Você está na página 1de 17

INTRODUÇÃO

Hoje em dia, a infraestrutura de TI e o servidor de uma empresa


são a base para uma rotina produtiva eficiente e que mira o
desenvolvimento escalável do negócio.

No entanto, até uns anos atrás, o cenário era outro.

Reinavam soluções de infraestrutura e servidores on premise, que


acumulavam despesas e até mesmo riscos elevados para a
segurança da informação de uma empresa.

Com este tipo de servidor, era função da empresa garantir todo


ecossistema de recursos para seu funcionamento.

Hardwares, softwares, licenças, antivírus e outras soluções de


segurança, local de armazenamento, energia para alimentação
dos servidores, equipe especializada, manutenção, atualização
de programas e mesmo seguro de todo o aparato. Esses eram
itens dos quais eram necessários ter controle minucioso.

Além dos altos (e periódicos) custos, servidores on premise eram


suficientes apenas para uma operação estável do sistema. Ou
seja, cada vez que a demanda por performance ou disponibilidade
crescia, o sistema apresentava lentidão, restrições ou mesmo a
obsolescência.

Como solução, talvez fosse necessário sacrificar dados, excluindo-os


em busca de mais espaço no servidor. Ou, ainda pior (principalmente
para o bolso do empresário), aumentar a capacidade do servidor.

2
INTRODUÇÃO
Isso significava gastos com hardwares, manutenção e mesmo reformas
do local onde o servidor estava instalado.

Imaginar alguma escalabilidade para servidores on premise era quase


impossível. Por conta dos custos, não valia a pena.

Porém, a chegada do cloud computing mudou todo esse panorama.

Inovadora, a tecnologia se mostrou flexível o bastante para que as empresas


migrassem de seus servidores tradicionais diretamente para a nuvem,
tendo como líder a AWS (Amazon Web Services).

A maior plataforma de nuvem do mundo, a AWS é um dos braços


fortes da Amazon.

O provedor de nuvem da empresa americana está presente em todo


o mundo, com 69 zonas de disponibilidade. Toda essa presença de
mercado faz com que a AWS disponibilize uma cartela incomparável
de serviços na nuvem, tornando cada operação mais fácil e ágil que em
seus concorrentes.

Esse nível de serviço fez com que a AWS conquistasse clientes poderosos,
como a General Eletrics, Airbnb, Netflix e até mesmo a NASA.

No entanto, apesar disso, mesmo atualmente, o cloud computing ainda


não é uma unanimidade entre todos.

3
INTRODUÇÃO
A redução de custos é significativa, a plataforma é inteiramente escalável,
é possível automatizar serviços e tornar toda operação enxuta. Porém, um
ponto chama bastante atenção de quem está indeciso sobre a migração
de seus servidores para a nuvem AWS:

E a segurança?
Com as recentes brechas de segurança de grandes empresas, como
Facebook ou Uber, a opinião pública voltou sua atenção para o tema.
Ao mesmo tempo, governos começaram a agir, promovendo mudanças
legislativas envolvendo a segurança da informação, como a GDPR na
Europa e a LGPD no Brasil.

Porém, sobre o assunto, a Amazon é irredutível: seu serviço conta com


segurança de ponta, sendo este um dos seus principais diferenciais.
Ainda assim, as empresas se perguntam:

• Como fazer uma jornada segura para a nuvem AWS?


• Como ela vai garantir máxima segurança de suas informações e a
integridade do seu banco de dados?

Para responder essas perguntas e esclarecer o passo a passo de uma


jornada segura para a nuvem AWS, criamos este e-book.

Continue a leitura para entender como migrar para essa tecnologia


que pode revolucionar seu dia a dia, reduzir custos e trazer melhores
resultados!

4
SEGURANÇA
Semelhante à Segurança da Informação presente em servidores
tradicionais e on premise, a segurança da nuvem consiste em um pacote
completo de proteção à sua rede e infraestrutura.

DA NUVEM: Além de assegurar que suas informações, dados e arquivos não sofram

O QUE É?
roubos, sequestros, vazamentos e exclusões, ela também permite
que sua gestão de segurança seja mais ágil e aprofundada.

Dos processos comuns, como ações de prevenção, detecção e correção


de falhas, até relatórios completos de seu servidor na nuvem. Através
deles, é possível realizar auditorias mais assertivas que comprovem a
eficácia do sistema de proteção da nuvem.

No caso da AWS, o assunto é prioridade. A segurança é um dos


principais pilares do serviço, que garante a proteção da nuvem, sem
que o cliente pague por isso inicialmente, mas apenas pelos serviços
que utilizar.

