveis na pág. 23 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no
caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

51
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância do ar para os seres vivos

Objetivo geral: 6. Compreender a importância da atmosfera para os seres vivos.

Descritores: 6.2. Identificar as propriedades do ar e de alguns dos seus constituintes, com base em
atividades práticas.

6.3. Nomear os principais gases constituintes do ar.

6.4. Referir três atividades antrópicas que contribuem para a poluição do ar.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os principais gases constituintes do ar? Quais são as causas da poluição do ar?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 86 a 88 – parte I

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 6

+ Momentos de aula: pág. 23

Pedagogia diferenciada: ficha 8

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 86 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Aprofundamento do conceito de efeito de estufa (abordado na aula anterior), recorrendo à interpretação
da figura. Poderá recorrer a + Informação da pág. 22 do caderno + Momentos de aula.
• Exploração, em trabalho de pares, do gráfico da pág. 86. Realização individual do Transcreve e
completa seguida de correção oral em contexto de turma.
• Em trabalho individual, o aluno Lê a notícia da pág. 88. Discussão na turma de forma a relacionar a
notícia com os dados das figuras dessa mesma página. Solicitar aos alunos outros exemplos que
conheçam de fontes de poluição do ar presentes no seu dia a dia. Realização, em trabalho de pares, do
Responde. De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir +
Informação disponível na pág. 23 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no
caderno diário das respostas.
• A finalizar a aula, ou como sugestão de TPC, preparação, pelos alunos, da atividade de laboratório a
realizar na próxima aula. Divisão da turma em 4 grupos para exploração da pág. 87. Esclarecimento de
dúvidas pelo professor após alguns minutos ou no início da próxima aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de laboratório sobre a identificação de propriedades do
ar e de alguns gases, disponível no e-Manual.

52
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: A água, o ar, as rochas e o solo – materiais terrestres

Subdomínio: A importância do ar para os seres vivos

Objetivo geral: 6. Compreender a importância da atmosfera para os seres vivos.

Descritor: 6.5. Determinar a evolução da qualidade do ar, incluindo o Índice de Qualidade do Ar, com
base em dados da Agência Portuguesa do Ambiente.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como tem evoluído a qualidade do ar em Portugal? Que medidas contribuem para a
preservação da qualidade do ar?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 89 a 92 e 95 – parte I

Caderno de atividades: atividades 9 e 10; Avalia tu mesmo 2

Materiais de apoio: ficha de apoio 4

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 6

+ Momentos de aula: pág. 24

Pedagogia diferenciada: ficha 8

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 89 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitação do conceito de qualidade do ar pelo professor. Leitura, por um aluno, do 3.º
parágrafo da pág. 89. Relacionar essa informação com o Aprende +. O docente pode introduzir +
Informação da pág. 24 do caderno + Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde. Correção oral das respostas e explicação
do Consulta.
• Confrontar os alunos com a questão-problema do início da pág. 90, solicitando exemplos de como, no seu
dia a dia, podem contribuir para a preservação da qualidade do ar. A partir desta reflexão, solicitar a
leitura silenciosa da legenda da figura. Poder-se-á utilizar + Questões e + Informação da pág. 24 do
caderno + Momentos de aula. Correção oral das respostas.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 91; ii) responde à questão do início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 8 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 95; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 92, as atividades 9 e 10 e o Avalia tu mesmo 2 do Caderno de atividades e
a ficha de apoio 4 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

53
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 7. Interpretar as características dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Descritores: 7.1. Apresentar exemplos de meios onde vivem os animais, com base em documentos
diversificados.

7.2. Descrever a importância do meio na vida dos animais.

7.3. Apresentar um exemplo de animal para cada tipologia de forma corporal.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a importância do meio na vida dos animais? Quais são as formas dos animais?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 5 a 7 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 7

+ Momentos de aula: pág. 25

Pedagogia diferenciada: ficha 9

Desenvolvimento da aula
• Início da aula colocando aos alunos a questão da pág. 5: “Quais são as características dos organismos
nos ambientes onde vivem?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação
do conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 5 como avaliação diagnóstica. Debate de algumas
respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. O rio.
2. Pele com penas do guarda-rios e pele com escamas dérmicas do peixe.
3. Voando e nadando.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 6 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Leitura silenciosa da informação da pág. 6. Recordar os diferentes meios terrestres e aquáticos já
estudados no presente ano letivo. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 6. Correção
oral da atividade.
• O professor distingue simetria de forma utilizando as figs. 3 a 7. Realização individual do Transcreve e
completa da pág. 7. Para ambas as atividades, o docente poderá introduzir + Informação disponível na
pág. 25 do caderno + Momentos de aula.

Avaliação

54
Plano da aula n.º
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
Escola: Docente:
trabalho e convivência;
Turma: N.º deda qualidade da participação;
alunos: do interesse e empenhamento;
Dia da aula: Hora: da capacidade de síntese e de
Sala:
análise…
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 7. Interpretar as características dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Descritores: 7.4. Categorizar os diferentes tipos de revestimento dos animais, com exemplos.

7.5. Referir as funções genéricas do revestimento dos animais.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é a pele nua? O que é a pele com escamas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 8 e 9 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 7

+ Momentos de aula: pág. 26

Pedagogia diferenciada: ficha 9

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos através das questões-problema das págs. 8 e 9 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Diagnóstico da forma como os alunos distinguem “pele nua” de “pele com escamas”. Elaboração no
quadro de pequenos esquemas partindo dos existentes na + Informação da pág. 25 do caderno +
Momentos de aula. Com eles o professor pode explicitar os conceitos de pele, epiderme e derme.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde. O docente poderá aprofundar o conceito de pele nua
com base em + Informação da pág. 26 do caderno + Momentos de aula. Correção oral da atividade ou
registo escrito no caderno.
• Análise das figuras em contexto de turma. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 9.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou +
Informação disponíveis na pág. 26 do caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no
caderno diário das respostas.
• Solicitar o registo, no caderno, das funções dos revestimentos identificadas nesta aula: respiração,
camuflagem, defesa contra predadores, facilidade de locomoção e diminuição da desidratação. Informar
os alunos de que este esquema será completado na aula seguinte.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

55
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

56
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 7. Interpretar as características dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Descritores: 7.4. Categorizar os diferentes tipos de revestimento dos animais, com exemplos.

