Você está na página 1de 20

Magne Amade Camafunana

Relatório Final da Cadeira de Didactica de Educação e Expressão Físico-Motor


Licenciatura em Ensino Básico com Habilitação em Supervisão e Inspecção Pedagógica da
Escola Básica

Universidade Púnguè
Extensão de Tete
2020
Magne Amade Camafunana

Licenciatura em Ensino Básico com Habilitação em Supervisão e Inspecção Pedagógica da


Escola Básica
4º Ano

Trabalho a ser apresentado no departamento


de Ciências da Educação e Psicologia na
Cadeira de Didactica de Educação e
Expressão Físico-Motor como requisito
avaliativo.

Docente: Dra: Beauty Windo

Universidade Púnguè
Extensão de Tete
2020
Índice
1. Introdução.....................................................................................................................................4
2. Apresentação da docente e do plano analítico..............................................................................5
2.1. Exercícios...............................................................................................................................5
2.1.1. Questões e Resposta:.......................................................................................................5
2.2. Planificação analítica em Educação Física............................................................................7
2.3. Grupos de Planificação analítica em Educação Física...........................................................8
2.4. Plano Quinzenal...................................................................................................................10
2.5. Debate sobre a integração do gênero nas aulas de Educação física.....................................10
2.5.1. Integração de meninos e meninas nas actividades que envolvem Educação física
escolar.....................................................................................................................................11
2.6. Debate do tema "Situações de aprendizagem dos desportos colectivos, danças e jogos
tradicionais"................................................................................................................................12
2.7. Debate sobre os elementos da planificação de uma aula de Educação física......................12
2.8. Elementos de planificação da aula de Educação Física.......................................................13
2.8. Elaboração de planos de aulas.............................................................................................14
2.9. Tarefa individual..................................................................................................................15
2.10. Exposição de material didático alternativos......................................................................15
2.10.1. Exposição do material didáctico nas oficinas pedagógicas.........................................15
3. Referencias Bibliográficas..........................................................................................................18
4. Anexos........................................................................................................................................19
4

1. Introdução
O presente relatório refere-se à cadeira de Didactica de Educação e Expressão Físico-Motor,
nesse relatório irá abordar todas as actividades que foram feitas durante o periodo de
distânciamento social.Tendo em vista que Didática da Educação Física, analisa a função e os
objetivos de cada disciplina, orientando a dosagem da matéria a ser transmitida ao aluno e sua
distribuição pelas fases e graus de ensino, sendo assim, ela se resulta imprescindível para o
professor que se ocupa de determinada disciplina. Mais devido a pandemia do covid-19,
infelizmente tivemos aulas ministradas na modalidade à distância nas plataformas digitais tais
como whatspp, googleclassroom e CEDIS.

O presente relatorio da cadeira de Didactica de Educação e Expressão Físico-Motor tem como


objectivo formar o futuro professor em fundamentos epistemológicos e teóricos que regem a
Metodologia do Ensino de Educação Física no ensino Primário e outros niveis de ensino.
5

2. Apresentação da docente e do plano analítico.


No primeiro dia de aula teve apresentação da docente Beauty Windo, onde a docente fez a sua
apresentação na plataforma digital whatspp e Cedis, porque devido a pandemia do COVID-19
que assola o mundo e nosso país era impossível ter aulas presencias e por essa causa não tivemos
uma apresentação pessoal da docente. Fez a apresentação e exposição do plano analítico na
plataforma digital whatspp e Cedis. Onde a docente explicou de forma detalhada todas as
atividades que seriam ministradas durante o período de ensino à distância.

2.1. Exercícios
O primeiro exercício a docente disponibilizou na plataforma digital whatspp o exercício
individual para ser resolvido e enviado no dia 24 de Abril de 2020 na plataforma digital whatspp,
exercício e resolvido foi:

2.1.1. Questões e Resposta:


1. Conceitos:
Educação física escolar é um componente curricular da educação que deve estar presente em
todos níveis de ensino.

Tem como objetivo geral despertar nos alunos o interesse em envolver-se com as atividades e
exercícios corporais criando convivências harmoniosas e construtivas com outros cidadãos.

Exercício Físico é qualquer actividade que mantem ou aumenta a aptidão física em geral.

Tem o objectivo de alcançar a saúde e também a recreação.

Actividade Fisica compreende qualquer movimento corporal resultante de contrações


musculares associado a um gasto energético acima do nível de repouso.

Tem como objectivo a pratica regular de atividades física.

