Você está na página 1de 20

DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F

194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

SUMÁRIO DO CONTRATO DE LOCAÇÃO


A) Condições do Imóvel: O LOCATÁRIO declara ter previamente visto o imóvel, suas características e estado de
conservação e está completamente de acordo em alugá-lo nessas condições.

B) Vistoria: Uma vez notificadas a respeito da disponibilização da Vistoria inicial ou final, as Partes terão o prazo de
5 (cinco) dias para revisar o Laudo de Vistoria, compará-lo com o estado do IMÓVEL e manifestar-se, por escrito e
com fotos que comprovem qualquer divergência a ser apontada. ​Caso as partes não se manifestem no prazo
indicado nesta Cláusula, será entendida como aceitação tácita e integral do Laudo de Vistoria Inicial apresentado
pelo QUINTOANDAR.

C) Aluguel: O LOCATÁRIO é responsável pelo pagamento do aluguel e dos valores equivalentes aos encargos
locatícios, ​com vencimento no dia 07 de cada mês, e referentes ao mês vigente. Se o imóvel estiver em
condomínio, ver as disposições das cláusulas ​3.11​. e subsequentes. Caso o LOCATÁRIO não receba o boleto, ele
deverá contatar o QUINTO ANDAR e solicitar a 2ª via do boleto antes do vencimento. ​Os aluguéis serão
cobrados a partir da data informada para início da locação no Quadro Resumo e é a partir desta data que o
LOCATÁRIO poderá entrar no imóvel.

D) Condomínio: O LOCATÁRIO é responsável pelo pagamento do valor integral do condomínio, caso exista,
diretamente à administradora ou síndico. Caso no mesmo boleto exista a cobrança de valores extraordinários de
condomínio, o LOCATÁRIO efetuará o pagamento e será reembolsado mediante abatimento na fatura do aluguel,
nos termos e condições das cláusulas ​3.15​ e subsequentes.

E) Mudança: O LOCATÁRIO está ciente que caso o imóvel esteja em condomínio, deverá acordar diretamente com
a administradora do condomínio ou com o síndico do prédio sobre as condições para a realização da mudança.

F) Serviços de Utilidade Pública: Caso os serviços de utilidade pública, tais como o fornecimento de luz, água,
entre outros, estejam indisponíveis, será responsabilidade do LOCATÁRIO fazer a contratação destes serviços.
Além disso, deverá o LOCATÁRIO, no início da locação, fazer a transferência das titularidades das contas de
consumo para seu nome ou para o nome de um dos moradores, nos prazos e sob pena das multas especificados na
Cláusula ​4​.

G) Seguro Contra Incêndio: O Locatário será responsável pelo pagamento do prêmio do seguro complementar
contra fogo. Consultar o site http://quin.to/seguroincendio para mais informações.

H) Reparos/Manutenções: O LOCADOR não tem a responsabilidade de reparar danos aparentes do imóvel


anteriores ao início da locação, ressalvados danos que afetem a habitabilidade do imóvel, mas a reparação destes
danos também não será de responsabilidade do LOCATÁRIO ao final da locação. Para a realização de qualquer
benfeitoria, deverá o LOCATÁRIO comunicar previamente o LOCADOR, por intermédio do QUINTOANDAR, e os
reembolsos somente serão feitos mediante expressa autorização do LOCADOR. Danos causados ao imóvel pelo
LOCATÁRIO deverão ser imediatamente reparados por este, nos termos do art. 23, V, da Lei do Inquilinato. Para a
descrição completa das condições para a realização de reparos, consultar a cláusula ​7​.

I) Rescisão: pelo LOCATÁRIO: nos ​primeiros 12 (doze) meses​: com multa. ​Após os primeiros 12 meses​: sem multa,
desde que respeitado o aviso prévio com 30 dias de antecedência. Para mais informações, ver cláusula ​10​. ​Pelo
LOCADOR​: não pode rescindir, exceto ao final do prazo de vigência deste Contrato e nos casos previstos no art. 9º
da Lei do Inquilinato.

J) Desistência: O presente contrato é celebrado em caráter irretratável e irrevogável, vedado o arrependimento de


ambas as Partes e admitida a sua rescisão apenas nos casos previstos em lei e neste Contrato. A desistência pelo
locatário, conforme prevê a Lei do Inquilinato, implica na multa da Cláusula ​10.3​.

Página 1 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

_stakeholder_vertical_initial_placeholder_
K) Devolução do Imóvel: O LOCATÁRIO deverá notificar o QUINTOANDAR previamente para que realize a vistoria
de saída, com o objetivo de comprovar a devolução do imóvel ​exatamente nas mesmas condições em que o
recebeu. Deverá comprovar ainda​, finda a Locação, que inexistem débitos em relação ao condomínio e às contas
de consumo durante o período da locação e deixar o imóvel livre de pessoas e objetos seus. Ver especificações na
Cláusula ​11​ do Contrato.

L) Cadastro na Plataforma do QUINTOANDAR: As Partes obrigam-se a manter os registros (telefone, e-mail,


endereços) fornecidos ao QUINTOANDAR atualizados e atentar-se para que as comunicações do QuintoAndar não
caiam na caixa de “lixo eletrônico”. São por eles que notificações extrajudiciais ou judiciais serão feitas, e cada
Parte poderá ser responsabilizada caso seu registro não seja o mais atual. Ver Cláusula ​14​ do Contrato.

Página 2 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

CONTRATO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL


Pelo presente instrumento (o ​“Contrato”​), o LOCADOR e o LOCATÁRIO, ambos identificados no Quadro Resumo ao
final deste documento (em conjunto, as ​“Partes” e, individualmente, uma ​“Parte”​), têm entre si, justo e
contratado, a locação do imóvel identificado no Quadro Resumo (o ​“IMÓVEL”​) ao LOCATÁRIO (a ​“Locação”​). A
Locação será regida pelas leis 8.245/91 ( ​“Lei do Inquilinato”​) e 10.406/02 ( ​“Código Civil”​) e pelas seguintes
cláusulas e condições:

1. DA ADMINISTRAÇÃO DA LOCAÇÃO
1.1. A Locação, intermediada pelo QUINTOANDAR SERVIÇOS IMOBILIÁRIOS LTDA, (“QUINTOANDAR”) e pelos
corretores associados. Por sua vez, a Locação será administrada pelo QUINTOANDAR, identificado no Quadro
Resumo, o qual atuará como facilitador da relação entre as partes, devendo ser, obrigatoriamente, o único
ponto de contato entre locador e locatário para todos os assuntos relacionados a esta locação através dos
canais de atendimento indicados no Quadro Resumo, enquanto administrar a locação, sem prejuízo de outras
funções atribuídas ao QUINTOANDAR neste Contrato.

  CONDIÇÕES INICIAIS DA LOCAÇÃO


2.
 
2.1. O IMÓVEL deverá ser utilizado pelo LOCATÁRIO para fins exclusivamente residenciais, sendo-lhe
expressamente vedado alterar, mesmo que parcialmente, a destinação do IMÓVEL ora locado.

 
2.2. O LOCATÁRIO não poderá ceder, sublocar ou de qualquer outra forma transferir este Contrato ou qualquer
de seus direitos e/ou obrigações decorrentes deste.

 
2.3. O LOCADOR deverá entregar o IMÓVEL ao LOCATÁRIO livre de impedimentos, em estado de servir ao uso a
que se destina e deverá mantê-lo livre e desembaraçado de quaisquer ônus durante todo o prazo da Locação,
incluindo as eventuais renovações. O LOCATÁRIO, por sua vez, compromete-se a, finda a locação, devolver o
imóvel inteiramente desocupado e no mesmo estado em que o recebeu, nos termos da Vistoria Inicial do
imóvel, sob pena de incorrer em infração contratual e ser responsabilizado em indenizar o LOCADOR pelas
despesas com os reparos, nos termos da Cláusula ​11​.

VISITAS PRÉVIAS E VISTORIA:


 
2.4. ​O LOCATÁRIO declara (a) ter previamente visitado o IMÓVEL para verificar suas características e estado
de conservação, bem como ter se informado, junto ao condomínio, da existência, disponibilidade e
características de seus eventuais acessórios como vagas de garagem e depósito, (b) ter ciência de que o
funcionamento das vagas de garagem e demais acessórios do imóvel dependem da administração e regras
de cada condomínio e (c) estar inteiramente de acordo em alugá-lo nessas condições.
_stakeholder_vertical_initial_placeholder_
 
2.5. O QUINTOANDAR vistoriará o IMÓVEL e disponibilizará em sua plataforma online, na data de início da
locação, o Laudo de Vistoria Inicial. As partes serão notificadas por e-mail ou pelo aplicativo do QUINTOANDAR,
e terão 5 (cinco) dias, contados da data de início da locação, para revisar o Laudo de Vistoria Inicial, compará-lo
com o estado do IMÓVEL e manifestar-se; por escrito e com fotos que comprovem qualquer divergência a ser
apontada. ​Caso as partes não se manifestem no prazo indicado nesta Cláusula, será entendida como
aceitação tácita e integral do Laudo de Vistoria Inicial apresentado pelo QUINTOANDAR.