7.5. Referir as funções genéricas do revestimento dos animais.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é a pele com pelos? O que é a pele com penas? Quais são os tipos de revestimento dos
invertebrados?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 10 a 12 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 7

+ Momentos de aula: pág. 27

Pedagogia diferenciada: ficha 9

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir das questões-problema das págs. 10 e 11 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Explicitação dos conceitos de pele com pelos e de pele com penas através da exploração do esquema
elaborado pelo professor na aula anterior e das figuras.
• Leitura das legendas das figuras pelo professor. Realização individual do Transcreve e completa.
Correção oral da atividade.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 11. Correção oral da atividade e
análise do Aprende + dessa mesma página.
• Interpretação, em contexto de turma, da fig. 1 da pág. 12. O professor acompanha a leitura da informação
com a explicitação dos conceitos de cutícula, exosqueleto e concha. De acordo com os diferentes ritmos
de aprendizagem, o docente poderá introduzir a informação do Guia pedagógico da pág. 10 e/ou +
Informação disponível na pág. 27 do caderno + Momentos de aula.
• A finalizar, os alunos completarão o esquema da aula anterior, relativo às funções dos revestimentos, com
as que foram identificadas nesta aula: manutenção da temperatura corporal, impermeabilização do corpo,
atração reprodutiva.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

57
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 7. Interpretar as características dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Descritor: 7.6. Identificar os órgãos de locomoção dos animais, tendo em conta o meio onde vivem.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se deslocam os animais? Quais são os órgãos de locomoção na água? Quais são os
órgãos de locomoção no ar?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 13 a 15 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 7

+ Momentos de aula: págs. 28 e 29

Pedagogia diferenciada: ficha 9

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 13 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Explicitação dos conceitos de locomoção e articulações. Para tal, o professor recorre às figuras, ao Guia
Pedagógico da pág. 12 e a + Informação disponível na pág. 27 do caderno + Momentos de aula.
Solicitar a um aluno que mexa os braços e as pernas para demonstrar a ação dos músculos e das
articulações no movimento dos nossos membros. Revelar, explorando o Aprende +, que nem todos os
animais apresentam locomoção.
• Realização, em trabalho individual, do Responde da pág. 13. Correção oral da atividade.
• Análise silenciosa das figuras das págs. 14 e 15. Discussão com os alunos sobre os diferentes modos de
locomoção na água e no ar com base nas figuras analisadas ou utilizando + Informação ou + Questões
disponível nas págs. 28 e 29 do caderno + Momentos de aula. Esclarecer que alguns animais: i)
aquáticos, além de nadarem, marcham (por exemplo, o pinguim); ii) do ar, além de voarem, se deslocam
saltando (por exemplo, o pardal). Explicitação do conceito de membrana alar através da análise da fig. 6.
• Realização individual do Transcreve e completa da pág. 15. Correção oral da atividade.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

58
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 7. Interpretar as características dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Descritor: 7.6. Identificar os órgãos de locomoção dos animais, tendo em conta o meio onde vivem.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os órgãos de locomoção no solo?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 16 a 20 e 76 – parte II

Caderno de atividades: atividades 11 e 12

Materiais de apoio: ficha de apoio 5

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 7

+ Momentos de aula: pág. 29

Pedagogia diferenciada: ficha 9

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 16 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Solicitar a um aluno a leitura em voz alta do texto da pág. 16.
• Análise silenciosa das figuras das págs. 16 e 17. Solicitar aos alunos outros exemplos de animais que se
desloquem por reptação (iguana, osga…), marcha (elefante, girafa…), corrida (burro, gazela…) ou salto
(sapo, rã…).
• Poder-se-á utilizar + Informação da pág. 29 do caderno + Momentos de aula e a informação do Guia
pedagógico aquando da discussão plenária sobre os exemplos dados pelos alunos.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 17. Correção oral da atividade.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 18; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 9 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 76; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens das págs. 19 e 20, as atividades 11 e 12 do Caderno de atividades e a ficha de
apoio 5 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

59
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 8. Compreender a diversidade de regimes alimentares dos animais tendo em conta o
respetivo habitat.

Descritor: 8.1. Apresentar exemplos de animais que possuam distintos regimes alimentares.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os regimes alimentares dos animais?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 21 a 23 – parte II

Materiais de apoio: Como proteger as aves? Constrói e coloca comedouros!

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 8

+ Momentos de aula: pág. 30

Pedagogia diferenciada: ficha 10

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 21: “Quais são os regimes alimentares dos animais
no seu habitat?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo
pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 21 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, sementes e cogumelos.
2. Por exemplo, águia e abutre.
3. Utiliza os órgãos dos sentidos para encontrar o alimento. Com as garras recolhe sementes ou
arranca frutos das árvores, por exemplo. Muitas delas são para armazenar.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 22 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitação dos conceitos de regime alimentar e de tipos de regime alimentar, através dos
exemplos dos animais das figuras. Exploração, pelos alunos, das imagens e leitura em voz alta das
respetivas legendas. Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde das págs. 22 e 23. De
acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Informação disponível
na pág. 30 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia pedagógico; ii) correção oral ou
registo no caderno diário das respostas. Como sugestão de TPC, os alunos poderão realizar o Consulta
da pág. 23 com a ajuda da pág. 29 dos Materiais de Apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

60
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 8. Compreender a diversidade de regimes alimentares dos animais tendo em conta o
respetivo habitat.

Descritor: 8.2. Descrever adaptações morfológicas das aves e dos mamíferos à procura e à captação de
alimento, com base em documentos diversificados.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se alimentam as aves?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 24 e 25 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 8

+ Momentos de aula: pág. 30

Pedagogia diferenciada: ficha 10

Desenvolvimento da aula
• A aula inicia-se pelo esclarecimento de dúvidas relativas à construção de comedouros para aves
(sugestão de TPC da aula anterior). Enfatizar a importância dessa construção, particularmente no inverno,
devido à escassez de alimento. Alertar para o facto de a sua correta colocação e manutenção ser tão
importante como a sua construção. Por isso, os alunos devem colocar regularmente comida no
comedouro e proceder à sua limpeza. Incentivar os alunos a requisitarem na biblioteca um Guia de Aves
para identificarem as espécies que utilizam o comedouro.
• Início da exploração dos novos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 24 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Leitura silenciosa do texto da pág. 24.
• Análise, em contexto de turma, das figuras das págs. 24 e 25.
• O docente acompanha a leitura das legendas, podendo introduzir informação do Guia pedagógico e/ou +
Informação disponível na pág. 30 do caderno + Momentos de aula.
• Realização a pares do Interpreta e responde da pág. 25.
• Correção oral da atividade com posterior registo escrito no caderno.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

61
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 8. Compreender a diversidade de regimes alimentares dos animais tendo em conta o
respetivo habitat.

Descritor: 8.2. Descrever adaptações morfológicas das aves e dos mamíferos à procura e à captação de
alimento, com base em documentos diversificados.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se alimentam os mamíferos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 26 e 27 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 8

+ Momentos de aula: págs. 30 e 31

Pedagogia diferenciada: ficha 10

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 26 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Trabalho de pares para exploração das págs. 26 e 27: observação das figuras e leitura das legendas.
• Solicitar a um aluno que registe no quadro os tipos de dentes do ser humano e as respetivas funções. O
professor auxilia na tarefa a partir de + Informação disponível na pág. 30 do caderno + Momentos de
aula.
• Aprofundar a análise da figura por comparação com o esquema elaborado pelo aluno no quadro. Reflexão
tendo por base a informação introduzida pelo professor a partir do Guia pedagógico.
• Cruzamento da informação da figura com as características da dentição. Reforçar com nova leitura linha a
linha da tabela da pág. 26.
• Realização individual do Transcreve e completa da pág. 27.
• Correção no quadro pelo professor. O professor poderá introduzir + Questões da pág. 31 do caderno +
Momentos de aula.
• A finalizar a aula, solicitar que os alunos classifiquem em herbívoros ou carnívoros os seres vivos das
figuras.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

62
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 8. Compreender a diversidade de regimes alimentares dos animais tendo em conta o
respetivo habitat.

