Você está na página 1de 4

1.

AXIOMA EUCLIDIANO DE PARALELISMO Num plano, se dois ângulos correspondentes


Num plano, por um ponto P fora de uma reta ⍺ e β, determinados em duas retas r e s por
r passa uma e uma só reta paralela a r. uma secante t, são iguais, então r e s são
paralelas.
Duas retas paralelas a uma terceira num dado
plano são paralelas entre si.

4. PARALELISMO DE RETAS E PLANOS NO


2. POSIÇÕES RELATIVAS DE DUAS RETAS NO ESPAÇO EUCLIDIANO
PLANO Dois planos dizem-se paralelos quando não
Paralelas: têm qualquer ponto em comum (paralelos em
-Não coincidentes sentido estrito) ou quando são coincidentes
(todos os pontos são comuns).
Dois planos dizem-se concorrentes ou
secantes quando não são paralelos. A sua
interseção é uma reta.
Uma reta r e um ponto A exterior a essa reta
-Coincidentes definem um plano.

Secantes ou concorrentes: Para justificar esta afirmação basta considerar


dois pontos da reta r que, juntamente com o
ponto A exterior a r , formam um conjunto de
3 pontos não colineares que definem um
plano. Esse plano contém a reta r e o ponto A.

Repara que duas retas distintas do mesmo 5. PARALELISMO DE RETAS NO ESPAÇO


plano ou se intersectam (secantes) ou não se No espaço duas retas r e s são paralelas se e
intersectam (paralelas). só se são completares e não se intersectam.
No espaço, duas retas paralelas a uma terceira
3. POSIÇÕES RELATIVAS DE RETAS NUM (as três não necessariamente completares) são
PLANO paralelas entre si.
Se uma reta t intersecta uma de duas retas
paralelas r e s e é com elas complanar, então 6. PARALELISMO DE UMA RETA COM UM
intersecta a outra. PLANO
Os ângulos correspondentes determinados É condição necessária e suficiente para que
por uma secante t em duas retas paralelas r e uma reta seja paralela a um plano que exista
s são iguais. nesse plano uma reta paralela à dada.
9. RETAS PERPENDICULARES A PLANOS
Se uma reta r é perpendicular a duas retas
concorrentes a e b num mesmo ponto P de
um plano ⍺, então a reta r é perpendicular ao
plano ⍺.

7. PARALELISMO ENTRE PLANOS


É condição necessária e suficiente para que
dois planos (distintos) sejam paralelos que
exista um par de retas concorrentes num dos
planos que sejam paralelas ao outro plano.
Se a ⍺ e b ⍺, a e b são retas concorrentes, r
aer b, então r ⍺.

9. PLANOS PERPENDICULARES
Se um plano ⍺ contém uma reta r
perpendicular a um plano β, então os planos
⍺ e β são perpendiculares. Se r ⍺ e r β,
então ⍺ β.

Dois planos paralelos a um terceiro são


paralelos entre si.
Por um ponto P exterior a um plano ⍺ passa
um único plano paralelo a ⍺.

8. ÂNGULO DE DOIS SEMIPLANOS COM


FRONTEIRA COMUM
Diz-se CPA, com PC e PA perpendiculares a r, Se um plano ⍺ é perpendicular a um plano β
(ou DQB) é ângulo dos 2 semiplanos sendo então o plano ⍺ contém uma reta r
CPA = DQB a respetiva amplitude. perpendicular ao plano β. Se ⍺ β, existe
Se os semiplanos formarem um ângulo reto
diz-se que são perpendiculares e, nesse caso, uma reta r tal que r ⍺ e r β.
os planos ⍺ e β são planos perpendiculares.
É condição necessária e suficiente para que 11. PLANO MEDIADOR DE UM SEGMENTO DE
dois planos sejam perpendiculares que um RETA
Chama-se plano mediador de um segmento de
deles contenha uma reta perpendicular ao
reta [AB] ao plano normal à reta-suporte de [AB]
outro.
no seu ponto médio.
Trata-se do lugar geométrico dos pontos do
10.PROJEÇÃO ORTOGONAL DE UM PONTO espaço equidistantes de A e de B, extremos do
NUM PLANO
segmento de reta. PA = PB
Dado um plano ⍺ e um ponto P, existe uma
única reta r que passa por P e é perpendicular
a c. O ponto de interseção da reta com o
plano é a projeção ortogonal de P sobre ⍺ e
designa-se por pé da perpendicular traçada
do ponto P para o plano ⍺.

No caso do ponto P pertencer ao plano ⍺, a


reta r designa-se por reta normal ao plano.

Se uma reta é perpendicular a um dos 2


planos paralelos, então é perpendicular ao
outro. Dois planos perpendiculares a uma
mesma reta são paralelos.
RESUMO

Nesta unidade fez-se uma breve abordagem ao


método axiomático para o estudo da geometria,
fazendo-se refletir à axiomática de Euclides e a AXIOMA EUCLIDIANO DE PARALELISMO
uma das suas obras mais importantes, Os Num plano, por um ponto P fora de uma reta
Elementos, tendo especial destaque o 5º r passa uma e uma só reta paralela a r.
postulado de Euclides.
Foi introduzido algum vocabulário do método
axiomático para o estudo da geometria,
destacando-se o axioma euclidiano de
paralelismo, considerado por David Hilbert na
teoria axiomática que desenvolveu para a
geometria euclidiana.

Referiu-se a existência de geometria não euclidianas como, por exemplo, a Geometria de Lobachewsky.
Foram apresentados as posições relativas de retas, de reta e plano e de planos.

POSIÇÕES RELATIVAS DE DUAS RETAS:


-Complanares:
• Paralelas:
POSIÇÕES DE UMA RETA RELATIVAMENTE A UM
- Estritamente paralelas
PLANO:
- Coincidentes -Paralela:
• Secantes ou concorrentes • Estritamente paralela
-Não complanares • Contida ou aposta
-Secante ou concorrente
POSIÇÕES RELATIVAS DE DOIS PLANOS:
-Paralelos:
• Estritamente paralelos
• Coincidentes
-Concorrentes

PLANO MEDIADOR DE UM SEGMENTO DE


RETA
Chama-se plano mediador de um segmento de
reta [AB] ao plano normal à reta-suporte de [AB]
Foram ainda apresentados e demonstradas
no seu ponto médio.
algumas propriedades que envolvem o
Trata-se do lugar geométrico dos pontos do
paralelismo e a perpendicularidade de retas e
espaço equidistantes de A e de B, extremos do
planos.
segmento de reta. PA = PB
Referiu-se a noção de projeção ortogonal (põe
da perpendicular) traçada de um ponto numa
reta e num plano e a definição de plano
mediador de um segmento de reta.

Você também pode gostar