Você está na página 1de 16

Testemunho de Lauren Johson

Os meus pais se converteram a


Jesus quando eu tinha 4 anos de
idade. Cresci em uma família
conservadora que obedece a
doutrina da igreja. Quando eu
era adolescente comecei a ter
curiosidade de como era o mundo
e o desejo entrava no meu
coração. Ao completar os meus 20
anos de idade comecei a orar,
pedindo a Deus um emprego e um
esposo, nada acontecia e o
emprego nunca veio, eu procurava
e nada acontecia, o esposo
também não veio. Fiquei
esperando essas bênçãos por 2
anos, me desviei do caminho de
Jesus. Nesse tempo, o meu pai
havia construído a minha casa do
lado da dele, passei a beber, me
drogar e me prostituir, mesmo
sabendo que era pecado, eu
estava revoltada com Deus e
pensava que estava provocando
ele, eu queria atingir a Deus e
chamar sua atenção, mas na
verdade os meus pecados estavam
atingindo eu mesma. Deus usou um
vaso na rua onde eu estava. Ele
se aproximou de mim e disse:
Você não passou do teste e foi
reprovada nessa prova, não dei
ouvidos e continuei no pecado.
Conheci um homem em uma casa de
show de cantores, depois conheci
outro rapaz nessa casa e quando
acabou o show, um dos rapazes se
ofereceu para me levar para
casa, o outro rapaz sentiu
ciúmes de mim, e com mais 5
homens se aproximou do rapaz que
me acompanhava e aqueles homens
espancaram o rapaz que estava
comigo, tentei separar e também
fui espancada, fomos para o
hospital machucados, o meu corpo
estava dolorido e ferido, os
meus pais quando foram me
visitar me deram aquele sermão
por me desviar dos caminhos de
Jesus.
Retornei para a igreja e me
reconciliei com Deus. Eu estava
desempregada e firme com Deus
ajudando o meu pastor, eu já não
me importava mais com emprego ou
esposo, o meu desejo era somente
servir a Jesus. O emprego
apareceu e uma pequena empresa
me contratou, eu estava feliz
com o meu salário, o meu coração
não estava mais em Jesus e sim
nas coisas materiais, aos poucos
comecei a me afastar da igreja e
o meu coração foi se
corrompendo.
Voltei a beber, me prostituir e
gastar todo meu dinheiro naquilo
que não é pão. Na primeira vez
eu desviei por não conseguir um
emprego, e culpava a Deus, agora
as portas foram abertas e mesmo
assim eu desviei ao invés de
agradecer a Jesus pela vitória.
O meu coração estava firmado nas
coisas da terra, o meu salário
era alto e eu queria esbanjar
todo aquele dinheiro. Deus usou
um vaso que veio até mim e
disse: Jesus abriu a porta para
você e supriu a sua necessidade
e o pago pela benção é se
desviar do caminho de Deus, tu
não serve para receber as
bênçãos de Deus, o seu coração
se inclina muito fácil por
aquilo que recebe e se Deus não
abre as portas de empregos tu
desvia por achar que suas
orações não são ouvidas, o seu
coração é materialista, não seja
ingrata para com o seu Deus. Eu
era uma pessoa difícil de
entender, igreja. Pouco tempo
depois de ter desviado, sofri
uma acidente sendo atropelada
por um carro, na cama daquele
hospital comecei a ver os
demônios que vinham me
perturbar, todas as noites eles
me arranhavam, eu não podia
fazer nada com o corpo fraco, eu
estava deitada sem me mexer,
devido à batida do carro eu
fiquei com fraturas nos ossos,
comecei a me lembrar de Jesus e
sabia que estava brincando de
ser uma cristã.
No mundo espiritual não se
brinca, não existe meio termo,
ou você é cristão ou não é,
aquele que vive uma vida dupla
não pertence a Deus. Todas as
noites eu era atormentada pelos
demônios dentro do hospital, a
minha situação ficava cada dia
pior, o meu quadro clínico só
piorava, havia dias que eu
ficava desacordada e
inconsciente. Quando meus pais
foram me ver nos primeiros dias,
eu conversava com eles, mas nos
outros dias não podia falar, eu
era um vaso que estava sendo
quebrado, cresci na igreja desde
criança e fiquei adolescente
ouvindo a apalavra até a idade
adulta, eu era conhecedora da
palavra de Deus e por isso a
cobrança era grande. A minha mãe
disse que eu cheguei a um estado
que eu não acordava, o meu pai
estava intercedendo pela minha
alma para que eu não perdesse a
salvação.
