Você está na página 1de 264

GRIMORIO HERMÉTICO DE

MAGIA XAMÃNICA
SUMÁRIO
 Capítulo 01: Magia Natural.

 Capítulo 02: Instrumentos, objetos e ferramentas mágicas.

 Capítulo 03: O Poder do Subconsciente.

 Capítulo 04: Símbolos Rúnas e Talismãs.

 Capítulo 05: Bruxaria Xamanismo e Espiritualidade.

 Capítulo 06: Xamanismo e os Animais de Poder.

 Capítulo 07: Astrologia na Magia Natural.

 Capítulo 08: Referências Bibliográficas.


MAGIA NATURAL
Magia Natural:

Para algumas pessoas, a ideia de que a "magia" seja uma coisa prática é surpreendente. Não
deveria ser. A Magia se baseia inteiramente na capacidade de exercer influência sobre nosso
meio. Enquanto a magia é, altamente, voltada ao crescimento espiritual e à transformação
psicológica, até mesmo a vida espiritual deve estar firmemente baseada em alicerces
materiais. Os mundos material e psíquico estão entrelaçados, e é exatamente este fato que
estabelece o Elo Mágico: o psíquico pode tão facilmente influenciar o material quanto vice-
versa. A magia pode, e deveria ser utilizada em nossa rotina para obtermos uma vida melhor!
Cada um de nós recebeu Mente e Corpo, e certamente temos uma obrigação Espiritual de usar
completamente esses maravilhosos dons. Mente e Corpo atua em conjunto, e a Magia é
apenas a extensão dessa interação em dimensões que ultrapassam os limites normalmente
concebidos. Eis o porquê de associarmos o "sobrenatural" aos domínios da Magia. O Corpo é
vivo, e toda Vida é uma expressão do Divino. Há Poder Divino no Corpo e na Terra, assim como
na Mente e no Espírito. Com Amor e Desejo, utilizamos a Mente para conectar esses aspectos
do Divino e assim trazer mudanças. Com a Magia aumentamos o fluxo do Divino em nossas
vidas e no mundo à nossa volta. Nós somamos à beleza de tudo – pois para trabalhar a Magia
precisamos estar em harmonia com as Leis da Natureza e da Psique. A Magia é o Florescer do
Potencial Humano. A Magia prática está relacionada à Arte de Viver bem e em harmonia com a
Natureza, com a Magia da Terra, com as coisas da Terra, as estações e os ciclos, e aquilo que
fazemos com as mãos e com a Mente, por tanto magia é a crença de que podemos mudar a
realidade com atos simbólicos, seja com orações ou meditações.

Os Princípios e Leis da Magia Natural:

A magia está interconectada com outras formas de sistemas místicos como oráculo-logia,
numerologia, astrologia, alquimia e feitiçaria são quase que a teoria das cordas. O que quero
dizer e que a magia não está isolada, todo o sistema oculto é uno. A mente Humana tem a
capacidade de mover um campo energético metafísico, como se fosse uma “gosma” invisível
aos olhos físicos e impregnar objetos com isso. Essa gosma carrega energia e intenções e é
movida com a vontade do pensamento. Essa gosma pode ser movida a distância e impregnar
até mesmo pessoas. Ela é infinita e não tem dono. Pode ser imaginada como uma luz densa.
No livro “Dogma e Ritual de Alta Magia” do memorável Eliphas Levi, trás cinco delas citadas
logo abaixo.
1. Que a influência magnética do homem, dirigida por sua vontade, se prende a
quaisquer objetos escolhidos e influenciados por esta vontade;

2. Que o magnetismo humano age à distância e se centraliza com força nos objetos
magnetizados;

3. Que a vontade do magnetizador adquire tanto mais força, quanto mais tenha
multiplicado os atos expressivos da sua vontade;

4. Que se os atos são de natureza a impressionar vivamente a imaginação, se para


realizá-los foi preciso vencer grandes obstáculos exteriores e grandes resistências
interiores, a vontade torna-se fixa, encarniçada e invencível como a dos loucos;

5. Que só os seres humanos, por causa do seu livre arbítrio, podem resistir à vontade
humanas, mas que os animais não resistem por muito tempo a ela.

Magia é um processo mental, como você já deve ter percebido e isso é a chave de ouro. Pode-
se tirar tudo de você, mas a sua mente se for firme pode recomeçar tudo! Os aparatos físicos
não contém o poder eles servem de auxílio para causar uma impressão na imaginação (estou
falando de um ritual, por exemplo). Magia Negra é um exemplo interessante para causar
impressão na imaginação, mas eu tenho uma definição diferente para isso. Na verdade não há
cor para magia, o que difere são as intenções do praticante. Praticar magia é fácil, basta
sentar-se em algum canto tranquilo e imaginar a situação que deseja que aconteça e firmar ela
com sua vontade, a sentir acontecendo de fato, viver aquela situação “dentro de sua mente”.
O problema é que sem um treinamento da vontade, o fácil se torna difícil e ai entra a definição
que magia é simples, mas difícil. Se atenha nos princípios, mas para executálas é preciso
treinar sua vontade e a imaginação. A magia é mais antiga que muita coisa que você pensa.
Desde os primórdios do Egito, houve uma criatura que devemos muito pela sabedoria
transmitida e que influenciou a escrita do livro onde há os sete princípios que citarei em
seguida. Esse livro é o Caibalion e a criatura é ninguém mais, ninguém menos que Hermes
Trismegisto (foi contemporâneo de Abrãão e escreveu a famosa Tábua de Esmeralda. Seus
preceitos influenciaram a criação do Hermetismo e sua sabedoria é de tamanho importante
para o estudo em magia. No Egito deificaram-no como Deus Toth e na Grécia como Deus
Hermes).

Os Sete Princípios Herméticos:

As sete principais leis herméticas se baseiam nos princípios incluídos no livro "O Cabalion" que
reúne os ensinamentos básicos da Lei que rege todas as coisas manifestadas. A palavra
Cabalion, na língua hebraica significa tradição ou preceito manifestado por um ente de cima.
Esta palavra tem a mesma raiz da palavra Kabbalah, que em hebraico, significa recepção.
1. O Princípio do Mentalismo

“O Todo é Mente; o Universo é mental." (O Cabalion).


O universo funciona como um grande pensamento divino. É a mente de um Ser
Superior que "pensa" e assim, tudo existe. É o Todo. Toda a criação principiou como
uma ideia da mente divina que continuaria a viver, a mover-se e a ter seu ser na divina
consciência. O Universo e toda a matéria são como os neurônios de uma grande
mente, um universo consciente e que "pensa". Todo o conhecimento flui e reflui de
nossa mente, já que estamos ligados a uma mente divina que contém todo o
conhecimento.

2. O Princípio da Correspondência

"O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o
que está em cima." (O Cabalion).
Essa lei nos lembra de que vivemos em mais que um mundo.
Vivemos nas coordenadas do espaço físico, mas também vivemos em um mundo sem
espaço e sem tempo. A perspectiva muda de acordo com o referencial. A perspectiva
da Terra normalmente nos impede de enxergar outros domínios acima e abaixo de
nós. A nossa atenção está tão concentrado no microcosmo que não nos percebemos o
imenso macrocosmo à nossa volta. O principio de correspondência diz-nos que o que é
verdadeiro no macrocosmo é também verdadeiro no microcosmo e vice-versa.
Portanto podemos aprender as grandes verdades do cosmo observando como elas se
manifestam em nossas próprias vidas. Por isso estudamos o universo: para aprender
mais sobre nós mesmos. Na menor partícula existe toda a informação do Universo

3. O Princípio da Vibração

“Nada está parado, tudo se move, tudo vibra." (O Cabalion).


No universo todo movimento é vibratório. O todo se manifesta por esse princípio.
Todas as coisas se movimentam e vibram com seu próprio regime de vibração. Nada
está em repouso. Das galáxias às partículas subatômicas, tudo é movimento. Todos os
objetos materiais são feitos de átomos e a enorme variedade de estruturas
moleculares não é rígida ou imóvel, mas oscila de acordo com as temperaturas e com
harmonia. Todas as coisas se movimentam e vibram com seu próprio regime de
vibração. Nada está em repouso. Das galáxias às partículas subatômicas, tudo está em
movimento. A matéria não é passiva ou inerte, como nos pode parecer a nível
material, mas cheia de movimento e ritmo.

4. O Princípio da Polaridade

“Tudo é duplo, tudo tem dois polos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são
a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos
os paradoxos podem ser reconciliados." (O Cabalion).
A polaridade revela a dualidade, os opostos representam a chave de poder no sistema
hermético. Mais do que isso, tudo é dual, os opostos são apenas extremos da mesma
coisa. Tudo se torna idêntico em natureza. O polo positivo (+) e o negativo (-) da
corrente elétrica são uma mera convenção. Energia negativa (-) é tão "boa" ou "má"
quanto mais energia positiva (+). Amor e o ódio são simplesmente manifestações de
uma mesma coisa em diferentes graus de um sentimento.

5. O Princípio do Ritmo

“Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a
compensação." (O Cabalion).
Pode se dizer que o princípio é manifestado pela criação e pela destruição. É o ritmo
da ascensão e da queda, da conversão de energia cinética para potencial e da energia
potencial para energia cinética. Os opostos se movem em círculos. É a expansão até
chegar o ponto máximo, e depois que atingir sua maior força, se torna massa inerte,
recomeçando novamente um novo ciclo, dessa vez em um sentido inverso. Tudo está
em movimento, a realidade compõe-se de opostos. A lei do ritmo assegura que cada
ciclo busque sua complementação. As coisas avançam e recuam, sobem e descem.
Mas também giram em círculos e em espirais ascendentes e descendentes.

6. O Princípio do Gênero

“O Gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero
se manifesta em todos os planos da criação." (O Cabalion).
Os princípios de atração e repulsão não existem por si só, mas somente um
dependendo do outro. Tudo tem um componente masculino e um feminino
independente do gênero físico. Nada é 100% masculino ou feminino, mas sim um
balanceamento desses gêneros. Existe uma energia receptiva feminina e uma energia
projetiva masculina, a que os chineses chamavam de "ying" e de "yang". Nenhum dos
dois polos é capaz de criar sem o outro. É a manifestação do desejo materno com o
desejo paterno. É uma importante aplicação da lei da polaridade. É semelhante ao
principio animas - animus de Carl Jung, ou seja, que cada pessoa contém aspectos
masculinos e femininos, independente do seu gênero físico. Nenhum ser humano é
100% masculino ou 100% feminino.

7. O Princípio da Causa e Efeito

“Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de
causalidade, mas nenhum escapa à Lei." (O Cabalion).
Nada acontece por acaso, pois não existe o acaso, já que acaso é simplesmente um
termo dado a um fenômeno existente e do qual não conhecemos a origem, ou seja,
não reconhecemos nele a Lei à qual se aplica. Para todo efeito existe uma causa, e que
toda causa é, por sua vez, um efeito de alguma outra causa. Esse princípio é um dos
mais polêmicos, pois também implica no fato de sermos responsáveis por todos os
nossos atos. No entanto, esse princípio é aceito por todas as filosofias de pensamento,
desde a antiguidade. Também é conhecido como karma.