Descritor: 8.3. Comparar os comportamentos dos animais na obtenção de alimento com as


características morfológicas que possuem.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se comportam os animais para obterem alimento?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 28 a 32 e 77 – parte II

Caderno de atividades: atividade 13; Avalia tu mesmo 3

Materiais de apoio: ficha de apoio 6

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 8

+ Momentos de aula: pág. 32

Pedagogia diferenciada: ficha 10

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 28 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Solicitar a um aluno a leitura em voz alta do texto da pág. 28.
• Análise silenciosa da figura.
• Solicitar a alunos diferentes que descrevam, a partir da análise efetuada, os comportamentos dos animais
da figura.
• Poder-se-á utilizar + Questões da pág. 32 do caderno + Momentos de aula.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 30; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 10 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 77; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens das págs. 31 e 32, a atividade 13 e o Avalia tu mesmo 3 do Caderno de atividades
e a ficha de apoio 6 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

63
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 9. Compreender a diversidade de processos reprodutivos dos animais.

Descritores: 9.1. Resumir as etapas do ciclo de vida de um animal.

9.2. Associar a reprodução dos seres vivos com a continuidade dos mesmos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as etapas do ciclo de vida de um animal? O que é a reprodução?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 33 a 35 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 9

+ Momentos de aula: pág. 33

Pedagogia diferenciada: ficha 11

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 33: “Quais são os processos reprodutivos dos
animais?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 33 como avaliação diagnóstica. Debate das
respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. 1 – Fecundação; 2 – Ovos; 3 – Larvas; 4 – Borboletas jovens; 5 – Borboletas adultas.
2. Acasalamento do macho e da fêmea da borboleta-azul.
3. O macho, ao contrário da fêmea, tem a parte superior das asas de cor azul-forte.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 34 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitação do conceito de ciclo de vida, através dos exemplos das figuras. Como síntese desse
trabalho, o aluno realiza o Transcreve.
• Solicitar a um aluno a leitura em voz alta do texto da pág. 35. Exploração das figuras com recurso às suas
legendas. Realização, em trabalho de pares, do Responde. De acordo com os diferentes ritmos de
aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou + Informação disponíveis na pág. 33 do
caderno + Momentos de aula; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

64
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 9. Compreender a diversidade de processos reprodutivos dos animais.

Descritores: 9.3. Categorizar os tipos de reprodução existentes nos animais.

9.5. Nomear as células que intervêm na fecundação.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os tipos de reprodução dos animais?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 36 e 37 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 9

+ Momentos de aula: pág. 33

Pedagogia diferenciada: ficha 11

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 36 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Trabalho de pares para exploração das págs. 36 e 37: observação das figuras, leitura das legendas e do
texto.
• O docente poderá, a propósito da figura, utilizar + Informação da pág. 33 do caderno + Momentos de
aula.
• Reflexão, em contexto de turma, sobre a informação do Aprende +. Concluir que existem ciclos de vida
que, em simultâneo, incluem reprodução assexuada e sexuada.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 37.
• Correção no quadro pelo professor.
• A finalizar a aula e como síntese do trabalho nela realizado, os alunos podem registar no seu caderno
diário + Questões da pág. 33 do caderno + Momentos de aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

65
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 9. Compreender a diversidade de processos reprodutivos dos animais.

Descritores: 9.4. Exemplificar rituais de acasalamento, com base em documentos diversificados.

9.6. Distinguir animais ovíparos, de ovovivíparos e de vivíparos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como ocorrem os rituais de acasalamento? O que são vivíparos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 38 a 40 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 9

+ Momentos de aula: págs. 33 e 34

Pedagogia diferenciada: ficha 12

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 38 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Trabalho de pares para exploração das págs. 38 e 39: observação das figuras, leitura das legendas e do
texto. Síntese após alguns minutos, esclarecendo dúvidas dos alunos relativamente ao trabalho realizado.
• Explicitação dos conceitos de rituais de acasalamento e de dimorfismo sexual. Solicitar aos alunos que
exemplifiquem outros animais com e sem dimorfismo sexual, como, por exemplo, o galo e a galinha, o
pavão e a pavoa, o gato e a gata.
• O docente poderá introduzir + Informação da pág. 32 do caderno + Momentos de aula e/ou do Guia
pedagógico.
• Reflexão, em contexto de turma, sobre a informação do Aprende +. Os alunos poderão responder a +
Questões da pág. 34 do caderno + Momentos de aula.
• Observação silenciosa das figuras e leitura das legendas da pág. 40. O professor poderá introduzir +
Informação da pág. 33 do caderno + Momentos de aula. Solicitar aos alunos outros exemplos de
animais vivíparos (por exemplo: cão, coelho).
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 40. O professor poderá introduzir + Questões
da pág. 34 do caderno + Momentos de aula.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem, correção oral ou registo no caderno diário das
respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

66
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 9. Compreender a diversidade de processos reprodutivos dos animais.

Descritor: 9.6. Distinguir animais ovíparos, de ovovivíparos e de vivíparos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que são ovíparos? O que são ovovivíparos? Como se distinguem ovíparos de ovovivíparos e
de vivíparos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 41 a 43 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 9

+ Momentos de aula: págs. 34 a 36

Pedagogia diferenciada: ficha 12

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 41 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Tendo por base o trabalho realizado na última aula, solicitar aos alunos que distingam estes animais dos
seres vivíparos.
• Trabalho de pares para exploração da pág. 41: observação das figuras, leitura das legendas e do texto.
Síntese após alguns minutos, esclarecendo dúvidas dos alunos relativamente ao trabalho realizado.
Complementar a informação com recurso ao Guia pedagógico e/ou + Informação da pág. 34 do caderno
+ Momentos de aula.
• Utilização do Aprende + da pág. 41 para trabalhar a conceção alternativa de que todos os mamíferos são
vivíparos.
• Observação silenciosa das figuras e leitura das legendas da pág. 42.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 42. O professor poderá introduzir + Questões
das págs. 35 e 36 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia pedagógico.
• Utilizar o Ciência da pág. 42 para reforçar a qualidade da Ciência produzida em Portugal bem como dos
seus cientistas.
• Como síntese do trabalho realizado nas duas últimas aulas, solicitar aos alunos a realização individual do
Transcreve e completa da página 43, com base na exploração da informação dessa mesma página.
Correção oral em contexto de turma.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

67
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 9. Compreender a diversidade de processos reprodutivos dos animais.

Descritor: 9.7. Indicar dois exemplos de animais que passem por metamorfoses completas durante o seu
desenvolvimento.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como ocorrem as metamorfoses?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 44 a 48 e 78 – parte II

Caderno de atividades: atividade 14

Materiais de apoio: ficha de apoio 6

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 9

+ Momentos de aula: pág. 36

Pedagogia diferenciada: ficha 12

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 44 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitar o conceito de metamorfose completa. Poder-se-á utilizar + Informação da pág. 34 do
caderno + Momentos de aula para introduzir a análise da fig. 1. Realização, em trabalho de pares, do
Interpreta e responde da pág. 44. Correção oral mediada pelo professor com posterior registo escrito no
caderno pelos alunos. Em contexto de turma, discutir semelhanças e diferenças entre as figuras e destas
relativamente à informação do Aprende + da pág. 45. O professor poderá utilizar + Informação da pág.
36 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia pedagógico (poderá, eventualmente,
realizar no quadro os esquemas que surgem no Guia pedagógico). Realização individual do Transcreve e
completa com correção oral.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 46; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 12 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 78; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens das págs. 47 e 48, a atividade 14 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 6
dos Materiais de Apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

68
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 10. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas e
comportamentais dos animais.

