Você está na página 1de 7

1.

Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.
Maria Rita Casimiro (5°ano) : Hoje os alunos do 2° ao 5° ano do colégio
imaculado irão explicar como funciona a estruturação de uma orquestra. Você
aí sabe o que é uma orquestra? Sabe a diferença de uma orquestra para uma
banda? Será que banda sinfônica, orquestra sinfônica ou qualquer outra
formação que você possa tá imaginando são todas iguais? Vamos dar um foco
maior para a formação da Orquestra Sinfônica, mas abordaremos outras
formações no decorrer do caminho. Vamos explicar de uma forma bem simples
como tudo funciona, suas diferenças, algumas curiosidades sobre os
instrumentos e contexto histórico. Os dados que serão apresentados tem base
nas pesquisas e experiências profissionais do nosso professor Francisco
Braga, que atua no meio acadêmico e nos palcos há mais de 10 anos. Algumas
terminologias foram alteradas para facilitar a compreensão de todos.

Maria Judith (2°ano): Antes de explicar como funciona a orquestra, é


importante ficar claro como funciona a divisão dos instrumentos. Temos
inúmeros instrumentos, alguns pertencem ao mesmo naipe. Olhe para seu lado
esquerdo e pergunte: Mas o que é naipe Bento ?

Bento Roncolato (2° ano): comece olhando para o lado direito Judith, Imagine
que uma orquestra é formada por várias famílias! Cada família possui pessoas
diferentes certo? Eu tenho minha família, você tem a sua, o fulano tem a dele,
cada um tem uma família. Imagine  todas essas diferentes famílias juntas!
Assim funciona a orquestra: famílias diferentes em cima do palco e cada família
possui instrumentos diferentes.

Nuno Roncolato (4° ano): Existe diferente formações, cada formação pode ter
família A-B-C-D, mas outras podem ter apenas A-B, ou até mesmo, somente A.
Para ficar mais claro: algumas formações possui 4 famílias, outras possuem
apenas 2 famílias, ou até mesmo 1 família. Na formação de Orquestra
Sinfônica  temos 4 famílias diferentes. Já na formação de uma Banda Sinfônica
há apenas 3 famílias. Vamos falar especificamente da formação de uma
orquestra sinfônica hoje. Olhe para o seu lado esquerdo e diga: Kiara, explique
melhor para eles sobre as famílias dos Instrumentos

José Luiz (4° ano) : comece olhando para o seu lado direito: Ok Nuno. É bem
simples! Cada família tem bisavô, avô, pai e filho certo?. A família dos
instrumentos se divide da mesma forma! Por exemplo na família das cordas,
temos Violino, viola, violoncelo e contrabaixo. O contrabaixo o maior de todos
dessa família e o mais grave seria o bisavô; O violoncelo um pouco menor que
o contrabaixo seria o avô; A viola seria o Pai e o Violino o filho. Olhe para o seu
lado esquerdo e diga: Otávio fale a diferença entre viola e violino para eles.

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.
Otávio Salvadio (2° ano): comece olhando para o seu lado direito Luiz essa é
uma dúvida frequente de muitas pessoas. No início é difícil perceber a diferença entre
viola e violino, mas consiste principalmente no tamanho e na sonoridade. A viola é
maior que o violino, e mais grave que ele. O tamanho da viola pode variar entre 2,5cm
e 5 cm a mais que o violino.

Rafaela P. Sousa (2°ano): Uma informação importante: o violão, a guitarra, o


bandolim, o cavaquinho, o baixo elétrico fazem parte da família das cordas.
Contudo, para a formação de Orquestra Sinfônica esses instrumentos não
estão incluídos.

Sophia Bernadino (2°ano): Além do violino, viola, violoncelo e contrabaixo


temos mais um instrumento que é usado nessa formação: A Harpa!
Juntamente com a flauta, a harpa é um dos mais antigos Instrumentos que se
tem registro.

Lucas Sousa (4° ano) : Você já parou pra pensar quantas cordas tem uma
Harpa? Esse Instrumento é composto por 46 ou 47 cordas paralelas que
produzem o som. Há ainda pedais situados na base do Instrumento, o que
possibilita variações nas notas tocadas.

Joel Edmilson(2°ano): Para quem acha que o harpista apenas passa o dedo
nas cordas e o instrumento sai tocando, saiba que afim de ajudar o músico a
localizar corretamente as cordas, todas as notas Dó são vermelhas, e todas as
notas Fá são azuis.

