Você está na página 1de 6

RESPONSÁVEL PELO

DOCUMENTO:
OS (ORDEM DE SERVIÇO) REVISÃO DO DOCUMENTO:
SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO 00
DATA DO DOCUMENTO:
24/09/2014

NOME DO TRABALHADOR MATRÍCULA

FUNÇÃO POSTO DE TRABALHO CBO


5173-30
DESCRIÇÃO DA FUNÇÃO
Responsável por vigiar dependências de áreas públicas e privadas com a finalidade de prevenir, controlar e
combater irregularidades. Zelar pela segurança das pessoas, do patrimônio e pelo cumprimento das leis e
regulamentos, responsabilizando-se pelo cumprimento das normas de segurança estabelecidas e executa
outras atividades iguais e correlatas.

IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS


RISCOS FONTES GERADORAS
Ergonômico; Postura incorreta;
Acidente; Situações perigosas pela exposição a roubo ou outras
espécies de violência física;
MEDIDAS PREVENTIVAS
EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL EPC
Botina de segurança;
NA
Colete balístico;

RECOMENDAÇÕES BASICAS PARA O TRABALHO


1 – Todos os colaboradores devem conhecer e, dentro de sua competência, envidar esforços para atingir os
objetivos gerais previstos na Política de Segurança, Saúde e Meio Ambiente;
2 – Todos os colaboradores responsabilizar-se-ão por suas ações ou omissões, por si mesmos e pelos reflexos
sobre os demais;
3 – Todas as situações que possam se manifestar como prováveis causas de acidentes, atos inseguros ou
condições inseguras, deverão ser corrigidas imediatamente e comunicadas à chefia imediata, com o objetivo
de, uma vez analisadas e implementadas as ações corretivas cabíveis, eliminar ou reduzir a possibilidade de
recorrência;
4 – Todos os acidentes de trabalho ou de trajeto, com ou sem perda de tempo, e todas as doenças
ocupacionais, deverão ser comunicadas imediatamente a chefia direta e desta ao SESMT da Filial,
paralelamente deverão ser estabelecidos os mecanismos de investigação e análise de acidentes / doença
ocupacional;
5 – A empresa se compromete a adquirir, fornecer, documentar, prover, obrigar e fiscalizar o uso dos
equipamentos de proteção individual, devidamente providos de certificados de aprovação aqueles
enquadrados em tal necessidade.

RECOMENDAÇÕES BÁSICAS POSTURAIS PARA TRABALHO EM PÉ

Visto
1 – O corpo deve trabalhar na vertical;
2 – A cabeça deve estar na vertical;
3 – Os braços devem estar na vertical;
4 – Os antebraços devem estar na vertical ou próximos a horizontal;
5 – Os cotovelos não devem estar apoiados sobre a bancada ou mesa de trabalho;
6 – Evite todas as inclinações do corpo, pois determinadas posturas, implica grandes esforços ao nível dos
músculos das pernas, da coluna e dos ombros.

RECOMENDAÇÕES PARA MANUSEIO DE ARMA DE FOGO


A arma somente pode ser portada pelo Vigilante que atenda todos os requisitos legais e obrigatoriamente
dentro do centro de trabalho, durante o horário de serviço. É proibido seu uso em outro horário.
Em via de regra, a arma deverá permanecer no coldre, exceção feita no momento da passagem de serviço ou
quando em ação legítima.
2

Visto
Em hipótese alguma, o cano da arma deverá ser apontado para pessoal ou material, exceto nos casos de
emprego real.
O recebimento ou a passagem do serviço deve ocorrer em local reservado, sem exposição ao público ou ao
cliente, evitando-se ocorrências indesejadas.
O manuseio da arma deverá ocorrer em local adequado, ou seja, o cano da arma deverá estar sempre
apontado para um local seguro, que não venha a causar ricochete do projétil, atingindo material ou pessoal em
caso de disparo acidental.
O vigilante, ao guardar a arma, deverá fazê-lo com a mesma descarregada, no cofre devem permanecer
somente as armas, munições e seus respectivos registros, não sendo permitida a guarda de nenhum outro
material.
A passagem e recebimento da arma constituem-se em um procedimento muito importante na segurança, uma
vez que tal procedimento deve ser feito nas trocas de turno, a arma deve ser passada aberta e sem munições.