Descritores: 10.1. Descrever a influência da água, da luz e da temperatura no comportamento dos


animais, através do controlo de variáveis em laboratório.

10.2. Apresentar três exemplos de adaptações morfológicas e comportamentais dos


animais à variação de três fatores abióticos (água, luz e temperatura).

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a influência da luz no comportamento dos animais? Quais são as adaptações dos animais à
luz?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 49 a 53 – parte II
Materiais de apoio: Como fazer uma carta de planificação de uma atividade experimental?
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 10
+ Momentos de aula: pág. 37
Pedagogia diferenciada: ficha 13

Desenvolvimento da aula
• Debate com os alunos de algumas das respostas dadas ao Responde e recorda, com base na seguinte proposta de
solução:
Proposta de solução
1. Há épocas onde a lebre tem mais pelo e este tem cor branca (inverno) e outras em que tem menos pelo e com
cor acastanhada (verão).
2. Procuram locais com melhores condições de temperatura, água e alimento.
3. Por exemplo, o esquilo.
• Acompanhamento dos alunos na elaboração da carta de planificação da atividade experimental, recorrendo aos
Materiais de apoio da pág. 24. Em alternativa, a turma poderá analisar as págs. 50 e 51.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde da pág. 52. Correção oral.
• Solicitar a um aluno a leitura em voz alta do texto da pág. 53. Exploração das figuras com recurso às suas legendas.
Realização, em trabalho de pares, do Responde. De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente
poderá introduzir + Questões ou + Informação disponíveis na pág. 37 do caderno + Momentos de aula; ii) correção
oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade experimental sobre a influência da água no comportamento dos
bichos-de-conta e a influência da luz e da temperatura no comportamento das minhocas, disponível no e-Manual.

69
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

70
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 10. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas e
comportamentais dos animais.

Descritores: 10.1. Descrever a influência da água, da luz e da temperatura no comportamento dos


animais, através do controlo de variáveis em laboratório.

10.2. Apresentar três exemplos de adaptações morfológicas e comportamentais dos


animais à variação de três fatores abióticos (água, luz e temperatura).

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as adaptações dos animais à temperatura?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 54 e 55 – parte II

Materiais de apoio: Como fazer um relatório de uma atividade prática?

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 10

+ Momentos de aula: pág. 38

Pedagogia diferenciada: ficha 13

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da discussão, em contexto de turma, dos resultados da
atividade experimental.
• Exploração das págs. 54 e 55, guiando a observação das figuras com a leitura das legendas pelo
professor. Recurso à informação adicional do Guia Pedagógico e/ou + Informação disponível na pág. 38
do caderno + Momentos de aula.
• Exploração do Aprende + da pág. 55.
• Realização individual do Transcreve e completa da pág. 55. O professor poderá introduzir + Questões
da pág. 38 do caderno + Momentos de aula.
• Correção oral em contexto de turma, aproveitando o professor para realizar uma síntese do trabalho desta
aula.
• Como sugestão de TPC, os alunos poderão, com o trabalho realizado nestas duas últimas aulas, começar
a elaborar o relatório da atividade experimental de acordo com o modelo de relatório proposto na pág. 25
dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

71
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 10. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas e
comportamentais dos animais.

Descritores: 10.2. Apresentar três exemplos de adaptações morfológicas e comportamentais dos animais
à variação de três fatores abióticos (água, luz e temperatura).

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as adaptações dos animais à água? Como reagem os animais aos fatores abióticos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 56 a 60 e 79 – parte II
Caderno de atividades: atividade 15
Materiais de apoio: ficha de apoio 7
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 10
+ Momentos de aula: págs. 38 e 39
Pedagogia diferenciada: ficha 13

Desenvolvimento da aula
• Trabalho de pares para exploração das págs. 56 e 57: observação das figuras, leitura das legendas e do
texto. Realização em trabalho de pares do Responde. Síntese, após alguns minutos, esclarecendo as
dúvidas dos alunos.
• Leitura do texto e observação da figura da pág. 58. Relevar a importância do trabalho dos cientistas.
Complementar com + Informação disponível na pág. 38 do caderno + Momentos de aula e/ou recorrer
ao Guia pedagógico.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 57. Correção oral.
• Explicitação do conceito de migração pelo professor, acompanhada pela análise da figura da pág. 58.
Poderá introduzir + Informação disponível nas págs. 38 e 39 do caderno + Momentos de aula e/ou
recorrer ao Guia pedagógico.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 59; ii) responde à questão do início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 13 de Pedagogia
diferenciada); iii) Transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 79; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 60, a atividade 15 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 7 dos
Materiais de Apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

72
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 11. Compreender a importância da proteção da biodiversidade animal.

Descritores: 11.1. Apresentar uma definição de biodiversidade.

11.2. Indicar exemplos da biodiversidade animal existente na Terra, com base em


documentos diversificados.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é a biodiversidade? Quais são alguns exemplos da biodiversidade animal?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 61 a 65 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 11

+ Momentos de aula: págs. 40 e 41

Pedagogia diferenciada: ficha 14

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 61: “Qual é a importância da proteção da
biodiversidade animal?”. Realização individual do Responde e recorda da pág. 61 como avaliação
diagnóstica. Debate das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. No oceano: por exemplo, a baleia; na floresta: por exemplo, o cuco; no deserto; por exemplo, o
escorpião.
2. Os animais selvagens encontram-se no estado de liberdade natural, enquanto os domésticos foram
domesticados e convivem com o ser humano.
3. Por exemplo, a colocação de comedouros para as aves.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 62 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitação do conceito de biodiversidade, enfatizando que não existe uma única definição
possível, através dos exemplos das figuras. Reflexão sobre a legenda da figura 1, clarificando um
conceito complexo.
• Trabalho de pares para exploração das págs. 63 a 65: observação das figuras, leitura das legendas e do
texto. Realização do Responde da pág. 63 e do Interpreta e responde da pág. 65. Correção oral das
atividades. Como sugestão de TPC poderá ser realizado o Consulta da pág. 65. O docente poderá
introduzir + Questões ou + Informação disponível nas págs. 40 e 41 do caderno + Momentos de aula
e/ou no Guia pedagógico.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

73
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 11. Compreender a importância da proteção da biodiversidade animal.