 
2.6. As Partes reconhecem que o único objetivo da elaboração do Laudo de Vistoria Inicial é o registro e prova
da situação do IMÓVEL no momento do início da locação, a fim de possibilitar uma comparação com o seu
estado na data de devolução do IMÓVEL, nos termos da Cláusula ​11​. ​Dessa forma, o Laudo de Vistoria Inicial,
que será de acesso exclusivo do LOCADOR e LOCATÁRIO, não constitui requisito para a decisão do

Página 3 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

LOCATÁRIO em celebrar ou não o presente contrato, nem obriga o LOCADOR a reparar quaisquer dos vícios
ali apontados, uma vez que o LOCATÁRIO visitou ou teve a oportunidade de visitar o IMÓVEL anteriormente,
e negociou e o aceitou nestas condições.

MUDANÇA:
 
2.7. ​Caso os serviços de utilidade pública, tais como o fornecimento de luz, água, telefone, entre outros,
esteja indisponível, será obrigação do LOCATÁRIO realizar a contratação destes serviços. Caso a religação seja
impossível por conta de alguma pendência anterior à locação, serão aplicadas as disposições da Cláusula ​4.3​.

 
2.8. O LOCADOR deve disponibilizar ao Locatário todos os itens para acessar o imóvel e seus acessórios,
incluindo mas não se limitando às chaves de acesso ao imóvel, controles de garagem (na quantidade do
número de vagas anunciadas) e chaves de depósito, se houver, até a data da mudança. Caso não seja
disponibilizado, o QUINTOANDAR poderá autorizar o LOCATÁRIO a obtê-los por meio da apresentação de pelo
menos 3 (três) orçamentos, ressalvados os casos em que a realização de cópias das chaves de acesso seja
realizada somente junto ao condomínio ou a uma empresa específica, descontando o valor do orçamento mais
barato do adiantamento do aluguel ao LOCADOR, no menor prazo possível, mediante apresentação, pelo
LOCATÁRIO, de comprovação de pagamento. Todos os itens de acesso serão de propriedade do LOCADOR,
devendo o LOCATÁRIO restituí-los ao final da locação.

PARA IMÓVEIS SITUADOS EM CONDOMÍNIOS:


 
2.9. O QUINTOANDAR fornecerá ao LOCATÁRIO o nome do condomínio e as informações de contato de seu
respectivo administrador. ​O LOCATÁRIO, por sua vez, está ciente que deverá acordar diretamente com a
administradora do condomínio ou com o síndico sobre as condições para a realização da mudança para o
imóvel ou do imóvel, garantindo estar de acordo com as regras internas do condomínio. A data estabelecida
para a mudança não alterará a vigência do presente contrato.

 
2.10. O LOCATÁRIO deverá cumprir todas as convenções e regulamentos do condomínio, devendo providenciar
junto à administração do condomínio, dentro de 5 (cinco) dias contados do início da vigência, cópias
atualizadas de tais convenções e regulamentos, para sua ciência e dos demais moradores do IMÓVEL.

 3. ALUGUEL E ENCARGOS DA LOCAÇÃO

 
3.1. O LOCATÁRIO é responsável pelo pagamento do Aluguel e pelo valor equivalente aos Encargos Locatícios
determinados no presente contrato, que incluem o Imposto Predial e Territorial Urbano (o “IPTU”), o Seguro
Contra Incêndio e as despesas ordinárias exigidas pelo condomínio, caso existam, todos especificados no
Quadro Resumo, bem como despesas de consumo, de contratação facultativa, ou multas aplicadas pelo
Condomínio. O LOCADOR, por sua vez, será responsável pelas despesas extraordinárias de condomínio, caso
existam, e por eventuais outros tributos e taxas exigidos pelo poder público que incidam ou venham a incidir
sobre o IMÓVEL e que não estejam incluídos nos Encargos Locatícios.

 
3.2. Os valores do Aluguel e dos Encargos Locatícios serão cobrados em relação ao período compreendido
entre o primeiro e o último dia do mês. Caso o início e/ou término da Locação ocorram em uma data
intermediária, o valor a ser pago no primeiro e/ou no último mês será calculado proporcionalmente.

ALUGUEL E SEGURO CONTRA INCÊNDIO


 
3.3. ​O pagamento do Aluguel, do IPTU e do Seguro Contra Incêndio deverá ser feito até o dia 07 (sete) do
mês vigente (a “Data de Vencimento”), respeitada a exceção da cláusula ​3.5​. Os valores cobrados serão
referentes ao mês vigente da locação (cobrança do mês a vencer), e os encargos locatícios pagos/adiantados
serão referentes ao mês de seu vencimento. A Data de Vencimento não será prorrogada em nenhuma
hipótese, ainda que seja sábado, domingo ou feriado, devendo, neste caso, o LOCATÁRIO efetuar o pagamento
até o próximo dia útil posterior à Data de Vencimento.

Página 4 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

 
3.4. A cobrança do aluguel, do IPTU e do Seguro Contra Incêndio será feita conjuntamente em um mesmo
boleto, enviado mensalmente pelo QUINTOANDAR para o e-mail do LOCATÁRIO cadastrado no site do
QUINTOANDAR, até 5 (cinco) dias antes da data de vencimento, sendo este o único meio de pagamento aceito
pelo QUINTOANDAR. O boleto também estará disponível ao LOCATÁRIO na plataforma do QUINTOANDAR. O
não recebimento do boleto não isenta o LOCATÁRIO das penalidades por atraso no pagamento, sendo
obrigação do LOCATÁRIO contatar o QUINTOANDAR e solicitar a 2ª via do boleto em tempo. O LOCATÁRIO
somente poderá efetuar o pagamento de forma diversa da indicada nesta Cláusula se expressa e previamente
autorizado pelo QUINTOANDAR, sob pena de não reconhecimento do pagamento, não quitação das
respectivas obrigações e consequente tomada das medidas judiciais cabíveis. Em nenhuma hipótese será
aceito o recebimento de valores no local do IMÓVEL.

 
3.5. ​Exclusivamente no primeiro mês de vigência da Locação, conforme especificado no Quadro Resumo, o
LOCATÁRIO terá a primeira cobrança efetuada conforme as seguintes disposições:
(a) Se a locação iniciar entre os dias 1º e 20 do mês (inclusive), o LOCATÁRIO ficará responsável por pagar o
valor proporcional do aluguel e dos encargos locatícios, que já estarão incluídos no boleto enviado pelo
QuintoAndar, referentes ao mês vigente, após 5 (cinco) dias do início da vigência da locação;
(b) Se a locação iniciar após o dia 20 do mês, o locatário ficará responsável por pagar o valor proporcional do
aluguel e dos encargos locatícios, que já estarão incluídos no boleto enviado pelo QuintoAndar, no Dia 7 do
mês subsequente ao do início da locação. Neste caso, o Primeiro Vencimento compreenderá o valor
proporcional de aluguel e os valores equivalentes aos encargos locatícios do primeiro mês, bem como os
valores integrais de aluguel, IPTU e Seguro Contra Incêndio do segundo mês da locação.

 
3.6. O aluguel será reajustado automaticamente a cada 12 (doze) meses com base na variação mensal
acumulada dos últimos 12 (doze) índices publicados do indexador indicado no Quadro Resumo,
considerando-se as variações tanto positivas, quanto negativas, e sendo dispensado qualquer tipo de
comunicação prévia ao LOCATÁRIO pelo QUINTOANDAR. Caso tal indexador seja extinto ou considerado
legalmente inaplicável a este Contrato, as Partes estabelecem, desde já, que os valores fixados neste Contrato
passarão automaticamente a ser corrigidos por outro indexador oficial vigente, reconhecido e legalmente
permitido, dentre aqueles que melhor refletirem a inflação do período. Este novo indexador será definido de
comum acordo pelas Partes e deverá ser indicado em aditivo contratual.

 
3.7. As Partes concordam que, caso venha a ser admitida em lei o reajuste do aluguel em menor periodicidade
que a atual, o aluguel previsto neste Contrato será ajustado respeitando tal menor periodicidade, sendo
dispensada qualquer comunicação adicional ao LOCATÁRIO.

EXCLUSIVIDADE DA NEGOCIAÇÃO
 
3.8. Caso seja efetuada a solicitação de Exclusividade da Negociação pelo LOCATÁRIO, nos termos e condições
disponíveis no link http://quin.to/exclusividade, os valores eventualmente adiantados pelo LOCATÁRIO serão
utilizados como parte do pagamento do primeiro aluguel. Caso haja saldo remanescente, tal saldo será
utilizado para abater os valores devidos a título de aluguel no mês subsequente.

IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO (IPTU)


 
3.9. Os valores de IPTU correspondem ao valor total exigido anualmente pela Prefeitura Municipal, divido em
12 (doze) parcelas mensais. Os valores pagos pelo LOCATÁRIO serão repassados pelo QUINTOANDAR ao
LOCADOR, que assume a responsabilidade em (a) informar o QUINTOANDAR quando da alteração de valores a
serem cobrados do LOCATÁRIO, bem como (b) pagar o imposto diretamente à Prefeitura Municipal.

 
3.10. O LOCADOR obriga-se a enviar para o QUINTOANDAR o valor atualizado do IPTU do imóvel, anualmente e
antes de efetuada a primeira cobrança do IPTU do LOCATÁRIO. Caso o LOCADOR não envie o valor atualizado
do IPTU antes de ser efetuada a cobrança do LOCATÁRIO, e considerando que o LOCADOR é quem receberá
os boletos de cobrança em detrimento do LOCATÁRIO, o QUINTOANDAR efetuará a cobrança nos mesmos

Página 5 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

valores informados no exercício fiscal anterior ou estabelecidos no início da locação, conforme o caso. Dessa
forma, eventual divergência de valores será arcada pelo LOCADOR nos meses em que o IPTU não for
atualizado, os quais não serão exigidos retroativamente do LOCATÁRIO.

PARA IMÓVEIS SITUADOS EM CONDOMÍNIO:


 
3.11. ​Caso o Imóvel esteja situado ou passe a situar-se em condomínio, será de responsabilidade do
LOCATÁRIO efetuar o pagamento, diretamente ao condomínio, do valor total do boleto expedido pela
Administradora do Condomínio ou pelo Síndico. Caso no boleto do condomínio existam valores condominiais
de natureza extraordinária, deverá o LOCATÁRIO informar o QUINTOANDAR, nos termos e condições das
cláusulas ​3.15 e subsequentes, para receber o respectivo reembolso. Além disso, caso o LOCATÁRIO receba
quaisquer notificações ou intimações do condomínio, deverá encaminhá-las ao QUINTOANDAR no prazo de
2 (dois) dias, contados de seu recebimento, sob pena de assumir a responsabilidade decorrente da ausência
de conhecimento do conteúdo da notificação pelo LOCADOR.

 
3.12. É de responsabilidade do LOCATÁRIO a obtenção do boleto de condomínio junto à Administradora do
Condomínio ou o Síndico do prédio dentro do prazo de vencimento. Caso estes se recusem a disponibilizar o
envio de boletos para o LOCATÁRIO, passará a ser de responsabilidade do LOCADOR efetuar o respectivo
pagamento e informar ao LOCATÁRIO mensalmente o valor exigido e a descrição das respectivas despesas, por
intermédio do QUINTOANDAR. A ausência do envio do valor pelo LOCADOR exigido pelo condomínio implicará
na cobrança do LOCATÁRIO do valor de referência do Contrato de Locação ou do último valor enviado,
conforme o caso. Neste caso, também serão aplicadas ao LOCADOR regras iguais àquelas sobre o informe de
despesas condominiais estabelecido nas Cláusulas ​3.16 e ​3.17​, substituindo-se os termos “LOCATÁRIO” por
“LOCADOR” e “extraordinária” por “ordinária”.

 
3.13. O LOCATÁRIO está ciente e de acordo que os valores dos Encargos Locatícios mostrados no Quadro
Resumo do presente contrato são de referência e estão sujeitos a alterações que fogem ao controle do
LOCADOR e do QUINTOANDAR, sendo integralmente responsável pelo pagamento das alterações de valor.

 
3.14. Não obstante o estabelecido nas cláusulas acima, os valores efetivamente devidos pelo LOCATÁRIO serão
os ​valores equivalentes às despesas ordinárias, conjuntamente das despesas de consumo condominiais e
eventuais multas aplicadas pelo Condomínio. Estas despesas podem incluir, mas não se limitam a: cota
condominial, fundo de manutenção, déficit orçamentário, encargos trabalhistas dos funcionários do
condomínio e contas de consumo cobradas na cota condominial, locação do salão de festas, uso da
churrasqueira, entre outros exemplificados no art. 23, parágrafo primeiro, da Lei do Inquilinato. O reembolso
de eventuais despesas extraordinárias de condomínio ocorrerá nos termos das cláusulas abaixo.

 
3.15. O LOCATÁRIO receberá o reembolso das despesas extraordinárias de condomínio pagas mediante o
abatimento dos valores devidos no boleto enviado pelo QUINTOANDAR, observadas as regras estabelecidas
abaixo e a política de datas de reembolso estabelecida na cláusula ​3.24​.

 
3.16. ​Caso haja a cobrança ou majoração do valor a ser pago a título de despesa extraordinária, o
LOCATÁRIO deverá informar o QUINTOANDAR no mesmo mês em que a cobrança for feita​, bem como se é
uma despesa recorrente condominial ou se é pontual, informando também, caso saiba, o número de meses
nos quais esta cobrança será efetuada. ​Caso o LOCATÁRIO não envie o valor atualizado da cobrança
extraordinária no mês em que ela foi exigida, e considerando que o LOCATÁRIO é quem receberá os boletos
de cobrança em detrimento do LOCADOR, o QUINTOANDAR efetuará a cobrança nos mesmos valores
informados no mês anterior ou estabelecidos no Quadro Resumo, conforme o caso. Dessa forma, eventual
divergência de valores será arcada pelo LOCATÁRIO nos meses em que o valor da despesa extraordinária não
for atualizado, os quais não serão reembolsados retroativamente pelo LOCADOR.

 
3.17. ​Caso haja redução do valor a ser pago a título de despesa extraordinária, o LOCATÁRIO deverá informar
o QUINTOANDAR no mesmo mês em que a cobrança for feita​, bem como se a minoração será recorrente ou

Página 6 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

se é pontual, informando também, caso saiba, o número de meses nos quais esta redução na cobrança será
efetuada. ​Caso o LOCATÁRIO não envie o valor atualizado da cobrança extraordinária no mês em que ela foi
exigida, e considerando que o LOCATÁRIO é quem receberá os boletos de cobrança em detrimento do
LOCADOR, o QUINTOANDAR efetuará a cobrança retroativa dos valores já abatidos no aluguel e serão
repassados ao LOCADOR. Dessa forma, eventual divergência de valores será arcada pelo LOCATÁRIO
referente aos meses em que o valor da despesa extraordinária não for atualizado.

 
3.18. Caso o LOCATÁRIO desconheça a natureza de uma obrigação condominial, ele deverá contatar a
Administradora do Condomínio ou Síndico, conforme o caso, e solicitar a confirmação de sua natureza, ​por
escrito​, dentro do mesmo prazo do mês em que a cobrança seja efetuada, informando o QUINTOANDAR caso
seja necessária a redução ou majoração dos valores reembolsados a título de despesa extraordinária. A
alegação de desconhecimento do LOCATÁRIO não será motivo para a não aplicação do disposto nas cláusulas
acima.

 
3.19. Caso seja aplicada multa condominial, o LOCATÁRIO será responsável por efetuar seu pagamento
diretamente à Administradora do Condomínio ou Síndico. Caso o QUINTOANDAR ou o LOCADOR efetuem o
pagamento da multa, o LOCATÁRIO ficará obrigado a reembolsá-los imediatamente. Neste caso, o LOCATÁRIO
somente irá se eximir do pagamento se negociar diretamente com o condomínio antes da fatura ser gerada, ou
caso esta já tenha sido gerada, assume a responsabilidade de pagar o valor cobrado no boleto do
QUINTOANDAR e então solicitar ao condomínio o reembolso ou abatimento do valor pago na fatura
subsequente. Dessa forma, eventuais alegações de questionamento extrajudicial ou judicial da multa junto ao
condomínio não serão consideradas pelo QUINTOANDAR.

 
3.20. Caso o LOCATÁRIO descumpra sua obrigação de pagar o boleto de condomínio, nos termos da cláusula
3.11​, e o QUINTOANDAR efetue o pagamento deste, a obrigação de pagamento do boleto de condomínio
naquele mês será convertida em obrigação de indenizar o responsável pelo pagamento nos valores
equivalentes às despesas de condomínio de responsabilidade do LOCATÁRIO eventualmente pagas, bem como
de todas as multas, despesas e penalidades aplicadas pela inadimplência, acrescidos da multa e agravantes
estabelecidos na cláusula ​3.27 pelo descumprimento deste Contrato. Neste caso, os valores pagos pelo
QUINTOANDAR serão exigidos retroativamente do LOCATÁRIO.

 
3.21. Não obstante o disposto na Cláusula ​3.11 e seguintes, o descumprimento da obrigação do pagamento do
boleto de Condomínio ensejará, a exclusivo critério e vontade do QUINTOANDAR, a alteração da
responsabilidade do pagamento do boleto de condomínio diretamente à administradora ou síndico. Caso estas
disposições sejam aplicadas, os valores devidos a título de despesas ordinárias, de consumo e/ou multas
condominiais serão cobradas do LOCATÁRIO pelo QUINTOANDAR conjuntamente da cobrança do aluguel, ou
mediante cobrança efetuada em separado específica para este fim.