Para que serve a educação física?

Resposta: a Educação física serve para promover a saúde dos alunos através da pratica de
actividades físicas.

Origem da Educação física


6

Quando se fala em educação física, forma-se logo no pensamento a imagem de movimento ou


locomoção. Logo, não se pode pensar em exercícios físicos sem primeiro atentar para a sua
origem: Os antropólogos e paleontólogos, pesquisando certos terrenos geológicos, descobriram
que o homem apareceu entre o fim Plioceno e o começo do Pleistoceno.

Historia de Educação Física

A historia da educação física, esta relacionada a toda a ciência que estuda o passado e o presente
das atividades humanas, e suas evoluções. O homem tem tem como um objetivo investigar e
acompanhar o desenvolvimento das atividades físicas esteja elas progredindo ou não, que se
modificam de acordo com os sistemas políticos, sociais, econômicos ou científicos da população.
Desde os primórdios da civilização o homem praticava atividade física, fazia parte da sua
sobrevivência e cotidiano, nadar, caçar, lutar, correr, saltar, lançar, arremessar, etc.

Em que consiste a educação física

A educação física consiste em um conjunto de atividades físicas planejadas e estruturadas para


promover o condicionamento físico de crianças, jovens e adultos através da prática de diferentes
modalidades esportivas.

Importância da Educação Física

A Educação Física tem uma grande importância porque promove o desenvolvimento integral do
aluno, a vida saudável, a socialização, o espírito de equipe e a prática do desporto. Os alunos
participam das mais variadas experiências corporais para as quais são desafiados.

A diferença que existe entre Educação Física e actividade física.

A educação física, é uma atividade planejada, que pode ser uma dança, luta, prática de esporte,
entre outros. Atividade física é qualquer movimento realizado pelo nosso corpo, que
consequentemente gera um gasto calórico.

O que se pretende fazer com a pesquisa epistemológica.

É possível concluir que a epistemologia da educação física tem desenvolvido um papel de grande
valia para o surgimento de um campo intelectual de respeito e de um futuro promissor. A
pesquisa epistemológica em educação física parece ser interessante justamente por considerar que
7

em sua essência estão dois tipos de racionalidade, a das ciências naturais, e a das ciências
humanas e como citado anteriormente estimula no meio acadêmico um processo de auto-reflexao
e auto-crítica sobre seus resultados e sobre os processos e condições de sua produção. A
epistemologia amplia a possibilidade de identificação de problemas, tendências, perspectivas de
um determinado campo cientifico. A atividade epistemologia seria uma reflexão sobre a ciência,
isto é, conhecer a ciência em seus processos de gênese, de formação, e de estruturação.

Benefícios de uma boa aula de Educação física Escolar.


são:
 Promove o contato com outras crianças ou jovens através do trabalho em equipa e,
portanto, as relações sociais são enriquecidas.
 Enquanto as crianças interagem, os valores adquirem significado: o respeito e a
solidariedade são alguns exemplos.
 O desporto torna qualquer pessoa mais saudável, libertando-a dos estilos de vida
sedentários e, na infância e adolescência, torna-se mais benéfico porque o
desenvolvimento físico é intenso.
 Cria confiança nos jovens, na medida em que proporciona uma influência positiva na
personalidade, caráter e autoestima da criança.
 O desporto é essencial para o desenvolvimento de habilidades motoras e para o
desenvolvimento dos reflexos. A coordenação olho-mão é melhorada, assim como os
movimentos do corpo, o que ajuda no desenvolvimento de uma postura corporal saudável.
 A participação em desportos, lazer ou outras formas de atividade física oferece um
método eficaz para aliviar o stress.
 O exercício ajuda as crianças a comer bem e fornece as diretrizes essenciais para a
nutrição.

2.2. Planificação analítica em Educação Física

Depois da entrega do exercicio individual, teve a orientação da docente para elaboração de


Planos analíticos de Educação Física Trimestral fomos orientado para basearmos nos programas
de ensino do ensino basico concretamente nas classes de 6 e 7ª Classe para elaboração dos
8

planos analiticos. Os planos analiticos foram em grupo que foram apresentados e debatidos pelos
respectivos grupos na plataforma whatspp:
2.3. Grupos de Planificação analítica em Educação Física

1º Grupo

O primeiro grupo era composto por:

 America de Jesus Langa


 Beatriz João António
 Belarmino Tómas Rafael
 Esperança Luis Saranhe
 Farias José Chanbade

2º Grupo

O segundo grupo que era composto por tais estudantes:

 Arménio Afonso Simoco Almoço


 Evelina Silva Silvestre
 Rebelina Orlando Gucinho
 Rudo Abel António
 Ruben Daniel Alberto
 Veronica Clementina Machili

O segundo grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico aonde foi debatico na
plataforma whatspp.