 Nesses dias que eu não
acordava, Jesus apareceu a mim e
o meu espírito conversou com
ele, eu estava ao lado do meu
corpo e vi que o hospital estava
cheio de demônios da
enfermidade, o meu corpo estava
em estado vegetativo. Jesus
olhou para mim com o rosto
sério, ele disse: Devo lhe dar
uma chance, olhe ao seu redor,
eu olhei e vi os demônios me
rodeando com sede de levar a
minha alma. Jesus não me chamava
de serva e disse que eu
pertencia aos demônios que me
olhavam, Jesus disse que eu não
era inocente e sim uma
conhecedora que preferiu virar
as costas para ele. Jesus
disse: graças às orações dos
seus pais, que me serve há anos,
essa será a ultima chance da sua
vida, se desviar mais uma vez
não terá chance de salvação e
entregarei a sua alma aos
demônios, vou lhe mostrar o
inferno para que testemunhe
aonde for.
Um buraco apareceu no chão do
hospital, parecia um vulcão
aberto e entramos por essa
entrada ao inferno. No inferno
contemplei 3 pessoas famosas, eu
vi o cantor Layne Staley
sofrendo no inferno, ele cantava
no inferno e suas cordas vocais
explodiam. Eu vi a atriz Britney
Murphi sendo torturada pelos
demônios que obrigava ela a
beber veneno. Eu vi o ator
Bernie Mac que sofria tanto que
agonizava de dor. Esses três
astros estavam em um estado
subumano de degradação. Esse
lugar é a morada dos famosos que
um dia moraram em casas e
apartamentos de luxo, hoje tem
as suas condições de habitação
deplorável. Fui a um lugar de
pessoas importantes no inferno,
eu vi políticos e juízes
corruptos, eu vi advogados no
inferno por defender a
injustiça, eles faziam tudo por
dinheiro e não deixavam os
culpados serem presos, achando a
abertura que a lei dava para
protegê-los, grandes empresários
e autoridades estão naquele
lugar, tudo pela exploração,
ambição, engano e corrupção.
 Eu vi casais de cristãos no
inferno por fazerem da sua casa
um lugar de guerra, Jesus disse:
Esses casais viviam discutindo
como dois inimigos, disputando o
controle do lar, eles nunca
reataram a paz, estabelecendo a
união familiar, aquele lugar no
inferno pertencia aos casai
brigões, também fui a um lugar
no inferno onde estão os pais
que discutiam com os filhos e
eles com os pais, eu vi um pai
acorrentado com o seu filho,
eles estavam colados um no outro
e não podiam se desfazer, na
terra eles não se uniam, mas no
inferno são obrigados a ficarem
um acorrentado ao outro para
sempre.
 Eu vi o mesmo caso de uma mãe
com sua filha, quando estavam na
terra pareciam feras e chegaram
a se agredir, o que mais me
entristeceu foi que essas duas
famílias são cristãs. Jesus
olhou para mim e através do seu
olhar ele me passou uma
mensagem, eu percebi que dava
muito trabalho aos meus pais e
naquele momento eu estava morta
no hospital e eles estavam
sofrendo pela minha rebeldia.
Eu trouxe sofrimento aos meus
pais, a minha vontade era voltar
para terra e me reconciliar com
eles, filhos que tem um pai e
uma mão devem reconciliar-se com
eles, os seus pais são as
pessoas mais importantes da
terra, peçam perdão a eles.
Jesus também me advertiu que no
começo da minha conversão eu
andava na obediência e com o
passar dos anos passei a usar
brincos, colares e maquiagem, eu
questionei a Jesus, dizendo que
ele ama a igreja adornada e a
bíblia fala que o povo de Israel
tinha que adornar para o esposo,
até a tua igreja ó senhor, fala
que é para se adornar, Jesus
olhou para mim e com muito amor
explicou tudo.
