Você está na página 1de 7

Ensino de Física na Escola Básica I

Pitter Robson Möller Lima matrícula: 201461011I Pólo: Barroso

I. TÍTULO: Kit de Construção de Circuito (DC), Laboratório Virtual

II. MOTIVAÇÃO

Pode-se dizer que a corrente elétrica é o movimento ordenado dos elétrons livres
devido à aplicação de um ddp (diferença de potencial) produzida por exemplo por uma
bateria. No caso de condutores iônicos, participam da corrente elétrica tanto cargas
positivas (são os cátions) como cargas negativas (que são os ânions).
Para o sentido da corrente temos que diferenciar o sentido real do sentido
convencional.

Os resistores são componentes que se opõem a passagem de corrente elétrica, ou


seja, “resistem” a passagem de corrente elétrica, limitando sua intensidade.
Associação de Resistores é um circuito organizado de resistores utilizado
quando se requer um nível de resistência mais elevado. É através dessa associação que é
possível encontrar um resistor equivalente. A tensão presente em cada resistor pode ser
calculada através da Primeira Lei de Ohm:

U=R*I

Onde,
U: diferença de potencial elétrico (ddp), medida em Volts (V)
R: resistência, medida em Ohm (Ω)
I: intensidade da corrente elétrica, medida em Ampére (A).
Na associação de resistores em série, os resistores são ligados em sequência e na
mesma direção. Isso faz com que a corrente elétrica seja mantida ao longo do circuito,
enquanto a tensão elétrica varia.

Assim, a resistência equivalente (Req) de um circuito corresponde à resistência


de cada resistor presente no circuito:

Req = R1 + R2 + R3 + Rn ...

Na associação de resistores em paralelo, os resistores são ligados de forma


contínua na mesma direção. Isso faz com que a tensão elétrica seja conservada ao longo
do circuito. Por esse motivo, a corrente elétrica deve ser dividida pelo circuito.
Assim, a resistência equivalente de um circuito corresponde à seguinte equação
abaixo:

1/ Req = 1/R1 + 1/R2 + 1/Rn

III. O APLICATIVO EM JAVA

Para esse experimento, usaremos o applet Laboratório de circuitos, que pode ser
encontrado no link: https://phet.colorado.edu/sims/html/circuit-construction-kit-dc-
virtual-lab/latest/circuit-construction-kit-dc-virtual-lab_pt_BR.html. Ao abrir o applet,
teremos a disposição um verdadeiro laboratório virtual. Para esse trabalho, vamos
utilizar alguns fios, resistores, lâmpadas e uma bateria.
IV. MONTAGEM E PROCEDIMENTO:

Primeiramente deverá ser montado um circuito com resistores em série, uma


lâmpada e uma fonte de tensão e deverá ser notado se a lâmpada vai acender, queimar
ou nem vai ligar e deverá ser acoplado ao circuito um voltímetro e um amperímetro
afim de se notar os valores de tensão e corrente nos resistores.

Logo depois, deverá ser montado um circuito com resistores em paralelo, uma
lâmpada e uma fonte de tensão e deverá ser notado se a lâmpada vai acender, queimar
ou nem vai ligar e deverá ser acoplado ao circuito um voltímetro e um amperímetro
afim de se notar os valores de tensão e corrente nos resistores.

V. ANÁLISE DA EXPLICAÇÃO
Ao ligarmos o circuito em série pode-se observar que ao amentarmos a tensão da
fonte de alimentação a corrente aumenta em todos os ramos do circuito assim como a
tensão nos resistores provocando o aumento do brilho do lâmpada até que a mesma se
queime.
Ao ligarmos o circuito em paralelo pode-se observar que ao amentarmos a
tensão da fonte de alimentação a corrente aumenta em todos os ramos do circuito assim
como a tensão nos resistores provocando o aumento do brilho do lâmpada até que a
mesma se queime.
BIBLIOGRAFIA

CARCALHO THOMAS
https://www.infoescola.com/fisica/corrente-eletrica/

Por Thomas Carvalho

Corrente Elétrica
https://www.todamateria.com.br/resistores/

Resistores
https://www.todamateria.com.br/associacao-de-resistores/

Associação de Resistores

 JÚNIOR, ROBERTO B. NICIOLI; MATTOS, CRISTIANO RODRIGUES


DE. “A disciplina física no ensino secundário entre os anos de 1810 e 1930”.
Disponível em <
http://www.uab.ufjf.br/pluginfile.php/912026/mod_resource/content/1/Fisica_1810-
1930.pdf > Acessado em 25 de Janeiro de 2018.
FONTE: http://www.uab.ufjf.br/

 ROSA, CLECI WERNER; ROSA, ÁLVARO BECKER DA. “O ensino de


ciências (Física) no Brasil: da história às novas orientações educacionais”. Disponível
em < http://www.uab.ufjf.br/pluginfile.php/912027/mod_resource/content/1/hist
%C3%B3ria%20do%20ensino%20de%20f%C3%ADsica.pdf> Acessado em 25 de
Janeiro de 2018.
FONTE: http://www.uab.ufjf.br/

Você também pode gostar