3º Grupo
9

O terceiro grupo que era composto por tais estudantes:


 Arminda Bechane Ofece
 Domingos Agostinho Marcos
 Faquir Alexandre Amade
 Luísa Caero João
 Glória Estêvão Lopes

O terceiro grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico aonde foi debatico na
plataforma whatspp.

4º Grupo

O quartro grupo que era composto por tais estudantes:


 Biatriz Eduardo
 Clara Custodio
 Eusébio Jessano Ernesto
 Nazaré Vitorino
 Vaz Lacerda Mario
 Yolanda Matsena

O quarto grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico aonde foi debatico na
plataforma whatspp.

5º Grupo

O Quinto grupo que era composto por tais estudantes:


 Arlete Patrício
 Alberto lenadi
 Cristina Machaia
 Jovino Joao Chissale
 Magne Amade Camafunana
10

O quinto grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico aonde foi debatico na
plataforma whatspp.

6º Grupo

O Sexto grupo que era composto por tais estudantes:


 Guido Rosario
 Fatucha Ribeiro
 Maria Ricardina
 Patinho Francisco
O sexto grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico
aonde foi debatico na plataforma whatspp.

7º Grupo

O Setimo grupo que era composto por tais estudantes:


 Janete Alberto
 Jose Honorio Manuel
 Julieta Pele
 Rui Jose Gamilo
 Zito Lucio Manuel
O Setimo grupo como foi orientado apresento o seu plano analitico
aonde foi debatico na plataforma whatspp.

NB. Os planos analiticos de Educação Fisica de todos grupos se encontram-se no anexo.


11

2.4. Plano Quinzenal


Depois da apresentação e debate dos planos analiticos em Grupo, de seguido teve a orientação da
docente para elaboração de Plano Quinzenal de Educação Física apartir dos mesmo grupos,
fomos orientador para elaborar apartir das Unidades Tematicas " Ginástica de base e
Atletismo" apartir do programa de ensino básico 3º Ciclo concretamente na 6ª Classe. Os
planos Quinzenais foram apresentados pelos mesmos grupos e debatidos pelos respectivos grupos
na plataforma whatspp.

NB. Os planos Quinzenais de Educação Fisica de todos grupos se encontram-se no anexo.

2.5. Debate sobre a integração do gênero nas aulas de Educação física.


Depois do termino da apresentação e debates dos planos quinzenais em grupo na plataforma
whatspp, a docente disponibilizou na plataforma CEDIS o tema "a integração do gênero nas aulas
de Educação física", onde a docente informou no whatspp que estaria aberto um chat de debate
na plataforma CEDIS, o tema em questão foi debatido no chat.

Depois do debate a docente disponibilizou um fórum na plataforma CEDIS onde estaria os


apontamentos sobre a integração do gênero nas aulas de Educação física" os apontamentos
foram:

2.5.1. Integração de meninos e meninas nas actividades que envolvem Educação física


escolar.

A Educação física no seu início privilegiava apenas os homens, pois o seu objectivo era manter
os corpos saudáveis para poder defender a sua pátria em caso de guerra, e posteriormente para o
desporto de rendimento, enquanto as mulheres competiam apenas nas actividades simples, como
o dever de cuidar da casa e dos filhos. Essa mentalidade durou até algumas décadas atrás, e
depois da ditadura a educação teve um grande avanço, incluindo a Educação Física
(SILVA,2006).

Em 1961 foi criada a primeira LDB, instituindo uma Educação Física obrigatória e mas
igualitária para os homens e as mulheres. Essa igualdade ficou mais forte devido ao puder de
12

expressão das mulheres com as mobilizações feministas e defesas de direitos


iguais(BRASIL,1997).

Geralmente a divisão pôr gênero reforça a concepção de aulas de Educação Física tecnicista,
facilitando ao professor a organização o desenvolvimento da aulas, evitando possíveis
ocorrências de conflitos entre meninos e meninas durante as práticas dos conteúdos, esse método
onde se enfatiza a competição e o rendimento pode também dificultar a troca de experiências que
poderia acontecer entre ambos nestas aulas.