Em Caso de Assalto
1 Jamais reaja, pois 90% das vítimas que tentaram enfrentar um ladrão armado foram baleadas; 
2 Anunciado o roubo, não tente correr ou acelerar o veículo, pois provavelmente o marginal irá fazer um
disparo com a arma; 
3 Não tente negociar com o ladrão, entregue o que ele desejar;
4 Evite realizar movimentos bruscos, pois o ladrão pode entender que é um gesto buscando uma reação.
Avise os movimentos que irá fazer;
5 Não grite, não buzine, pois assim deixará o criminoso mais nervoso ainda; 
6 Não olhe para o rosto do assaltante e responda somente o que lhe for perguntado; 
7 Não desafie o bandido a mostrar a arma de fogo; 

RECOMENDAÇÕES ESPECIFICAS PARA O TRABALHO


8 Atenção e cuidado com cantos vivos ou pontiagudos que podem causar ferimentos;
9 Não fumar dentro dos Prédios, fumar somente nos fumódromos;
10 Não remova as proteções existentes na área;
11 Caso use extintores e/outros dispositivos de proteção e combate a incêndio, imediatamente tome

Visto
providências para a recarga/manutenção dos mesmos, informar o setor de Sustentabilidade;
12 Use o EPI designado a sua função;
13 Caso haja na sua área de trabalho materiais combustíveis, haverá riscos de incêndio, procure, respeitar as
sinalizações de segurança e as normas impostas pela empresa;
14 Comparecer ao departamento médico para exames periódicos sempre que solicitado;
15 Não brincar com grampeadores, clips e nem coloca-los na boca, evitando engoli-los;
16 Ao subir em escadas, ter a plena certeza de que a mesma esteja bem estabilizada e pedir a outra pessoa
para ajuda-lo segurando a escada, e ainda para pegar ou entregar caixas, quando na retirada ou no
acondicionamento das mesmas nas prateleiras;
17 Caminhar sempre pela calçada, e estar atento ao solo e ao tráfego de veículos no local;
18 Levantar peso de forma correta, evitando forçar sua coluna;
19 Caso tenha dúvidas, pergunte, e na dúvida não faça assim você evitará acidente consigo e com os outros;
20 Cuidados com estiletes e outros objetos de corte;
21 Não está autorizado a executar função diferente da descrita acima;
22 Uso obrigatório de cinto de segurança ao viajar em veículos da empresa;
23 Nos estacionamentos internos da empresa sempre posicionar o veículos de frente (estacionar de ré);
24 Ao dirigir, use sempre o farol ligado do veículo;
25 Todos os empregados têm suas tarefas para fazer no dia-a-dia de trabalho, e arrumação, limpeza e
organização do local de trabalho é uma delas.
26 A ordem, arrumação e limpeza são fatores indispensáveis para a prevenção de acidentes e manutenção da
saúde nos locais de trabalho. Por isso uma boa arrumação poderá prevenir vários acontecimentos
indesejáveis com o trabalhador.
27 Para que esta arrumação aconteça é necessário que todos se proponham a colaborar mantendo limpo e
em ordem o seu local de trabalho.

LEGISLAÇÃO 6514/78 Artigo 158 da CLT

Visto
PORTARIA 3214 DE 8 DE JUNHO DE 1978
NORMA REGULAMENTADORA NÚMERO 1 (NR 1) DISPOSIÇÕES GERAIS

1.7. CABE AO EMPREGADOR:


a) Cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
b) Elaborar ordens de serviço sobre segurança e medicina do trabalho, dando ciência aos empregados, com os
seguintes objetivos:
 prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho;
 divulgar as obrigações e proibições que os empregados devam conhecer e cumprir;
 dar conhecimento aos empregados de que serão passíveis de punição, pelo não cumprimento das
ordens de serviço expedidas;
 determinar os procedimentos que deverão ser adotados em caso de acidente do trabalho e doenças
profissionais ou do trabalho;
 adotar medidas determinadas pelo MTE;
 adotar medidas para eliminar ou neutralizar a insalubridade e as condições inseguras de trabalho.
c) Informar aos trabalhadores:
 os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;
 os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;
 os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios
trabalhadores forem submetidos;
 os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.
d) Permitir que representantes dos trabalhadores acompanhem a fiscalização dos preceitos legais e
regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho.

1.8. CABE AO EMPREGADO:


a) Cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens
de serviço expedidas pelo empregador;
b) Usar o EPI fornecido pelo empregador;
c) Submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras - NR;
d) Colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras - NR.
1.8.1. Constitui ato faltoso, a recusa injustificada do empregado ao cumprimento do disposto no item anterior.

PENALIDADES

1 – A não observância desta ORDEM DE SERVIÇO caracteriza ato de indisciplina e/ou insubordinação, possíveis
5

Visto
de aplicação de penas disciplinares, conforme legislação vigente citada acima, cabendo ao SESMT, analisar a
ocorrência e dosar a aplicação das sanções.
2 – Declaro ter recebido orientações, referente aos tópicos constantes neste Documento e ter ciência de que a
recusa injustificada ao cumprimento desta ordem de serviço, constitui ATO FALTOSO, que poderá implicar
medidas disciplinares, conforme artigo 157/158 da CLT.

Data: / / .

________________________
Assinatura do Funcionário

Observação: documento contendo 6 ( seis ) páginas.

Visto

Você também pode gostar