O Equilíbrio Mágico:

O que influencia fortemente no sucesso mágico do praticante é o equilíbrio mágico. Esse


equilíbrio está dentro dele e é necessário estabelecer exercícios para tal. O equilíbrio aqui
mencionado é o equilíbrio dos quatro elementos da qual temos dentro de nós (dentro de
tudo). O equilíbrio e domínio dos quatro elementos que representam princípios e que se
manifestam neste plano (o físico) como conhecemos. Os elementos terra, fogo, ar e água são
dominados pelo mago e assim deixamos de ser controlados. No livro de Franz Bardon ele
ensina a controlar os elementos e assim obter o equilíbrio. Ele também insiste para que o não
iniciado medite e descubra atribuições de cada elemento e observar quais o individuo é
deficiente. Cada elemento tem seu lado ativo (que é comumente chamado de “bom”, positivo,
criador) e o lado passivo (“o ruim”, mau, destruidor, negativo).
• Elemento Terra

Este é o elemento ao qual somos mais próximos, já que é nossa casa. A terra não
representa necessariamente a Terra física, mas aquela parte da terra que é estável,
sólida, da qual dependemos. A Terra é o reino da abundância, prosperidade e riqueza.
Ela é o mais físico dos elementos, pois sobre ela todos os três se apoiam. Sem a terra a
vida como conhecemos não existiria.
Representações: A terra pode ser representada por árvores, grama, plantas, pedras,
rochas, terra, cavernas, campos, abismos, florestas, jardins, minas, montanhas, chão,
madeira, moedas e sal. Sua representação no corpo é a pele, os ossos, os músculos, as
unhas, as cartilagens, os tendões e a resistência e força física. Suas representações no
altar são cristais, pedras, frutas, plantas e sal. Existem diversos símbolos usados para a
representação do elemento terra, dentre eles um triângulo invertido com um traço
cortando perto da ponta, podendo estar dentro de um círculo ou não.

 Ponto Cardeal: Norte.


 Hora do Dia: meia noite
 Energia: Receptiva, feminina.
 Fase da Vida: Velhice.
 Estação: Inverno.
 Sentido: Tato.
 Chakras: básico.
 Cores: Preta, marrom, verde.
 Naipe: Ouros.
 Fase lunar: lua nova (vazio).
 Signos: Touro, Virgem e Capricórnio.
 Casas astrológicas: 2ª, 6ª e 10ª.
 Astros: Saturno, Ceres e Vesta.
 Estrela: Fomalhaut.
 Incensos: benjoim, estoraque, musgo de carvalho.
 Plantas e ervas: samambaia, jasmin, mandrágora, cipreste, pathchouli, cedro,
musgo, vetiver, papoula, artemísia e frutos comestíveis em geral.
 Metais: ferro e chumbo.

• Elemento Fogo

O Fogo é o elemento da mudança, vontade e paixão. Em certo sentido ele contém


dentro dele todas as formas de magia, pois a magia é o processo de mudança. A Magia
do fogo pode ser assustadora, os resultados se manifestam de forma rápida e
espetacular. O fogo não é um elemento para os fracos. Entretanto, é o mais primal e
por isso o mais usado. Este é o reino da sexualidade e da paixão. Ele não representa
apenas o fogo sagrado do sexo, mas também a faísca do espírito primordial que brilha
dentro de nós e de todas as coisas vivas. Ele é, ao mesmo tempo, o mais físico e o mais
espiritual dos elementos citados neste livro.
Representações: Pode ser representado por fogueira, sol, vulcão, lareira e velas. No
corpo, sua representação é o espírito e também rege a digestão e o calor, podendo ser
associado à transpiração. Suas representações no altar são velas, athames e espadas.
Existem vários símbolos para representar o fogo, como por exemplo, o triângulo ou
triângulo dentro de um círculo.

 Ponto Cardeal: Sul.


 Hora do Dia: meio dia.
 Energia: Projetiva, masculina.
 Fase da Vida: Juventude.
 Estação: verão.
 Sentido: Visão.
 Chakras: umbilical e plexo solar.
 Cores: Vermelho, amarelo, cores do fogo, laranja, dourado.
 Naipe: Paus.
 Fase lunar: lua cheia (plenitude).
 Signos: Áries, Leão e Sagitário.
 Casas astrológicas: 1ª, 5ª e 9ª.
 Astros: Marte, Sol, Júpiter, Quíron.
 Estrela: Regulus.
 Incensos: Olíbano, Canela, Junípero, hibisco, alecrim e pimenta.
 Plantas e ervas: girassol, alecrim, pimenta, canela, louro, gengibre, dente de
leão, cravo, citros e ervas ardidas especiarias em geral.
 Metais: ouro e latão.

• Elemento Ar
O Ar é o elemento do intelecto, é a realidade do pensamento que é o primeiro passo
para a criação. Magicamente falando, o ar é a clara, perfeita e pura visualização que é
uma poderosa ferramenta de mudança. Ele é também o movimento, o ímpeto que
manda a visualização na direção da concretização. Ele governa os feitiços e rituais que
envolvem viagem, instrução, liberdade, obtenção do conhecimento, encontrar itens
perdidos, descobrir mentiras e assim por diante. Ele também pode ser usado para
ajudar no desenvolvimento de faculdades psíquicas. Feitiços envolvendo o ar
geralmente incluem o ato de colocar um objeto no ar ou deixar cair um objeto do alto
de uma montanha ou outro lugar alto para que o objeto realmente se conecte
fisicamente com o elemento. O ar é masculino, seco, expansivo e ativo. É o elemento
que se sobressai nos locais de aprendizagem e nos quais ponderamos, pensamos e
teorizamos. O ar governa o Leste, pois esta é a direção da maior luz, a da luz da
sabedoria e conscientização. Sua cor é o amarelo do sol e do céu na aurora. O ar
governa a magia dos quatro ventos, de concentração e visualização e a maioria das
magias advinham tórias.
Representações: O ar pode ser representado por céus, ventos, nuvens, incensos,
penas, leques, topos de montanhas, moinhos de vento, colinas, praias com muito
vento, torres altas, dente de leão, aeroportos e bibliotecas. No corpo, sua
representação são a respiração e o sistema nervoso. No altar, pode ser representado
por penas de aves, incensos, incensário ou livros. O elemento ar pode ser
representado por vários símbolos, como por exemplo, um triângulo com uma linha
cortando a ponta, podendo estar dentro ou não de um círculo.

 Ponto Cardeal: Leste.


 Hora do Dia: nascer do sol.
 Energia: Projetiva, masculina.
 Fase da Vida: Infância.
 Estação: primavera.
 Sentido: Olfato e audição.
 Chakras: laríngeo e terceiro olho.
 Cores: Branco, amarelo claro, azul claro, tons pastéis.
 Naipe: Espadas.
 Fase lunar: lua crescente (crescimento).
 Signos: Gêmeos, libra e aquário.
 Casas astrológicas: 3ª, 7ª e 11ª.
 Astros: Urano, Mercúrio e Palas.
 Estrela: Aldebaran.
 Incensos: Olíbano, mirra, alecrim, verbena, violeta, alfazema, prímula,
tamareira e milefólio.
 Plantas e ervas: sálvia, verbena, hortelã, sândalo, anis estrelado,
eucalipto, melissa, menta, erva cidreira, capim limão, poejo e ervas de
cheiro fresco em geral.
 Metais: cobre.

• Elemento Água

A água é o elemento da purificação, da mente subconsciente, do amor e todas as


emoções. Assim como a água é fluida, constantemente mudando, fluindo, de um nível
a outro, também são assim nossas emoções, constantemente se movimentando. A
água é o elemento da absorção e germinação. O subconsciente é simbolizado por este
elemento, pois está sempre em movimento, como o mar que nunca descansa quer
seja noite ou dia.
Representações: Pode ser representados por mares, oceanos, rios, lagos, aquários,
cachoeiras, fontes, chuva, conchas e peixes. No corpo, rege o sistema linfático e os
fluidos corporais como o sangue, as secreções e as lágrimas. No altar, suas
representações podem ser conchas, um cálice ou um copo com água. Vários símbolos
podem ser utilizados para representar o elemento água, como um triângulo invertido
dentro de um círculo ou não.

 Ponto Cardeal: Oeste.


 Hora do Dia: pôr do sol.
 Energia: Receptiva, feminina.
 Fase da Vida: Maturidade.
 Estação: Outono.
 Sentido: paladar.
 Chakras: cardíaco.
 Cores: Azul, verde, azul-esverdeado, cinza, índigo, roxo, branco, preto.
 Naipe: Copas.
 Fase lunar: lua minguante (redução).
 Signos: Câncer, Escorpião e Peixes.
 Casas astrológicas: 4ª, 8ª e 12ª.
 Astros: Lua, Netuno, Vênus e Plutão.
 Estrela: Antares.
 Incensos: Mirra, camomila, sândalo. Sândalo, lótus, gardênia, samambaia,
alga, musgo e salgueiro.
 Plantas e ervas: camomila, alfazema, mirra, beladona, violeta, mentrasto,
artemísia, rosa e maçã.
 Metais: mercúrio e prata.

• Elemento Éter
O Éter é o elemento presente no Cosmos, o elemento oculto, a quintessência,
resultado da união entre os quatro elementos. A interpretação deste elemento é
pessoal, geralmente é associado ao renascimento, equilíbrio e à própria existência. É
um elemento não palpável em um estado energético alterado de uma vibração não
compatível com a vibração da matéria. Todos os seres contém Éter. O Éter representa
o espírito, pensamentos, energia criativa e restritiva, nossa capacidade de pensar e nos
comunicarmos. Com ele, trabalhamos mediunidade, estados de consciência alterados,
desenvolvimento de consciência elevada, elevação espiritual, transmutação,
transformações interiores, energias criativas e comunicação com o mundo etéreo. O
Éter tem como características transcendência, transformação, mudança,
espiritualidade, imanência, perfeição, o vazio, dentro e fora, todos os lugares e
nenhum lugar, o secreto, o íntimo e verdades ocultas. Estamos conectados com este
elemento, porém é necessário interagir corretamente. Para isso, é necessário
compreender, respeitar e se equilibrar com os quatro elementos, meditar, se conectar
com o eu interior e superior, purifica-se, trabalhar com energia, conectar-se com o
Divino e abrir a mente encontrando as Leis Universais.
Representações: É representado pelo Universo. No corpo, o elemento está
relacionado à audição (ouvidos, língua, boca, cordas vocais e o ato de falar) e é o meio
pelo qual o som é transmitido. Sua representação no altar pode ser velas brancas,
espelho, bola de cristal, pentagrama ou imagens de guias espirituais. O Éter pode ser
simbolizado por uma espiral, um ovo negro ou um círculo dividido em oito setores ou
não.
 Ponto cardeal: centro.
 Hora do dia: além do tempo.
 Energia: universal.
 Estação: a Roda do Ano.
 Chakras: Coronário.
 Cores: preto e branco, transparente e arco-íris.
 Ordem: 5° elemento.
 Metais: alumínio.

Obtendo o Equilíbrio:

Para obter o equilíbrio dos elementos você terá antes que ter certo domínio da sua vontade e
imaginação. Terás que imaginar-se preenchido com os elementos e adquirir a atribuição dele.
Sente-se e imaginasse coberto de chamas (para equilíbrio do Fogo) e inspire esse elemento
para dentro de si e então o expire. Tente ocasionar a sensação de calor em seu corpo. Para a
água a mesma coisa, ocasione a sensação de frio. Para o ar sensação de leveza e para Terra
sensação de pesado. Lembre-se de expirá-los de você, não aprisione a energia. O exercício
requer domínio da vontade para a execução. Faça 5 minutos para cada elemento.

Descubra que dom mágico você recebeu no seu nascimento:

Todos nós recebemos um presente mágico do Universo em nosso nascimento, um dom que
nos ajudará a trilhar o nosso caminho e viver os nossos dias com propósito. Portanto, essa
força interna que você sempre sentiu possuir não é apenas uma impressão ou coincidência, ela
pertence a você por algum motivo. Hoje nós trazemos um exercício que o ajudará a descobrir
qual é o presente mágico que você recebeu assim que chegou neste mundo. Para isso, você
precisará fazer um cálculo muito simples. Some os números de sua data de nascimento: dia,
mês, ano até obter apenas um dígito. Por exemplo, se você nasceu em 1 de agosto de 1978,
deverá somar da seguinte maneira:

1 (dia do nascimento) + 8 (mês do nascimento) + 1 + 9 + 7 + 8 (ano do nascimento) = 34 = 3 + 4


= 7.