De acordo com Cembranel(2000), desta maneira, os alunos que não apesentam habilidades para
determinado desportos geralmente são excluídos dos jogos e permanecem o resto da aula fazendo
outras actividades. Acreditarmos que desta forma o professor, juntamente com a escola, pode
estar colaborando para a naturalização da divisão sexista da própria sociedade, ou seja,
contribuindo para uma formação educacional, machista e preconceituoso.

A oferta de turmas mistas favorece uma melhor aceitação de diversidade que existe na sociedade
contemporânea. A escola é um dos espaços formativos que pode/dever minimizar os efeitos dos
valores discriminatórios advindos do contexto social em que circulam os meninos e as meninas.

Abreu (1990) adota a teoria de que a separação de turmas pôr sexos nas aulas de Educação Física
é uma atitude sexista. Vejo que na prática tecnicista quanto na prática humanista do profissional
de Educação Física, existem discriminações.  Esses são disfarçadas com a simples separação das
turmas em grupos feminino e masculino. Convém observar que quando falo em
descriminação não é só em relação às meninas; mas também os de uma atitude discriminatória a
ambos sexos, uma vez que se espera do menino atitudes preestabelecidas[...] Tanto meninos
quanto as meninas irão preferir esta divisão, pois já estão impregnados de valores
discriminatórios advindos de condicionantes sócias (p.13-14).

Acreditarmos que turmas mistas favorecem para uma melhor integração, convívio social, respeito
ao outro, e a convivência com a diversidade existente na sociedade.

Para Saraiva (1999), partir da sociedade industrial, as mulheres eram desprovidas de vantagens,
mi campo produtivo e no desporto, sendo que eram privadas de chances e oportunidades em
13

participar de eventos e práticas desportivas, pois os preconceitos culturais colocaram o sexo


feminino como debilitado e o desporto e trabalho prejudiciais à saúde da mulher.  Actualmente,
muitas vezes o sexo feminino continua sendo visto como debilitado, já que as mulheres devem
ser frágeis e delicadas. Elas jogam, lutam, correm, mas em menor intensidade que os meninos,
visto que devido às características biológicas inerentes ao ser humano, os meninos são mais fortes
que as meninas. Contudo, o que se objetiva na Educação Física Escolar não proporcionar, para
meninos e meninas, o contato com as diferentes manifestações de cultura corporal do movimento
e, a partir destas manifestações oferecer aos estudantes diferentes situações educacionais, como o
convívio com as diferenças.

2.6. Debate do tema "Situações de aprendizagem dos desportos colectivos, danças e jogos
tradicionais".
Depois do debate e a exposição dos apontamentos do tema "a integração do gênero nas aulas
de Educação física". A docente disponibilizou outro tema de debate "Situações de
aprendizagem dos desportos colectivos, danças e jogos tradicionais". O tema em questão foi
debatido no Chat aberto no CEDIS.

2.7. Debate sobre os elementos da planificação de uma aula de Educação física.


Depois do debate do tema "Situações de aprendizagem dos desportos colectivos, danças e jogos
tradicionais". A docente informou na plataforma whatspp que teríamos outro debate com o tema
"elementos da planificação de uma aula de Educação física". O tema em questão foi debatido
no Chat aberto no CEDIS.

Depois do debate a docente disponibilizou um fórum na plataforma CEDIS onde estaria os


apontamentos sobre "elementos da planificação de uma aula de Educação física" os
apontamentos foram:

2.8. Elementos de planificação da aula de Educação Física 


1- Unidade  Temática 

2- Tema Específico  e Conteúdo  de aula

3- Objectivos
14

4- Desenvolvimento  e Metodologia ( descreve a aula,o ensino que vamos usar)  Educação Física
divide se em três partes que são:

1. Parte: É  o momento inicial da aula, pode ser um aquecimento ou  uma apresentação  do
sobtema ou conteúdo  que será trabalhado 

2. Parte: É  a principal da aula,  onde os conteúdos  serão trabalhados.  Nesse momento ficará
claro  sua metodologia  de ensino.

3.Parte: É a parte final da aula. Se for uma aula prática, pode ser uma actividade de " volta a
calma" para diminuir a agitação  e a frequência cardíaca, pode ser uma roda de conversa sobre os
conteúdos trabalhados  na aula, seja criativos e faça  relevante para aumentar o interesse dos
alunos.

