Você está na página 1de 2

1

Questões de Economia de Empresas - Segunda Lista

1. Conceitue custo fixo e custo variável.


2. Conceitue custo fixo médio, custo variável médio e custo marginal. Diferencie o custo marginal do custo médio.
3. Por que o custo fixo médio é sempre decrescente no curto prazo?
4. Por que o custo variável médio e o custo médio aumentam quando o custo marginal torna-se maior do que eles? Em
outras palavras, por que a curva de custo marginal corta as curvas de custo variável médio e custo médio em seus
mínimos?
5. Suponha uma empresa com a seguinte estrutura de custos.

PRODUÇÃO (sc de 60 kg) CUSTO TOTAL (R$)


0 10.000
1.000 15.000
2.000 25.000
3.000 40.000
4.000 60.000
5.000 85.000
6.000 120.000

a) Qual é o custo fixo total da empresa? Quais são os custos variáveis, os custos variáveis médios, os custos
totais médios e os custos marginais?
b) Quanto deste produto a empresa deveria produzir para maximizar o lucro se o preço de mercado fosse de R$
20,00 por saco de 60 kg?
c) Qual é o lucro máximo obtido?
d) Quais seriam a produção e o lucro máximo se o preço aumentasse para R$ 25,00?
e) Quais seriam a produção e o lucro máximo se o custo fixo aumentasse em R$ 5.000? Compare com a
situação anterior.
f) Determine a curva de oferta da empresa.
g) Se 100 empresas idênticas estiverem atuando no mercado, qual será a curva de oferta do setor?
6. Por que uma empresa incorrendo em prejuízos optaria por continuar a produzir, em vez de encerrar suas
atividades? (Pindyck & Rubinfeld)
7. Suponha que a função de custo total de uma empresa em concorrência perfeita seja dada por CT = Q3 – 8Q2
+ 30Q + 5. (Pindyck & Rubinfeld)
a) Calcule o custo variável, o custo fixo, o custo médio, o custo variável médio, o custo fixo médio e o custo
marginal.
b) Calcule a produção que minimize o custo variável médio. Qual é o valor do CVMe a esse nível de
produção?
c) Suponha que o preço seja R$ 14,00. Qual é a produção que maximiza/minimiza o lucro/prejuízo? Qual é o
valor do lucro/prejuízo nesse nível de produção?
d) Qual é o menor preço aceitável por essa empresa para que ela continue operando no curto prazo. Por
que?
e) Identifique a curva de oferta da empresa. (segmento do CMg)
f) Para um preço de R$ 40,00, calcule a produção que maximiza o lucro dessa empresa. Qual é o valor
desse lucro?
8. Por que no longo prazo os lucros extras desaparecem para as empresas que operam em concorrência
perfeita?

1
2

9. Suponha que uma empresa operando em um mercado competitivo se defronte com um aumento na demanda
por seu produto. Como as empresas desse mercado reagiriam no curto prazo? O que correria com o nível de
produção desse produto?
10. Recentemente o Brasil ganhou uma disputa com os EUA na OMC a respeito dos subsídios concedidos por
esse país aos seus produtores de algodão. A OMC autorizou o Brasil a aplicar tarifas sobre bens e serviços dos
EUA. Os EUA reagiram dizendo que isso não seria necessário, pois iriam reduzir seus níveis de subsídios.
Demonstre graficamente (a) qual seria o impacto das eventuais tarifas brasileiras sobre produtos importados
dos EUA no mercado doméstico desses produtos e (b) qual seria o impacto da redução dos subsídios
americanos sobre o mercado de algodão. Utilize as curvas de oferta.
11. Quais fatores afetam a demanda e a oferta de um bem ou serviço? Explique e represente graficamente o
efeito destes fatores sobre os preços e quantidades que mantêm o mercado em equilíbrio.
12. O que são economias de escala? Quais são os principais fatores que determinam economias de escala?
13. Explique a diferença entre economias de escala e economias de escopo.
14. O quadro abaixo apresenta o volume de captação de leite, em mil litros, para os anos de 2001 a 2005.
a) A partir dos dados de 2005, calcule o RC4, o RC2.
b) Suponha que as 14 empresas abaixo sejam responsáveis pelo volume total de leite captado no mercado.
Calcule o HHI para 2005. Classifique esse mercado a partir do HHI encontrado.

Empresas ** 2001 2002 2003 2004 2005


Total Inspecionado 13.212.710 13.221.307 13.627.205 14.494.797 16.284.267
1.DPA 1 1.425.628 1.489.029 1.500.179 1.509.067 1.708.000
2.Itambé 3 832.000 732.000 750.000 829.500 1.005.000
3.Elegê 2 782.141 711.335 671.780 717.707 841.549
4.Parmalat 1 941.490 947.832 840000 406.688 591.847
5.CCL 3 367.213 268.385 309.540 338.437 360.124
Total 5 maiores 4.348.472 4.148.581 4.071.499 3.801.399 4.506.520
% do total inspecionado 32,9% 31,4% 29,9% 26,2% 27,7%
6.Embaré 2 180.081 192.378 218.687 256.398 306.249
7.Laticínios Morrinhos 2 207.031 210.572 191.782 252.702 299.444
8.Centroleite 3 220.533 213.503 261.230 229.135 268.268
9.Sudcoop 3 209.070 230.952 226.016 261.099 266.261
10.Confepar 3 102.664 109.239 115.834 189.308 262.233
11.Batávia 3 225.659 165.276 232.311 209.893 224.561
12.Lider Alimentos 2 220.000 163.766 129.177 151.482 202.679
13.Danone 1 247.487 272.236 225.033 200.737 196.399
14.Grupo Vigor 2 209.743 154.158 153.145 196.425 191.922
Total 14 maiores 6.170.740 5.860.661 5.824.714 5.748.578 6.724.536
% do total inspecionado 46,7% 44,3% 42,7% 39,7% 41,3%

15. Explique o método de determinação de preço por mark up em mercados de oligopólio.


16. Suponha que uma firma oligopolista atenda o mercado com um nível de produção de 300 unidades e tenha o
custo total determinado por CT= 4Q2 + 18000. Qual deveria ser o preço cobrado pelo seu produto,
considerando a firma adota um mark up de 15%? Qual é o lucro médio dessa empresa nessas condições?
17. Identifique os fatores que impedem a entrada de concorrentes em mercados (barreiras à entrada) e explique
o seu papel na formação de oligopólios.

Você também pode gostar