Conforme as demandas forem mudando ou se intensificando, os níveis


de serviço mudam para se adequarem às necessidades, e os clientes
podem adotar algum dos vários procedimentos de segurança que a
AWS oferece.

5
Esse conjunto de serviços torna a plataforma de segurança da AWS muito
robusta e abrangente, atuando em:

Segurança da Mitigação de DDoS Criptografia de Dados Inventário e Monitoramento e Identidade e Controle Teste de Penetração
Infraestrutura Configuração Registro em log de Acesso

Ou seja, a segurança da nuvem consiste no uso de ferramentas e recursos


de softwares para proteger sua rede, de ponta a ponta.

Ao provedor, cabe disponibilizar as ferramentas de segurança, além de


definir normas rigorosas acerca do uso da nuvem, que promovam o mais
alto nível de confidencialidade e proteção das informações.

6
COMO FAZER
UMA JORNADA
SEGURA PARA A
NUVEM

Realizar jornada segura para a nuvem AWS não é um


processo padronizado. Normalmente, cada empresa
realiza um caminho diferente, que se adeque às suas
necessidades e possibilidade de investimento.

No entanto, essa jornada consiste em alguns passos em


comum que exigem bastante atenção de toda equipe
envolvida.

7
Projeto
O primeiro passo é um teste. Na fase de Projeto, você e sua equipe
testam os ambientes de nuvem, buscando familiarizar-se com a
plataforma, seus recursos e benefícios.

Base
Agora, você e sua equipe estarão aptos a partir para a fase Base. Nela,
uma base escalável de adoção da nuvem deve ser criada.

Isso consiste em preparar uma zona inicial, com um ambiente AWS pré-
configurado, protegido e com várias contas para uso.

É necessário criar um Centro de Excelência em Nuvem (CCoE), ou seja,


um grupo de profissionais qualificados que comanda a empresa em todo
esse processo de transição, do começo até sua operação no dia a dia.

É um tipo de mentoria que serve de suporte e definição de processos,


como padrões de uso e operações. Além disso, o CCoE é responsável por
compartilhar todo seu conhecimento acerca da nuvem para a empresa
(normalmente, através de um blog corporativo).

Na etapa de Base, a empresa também escolherá o modelo de operações


dentro da plataforma, seu nível de segurança e preparação para o
compliance.

8
Migração
A principal fase do processo é onde seus aplicativos são transferidos para
a nuvem, sejam apenas os essenciais ou até mesmo seu banco de dados
inteiro.

Essa é a parte mais delicada de uma jornada segura para a nuvem AWS,
que pode ser detalhada em:

1# Preparação da migração e planejamento empresarial

É onde você e sua equipe criam o planejamento corporativo para a


migração, criando metas e objetivos. Os primeiros passos da migração
devem ser simples, com âmbito de servirem de experiência preliminar.

2# Entendimento e planejamento do portfólio

Sua equipe precisa analisar toda sua infraestrutura de TI para entender


como seu portfólio de TI funciona, as dependências e correlações entre
aplicativos. Essa compreensão vai possibilitar a criação de estratégias
assertivas de migração, que levem em conta suas necessidades e
objetivos.

9
3# Criação, migração e validação de aplicativos - Básico

Nesta fase, o foco sai do portfólio e vai para cada aplicativo. Agora, sua
equipe deve criar, migrar e validar cada um dos aplicativos necessários.

As estratégias para este processo podem variar entre uma das seis mais
comuns realizadas pelas empresas.

4# Criação, migração e validação de aplicativos - Avançado

Com a expertise obtida, é hora de tornar esse processo de migração


avançado, seguindo a estratégia escolhida. Normalmente, esse passo é
tomado com a ajuda de algum parceiro.

A AWS disponibiliza seus serviços nesta área através do AWS Server


Migration Service (SMS), AWS Database Migration Service (DMS) e
Migração do CloudEndure.

5# A Nuvem AWS faz parte da sua operação

Com os aplicativos migrados, é preciso desativar os sistemas e servidores


antigos e focar na nuvem AWS, aperfeiçoando seu modelo operacional
em conjunto com a equipe, processos, análises e serviços agregados ao
sistema.

10
Reinvenção
Com todas as operações centralizadas na nuvem AWS, sua equipe pode
trabalhar em inovações que transformem o seu negócio e otimizem o
uso do seu servidor.