Descritor: 11.3. Descrever três habitats que evidenciem a biodiversidade animal existente na região onde
a escola se localiza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Onde observar animais em Portugal? Preparação da atividade de campo: descobrir a
diversidade animal em diferentes habitats.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 66 a 69 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 11; videoaula 2 de visita de estudo
“BIORIA/Salreu”; videoaula 3 de atividade de campo

+ Momentos de aula: pág. 41

Pedagogia diferenciada: ficha 14

Gestão curricular: ficha 3 de atividade de campo pág. 94

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 67 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Observação silenciosa da figura seguida da análise do Aprende + da pág. 67. Questionar os alunos
acerca do conhecimento prévio de locais, nas proximidades da escola, onde seja possível observar
biodiversidade animal. Como síntese dessa discussão, solicitar a leitura, em voz alta, do primeiro
parágrafo da pág. 66. O professor explica, assim, a relevância da realização da atividade de campo da
próxima aula. Leitura, em contexto de turma, das restantes informações da pág. 66 e realização das
tarefas indicadas para Antes da saída. O professor poderá utilizar a informação do Guia pedagógico e a
ficha 3 de atividade de campo da pág. 94.
• Exploração das págs. 67 a 69 para realização: i) individual do Transcreve e completa da pág. 67; ii) em
trabalho de pares do Responde das págs. 68 e 69. Após a conclusão das atividades, o docente realça o
Aprende + e reforça o dever de cada observador do meio natural de não sujar nem retirar os seres vivos
do seu habitat.
• De acordo com os diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir + Questões ou +
Informação da pág. 41 do caderno + Momentos de aula e/ou as informações do Guia pedagógico da
pág. 68; ii) correção oral ou registo no caderno diário das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

74
Plano da aula n.º
Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de campo sobre a biodiversidade animal, disponível no e-Manual.
Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 11. Compreender a importância da proteção da biodiversidade animal.

Descritor: 11.4. Exemplificar ações do ser humano que podem afetar a biodiversidade animal.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as ameaças à biodiversidade animal?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 70 e 71 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 11

+ Momentos de aula: pág. 42

Pedagogia diferenciada: ficha 14

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 70 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Solicitar a leitura em voz alta, por um aluno, do texto da pág. 70. O professor clarifica a informação,
podendo, para tal, utilizar a informação que consta no Guia pedagógico a propósito das “invasões
biológicas”.
• Interpretação das figuras com o auxílio do professor que procede à leitura das legendas.
• O docente poderá introduzir + Informações da pág. 42 do caderno + Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 71.
• O docente poderá introduzir + Questões disponíveis na pág. 42 do caderno + Momentos de aula.
• Correção oral ou registo escrito no caderno diário das respostas.
• Como sugestão de TPC, o aluno poderá listar, no seu caderno diário, ameaças à biodiversidade animal
que presencie entre esta e a próxima aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

75
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nos animais

Objetivo geral: 11. Compreender a importância da proteção da biodiversidade animal.

Descritores: 11.5. Discutir algumas medidas que visem promover a biodiversidade animal.

11.6. Concluir acerca da importância da proteção da biodiversidade animal.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como promover a biodiversidade animal? Porque é importante proteger os animais?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 72 a 75 e 80 – parte II

Caderno de atividades: atividade 16; Avalia tu mesmo 4

Materiais de apoio: ficha de apoio 7

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 11

+ Momentos de aula: págs. 42 e 43

Pedagogia diferenciada: ficha 14

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 72 ou utilizando os Recursos
digitais. Dinamização de um debate em contexto de turma a partir do Decide existente nessa página.
Alargar o alcance desta reflexão em contexto de turma realizando as propostas de questões do Guia
Pedagógico. O professor poderá utilizar + Informação disponível nas págs. 42 e 43 do caderno +
Momentos de aula. Relacionar as conclusões desta discussão com o Consulta. Estimular os alunos a
levarem consigo, numa próxima compra de pescado, uma régua. Trabalho de pares para exploração da
pág. 73: observação das figuras, leitura das legendas e do texto. Como síntese deste trabalho, os alunos
realizam individualmente o Transcreve e completa. O professor poderá utilizar + Informação disponível
nas págs. 42 e 43 do caderno + Momentos de aula. Nessa síntese, o professor poderá ainda projetar e
explorar o documento 52 gestos para a biodiversidade, disponível na Internet.
• Para finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se
com o Verifica se atingiste a meta da pág. 74; ii) responde à questão do início do capítulo que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 14 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 80; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 75, a atividade 16 e o Avalia tu mesmo 4 do Caderno de atividades e a
ficha de apoio 7 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

76
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nas plantas

Objetivo geral: 12. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas das plantas.

Descritor: 12.1. Descrever a influência da água, da luz e da temperatura no desenvolvimento das


plantas.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a influência da luz no desenvolvimento das plantas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 83 a 85 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 12

+ Momentos de aula: pág. 44

Pedagogia diferenciada: ficha 15

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 83: “Qual é a influência dos fatores abióticos nas
adaptações morfológicas das plantas?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve
apresentação do conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 83 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, as folhas reduzidas a espinhos.
2. Nas grutas não há luz.
3. Sem água as plantas morreriam, pois necessitam dela para, por exemplo, produzirem o seu próprio
alimento.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 84 ou utilizando os Recursos
digitais. Explorar as págs. 84 e 85, guiando a observação das figuras com a leitura das legendas pelo
professor e com recurso a + Informação da pág. 44 do caderno + Momentos de aula e/ou à informação
do Guia pedagógico. Recorrer, se possível, à observação de exemplares vivos de plantas na sala de
aula, notando a inclinação das folhas para as zonas mais iluminadas.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 85. Correção oral ou registo no caderno diário
das respostas.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

77
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nas plantas

Objetivo geral: 12. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas das plantas.

Descritores: 12.1. Descrever a influência da água, da luz e da temperatura no desenvolvimento das


plantas.

12.2. Testar a influência da água e da luz no crescimento das plantas, através do controlo
de variáveis, em laboratório.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a influência da temperatura no desenvolvimento das plantas? Qual é a influência da
água no desenvolvimento das plantas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 86 a 88 – parte II
Materiais de apoio: Como fazer uma carta de planificação de uma atividade experimental?
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 12
+ Momentos de aula: págs. 45 e 46
Pedagogia diferenciada: ficha 15

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 86 ou utilizando os Recursos
digitais. O professor, apoiado pela figura, sublinha o facto de muitas das flores que surgem na primavera
terem resultado de partes dessas plantas que resistiram durante o inverno, permanecendo no solo sob a
forma de bolbos, rizomas ou sementes.
• Realização individual do Transcreve e completa da pág. 86 e, em trabalho de pares, do Responde da
pág. 87, baseando-se na observação das figuras e na leitura das legendas e do texto. De acordo com os
diferentes ritmos de aprendizagem: i) o docente poderá introduzir a informação do Guia pedagógico e +
Questões ou + Informação disponíveis nas págs. 45 e 46 do caderno + Momentos de aula; ii) correção
oral ou registo no caderno diário das atividades.
• Organização da turma em grupos para a realização da atividade experimental. O número de grupos
deverá ser divisível por 2 de forma a criar dois grupos (A e B). O grupo A implementará a “Influência da
luz no crescimento das plantas” e o grupo B, a “Influência da água no crescimento das plantas”.
Acompanhar os alunos na elaboração da carta de planificação da atividade. Para o efeito, poderão utilizar
o modelo disponível nos Materiais de apoio da pág. 24 e acompanhar com a análise da pág. 88.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade experimental sobre a influência da luz e da água no crescimento
das plantas, disponível no e-Manual.

78
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:
Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nas plantas

Objetivo geral: 12. Conhecer a influência dos fatores abióticos nas adaptações morfológicas das plantas.