Quando obtiver o número final de sua soma, estará pronto para compreender mais sobre sua
força interior.

Se o resultado de sua soma foi:

1 = Mágica

Acredita-se que as pessoas que obtêm esse número possuem grandes habilidades mágicas.
Elas conseguem conectar-se muito bem ao Universo e sempre sabem o que devem fazer para
que as coisas aconteçam da maneira como esperam. Elas podem tornar a vida melhor para si
mesmas e para os outros e geralmente possuem planos muito interessantes, mas eles devem
sempre ser voltados para o bem, porque quando tentam controlar a todos ao seu redor, seus
desejos maldosos lhes retornam muito mais fortes. Seu presente: dom da criação.

2 = Empatia

Você é muito consciente de todo o tipo de energia que existe ao seu redor, sempre foi assim.
Desde pequeno você era capaz de entender como todos ao seu redor se sentiam e transmitia
empatia e carinho de forma única. Às vezes, é difícil para as pessoas ao seu redor
compreenderem essa característica e isso é por se tratar de um presente do Universo. Seu
dom mágico está no seu coração, e é por isso que mesmo quando alguém faz algo muito
errado, você consegue compreender sua perspectiva. Essa habilidade o permite aliviar suas
próprias dores e consolar as outras pessoas, além de mantê-lo consciente da própria vida. Seu
presente: empatia e intuição.

3 = Dualidade

Desde sempre, você percebeu que tinha um dom natural de transformar seus desejos em
realidade. Quando tem um objetivo e se empenha para conquistá-lo, raramente algo fica em
seu caminho. Isso acontece porque a sua energia é muito poderosa e você possui dentro de si
o dom da manifestação. No entanto, a sua força vale tanto para a criação quanto para a
destruição. Portanto, esteja sempre atento ao que você pensa e deseja, porque tudo isso pode
ser facilmente transformado em realidade. Cuide-se para ser sempre um instrumento do bem.
Seu presente: criação e destruição.

4 = Elementarista

Você está naturalmente ligado aos 4 elementos da natureza: Terra, Fogo, Ar e Água. Como vive
perfeito equilíbrio consigo mesmo e com o mundo ao seu redor, você consegue direcionar a
sua vida ao caminho certo, com sabedoria e racionalidade. Sua energia está sempre renovada
e você é muito protegido por todas as forças da natureza. Por isso, é muito difícil alguma
energia negativa ou intenção ruim chegar até a sua vida. O seu dom o permite viver com
confiança e alegria, tornando a sua vida muito mais significativa. Seu presente: magia
elementar.

5 = Espiritualista

O número “5” simboliza o quinto elemento – o Espírito (Éter, como era chamado na antiga
magia grega). As pessoas que obtêm esse número são naturalmente ligadas ao reino espiritual
e se comunicam com ele com facilidade e eficiência. Por isso, você sempre percebeu que tinha
uma facilidade em se comunicar com esse mundo e muitas vezes conseguiu ajuda para superar
alguma situação, através das forças e energias que vivem nele. Seu presente: contato com o
Espírito Primordial e magia ancestral.
6 = Discípulo do Sol

O número 6 está relacionado ao Sol e tudo o que se associa a ele. O seu presente do Universo
está relacionado a ele e por isso você é uma pessoa de muito poder e energia positiva. Você
possui uma luz natural que ilumina os seus próprios caminhos e as vidas daqueles ao seu
redor. Você é um curador natural e uma inspiração para muitas pessoas, e apesar de isso ser
uma boa coisa, também vem com muitas responsabilidades. Aja sempre com muita sabedoria,
pensando no bem-estar coletivo, porque todas as suas ações servem de referência para
muitos. Seu presente: cura e energia positiva.

7 = Discípulo da Lua

O número 7 está naturalmente associado à lua e toda a sua magia. Seu dom de nascimento é a
magia pura e desenfreada da lua, por isso você é uma pessoa que está sempre cercada de boas
energias e uma aura muito poderosa. Você possui um grande autoconhecimento e sempre
sabe o que pode fazer para que sua vida siga o caminho que você deseja. Isso acontece porque
você possui um dom para rituais e também é muito ligado à sua intuição, que está sempre à
frente de suas atitudes. Além disso, você tem muitas visões através dos seus sonhos, que na
maioria das vezes são proféticos e também o orientam na vida. Seu presente: intuição e
visões.

8 = Magia Tradicional

O número 8 é considerado um dos mais mágicos que existem. Por isso, se foi ele que você
obteve com a sua soma, você é naturalmente abençoado com poder mágico. Desde pequeno,
você pode diferenciar muito bem as coisas boas das ruins e mesmo quando não tinha
orientação das pessoas ao seu redor, você seguia um caminho bom para si mesmo. Você tem
uma espécie de “bússola” interior e sabe exatamente o que deve ou não fazer para guiar a sua
vida por um bom caminho. Além disso, sabe como “manipular” a realidade ao seu redor, para
que sempre se adapte ao que deseja, mas usa essa habilidade para o bem e por isso ajuda a si
mesmo e as pessoas a viverem sempre o seu melhor. Seu presente: manipulações de energia e
alquimia.

9 = Xamã

O número 9 representa a união de todos os itens acima. É nele onde tudo termina e começa, e
é por isso que você nasceu com dons únicos: uma poderosa conexão consigo mesmo, uma
natureza artística e criativa, que lhe permite ver o mundo com mais autenticidade e
perspectiva, com uma incrível habilidade de curar a si mesmo e o mundo ao seu redor. Como
esse número simboliza a morte e o renascimento, você também pode estar muito ligado ao
plano espiritual e ser capaz de ter contato com seres que já não estão mais entre nós, indo
além das experiências humanas que todos experimentamos. Seu presente: contatos espirituais
e habilidades de cura e conexão interior.

Os Quatro Princípios da Proteção da Bruxaria Natural:

 O Primeiro Princípio da Proteção é Baseado no Elemento Terra:


Vivemos em nosso dia realizando escolhas e elas fazem o nosso caminho. A
estagnação ou a aceitação de tudo que vem não são as melhores atitudes, mas sim a
consciência de seus desejos e de sua caminhada é que garantem a certeza de seu
sucesso. Aprenda, você veio na Terra para viver, não apenas para existir, então faça de
sua vida um caminho de prazer e alegria. Não se deixe envenenar por aqueles que
sempre pregam a renúncia e a desilusão. Seja você em Felicidade e tenha o seu Poder
em suas mãos.

 O Segundo Princípio da Proteção é Baseado no Elemento Fogo:


Quando estamos em verdadeira tormenta, devemos nos lembrar, somos filhos de
Deus caminhando pela Terra. Temos o poder dos guardiões em nossas mãos. Seja real,
siga seu coração e, se necessário for, eleve os céus e os infernos, mas proteja a sua
casa e aqueles que você ama de todo mal.

 O Terceiro Princípio da Proteção é Baseado no Elemento Ar:


Quando queremos caminhar de maneira segura e certa devemos aprender que o
silêncio é importante, isto é, não exponha o seus objetivos, não entregue o seus
segredos e aceite, a palavra é de prata, mas o silêncio é de ouro.

 O Quarto Princípio da Proteção é Baseado no Elemento Água:


Vemos e sentimos... Ouvimos e percebemos... Podemos viver e morrer, mas sempre
seremos espelhos de nosso meio. Devemos reagir a todo o momento as ações que são
geradas a nossa volta. Se me deres o bem receberás o bem, se me deres o mal,
entregar-lhe-ei ao Universo e aos Senhores do Caos. Sei de suas sensações e de seus
medos, mas eles não justificam sua ignorância e sua maledicência. Entenda, estou na
paz, mas não mexa com o bruxo errado.

As Sete Maldições Segundo a Magia Natural:

Sim, existem palavras capazes de trazer maldição, reforçar o infortúnio, evocar o azar e
chancelar a infelicidade; assim como existem outras com a luminosa propriedade de abençoar.
Saber separar e usar umas e outras são o início da sabedoria. Na cabala, proferir uma palavra
repetidas vezes é criar para si mesmo um casulo dentro do qual se pode evoluir ou apodrecer.
O ambiente que tu vive - em especial tua casa - tende a absorver, armazenar e reverberar as
palavras de teus hábitos mentais e transmutá-las em entes viventes de espectro vampiresco
ou angelical a depender de tua própria atmosfera emocional. Segue aqui as principais palavras
que se deve evitar a todo custo na sua vida e dentro de casa:

1- 'Desgraça!' > Condensa escuridão, quebranto e ausência do Divino.

2- 'Merda!' > Chama a podridão, a sujidade e adversidades.

3- 'Filho da puta!' > Evoca ódios e desavenças familiares.

4- 'Maldito!' > Lança pragas e corporifica maldições.

5- 'Idiota!' > Devem ser evitadas principalmente com crianças e filhos.

6- 'Miserável!' > Desenha a falta, indigência, pobreza e penúria.

7- 'Danado'> Em sua base significa condenado, sofredor e perambulante, maldito,


malévolo, mau, ruim. Chamar alguém de “danado” é amaldiçoar a pessoa, por que
danado significa “condenado ao inferno”.

Note que as palavras assumem a direção que a intenção e as emoções lhes imprimem, é na
substância e não na exata forma que repousa sua força; sim, claro, mas ainda assim é sempre
momento de refinar-se para que a Luz possa fluir. "Sejamos senhores de nossa língua, para
não sermos escravos de nossas palavras”. Escrito Por Lilian Kaestner.

Energia Sexual:

O ser humano possuem várias fontes de energia e uma delas é a energia sexual. Poderosa, ela
é muitas vezes usada em rituais de energização de sigilos, pantáculos entre outras formas.
Quem quiser procurar mais sobre o tema sugiro procurar obras de Crowley. Outra relação com
a energia sexual é o kundalini que está envolvido com os chackras, etc... Mas estou aqui para
falar de algo mais simples: os efeitos da abstinência sexual (aqui entra a masturbação
também). O ser humano é susceptível a obseções e uma delas é o sexual. A energia sexual é
desviada ou perdida quando é feito sem propósito. Ela quando feita com muita frequência
pode gerar certo tipo de desânimo. Parece uma droga que quando é usada dá prazer no
momento, mas depois lhe dá uma depressão. Manter o controle do desejo sexual tem seus
efeitos benéficos. Primeiro que ele lhe propõe domínio sobre o corpo e desejos instintivos e
segundo o seu poder de Vontade aumenta. Nos primeiros dias o domínio é difícil, sendo que
uma vontade quase sobre-humana cai sobre você. Depois o desejo se extinguiu e diminui com
o tempo. Uma sensação de poder é sentida, como se fosse o “Todo Poderoso”, rei do cosmo.
A energia que seria “desperdiçada” em uma masturbação (ou sexo, mas levando em
consideração muitos fatores, penso que a masturbação seja o que mais desperdiça energia) é
mantida no corpo e força ela entrar em fluxo. Essa energia vem do chackra localizado próximo
do órgão sexual (relacionado ao elemento água) e se direciona rumo ao chackra coronário.
Essa energia estimula os chackras vizinhos e lhe mantém certo equilíbrio. O comportamento
muda. A alegria, felicidade, bem estar, conforto surgem. Notei em algumas experiências
próprias que a “sorte” é mais frequente ou pelo menos a irritabilidade é menos frequente. Não
estou dizendo para não fazer sexo. Estou dizendo que às vezes (cinco dias ou mais se
conseguir) ficar sem ato sexual de qualquer tipo gera efeitos interessantes no ponto de vista
mágico. Essa energia pode ser canalizada em algum intento e assim potencializa-lo. O sexo
quando usado para energizar ou ativar sigilo atua como um desbloqueador da razão fazendo a
mensagem do sigilo entrar no subconsciente. O sexo altera conscientemente o indivíduo. No
orgasmo ele “sai fora do ar”, mesmo que poucos segundos. Olhar para um sigilo fixamente
enquanto se masturba ou então desenhar no corpo do parceiro ou da parceira funciona como
uma poderosa conexão com o sigilo criando em sua mente um significado inconsciente do
símbolo mudando seu comportamento em relação ao intento. O ato sexual impressiona a
imaginação e por isso funciona. Rituais mirabolantes e assustador tem o mesmo motivo:
impressionar a imaginação e desbloquear a razão e conseguir acessar o subconsciente. Pela
maturidade do operador uma vez só não é suficiente requerendo sucessivas operações
ritualísticas. A masturbação para dar um efeito satisfatório por vezes deve durar de 30 a 60
min. Muitas vezes não gera resultado algum. O controle para tal requer treinamento. De
qualquer forma o domínio de desejos sexuais se centra no domínio do seu Eu animal. Faz parte
do processo da evolução mágica.

