Você está na página 1de 17

06/08/2020

Propriedades das Soluções

Prof. Alex Fabiano C. Campos

O Processo de Dissolução
• Uma solução é uma mistura homogênea de soluto (presente em menor quantidade de mols) e
solvente (presente em maior quantidade de mols).
• Os solutos e solvente são componentes da solução.
• No processo da preparação de soluções com fases condensadas, as forças intermoleculares se
tornam reordenadas.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

1
06/08/2020

O Processo de Dissolução
• Considere o NaCl (soluto) dissolvendo-se em água (solvente):
– o NaCl se dissocia em Na+ e Cl- (Deve ser vencida a energia reticular)
– as ligações de hidrogênio da água têm de ser quebradas
– formam-se forças íon-dipolo: Na+ … -OH2 e Cl- … +H2O.
– Dizemos que os íons são solvatados pela água.
– Se água é o solvente, dizemos que os íons são hidratados.
– A solvatação é mais intensa em íons de menor raio e maior carga.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

2
06/08/2020

O Processo de Dissolução

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

Energética do Processo de Dissolução

• Há três fases de energia na formação de uma solução:


– a separação das moléculas ou íons do soluto (H1)  sempre
endotérmica;
– o afastamento das moléculas do solvente (H2)  sempre
endotérmica; e
– a formação das interações soluto-solvente (H3)  sempre exotérmica.

• Definimos a variação de entalpia no processo de dissolução como


Hdissol = H1 + H2 + H3

• O Hdissol pode tanto ser positivo como negativo, dependendo das forças
intermoleculares envolvidas.
Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

3
06/08/2020

Energética do Processo de Dissolução

No caso de compostos iônicos

q2
U reticular 
H1: separação dos íons ou moléculas do soluto.
r

H2: afastamento das moléculas do solvente.


No caso da interação íon-dipolo:

q
U íon  dipolo 
r2
H3: formação das interações entre soluto solvente.
Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

Energética do Processo de Dissolução


Se (H1 + H2) < H3 Se (H1 + H2) > H3
 Dissolução exotérmica  Dissolução endotérmica

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

4
06/08/2020

Regra da Semelhança
SEMELHANTE DISSOLVE SEMELHANTE:

POLAR DISSOLVE POLAR


APOLAR DISSOLVE APOLAR

• Se o Hdissol é demasiadamente endotérmico, não haverá a formação de uma solução.


Exemplos:
• NaCl em gasolina: as forças íon-dipolo são fracas, uma vez que a gasolina é apolar.
Conseqüentemente, as forças íon-dipolo não são compensadas pela separação de íons.

• Água em octano: a água tem ligações de hidrogênio fortes. Não há forças atrativas
entre a água e o octano para compensar as ligações de hidrogênio.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

Fatores que Afetam a


Solubilidade

1) Temperatura

dissolução endotérmica

Solubilidade

dissolução exotérmica

Temperatura

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

10

5
06/08/2020

Dissolução Sólido-Líquido Dissolução Gás-Líquido

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

11

Fatores que Afetam a


Solubilidade

2) Interação Soluto - Solvente


POLARIDADE DIMINUI

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

12

6
06/08/2020

Fatores que Afetam a


Solubilidade
3) Concentração da Solução

• Solução insaturada  contém menos soluto do que o limite de solubilidade.


• Solução saturada  contém soluto na quantidade limite de solubilidade.
• Solução saturada com corpo de fundo  contém mais soluto que o limite de solubilidade, ocasionando a
formação de um corpo de fundo (precipitado).
• Solução supersaturada  contém mais soluto que o limite de solubilidade, porém o sistema mantém-se
cineticamente homogêneo em condições especiais.

Formação do corpo de fundo Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

13

Supersaturação

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

14

7
06/08/2020

Fatores que Afetam a Solubilidade

4) Pressão

• A solubilidade de um gás em um líquido


é uma função da pressão do gás.

• Quanto maior a pressão, mais próximas as moléculas de gás estarão do solvente e maior a chance da
molécula de gás atingir a superfície e entrar na solução.
– Conseqüentemente, quanto maior for a pressão, maior a solubilidade.
– Quanto menor a pressão, menor a quantidade de moléculas de gás próximas ao solvente e menor a
solubilidade.
• Se Sg é a solubilidade de um gás num líquido, k é uma constante e Pg é a pressão parcial de um gás num
líquido, então, a Lei de Henry nos fornece:

S g  k Pg
Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

15

Isso está no meu cotidiano...

Por que devo manter as garrafas de bebidas


gaseificadas fechadas e sob refrigeração para manter
sua qualidade?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

16

8
06/08/2020

Verdade ou Mito?
O uso de uma colher na gargalo de uma garrafa de
espumante evita/minimiza a liberação de gás?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

17

Verdade ou Mito?

Amassar a garrafa PET de refrigerante antes de guardá-la na


geladeira ajuda a preservar o gás?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

18

9
06/08/2020

Propriedades Coligativas
Abaixamento da pressão de vapor (Tonoscopia)
• Os solutos não voláteis reduzem a habilidade das moléculas da superfície do solvente de
escaparem do líquido.
• Conseqüentemente, a pressão de vapor é reduzida.
• A taxa de redução da pressão de vapor é proporcional à quantidade de soluto.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

19

Propriedades Coligativas

solvente puro solução

soluto não volátil

(sais, hidróxidos iônicos, carbo-hidratos, proteínas etc.)

