Você está na página 1de 13

Matéria: Raciocínio Lógico

Concurso: Agente da Polícia Federal 2018


Professor: Alex Lira
Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

Prova comentada: Agente


Polícia Federal 2018
Raciocínio Lógico

SUMÁRIO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PREVISTO NO EDITAL .................................. 3


QUESTÕES COMENTADAS ...................................................................... 3
LISTA DE QUESTÕES .......................................................................... 10

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 2 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PREVISTO NO EDITAL


1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e con-
clusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas.
3.2 Tabelas-verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos.
4. Logica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 5 Operações
com conjuntos. 6 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e
matriciais.

QUESTÕES COMENTADAS

1- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
As proposições P  (~Q)  (~R) e R  [Q  (~P)] são equivalentes.
RESOLUÇÃO:
Sejam as proposições:
A: P  (~Q)  (~R)
B: R  [Q  (~P)]
O nosso objetivo consiste em determinar se as proposições A e B são equiva-
lentes.
Uma proposição composta unida pelo conectivo Condicional, do tipo “Se X, en-
tão Y”, é equivalente à sua contrapositiva, isto é, “Se ~Y, então ~X”. Ou seja,
obtemos outra condicional invertendo a ordem das proposições envolvidas e
negando-as.
Fazendo isso na proposição A não chegamos na proposição B. Por que não?
Ocorre que na negação de P  (~Q) não foi trocado o conectivo do “e” para “ou”.
Gabarito 1: Errado.

2- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 3 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Se as três proposições P, Q e R forem falsas, então pelo menos duas das pessoas
envolvidas no ilícito penal serão culpadas.
RESOLUÇÃO:
Se P, Q e R forem falsas, então:
- João é culpado ou Carlos é culpado, de modo que há pelo menos um culpado
entre João e Carlos.
- Paulo é mentiroso.
- Maria não é inocente, de forma que temos mais uma culpada.
Portanto, podemos concluir que pelo menos duas pessoas são culpadas.
Gabarito 2: Certo.

3- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
As proposições P, Q e R são proposições simples.
RESOLUÇÃO:
É óbvio perceber que as proposições Q e R são simples.
Já a proposição P pode gerar alguma dúvida, vez que no seu conteúdo dito algo
a respeito de duas pessoas. Todavia, para o CESPE uma proposição é simples
quando é expressa por meio de uma única oração principal.
Neste sentido, a proposição P: “João e Carlos não são culpados” é uma propo-
sição simples, no caso com sujeito composto. De fato, este sujeito pode ser
resumido pela expressão “Eles”, ficando:
“Eles não são culpados”
Não há dúvida de que estamos diante de uma proposição simples, de modo que
o item está certo.
Corroborando com este entendimento, na prova da ABIN, aplicada em
Jan/2018, o Cespe considerou a seguinte proposição SIMPLES:

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 4 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

“Os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário devem estar em constante es-


tado de alerta sobre as ações das agências de inteligência.”
Gabarito 3: Certo.

4- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
A proposição “Se Paulo é mentiroso, então Maria é culpada.” Pode ser represen-
tada simbolicamente por (~Q)  (~R).
RESOLUÇÃO:
O enunciado apresenta a condicional “Se Paulo é mentiroso, então Maria é
culpada.”, cuja representação simbólica é dada por (~Q) → (~R), que é total-
mente diferente da indicada no item, ou seja, uma BICONDICIONAL (se e
somente se).
Gabarito 4: Errado.

5- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Se ficar comprovado que apenas um dos quatro envolvidos no ilícito penal é
culpado, então a proposição simbolizada por (~P)  (~Q)  R será verdadeira.
RESOLUÇÃO:
Se apenas uma pessoa é culpada, então certamente a proposição P precisa ser
verdadeira, de modo que “João e Carlos NÃO são culpados”. Pois, se P fosse
falsa, já teríamos de início duas pessoas culpadas.
Já que P é V, concluímos acertadamente que ~P é F. Assim, a condicional deste
item é verdadeira, pois uma condicional que começa com F é sempre verdadeira.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 5 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

Gabarito 5: Certo.

6- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Independentemente de quem seja culpado, a proposição [P  (~Q)]  {Q 
[(~Q)  R]} será sempre verdadeira, isto é, será uma tautologia.
RESOLUÇÃO:
Podemos resolver esta questão por tabela-verdade, mas também podemos che-
gar à resposta correta por meio da análise do valor lógico do conectivo presente
na proposição, neste caso o Condicional.
O nosso objetivo consiste em determinar se a sentença apresentada é sempre
verdadeira. Para isso, podemos fazer com que ela seja falsa.
Bem, para que a proposição [P  (~Q)]  {Q  [(~Q)  R]} seja falsa, neces-
sitamos de antecedente P → (~Q) verdadeiro e consequente Q  [(~Q)  R]
falso.
Então, para que Q  [(~Q)  R] seja falso, devemos ter Q falso e (~Q)  R falso.
E, para que (~Q)  R seja falso, devemos obrigatoriamente ter (~Q) falso e R
falso.
Opa! Chegamos em um absurdo pois temos Q e (~Q) falsos simultaneamente.
Assim, é impossível fazer com que a proposição dada no enunciado seja falsa.
Trata-se, portanto, de uma tautologia.
Gabarito 6: Certo.

7- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 6 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

A quantidade de maneiras distintas de se escolher 2 dos 30 passageiros seleci-


onados de modo que pelo menos um deles tenha estado em C é superior a 100.
RESOLUÇÃO:
A quantidade de maneiras para selecionar 2 passageiros dentre os 30 é dada
por:
30! 30 × 29
𝐶(30,2) = = = 𝟒𝟑𝟓
2! × (30 − 2)! 2
Dos 30 passageiros, 25 não estiveram em C. A quantidade de maneiras de es-
colher 2 deles é dada por:
25! 25 × 24
𝐶(25,2) = = = 𝟑𝟎𝟎
2! × (25 − 2)! 2
Assim, o total de maneiras distintas de se escolher 2 dos 30 passageiros de
modo que pelo menos um tenha estado em C é 435 – 300 = 135.
Gabarito 7: Certo.

8- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Considere que, separando-se o grupo de passageiros selecionados que visitou
o país A, o grupo que visitou o país B e o grupo que visitou o país C, seja
verificado, em cada um desses grupos, que pelo menos a metade dos seus
componentes era do sexo masculino. Nessa situação, conclui-se que o grupo de
30 passageiros selecionados tem, no máximo, 14 mulheres.
RESOLUÇÃO:
O grupo dos que foram ao país C é formado por 5 pessoas. Considerando que
pelo menos metade é composto de homens, temos no mínimo 3 homens e no
máximo 2 mulheres.
Já no grupo das 25 pessoas que foram a A ou B, pelo menos metade é composto
de homens. Então, temos no mínimo 13 homens e no máximo 12 mulheres.
Portanto, no máximo teremos 2 + 12 = 14 mulheres.
Gabarito 8: Certo.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 7 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

9- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Se 11 passageiros estiveram em B, então mais de 15 estiveram em A.
RESOLUÇÃO:
Conforme as informações apresentadas no enunciado, temos:
n(A ou B) = 25
n(B) = 11
n(A e B) = 6
Dessa forma, ficamos com:
n(A ou B) = n(A) + n(B) – n(A e B)
25 = n(A) + 11 – 6
n(A) = 20
Portanto, se considerarmos que 11 passageiros estiveram no país B, então re-
almente mais de 15 estiveram em A.
Gabarito 9: Certo.

10- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Se 2 dos 30 passageiros, selecionados forem escolhidos ao acaso, então a pro-
babilidade de esses 2 passageiros terem estado em 2 desses países é inferior a
1/30.
RESOLUÇÃO:
A quantidade de maneiras para selecionar 2 passageiros dentre os 30 é dada
por:
30! 30 × 29
𝐶(30,2) = = = 𝟒𝟑𝟓
2! × (30 − 2)! 2

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 8 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

O enunciado informa que há 6 passageiros que estiveram em 2 desses países.


Assim, a quantidade de maneiras possíveis para escolher2 passageiros que já
estiveram em 2 países é dada por:
6! 6×5
𝐶(6,2) = = = 𝟏𝟓
2! × (6 − 2)! 2
Dessa forma, a probabilidade exigida pela questão é dada por:
15 𝟏
𝑷= =
435 𝟐𝟗
Repare que o número encontrado é superior a 1/30 (seu denominador é me-
nor), de modo que o item está errado.
Gabarito 10: Errado.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 9 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

LISTA DE QUESTÕES

1- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
As proposições P  (~Q)  (~R) e R  [Q  (~P)] são equivalentes.

2- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Se as três proposições P, Q e R forem falsas, então pelo menos duas das pessoas
envolvidas no ilícito penal serão culpadas.

3- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
As proposições P, Q e R são proposições simples.

4- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 10 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

P: “João e Carlos não são culpados”.


Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
A proposição “Se Paulo é mentiroso, então Maria é culpada.” Pode ser represen-
tada simbolicamente por (~Q)  (~R).

5- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Se ficar comprovado que apenas um dos quatro envolvidos no ilícito penal é
culpado, então a proposição simbolizada por (~P)  (~Q)  R será verdadeira.

6- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) As proposições P, Q e R a se-


guir referem-se a um ilícito penal envolvendo João, Carlos, Paulo e Maria:
P: “João e Carlos não são culpados”.
Q: “Paulo não é mentiroso”.
R: “Maria é inocente”.
Considerando que ~X representa a negação da proposição X, julgue o item a
seguir.
Independentemente de quem seja culpado, a proposição [P  (~Q)]  {Q 
[(~Q)  R]} será sempre verdadeira, isto é, será uma tautologia.

7- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 11 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

A quantidade de maneiras distintas de se escolher 2 dos 30 passageiros seleci-


onados de modo que pelo menos um deles tenha estado em C é superior a 100.

8- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Considere que, separando-se o grupo de passageiros selecionados que visitou
o país A, o grupo que visitou o país B e o grupo que visitou o país C, seja
verificado, em cada um desses grupos, que pelo menos a metade dos seus
componentes era do sexo masculino. Nessa situação, conclui-se que o grupo de
30 passageiros selecionados tem, no máximo, 14 mulheres.

9- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Se 11 passageiros estiveram em B, então mais de 15 estiveram em A.

10- (CESPE/Polícia Federal/Agente/2018) Em um aeroporto, 30 passa-


geiros que desembarcaram de determinado voo e que estiveram nos países A,
B ou C, nos quais ocorre uma epidemia infecciosa, foram selecionados para ser
examinados. Constatou-se que exatamente 25 dos passageiros selecionados es-
tiveram em A ou em B, nenhum desses 25 passageiros esteve em C e 6 desses
25 passageiros estiveram em A e em B.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
Se 2 dos 30 passageiros, selecionados forem escolhidos ao acaso, então a pro-
babilidade de esses 2 passageiros terem estado em 2 desses países é inferior a
1/30.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 12 de 13


Matéria: Raciocínio Lógico
Agente da Polícia Federal 2018
Prof. Alex Lira

Gabarito 1: Errado. Gabarito 7: Certo.


Gabarito 2: Certo. Gabarito 8: Certo.
Gabarito 3: Certo. Gabarito 9: Certo.
Gabarito 4: Errado. Gabarito 10: Errado.
Gabarito 5: Certo.
Gabarito 6: Certo.

Prof. Alex Lira www.exponencialconcursos.com.br Página 13 de 13

Você também pode gostar