Você está na página 1de 21

10 passos

o modelo de negócio do futuro

para sua 1ª kitnet


É UM PRAZER TE
VER POR AQUI!
DO ZERO A 48
Olá, tudo bom? Seja bem vindo ao meu E-book,
criado com muito carinho e com uma infinidade
de detalhes para que você já possa sair do zero à
sua primeira Kitnet. Aqui te darei o passo a passo
de como fazer isso.
Sou César Barroso, jornalista e empreendedor
desde sempre e vou te ensinar como viver de
renda passiva com Kitnet.
Atualmente possuo 48 Kitnets e vou te ensinar
como ter um ótimo investimento nas mãos e
viver de renda muito mais rápido do que você
imagina!
Este é um projeto totalmente inédito para mim
e o maior projeto da minha vida. É através deste
investimento que consigo ter uma renda mensal
de mais de 20 mil reais (pra falar a verdade são
exatos 24 mil reais) e estou aposentado desde os
meus 47 anos.

"QUERO QUE VOCÊ TENHA


MAIS PATRIMÔNIO, COM
BAIXO CUSTO, DEIXE UM
LEGADO PARA SUA
GERAÇÃO E TENHA
LIBERDADE FINANCEIRA"
1
BUSQUE
RECURSOS
FINANCEIROS

Vamos falar de capital para começar o


negócio? O melhor dinheiro que você pode
conseguir é o love money. É o dinheiro
daquele parente que não sabe onde investir
e que apoia tudo o que você faz.
A segunda opção é um investidor amigo
seu. Você pode convencer pessoas
próximas a você a investir dando a elas
garantias, caso você não consiga avançar no
projeto. Isso eu chamo de cenário
pessimista. Se você se perder no caminho,
o investidor fica com o terreno pra ele,
além daquilo que você já conseguiu
construir.
Infelizmente nenhum banco empresta
dinheiro quando você diz que o imóvel vai
ser alugado para gerar renda. Os bancos
dizem que isso não tem função social. 
Especialmente a Caixa Econômica Federal.
Se os bancos soubessem quão  seguro é
esse negócio, incentivariam as pessoas a
construir e oferecer esse produto pelo
Brasil afora.
Teríamos mais empreendedores na
construção civil e mais pessoas pagando
aluguel mais barato.

04
A melhor estratégia para começar o negócio é comprar um terreno de no
mínimo 6 metros de frente.

É fácil começar?

Se você é assalariado, a minha dica é que você poupe o seu 13º e saia atrás de
oportunidades em seu bairro. Vá percorrer a sua cidade em busca de novos
loteamentos.
Dê a entrada no terreno em vez de guardar na poupança. Minha sugestão é, caso
você não tenha recursos financeiros, usar o dinheiro poupado do seu 13º para
pagar as parcelas do terreno. É uma ótima opção.
Estou ensinando a você uma receita de bolo. O método César Barroso de
investimentos: compre o terreno e reserve. As parcelas de terrenos populares
não passam de R$ 700 por mês. Assim você terá em suas mãos um grande
investimento que poderá usar para grandes obras e empreendimentos no futuro.

Comprar terrenos em loteamentos organizados é muito melhor do que terrenos


isolados em bairros. Se  você encontrar um terreno em seu bairro, peça aos
vizinhos para vigiar. Às vezes, um aposentado quer fazer uma horta. Faça um
contrato de comodato. Isso vai garantir seus direitos.

Só não aconselho a comprar terreno em loteamentos fechados. Ali as regras


certamente vão proibir construções multifamiliares.