 
3.22. O QUINTOANDAR poderá emitir a cobrança dos valores de condomínio ordinário em valores de
referência, obtidos: (a) com base na fatura de condomínio do mês anterior, ou (b) com base no valor de
referência estipulado no Quadro Resumo do presente Contrato. Caso estas disposições sejam aplicadas,
eventuais ajustes de valores a serem restituídos ou cobrados serão lançados na(s) próxima(s) fatura(s).

 
3.23.​ No último mês de vigência da locação, o pagamento do condomínio se dará da seguinte forma:
a) Se a locação se encerrar entre o dia 1 e 9 do mês, o LOCADOR será responsável pelo pagamento do boleto
de condomínio junto à Administradora ou Síndico, sendo reembolsado no próximo repasse do valor de
consumo e o proporcional das demais despesas ordinárias devidas pelo LOCATÁRIO. Caso nesta última fatura
de condomínio existam despesas de contratação facultativa pelo LOCATÁRIO, bem como a aplicação de multas
condominiais, o repasse destes valores ao LOCADOR ficará condicionado ao pagamento, pelo inquilino, dos
respectivos valores.

b) Se a locação se encerrar entre o dia 10 e o final do mês, o LOCATÁRIO será responsável pelo pagamento do

Página 7 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

boleto de condomínio junto à Administradora ou Síndico, tendo o valor das despesas extraordinárias e o
proporcional das despesas ordinárias descontados em sua fatura.
Em ambos os casos (a) e (b), o responsável pelo pagamento do condomínio deve providenciar o boleto junto à
Administradora do Condomínio no prazo de vencimento.

c) Caso o valor a ser reembolsado ao LOCATÁRIO, seja inferior ao valor de repasse ao LOCADOR, o LOCADOR
será responsável por pagar um boleto adicional, emitido pelo QUINTOANDAR que reembolsará o LOCATÁRIO
do valor pago a maior após o respectivo pagamento pelo LOCADOR, em uma data a ser definida.

DATAS DE REEMBOLSO:
 
3.24. Caso seja necessário efetuar algum desconto/reembolso na fatura a ser paga pelo LOCATÁRIO, a
solicitação deverá ser enviada ​com as condições para o desconto/reembolso totalmente preenchidas até o
dia 20 (vinte) de cada mês para que seja efetuado o desconto/reembolso na fatura do mês subsequente. Caso
o envio seja feito após esta data, o desconto será aplicado na fatura referente ao mês subsequente ao próximo
mês.

DISPOSIÇÕES GERAIS
 
3.25. O comprovante de recolhimento do boleto devidamente autenticado pela instituição financeira e
compensado na conta bancária do QUINTOANDAR é prova do pagamento e instrumento de quitação do
aluguel e dos Encargos Locatícios que estiverem expressamente nele indicados.

 
3.26. Havendo pagamento de valor inferior ao devido, ou feito após a Data de Vencimento, o comprovante
provará apenas o pagamento da quantia especificada na autenticação bancária e não implicará quitação do
débito, não se aplicando o disposto no artigo 322 do Código Civil, e ficando preservado o direito do LOCADOR
de cobrar do LOCATÁRIO a diferença apurada e os encargos moratórios.

 
3.27. Os aluguéis e Encargos Locatícios devidos e não pagos até a Data de Vencimento, incluída aqui a
obrigação de indenizar estabelecida na Cláusula ​3.20​, estarão sujeitos à multa de 10% (dez por cento) sobre o
valor total do débito, acrescido de juros de 1% (um por cento) ao mês e correção monetária calculada através
do indexador indicado no Quadro Resumo, ambos calculados pro ​rata die e incidentes desde a Data de
Vencimento até a data do efetivo pagamento. Caso seja feita a cobrança mediante um terceiro, serão incluídos
ainda os ​honorários de contratação deste, desde já fixados em 10% (dez por cento) na fase extrajudicial e 20%
(vinte por cento) na fase judicial/arbitral, os quais incidirão sobre o total do débito atualizado, incluindo
multas, juros e correção monetária.

 
3.28. As Partes estão cientes e de acordo que deverão exibir, ao QUINTOANDAR, e sempre que solicitado, os
comprovantes de pagamento de suas respectivas obrigações que recaiam sobre o imóvel, quer sejam
condominiais ou tributárias, no prazo máximo de 2 (dois) dias contados do envio de solicitação nesse sentido.

 4. DOS SERVIÇOS DE UTILIDADE PÚBLICA OU DE CONTRATAÇÃO FACULTATIVA

 
4.1. Os serviços de utilidade pública, ou os de contratação facultativa, tais como despesas de telefone, internet,
TV a cabo, energia, gás, água, lixo e esgoto e demais despesas referentes ao IMÓVEL, que não estejam incluídas
nos Encargos Locatícios, deverão ser pagas diretamente pelo LOCATÁRIO aos respectivos fornecedores.

TRANSFERÊNCIA DAS TITULARIDADES DAS CONTAS DE CONSUMO:


 
4.2.​ O LOCATÁRIO obriga-se a providenciar:

(a) A religação, ou ​transferência para seu nome, de todos os serviços pertinentes em até 10 (dez) dias
contados do início da vigência da Locação, arcando com as eventuais despesas decorrentes de tal religação
ou transferência.

Página 8 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

(b) ​O LOCATÁRIO deverá, ainda, no prazo de 40 (quarenta) dias contados do início da locação, apresentar,
através do aplicativo do QUINTOANDAR, cópias das cobranças dos serviços realizadas em seu nome ou a
confirmação da alteração da titularidade das contas.

 
4.3. Caso a religação ou transferência não seja possível em função de alguma pendência anterior à Locação, o
LOCADOR deverá quitar tais obrigações até a data de vigência da locação, ou em até 2 (dois) dias úteis
contados do recebimento de notificação nesse sentido. Caso o LOCADOR não se manifeste ou não tome
providências no prazo indicado nesta Cláusula, fica o LOCATÁRIO autorizado a quitar tais pendências e solicitar
reembolso ao QUINTOANDAR, que, por sua vez, fica autorizado a descontar o valor pago pelo LOCATÁRIO dos
aluguéis subsequentes, no menor prazo possível, mediante apresentação pelo LOCATÁRIO, dentro de 2 (dois)
dias úteis, a comprovação de pagamento e da solução dos problemas.

 
4.4. O Descumprimento pelo LOCATÁRIO do disposto na cláusula ​4.2 acarretará multa inicial de 3% (três por
cento) sobre o valor do aluguel do imóvel e esta será cobrada de forma majorada progressiva, sendo exigido
9% no segundo mês, 15% no terceiro mês e 20% nos meses subsequentes, a ser revertida em favor da
administradora e cobrada mensalmente até que as trocas de titularidade sejam feitas e efetivamente
comprovadas, ressalvada ainda a indenização devida ao titular por danos supervenientes ocasionados pelo
descumprimento da mudança de titularidade.

 
4.5. O LOCATÁRIO obriga-se a comprovar, dentro de 2 (dois) dias úteis, o cumprimento de suas obrigações
perante fornecedores de serviços de utilidade pública sempre que solicitado pelo LOCADOR ou pelo
QUINTOANDAR.

 
4.6. Finda a locação, o LOCATÁRIO deverá fornecer prova de que não existem débitos pendentes com relação
ao fornecimento de luz, gás, água e esgoto referentes ao IMÓVEL, além de solicitar, junto aos respectivos
fornecedores, o cancelamento e desativação de todos os contratos de serviços que porventura tiver utilizado
ao longo de sua permanência no IMÓVEL. Caso não efetue o cancelamento e desativação dos serviços, o
LOCATÁRIO será responsável pelo pagamento integral de quaisquer cobranças efetuadas em seu nome, ainda
que já tenha devolvido o imóvel, sem prejuízo das demais penalidades previstas neste Contrato.

 5. DA GARANTIA LOCATÍCIA

 
5.1. Tendo em vista que o locatário não apresentou Garantias Locatícias, o Contrato de Locação é celebrado
sem quaisquer das garantias, ensejando a possibilidade da cobrança dos aluguéis a vencer, nos termos dos
arts. 20 e 42 da Lei do Inquilinato, bem como demais disposições aplicáveis a esta modalidade de locação.

  DO SEGURO CONTRA INCÊNDIO


6.
 
6.1. O LOCATÁRIO será responsável pelo pagamento do prêmio do Seguro Complementar Contra Fogo (o
“Seguro Contra Incêndio”) contratado pelo LOCADOR, nos termos do art. 22, VIII da Lei do Inquilinato. O
Seguro Contra Incêndio será cobrado mensalmente e será proporcional ao número de dias de vigência da
locação nos meses de início e fim deste contrato. Este Seguro inclui a proteção básica contra Incêndio, Queda
de Raio e Explosão, conforme previsão da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP)e será mantido
durante todo o período de vigência da Locação.

