Você está na página 1de 4

www.casa.com.

br/curso-decoracao

Aula 4
Revestimentos para
piso e parede
por Débora Aguiar

Nesta quarta aula do Curso de Decoração Casa Claudia 2010 é a arquiteta


Débora Aguiar quem passa informações imperdíveis para todos que estão
construindo ou reformando. Tranquila e de fala mansa, Débora é uma
profissional dinâmica, que desde o final dos anos 1990 mantém um escritório
de arquitetura movimentado, de onde saem projetos para todo Brasil e exterior.
Suas lições sobre materiais de revestimento foram dadas no MIS – Museu da
Imagem e do Som, que está completando 40 anos de existência.

Patrocínio

Realização
Aula 4
Revestimentos para
piso e parede
por Débora Aguiar

Boas escolhas De aparência neutra, o que não compromete


a decoração, pedras e madeiras são hoje os
para a sala materiais mais usados nos pisos dos espaços
nobres da casa. Quem procura visual sofisticado,
topa enfrentar uma obra relativamente demorada
e não se importa em gastar um pouco mais, os
mármores, os limestones e os silestones são
as melhores opções. De aparência uniforme,
eles conferem leveza e claridade aos espaços,
tornando-os belos e agradáveis. Podem vir em
grandes placas, que cobrem praticamente todo o
chão, ou no tamanho de lajotas ou ladrilhos, com
cerca de 60 x 60 cm. Já as madeiras (as mais
cotadas são a amêndola e o cumarú), chamam
a atenção pelo aconchego que proporcionam
e pelas inúmeras possibilidades de paginação,
sejam elas em tábuas, tacos ou em peças de
Parece madeira, mas não é. Este piso na
realidade é de material cimentício que demolição. A coqueluche do momento são as
reproduz com perfeição desconcertante
todos os veios, ranhuras e cores das
madeiras sintéticas, isto é, vinílicos e cimentícios
madeiras. Atérmicas, suas placas também que as imitam com perfeição. Mais fáceis de
podem ser usadas em áreas externas.
instalar e de limpar e de custo inferior à madeira
natural, os vinílicos, por exemplo, são ideais para
casas com crianças e animais de estimação.
Quanto ao piso cimentício, tratam-se de tábuas,
Paredes na moda
em que é possível escolher o tamanho, a cor, os
As palhas estão fazendo o maior sucesso. Instaladas
sobre espuma fixada na parede, conferem conforto veios, o grau de rusticidade e a textura lisa ou
térmico e acústico aos ambientes. Madeira também é
antiderrapante (perfeita para locais ao ar livre).
outra preferência em alta. Pintada ou em tom natural,
ela compõe boiseries, requadros e nichos que, com Vale destacar aqui também os ecológicos pisos
seus altos e baixos relevos e bem iluminados, valorizam
bastante a decoração. Outra novidade são as placas de
de bambu, que podem ser usados inclusive em
couro prensado e reciclado. Lisas ou texturadas e com áreas externas. De valor acessível, o material é
desenhos que podem ser encomendados de acordo com
o tamanho da superfície, sua instalação à base de cola vendido em réguas pequenas ou em placas com
só requer alvenaria lixada e limpa.
encaixe macho-e-fêmea.
Aula 4
Revestimentos para
piso e parede
por Débora Aguiar

Aconchego e Seja qual for a escolha para o piso e paredes


do quarto, o importante é priorizar materiais
elegância no quarto de cores da mesma família, os chamados
sobretons. Assim, o resultado sempre será belo
e acolhedor. Madeira, mármore e porcelanato (os
dois últimos bem mais indicados para regiões
de clima quente) estão entre os pisos preferidos.
Nestes casos, o uso de tapetes junto à cama e
armários é importante, tanto para o conforto dos
pés descalços, quanto para amortecer o barulho
do salto dos sapatos. Mas ainda há muita gente
que não abre mão do carpete, mesmo sabendo
dos cuidados redobrados com a limpeza que
o revestimento exige - como aspiração e uso
de produtos especiais para evitar o acúmulo e
ácaros. Quanto à espessura, o carpete pode
ser bastante alto e fofo, com cerca de 70 mm,
ou mais rasteiro, com 12 mm, que não deixa
também de ser agradável de pisar. Para reforçar
Placas de couro prensado e reciclado estão as qualidades acústicas do material, vale apostar
em alta na decoração. Com elas se pode criar
belos painéis em relevo, que sofisticam salas,
em tapetes e paredes revestidas de tecido ou de
quartos e halls de entrada. palha de seda.

Para quem tem pressa e bom gosto


Se o desejo é mudar rapidamente o visual do ambiente, nada
melhor do que apostar nas tintas para parede. A cor pode
contrastar com a decoração, bem como vir como pano de fundo
sob medida para os quadros, fotos ou espelhos que já se possui.
Lisa ou texturizada, a pintura oferece ainda a possibilidade dos
acabamentos especiais. Entre estes, destaca-se o estuque
veneziano, feito com camadas de massa pigmentada e folhas de
prata, cobre ou ouro. Outro luxo para as paredes é o tratamento
escovado, à base de sobreposição de camadas de tinta,
de preferência em tom de fumaça ou prateado.
Aula 4
Revestimentos para
piso e parede
por Débora Aguiar

Para cozinhas Por se tratar de ambientes que pedem limpeza


pesada diariamente, a dica é apostar em
e banheiros materiais práticos, laváveis e resistentes. Dessa
turma fazem parte os menos porosos e de
pouca textura, como laminado plástico, pintura
laqueada e vidro. Mas nada impede de se criar

O clássico mármore nunca sai de moda. um ponto de destaque empregando outros tipos
Nesta sala a opção foi pelo travertino navona
bruto com aparência neutra. de revestimento. Na cozinha, por exemplo, pode-
se criar um mosaico atraente usando pastilhas
de cerâmica, de fibra de coco ou de madeira
Fim dos ralos entre os armários superiores e inferiores, com
Aquela grelha, as vezes de metal, as vezes de plástico,
iluminação indireta. No banheiro, uma parede
bem no meio do piso do banheiro e da área de serviço,
por onde escorre a água, está com os dias contados. revestida com os recém-lançados nanoglass ou
Nas novas obras, os ralos estão sendo substituídos por
juntas seca-piso, frestas discretas que correm ao longo
marmoglass (produtos feitos de cristais de vidro,
da parede. Sem essa interferência, os pisos podem ser pó de mármore e agentes aglutinantes) torna o
contínuos, com menos rejuntes e mais homogêneos.
Como benefício, os ambientes tornam-se visualmente espaço moderno e arrojado.
maiores e de fácil manutenção. Reportagem Maria Helena Pugliesi
Roteiro e produção Vanessa D'Amaro

Você também pode gostar