05
2
EM BUSCA
DO TERRENO
IDEAL
Antes de falar sobre a escolha do terreno ideal,
primeiro, é preciso entender o motivo pelo qual investir
em kitnet multiplica seu dinheiro.
Um apartamento de 1 dormitório pode render R$
600,00 em média numa ótima localização e estrutura.
Esse valor está sendo considerado numa cidade do
interior paulista ou carioca, porém os valores variam de
cidade e região. Mas a pergunta que eu te faço é:
E um apartamento de 2 dormitórios, vai render R$ 1.200,00? Um de 3
dormitórios vai render R$ 1.800,00? A resposta é NÃO.
Vai subir mais ou menos assim: De R$ 600 para R$ 800 e R$ 950.
Ou seja, investir em Kitnet é muito mais lucrativo que investir em casas ou
apartamentos. Estamos falando de aumentar seu patrimônio com baixo custo,
otimizar seu terreno e fazer com que seus investimentos com renda passiva só
aumentem. Então, gostaria de te fazer um convite. Vamos investir em 3 quadrados
com banheiro e cozinha e alugar por R$ 500,00 cada unidade?
Para escolher o terreno ideal é fácil. A primeira coisa que você precisa fazer é:
Pesquisar muito! Você precisa pesquisar na sua cidade onde estão os terrenos
mais em conta, com os melhores financiamentos e as menores taxas de entrada ou
adesão. Conferir se a prefeitura já liberou para construção também é um ponto
muito importante e que não poderia deixar de destacar aqui. É importante,
também, que haja vaga para um carro ( hoje todo mundo quer vaga, mesmo quem
não tenha carro. Ao menos deve existir a vaga para uma motocicleta). 
Há muitas nuances e variáveis em relação à escolha do terreno: condições do
bairro, distância dos locais de trabalho e estudo, status da região, condução
pública, acesso à sinal de celular, internet, comércio e serviços e muito mais. O
melhor de tudo é que projetos de kitnets são adaptáveis a qualquer relevo e
dimensão. E os clientes não costumam reparar nisso!
06
3
CRIE SEU
PROJETO

É aqui que o mais fácil fica mais difícil! Quem não acredita em Feng Shui (arte
milenar de harmonização energética dos ambientes), descobre, ao construir um
imóvel extremamente pequeno, que muita coisa pode sair errada. Com certeza um
projeto de uma casa de 3 quartos esconde erros terríveis. Mas, como sobra espaço,
esses erros não são percebidos. Mas eles estão lá, influenciando o fluxo da casa, a
prosperidade, os relacionamentos e até a venda do imóvel no  futuro.
Meus 48 apartamentos não são iguais na disposição dos móveis e na decoração.
Ao todo são 6 diferentes estruturas de habitação. São 6 diferentes propostas de
utilização eficiente do exíguo espaço que ofereço em meus empreendimentos. 
Sabe qual deles é perfeito?  Nenhum!! Por mais elogios que eu receba, e são
muitos, sei que ainda falta muito para atingir a perfeição do custo-benefício: maior
satisfação do cliente proporcional à menor área habitável construída.
Eu mesmo já morei durante 5 anos em minha própria kitnet e sei com
propriedade o que estou falando. Recomendo muita, mas MUITA ATENÇÃO quando
você for projetar seu primeiro imóvel de renda passiva. Por ser pequeno, cada erro
vira uma presença opressiva na vida do inquilino e ele pede para sair
inexplicavelmente. Nem mesmo ele sabe o que há de errado. Hoje eu sei qual
pessoa está no perfil de qual dos meus 6 projetos. E faço os remanejamentos
quando necessário para não perder um bom morador por causa de uma quina de
parede, uma fresta de luz ou mesmo sombra inadequada.