5- Recursos  e Meteriais

Deve listar o espaço  e os recursos materiais necessários  para realização  da aula. É  importante
conhecer bem a realidade da sua escola para que tudo esteja interligado, o conteúdo, os
objectivos  e o recurso devem estar de acordo com a realidade da sua escola.

6- Avaliação

Deve descrever  de que forma você  vai avaliar se os objectivos de aprendizagem  estão  sendo
alcançados.  Dividir os objectivos  de aprendizagem  em:

- Conceituais ( saber  sobre)

- Procedimentais (saber fazer)

- Atitudinais  ( saber ser e conhecer) vai te ajudar a escolher as melhores  formas de avaliar se os
alunos estão  alcançando  os objectivos  propostos. 

7- Duração  de cada aula


15

Nessa parte de planejamento da sua aula você deve pensar no tempo de duração de cada parte de
aula, não  apenas na aula como um todo, já que isso já  é predeterminado.  Você deve dar a
devida atenção a essa parte do planejamento,  pois se o desenvolvimento da sua aula  não couber
dentro do tempo estabelecido.  Seus objectivos de aprendizagem serão prejudicados.  

Síntese 

1- Unidade Temática 

2- Tema Específico e Conteúdo 

3- Objectivos 

4- Desenvolvimento e Metodologia 

5- Recursos e Matérias 

6- Avaliação  de  Aprendizagem 

7- Duração  da aula

2.8. Elaboração de planos de aulas


Depois do debate do tema "elementos da planificação de uma aula de Educação física". A
docente pediu para elaborar um plano de aula de Educação Fisica individual das unidades
temáticas: "exercicio de organização e controlo e Atletismo". O plano de aula foi enviado na
plataforma CEDIS no fórum de elaboração de plano de aula.

NB. O meu plano de aula individual com a unidade tematica "atletismo" com o tema "Corridas
em grupos ao sinal do professor, da 3ª Classe". Encontra-se no anexo.

2.9. Tarefa individual


Na tarefa individual que foi na verdade um teste a docente pediu que elabora-se um plano de aula
de educação física da 6 e 7 classes com as unidades temáticas "Atletismo e exercicio de
organização". Que foi enviado na plataforma CEDIS no dia 2 de Junho de 2020.
16

2.10. Exposição de material didático alternativos


Na exposição de material didático alternativos foi orientado pela docente que cada estudante
deveria montar a sua oficina pedagógica de material didático alternativos, e explicar cada
instrumento qual é a sua função, para se submeter até 18h do dia 12 de junho de 2020. Para cada
estudante deveria tirar uma foto com o seu material didático alternativos e enviar na plataforma
CEDIS, não se esquecer de explicar o funcionamento de cada um. No mínimo, cada estudante
deve elaborar 5 objectos.

2.10.1. Exposição do material didáctico nas oficinas pedagógicas

Material didático alternativo para aula de


Futebol 11:

Nessa aula de futebol 11 material didático


alternativo será bola.
Material didático alternativo para
aula de corrida de saco:

Os alunos iram realizar pulinhos dentro


do saco.
17

Material didático alternativo para aula


de Corrida de Estafeta:

Para essa aula será usado quatros


pauzinhos.
18

Material didático alternativo para aula de


Salto em altura (estilo tesoura):

Nessa aula será usado dois paus com a corda


marrada em cada paus numa distancia de 5
metro.

Material didático alternativo para


aula de Jogo tradicional vulgo mata
mata na minha língua materna chama
de Cheia:

Esse jogo consiste em colocar área na


garrafa enquanto duas pessoa tentam ti
bater com a bola.
19

3. Referencias Bibliográficas
ALTAMANN, Helena. Educação Física Escolar: Relações de Género em Jogo, Cortez, São
Paulo, 2015.
CORSINO, Luciano; AUAD, Daniela O Professor diante das Relações de Género na Educação
Física Escolar. São Paulo, Cortez, 2012 (Colecção Educação e Saúde, Volume 7).
PIRES, Giovani, NEVES, Annabel. O Trato com o conhecimento do Esporte na Formação em
Educação Física: Possibilidades para a sua transformação didáctico-Metodológica, in KUNZ,
Elenor (Org). Didactica de Educação Física II, 4a edição, Unijui, 2012;
MOÇAMBIQUE. PLANO CURRICULAR DO ENSINO BÁSICO. Programa do Ensino
Básico, 3º ciclo (6ª e 7ª classe). INDE/MINED, 2003.
Programas de ensino Básico.
20

4. Anexos

ANEXOS

Você também pode gostar