Ataques Espirituais e Energias de Baixas Vibrações:

Um dos maiores mitos espirituais é que vibrações semelhantes se atraem. Isso não é verdade
quando se trata de ataques espirituais. Quando alguém comenta que está sobe ataque outro
alguém diz que ele precisa aumentar sua vibração porque semelhante atrai semelhante. Isto
significa que a vítima deve ter uma baixa vibração para ser atacada por baixa energia
vibracional. Isso é 100% não verdade. Você pode ter uma vibração muito alta e ainda ser
atacado. Você é um raio azul ou tem muito azul ou violeta em sua aura - o que atrairá
naturalmente as energias vibracionais inferiores para que você possa transmutá-las. Formas de
pensamentos negativos, espíritos, entidades e baixas energias vibracionais chegarão até você
para transmutação. Como uma mariposa para uma chama, essas energias inferiores ficarão à
sua volta e se prenderão a você quando tiverem uma chance. Energias inferiores se associarão
a você por causa da sua Luz. São também formas de treinamento se você for um trabalhador
da luz, xamã, curador, etc. pois se você não experimentou essas energias pessoalmente você
será atacado como aprendizado, para poder encontrá-la nos outros e ajudá-los. Chega uma
fase em que você vai transmutá-las facilmente e não será mais afetado e drenado. Você está
sendo treinado para elevados propósitos para a humanidade. Texto derivado das Traduções de
Vilma Capuano.

Elementos Ritualísticos:

À vontade quando é afirmada com ações se torna mais potente, por isso existem os rituais que
na verdade são formas de afirmar ideias por meio de gestos e expressões. Os símbolos que
nele estão presentes são meios de representar a ideia. Velas, cores, números, palavras, selos,
cânticos e sigilos. Tudo simbologia e ferramentas para ativar a magia, pois a o verdadeiro
poder reside na mente.

Simbologia dos Números na Magia Natural:

Os números podem nos revelar uma visão profunda da Obra do Grande Criador. Presentes nas
pétalas de uma flor, ou na estrutura de um cristal de quartzo, eles podem nos mostrar a magia
da vida e a essência da harmonia cósmica e interior, exprimem ideias e nos revelam relações.
Nos números se escondem forças desconhecidas... Pitágoras nos mostrou que “tudo está
arranjado de acordo com o número”. Sem o entendimento mais profundo do significado dos
números, deixamos de perceber certas conexões surgidas em nossas vidas. O conhecimento
das forças expressas pelos números pode descortinar um horizonte amplo e repleto de
significados em nossa busca. É importante saber associar os números certos aos nossos
propósitos. A verdadeira ciência dos números não é divinatória, é arte e magia que integra o
ser humano à Natureza.

00: Anterior ao próprio número 1, vem o número zero, que simboliza o começo absoluto, o
vazio, o nada, a ausência, o valor inexistente, ele antecede a todos os outros números.
Representa o círculo, o caos primordial, a unidade imanifesta, a eternidade. Simboliza todas as
potencialidades, a super consciência, o poder vital livre, o intervalo da geração.

01: Essencialmente é o símbolo da divindade máxima, junto à outros significados como início,
fonte, iniciativa, individualidade, pioneirismo, originalidade, liderança, independência,
praticidade, energia, objetividade e ação.

02: É a divisão da unidade em opostos, dos dois sexos, da polaridade, significando também o
portal, o tempo-espaço, o feminino, a passividade, delicadeza, plano emocional, arte, mãe,
entre outros aspectos femininos e duais.

03: Sendo o fruto da dualidade, o número três é o princípio manifestado, o espírito e a


trindade de todas as tradições. Outros significados associados: mundo dos efeitos, equilíbrio
universal, palavra manifesta, expressão, comunicação, escrita, fala, representação, arte,
intelecto, etc.

04: Tal como o quadrado, é o símbolo da matéria, do plano físico, a forma, a construção, o ser
humano, o espírito em contato com a matéria. Também simboliza o trabalho, o planeta Terra,
as quatro estações, quatro fases da Lua, quatro elementos, quatro pontos cardeais, os quatro
princípios da matemática, a personalidade, a virtude, o esforço, entre tantas outras coisas.

05: O número cinco é um Portal para o mundo dos mistérios e frequentemente é representado
pelo pentagrama, é Vênus e também o Portador da Luz. São atribuídos à este número o plano
espiritual, o mental, abstrato, a integração, a verdade e a vitória. Outras associações incluem o
Eu Superior, o sacerdote e a consciência divina.

06: Este é o número dos iniciados nos grandes mistérios. É número de amor, de sabedoria, de
harmonia, fusão de opostos, magnetismo, atração, amizade, compaixão, maternidade, afeição,
etc. É a chave para o Sol interior, do desenvolvimento dos chakras e do caráter. É a ligação
entre o céu e a terra, plano espiritual e físico.

07: Representa o homem que uniu o Mundo Divino com o Mundo Humano, tal como o
simbolismo da montanha nas diversas tradições, como palco do grandes líderes e sábios
espirituais. Este é o número da perfeição que às vezes é representado por um triângulo acima
de um quadrado (espírito e matéria). Este número inspira o que o ser humano e o espírito
possuem de melhor, sendo sinônimo da concentração, intuição, integridade, meditação,
inteligência, ciência, espiritualidade e superioridade. Está presente nas sete notas musicais,
sete cores do arco-íris, sete chakras principais sete artes liberais, entre outros.

08: Símbolo do equilíbrio perpétuo, do infinito, da justiça e do julgamento. Na Mitologia


Egípcia, Anubis é representado pelo número 8 sendo associado à Saturno. É ele quem porta a
balança que pesa um coração e uma pena, representando metaforicamente que o coração
humano deve ser tão leve quanto uma pena. É o número da evolução da alma, polaridade
entre emoção e mente consciência do espírito e também o terceiro-olho. São atribuídas a este
número, os conceitos de organização, finanças, administração, facilidades materiais, etc. É a
recompensa dos esforços, o retorno justo das ações.

09: Número de sabedoria ligado com diversos movimentos e fraternidades. Representa o


término de um ciclo, tal como os nove meses da gestação. É por si só um número de mistério,
sendo ele a pedra no caminho de todo sábio que deve desvendá-lo pessoalmente. É também
número de prosperidade e completude.

10: O número 10 representa ausência, mas também completude, perfeição, totalidade. Isso
porque ele é composto pelos números 1 e 0, de modo que é o primeiro número que é
interpretado em conjunto. Dizem que sozinho não carrega um simbolismo próprio, daí o fato
de refletir ausência. Por outro lado, a perfeição e completude encerram a ideia de que o
número 10 compreende todo o simbolismo da contradição.

11: A maior força deste número é a intuição e sensibilidade extrema. Ele se volta para
invenções sempre buscando o bem da humanidade que elevam o coração e o espírito do
homem. Simboliza a clarividência e a colaboração com todos.

12: É o encontro com uma Energia Maior, com a fé aprofundada em nosso espírito. E o que há
de mais sagrado em nossos corações. Ele não é uma união qualquer, mas representa diversas
coisas: 12 meses do ano, 12 signos, 12 apóstolos de Jesus, Israel era composta por 12 tribos.
13: O 13 (treze), desde a Antiguidade Clássica, é o número do azar, o portador de coisas más.
Os numerologistas consideram o 13 como o número que atua em desarmonia sobre as leis do
universo. Na Última Ceia estavam presentes 13 elementos - Jesus e os seus 12 apóstolos.
Nessa ocasião, Jesus foi traído por Judas Iscariotes.

Familiares na Magia Natural:

 O que são os familiares:


Os familiares são os animais comuns que aparecem em nossas vidas, geralmente
quando fazemos nossa primeira conexão/meditação, nossos bichinhos de estimação
percebem, pois eles tendem a serem mais sensíveis as energias espirituais do que nós,
e logo quando começamos a caminhar para uma meditação, mesmo que tão simples e
iniciante, nossos animais percebem, porque você esta passando por uma evolução de
espiritualidade.

 Para que ele serve:


Estes familiares são de suma importância para nós que somos envolvidos com a magia.
Os animais são sensíveis às energias e espirituais. Então eles podem ver tudo aquilo
que nos cercam, ou seja, eles são úteis para a nossa proteção, pois onde existe energia
boa, existe energia ruim. Estão justamente pra nos proteger dessas energias negativa.

 Como saber se meu animal é meu familiar:


Simples, faça sua primeira meditação, e perceba se seu animais de estimação estão
comportando de forma diferente de antes. Ele está mais próximo de você? Estão
pedindo seus alimentos diretamente à você? Então sim, seu animal notou sua energia
renovada, então ele sente no dever de proteger você das energias negative e, a partir
dalí seu bichinho se tornou seu família místico.

 Quais animais são:


Todos no geral, mais os gatos são os mais comuns entre as bruxas.

 Não tenho nenhum familiar, como faço para conseguir um:


Se você sente a necessidade de ter um familiar vá a um lugar que transmita muita
energia positiva e faça um pedido ao universo, e diga "quero que meu familiar se
manifeste, e apareça para mim, e que eu possa reconhecê-lo". Geralmente são vindos
dos gnomos, então faça uma conexão mais forte com o elemento terra, pra que eles
façam isso de forma mais pertinente. Tenha paciência, pois os deuses sabem quando
você irá precisar de um protetor, e logo ele aparecerá.

Gatos e Espiritualidade:
Todas as informações contidas neste artigo foram traduzidas e interpretadas do livro The
Mythology Of Cats (A Mitologia dos Gatos) de Gerald & Loretta Hausman. De acordo com os
autores, nem todo mundo se dá bem com os gatos porque eles são capazes de nos enxergar
por dentro. Os gatos vêm além das aparências, eles enxergam através dos nossos olhos
qualquer medo ou impulso secreto de agressão, e por isso muitas vezes se defendem ou se
afastam dos nossos afagos. O contrário também é verdadeiro: quando um gato te oferece uma
manifestação de carinho, ela é puramente verdadeira. É um gesto de confiança inabalável, de
quem te enxerga, te aceita e te admira, e por isso te honra com um afago, um carinho, um
roçar entre as pernas, uma subida no colo ou tentando chamar a sua atenção. Enfim, os gatos
gostam de quem gosta deles, ele não vai tentar te cativar se você não tiver olhos de afeto para
ele, nem se guardar em si algum impulso que eles considerem repulsivo.

