Você está na página 1de 5

Você sabia que seu material didático é interativo e multimídia?

Ele possibilita diversas formas de interação com o conteúdo, a qualquer hora e de qualquer lugar. Mas na
versão impressa, alguns conteúdos interativos são perdidos, por isso, fique atento! Sempre
Imprimir que possível,
opte pela versão digital. Bons estudos!

Língua Inglesa I
Where are you from?

Unidade 1 – Seção 2

Personal Pronouns
Para começarmos esta seção, vamos conhecer os pronomes pessoais em inglês. Eles são responsáveis
por substituírem os substantivos e nomes em inglês, desempenhando, assim, o papel de sujeito das
orações. São eles:

I (ái) Eu

You (iú) Vocês

He (ri) Ele

She (xi) Ela

It (it) Ele; ela (isso)

We (ui) Nós

They (dei) Eles; elas

Fonte: adaptado de Brenner (2013, p. 32).

O pronome it é usado para indicar tudo o que não é humano, no singular (por exemplo: animais,
objetos, lugares, etc.). Quando usamos em português “você e eu”, em inglês usamos o pronome we
(nós). Em inglês, por questão de educação, em uma sentença o pronome I é indicado por último na
ordem de apresentação das pessoas: “Claudio, Beatriz and I are friends”. O pronome they se refere a
terceiros, inclusive animais e objetos, e não inclui o falante (eu). Ao fazer uso do pronome I em inglês,
devemos sempre escrevê-lo em sua forma maiúscula, não minúscula (i), independentemente da posição
em que ele se encontra em uma sentença.

Grammar: verb to be
Vamos analisar a seguinte frase:

“To be or not to be, that is the question.”

Essa famosa frase é da tragédia Hamlet, de William Shakespeare, considerado por muitos o maior
escritor em língua inglesa. Você certamente conhece algo sobre Shakespeare, especialmente essa frase.
Como se trata de uma frase muito conhecida, assim como a sua tradução para o português também é,
sabemos que o verbo to be foi empregado na acepção de ser, porém, em outros contextos, você pode ter
dúvidas sobre o significado desse verbo. Sabe por quê? É que o verbo to be, em português, pode
significar ser ou estar, dependendo do contexto.
Na maioria dos livros de inglês, o verbo to be aparece como um dos primeiros tópicos de estudo, pois
nós o utilizamos para pedir, dar e trocar informações pessoais, tais como nome, idade, nacionalidade,
endereço, etc. Você também pode usá-lo para identificar objetos e pessoas, assim como para construir
expressões de tempo e lugar. Veja alguns exemplos desses usos.

Pedir, dar e trocar informações pessoais:


• What’s your name? My name is John. (Qual é o seu nome? Meu nome é John).

• How are you today? I’m fine, thanks. (Como você está? Eu estou bem,
 obrigado). 

• Where are you from? I’m from Brazil. (De onde você é? Eu sou do Brasil).

O verbo to be também pode ser usado em muitas outras situações, por exemplo: descrever pessoas e
animais (características físicas e de personalidade), obter informações sobre profissões, expressar
sentimentos, etc.

Grammar: verb to be af rmative and negative


Vamos conhecer agora, o verbo to be nas formas afirmativa e negativa do simple present (presente
simples). Observe a tabela:

Affirmative Negative
form Exemplo form Exemplo

I am I am/I’m a Portuguese I am not I am not/ I’m not very happy. (Eu não
(I’m) teacher. (I’m not) estou/sou muito feliz).
(Eu sou professor(a)
de português).

You are You are/You’re my You are You are not /aren’t at home. (Você
(you’re) best friend. not (you não está em casa).
(Você é meu melhor aren’t)
amigo/minha melhor
amiga).

He is He is/He’s a plastic He is He is not/isn’t a famous musician. (Ele


(he’s) surgeon. not (he não é um músico famoso).
(Ele é cirurgião isn’t)
plástico).

She is She is/she’s outside, in She is not Sarah is not/isn’t sad with you. (Sarah
(she’s) the garden. (she isn’t) não está triste com você).
(Ela está lá fora, no
jardim).