11
COMO FICA A
SEGURANÇA
Enquanto a Amazon se responsabiliza para evitar os erros
na plataforma, o cliente fica responsável por evitar erros de
uso, gestão de acessos etc. Essa diferença é essencial, pois
possibilita que cada empresa adote recursos de proteção
específicos para seu momento, em cada etapa de uma
jornada segura para a nuvem AWS.

A empresa americana oferece diversos serviços de


segurança que focam em 5 pontos especiais de uma
jornada segura para a nuvem AWS, que são:

• Gestão de Acessos e Identidade

• Controles de Detecção

• Segurança em Infraestrutura

• Proteção de Dados

• Resposta a Incidentes

12
Você ainda pode se basear em 3 diferentes etapas que constituem
o processo de segurança da nuvem.

Gestão de Acessos: Com a utilização dos recursos da AWS, decidir


as boas práticas em relação aos acessos na nuvem AWS, definindo
questões como quais serão os perfis a acessarem o servidor e muito
mais.

Gestão de visibilidade e controle: É preciso selecionar quais


critérios serão considerados, definir a visibilidade e controle da
nuvem AWS, buscando as práticas que possibilitem a melhoria
contínua da operação.

Adoção de práticas de automação: Escolha de serviços e práticas


que irão nortear a automação dos recursos de segurança na nuvem
AWS, com princípios como DevSecOps, Security by Design, entre
outros.

13
POR QUE MIGRAR
PARA A NUVEM
AWS?
Realizar uma jornada segura para a nuvem AWS não é
um processo fácil, porém, se trata de um movimento de
mercado.

A migração para a nuvem é uma solução frente aos altos


custos de soluções tradicionais — além da crescente
necessidade de escalar o negócio.

Com a Transformação Digital, o foco das empresas


voltou-se para seus ambientes digitais. Para se tornarem
competitivas, suas infraestruturas de TI e servidores
devem estar à altura das demandas — que continuam
crescendo.

14
Além disso, segundo estudo da IDC , os benefícios de adotar a
nuvem AWS podem impactar profundamente seu negócio:

• Redução de 94% no tempo de inatividade do servidor.

• Aumento de 62% na produtividade da TI.

• Redução de 51% de custos operacionais.

• Aumento de 25% na produtividade dos desenvolvedores de


soluções.

• ROI de 637% em um prazo de cinco anos.

Ou seja, além de apresentar recursos inovadores (e constantemente


atualizados), a nuvem AWS é sinônimo de eficiência, redução de
custos e resultados escaláveis.

Para o presente e para o futuro, fazer uma jornada segura para


a nuvem AWS significa apostar em uma solução que permite
que seu negócio se desenvolva, sem restrições e com máxima
segurança.

15
Para isso, contar com um parceiro especializado é essencial.
Afinal, guiar-se no meio de todos os passos da jornada é um
desafio e tanto. Expertise e suporte técnico para ajudar sua
empresa a conduzir toda jornada segura para a nuvem AWS
são necessárias para um processo ágil e completo.

A DBACorp possui mais de 20 anos de experiência e é


especializada nos maiores players do mercado, incluindo a AWS.

Com uma equipe dedicada, certificada e atualizada, a DBACorp


pode ajudar sua empresa a migrar para a nuvem AWS com
tranquilidade, em um processo que compreende máxima
eficiência, segurança e atendimento agilizado.

Realize a sua jornada segura para a nuvem AWS com a DBACorp


e dê o passo definitivo para um futuro de crescimento!

16
SOBRE A
DBACorp
A DBACorp oferece um completo portfólio de
produtos e serviços, permitindo que o cliente
tenha foco na estratégia e no planejamento do
seu negócio – uma vez que assumimos o perfeito
funcionamento do seu ambiente de TI.

Temos uma equipe especializada e preparada


para realizar projetos nas áreas de Banco de
Dados, Infraestrutura, Cloud Computing e Data
Intelligence. E para que o cliente esteja sempre
à frente no mercado, investimos continuamente
no desenvolvimento de nossos profissionais por
meio de elevados padrões de certificação.

As parcerias também fazem parte do nosso


plano estratégico. Trabalhamos com os principais
fabricantes e empresas de tecnologia, como
Oracle, Microsoft, VMWare, VEEAM e Amazon Web
Services.

A proficiência na Arquitetura, Instalação,


Configuração, Suporte Técnico e Monitoração,
dentro dos padrões exigidos pelos fabricantes, faz
da DBACorp uma das melhores em seu ramo de
atuação, o que resulta na qualidade máxima dos
serviços prestados às empresas de todo o Brasil.

Você também pode gostar