Você está na página 1de 2

7 indicadores de treinamento para analisar em seu RH

Todo profissional de RH sabe da importância de investir em treinamentos para


capacitar os colaboradores. Isso faz com que eles fiquem mais produtivos, se sintam
valorizados e engajados com suas atividades e com a empresa.
Mas para saber se as capacitações estão trazendo resultados efetivos e também para
tornar o seu setor mais estratégico, é preciso se basear em dados para conseguir
desenvolver melhor os processos e ações do RH.
Por isso, é importante se atentar aos indicadores de treinamento, eles irão te ajudar a
entender o que tem dado certo ou não e irão auxiliar no planejamento dessa ação.
Continue a leitura do artigo e veja quais são esses indicadores e como analisá-los no
seu setor.
Confira quais são os indicadores de treinamento
Separamos os principais indicadores de treinamento para você se atentar quando for
colocar em prática as capacitações na organização. Confira:
1- Taxa de adesão
Esse indicador irá te mostrar qual foi o número de colaboradores que se
inscreveram para determinado treinamento e qual a percentagem deles que
realmente participou. Por exemplo, 100 profissionais se inscreveram, mas só 50
compareceram, assim a taxa de adesão foi de 50%.
Isso irá te ajudar a entender a efetividade da divulgação do evento e qual foi o nível de
interesse e engajamento dos colaboradores com determinada capacitação
2- Taxa de abandono
O indicador de abandono mostra quantos colaboradores desistiram de algum
treinamento ao longo de sua execução, principalmente quando as capacitações duram
semanas ou meses, por exemplo. A partir desse indicador, você entende se eles têm
sido efetivos ou não e consegue aplicar pesquisas para entender o porquê dos
abandonos.
3- Taxa de reação
Essa taxa irá te mostrar qual a reação dos colaboradores em relação aos
treinamentos, tanto quanto ao conteúdo específico, quanto ao formato em que eles
estão sendo aplicados. Isso pode ser medido por meio de pesquisas onde os
colaboradores emitem suas opiniões, descrevendo o que tem achado das
capacitações. É bom que seja anônimo, para que eles se sintam mais à vontade para se
expressar, facilitando para que você consiga saber o que não tem dado resultado e
precisa mudar.
4- Taxa de aplicação e aprendizado
O indicador de aplicação e aprendizado irá te ajudar a entender qual foi o nível de
aprendizado dos colaboradores. Se aquilo que aprenderam está sendo aplicado e
fazendo a diferença na prática. Talvez medir essa taxa será um pouco complicado, pois
nem todos começam a aplicar o que aprenderam de forma imediata, por isso, colocar
um prazo para começar essa implementação seja importante. Uma outra opção pode
ser aplicar algum tipo de teste antes e depois do treinamento para conseguir mensurar
de forma melhor o conhecimento passado.
5- Valor gasto
Saber o custo em treinamentos por determinado período pode te ajudar a comparar o
quanto tem sido gasto nas capacitações. Dessa forma você consegue organizar de
melhor o seu setor, tendo uma noção dos custos para colocar no orçamento e, assim,
não ter que desembolsar um valor muito inesperado.
6- Tempo investido
Além de calcular o valor gasto nos treinamentos, é muito importante fazer uma média
do tempo utilizado para isso. Além de entender a relação entre horas de trabalho e de
capacitação, você consegue medir o tempo necessário para treinamento de novas
contratações, por exemplo, conseguindo organizar melhor as ações do RH.
7- Média de tema por colaborador
Quando você sabe quais foram os temas dos treinamentos que cada colaborador
participou, será mais fácil de identificar se eles têm dado certo ou não. Por exemplo,
se o colaborador X tem participado de vários treinamentos, mas com temas diferentes,
ele pode estar tendo um aproveitamento melhor se comparado a outro profissional
que tem repetido algum tema específico nas capacitações.
Usar e calcular esses indicadores de treinamentos será muito importante para o seu
RH. Você conseguirá medir de forma mais assertiva se eles têm dado certo, conseguirá
melhorar o que não estiver dando resultado, irá atuar de forma mais estratégica na
empresa, melhorando os resultados e ganhando mais visibilidade na organização.