 
6.2. O Seguro terá cobertura equivalente a 100 (cem) vezes o valor do aluguel. As condições para indenização
da estrutura e do conteúdo estão especificadas e detalhadas nas Condições Gerais do Seguro de Incêndio
contratado, que são de conhecimento do LOCADOR e do LOCATÁRIO e estão disponíveis para serem acessadas
pelas Partes no site http://quin.to/seguroincendio.

Página 9 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

 
6.3. Não obstante o disposto na Cláusula ​6.1 acima, na hipótese de alteração da responsabilidade pela
administração da locação, a qualquer tempo e por qualquer motivo, o LOCADOR será o responsável pela
Contratação de nova apólice de Seguro Contra Incêndio, mantendo-se a responsabilidade do LOCATÁRIO no
pagamento do Prêmio do Seguro.

 7. DOS REPAROS E BENFEITORIAS

 
7.1. ​O LOCATÁRIO deverá reparar prontamente os danos causados ao IMÓVEL, às suas instalações, ou a seus
bens móveis, desde que ocasionados pelo LOCATÁRIO, demais moradores, familiares ou seus visitantes,
independentemente de culpa​, nos termos do art. 23, V, da Lei do Inquilinato.

 
7.2. ​Fica expressamente convencionado que o LOCATÁRIO não poderá fazer qualquer modificação ou
benfeitoria no IMÓVEL​, ainda que necessária ou útil, ​sem a prévia e expressa autorização do LOCADOR, por
escrito​, que deverá detalhar o escopo das mudanças e os respectivos e eventuais direitos de indenização. Fica
desde já acertado que o LOCATÁRIO não terá o direito de reter o IMÓVEL, nem direito à indenização, por
quaisquer benfeitorias voluptuárias nele implementadas, ainda que expressamente autorizadas pelo
LOCADOR.

DA NATUREZA DOS VÍCIOS/DEFEITOS:


 
7.3. Caso o imóvel possua ​vícios aparentes anteriores à locação​, assim entendidos aqueles que são de fácil
constatação e que tenham sido identificados na Vistoria Inicial do imóvel, tais como rachaduras em vidros e/ou
ladrilhos, desgastes na pintura, etc., ​o LOCADOR não estará obrigado a efetuar qualquer reparo​, uma vez que
o imóvel foi apresentado nestas condições ao LOCATÁRIO, e o preço e demais condições do aluguel foram
definidos considerando estes fatores. Por outro lado, o LOCATÁRIO também não estará obrigado a efetuar o
reparo dos referidos vícios quando da devolução do imóvel, tendo em vista que assim o recebera do LOCADOR.

 
7.4. Se o imóvel apresentar ​vícios ocultos anteriores à locação e que não tenham sido passíveis de
identificação durante a visita do LOCATÁRIO ou vistoria do imóvel ​em função do fornecimento de energia,
água ou gás não estar ativo​, e que não comprometam o uso do imóvel, tais como tomadas que não estejam
funcionando ou problemas em torneiras, nos casos em que o imóvel estava sem o fornecimento de luz e água,
respectivamente, ​fica o LOCADOR obrigado a tomar as providências para a realização do reparo ou autorizar
que o LOCATÁRIO as realize, no prazo de 15 (quinze) dias​ contados do envio de notificação nesse sentido.

 
7.5. Caso o imóvel necessite de algum ​reparo urgente de responsabilidade do LOCADOR​, onde haja
comprometimento nas condições de usabilidade do imóvel, tais como vazamentos ou infiltrações na estrutura
da residência, entre outros, fica o ​LOCADOR obrigado a tomar as providências para realização do reparo em
até 3 (três) dias​ contados do recebimento, pelo LOCADOR, de notificação nesse sentido.

 
7.6. ​Se LOCADOR não se manifestar no prazo indicado nas Cláusulas ​7.4​. e ​7.5​., o LOCATÁRIO poderá
apresentar ao QUINTOANDAR pelo menos 3 (três) orçamentos para a realização do reparo devido​, que
deverá (a) analisar as solicitações do LOCATÁRIO, (b) aprovar o orçamento mais barato, caso julgue ser uma
solicitação pertinente, e (c) descontar o valor pago pelo LOCATÁRIO dos aluguéis subsequentes, no menor
prazo possível, mediante apresentação pelo LOCATÁRIO de comprovação de pagamento e da solução dos
problemas.

 
7.7. Caso o imóvel necessite de ​reparos emergenciais​, com finalidade principal de controlar maiores danos ao
imóvel, tais como reparos de rompimentos de canos hidráulicos com grande vazamento, de curto circuito na
rede elétrica com risco de incêndio, de vazamentos de gás, entre outros, fica o LOCATÁRIO autorizado a
realizá-las às expensas do LOCADOR, desde que as manutenções sejam feitas a custos médios de mercado e
ressalvados os casos em que os danos forem causados pelo LOCATÁRIO ou por terceiro que esteja no imóvel

Página 10 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

por intermédio dele. Neste caso, o LOCATÁRIO deverá enviar comprovação dos problemas ao QUINTOANDAR
antes do início dos reparos, a fim de comprovar a existência deste dano, sua extensão, bem como a ausência
de responsabilidade do LOCATÁRIO no evento.

 
7.8. Ainda que a benfeitoria seja autorizada pelo LOCADOR, o LOCADOR poderá exigir que, antes da devolução
das chaves do IMÓVEL, o locatário remova, às suas próprias custas, as benfeitorias úteis e voluptuárias
realizadas, a fim de que, com exceção das benfeitorias necessárias, o IMÓVEL seja restituído ao estado em que
fora entregue ao LOCATÁRIO, conforme descrição constante no Laudo de Vistoria Inicial, ressalvadas as
deteriorações decorrentes do uso normal do bem.

 8. DA DESTRUIÇÃO PARCIAL OU TOTAL DO IMÓVEL E DESAPROPRIAÇÃO

 
8.1. Em caso de destruição do imóvel, as condições do IMÓVEL serão avaliadas com base em um laudo
preparado por profissionais qualificados, indicados e custeados pelo LOCATÁRIO, que indicarão, entre outros, o
percentual da área comprometida e o prazo para a reconstrução.

 
8.2. Em caso de destruição parcial: (a) caso o evento tenha decorrido de culpa do LOCATÁRIO, seus
dependentes, familiares, visitantes ou prepostos, fica o LOCATÁRIO obrigado a realizar a imediata reparação
dos danos verificados no imóvel, nos termos do Art. 23, V, da Lei do Inquilinato, sendo ainda responsável pelo
pagamento integral dos valores da locação. (b) Caso o evento tenha decorrido de comprovado caso fortuito
e/ou força maior, ou se o LOCADOR for o responsável por sua ocorrência, o LOCATÁRIO poderá: (i) rescindir o
presente contrato, ou (ii) utilizar parcialmente o IMÓVEL, hipótese em que o aluguel será reduzido, mediante
solicitação do LOCATÁRIO e aceite do LOCADOR, em valor proporcional à área útil do IMÓVEL que tiver sido
inutilizada. Tendo o LOCATÁRIO optado pela utilização parcial do IMÓVEL, uma vez reconstruída, o aluguel
voltará a ser devido integralmente..

 
8.3. Em caso de destruição total, (a) caso o evento tenha decorrido de culpa do LOCATÁRIO, seus dependentes,
familiares, visitantes ou prepostos, fica o LOCATÁRIO responsável a indenizar o proprietário pela integralidade
dos danos causados, bem como pelos lucros cessantes equivalentes ao valor da locação. (b) Caso o evento
tenha decorrido de comprovado caso fortuito e/ou força maior, ou se o LOCADOR for o responsável por sua
ocorrência, o LOCATÁRIO poderá rescindir o presente contrato, sem multa.

 
8.4. Em caso de desapropriação total do IMÓVEL, o presente Contrato será considerado rescindido de pleno
direito, sem que nenhuma indenização seja devida para qualquer das Partes, ressalvado o direito das Partes de
buscar a indenização que entenderem devida junto ao poder expropriante.

  INADIMPLEMENTO E MULTA
9.
 
9.1. O inadimplemento de qualquer obrigação prevista neste Contrato sujeitará a Parte inadimplente à multa
equivalente a 3 (três) vezes o aluguel vigente à época da infração, devida sempre por inteiro, desde que tal
descumprimento não seja sanado no prazo de 15 (quinze) dias contados do recebimento da notificação
enviada pelo QUINTOANDAR. Caso seja feita a cobrança mediante um terceiro, serão incluídos ainda os
honorários de contratação deste, desde já fixados em até 10% (dez por cento) na fase extrajudicial e até 20%
(vinte por cento) na fase judicial/arbitral, os quais incidirão sobre o total do débito atualizado, incluindo
multas, juros e correção monetária.