07
4
LEGALIZE
SEU
PROJETO

De todos os projetos, os de kitnets são de mais  fácil legalização. Se você tem


um arquiteto ou engenheiro civil, não terá muito com que se preocupar. Esses
profissionais vão informar imediatamente, se a região da cidade escolhida por você
permite o projeto que você contratou. É o chamado zoneamento. 
Cada cidade tem sua lei de ocupação do solo prevista no plano diretor. O plano
diretor, aponta os caminhos do desenvolvimento urbano e o uso do solo. Você vai
descobrir que há locais em que só permitem projetos comerciais. Outros são
exclusivos para obras residenciais e outros são adaptáveis para as duas propostas. 
O arquiteto também deverá saber qual a área do terreno você poderá ocupar
com seu prédio. 
Há locais que só permitem 20% de área construída. Outros permitem 50%. Mas
existe a possibilidade de se construir quase por completo.
Como eu tenho certeza de que você vai fazer sua kitnet para renda passiva já
neste ano, temos que ter em mente que seu projeto pode ir se expandindo por
módulos: Será uma boa ideia combinar com o arquiteto um desenho perfeito para
ampliação: onde hoje há uma parede deve ser preparada uma estrutura para a
futura conexão com a unidade dois, três e assim por diante.
É considerada unidade familiar a casa que tem no mínimo uma vaga de garagem,
entre muitos outros requisitos. Várias moradias juntas, são consideradas unidades
multifamiliares ( pense nas vagas de garagem).

08
  Se um dia você for vender alguns de seus empreendimentos e ficar com outros,
terá que levar em conta o desmembramento da escritura.
Melhor será se já tiver uma escritura e um registro de imóveis para cada
unidade. Sai mais caro. Se vender como negócio, uma escritura única para todos
será o suficiente. Vai o prédio todo para o comprador.
Nem todos os bairros permitem que você implante um prédio multifamiliar.
Fique atento a isso. 
Agora vamos à rotina predominante de legalização no Brasil. Quando  você
contratar um engenheiro ou um arquiteto, será necessária uma Anotação de
Responsabilidade Técnica (ART) junto ao Conselho Regional de Engenharia e
Arquitetura (CREA). Significa que a responsabilidade por problemas graves na obra,
não sejam sua responsabilidade.
As secretarias municipais de obras ou urbanismo municipais aprovam o projeto
arquitetônico. Os projetos elétrico, hidráulico, estrutura de água e esgoto não
exigem aprovação. 
Quando você aprova o projeto e paga as taxas necessárias, já pode começar a
construir.
Mas tem um porém. Se a obra for maior que 70 metros quadrados, você
precisará ir até o INSS da sua cidade e fazer uma matrícula e pagar pela taxa de
execução da obra.

09
Encerrados os trabalhos, você volta na prefeitura e pede que façam a vistoria
de conclusão da obra. Os fiscais vão até lá para averiguar se a obra está de acordo
com o desenho aprovado meses antes. Esse é o processo para se conseguir o
HABITE-SE.
Agora, com  o Habite-se em mãos e outros documentos que você já recolheu
anteriormente, é hora de ir até a Receita Federal e solicitar o cálculo de imposto
do INSS. Caso o empreiteiro já tenha recolhido sua parte, você só paga a diferença.
Mais uma despesa a caminho. Hora da averbação. Após ir até a Receita Federal,
você precisará ir até o cartório. Onde antes constava um terreno, passará a ser
reconhecido como uma obra de construção civil.
Não desanime por conta da burocracia. Pense que, se fizer tudo certo, você
terá um patrimônio legalizado em mãos e que poderá ser utilizado para alavancar
recursos com os bancos e conseguir construir mais e mais, aumentando ainda mais
seu valor percebido em cada um de seus empreendimentos.
O lucro será suficiente para essa reação em cadeia: construir, ter garantias,
ter mais recursos, mais kitnets e mais patrimônio.