Descritor: 12.3. Associar a diversidade de adaptações das plantas aos fatores abióticos (água, luz,
temperatura) dos vários habitats do planeta, apresentando exemplos.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as adaptações das plantas aos diversos habitats?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 89 a 92 e 103 – parte II

Caderno de atividades: atividade 17

Materiais de apoio: ficha de apoio 8

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 12

+ Momentos de aula: págs. 46 a 47

Pedagogia diferenciada: Ficha 15

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 89 ou utilizando os Recursos
digitais. Explicitação do conceito de planta xerófita com base nas figuras da pág. 89. O professor poderá
recorrer a + Informação disponível na pág. 46 do caderno + Momentos de aula.
• Com base no Lê a notícia, solicitar aos alunos que expliquem por que razão a salicórnia não é uma
planta xerófita. Realização, a pares, do Interpreta e responde. Correção oral.
• Trabalho de pares para exploração da pág. 90: observação das figuras, leitura das legendas e do texto.
Como síntese deste trabalho, os alunos realizam individualmente o Transcreve e completa. O professor
poderá utilizar + Informação ou + Questões disponíveis nas págs. 46 e 47 do caderno + Momentos de
aula ou a informação do Guia pedagógico.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 91; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à ultima questão da ficha 15 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 103; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 92, a atividade 17 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 8 dos
Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

79
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio


Subdomínio: Diversidade nas plantas
Objetivo geral: 13. Compreender a importância da proteção da diversidade vegetal.
Descritores: 13.1. Indicar exemplos de biodiversidade vegetal existente na Terra, com base em
documentos diversos.
13.2. Descrever três habitats que evidenciem a biodiversidade vegetal existente na região
onde a escola se localiza.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são alguns exemplos de biodiversidade vegetal? Onde pode ser observada a
biodiversidade vegetal em Portugal? Preparação da atividade de campo: descobrir a diversidade vegetal
em diferentes habitats.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 93 a 97 – parte II
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 13; videoaula 4 de atividade de campo;
videoaulas 1 e 2 da visita de estudo
+ Momentos de aula: págs. 48 a 51
Pedagogia diferenciada: ficha 16
Gestão curricular: ficha 4 de atividade de campo pág. 95

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 93: “Qual é a importância da proteção da
diversidade vegetal?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do
conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 93 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. A resposta depende do contexto do aluno.
2. Por exemplo, plantar espécies nativas, regar as plantas.
3. “Uma planta nativa é própria […] natural.”
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 94 ou utilizando os Recursos
digitais. Exploração das págs. 94 e 95, guiando a observação das figuras com a leitura das legendas
pelo professor e com recurso a + Informação das págs. 48 a 51 do caderno + Momentos de aula e/ou à
informação do Guia pedagógico. Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde. Correção
oral da atividade. Questionar os alunos acerca do conhecimento prévio de locais, nas proximidades da
escola, onde seja possível observar biodiversidade vegetal. Como síntese dessa discussão, solicitar a
leitura, em voz alta, do primeiro parágrafo da pág. 96. Leitura das restantes informações das págs. 96 e
97 e realização das tarefas indicadas para Antes da saída. O professor poderá utilizar a ficha 4 de
atividade de campo da pág. 95 deste caderno.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de campo sobre a biodiversidade vegetal, disponível no e-Manual.

80
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio

Subdomínio: Diversidade nas plantas

Objetivo geral: 13. Compreender a importância da proteção da diversidade vegetal.

Descritores: 13.3. Exemplificar ações antrópicas que podem afetar a biodiversidade vegetal.

13.4. Propor medidas que visem promover a biodiversidade vegetal.

13.5. Concluir acerca da importância da proteção da biodiversidade vegetal.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as ameaças à biodiversidade vegetal? Quais são as medidas que promovem a
biodiversidade vegetal? Porque é importante proteger as plantas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 98 a 102 e 104 – parte II
Caderno de atividades: atividade 18; Avalia tu mesmo 5
Materiais de apoio: ficha de apoio 8
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 13; videoaula 5 de atividade de campo
+ Momentos de aula: pág. 52
Pedagogia diferenciada: ficha 16

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 98 ou utilizando os Recursos
digitais. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 98, tendo por base a interpretação do
texto, das figuras e das suas legendas. Correção oral da atividade com eventual introdução da informação
que consta no Guia pedagógico. Dinamização de um debate a partir do Decide da pág. 99 que servirá,
juntamente com a análise da figura da pág. 99, para concluir sobre medidas que promovem a
biodiversidade vegetal. Alargar a discussão à importância da sua conservação através da interpretação
da figura da pág. 100. O professor poderá utilizar + Questões e + Informação disponíveis na pág. 52 do
caderno + Momentos de aula ou a informação do Guia pedagógico. Concluir com o Aprende + da pág.
100.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 101; ii) responde à questão do início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 16 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 104; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 102, a atividade 18 e Avalia tu mesmo 5 do Caderno de atividades e a
ficha de apoio 8 dos Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

81
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 14. Aplicar a microscopia na descoberta do mundo “invisível”.

Descritor: 14.1. Descrever o contributo de dois cientistas para a evolução do microscópio ótico,
destacando a importância da tecnologia no avanço do conhecimento científico.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual foi o contributo dos cientistas para a evolução do microscópio ótico?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 107 a 109 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 14

+ Momentos de aula: págs. 53 a 55

Pedagogia diferenciada: ficha 17

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 107: “Como pode ser observado o mundo
“invisível”?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 107 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Microscópio.
2. Por exemplo, ácaro.
3. A visão.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 108 ou recorrendo aos
Recursos digitais. Explorar as págs. 108 e 109, guiando a observação das figuras com a leitura das
legendas pelo professor e com recurso a + Informação das págs. 53 a 55 do caderno + Momentos de
aula e/ou à informação do Guia pedagógico. Realização, em trabalho de pares, das questões do
Interpreta e responde. Correção oral da atividade. O docente poderá, agora, introduzir + Questões das
págs. 53 a 55 do caderno + Momentos de aula.
• Abordar a história da Ciência relativamente à invenção do microscópio. Propor aos alunos um trabalho de
pesquisa, por exemplo, a construção de um friso cronológico com as principais descobertas relacionadas
com o microscópio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

82
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 14. Aplicar a microscopia na descoberta do mundo “invisível”.

Descritor: 14.2. Identificar os constituintes do microscópio ótico composto.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os constituintes do microscópio ótico composto?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: pág. 110 – parte II

Pedagogia diferenciada: ficha 17

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 14

+ Momentos de aula: págs. 55 a 57

Desenvolvimento da aula
• Organização da turma em grupos de acordo com o número de microscópios disponíveis. Um desses
microscópios estará junto ao docente.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 110 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Solicitar a leitura em voz alta, por um aluno, do texto da pág. 110. O docente complementa com +
Informação das págs. 55 a 57 do caderno + Momentos de aula.
• Análise do microscópio da figura. Identificação, pelos alunos, de eventuais diferenças entre esse
microscópio e aqueles que se encontram nas suas mesas de trabalho. Para apresentarem à turma essas
diferenças, os alunos procuram, na figura, o nome dos constituintes.
• À medida que cada aluno lê cada um dos constituintes, o professor demonstra no instrumento real (ou
recorre à figura). Os alunos apontam agora, no seu microscópio, o local onde se situa esse constituinte.
• O docente poderá introduzir + Questões da pág. 57 do caderno + Momentos de aula.
• A finalizar a aula, os alunos poderão, recorrendo a pequenos pedaços de papel e a fita-cola, identificar
alguns dos constituintes do seu microscópio. Como sugestão de TPC, os alunos poderão desenhar um
microscópio no seu caderno e personalizá-lo com etiquetas de forma a torná-lo único.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

83
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 14. Aplicar a microscopia na descoberta do mundo “invisível”.