 
9.2. As disposições acima não se aplicam nos casos em que exista penalidade específica ou for acordada
solução alternativa ao descumprimento da obrigação assumida por uma parte (hipóteses em que somente tais
penalidades específicas ou soluções alternativas serão aplicáveis), ficando resguardado, contudo, o Direito de
solicitar complementação judicial/arbitral de outra multa contratual caso os danos superem o montante

Página 11 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

previamente fixado.

 
9.3. Caso o LOCATÁRIO não pague eventuais débitos decorrentes do presente Contrato, inclusive aluguel,
Encargos Locatícios, multas e despesas judiciais ou extrajudiciais, o LOCADOR ou o QUINTOANDAR poderão
comunicar tais débitos a entidades mantenedoras de bancos de dados de proteção ao crédito, tais como
Serasa e SPC.

 10. DO PRAZO, RENOVAÇÃO E RESCISÃO

 
10.1. O Prazo da Locação é aquele indicado no Quadro Resumo (o “Prazo de Locação”). Ao término do Prazo de
Locação, o LOCATÁRIO deverá restituir o IMÓVEL ao LOCADOR, livre e desembaraçado de pessoas e bens, nos
termos da Cláusula ​11​.

 
10.2. Caso o LOCATÁRIO permaneça no imóvel após o decurso do prazo da locação, o presente Contrato
continuará integralmente em vigor, por prazo indeterminado, até a devolução do imóvel. Caso as Partes
desejem formalizar novo contrato, alterando as condições da locação, deverão notificar o QUINTOANDAR para
que este faça a mediação entre as Partes para a celebração de um novo documento.

RESCISÃO:
 
10.3. Caso o LOCATÁRIO queira rescindir este contrato no período compreendido entre a Assinatura do
Contrato e a data estabelecida para o Início da Locação, ele poderá, mediante pagamento da multa rescisória
no valor equivalente a 1 (uma) vez o valor do aluguel vigente.

 
10.4. Caso o LOCATÁRIO queira rescindir este Contrato ​durante os primeiros 12 (doze) meses de vigência da
locação, ele poderá, imediatamente e sem necessidade de aviso prévio, mediante pagamento da multa
rescisória no valor equivalente a 3 (três) vezes o valor do aluguel vigente.

 
10.5. O valor da multa mencionada na cláusula acima será reduzido proporcionalmente ao período
remanescente para cumprimento dos 12 (doze) primeiros meses do contrato. O cálculo do valor proporcional
da multa efetiva será obtido a partir da multiplicação do valor total da multa aplicável pelo resultado da divisão
do prazo restante para cumprimento dos 12 (doze) primeiros meses de vigência da locação por 12 (doze). Estas
disposições não se aplicam à cláusula abaixo.

 
10.6. Caso o LOCATÁRIO queira rescindir este Contrato após os primeiros 12 (doze) meses de vigência da
locação, ele poderá fazê-lo, sem multa, mediante envio de aviso prévio com antecedência mínima de 30
(trinta) dias. Caso o aviso não seja feito, ou não seja respeitada a antecedência mínima, o LOCATÁRIO deverá
pagar o valor equivalente a um mês de aluguel vigente, de forma integral.

 
10.7. Durante o Prazo de Locação, o LOCADOR não poderá retomar o IMÓVEL, salvo nas hipóteses previstas na
Lei do Inquilinato.

 
10.8. O presente contrato poderá ainda ser antecipadamente rescindido nos casos de descumprimento, total
ou parcial, pela outra Parte, de qualquer obrigação a ela atribuída neste Contrato, ​ressalvados os casos em que
exista solução alternativa ao inadimplemento da obrigação acordada entre as partes​, nos quais a solução
deverá ser aplicada ao invés desta cláusula, e desde que tal descumprimento não seja sanado no prazo de 15
(quinze) dias contados do recebimento da notificação enviada pelo QUINTOANDAR, hipótese em que a Parte
inadimplente deverá indenizar a Parte inocente dos danos decorrentes da rescisão.

 
10.9. Caso, ao final da locação, existam valores a serem reembolsados ao LOCATÁRIO que superem os valores a
serem abatidos, o LOCADOR será responsável por pagar um boleto adicional, emitido pelo QUINTOANDAR que
reembolsará o LOCATÁRIO do valor pago a maior após o respectivo pagamento pelo LOCADOR, em uma data a

Página 12 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

ser definida, conforme cláusula ​3.22​ (c).

 11. DA DEVOLUÇÃO DO IMÓVEL

 
11.1. Finda a locação, independente do motivo, o LOCATÁRIO deverá (a) comprovar inexistência de débitos
perante os fornecedores de serviços públicos não incluídos nos Encargos Locatícios; (b) desocupar o imóvel de
pessoas e objetos seus; (c) certificar-se que não tem nenhuma pendência sobre as demais responsabilidades
assumidas neste Contrato e que o IMÓVEL não tem nenhum outro impedimento; e (d) notificar o
QUINTOANDAR para realização da vistoria de saída (o “Laudo de Vistoria Final”), o qual deverá ser feito até a
data da rescisão e (e) restituir o imóvel, suas instalações e outros bens móveis colocados a sua disposição em
razão da locação, conforme laudo de vistoria inicial.

 
11.2. Uma vez que o Laudo de Vistoria Final seja finalizado, as Partes terão o prazo de 5 (cinco) dias para
revisar a Vistoria, compará-la com o estado do imóvel e manifestar-se, por escrito e com fotos que comprovem
qualquer divergência apontada. Caso as Partes não se manifestem no prazo indicado nesta Cláusula, será
entendida como aceitação tácita e integral ao Laudo de Vistoria Final apresentado pelo QUINTOANDAR.

 
11.3. ​Na hipótese do Laudo de Vistoria Final reportar falta de algum item presente no Laudo de Vistoria
Inicial, ou danos causados ao IMÓVEL e/ou aos seus bens móveis, o LOCATÁRIO deverá prontamente efetuar
todas as reparações a fim de devolver o imóvel nas mesmas condições em que o recebeu, ressalvados os
desgastes naturais, tendo prazo de 7 (sete) dias para efetuar os reparos. Caso o LOCATÁRIO não devolva o
imóvel nas mesmas condições em que o recebeu, o QUINTOANDAR poderá realizar três orçamentos para a
realização do reparo e reposição dos objetos faltantes ou danificados, todos no mesmo padrão e qualidade
dos originais, e então proceder à cobrança do orçamento mais barato do LOCATÁRIO, que será
integralmente responsável por seu pagamento, acrescido da multa no valor equivalente a 40% (quarenta por
cento) do valor total dos orçamentos, incluídos materiais, mão de obra e eventuais outras despesas
envolvidas. Neste caso, ficará então o LOCATÁRIO obrigado ao pagamento de 140% (cento e quarenta por
cento) do total a ser reparado pelo descumprimento de sua obrigação quando da rescisão do contrato. ​Caso
seja feita a cobrança mediante um terceiro, serão incluídos ainda os ​honorários de contratação deste, desde já
fixados em até 10% (dez por cento) na fase extrajudicial e até 20% (vinte por cento) na fase judicial/arbitral, os
quais incidirão sobre o total do débito atualizado, incluindo multas, juros e correção monetária.
_stakeholder_vertical_initial_placeholder_
 
11.4. Além do disposto na cláusula acima, caso o imóvel fique impedido de ser locado em virtude da extensão
dos danos causados pelo LOCATÁRIO, ficará resguardado o direito do LOCADOR de exigir judicialmente o
arbitramento de indenização pelos Lucros Cessantes.

 
11.5. Caso, ao final da locação, existam contas de consumo em aberto referentes ao período de vigência da
locação, o QUINTOANDAR fica, desde já, autorizado a realizar a quitação de tais contas e incluir no boleto de
cobrança do LOCATÁRIO, independentemente de quem seja o titular da conta a ser quitada.

 
11.6. Fica desde já convencionado que quando da devolução do imóvel, o LOCATÁRIO obriga-se a entregar a
pintura nas mesmas condições que a recebeu. Isso não implica na devolução do imóvel com pintura nova, mas
sim em condições equivalentes àquelas registradas no Laudo de Vistoria Inicial do imóvel.

 
11.7. Este contrato só será considerado encerrado ou rescindido mediante a entrega de termo de rescisão,
devidamente assinado por ambas as Partes, atestando a devolução das chaves. Ficam aqui ressalvadas as
obrigações contratuais ainda não vencidas ou cumpridas pelas Partes, bem como despesas e/ou infrações que
o LOCATÁRIO der causa enquanto vigente o presente Contrato, mesmo que não sejam de conhecimento do
LOCADOR e/ou do QUINTOANDAR, que serão exigidas mesmo após o fim da vigência do presente contrato.

Página 13 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

 
12. VISITAS E DIREITO DE PREFERÊNCIA
 
12.1. O LOCATÁRIO deverá permitir que o LOCADOR, o QUINTOANDAR, ou terceiros por eles indicados,
efetuem a vistoria do imóvel, nos termos do art. 23, IX da Lei do Inquilinato, bem como permitir que aqueles
mostrem o IMÓVEL a potenciais interessados na sua locação ou aquisição, desde que notificado com, no
mínimo, 48 (quarenta e oito) horas de antecedência.

