Você está na página 1de 9

Andragogia

Andragogia vem do grego:


Andros (adulto) e agogôs (educar)
Andragogia estuda a educação de adultos com a
finalidade de uma aprendizagem efectiva para o
desenvolvimento de habilidades e conhecimento.

O amadurecimento psicológico acontece quando o


indivíduo se torna responsável pela sua própria vida,
assumindo mais responsabilidade pelas decisões pessoais.

Teixeira (2012)
Reflexao!

 Que papéis devem ser desempenhados no modelo


andragógico pelo docente e estudante como
protagonistas do PEA?
Objecto de estudo da Andragogia

➢Aprendizagem do adulto

➢No modelo andragógico, uma grande parte da


responsabilidade da aprendizagem é do próprio aluno,
transformando o papel do professor em facilitador
da aprendizagem.
Teixeira (2012) & Gomes (2004)
Princípios da andragogia 1
1. Necessidade: os adultos precisam saber porque necessitam
aprender algo;

2. Autoconhecimento: os adultos precisam entender como podem


ser independentes e alunos ao mesmo tempo. Por serem
responsáveis pela sua vida, têm dificuldade em que outros lhes
digam o que fazer;

3. Experiências: os adultos têm uma bagagem muito maior e mais


variada de experiências, que acabam sendo a base da sua
aprendizagem, mas também podem acarretar em preconceitos e
hábitos mentais que dificultam a aprendizagem;
Princípios da andragogia 2
4)Prontidão: os adultos têm prontidão de aprender as coisas que
precisam saber para enfrentar as situações da vida real;
5) Orientação: a orientação da aprendizagem dos adultos é focada
na vida, nos problemas que vivenciam;
6) Motivação: os adultos respondem melhor aos factores
motivacionais internos, como o desejo de ter maior satisfação no
trabalho, auto-estima e qualidade de vida, do que aos externos
como melhores empregos, promoções e salários mais altos;

Teixeira (2012) & Gomes (2004)


Estrategias de motivação para a aprendizagem
 O preparo dos aprendizes: O processo deve começar com um
preparo dos adultos para a participação do programa, fornecendo-
lhes informações sobre o programa e o conteúdo e ajudando-os a
construir expectativas realistas de aprendizagem.
 O clima: Para ser propício à aprendizagem, o clima deve inspirar
confiança, respeito e colaboração. A informalidade pode ser mais
eficaz do que a formalidade nesse processo, pois facilita a troca de
experiências.
 Planificação: No processo de ensino andragógico, o aluno tem
responsabilidade na planificação da sua aprendizagem, assim como o
seu instrutor.
Estrategias de motivação para a aprendizagem
 Diagnóstico das necessidades: O que precisa ser aprendido é
uma descoberta feita por aluno e instrutor, juntos.
 Definição de objectivos: Os resultados da aprendizagem são
definidos a partir de negociação e não impostos por uma das partes.
 Desenho dos planos de aprendizagem: O conteúdo é pensado
de acordo com a necessidade de conhecimento.
 Actividades de aprendizagem: Segundo a Andragogia, as
actividades devem ser baseadas em técnicas experimentais.
 Avaliação: Deve contemplar a mensuração dos resultados obtidos
com o programa e fazer um novo diagnóstico de necessidades.
 Obrigada pela atenção!
 Comentários?