Descritores: 14.3. Realizar observações diversas usando o microscópio ótico, de acordo com as regras
de utilização estabelecidas.

14.4. Esquematizar as observações microscópicas realizadas, através de versões


simplificadas de relatórios.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são as regras de utilização do microscópio ótico composto?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 111 a 113 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 14

+ Momentos de aula: págs. 56 e 57

Pedagogia diferenciada: ficha 17

Desenvolvimento da aula
• Os alunos distribuem-se por grupos de trabalho, tendo junto a si um microscópio.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 111 ou recorrendo aos
Recursos digitais.
• Análise, pelos alunos, em leitura individual, de todos os passos de utilização do microscópio ótico da pág.
111.
• Os alunos, em grupo e alternadamente, leem as instruções de manuseamento e executam os passos na
sequência correta. O professor coordena o trabalho para que todos os grupos executem o mesmo passo
no mesmo momento da aula. Alertá-los para a importância da concentração neste tipo de tarefa e para o
esclarecimento de todas as dúvidas com o professor.
• O docente poderá introduzir + Questões ou + Informação das págs. 56 e 57 do caderno + Momentos de
aula e/ou informação do Guia pedagógico.
• Na sequência do trabalho realizado, apresentação aos alunos das atividades de laboratório que realizarão
nas duas próximas aulas. Para preparar essas aulas, os alunos procedem à análise das págs. 112 e 113.
• Cada grupo, agora de forma independente, pode repetir a sequência de passos da pág. 111.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

Nota: pode consultar o plano de aula da atividade de laboratório de montagem e observação de preparações
microscópicas e características da imagem observada ao microscópio ótipo composto, disponível no e-Manual.

84
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 14. Aplicar a microscopia na descoberta do mundo “invisível”.

Descritores: 14.5. Interpretar as características da imagem observada ao microscópio ótico composto.

14.6. Discutir a importância do microscópio eletrónico, com base em imagens e poderes de


resolução.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é o mundo “invisível”? Qual é a importância do microscópio eletrónico?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 114 a 118 e 140 – parte II
Caderno de atividades: atividade 19
Materiais de apoio: ficha de apoio 9
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 14
+ Momentos de aula: págs. 57 e 58
Pedagogia diferenciada: ficha 17

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 114 ou utilizando os Recursos
digitais. Realização, em trabalho de pares, do Responde da pág. 114 tendo por base a interpretação do
texto, das figuras e das suas legendas. Correção oral da atividade com eventual introdução de +
Informação disponível na pág. 57 do caderno + Momentos de aula ou da informação do Guia
pedagógico.
• Leitura por um aluno do texto da pág. 115. O professor explora as figuras, podendo utilizar + Informação
disponível nas págs. 57 e 58 do caderno + Momentos de aula. Exploração do Aprende +.
• Explicação do conceito de poder de resolução, pelo professor, com base na figura da pág. 116. Os
alunos, em trabalho de pares, analisam a figura como ponto de partida para a realização do Responde da
pág. 116. Correção oral da atividade com eventual introdução de + Questões disponíveis na pág. 58 do
caderno + Momentos de aula.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 117; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 17 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 140; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 118, a atividade 19 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 9 dos
Materiais de apoio.

Avaliação

85
Plano da aula n.º
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
Escola: Docente:
trabalho e convivência;
Turma: N.º deda qualidade da participação;
alunos: do interesse e empenhamento;
Dia da aula: Hora: da capacidade de síntese e de
Sala:
análise…
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 15. Compreender que a célula é a unidade básica da vida.

Descritores: 15.1. Apresentar uma definição de célula.

15.2. Distinguir diferentes tipos de células, relativamente à morfologia e ao tamanho, com


base na observação microscópica de material biológico.

15.3. Identificar os principais constituintes da célula, com base na observação microscópica


de material biológico.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é a célula? Preparação da atividade de laboratório.

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 119 a 122 – parte II
Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 15
+ Momentos de aula: pág. 59
Pedagogia diferenciada: ficha 18

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 119: “Porque é a célula a unidade básica da vida?”.
Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 119 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, a levedura ou o Stentor.
2. […] por células.
3. Por exemplo, o leão tem células animais e a rosa células vegetais.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 120 ou utilizando os Recursos
digitais. Um aluno, em voz alta, Lê a informação. A partir dessa informação e, introduzindo,
eventualmente, + Informação da pág. 59 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia
pedagógico, realização, em trabalho de pares, das questões do Interpreta e responde. Correção oral da
atividade.
• Acompanhamento dos alunos na elaboração de um protocolo simples (material necessário e
procedimento) que permita responder à questão-problema “Como observar células animais e vegetais?”.
Em alternativa, a turma poderá analisar as págs. 121 e 122, no sentido de prepararem a atividade de
laboratório a realizar na próxima aula.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

86
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma:
Nota: pode consultar N.º de alunos:de aula da atividade
o plano Dia da
deaula: Hora: microscópica de
laboratório sobre observação Sala:
células animais e
vegetais
Alunos come PEI/Outros
de seres vivos de uma infusão, disponível no e-Manual.
casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 15. Compreender que a célula é a unidade básica da vida.

Descritores: 15.4. Comparar células animais com células vegetais.

15.5. Apresentar dois exemplos de seres unicelulares e dois exemplos de seres


pluricelulares.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Como se distinguem os diferentes tipos de células? Como se distinguem células animais de
células vegetais? Quais são os seres unicelulares e os seres pluricelulares?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 123 a 125 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 15

+ Momentos de aula: pág. 60

Pedagogia diferenciada: ficha 18

Desenvolvimento da aula
• Síntese, pelo professor, do trabalho realizado na atividade de laboratório anterior, utilizando as figuras da
pág. 123.
• Introdução dos conceitos de células procarióticas e de células eucarióticas.
• Desenhar no quadro uma célula de cada um destes tipos para os alunos copiarem para o caderno.
Poder--se-á recorrer a + Questões ou + Informação da pág. 60 do caderno + Momentos de aula e/ou
informação do Guia pedagógico.
• Apresentação da questão-problema do início da pág. 124 (eventualmente recorrendo, também, aos
Recursos digitais).
• Realização individual do Transcreve e completa recorrendo à informação desta página e, se possível,
aos esquemas realizados pelos alunos na atividade de laboratório. Correção oral da atividade.
• Solicitar a leitura em voz alta, por um aluno, do texto da pág. 125. O professor introduz + Questões da
pág. 60 do caderno + Momentos de aula. Realçar que as figuras não se encontram à mesma escala
(com a mesma ampliação), não se devendo, por isso, tirar conclusões relativas a tamanhos.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

87
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

88
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Célula – unidade básica de vida

Objetivo geral: 15. Compreender que a célula é a unidade básica da vida.