 
12.2. Na hipótese do LOCADOR pretender alienar o IMÓVEL, este se compromete a notificar o LOCATÁRIO
sobre tal pretensão, concedendo-lhe o direito de preferência na aquisição do IMÓVEL em idênticas condições a
serem oferecidas a terceiros. O LOCATÁRIO deverá manifestar-se por escrito sobre o seu interesse ou não na
referida aquisição, no prazo de 30 (trinta) dias contados do recebimento da notificação do LOCADOR nesse
sentido.

 13. CONDIÇÕES GERAIS

 13.1. O LOCADOR declara ser legítimo possuidor do IMÓVEL, assumindo total responsabilidade legal por este
Contrato e atestando que o IMÓVEL não é objeto de nenhum processo que possa afetar o presente Contrato.
Dessa forma, o LOCADOR concorda em indenizar e manter o LOCATÁRIO e o QUINTOANDAR indenes de todas
e quaisquer perdas e danos que decorram ou possam decorrer de qualquer ação, reclamação ou reivindicação
que comprometa a posse mansa e pacífica do IMÓVEL ou conteste e/ou afete o direito de posse do LOCADOR
com relação ao IMÓVEL.

 13.2. As partes desde já autorizam que toda e qualquer autorização ou notificação extrajudicial será feita por
e-mail, bem como quaisquer notificações judiciais ou arbitrais, incluída citações; e intimações. Se esta
disposição não for aplicável, qualquer notificação poderá ser feita mediante correspondência com aviso de
recebimento (AR), enviada para o endereço do IMÓVEL e/ou para os endereços cadastrados no site do
QUINTOANDAR, sendo que tais citações, intimações ou notificações judiciais serão consideradas validamente
entregues quando recebidas por qualquer pessoa que estiver nos referidos endereços. Aplicam-se aqui as
disposições da cláusula ​14.3​. no tocante à atualização de informações cadastrais.

 13.3. O LOCATÁRIO deverá entregar ao QUINTOANDAR quaisquer citações, multas ou notificações relacionadas
ao IMÓVEL ou ao LOCADOR emitidas pelas autoridades públicas, sob pena de ser responsabilizado pelos
prejuízos decorrentes do atraso, ressalvada ainda a cobrança da penalidade estabelecida na cláusula ​9.1​.

 13.4. Nenhuma intimação dos poderes públicos ou de terceiros será motivo para o LOCATÁRIO abandonar o
IMÓVEL locado ou pedir a rescisão deste Contrato, salvo prévia vistoria judicial que prove estar a construção
ameaçada de ruir.

 13.5. Na hipótese de múltiplos LOCATÁRIOS, para exercer os direitos e dar cumprimento às obrigações desse
Contrato, todos declaram-se solidários entre si e constituem-se reciprocamente PROCURADORES,
conferindo-se mutuamente poderes especiais para receber citações, notificações e intimações, confessar,
desistir, e assinar tudo quanto se tornar necessário, transigir em Juízo ou fora dele, fazer acordos, firmar
compromissos judiciais ou extrajudiciais, receber e dar quitação. Estas disposições também se aplicam nos
casos de multiplicidade de LOCADORES.

 13.6. Se qualquer disposição deste Contrato for considerada inválida, ilegal ou inexequível por qualquer razão,
a validade, legalidade e exequibilidade das demais disposições contidas neste Contrato não serão, de maneira
alguma, afetadas ou prejudicadas e permanecerão em vigor. As Partes deverão negociar, em boa-fé, a
substituição de quaisquer disposições inválidas, ilegais ou inexequíveis, por disposições válidas, legais e
exequíveis, cujos efeitos deverão aproximar-se, tanto quanto possível, dos efeitos legais e econômicos
almejados pelas disposições consideradas inválidas, ilegais ou inexequíveis.

Página 14 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

 
13.7. Qualquer omissão ou tolerância pelas Partes na exigência do correto e pontual cumprimento dos termos
e condições, específicas ou genéricas, constantes deste Contrato, inclusive quanto ao valor, forma e prazo de
pagamento de aluguéis e Encargo Locatícios, ou no exercício de qualquer prerrogativa dele decorrente, não
constituirá qualquer tipo de renúncia, desistência ou novação, nem afetará o direito de qualquer das Partes de
exercê-los a qualquer tempo.

 
13.8.​ ​Quaisquer alterações deste Contrato deverão ser feitas por escrito e aceitas por ambas as Partes.

 
13.9. ​O presente contrato é celebrado em caráter irretratável e irrevogável, obrigando-se as Partes por si e
seus sucessores, vedado o arrependimento e admitida a sua rescisão apenas nos casos previstos em lei e
neste Contrato.

 
13.10. Este Contrato vincula e beneficia as Partes, seus herdeiros e sucessores, a qualquer título, os quais
deverão cumprir todos os termos e condições estabelecidas neste Contrato.

 
13.11. Este Contrato representa o acordo integral das Partes com relação às matérias aqui tratadas,
prevalecendo sobre quaisquer documentos ou tratativas anteriores em contrário. O presente contrato tem
validade desde sua assinatura pelas partes, e o início da cobrança dos aluguéis seguirá a data estabelecida no
campo “LOCAÇÃO” do Quadro Resumo.

 
13.12. Caso em algum momento o QuintoAndar deixe de ser o Administrador da Locação, as atribuições
relativas ao QuintoAndar aqui informadas serão imediatamente assumidas pelo LOCADOR. As disposições que
forem impossíveis de serem praticadas pelo LOCADOR deverão ser acordadas diretamente entre LOCADOR e
LOCATÁRIO.

 14. DA ELEIÇÃO DO FORO ARBITRAL

 
14.1. ​Eventual dúvida ou controvérsia decorrente da interpretação ou execução do presente instrumento
será definitivamente dirimida por meio de arbitragem, e fica desde já eleito o TASP - Centro de Mediação e
Arbitragem São Paulo, que promoverá a pacificação do litígio em conformidade com as Leis 13.140/15 e
9.307/96. A solução do conflito processar-se-á mediante a plataforma online do TASP e as respectivas
normas de procedimento interno desta câmara. Caso seja impossível a solução do conflito pela plataforma
online, por qualquer razão, adotar-se-ão, então, as normas do procedimento físico/presencial do TASP.

_iniP_39345847804 _iniI_22957204860 _iniI_08583387850 _iniP_123 _iniP_123

 
14.2. ​As Partes estão cientes e de acordo que para fins de informação, notificação, intimação ou citação de
qualquer uma das Partes, em âmbito judicial ou extrajudicial, será utilizado o endereço do correio eletrônico
(e-mail) cadastrado na plataforma do QUINTOANDAR.

 
14.3. ​As partes obrigam-se a (a) manter válido e ativo o endereço eletrônico cadastrado durante toda a
vigência do contrato; e (b) comunicar expressamente o QUINTOANDAR em caso de qualquer alteração de
dados para contato, tais como alteração de telefone, e-mail, endereços, etc., sob pena de serem
consideradas válidas e recebidas quaisquer comunicações enviadas aos respectivos endereços cadastrados.

 
14.4. ​Caso qualquer das Partes decida recorrer à arbitragem, nos termos determinados na Cláusula ​14.1​.,
deverá solicitar ao QUINTOANDAR os endereços eletrônicos mais recentes da Parte contrária As Partes

Página 15 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

obrigam-se ainda a fazer constar o endereço adm@quintoandar.com.br como cópia para notificações
sempre que recorrer à arbitragem no presente contrato para que o QUINTOANDAR tome ciência do
ocorrido. O descumprimento de qualquer obrigação desta Cláusula será penalizado com a invalidade da
ação.

 
14.5. ​Em situações extraordinárias em que não seja possível o envio de notificações judiciais por e-mail,
poderão ser realizadas por qualquer outro meio apto a comprovar seu recebimento, incluída a possibilidade
de citação por carta com AR.

 
14.6. ​Caso (a) o Contrato de Administração seja rescindido, deixando o QUINTOANDAR de ser o
Administrador da Locação, as Partes deverão pactuar diretamente entre si quais serão os endereços
eletrônicos utilizados para cumprimento da cláusula 14; (b) o Contrato de Locação seja rescindido, ambas as
Partes se responsabilizam em cumprir com a disposição da cláusula ​14.3​. por mais 6 (seis) meses, contados a
partir da data de rescisão do Contrato.

 
14.7. ​As Partes, de comum acordo, e cientes que tiveram acesso ao contraditório quando da realização das
vistorias Inicial e Final do imóvel, optam por conceder presunção de veracidade às informações nela contidas
em eventual controvérsia.