O Poder de Cura dos Gatos:

Este trecho do livro resume o poder de cura dos gatos: “O gato é um animal que tem muito
quartzo na glândula pineal, é, portanto, um transmutador de energia e um animal útil para
cura, pois capta a energia ruim do ambiente e transforma em energia boa”. Portanto, os gatos
são capazes de absorver a energia negativa presente no lugar, no ambiente ou nas pessoas, e é
por isso que eles repousam tanto – para descarregar essa energia. Ao mesmo tempo, eles
conseguem nos transmitir, através da sua glândula pineal, energias positivas que adquire em
seus estados meditativos. É fácil perceber essa espiritualidade nos gatos: se eles ficam
insistentemente tentando se deitar em alguma parte do nosso corpo, significa que essa parte
precisa de atenção, pois está com problemas ou poderá vir a ficar doente. Se ele escolhe
sempre um canto da casa para se deitar, fica lá por um tempo e depois sai, é porque aquele
lugar fica com uma energia parada, estagnada e ele vai para lá para transformá-la ou colocá-la
em movimento, quando termina, parte para suas atividades cotidianas (ou para mais uma
soneca, para descarregar). Por isso, os gatos são nossos protetores, protegem a nossa casa e o
nosso corpo de energias negativas. E ainda há quem os chame de egoístas.

O Poder de Autocura do Ronronar:

O livro fala de um artigo publicado na revista Scientific American que afirma sobre o poder de
cura do ronronar dos gatos. Segundo os especialistas, o ronronar dos bichanos tem um padrão
estável de frequência entre 25 e 150 hertz, que é realizado com movimentos intermitentes da
laringe e do diafragma. Ao ronronar, os gatos realizam a autocura, pois melhoram sua
densidade óssea, promove a cura de suas células, estimula os músculos e ossos gastando
pouquíssima energia. É comum as pessoas dizerem que eles ronronam quando estão felizes,
mas na verdade, eles ronronam como uma forma de autocura e também para se comunicar.

Simbologia da Lua na Magia Natural:


Desde os tempos antigos as fases da Lua vêm influenciando a vida e os rituais humanos - sejam
eles mágicos ou cotidianos. Não é à toa que muitas pessoas se utilizam do calendário lunar
para tomar decisões importantes em suas vidas: os pescadores e camponeses, por exemplo,
não conheciam as influências mágicas das fases da Lua, mas sempre souberam qual o melhor
período para uma ou outra atividade no campo. Da mesma forma, o aumento do número de
parturientes durante a Lua Cheia, por exemplo, é também muito conhecido. A propósito, a Lua
exerce uma influência especial sobre as mulheres e suas regras mensais. Por esse motivo, não
tem como não nota a sua polaridade yin que e personificado no símbolo conhecido triluna
mostrado logo abaixo. Imagine o tamanho de sua importância para a magia! Por isso iremos
fala sobre cada fase da Lua e suas influências energéticas, qual delas é a mais indicada para os
seus rituais.

Lua Crescente
É a fase em que a Lua sai da escuridão e começa a renascer, iluminando o céu. Por
isso, é propícia aos rituais de crescimento e atração. Rituais que tenham por objetivo
aumentar o que se deseja o nascimento de crianças, fortalecimento das amizades e
dos relacionamentos, amor, sensualidade e sentimentos, harmonização das situações
e dos ambientes, boa sorte, negócios e prosperidade devem ser realizados durante
esse período.

Lua Cheia
É a fase em que a Lua está mais visível e brilhante, reinando plena no céu. É nesse
período que as energias espirituais atingem seu ápice e se consolidam, vibrando mais
forte. Por isso, é propícia aos rituais de fortalecimento, preenchimento, fertilidade,
virilidade e sexualidade, comunicação, brilho, sucesso e visibilidade, assinatura de
contratos e parcerias, felicidade, coragem e fortaleza, conquista e domínio, definição
de situações amorosas e realização de casamentos.

Lua Minguante
É a fase em que a Lua vai diminuindo o brilho até desaparecer, morrendo por alguns
dias. É o momento propício para o encerramento de tudo o que não é mais necessário
ou desejado, o banimento de energias negativas, libertação e finalização, reversão de
situações indesejadas, cura (no sentido de eliminar a doença), morte e ressurreição
simbólicas, maturidade e sabedoria ancestral, venda de imóveis e quebra de feitiços
maléficos.

Lua Nova
É a fase em que a Lua não está visível no céu, preparando-se para renascer em seu
novo ciclo. Por isso, é um período de instabilidade energética, repleto de mistérios e
inseguranças, de morte e escuridão, de reclusão, sendo propício, porém, para a
meditação e o autoconhecimento.

Lua Negra
A lua negra acontece nos três últimos dias de lua minguante que antecedem a lua
nova. Esse período é ideal para feitiços de transformação, renovação e cura. Também
é excelente para fazer feitiços para se livrar de maldições.

Lua Azul
Lua azul é o nome que recebe a segunda lua cheia do mês. Isso ocorre em intervalos
de aproximadamente dois anos. A lua azul é excelente para potencializar pedidos. É
uma ótima lua pra fazer rituais para aumentar nossa intuição e poderes psíquicos. Ela
aumenta a energia do amor e por isso muitos casais escolhem a data da lua azul para
se casar.

Lua Violeta
Ao contrário da lua azul a violeta é a segunda lua nova do mês. Que também ocorre
aproximadamente a cada dois anos. É a lua ideal para fazer feitiços de transmutação e
de intuição. Também pode ser aproveitada para meditação.

Lua Rosa
Também conhecida como Lua dos Desejos, a lua rosa é a lua cheia mais próxima de
todos os sabás maiores (Samhain, Beltane, Lammas e Imbolc). É a lua que facilita a
realização de desejos. Podem ser feitos pedidos enterrados ou até mesmo feitos
diretamente à lua.

Super Lua
A superlua acontece quando a lua se aproxima ao máximo da terra potencializando a
magia da lua, para as bruxas e magos siquinifica mais poder de resiliência;
Aumentando seu poder pessoal; Suas emoções estão mais ardentes e inflamáveis;
Seus poderes astrais estão mais consistente; Melhorando assim suas habilidades de
adivinhações e Facilitando o Estado de meditação.

Simbologia das Cores na Magia Natural:

É através das cores que conseguimos entender a relação que existe entre o divino e o homem.
Porque as cores são luzes infinitas refletidas em nossos olhos, assim como Deus utilizam a luz
para falar com o homem, ele aplicam uma função auxiliadora para as cores. Todas as cores são
únicas e perfeitas, e são utilizadas para despertar a cura e a evolução espiritual. Por isso
diversos povos utilizavam para várias ações, como energizar água, para curar e despertar o
lado espiritual, para meditação, a cura pelos raios de Sol (helioterapia), por exemplo. Na Índia
praticava-se costumeiramente Yoga, Astrologia e Cromoterapia, e estão ligadas aos sete
chackras. Por isso que dizemos que elas estão conectadas com o amor, paz, saúde mental,
espiritual e adrenalina. Portanto, existem cores, destinadas para os signos, dia das
semanas, pedras, velas, fases da Lua, planetas e anos. Muito bem, as cores têm diversos usos,
como estes mais conhecidos:

 Chamar um tipo de energia específica;


 Influenciar a mente (exemplo: vermelho paixão, cinza depressão);
 Neutralização (preto para sugar energia negativa, branco para purificar).

Não é difícil aplicar as propriedades das cores se você prestar um mínimo de atenção na tabela
abaixo, mas ainda assim citarei alguns exemplos logo depois no momento confira todas as
qualidades e características de todas as cores citadas abaixo:

VERMELHO

É a cor do planeta marte, que é ligado a querra, mas consequentemente a vitória. A cor da
paixão, energia sexual, força, poder, vitória, proteção, afastar energias negativas, baixa
magia e influencias maléficas.

LARANJA

Ela afasta o azar, mal olhado, comodismo, conformismo. Trazendo sempre a consciência e
a possibilidade de evolução e transformação. A cor do sucesso, fama, alegria, pensamento
positivo, riqueza, prosperidade, proteção, força, harmonia, sucesso, sorte, fama, mudança
de circunstâncias.

AMARELO

A cor amarela é ligada ao planeta Mercúrio e simboliza o intelecto, conexão com o divino e
cura das doenças. Por isso os ritos e sortilégios específicos para esses fins. A cor da alegria,
criatividade, imaginação, comunicação, cura, esperança, amor, esperança, criatividade,
inteligência e sucesso.

VERDE

É a cor sagrada de Vênus, é utilizada para atrair farturas e harmonia nos momentos difíceis
da vida. E a cor da abundância, fartura, prosperidade, vitalidade, renovação, esperança,
otimismo, fertilidade, boa sorte, proteção.

AZUL CLARO
Está ligado ao planeta Urano, e funciona prazerosamente para rituais que querem
provocar grandes mudanças na cabeça das pessoas. E a cor da cura, verdade, inspiração,
equilíbrio, expansão de todas as coisas, prosperidade, êxito profissional, harmonia,
compreensão e calma.

AZUL ESCURO

Ligado com o planeta Júpiter, se você procura expansão de todas as coisas, prosperidade,
êxito profissional, harmonia, compreensão e calma em um ritual, é uma ótima cor para
atraí-las.

ROXO

Relacionado aos planetas Júpiter e Neturno, é muito parecido com os aspectos da cor azul-
escuro. Mas ressaltando essas qualidades. E a cor da força espiritual, transformação,
transmuta os karmas, traz tranquilidade, equilíbrio espiritual e harmonia.

BRANCO

O branco é utilizado para todos os sentimentos, ele é universal e está ligado a Saturno,
assim velas, trajes, acessórios brancos sempre trarão uma mistura de todos os
sentimentos bons como pureza e paz.

ROSA

Ligada a Vênus, ela é destinada sempre a conquistas de sucesso e prosperidade. E a cor do


amor, equilíbrio, harmonia, sociedade, amizade, felicidade amorosa, harmonia nos
relacionamentos, equilíbrio emocional, família e compreensão.

PRATA

Ligada a Lua e metais dessa cor, representa tecnologias, novidades, inovação, brilho,
solidez, valor, estabilidade, sucesso, qualidade, distinção, frieza, canalização de energias,
clarividência e energias astrais.

OURO

Ligado ao Sol e metais dessa cor, representa a riqueza, majestade, pureza e nobreza da
alma, vibração elevada, vigor, inteligência superior, opulência, lu, prosperidade, charme,
confiança, poder, soberba, persuasão, prosperidade, dinheiro, riqueza e contato com
Deus.

PRETO

Ligado à Lua, Saturno e Plutão. É extremamente poderosa, é a cor do conhecimento, da


força, atrai aquilo que queremos proteção contra feitiços, afastar as energias negativas,
neutralizar o mal. A cor que representa a bruxaria em sua totalidade.
CINZA

Está extremamente ligado a Saturno, e deve ser evitada em qualquer ritual ou altar. E
geralmente quando é utilizada, é preciso quebrá-la no final, simbolizando que todo o mal
está indo embora. E a cor da Depressão, fraqueza, tristeza, decepção, luto, representa
aquilo que nos oprime, restringe ou prejudica.

MARROM

É um elemento ligado a terra, e por isso são utilizados para a proteção da casa, do espírito
ou para trazer paz, sorte, Força, coragem, prosperidade material, conquistas, realizações e
objetivos positivos, cura de animais, resolver problemas materiais.

A Simbologia dos Sete Chakras na Magia Natural:

Para começar a falar sobre os chakras, é preciso falar sobre energia. Energia é tudo o que
vibra: a luz, o som, os raios do Sol, a água… Tudo o que existe no Universo é composto por
energia. Tudo o que vemos é composto por energia condensada, ou seja, matéria. Nosso corpo
físico é matéria, ou seja, energia. O nosso planeta é composto de energia condensada, assim
como a natureza e todas as coisas que o homem criou. Há energia em todo o lugar, dentro e
fora do planeta Terra. Todos os seres vivos precisam de energia vital para que se mantenham
vivos. Ela pode ser obtida pela luz solar, pelos alimentos, pelas plantas, pela terra, pela água,
pelo ar.

