Você está na página 1de 4

NOVENA DE NATAL OCDS 2020

7º Dia de Novena

“De 17 a 24 de dezembro, as grandes Antífonas do “Ó” conclamam para o


Magnificat (Ó Sabedoria, Ó Adonai, Ó Raiz de Jessé, Ó Chave de Davi, Ó Sol Nascente,
Ó Rei dos Reis, Ó Emanuel), de forma mais saudosa e enérgica: “Vinde, para nos
libertar.” E, sempre mais promissora, ecoa: “Veja, tudo se completou” (no último
domingo do Advento); e, finalmente: “Hoje sabereis que o Senhor virá e amanhã
contemplareis a sua glória”. Sim, quando, à noite, as luzes clareiam as árvores enfeitadas,
e os presentes são trocados, o desejo incompleto aponta para um outro clarão de luz”.
Santa Teresa Benedita da Cruz / Edith Stein

A ADORAÇÃO DOS MAGOS

Leitor 1- Oração Inicial de Acolhida do dia

Pai Nosso, cuida de cada pensamento e sentimento, para que minha alma seja,
para o Menino Jesus, uma morada semelhante a uma pobre e simples gruta de Belém.
Que meu sorriso seja, para os demais, uma luz de Esperança no meio da noite escura.
Amém.

Todos cantemos a uma só voz:

Noite Feliz

Noite feliz, noite feliz


Ó senhor, Deus de amor
Pobrezinho nasceu em Belém
Eis na lapa, Jesus nosso bem
Dorme em paz, ó Jesus
Dorme em paz, ó Jesus
Noite feliz, noite feliz
Eis que no ar vem cantar
Aos pastores os anjos dos céus
Anunciando a chegada de Deus
De Jesus, Salvador!
De Jesus, Salvador!

Todos: Contemplemos o mistério da Encarnação!

Leitor 2 - O Verbo nos fala:


Malaquias 3,20
Mas sobre vós que temeis o meu nome se levantará o sol de justiça que traz a
salvação em seus raios. Saireis e saltareis, livres como os bezerros ao saírem do estábulo.

Mateus 2, 11-12
«Entrando na casa, viram o menino, com Maria sua mãe. Prostrando-se, o
adoraram; e abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra.
Sendo por divina advertência prevenidos em sonho a não voltarem à presença de Herodes,
regressaram por outro caminho a sua terra.»

Leitor 3 - A Igreja nos fala:


“Com Jesus Cristo, a bênção de Abraão é estendida a todos os povos, à Igreja
universal como novo Israel que acolhe em seu seio toda humanidade. Também hoje, ainda
permanece verdadeiro o que dizia o profeta: «a escuridão envolve as nações». Não se
pode dizer, de fato, que a globalização seja sinônimo de ordem mundial, pelo contrário.
Os conflitos pela supremacia econômica e a exploração dos recursos energéticos, hídricos
e das matérias primas tornam difícil o trabalho daqueles que, em todos os níveis,
esforçam-se para construir um mundo justo e solidário. Há a necessidade de uma
esperança maior para preferir o bem comum de todos ao luxo de poucos e à miséria de
muitos. «Esta grande esperança – escrevi na encíclica Spe salvi – pode ser somente Deus
… não um deus qualquer, mas aquele Deus que possui uma face humana» (n. 31): o Deus
que se manifestou no Menino de Belém, e no Crucificado-Ressuscitado. Se há uma grande
esperança, pode-se perseverar na sobriedade. Se faltar a verdadeira esperança, busca-se a
felicidade na embriaguez, no supérfluo, nos excessos, e se arruína a si mesmo e ao mundo.
A moderação não é então somente uma regra ascética, mas também uma via de salvação
para a humanidade. É agora evidente que somente adotando um estilo de vida sóbrio,
acompanhado do sério empenho por uma igual distribuição das riquezas, será possível
instaurar uma ordem de desenvolvimento justo e sustentável. Por isso, é preciso que os
homens nutram uma grande esperança e possuam, por isso, muita coragem: a coragem
dos Magos, que empreenderam uma longa viagem seguindo uma estrela, e que souberam
ajoelhar-se diante de um Menino e oferecer-lhe seus dons preciosos. Temos toda a
necessidade desta coragem, ancorada em uma sadia esperança. Que Maria nos obtenha
isso, acompanhando-nos em nossa peregrinação terrena com sua materna proteção.
Amém.” (Homilia do Papa Bento XVI na Solenidade da Epifania do Senhor, 2008).

Leitor 1 - O Carmelo nos fala:


«Mãe querida…
A minha comida, o alimento que tomo,
é ver-Te Mãe querida.
A água que bebo para refrescar a minha alma
é amar-Te, Mãe querida…
Amando-Te, alcanço a vida:
amando-Te, eu me refresco.
O repouso que tomo,
é o de procurar-Te noite e dia…»
Beata Miriam de Jesus Crucificado
(Elevações espirituais, 16)

Leitor 2: A vida nos fala


Estima-se que, no mundo, há mais de 1 bilhão de pobres, quase 1 bilhão de
analfabetos e mais de 20 milhões de pessoas em situações análogas à escravidão. Um
cenário com desafios complexos que passam pela evangelização, catequese ou serviço
pastoral. A Igreja é a maior instituição caritativa no mundo nas áreas da educação e saúde.
A Igreja está no mundo para amenizar o sofrimento de nosso semelhante, do órfão, da
viúva, do doente ou da jovem prostituída. Que é isso tem haver com o Carmelo e a nossa
espiritualidade contemplativa? Recorrendo a um Doutor da Igreja, temos uma pista: “a
vida contemplativa não foi instituída por causa da ativa, mas a ativa por causa da
contemplativa”.

Leitor 3: A Igreja que caminha:


Como filhos de nossa Santa Madre Teresa de Jesus, possamos, dentro do mundo
em que habitamos, sermos o Carmelo neste mundo e que o mundo seja o nosso
Carmelo. Faça uma lista enumerando alguns itens de como era sua vida antes e depois
de ingressar na OCDS.

Todos: Oração de despedida do dia

O Menino Deus se fez humano como nós;


No silêncio da gruta, a Sagrada Família a sós;
Os Anjos nos Céus cantam Glória;
Os pastores olham, no Céu, o prenúncio da vitória.
A estrela vem trazer Reis Magos do Oriente,
Que vieram adorar o Rei dos reis, o Onipotente.
Ouro, Incenso e Mirra para o Menino Jesus:
Anunciando sua morte e salvação na Cruz.
Amém.

Você também pode gostar