It is It is/It’s rainy today. It is not (it It is not/isn’t correct. (Não está


(it’s) (Hoje está chuvoso). isn’t) correto).
Affirmative Negative
form Exemplo form Exemplo

We are We are/We’re We are not We are not/aren’t at the kitchen. (Nós


(we’re) Brazilian. (we aren’t) não estamos na cozinha).
(Nós somos
brasileiros).

You are You are/ You’re my You are You are not /aren’t at home. (Vocês não
(you’re) best friends. not (you estão em casa).
(Vocês são meus aren’t)
melhores
amigos/minhas
melhores

They are They are/They’re my They are They are not/aren’t in the United
(they’re) younger brothers. not (they States now. (Eles não estão nos Estados
(Eles são meus irmãos aren’t) Unidos agora).
mais novos).

O verbo to be também pode ser usado em muitas outras situações, por exemplo: descrever pessoas e
animais (características físicas e de personalidade), obter informações sobre profissões, expressar
sentimentos, etc. Observe alguns exemplos a seguir:

Verb to be questions and short answers


Para finalizar a apresentação das formas estruturais do verbo to be, vamos estudar a sua forma
interrogativa e respostas curtas. Clique no botão para saber mais.
Para visualizar o vídeo, acesse seu material digital.

Você reparou que o verbo (am/is/are) aparece antes do sujeito? Isso ocorre porque, em inglês, na
forma interrogativa, há uma inversão na ordem sintática da sentença justamente para marcar que se
trata de uma pergunta, e não de uma afirmação ou negação. Outro detalhe que você pode observar é
que na forma interrogativa não há contração.

Há, ainda, um tópico que devemos abordar sobre o uso do verbo to be na forma interrogativa. No
inglês, é comum formular questões às quais se responde usando sim ou não (yes or no), conhecidas
como yes/no questions. Outro ponto é que em inglês, ao contrário do que ocorre em português, nas
respostas a yes/no questions formuladas com o verbo to be, não basta responder simplesmente yes ou
no, é preciso formular um enunciado com o verbo utilizado na pergunta, nesse caso o verbo to be.
Observe:

Question Short answer affirmative Short answer negative

Am I right? Yes, you are. No, you aren’t.

Are you a student? Yes, I am. No, I’m not.

Não se contrai o verbo to be em uma short answer afirmativa, somente na negativa. Por exemplo: “Yes,
I am” e não “Yes, I’m”.

Vocabulary: countries and nationalities


Quando queremos saber onde uma pessoa nasceu ou de onde ela vem, devemos utilizar uma pergunta.
No inglês, os enunciados interrogativos são construídos a partir de uma inversão sintática, em que o
verbo aparece antes do sujeito. É necessário utilizar também uma wh-word (ou question word) que
marque o objeto da pergunta, ou seja, aquilo que estamos querendo saber.
Em resumo, algumas das question words em inglês são: “where” (onde), “what” (o quê/qual), “why”
(por que), “when” (quando), entre outras. As “question words” iniciam uma pergunta, vindo antes do
verbo e do sujeito: question word + verbo (auxiliar) + sujeito + complemento + ?

Por exemplo:

Where are you from? (De onde você é?) → I am from... (Eu sou de...)
Where is he/she from? (De onde ele/ela é?) → He/she is from... (Ele/ela é de…)
Where are they from? (De onde eles/elas são?) → They are from... (Eles/elas são de...)

Utilizamos essa forma de perguntar quando queremos saber a origem da pessoa. Porém, quando temos
alguma ideia de onde essa pessoa possa ser, podemos perguntar diretamente se ela é de um lugar
específico. Nesse caso, não há necessidade de utilizarmos a wh-word (question word), apenas o verbo to
be acompanhado do nome do país ou da nacionalidade. Os adjetivos pátrios em inglês, assim como
ocorre em português, podem ser formados de maneiras diferentes. Veja alguns deles:

Tipos de terminações para nacionalidades


Country Termination Nationality

The United States of America –an American


Mexico Mexican
Germany German

Brazil –ian Brazilian


Bolivia Bolivian
Italy Italian

Japan –ese Japanese


China Chinese
Portugal Portuguese

Turkey –ish Turkish


England English
Spain Spanish

France others French


Thailand Thai
Greece Greek

Nesta seção, conhecemos mais sobre personal pronouns, verb to be nas formas afirmativa,
negativa e interrogativa, bem como a elaboração de short answers. E, por fim, estudamos
brevemente sobre os países e nacionalidades.