Vitória Modesto (3°ano ): Temos outra família na formação da Orquestra


Sinfônica, que chamamos de família das Madeiras. Não confunda  a família das
madeiras com a família das cordas. A família das madeiras possui instrumentos
de sopro, ou seja, instrumentos que para a produção do som precisa assoprar.
A família das cordas não é instrumento de sopro, ou seja, não precisa
assoprar. Na família das cordas a produção do som se dá pelo arco, e são
Instrumentos que possuem cordas. No caso da harpa não existe arco, a mão
faz o papel do arco.

José Afonso (2°ano) : A família das madeiras são instrumentos de sopro e


construído principalmente de madeira! Nessa família temos  Fagote, Clarinete,
Flauta Transversal e Oboé. A flauta não é feita de madeira, mas tempos atrás
sim! Por isso e outros motivos permanece na família das madeiras.

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.

Adrielly Viana (3°ano ): A outra família é a dos Metais. A família dos metais
são instrumentos de sopro também. A diferença está no material dos
instrumentos e na sonoridade. Temos nessa família: Trompetes, Trompas,
Trombone de vara e Tubas. É fácil de identificar esses instrumentos, são
sempre dourados ou prata por completo.

Lívia Gonçalves (3°ano ): A última família que compõe a formação da


orquestra sinfônica é a dos instrumentos de percussão. Podemos definir como
instrumentos musicais cujo som é obtido através de: impacto, raspagem ou
agitação, com o auxílio de baquetas ou as próprias mãos. Há inúmeros
instrumentos de percussão, os mais conhecidos são Bumbo, pratos, xilofone,
triângulo, caixas, pandeiro, carrilhão…

José Felipe Ferreira (3°ano): Todos que tiverem as características que a


Lívia citou antes, pode se transformar num instrumento de percussão. Até um
martelo gigante já foi usado como instrumento de percussão. O compositor
Gustav Mahler atribuiu o martelo aos “golpes do destino” em sua 6° Sinfonia.
Atualmente costuma utilizar-se uma grande caixa oca de madeira, que se
golpeia com um grande martelo, também de madeira. Os golpes do martelo
significam os “golpes do destino”, veja a seguir. 

Miriam Dalla 3°ano: Agora que você já sabe os que são as famílias, vamos
substituir esse termo por naipes. Quando os músicos estão no palco é tudo
muito organizado. Os naipes dos instrumentos são divididos no palco da
seguinte maneira: na frente está o naipe das cordas, no meio madeiras e
metais, e no fundo o naipe de percussão. Observe melhor o posicionamento de
cada naipe na ilustração.

Pedro Cristóvam (3°ano ): A  seção de  violinos, é dividida entre primeiros e


segundos violinos. Resumidamente os primeiros violinos ficam responsáveis
por solos e se mantém com mais frequência na região aguda do instrumento. E
os segundos violinos se mantém na região grave e realizam
acompanhamentos. Isso não é uma regra, mas o que ocorre com mais
frequência!

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.

Ana da Vecchia (5°ano): Outra particularidade da seção de violinos é o Spalla.


O spalla é Um dos primeiros violinos, sentado na primeira cadeira,
praticamente o mais próximo do lado esquerdo do maestro. Ele é um músico
escolhido como liderança por qualidade e desenvoltura instrumental.
Para que seja o condutor de um grupo de câmara, ou para que seja
liderança na ausência do Maestro. 

Yeshua Almeida (5° ano)A seção de violas tem uma quantidade


menor que a de violinos. Violoncelos uma quantidade parecida com a
das violas e contrabaixos geralmente são a minoria. Resumidamente,
dessa maneira há um equilíbrio melhor dos timbres dos
Instrumentos.

Emanuella Mombeli (5°ano): O naipe de madeiras localiza-se atrás


do naipe das cordas. Os instrumentos que pertencem a essa família
são: Fagote, Clarinete, Oboé e Flauta Transversal. Geralmente esses
instrumentos ficam em duplas: dois fagotes, dois oboés, dois
clarinetes e duas flautas transversais. Flautas e Oboés sentam na
frente dos clarinetes e fagotes. Flauta fica na frente do clarinete e
Oboés na frente do fagote. O fagote é o instrumento mais grave
entre esses que citei!