Tudo é feito de energia – A aura ou psicossoma:

Como somos energia, cada ser vivo possui um campo magnético que o protege e o diferencia
dos demais seres. Esse campo é mais conhecido como aura, e tem diversos nomes de acordo
com a escola espiritual que a estuda. Na aura, segundo o professor Wagner Borges, do IPPB,
existem diversas aberturas por onde fazemos as trocas energéticas com o ambiente, com
outras pessoas, com outros seres, com a natureza.

Chakras:

Essas aberturas na aura são vórtices energéticos, e são mais popularmente conhecidos como
chakras, ou chacras. Os chakras são centros de energia em forma de círculo (chakra = roda, em
sânscrito) no nosso corpo que vibram constantemente. Há bilhões espalhados pela aura dos
seres vivos. Como isso acontece? É simples, todos os seres vivos são compostos por células.
Nós humanos somos feitos por bilhões delas, e cada uma precisa estar viva e em constante
atividade para que a gente esteja vivo. Portanto, para que isso aconteça, as células são
nutridas com energia vital, e precisam receber e liberar energia constantemente. Graças a essa
troca, nós nascemos, crescemos e nos desenvolvemos, até que um dia cessamos as trocas
energéticas e o corpo físico morre junto com suas células. Isso tudo acontece graças aos
chacras, os principais responsáveis por essa troca energética. Para cada célula viva existe um
chacra em movimento constante. Há chakras que desempenham importantes papéis no corpo.
Alguns são mais importantes que outros. Existem os principais e os secundários. Esses últimos
são considerados assim por não estarem associados às glândulas endócrinas. Dois exemplos
deles são o chacra esplênico (ligado ao baço) e o chacra do fígado. Neste artigo, vamos ver os
chacras principais de forma geral.

Os Principais Chakras do Corpo Humano:

Os chakras são canais dentro do corpo humano (nadis) por onde circula nossa energia vital (o
prana) que nutre órgãos e sistemas. É através dos nadis (meridianos) – caminhos invisíveis
dentro do nosso organismo – que a energia vital caminha por todo o nosso corpo e chega aos
chakras, em pontos que concentram vibrações mais específicas. A palavra chakra vem do
sânscrito (umas das línguas sagradas da Índia) e significa “roda”, “disco”, “centro” ou “plexo”.
Quando dois ou mais canais de energia se encontram, formam-se “vórtices” de energia – nesta
forma, os chakras são percebidos como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais
girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Nosso corpo físico tem
uma ligação sutil com o mundo astral. Os chakras são pontos de interseção entre vários
planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico. É
através do desequilíbrio desta energia vital que as pessoas adoecem e acabam obstruindo esta
ligação com o Divino. Existem vários chakras, mas neste tópico, vamos falar dos chakras
magnos. Cada chakra coordena e reflete a anatomia e a saúde física, mental, emocional e
espiritual do indivíduo. Os chakras magnos são:

 Muladhara – O primeiro chakra é conhecido como Chakra Base ou Raiz (base da


espinha dorsal).
 Svadhisthana – O segundo chakra, também chamado esplênico, sacro ou do baço (um
palmo abaixo do umbigo).
 Manipura – O terceiro chakra é conhecido como Chakra do Plexo Solar ou Umbilical
(dois dedos acima do umbigo).
 Anahata – O quarto chakra é conhecido como chakra Cardíaco e situa-se no centro do
peito, na direção do coração (timo e coração).
 Visuddha – O quinto chakra é conhecido como chakra Laríngeo e fica na frente da
garganta (está ligado à tireóide).
 Ajna – O sexto chakra é conhecido como chakra Frontal ou Terceiro Olho e situa-se no
ponto entre as sobrancelhas.
 Sahasrara – O sétimo chakra é conhecido como chakra Coronário ou da Cabeça e
situa-se no topo da cabeça.
1º CHAKRA – BÁSICO OU RAIZ (MULADHARA):

É o primeiro chakra (conhecido como Chakra Base ou Raiz), está situado na base da espinha
dorsal. Relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando esse chakra está
enfraquecido, indica distúrbios da sexualidade ou disfunções endócrinas. Quando
excessivamente energizado, indica excesso de hormônios, sexualidade exacerbada ou até
mesmo a presença de um tumor no local.

Mantra: LAM

Localização: Na região compreendida entre o ânus e órgãos genitais

Faixa de Ação: Do joelho até os ovários

Função: Reger nossa capacidade de entrar na vida, escolhendo o que queremos e o que não
queremos para nós. Ir à luta.

Palavra Chave: Ativação

Cor: Vermelho, Vermelho-fogo, Marrom, o vermelho da energia e da atividade mais interna do


núcleo do nosso planeta.

Planeta: Saturno.

Elemento: Terra.

Símbolo: Lótus de 4 pétalas


Principio básico: Vontade física para ser, consciência física, energia vital, vontade de viver e
confiança, relação com a terra e o mundo material, estabilidade, perseverança e segurança,
sentido de responsabilidade face a si mesmo.

Função dos sentidos: Olfato

Glândula correspondente: Supra-renais

Hormônios correspondentes: Adrenalina e Noradrenalina que adaptam o sistema circulatório


as necessidades de cada momento, atuam no equilíbrio da temperatura do corpo e do
batimento cardíaco.

Do ponto de vista anatômico: Esta relacionado com tudo o que è sólido, como a coluna
vertebral, os ossos os dentes e as unhas, ambas as pernas, e o ânus o reto, o intestino grosso,
o intestino delgado, a próstata, a vagina e o útero, o sangue, a constituição celular, parte
inferior das costas.

Tratamento: Musculatura das coxas, problemas sexuais e genitais, útero, trompas, ânus,
hemorróidas, infertilidade, distúrbios hormonais, falta de coragem e problemas sanguíneos

Aspecto: Etéreo inferior, plano físico, instinto de sobrevivência, senso de identidade. Liga-nos
com o mundo físico, contato com o espírito da Mãe-Terra, necessidades básicas individuais,
bem como as globais, da vida e da sobrevivência nesse planeta. Constitui a fonte de força vital
para os chakras mais elevados, é a sede do inconsciente coletivo cujo conhecimento
acumulado se torna aqui acessível, alem disso o primeiro Chackra proporciona-nos força de
vontade e estabilidade.

Vogal: Corresponde à vogal u, o som u estimula um movimento dirigido para baixo, na direção
das raízes, leva as profundezas do subconsciente, e desperta as forças primitivas, terrenas do
primeiro Chackra.

Cromoterapia: Vermelho claro e brilhante, aquece, anima tráz vitalidade e coragem. Use
roupas vermelhas ou mentalize a cor na região da base da espinha. Coma alimentos ricos em
proteínas. Use perfume ou óleo essencial de cedro. Ande descalço e aprecie a aurora ou o
crepúsculo. Sons da natureza também ajudam a ativá-lo.

Aromaterapia: Patchouli, Vetiver, Cedro, Mirra.

Contato com a natureza: Aurora, Pôr do Sol, Terra fresca

Força positiva: Estabilizador, fixando a Terra

Frequência: 8 Hz e 194.18Hz – Terra

2º CHAKRA – ESPLÊNICO, SACRO OU SEXUAL (SVADHISTHANA):


O segundo chakra, também chamado esplênico, sacro, sexual ou do baço, é responsável pela
energização geral do organismo, e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que a
seguir são distribuídas pelo corpo. Quando esse chakra é estimulado, propicia uma boa
captação energética.

Mantra: VAM

Localização: Região umbilical (2 cm abaixo do umbigo), entre o osso púbico e o umbigo –


acima dos genitais, também alinhado com a coluna e abre-se para frente.

Faixa de ação: Dos genitais até abaixo da boca do estômago

Função: Onde são elaboradas as questões do cotidiano como:desejos, manutenção das


espécies, sensualidade, paixão e apegos materiais

Palavra-chave: Cotidiano

Cor: Laranja, a cor interior das águas.

Elemento: Água.

Símbolo: Lótus de 6 pétalas

Principio básico: Reprodução criativa do ser

Função dos sentidos: Paladar

Glândula correspondente: Glândulas sexuais- ovário, próstata, testículos.

Hormônios correspondentes: Estrógeno, Testosterona.


Do ponto de vista anatômico: Os órgãos associados a esse centro energético são os quadris,
ovários, útero, as tubas uterinas, a pélvis a região lombar, os rins a bexiga, o intestino grosso,
Tudo que é líquido como o sangue, a linfa, os sucos digestivos, o esperma.

Aspecto: Relacionados com as necessidades básicas associado à sexualidade e auto-estima, ao


poder pessoal e ao poder no Mundo; dá acesso ao corpo emocional em seu nível mais próximo
do corpo físico; abriga a nossa criança interior. As imagens de nossa existência, de vidas
passadas e traumas ficam guardadas nesse Chakra. A capacidade de dissipar antigas emoções é
também desenvolvida por meio deste chakra – as principais energias fecundantes e
acolhedoras que permeiam toda a natureza, parte de um processo de criação continuo, que se
expressa em nós mesmos por intermédio na forma de sentimentos e ações criativas, se
expressa no plano físico pela ação desintoxicaste e eliminadora dos rins e da bexiga. Já, no
nível psíquico é vivenciado através do desprendimento e do livre fluxo dos sentimentos
através dos quais estamos prontos a experimentar a vida original e sempre nova.

Vogal: É ativado pela vogal “o” fechado, como na palavra sono. A vogal “o” liberta um
momento circular, desperta a profundeza dos sentimentos levando à totalidade circular nas
quais as energias masculinas e femininas alcançam a unidade, um harmonioso e fluente jogo
de forças conjuntas.

Cromoterapia: Laranja, estimulante e renovador. Liberta de padrões emocionais cristalizados,


sentimentos de autovalorização, e desperta a alegria do prazer sexual. imagine uma luz laranja
iluminando a área abaixo do umbigo. Na alimentação, reforce a ingestão de líquidos. Escolha
aromas de sândalo e ilangue-ilangue. Para ativá-lo escute melodias com instrumentos de
sopro. Contemple o luar e mergulhe em rios e lagos de água límpida.

Aromaterepia: Sândalo, Ylang Ylang, Bergamota, Sálvia Esclaréia, Cardamomo, Laranja, Néroli
e Rosa.

Contato com a natureza: Luar, Água límpida.

Força positiva: Purificadora levando a fluir

Frequência: 9 Hz e 210.42Hz – Lua

3º CHAKRA – PLEXO SOLAR OU UMBILICAL (MANIPURA):


O terceiro chakra (conhecido como Chakra do Plexo Solar) localiza-se na região do umbigo ou
do plexo solar, e está relacionado com as emoções. Quando muito energizado, indica que a
pessoa é voltada para as emoções e prazeres imediatos. Quando fraco sugere carência
energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças
crônicas.

Mantra: RAM

Localização: Início da cavidade abdominal (boca do estômago) – Está situado cerca de dois
dedos a cima do umbigo, na altura das costelas inferiores. Abre-se para frente

Faixa de ação: Da cintura até o estômago

Função: Elaborar a confiança nos instintos e na voz interior (realização pessoal)

Palavra-chave: Eu

Cor: Amarelo e amarelo dourado.

Através da crescente integração e unificação interior, a luz amarela de compreensão


intelectual aos poucos se transforma na luz dourada da sabedoria e da plenitude.

Elemento: Fogo.

Símbolo: Lótus de 10 pétalas

Principio básico: Constituição do ser

Função dos sentidos: Visão

Glândula correspondente: Pâncreas, transformação e digestão dos alimentos, produz o


hormônio insulina.
Hormônios correspondentes: Insulina (Bile)

Do ponto de vista anatômico: Os órgãos associados a esse centro são a parte inferior das
costas, o estômago, o fígado, a vesícula biliar, baço, sistema digestivo, sistema nervoso
vegetativo.