 
14.8. ​Caso qualquer dos direitos descritos no presente contrato seja cedido ou subrogado por um terceiro,
por qualquer motivo, este poderá, a seu exclusivo critério, utilizar-se da arbitragem face a outra Parte deste
contrato para a solução de controvérsias, nos termos delineados nesta cláusula e da mesma forma que seria
feito em relação ao titular originário do direito. Neste caso, cumprirá ao cessionário ou ao subrogado,
conforme o caso, informar a parte contrária de que o direito fora adquirido e que a arbitragem será o meio
escolhido para dirimir conflitos, podendo aplicar-se, desde a aquisição do Direito, a Cláusula compromissória
vigente entre o adquirente e a outra Parte.

Página 16 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

QUADRO RESUMO

LOCATÁRIO: Isabela Ohara , CPF: 229.572.048-60, RG: 44292364-8


Harumi Julia Tsuruta Nomura, CPF: 085.833.878-50, RG: 16411027
MORADORES: Ricardo Hiromiti Kiyohara, CPF: 326.845.648-09, RG: 440384771
Claudia Yamiamoto, CPF: 074.885.258-17, RG: 108407433
Isabela Ohara , CPF: 229.572.048-60, RG: 44292364-8
LOCADOR: Luis Fernando Velloso Teixeira, CPF: 393.458.478-04, CNH: 04182831089

ADMINISTRADORA: QUINTO ANDAR SERVICOS IMOBILIARIOS LTDA, CNPJ: 16.788.643/0001-81, CRECI:


J24.344, sediada na Avenida Paulista, nº2537, 5º, 6º e 7º andares, Bela Vista, São Paulo -
SP, 01311-300. Central de atendimento disponível através do email
adm@quintoandar.com.br ou do telefone 4000-1161
IMÓVEL: Apartamento 92 localizado à Rua Vigário Albernaz, no. 738, Vila Gumercindo, São Paulo
-SP, CEP: 04134-021.
Vaga de garagem: 1
Cadastrado no QuintoAndar sob o código #892894016
Alugado mediante Contrato de Locação #194016_39348L
Animais são permitidos no imóvel pelo Locador
LOCAÇÃO: Contrato de locação por tempo determinado, com duração de 30 (trinta) meses.
Data de início da locação: 06/05/2019.

Data do término da locação: 06/11/2021.


PRIMEIRO Aluguel e Encargos Legais: dia 11/05/2019.
VENCIMENTO: *Os próximos meses terão a emissão de fatura única com vencimento no dia 7 e serão
referentes ao mês vigente.
INDEXADOR: Para cálculo de reajustes no valor do aluguel e de correção monetária de eventuais
débitos, será utilizado o índice IGPM/FGV. Na hipótese de extinção desse indexador, será
adotado o IGP/FGV e, na inaplicabilidade deste, o IPC/FIPE ou o índice que o governo vier
a indicar.
VALORES: Aluguel inicial: R$ 1.200 (um mil e duzentos reais) por mês
Condomínio Total - Aproximadamente: R$ 800 (oitocentos reais) por mês
IPTU: R$ 1 (um reais) por mês
Seguro Contra Incêndio: R$ 5 (cinco reais) por mês

* Aplicável a imóveis que estejam ou passem a fazer parte de condomínio.


* Os valores de condomínio extraordinário, conforme Lei do Inquilinato, são de
responsabilidade de pagamento do LOCADOR. O LOCATÁRIO será responsável por efetuar
o pagamento do boleto integral de condomínio, e será reembolsado nos termos da
cláusula 3.
* O LOCADOR se responsabiliza de que os dados acima informados são referentes a
última parcela cobrada dos valores de condomínio e do valor atual do IPTU.
* O LOCATÁRIO está de acordo de que os dados acima informados são para referência.
Estes são calculados por terceiros e estão sujeitos a alterações fora do controle do
LOCADOR e do QUINTOANDAR. Caso ocorra esta diferença o LOCATÁRIO se responsabiliza
por seu pagamento integral.
(seguem folhas com assinaturas das Partes)
_iniP_39345847804 _iniI_22957204860 _iniI_08583387850 _iniP_123 _iniP_123

Página 17 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

Foi concedida às PARTES a oportunidade para previamente examinar este contrato, pelo que declaram estarem
esclarecidas as condições contratuais e aceitarem, na íntegra, as cláusulas deste contrato. E, por assim estarem
justas e contratadas, as Partes rubricam e assinam o presente Contrato, na ciência de duas testemunhas.

28-abr-2019 | 16:23 BRST


_AUTO_SIGNATURE_DATE_TAG_
...........................,.... de ................. de ...........

LOCATÁRIO:

_________________________________
_________________________________
Harumi Julia Tsuruta Nomura
Isabela Ohara
CPF: 085.833.878-50
CPF: 229.572.048-60
RG: 16411027
RG: 44292364-8
_I__08583387850
_I_22957204860

LOCADOR:

_________________________________
Luis Fernando Velloso Teixeira
CPF: 393.458.478-04
CNH: 04182831089
_P_39345847804

TESTEMUNHAS:

_________________________________
_________________________________
Sarah Prado Philippi
Melina Aparecida Romeu do Nascimento
CPF: 062.959.849-59
CPF: 326.044.348-73
RG: 4.539.198
RG: 26.464.609-5
_T_06295984959
_T_32604434873

Página 18 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

TERMO ANEXO AO CONTRATO 194016_39348L

Por representar o interesse das partes, como condição proposta pelo inquilino à negociação da locação, bem
como pela aprovação da parte locadora, ambas qualificadas no quadro resumo no presente Contrato de Locação,
passará a viger o que segue:

1) A Parte Locatária está autorizada à realização das seguintes benfeitorias, e será reembolsada pela Parte
Locadora nas formas estabelecidas nas cláusulas abaixo:
a) Troca do piso do imóvel;
b) Troca da pia e do vaso sanitário;
c) Troca das portas dos quartos.

2) Para a realização das melhorias supra estabelecidas, deverá a Parte Locatária enviar ao QuintoAndar três
orçamentos para sua execução, os quais serão encaminhados para a Parte Locadora, que terá prazo de 5
(cinco) dias para manifestar sua escolha, contado da notificação enviada a ele nesse sentido. Caso a Parte
Locadora não aceite os orçamentos enviados, terá até 10 (dez) dias após manifestar a recusa para
apresentar um outro orçamento com fornecedor que desejar para realizar as benfeitorias. Caso a Parte
Locadora não se manifeste, ou recuse imotivadamente, o QuintoAndar terá poderes para decidir o caso, e
proceder ao abatimento no valor da locação dos valores despendidos pela Parte Locatária mediante
apresentação dos comprovantes das despesas (Recibos ou Notas Fiscais) e respeitado o estabelecido na
cláusula 3.

3) As Partes estão cientes de que: (i) os descontos somente poderão ser efetivados após a comprovação
da realização da benfeitoria, (ii) caso existam custos que ultrapassem o valor do desconto concedido,
estes correrão por conta da Parte Locatária e (iii) não é possível a realização de descontos no primeiro
mês da locação, podendo se estender até o segundo mês, sendo necessário aguardar os repasses dos
valores devidos pela Parte Locadora pela intermediação da locação (no valor equivalente a um mês de
aluguel), repasse referente aos custos pela administração da locação (8,00% do aluguel mensal) e
eventuais necessidades de reembolso de taxas extraordinárias do condomínio, conforme acordado
entre as partes​. Sendo assim, os descontos somente poderão ser efetivados após realização de todos os
repasses devidos pela Parte Locadora.

4) A Parte Locatária obriga-se ao envio dos orçamentos estabelecidos na cláusula 2 em até 90 (noventa) dias,
contados da data informada para início da locação no Quadro Resumo, sob pena de perda do direito ao
reembolso.

5) A Parte Locatária obriga-se à conclusão das melhorias em até 90 (noventa) dias, contados da aprovação
do orçamento.

6) Finda a integralidade da obra, deverá a Parte Locatária enviar ao QuintoAndar fotos das benfeitorias, com
o objetivo de atestar o cumprimento do negócio.

7) Enviadas as fotos, caso sejam encontradas divergências entre as reais condições da benfeitoria e aquelas
acordadas, será dado prazo de 15 (quinze) dias à Parte Locatária para que proceda aos ajustes
necessários, contado da notificação enviada a ele nesse sentido. Findo este prazo, caso os problemas não
sejam solucionados, perderá a Parte Locatária o direito ao desconto concedido, cumprindo a esta o

Página 19 de 21
DocuSign Envelope ID: 9768954F-CD0B-4DAF-AA1C-D580A1C5F93F
194016_39348
CONTRATO: L
v9.2_03/2019

pagamento integral dos valores recebidos.

8) As benfeitorias estabelecidas na cláusula “1”, após realizadas, passarão a integrar a estrutura do imóvel e
serão de propriedade da Parte Locadora.

9) Restam confirmadas as demais disposições do contrato.

_iniP_39345847804 _iniI_22957204860 _iniI_08583387850 _iniP_123 _iniP_123

Página 20 de 21