Você está na página 1de 3

ATLETISMO

1. História

O atletismo é chamado de “esporte-base” dos Jogos Olimpicos que exige


habilidades naturais do homem: correr, saltar e arremessar, no qual é necessário
velocidade, agilidade, resistência e força, cujo o lema Citius, altius, fortius (mais
rápido, mais alto e mais forte).
O atletismo surgiu na Grécia antiga em que ser forte, rápido e valente era
considerado sinal de força militar.Para os gregos, o campo de atletismo era o
substituto dos campos de guerra
No século XII coube a Inglaterra iniciar o atletismo, os ingleses já praticavam
os saltos e arremessos tal qual foi realizada a primeira competição organizada entre
Oxford e Cambridge,em 1864, passou a ser um marco.

2. Modalidades
O atletismo engloba várias modalidades, tais como: modalidades de sprints -
100 m, 200 m e 400 m; meio fundo - 800 m, 1500 m, 3000 m, 5000 m e 10000 m;
corrida de estafetas; barreiras; triplo salto; salto em comprimento; salto em altura;
lançamento do disco; lançamento do dardo; lançamento do peso; salto à vara; as
provas combinadas e a maratona.

2.1 100 Metros rasos


Entre essas modalidades a corrida de 100 metros rasos é um tipo de corrida
realizada em linha reta e a largada ocorre com ajuda dos blocos fixadas na própria
pista. O bloco tem como função dar apoio ao atleta e proporcionar uma impulsão
para as primeiras passadas. Esses blocos são dotados de sensores para medir o
tempo de reação de cada atleta em relação ao tiro de largada, se o tempo entre o
tiro e o primeiro movimento do atleta for menor que 0.1 segundo, a largada é
considerada falsa. Um atleta olímpico reage entre 0,12 e 0,20 segundo. Uma pista
de corrida contém 8 raias, cada uma com 1 metro e 22 centímetros, sendo a largura
da pista de no mínimo 10 metros com espaço além das raias interna e externa.
Usain Bolt é o atual campeão olímpico e mundial da prova de 100 metros rasos no
qual ele bateu seu próprio recorde 3 vezes.

2.1.1 Economia
O presidente da Federação de Futebol da Jamaica, Horace Burrell, sugeriu à
imprensa local que explorasse mais o lado heróico do campeão mundial e olímpico
para promover o país em uma escala global e aumentar o turismo, com o intuito de
acelerar a economia para ajudar na superação da crise econômica.
“Mas Usain é uma ferramenta tão potente que, ele sozinho, pode promover a
Jamaica de um jeito que o mundo inteiro queira conhecer o país”.
Ciente de que o esporte é uma indústria multimilionária, o dirigente garante
que a imagem do atleta precisa ser mais explorada a favor da Jamaica e cita o
exemplo dos Estados Unidos, como especialistas em marketing e contratos
publicitários.
“Se ele fosse americano, seria diferente. Mesmo assim, quero sugerir aos setores de
Turismo e governamentais, que analisem essa proposta com seriedade. Se usarmos
¹ Trabalho elaborado pelos acadêmicos Beatriz Gomes Pimentel, Fábio Lucas Baudson Félix, Juliana
Miranda de Souza ,Willian Coan sob orientação do Professor Mestre João Batista .
os nossos atletas, particularmente Bolt, em promoções em todo o globo, isso seria
muito mais benéfico para o nosso país”.

2.1.2 Marketing esportivo


O jamaicano Usain Bolt, campeão olímpico e mundial dos 100 m, 200 m e
4x100 m rasos, receberá uma quantia equivalente a R$ 17 milhões na próxima
temporada. Só da renovação do contrato de patrocínio com a marca alemã Puma, o
velocista vai assegurar R$ 10 milhões.O restante vem das parcerias com a marca de
bebidas Gatorade, a empresa jamaicana de telefonia Digicel, além dos cachês para
competir em eventos internacionais de atletismo. Segundo o diário espanhol As, Bolt
cobrará 214 mil euros para cada corrida de 100 m ou 200 m rasos, o equivalente a
mais de meio milhão de reais.
Bolt tem rejeitado propostas milionárias de outras marcas e material esportivo,
mas se manteve fiel à Puma, que lhe deu a primeira oportunidade e agora renovou o
contrato até 2014. A parceria vem desde 2002, quando o jamaicano ganhou os 200
m rasos do Mundial Juvenil.
Em 2010, Bolt já tem compromisso para correr em sete das 14 etapas da Liga de
Diamante. De acordo com seu cachê atual, só com essas competições, o jamaicano
já vai embolsar quase quatro milhões de reais.