Tratamento: Aparelho digestivo e respiratório, fumo e bebida, alimentarem-se pouco ou


excessivamente, problemas de posicionamento pessoal (raiva, agressividade, pouca força de
vontade, autoestima)

Aspecto: O plexo solar recebe, distribui e processa a energia possível a percepção. Liga-se ao
nível inferior do corpo mental, que representa a mente racional e consciente. Está associada a
esse Chackra a autoconfiança e o instinto de sobrevivência, a habilidade para o comercial, a
matemática, a determinação e a capacidade para aprender e de incentivar a si mesmo. No
terceiro Chackra, o nosso sol, com o centro de força entramos num relacionamento ativo com
as coisas do Mundo e com outras pessoas. A energia emocional flui para o exterior, nossos
relacionamentos, simpatias e antipatias, bem como a capacidade de estabelecermos
relacionamentos emocionais duradouros; é onde se encontra a identidade social.

Vogal: A vogal “o” aberta, como na palavra Sol. A entoação da vogal provoca um movimento
circular dirigido para fora. Ele estimula a formação exterior do ser partindo de uma perfeição
interior. Contribui com a manifestação de amplidão, plenitude e alegria no Mundo.

Cromoterapia: Amarelo claro e dourado. Anima a atividade dos nervos e do pensamento,


propicia alegria, ajuda a ingressar ativamente na vida, estimula a assimilação física e psíquica.
O dourado, em caso de problemas espirituais, age como esclarecedor e calmante, favorece a
atividade mental. use roupas e acessórios amarelos ou mentalize a cor envolvendo a região
acima da cintura. Coloque no cardápio alimentos amarelados, como milho e mandioquinha.
Invista em perfumes com toques de lavanda ou bergamota. Ouça música alegre e dançante e
caminhe ao sol.

Aromateraía: Pimenta Negra, Cedro, Canela, Cravo, Cipreste, Coriandro, Gerânio, Gengibre,
Grapefruit, Junipero, Hortelã Pimenta, Mandarina, Lemongrass, Petit Grain.

Contato com a natureza: Luz do sol, Campo em flor, Campo de trigo maduro, Girassóis.

Força positiva: Transformadora, formadora e purificadora.

Frequência: 10Hz e 126.22Hz – Frequência do Sol

4º CHAKRA – CARDÍACO OU CHAKRA DO CORAÇÃO (ANAHATA):


O quarto chakra situa-se na direção do coração. Relaciona-se principalmente com o timo e o
coração. Sua energia corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de
emoção. Na tradição católica, este chakra é simbolizado pelo coração luminoso de Cristo.
Quando ativado desenvolve todo o potencial para o amor altruísta. Quando enfraquecido
indica a necessidade de se libertar do egoísmo e de cultivar maior dedicação ao próximo. No
aspecto físico, também pode indicar doenças cardíacas.

Mantra: YAM

Localização: Entre os mamilos, na região toráxica. Está situado na altura do coração, no meio
do peito. Abre-se para frente.

Faixa de ação: Do alto do estômago até as axilas

Função: Controlar as emoções

Palavra-chave: Afetividade

Cor: Verde, Rosa ou Dourado. O verde é a cor da cura bem como da harmonia e da simpatia. A
cor verde clara significa capacidade de cura. Uma aura dourada impregnada de rosa,
demonstra uma pessoa que vive no amor puro e dedicado ao Divino.

Elemento: Ar

Símbolo: Lótus de 12 pétalas

Principio básico: Abnegação do ser

Função dos sentidos: Tato


Glândula correspondente: Timo

Hormônios correspondentes: Cientificamente não esclarecido, pesquisas em andamento

Do ponto de vista anatômico: Os órgãos associados são: coração, parte inferior dos pulmões,
ombros, o sistema circulatório e a parte superior das costas, peito, cavidade torácica, sangue,
pele e mãos.

Tratamento:

Doenças do coração (aspectos físicos e emocionais) tais como: disfunções geradas pelo
excesso de saúde, amor, solidão, marasmo e apatia

Aspecto: O Chakra cardíaco liga o corpo e a mente ao espírito. Rege a capacidade da pessoa de
amar a si mesmo e aos outros de dar e receber. O rosa é a cor predominante das flores usadas
em essências, encontramos aqui a capacidade de compreender e compartilhar as coisas, de
nos sintonizarmos e de vibrar em conjunto. Também nos damos conta da beleza da natureza –
aqui imagens, palavras e sons são transformados em sentimentos. Mágoas profundas podem
causar bloqueios na aura, chamadas de cicatrizes do coração, e quando vem a tona despertam
as dores mais profundas; mas também liberam o coração, curando-o desenvolvendo a
sensibilidade e possibilitando um novo crescimento. Compaixão, compartilhar, participar com
todo coração, abnegação, altruísmo e cura. Acesso ao corpo emocional, nível mental superior.

Vogal: O Chakra do coração está relacionado com a vogal “A”. Ela simboliza a percepção
imediata do coração e representa a expressão máxima da plenitude da voz humana. Está
envolvida com a aceitação sem preconceitos de todas as manifestações de afeto das quais
surge o amor.

Cromoterapia:

 Verde: harmonia e compaixão. Nos tornamos reconciliadores, traz simpatia e


transmite sensação de paz, regenera o corpo a mente e a alma.

 Rosa: desperta sentimentos de amor e carinho. Proporciona uma felicidade infantil,


estimula a atividade criativa. Adote os tons de verde-claro no vestuário ou mentalize-
os iluminando seu peito na altura do coração. Folhas e legumes são os alimentos mais
indicados para fortalecer esse chacra. Escolha aromas florais e ouça música clássica.
Passeios por parques e campos floridos são perfeitos para harmonizá-lo.

Aromaterepia: Bergamota, Cipreste, Gerânio, Jasmin, Lavanda, Alecrim, Rosa, Sândalo e


Tangerina.

Contato com a natureza: Natureza intocada, Flores, Céu rosado.

Força positiva: Abridora e ligadora

Frequência: 10,5 Hz e 136.1Hz – Freqüência de OM

5º CHAKRA – LARÍNGEO OU CHAKRA DA GARGANTA (VISHUDDHA):


O quinto chakra fica na frente da garganta e está ligado à tireóide. Relaciona-se com a
capacidade de percepção mais sutil, com o entendimento e com a voz. Quando desenvolvido,
de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. Em caso
contrário, pode indicar doenças tireoidianas e fraquezas de diversas funções físicas, psíquicas
ou mentais.

Mantra: HAM

Localização: No ângulo formado pelo encontro dos ossos da clavícula. Situado entre a cavidade
do pescoço e a laringe. Nasce na altura da vértebra cervical e abre-se para frente

Faixa de ação: Das axilas até os ouvidos

Palavra-chave: Comunicação

Cor: Azul-claro, prateado e o azul esverdeado.

Elemento: Éter

Símbolo: Lótus de 16 pétalas

Planeta: Mercúrio

Principio básico: Ressonância do ser

Função dos sentidos: Audição

Glândula endócrina correspondente: Tiróide: Papel decisivo no desenvolvimento do esqueleto


e dos órgãos internos, equilibra o crescimento físico e mental, regulariza o metabolismo
hormonal (tiroxina)
Hormônios correspondentes: Tiroxina (Tri-iodo-tiroxina)

Do ponto de vista anatômico: Região da garganta, da nuca e do queixo, ombros, vértebras


servicais, ouvidos, órgãos da formação da voz, cordas vocais, traquéia, pescoço, nariz, orelhas,
brônquios, região pulmonar superior, esôfago, braço.

Tratamento: Garganta, tireóide, voz, coluna, nuca, boca, dentes, face, ouvidos.

Auto-expressão: criatividade, inibição, repressão, genialidade e problemas de comunicação


(dificuldade em dar e receber)

Conflitos de Saúde: Gagueira, laringite, otite, afonia, rouquidão.

Música: Nota musical (sol)

Aspecto: O quinto Chakra constitui uma importante ligação dos chakras inferiores com os
centros da cabeça. Serve como ponte entre nossos pensamentos e sentimentos, entre nossos
impulsos e reações, transmitindo ao mesmo tempo o conteúdo de todos os chakras ao Mundo
exterior. Através do Chakra da garganta expressamos tudo o que vive em nosso interior, o
nosso riso e o choro, nossos sentimentos de amor e de alegria bem como o medo e a raiva,
nossas intenções e desejos, nossas idéias, compreensões e percepções dos mundos interiores.
É o centro da comunicação e da audição incluindo a clariaudiência, da receptividade e da
criatividade, do acesso ao padrão etérico. Através do quinto Chakra desenvolvemos a
capacidade de auto-reflexão. Este chakra está relacionado ao funcionamento do sentido da
audição onde abrimos nossos ouvidos e escutamos as vozes audíveis e ocultas da criação.
Também nos damos conta de nossa voz interior, entramos em contato com a mente e
recebemos a inspiração. Desenvolvemos uma inabalável confiança na orientação pessoal mais
elevada, nos tornamos conscientes de nossa verdadeira tarefa na vida. Reconhecemos que
nossos mundos interiores, bem como os mundos de matéria mais sutis da vida são tão reais
quanto o mundo exterior, e tornamo-nos capazes de captar e transmitir informações dos
setores da matéria mais sutil e das dimensões mais elevadas da realidade Talvez o mais
complexo, visto que toda possibilidade de mudança, transformação e cura está ali concentrada
incluindo a capacidade de resolver conflitos do passado por meio da liberação Kármica.

Vogal: O Chakra da garganta é animado pela vogal “E”. Ela une o coração e a mente. Esse som
permite a expressão desse chakra.

Cromoterapia: Azul claro e azul vivo, turquesa elétrico. Propicia calma e amplidão. Predispõe a
inspiração espiritual. Visualize uma faixa azul-celeste em volta do pescoço ou vista roupas e
colares nessa nuance. Coma frutas de todos os tipos. Entre os perfumes, adote o aroma de
eucalipto. Ouça músicas com cantos harmoniosos e observe o céu nos dias claros.

Aromaterapia: Hortelã Pimenta, Horteã do Brasil, Camomila, Bergamota, Manjericão, Cipreste,


Tea Tree.

Contato com a natureza: Céu azul, reflexo do céu nas águas, leve bater de ondas.

Força positiva: Comunicadora transmissora. A expressão do meu ser é o meu amor tornado
visível.
Mãos: Dedo mínimo

Frequência: 12Hz e 141.27Hz – Freqüência de Mercúrio

6º CHAKRA – FRONTAL OU TERCEIRO OLHO (AJNA):

O sexto chakra situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como “terceiro olho” na
tradição hindu, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem
desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Enfraquecido aponta para um certo
primitivismo psico-mental ou, no aspecto físico, para tumoração craniana.

Mantra: OM (alguns estudiosos mencionam o KSHAM)

Localização: Entre as sobrancelhas. O sexto Chakra está situado um dedo acima da base do
nariz, no meio da testa. Abre-se para frente. Faixa de ação: Dos ouvidos até o alto da testa

Função: Responsável pela percepção

Palavra-chave: Compreensão

Cor: Índigo, também o amarelo e o violeta. O pensamento racional ou intelectual pode dar
origem aqui a uma irradiação amarela. O azul índigo indica intuição e processo de
compreensão integrados. A percepção extra sensorial é demonstrada pelo tom violeta.

Símbolo: Lótus de 96 pétalas

Principio básico: Autoconhecimento. Percepção consciente do ser.

Função dos sentidos: Todos os sentidos, também a percepção extra-sensorial.


Glândula correspondente: Hipófise.

Hormônios correspondentes: Vasopressina (hormônio antidiurético), pituitrina.

Do ponto de vista anatômico: As partes do corpo associadas a esse Chakra são: os olhos,
ouvidos, nariz, cavidades adjacentes, a face, o cérebro o sistema nervoso central.

Tratamento: Percepção dos ouvidos, percepção Extra Sensorial, problemas de visão, rinite,
sinusite, concentração, raciocínio, desequilíbrios mentais, doenças nervosas, memória,
dificuldade de enxergar a realidade das situações.

