Você está na página 1de 1

Alberto tinha-se obrigado contratualmente a vender um andar de um prédio urbano

seu a Benilde por certo preço, tendo a escritura ficado marcada para determinado dia.
Inesperadamente, Alberto teve de se ausentar em serviço durante um período que
justamente coincidia com o dia marcado.

1. Analise o contrato celebrado entre Alberto e Benilde e diga que efeitos produz.

2. Suponha sucessivamente as seguintes sub-hipóteses:

a) Alberto esqueceu-se completamente da marcação da escritura. Manuel, seu amigo,


sabendo da situação, apresentou-se no cartório notarial no dia fixado, dizendo querer
cumprir a obrigação dele; Pode?

b) O pressuposto é o mesmo da alínea anterior. Manuel foi ao cartório, declarando


desejar vender em nome de Alberto o andar; juridicamente, a situação jurídica é igual ou
diferente da anterior? Se a venda for efectivamente realizada por Manuel em nome
deAlberto, quid iuris?

c) Alberto, ao saber da necessidade de se ausentar, contactou com Manuel e pediu-lhe


que fosse ele ao notário em seu nome e por sua conta vendendo o andar. Verificando que
ambos se haviam esquecido da procuração que Manuel teria de