Ele disse: Serva, o adorno do
mundo não tem nenhum valor para
mim, o que eu quero é um povo
que se adorna da minha palavra,
os adornos espirituais são o
amor, a obediência, a pureza e
os frutos do espírito, a igreja
que se adorna da minha palavra,
brilha como a luz, cada palavra
que a igreja se reveste é como
se fosse adornada de pedras
preciosas celestiais. Assim como
Israel foi cobrado a se adornar
da santificação e não da
idolatria a minha igreja é
chamada para se adornar da minha
glória, a minha presença fará o
meu povo brilhar como estrelas.
Eu disse: Senhor, as mulheres da
minha igreja usam joias, eu as
vi usando e também quis usar.
Jesus respondeu: Agora já sabe
que não pode, nenhuma noiva com
os adornos de satanás entrarão
no meu reino, os adornos da
terra não me pertencem. Jesus me
levou até o céu por um caminho
de pedras preciosas, o senhor
pegou uma pedra que brilhava e
colocou na palma da minha mão,
aquela pedra resplandecia em sua
mão.
Jesus disse: olhe para essa
pedra serva, ela não possui
adorno nenhum, pois ela é o
próprio adorno, não use adorno
do mundo, seja o meu adorno, a
beleza dessa pedra não esta por
fora, mas a luz clara que brilha
dentro dela, eu quero uma igreja
como essa pedra preciosa, que
brilha pela sua própria
natureza, a beleza espiritual
não esta na aparência, mas na
transformação, esse brilho é uma
virtude simples e a humildade do
coração, fale para a igreja ser
espelho ao mundo e reflita a
minha imagem, sejam refletores
da minha glória e brilhem em
santidade, a minha luz tem que
refletir na igreja, eles tem que
ser o reflexo da minha luz, não
quero um povo que tenha a imagem
do mundo nem que sigam os
costumes do Egito e imitem o
povo da Babilônia. Quando Jesus
me disse essas palavras, ele
começou a resplandecer e ficou
cheio de glória, ele é perfeito,
completo e absoluto, com suas
mãos poderosas ele fez uma
grande tela aparecer, eu vi a
terra através daquela tela, eu
vi os matrimônios sendo
destruídos, uma grande
desarmonia entre os casais que
são feras.
Jesus disse: Ensine os casais a
se prevenirem contra tudo e a
aprenderem a se suportarem, se
eles continuarem com essas
naturezas brutas irão para o
inferno. Jesus disse: volte para
terra, eu irei lhe dar
capacidade para ensinar os
casais, quando ele disse isso o
meu espírito voltou ao corpo.
A minha recuperação no hospital
foi muito rápida, o meu corpo
foi restaurado pelo poder de
Jesus, a minha saúde melhorou e
os médicos não sabiam que eu
estava curada, os ossos
quebrados se juntaram no meu
corpo.
 Eu preguei o evangelho de
Jesus no hospital, alguns
médicos e enfermeiras se
converteram, eles são a prova do
milagre que aconteceu comigo,
não era para eu estar falando do
meu testemunho, mas pela sua
misericórdia Jesus me deu a
última chance.
Eu era uma pessoa que não tinha
estabilidade espiritual, eu não
conseguia me firmar quando as
provas vinham sobre mim e também
não conseguia permanecer em
época de prosperidade,o meu
coração era preso nas coisas
materiais. Hoje posso dizer que
Jesus consertou a minha vida,
estou trabalhando com pessoas
que estão com o casamento em
desarmonia, o meu pastor confiou
esse cargo a mim.
Eu tenho um grupo de mulheres
que fazem as obras nos lares,
elas dão conselhos às esposas
que não têm sabedoria para
edificar a sua casa, esse
projeto se chama ministério de
mulheres valentes, é uma obra
humilde que foi construída para
ajudar mulheres cristãs casadas
e aquelas mulheres que não sabem
como agir com os problemas de
convivência conjugal. O meu
esposo lidera um grupo de homens
que aconselha os cristãos que
vivem em desarmonia com suas
esposas, o projeto se chama
varões valorosos. Eu fiquei
muito feliz com a fundação
desses projetos, o meu pastor
construiu isso para restauração
da família, onde satanás tem
atacado.
Que a fé em Jesus e em sua
salvação alcance todas as
famílias que ouvem esse
testemunho, amém.

Você também pode gostar