10
5
MONTE SUA
EQUIPE

Quando você chegar na fase de começar a construir uma, dez ou dezenas de


kitnets, terá que escolher muito bem a equipe de trabalho. Qualquer escolha errada
pode fazer toda a diferença em seu projeto.
O empreiteiro vai fazer parte do seu dia a dia de 4 a 8 meses. Vocês vão
conversar ao telefone várias vezes ao dia e decidir juntos pequenas e grandes
mudanças no projeto.
Já que isso é um fato, então é bom sentir se você está de acordo com a
personalidade da pessoa que vai materializar o seu sonho. Se este profissional for
indiscutivelmente bom e ir em busca de seus objetivos, com toda certeza será uma
parceria de sucesso. É fato que especialistas que tocam uma obra perfeitamente e
com baixo custo de mão de obra são raros hoje em dia.
Porém, se o projeto é para daqui à alguns meses ou anos, você terá a chance de
ver o candidato a seu construtor de confiança atuando: vai poder contratá-lo para
pequenos serviços na sua casa. Indicá-lo para amigos e pesquisar a vida dele. (Falo
no masculino mas o empreiteiro pode ser uma mulher!). 
Não é porque você decidiu contratar uma construtora ou o melhor empreiteiro
da cidade que você não corre riscos. Digo isso por experiência própria.                     
    Construtoras quebram. Empreiteiros ricos quebram também. Às vezes, um
humilde pedreiro que trabalha com seus filhos, pode fazer o trabalho tão bom que
você decide virar uma firma construtora só de kitnet para continuar aproveitando o
momento.                                                                                                     
11
  Existem maneiras mais eficientes de se prevenir contra o mau empreiteiro,
aquele que pega seu dinheiro e não conclui a obra, sabe?. Quando o profissional
não tiver comando sobre a equipe e empurrar a culpa pra você, esse não será um
bom empreiteiro. Dica de ouro: Vá procurar outro profissional que tenha
autorresponsabilidade e faça acontecer.
Possíveis empreiteiros de sua obra podem ter tido no passado desavenças na
justiça. E se você for lá e pesquisar vai saber como ele lida com clientes exigentes,
se ele reembolsa dinheiro que recebeu por serviço mal feito, entre outros
comportamentos.              
O mais importante é  APRENDER A VIRAR AS COSTAS. Isso quer dizer
Desapegar-se, mandar embora, demitir, expulsar aquela pessoa que chegou
recomendada mas só fez besteira na sua obra. Não tenho dó. Tenha mais dó de
você. Coloque-se sempre em primeiro lugar para casos como este.                            
Você precisa saber exatamente a hora de cortar a conversa e sair logo do
acordo para não aumentar a dor de cabeça.                                                                   
      O melhor a fazer é fechar a empreita por etapas:  Um contrato para subir
paredes e pôr o telhado. Outro contrato para hidráulica e elétrica. Outro contrato
para acabamento. Assim você tem fôlego para avaliar se foi bem executado o
serviço e se vale a pena continuar com aquela equipe. É a estratégia de
movimentos estanques.
12
6
CAPRICHE NO
ACABAMENTO