3. Bens de consumo
Equipamentos: O uniforme básico de todo atleta é um calção e uma camiseta,
podendo ser utilizado também um macacão. Normalmente, essa última vestimenta é
utilizada nas provas de velocidade, em que as roupas justas de material sintético
ajudam o competidor a correr mais rápido em razão do menor atrito com o ar.
Uma curiosidade do atletismo é que a utilização de tênis ou sapatilhas é
facultativa, podendo o atleta usá-los ou não. Quando o fazem, normalmente usam
sapatilhas feitas de material sintético macio e com sola especial antiderrapante.
As varas utilizadas no salto não têm medidas definidas - variam de acordo
com o tamanho de cada atleta. A bola de metal do arremesso de peso, por sua vez,
deve ter 7,26 kg para os homens e 4 kg para as mulheres.
No arremesso de martelo, a bola e o arame metálico devem pesar, juntos,
7,26 kg, formando uma longitude máxima de 1,2 m. Os discos precisam pesar 2 kg e
ter tamanho entre 219 mm e 221 mm para os homens, e 1 kg e tamanho entre 180
mm e 182 mm para as mulheres. Já o dardo deve ter 2,60 m e 800 g no masculino e
2,20 m e 600 g no feminino.
4. Inclusão social
Crianças correndo, saltando, disputando entre si para ver quem chega
primeiro. Essa não é uma cena comum, ainda mais se tratando de crianças
praticando um esporte diferente dos tradicionais futebol, vôlei, basquete ou natação.
É a realidade dos meninos e meninas que treinam atletismo em Taboão da Serra.
O projeto começou há 20 anos, reunindo pessoas de todas as idades,
principalmente adultos, mas nos últimos dois anos tem despertado a atenção da
criançada.
As maiores dificuldades são manter a motivação e conseguir inscrições para
as competições o atletismo é importante porque tem efeito no corpo como um todo,
desenvolve a coordenação motora, trabalha o braço, as pernas e joelhos. Além de
ser ferramenta de inclusão social, tirando crianças do ócio e das ruas, formando
atletas e cidadãos.
“Eu tenho orgulho de fazer parte desse projeto. Tem 11 professores de
¹ Trabalho elaborado pelos acadêmicos Beatriz Gomes Pimentel, Fábio Lucas Baudson Félix, Juliana
Miranda de Souza ,Willian Coan sob orientação do Professor Mestre João Batista .
Educação Física que saíram aqui do atletismo. Entram como criança e viram
professores, é gratificante”, diz.
Maria Auxiliadora tem longa carreira como atleta maratonista. Correu a São Silvestre
por 16 anos, já participou de mais de 100 maratonas no Brasil e em países como
África, Japão e Espanha, chegando diversas vezes no pódio. É recordista sul-
americana dos 100km e dos 100km mundial para veteranos.
A atual líder do ranking brasileiro de corridas de rua, Conceição D’Maria de
Carvalho, é taboanense. Hoje, é patrocinada pela Caixa Econômica Federal.

5. Inclusão das pessoas portadoras de necessidades especiais


Assim como nas Olimpíadas, o atletismo paraolímpico conta com provas
tradicionais como os 100 m rasos e a maratona; claro que adaptados às deficiências
dos participantes.
Atletas com deficiência visual e física podem participar da modalidade, que é
dividida em categorias que levam em conta o volume de ação dos competidores.
Cada participante é submetido a testes de força muscular, de coordenação e
funcional. As competições seguem as regras da Federação Internacional de
Atletismo (IAAF), com algumas modificações que possibilitam ao atleta competir
usando próteses, cadeira de rodas ou ser acompanhado por um guia.
Na paraolimpíada, as provas serão a mesma para a categoria masculina e a
feminina: arremesso de peso, lançamento de disco, lançamento de dardo, salto
triplo, salto em altura e salto em distância. Os homens ainda estarão presentes no
decatlo e as mulheres no pentatlo.

6. Quadro de medalhas de atletismo nos jogos olímpicos 2008


Posição Pais Ouro Prata Bronze Total
1º EUA 308 229 184 721
2º URSS 64 55 74 193
3º Grã-Bretanha 48 76 60 184
34º Brasil 3 3 7 13

Referencial:
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Atletismo/0,,MUL1270109-
16316,00.html
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/atletismo/modalidades-do-atletismo.php
http://esporte.hsw.uol.com.br/pan-atletismo2.htm
http://www.quadrodemedalhas.com/olimpiadas /atletismo-jogos-olimpicos.htm

¹ Trabalho elaborado pelos acadêmicos Beatriz Gomes Pimentel, Fábio Lucas Baudson Félix, Juliana
Miranda de Souza ,Willian Coan sob orientação do Professor Mestre João Batista .