Você está na página 1de 3

Correção da Prova escrita de Português, 7.

º ano [EI] (Para)Textos

Correção da Prova escrita de Português


7.º ano
Fevereiro de 2019

GRUPO I

Transcrição do texto ouvido:

Impressões digitais

No post de hoje vamos falar sobre impressões digitais, sabes o que são?
Então vamos investigar!

Sabias que… podemos encontrar a nossa impressão digital na ponta dos nossos
dedos? São aqueles desenhos formados por pequenas elevações da pele, que se
chamam papilas.

Sabias que… apesar de existirem milhares de pessoas no mundo, existe uma


característica que é sempre diferente em todos os indivíduos: a impressão digital. Nem
os gémeos têm impressões digitais iguais!

Sabias que… por esta característica ser tão exclusiva, é utilizada em documentos de
identificação como no caso do Cartão do Cidadão?

Sabias que… as impressões digitais são usadas para identificar as pessoas que
cometem crimes? Ao tocarmos em objetos deixamos as nossas impressões digitais
neles, por isso, a polícia quando está a investigar vai procurar impressões digitais para
conseguir identificar a pessoa mais rapidamente!

Sabias que… um papiloscopista é uma pessoa cujo trabalho é identificar uma


impressão digital? Ele analisa e compara as impressões disponíveis, identificando o
dono de cada uma delas.

Sabias que… a impressão digital resulta da influência genética, dos movimentos que
os bebés fazem na barriga da mãe?

Sabias que… as nossas impressões digitais começam a ser desenvolvidas quando


ainda estamos na barriga das nossas mães? É logo por volta dos três meses.

Agora que já sabes mais algumas coisas sobre impressões digitais, está na altura de
pores os teus conhecimentos em prática e tornares-te no papiloscopista de tua casa.
Experimenta o kit de Impressões Digitais – Investigação Criminal e começa as tuas
investigações!

in https://blog.science4you.pt/curiosidades/impressoes-digitais/
(adaptado, consult. 26/01/2019)

Página 1 de 3
PT7 © Porto Editora
Correção da Prova escrita de Português, 7.º ano [EI] (Para)Textos

GRUPO I

1.1. A
1.2. B
1.3. C
1.4. B
1.5. A

GRUPO II

Texto A

1.1. B
1.2. B
1.3. A
1.4. B
1.5. B

2. B

Texto B

3.1. A
3.2. A
3.3. B
3.4. A

4. A. moinhos;
B. gigantes;
C. perspetivas.

GRUPO III

1. A. ventoso, ventania
B. cata-vento, guarda-vento

2. A – 2; B – 1; C – 1; D – 2.

3.1. B
3.2. A
3.3. B
3.3.1. B

4.1. São gigantes porque ele os vê. / Vê gigantes porque são gigantes.

Página 2 de 3
PT7 © Porto Editora
Correção da Prova escrita de Português, 7.º ano [EI] (Para)Textos

Grupo IV
Sugestão de resposta:

Sancho Pança tem, obviamente, razão. A prova, dolorosa, de que D. Quixote


confundira a realidade com os seus sonhos de grande cavaleiro que derrota os seus
inimigos está nas duas costelas e nos três ou quatro queixais que as pedradas dos
pastores danificaram seriamente.
Conclui-se que o que leva D. Quixote a fazer o que fez é o sonho ou a loucura.
Eu, se eu fosse D. Quixote, tinha aprendido a lição. É que ter duas costelas partidas e
dentes quebrados é uma lição agressiva para o mais iludido. E seguiria os conselhos
do meu fiel Sancho Pança!

(98 palavras)

Página 3 de 3
PT7 © Porto Editora