Esse é um dos temas que mais gosto de falar. A parte do acabamento de uma
obra é sempre preocupante. Requer profissionais especializados, mão-de-obra
mais cara e mais difícil de achar. Sem contar que nessa parte da obra os materiais
também são mais caros. Porém, todo cuidado é pouco, pois essa é a parte do
projeto que vai aparecer. Vamos comparar a Kitnet com a construção de uma casa
em condomínio só para questão de informação.
Se você decidir fazer uma casa em um condomínio de alto padrão, por exemplo,
(desculpa já te avisar de antemão, mas tenho que ser sincero aqui ), você vai gastar
bastante! Obras em condomínios demandam um material mais premium como:
porcelanato vitrificado, massa corrida, tinta Suvinil, portas e janelas de alto padrão.
  E não podemos deixar de citar algumas mordomias, como: hidromassagem,
blindex, sancas de gesso, iluminação embutida, churrasqueira, piscina, sauna,
projeto paisagístico, energia e aquecimento solar. Os gastos nessa fase da obra
sempre superam as mais rigorosas planilhas.
Na hora de fazer a sua kitnet tudo muda de figura: é a hora de abrir os olhos
para o saldão das lojas de material de construção e para os Homecenters. 
Concluída a parte estrutural, de alvenaria, você já entra passando gesso na parte
interna. O especialista vai cobrar no máximo R$ 16 o metro quadrado e, em dois ou
três dias, o prédio todo está branquinho por dentro. Aí fica bem mais fácil. Passada
essa fase, é só pintar. Outra dica pra você é: No momento da compra, o piso não
precisa ser de um só modelo. Você pode escolher, entre os pisos mais baratos, o
13 mais bonito.
Dê preferência às pontas de estoque das lojas para embelezar seu apartamento.
Sabe por quê? Porque cada cômodo é individual. Não se preocupe de primeiro
momento com a padronização. Preocupe-se em economizar e gastar o menos que
possível. Em cada kitnet você cria um estilo novo. Você pode inovar, usar a
criatividade e fazer como você quiser. Diferentes pias, torneiras, luminárias e
louças sanitárias. 
Porém, aqui vai uma dica mega importante. Esses itens precisam combinar
entre si mas não precisam combinar com o restante do prédio. Entende o que eu
quero dizer? Você chega na Leroy Merlin e vai direto no balcão de liquidação: ali
está  uma sobra de luminária, um plafon, uma torneira. Tudo por menos da metade
do preço. 
O que poderia encarecer a obra acaba sendo pura diversão! Morador de kitnet
não vai querer pagar menos porque você comprou uma porta barata. Ele quer uma
porta e só. Você não precisa colocar uma janela maravilhosa. Uma kitnet precisa de
uma janela e só. 
É no acabamento que seu investimento ganha valor. Ao dar início à obra você
já pode ir comprando bacias sanitárias em promoção.  Pode comprar pias em
promoção. Todos os dias alguma loja de material de construção faz uma oferta por
preços incrivelmente baixos.
  É nessas horas que pessoas como eu fazem a festa!
14
7
ECONOMIZE
NA OBRA

Há 3 dicas essenciais que eu sempre fiz e que sempre me ajudou muito a


economizar. São elas:
1.Faça a construção por etapas
Fazer vários serviços ao mesmo tempo pode comprometer o orçamento, a
organização e o andamento dos trabalhos. O ideal, portanto, é ter em mente o que
é essencial e o que é secundário. Aí, então, é aconselhável priorizar o que for
fundamental, como as partes elétrica e hidráulica. Depois disso, será mais tranquilo
controlar o orçamento para as etapas complementares, como os acabamentos, que
poderão ser feitos de acordo com a disponibilidade financeira.
2.Negocie:
Ao fazer a cotação em cada loja, pergunte sempre quanto ela pode dar de
desconto ao comprar todos os materiais ali. Essa estratégia, que também é uma boa
alternativa para construtores e empreiteiros, pode render ótimos descontos e
ainda economizar muito tempo.
3.Compre direto de fornecedores:
As lojas podem oferecer bons descontos em alguns produtos, mas você pode ter
descontos ainda melhores se comprar diretamente dos fornecedores. Essa é uma
boa opção para adquirir os materiais básicos, que são comprados em grande
15 quantidade, como blocos, tijolos, areia e aço.
ESTRUTURE