PV > PV (diminui)

TE < TE (aumenta)

TC > TC (diminui)

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

20

10
06/08/2020

Propriedades Coligativas

Pressão de Vapor (PV) Temperatura de Ebulição(TE)


Medida da volatilidade de um líquido

PATM
PV

PV Forças intermoleculares  TE

Altitude  PATM  TE
 Vapor
Vvaporização
Líquido 
V condensação

Vvaporização  Vcondensação  PV (máxima)

Forças intermoleculares  PV Ebulição: PV  PATM

TE: PV = PATM
Temperatura  PV Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

21

Propriedades Coligativas
Abaixamento da pressão de vapor (Tonoscopia)
• A Lei de Raoult: P é a pressão de vapor da solução, P2 é a pressão de vapor do
solvente puro e 2 é a fração molar do solvente:
P   2 P20

• A solução ideal: aquela que obedece à lei de Raoult.


• A lei de Raoult falha quando as forças intermoleculares solvente-solvente e soluto-
soluto são maiores do que as forças intermoleculares soluto-solvente.
• No caso de uma solução ideal em que tanto o soluto quanto o solvente são voláteis,
a pressão de vapor pode ser obtida pela soma das contribuições da pressão de
vapor do solvente (Lei de Raoult) e do soluto (Lei de Henry).

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

22

11
06/08/2020

Propriedades Coligativas
Elevação do ponto de ebulição (Ebulioscopia)
• A ebulição ocorre quando a pressão de vapor do solvente iguala-se ou supera a pressão atmosférica.
• Quando da presença de um soluto não volátil, a pressão de vapor do solvente diminui.
Consequentemente, uma temperatura mais alta será necessária para que haja ebulição.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

23

Isso está no meu cotidiano...

Por que os alimentos cozinham mais rapidamente na


panela de pressão?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

24

12
06/08/2020

Propriedades Coligativas
Diminuição do ponto de congelamento (Crioscopia).
• Quando da presença de um soluto não volátil, o processo de congelamento do solvente é dificultado.
Consequentemente, uma temperatura mais baixa será necessária para que haja congelamento.

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

25

Verdade ou Mito?
Adicionar sal numa tina com gelo acelera a refrigeração das
bebidas?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

26

13
06/08/2020

Isso está no meu cotidiano...

Por que em países frios se joga sal nas estradas


durante o inverno?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

27

Propriedades Coligativas
Resumo
solvente puro solução

soluto não volátil

• Ocorre diminuição da pressão de vapor


• Ocorre elevação da temperatura de ebulição
• Ocorre abaixamento do ponto de congelamento

A intensidade dos efeitos coligativos depende somente da concentração do soluto.


Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

28

14
06/08/2020

Elevação do ponto de ebulição (Ebulioscopia)


• No caso de soluções ideais, a elevação do ponto de ebulição da solução é diretamente
proporcional à molalidade da solução

Te  iKe w Molalidade da solução (mol/kg)


NaCl Na+ + Cl-
1mol 1mol 1mol
Fator de van’t Hoff Constante de ponto de ebulição
2 mol (i = 2)
Exemplo: De quanto aumentará a temperatura de ebulição da água em uma solução aquosa preparada com 292,5 g de NaCl
para um volume total de solução igual a 2 L. Considere a densidade da solução igual a 1 kg/L e Ke = 0,51 ˚C kg/mol

Cálculo da Quantidade de Cálculo da Massa de Solvente Cálculo da Elevação Ebulioscópica


Matéria de Soluto
1kg Te  iKe w
M(NaCl) = 58,5 g/mol  2 L  2 kg
L 0,51Ckg 5mol
m 292, 5 g Te  2  
n n msolvente = 2 kg- 0,2925 kg mol 1,7075kg
M 58, 5 g / mol
msolvente = 1,7075 kg Te  3C
n  5 mol
Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

29

Diminuição do ponto de congelamento (Crioscopia).

• No caso de soluções ideais, a diminuição do ponto de congelamento da solução é


diretamente proporcional à molalidade da solução

Tc  iKc w Molalidade da solução


NaCl Na+ + Cl-
1mol 1mol 1mol
Fator de van’t Hoff Constante de ponto de congelamento
2 mol (i = 2)

Exemplo: De quanto diminuirá a temperatura de congelamento da água em uma solução aquosa preparada com 731,25 g de
NaCl para um volume total de solução igual a 10 L. Considere a densidade da solução igual a 1 kg/L e Kc = 1,86 ˚C kg/mol
Cálculo da Quantidade de Cálculo da Massa de Solvente Cálculo da Elevação Ebulioscópica
Matéria de Soluto
1kg Tc  iKc w
M(NaCl) = 58,5 g/mol 10 L  10 kg
L 1,86Ckg 12,5mol
m 731, 25 g Tc  2  
n n msolvente = 10 kg- 0,73125 kg mol 9, 26875kg
M 58, 5 g / mol
msolvente = 9,26875 kg Tc  5C
n  12,5 mol
Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

30

15
06/08/2020

Osmose
• Osmose: é o movimento de um solvente a partir de uma concentração baixa de soluto para uma
concentração alta de soluto.
• Pressão osmótica (p): pressão a ser exercida na solução para evitar a osmose. Quanto maior a
concentração da solução, maior a pressão osmótica.

pV  nRT
n
p RT
V
p   soluto RT

[soluto]  p

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

31

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

32

16
06/08/2020

Isso está no meu cotidiano...

Por que atletas de alta performance se reidratam com bebidas


especiais ao invés de água?

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

33

Lise celular em células vegetais

Prof. Alex Fabiano C. Campos, Dr ®

34

17

Você também pode gostar