Descritor: 15.6. Descrever os níveis de organização biológica.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os níveis de organização biológica?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 126 a 129 e 141 – parte II

Caderno de atividades: atividade 20

Materiais de apoio: ficha de apoio 9

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 15

+ Momentos de aula: pág. 60

Pedagogia diferenciada: ficha 18

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 126 ou utilizando os Recursos
digitais.
• Trabalho de pares para exploração das págs. 126 e 127: observação das figuras, leitura das legendas e
do texto.
• Síntese após alguns minutos, explicando as dúvidas dos alunos relativamente ao trabalho realizado.
• Complementar a informação com recurso a + Informação da pág. 60 do caderno + Momentos de aula
e/ou informação do Guia pedagógico.
• Realização individual do Transcreve e completa. Correção oral da tarefa.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 128; ii) responde à questão de início do capítulo e que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 18 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da pág. 141; iv) realiza o Avalia as
tuas aprendizagens da pág. 129, a atividade 20 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 9 dos
Materiais de apoio.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

89
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Diversidade a partir da unidade – níveis de organização hierárquica

Objetivo geral: 16. Compreender a importância da classificação dos seres vivos.

Descritor: 16.1. Apresentar uma definição de espécie.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: O que é uma espécie?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 131 e 132 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 16

+ Momentos de aula: pág. 61

Pedagogia diferenciada: ficha 19

Desenvolvimento da aula
• Iniciar a aula colocando aos alunos a questão da pág. 131: “Qual é a importância da classificação dos
seres vivos?”. Observação silenciosa da figura e leitura da legenda. Breve apresentação do conteúdo pelo
docente.
• Realização individual do Responde e recorda da pág. 131 como avaliação diagnóstica. Debate de
algumas das respostas com os alunos, com base na seguinte proposta de solução:
Proposta de solução
1. Por exemplo, todos são seres vivos marinhos e todos são formados por células.
2. Por exemplo, o musgo produz o seu próprio alimento e o cogumelo absorve os nutrientes de que
necessita para sobreviver, a partir do meio ambiente.
3. Reino Animal.
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 132 ou utilizando os Recursos
digitais. Exploração dessa página guiando a observação das figuras com a leitura das legendas pelo
professor: a partir do nome da espécie Canis familiaris, Papaver rhoeas e Macrolepiota procera, explicar
aos alunos o conceito de nome científico e a importância da taxonomia e da nomenclatura, recorrendo, se
necessário, a + Informação da pág. 61 do caderno + Momentos de aula e/ou à informação do Guia
pedagógico. Salientar que, muitas vezes, o nome vulgar da espécie pode ser confuso, pois o mesmo ser
vivo, em regiões diferentes, tem denominações diferentes, enquanto o nome científico é único e
reconhecido mundialmente. Realização, em trabalho de pares, das questões do Responde. Correção oral
da atividade.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

90
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Diversidade a partir da unidade – níveis de organização hierárquica

Objetivo geral: 16. Compreender a importância da classificação dos seres vivos.

Descritores: 16.2. Distinguir classificações práticas de classificações racionais dos seres vivos.

16.3. Indicar as principais categorias taxonómicas.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Qual é a importância da classificação dos seres vivos? Quais são as principais categorias
taxonómicas?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 133 e 134 – parte II

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 16

+ Momentos de aula: pág. 61

Pedagogia diferenciada: ficha 19

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 133 ou utilizando os
Recursos digitais.
• Explicitar o conceito de classificação biológica com base na exploração da fig. 3 da pág. 133. Poder-
se-á utilizar + Informação da pág. 61 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia
pedagógico. Leitura silenciosa do texto da pág. 133.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde dessa página. Correção oral ou registo
no caderno diário das respostas.
• A partir da questão-problema do início da pág. 134, enfatizar a história da ciência relativamente a
esta temática de classificação dos seres vivos, dando a perspetiva do dinamismo da ciência
recorrendo a + Informação da pág. 61 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia
pedagógico.
• Realização, em trabalho de pares, do Responde dessa página. Correção oral ou registo no caderno
diário das respostas.
• Construção, no quadro, de uma resposta à questão-problema do início da pág. 134. Para ela
contribuirá uma discussão, em contexto de turma, mediada por um aluno selecionado pelo professor.
Este deve intervir sempre que for oportuno valorizar o erro, realçando o seu contributo decisivo para
a evolução do conhecimento científico.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

91
Plano da aula n.º

Escola: Docente:
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

Domínio: Unidade na diversidade de seres vivos

Subdomínio: Diversidade a partir da unidade – níveis de organização hierárquica

Objetivo geral: 16. Compreender a importância da classificação dos seres vivos.

Descritor: 16.4. Identificar animais e plantas, até ao Filo, recorrendo a chaves dicotómicas simples.

Conteúdo no Terra à Vista! 5


Sumário: Quais são os reinos dos seres vivos?

Recursos do Terra à Vista! 5


Manual Terra à Vista! 5: págs. 135 e 136 – parte II

Caderno de atividades: atividade 21; avalia tu mesmo 6

Materiais de apoio: ficha de apoio 10

Recursos digitais: apresentação multimédia do objetivo geral 16

+ Momentos de aula: pág. 63

Pedagogia diferenciada: ficha 19

Fotocartões de plantas e de animais

Desenvolvimento da aula
• Início da exploração dos conteúdos a partir da questão-problema da pág. 135 ou utilizando os Recursos
digitais. Exploração da figura pelo professor, recordando a importância da classificação para facilitar o
estudo da enorme diversidade de seres vivos. Poder-se-á utilizar + Informação da pág. 63 do caderno +
Momentos de aula.
• Realização, em trabalho de pares, do Interpreta e responde dessa página. Correção oral ou com registo
no caderno diário das respostas.
• Distribuir os fotocartões de animais e plantas pelos alunos para identificação, recorrendo às chaves
dicotómicas.
• A finalizar a aula ou como sugestão de TPC, o aluno: i) lê o Revê as aprendizagens e autoavalia-se com
o Verifica se atingiste a meta da pág. 138; ii) responde à questão de início do capítulo que surge,
novamente, no final dessa página (recorre, se necessário, à última questão da ficha 19 de Pedagogia
diferenciada); iii) transcreve e completa o texto das metas ilustradas da página 142; iv) realiza o Avalia
as tuas aprendizagens da pág. 139, a atividade 20 do Caderno de atividades e a ficha de apoio 10 dos
Materiais de apoio.
• Enfatizar a história da ciência sobre a evolução da classificação dos seres vivos em reinos, recorrendo a +
Informação da pág. 63 do caderno + Momentos de aula e/ou informação do Guia pedagógico.

Avaliação
Avaliação da intervenção e do desempenho dos alunos através do registo, por exemplo: do respeito pelas normas de
trabalho e convivência; da qualidade da participação; do interesse e empenhamento; da capacidade de síntese e de
análise…

92
Plano da aula n.º
Nota: pode consultar o plano de aula da atividade prática sobre identificação de animais e plantas, disponível no e-
Escola: Docente:
-Manual.
Turma: N.º de alunos: Dia da aula: Hora: Sala:
Alunos com PEI/Outros casos especiais:

93