8 SEU
PROCESSO DE
LOCAÇÃO

Essa é uma das partes onde se exige uma atenção especial. Isso porque, no caso
de kitnets, eu mesmo as gerencio, não necessitando da ajuda de uma imobiliária.
Ao longo dos anos nesse ramo, percebi que as imobiliárias não dão a devida
atenção que os meus empreendimentos precisam. Sempre uma kitnet minha ficava
para escanteio. Ai tive a brilhante ideia de gerenciar por mim mesmo.
Hoje, eu sou a minha própria imobiliária. E como eu faço isso?
A primeira coisa que você precisa saber é que tem que definir e estruturar um
processo de locação muito bem "amarrado", sem "arestas" soltas. E pra isso criei um
processo muito bacana.
Primeiro de tudo, é preciso um contrato que descreve todas as possibilidades
que podem ocorrer, e nele, você precisa colocar as regras do seu inquilino perfeito.
Como não solicito fiador, exijo 3 cheques com o valor de 3 aluguéis adiantados para
que assim fique como garantia, caso o inquilino quebre o contrato
antecipadamente ou cause algum dano.
Meus contratos são feitos com o prazo de um ano de locação, e caso o inquilino
o quebre, os 3 cheques passam a ser de minha posse (cobrado com multa do
cancelamento antecipado).
Com absoluta certeza, pequenas atitudes como essas, farão com que você
administre seu negócio muito mais tranquilo.

16
9
SEM DOR DE
CABEÇA NA
OBRA

A maior causa de dor de cabeça em uma obra é a falta de planejamento do


construtor. Não tem engenheiro nem especialista que dê jeito nisso.
A loja marca para entregar numa segunda mas só vai na terça-feira. O
empreiteiro quer receber pelo dia não trabalhado por falta de material. O pedreiro
ou empreiteiro pede um tubo de cola de 5 reais para unir os canos ou um metro de
fio que faltou. E você sacrifica o seu almoço num dia quente para comprar aquele
minúsculo item para a obra toda continuar. Quem nunca passou por isso ?
Outro problema que pode acontecer é: a equipe que você contratou não tem
todas as ferramentas. Você vai lá e compra todos os materiais necessários, pois a
obra precisa continuar. Você compra carrinho de mão, furadeira, lixadeira, máquina
de solda e um monte de outros itens caros. Um mês depois você já se esqueceu de
que esses bens pertencem a você e o empreiteiro já está usando o seu ferramental
em outra obra. E no final dos trabalhos tudo isso desaparece! Quem nunca passou
por isso?
Mais um problema: Tem coisa pior do que pagar adiantado e a equipe sumir?
Tem! É você pagar adiantado, a equipe estar fazendo tudo errado e ainda, por
honra, insistir em concluir. Você têm que dar graças a Deus que conseguiu mandar
todos embora para então contratar um novo time que vai refazer o malfeito. 
Tem jeito de se combater isso? Claro.

17
Vamos falar em acordos prévios.
O que você tem que fazer para não se aborrecer?
No caso de pequenas compras: 
- Deixar uma conta aberta numa loja próxima à sua obra para que o empreiteiro
retire as miudezas que ele “lembra que esqueceu de prever”. Ele vai lá e busca.
No caso do sumiço de ferramentas:
- Comprar um caderno onde você anota o seu patrimônio. Você deve checar
uma vez por semana onde está tudo. Basta fazer isso umas três semanas seguidas
para a equipe entender que você está de olho. Enxadas, carrinhos de mão, réguas,
metros e outros itens vão acabar pelo uso durante a obra. Mas outros materiais
podem ser reutilizados nas muitas outras kitnets que você vai construir. Vale a
pena planejar um quartinho para você guardar essa pequena riqueza
No caso do atraso da entrega do material:
Se o contrato é de empreita (você acertou um valor fixo por uma etapa inteira da
obra) tem que ter sangue frio e mandar a equipe voltar para a obra somente dois
dias depois da data agendada para a chegada do material. Ex: No início da obra a
lista é de cimento, pedra, ferro, areia e blocos. Se a loja marcou para amanhã para
fazer a entrega, você combina com a equipe de chegar depois de amanhã. Nunca o
material vai chegar às 8h. A loja vai entregar ao longo do dia e nem sempre traz
todos os itens. Tem que dar 48 horas de espaço para não fazer o empreiteiro pagar
o dia dos pedreiros que ficaram parados.
Dica importantíssima: Sempre esteja pronto para parar a obra e demitir todo
mundo. Empreiteiros bem sucedidos não fazem uma obra só e atendem muito bem
aos clientes mais reclamões. Se você for uma pessoa de muita paciência ele poderá
retirar os pedreiros de sua obra para atender melhor aos clientes que não tem
nenhuma paciência com atraso. SEJA VOCÊ O CLIENTE SEM PACIÊNCIA QUE