Giulia Cheles (3°ano ): Em algumas obras é possível encontrar


outros instrumentos na família das madeiras como Contrafagote, um
instrumento maior e mais grave que o fagote. No lado dos clarinetes
pode ter o clarone e a requinta, o clarone é maior e mais grave, já a
requinta é menor e mais aguda. Podemos dizer que ambos são da
linhagem do clarinete.

Micaella Guerra (4° ano): No lado das flautas podemos encontrar o


flautim, um instrumento menor e mais agudo. Em raras ocasiões é
possível encontrar a flauta em sol, um instrumento maior e mais
grave. No lado do oboé podemos encontrar o corne inglês, um
instrumento maior e mais grave.

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.

Antônio limaO naipe dos metais, é formado por 3 Trompetes, 2


Trombones e um Trombone Baixo(instrumento mais grave), 4
Trompas, 1 ou 2 tubas. O naipe de metais fica atrás do naipe de
madeiras.

Clarissa Almeida (4°ano ) O naipe de percussão fica nos fundos.


Atrás do naipe de percussão. Há inúmeras possibilidades nesse naipe,
cada obra pode haver diferentes instrumentos como já vimos o caso
do martelo naquela sinfonia.

David de Paula (4°ano) Uma orquestra sinfônica precisa ter


cordas, madeiras, metais e percussão. Se não houver cordas, a
formação será de banda sinfônica. Na formação de banda sinfônica
não há o naipe de cordas, somente madeiras,metais e percussão. O
trabalho das outras turmas será o de explicar sobre o romantismo,
período que ocorreu principalmente no século XIX. Vamos entender
um pouco sobre a formação da orquestra para alguns Compositores.

Ian Rizzi (4°ano ): Por volta de 1830, o compositor francês Hector


Berlioz (1803-1869) escreveu o primeiro estudo sistemático de como
se devia compor uma massa orquestral que suprisse a necessidade
sonora do romantismo. O Tratado de Instrumentação e Orquestração
de Berlioz ainda hoje é uma fonte riquíssima de consulta timbrística,
tanto para estudar as possibilidades individuais de cada instrumento
(que ele chamou instrumentação) quanto seu conjunto (a
orquestração, propriamente).

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.

Jonas Edmilson (5°ano ) Para Berlioz, a orquestra ideal deveria ter


nada menos que:
21 primeiros violinos
20 segundos violinos
18 violas
15 violoncelos
10 contrabaixos
4 harpas
4 flautas
3 oboés
3 clarinetes
4 fagotes
4 trompas
4 trompetes
3 trombones e 1 trombone-baixo
1 tuba
8 tímpanos
1 bumbo
1 par de pratos

José Antônio Mendes (5°ano ) : Berlioz ainda sugere uma outra


orquestra para fins festivos, que começa com 120 violinos (!), e inclui
30 harpas e 30 pianos de cauda. Bom, essa orquestra nem mesmo
ele foi louco o suficiente para exigir, se bem que tenha chegado bem
próximo em seu Réquiem op.5.
Pedro Mizuki (5°ano ) : Podemos dizer que Berlioz é o culpado de
toda a extravagância das grandes orquestrações de Wagner, Mahler e
Richard Strauss no pós- romantismo. Mas seus esforços e delírios
foram muito bem embasados, tanto na teoria quanto na prática, onde
construiu obras de impressionante equilíbrio orquestral, considerando
o tamanho do contingente exigido. Os princípios por ele enunciados

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!
1. Textos em vermelho são ações que devem ser feita na seguinte ordem e o mais natural
possível!
2. Não é necessário falar exatamente o que foi escrito! Haja o mais natural possível!
3. Se for ler o texto coloque o papel numa posição que você olhe diretamente para
câmera e não para as laterais.
4. Procure um fundo branco ou neutro na sua casa se possível para haver uniformidade
com os demais.
do equilíbrio e uso da grande orquestra lhe valeram o título de "Pai
da Orquestração" e fundador da orquestra moderna.

 Grave com a câmera traseira do celular! Posicione a câmera na horizontal!


 Renomeie o vídeo da seguinte maneira: João Paulo_4ano
 Grave com o fone de ouvido conectado no celular, não precisa usar o fone, apenas
conecte no celular para servir como microfone.
 Não fale baixo e nem tão alto! Fale de uma maneira que dê para discernir as palavras!

Você também pode gostar