Você está na página 1de 17

Direito

Empresarial
Prof. Esp. Bruno Lira
ATIVIDADE
EMPRESARIAL

www.fabex.edu.br
 Empresário
 Empresário pode ser pessoa física ou jurídica;
 Empresário individual ou sociedade empresária;
 IMPORTANTE: Sócios da sociedade empresária não
são empresários!!!! A sociedade constituída pelos
sócios que será empresária.
 Assim, os sócios são apenas empreendedores ou
investidores.
 Assim, o que se aplica ao empresário individual não se
aplica aos sócios da sociedade
empresária.
www.fabex.edu.br
 Empresário Individual
 Em regra, o empresário individual não explora
atividade econômica importante;
 Negócios de grande vulto:
 Alto investimento
 Risco de insucesso
 Na sociedade é mais viável a conjugação de capitais
e limitação de perdas;
 Assim, restam os negócios “marginais”, tais como
os ambulantes.
www.fabex.edu.br
 Empresário Individual
 Não podem ser empresários individuais:
 Aqueles que tem proibições ao exercício de empresa
(art. 973, CC/02):
 Falido não reabilitado;
 Condenados pela prática de crime cuja pena proíba o
acesso a atividade empresarial;
 Leiloeiro;
 Servidores Públicos (em regra);
 Aposentados por invalidez (pro labore);
 Dentre outros.
www.fabex.edu.br
 Empresário Individual
 Não podem ser empresários individuais:
 Aqueles que detém algum impedimento relativo a sua
capacidade (art. 972, 974 a 976, CC/02):
 Menores de 18 anos não emancipados;
 Ébrios habituais, Viciados em tóxicos;
 Aqueles que, por causa transitória ou permanente, não
puderem exprimir sua vontade;
 Os pródigos;
 Os indígenas nos termos da legislação especial

www.fabex.edu.br
 Empresário Individual
 Não podem ser empresários individuais:
 Aqueles que detém algum impedimento relativo a sua
capacidade (art. 972, 974 a 976, CC/02):
 EXCEÇÃO: autorização legal para o incapaz, por meio
de alvará;
 Apenas se a finalidade for o incapaz continuar exercer
a empresa que:
 Ele mesmo constituiu quando era capaz;
 Foi constituída por seus pais ou pessoa de quem o
incapaz é sucessor.
 NÃO PODE SER UM NOVO EMPREENDIMENTO!!!!!!
www.fabex.edu.br
 Empresário Individual
 Não podem ser empresários individuais:
 Aqueles que detém algum impedimento relativo a sua
capacidade (art. 972, 974 a 976, CC/02):
 EXCEÇÃO: nessas situações, o exercício da empresa
será feito mediante representação ou assistência.

www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 Necessidade da contratação de mão-de-obra, seja


por meio de contrato de trabalho (CLT), ou seja o
representante, o autônomo, o terceirizado, dentre
outros que desempenham atividades sob a
coordenação do empresário.
 Atos dos prepostos praticados no estabelecimento
e relativos à atividade econômica são imputados
ao empresário, ainda que não autorizados por
escrito;
www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 Atos dos prepostos praticados fora


estabelecimento e relativos à atividade econômica
somente obrigarão o preponente nos limites dos
poderes conferidos por escrito, cujo instrumento
pode ser suprido pela certidão ou cópia autêntica
do seu teor.

www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 ATOS CULPOSOS: os prepostos são pessoalmente


responsáveis, perante os preponentes.
 ATOS DOLOSOS: perante terceiros, os prepostos
são solidariamente responsáveis com o
preponente.

www.fabex.edu.br
Prejudica Ingressa contra o
Empresário

Preposto Terceiro Empresário

Ingressa contra preposto, se este tiver agido com culpa.


Direito de Regresso

www.fabex.edu.br
Prejudica

Preposto Terceiro Empresário

Ingressa contra empresário ou preposto, se este tiver


agido com dolo.

www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 Preposto não pode concorrer com seu preponente.


 Crime de Concorrência desleal;
 Se fizer, sem expressa autorização, responde por
perdas e danos;
 O empresário prejudicado tem direito de retenção
sobre os créditos, até o limite dos lucros da operação
econômica irregular.

www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 Prepostos com atuação destacada no CC/2002:


 Gerente: funções de chefia, organização do trabalho.
 Poderes podem ser limitados por ato escrito do
empresário, arquivado na junta comercial;
 E se não houver limitação expressa?
 Contabilista: responsável pela escrituração dos livros
do empresário.
 Empregado ou prestador de serviços?

www.fabex.edu.br
 Prepostos do Empresário

 Prepostos com atuação destacada no CC/2002:


 Gerente:
 Função facultativa na empresa;
 Pode ser exercida por qualquer pessoa.
 Contabilista:
 Função obrigatória na empresa;
 Pode ser exercida apenas pelos regularmente inscritos
no órgão profissional.

www.fabex.edu.br
Professor Bruno Lira

Email: brunolira.adv@gmail.com

Instagram: @profbrunolira

www.fabex.edu.br

Você também pode gostar