18
PARA TUDO AO MENOR SINAL DE MALANDRAGEM!
A
DIVULGAÇÃO
10 É A ALMA DO
NEGÓCIO

Definir as melhores estratégias para divulgar seus empreendimentos depende de


uma pergunta chave: qual é o público alvo e como falar com ele? 
A mensagem utilizada em todos os canais de divulgação deve possuir o tom do seu
público e ainda transmitir a identidade e o diferencial que você está promovendo.
Vou falar para você como eu faço as divulgações das minhas kitnets e sim, todas
elas passam a maior parte do tempo alugadas. É muito difícil eu ter uma delas
disponível. Isso porque eu capricho na divulgação e eu sei que é a alma de qualquer
negócio.
Defina seu público-alvo
A primeira coisa que você precisa fazer é definir exatamente quem é o seu público.
No meu caso, são estudantes, trabalhadores que moram fora de sua cidade durante
a semana devido ao trabalho e precisam de um lugar tranquilo para relaxar. Pessoas
independentes que trabalham e precisam descansar. Normalmente, meu público
varia de 20 a 55 anos.
Tire boas fotos
Qualquer pessoa tem um celular hoje. Não é necessário ter uma câmera profissional
para que as fotos fiquem boas. Basta mostrar o melhor do lugar e sempre focar em
ângulos com uma visão ampla para que a pessoa tenha uma noção do todo. 

19
Invista nas redes sociais
Quando você investe de forma certa nas redes sociais, sua taxa de conversão
aumenta, ou seja, a probabilidade de alugar seus empreendimentos aumentam
muito! Por quê? Com as mídias sociais, você pode conhecer ainda mais o perfil do
seu cliente, melhorar o serviço de atendimento, aumentar o tráfego do seu site,
conhecer novos clientes, divulgar seus produtos e serviços e muito mais!
Divulgar sua marca nas redes sociais é essencial para que seu negócio com Kitnet
tenha sucesso em suas campanhas de marketing digital. Mas antes de sair criando
perfis em todas as redes disponíveis no mercado e fazendo publicações da maneira
que bem entende, é preciso ter calma para conquistar os seus objetivos.
A primeira coisa que eu faço é me manter sempre frequente nas redes sociais. Tem
uma frase de que gosto muito que diz: "Você nunca será ótimo antes de ser
frequente", e é exatamente isso que eu faço e que sugiro que você também faça.
Coloque depoimentos de seus inquilinos que gostam da sua maneira de trabalhar,
coloque fotos das kitnets, tenha um plano de postagens diárias. Se você vai
começar a construção, poste também o processo de construção. Mostre que tudo
está sendo feito com muito empenho. Documente para que você também tenha
acesso a tudo isso depois, como forma de lembrança mesmo. Hoje, tenho muito
carinho com cada kitnet que tenho e sei de cada esforço colocado em cada uma
das minhas unidades e fico orgulhoso demais quando vejo que as pessoas
reconhecem. 
Há algum tempo, me chamavam de louco. Hoje as mesmas pessoas me aplaudem. E
eu também sou muito grato a tudo que aconteceu em minha vida, minha trajetória
e toda minha história. E é isso que guardo em minhas redes sociais. 

20
Muito obrigado pelo seu precioso
tempo. Estou muito feliz por você ter
decidido investir em algo que poderá
gerar mais de 20 mil reais por mês!

Agora te convido a acessar minhas redes


sociais, onde conto com detalhes minha
trejetória e dou dicas valiosas de como você
pode sair do zero aos 30 mil reais por mês com
kitnet.

viverdekitnet viverdekitnet.br viverdekitnet

21