Aspecto: É a sede das forças mentais mais elevadas, do discernimento intelectual, da memória
e da vontade, e constitui a central de comando mais elevada do sistema nervoso central, no
nível físico. É por meio do sexto Chakra que se vê além das realidades físicas e se penetra no
reino psíquico para além do entendimento da verdade não física. Ele forma a segunda camada
da aura e dá acesso ao padrão do corpo celestial. Através do terceiro olho estamos ligados ao
processo de manifestação por meio da força do pensamento. O processo de criação tem início
quando o ser repousado em si mesmo começa a ter consciência de sua própria existência. Com
isso ocorre o primeiro relacionamento sujeito-objeto, portanto, a primeira dualidade. Com
base nessa vibração primitiva, através de processos de tomada de consciência, novos e
diferenciados padrões de vibrações são sempre provocados. No ser humano está contido
todos os processos da criação, desde o ser puro até a matéria condensada, representada pelos
diferentes níveis de vibrações dos chakras. Assim o processo de manifestação ocorre em nós e
por meio de nós. Uma vez que o terceiro olho é a sede de todos os processos de
conscientização, recebemos aqui a faculdade de manifestar, indo até a materialização e
desmaterialização. Podemos criar novas realidades no plano físico e destituir antigas
realidades.

Vogal: È ativado pela vogal “I”. Representa a força da inspiração, que sempre o leva a novas
compreensões.

Cromoterapia: O índigo transparente abre e clareia o sexto Chakra. Fortalece e cura os


sentidos, abrindo os níveis mais sutis da percepção. Imagine uma luz azul-índigo na região da
testa. Na dieta, escolha alimentos ricos em vitamina B, como ovos e leite. Use também
perfumes que contenham hortelã e jasmim. O tipo de música relacionado a esse chacra é a
chamada new age. Ele ainda é estimulado pela observação do azul-profundo do céu.

Aromaterapia: Jasmin, Manjerona, Olibano, Patchouli, Alecrim, Sândalo, Cipreste, Louro,


Vetiver, Rosa.

Contato com a natureza: Céu noturno

Força positiva: Reconhecedora

Frequência: 13Hz e 221.23Hz – Freqüência de Vênus

7º CHAKRA – CORONÁRIO OU CHAKRA DA COROA (SAHASRARA):


O sétimo é o mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o
padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na
tradição indiana por uma flor-de-lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a
Luz Divina. A tradição de coroar os Reis fundamenta-se no princípio da estimulação deste
chakra, de modo a dinamizar a capacidade espiritual e a consciência superior do ser humano.

Mantra: OM (alguns estudiosos mencionam o KSHAM-AUM)

Localização: Topo da cabeça. O sétimo Chakra situa-se no ponto mais alto, no centro externo
da cabeça. Abre-se para cima.

Faixa de ação: Centros nervosos e cérebro

Função: Irradiar a consciência humana para que ela se conecte com a Energia Divina,
assimilando-a e canalizado-a para os demais chakras físicos.

Palavra-chave: Percepção

Cor: Branco dourado (12 pétalas centrais) e Violeta (960 pétalas restantes) Violeta, também o
branco e o dourado. Brilha com todas as cores do arco-íris, mas a cor predominante é o
violeta. A flor exterior do Chakra é formada por 960 pétalas. No seu interior encontra-se uma
segunda flor com 12 pétalas que brilha como uma luz branca impregnada de dourado.

Símbolo: Lótus de mil folhas

Principio básico: Ser puro

Glândula correspondente: Pineal (epífese)

Hormônios correspondentes: Serotonina (Enteramina, Melatonina)


Do ponto de vista anatômico: Cérebro e crânio

Tratamento: Distúrbios nervosos de qualquer tipo de desconexão com a realidade, problemas


mentais e de desequilíbrio.

Aspecto: Esse centro é a ligação entre o plano físico e o nosso Eu Superior, a nossa divina
presença. É o lugar onde a vida anima o corpo físico; é onde encontramos o cordão de prata
que liga os corpos aurais. É com o prolongamento desse Chakra que o corpo de luz e a alma
suprema entram no corpo na hora do nascimento, e é por ali que o deixa no momento da
morte. É por meio desse Chakra que tomamos consciência de que temos uma identidade
extra-física e de que somos parte de um plano Universal. Nele estamos ligados ao ser infinito,
divino e sem forma (mas que contém em si todas as formas e qualidades não manifestadas).
Nele vivemos e nos sentimos em Deus, nos tornando Um com a origem divina da qual
proviemos. Nosso campo de energia pessoal mistura-se com o campo de energia Universal. O
que antes compreendíamos de modo intelectual e de forma intuitiva torna-se agora uma
compreensão completa. Nele experimentamos as mais diversas formas da expressão da
criação, entre as quais também se situa o nosso corpo como um brinquedo da consciência
Divina com a qual nos tornamos um só.

Vogal: O som “M” abre o Chakra coronário. É como um sussurro contínuo, sem limites e sem
estrutura. Desse modo representa a unidade não dividida e a consciência pura, sem forma e
ilimitada, na qual estão contidas todas as outras formas em estado latente.

Cromoterapia: O violeta e o branco.

 O Violeta produz transformação da mente e da alma, dissolve limitações, abre-nos a


dimensões espirituais e pode nos levar a experiências de unidade cósmica.

 O Branco contém o espectro de todas as cores, integra diversos níveis da vida de


forma a uma totalidade superior, abre a alma à luz Divina, para a compreensão e a
cura. Concentre-se imaginando no alto de sua cabeça uma coroa nas cores violeta,
branca ou dourada. Procure entrar em contato consigo mesmo. Não há alimentos
recomendados para esse chacra, a não ser os do espírito, como a meditação. Entre os
perfumes, fique com o de lótus. Busque seu equilíbrio fazendo caminhadas pelas
montanhas.

Aromaterapia: Jasmim, Rosa, Olíbano, Lavanda, Néroli, Vetiver, Sândalo, Mirra, Cedro.

Contato com a natureza: Cume da montanha

Força positiva: Transcendente

Frequência: 15Hz e 172.06Hz – ressoa com o ano platônico.

Curando os Sete Chakras com Ervas e Plantas:

Plantas têm sido usadas como medicina há milhões de anos para curar diversas doenças,
adquirir sabedoria e para nos ajudar a conectarmos com a natureza. Há textos que datam
2.500 AC sobre várias plantas e suas propriedades de cura. Na Índia, há vários Vedas que
mencionam diversos tratamentos a base de ervas e plantas. As plantas emitem uma
frequência vibracional que vive em sintonia com nossos corpos e psique. Essas qualidades
vibracionais das plantas auxiliam no equilíbrio, cura e energização dos sete principais chakras.
Os componentes das ervas interagem com nosso sistema energético e removem as toxinas do
sangue, melhora a circulação sanguínea e regula o fluxo de oxigênio. Se usadas
apropriadamente, pode-se manter um estado de equilíbrio da mente, corpo e espírito. Aqui
estão algumas das ervas associados com os sete chakras:

 1º CHAKRA – BÁSICO OU RAIZ


O Chakra Raíz está localizado na base da coluna vertebral. Nos conecta a terra, porque
é daí que recebemos todos os nutrientes vitais essenciais para a nossa sobrevivência, e
é também onde as toxinas do corpo são liberadas. O chakra raíz não nos aterra apenas
fisicamente, mas também exerce a função de nos manter no presente momento. Esse
chakra quando desequilibrado pode levar a problemas nas pernas, pés, reto, cóccix,
sistema imunológico, depressão, deficiências auto-imunes. O chá de raíz de Dente de
Leão (Taraxacum) é altamente eficaz no tratamento de depressão, vesícula biliar ou
pressão sanguínea elevada, um remédio desintoxicante para o fígado e os rins
Adicionando em alimentos como: cenoura, batata, nabo, rabanete, cebola e alho, e
qualquer outra coisa que se enraíza, pode ter um efeito calmante para o nosso chakra
raiz.

 2º CHAKRA – ESPLÊNICO, SACRO OU SEXUAL


O Chakra Sacral está localizado entre o nível próximo ao abdômen, entre os ovários
para as mulheres e próximo a próstata para os homens. A qualidade fundamental
desse chakra é a criatividade pura, a atenção, a expressão sexual, livre do ego. Quando
esse chakra está bloqueado pode levar a distúrbios alimentares, problemas do trato
urinário, distúrbios reprodutivos, dor de cabeça ocasional, febre e desequilíbrios
emocionais. A Calendula é uma erva fácil de plantar que acentua a criatividade em
todas as áreas da vida. Outra erva que é altamente benéfica para este chakra é a
Gardenia, que pode-se utilizar tanto as raízes quanto o óleo para muitos fins. Suas
flores são usadas por ser muito reconfortante para os sentidos, bem como, não é de
admirar que também é conhecida como a erva felicidade. Já o Sândalo ajuda a curar
muitos tipos de infecções, uma vez que instiga crescimento de novas células. Você
pode aplicar óleo de sândalo em seu corpo antes de tomar um banho ou você pode
usá-lo para criar um bom aroma em sua casa. Outras ervas e especiarias que são
benéficos são coentro, erva-doce, alcaçuz, canela, baunilha, alfarrobeiras, páprica
doce, sementes de gergelim, sementes de cominho.

 3º CHAKRA – PLEXO SOLAR OU UMBILICAL


O Terceiro Chakra ou o Plexus Solar é o centro de poder das emoções e do controle
positivo de si mesmo. Quando bloqueado pode gerar certas emoções negativas, como
sentir-se indigno e com baixa auto-estima, depressão e ansiedade com uma tendência
duvidosa e desconfiada para com os outros. E como as emoções se manifestam no
corpo físico na forma de doenças, isso pode levar a uma infinidade de problemas: má
digestão, úlceras, diabetes, problemas hepáticos ou renais, anorexia, bulimia, e até
tumores intestinais. Para desbloquear o fluxo energético, pode-se usar óleo de
lavanda, bergamota ou alecrim. Bergamota é ótima para o sistema digestivo, uma vez
que acelera o processo de digestão causando menos tensão para o trato intestinal. Na
região Mediterrânea, as pessoas consideram o alecrim como uma erva essencial para o
estômago e intestino. Pode-se colocar folhas de alecrim em vários pratos ou você pode
usar óleo de alecrim para cozinhar. Althea também relaxa o terceiro chakra e suaviza
nossos esforços para controlar a vida. Ele ajuda você a relaxar o diafragma e
reconectar-se com a respiração. Outras ervas e especiarias que são úteis como anis,
aipo, canela, lírio do vale, hortelã, gengibre, hortelã (menta, hortelã, etc.), melissa,
açafrão, cominho, erva-doce.

 4º CHAKRA – CARDÍACO OU CHAKRA DO CORAÇÃO


O Chakra do Coração é o centro do amor, compaixão e perdão do nosso sistema
energético do corpo. Quando esse chakra está bloqueado, tendemos a nos sentir
disconectos e com problemas em amar a si mesmo e os outros. Além disso,
experienciamos uma baixa na circulação no nível físico, não há empatia no nível
emocional, e carece de devoção no nível espiritual. Muitas questões como amor,
tristeza, ódio, raiva, ciúme, temores de traição, de solidão, assim como a capacidade
de curar a nós mesmos e outros estão centradas no quarto chakra. Um chá ou extrato
de bagas de Espinheiro aumenta a confiança no processo da vida e incentiva você a se
sentir seguro ao seguir seu coração. Ela também ajuda a fortalecer o coração e os
vasos sanguíneos. Você também pode usar pimenta caiena, jasmim, lavanda,
manjericão, sálvia, tomilho, coentro e salsa para um coração saudável.

 5º CHAKRA – LARÍNGEO OU CHAKRA DA GARGANTA


É em grande parte responsável pela auto-expressão e comunicação. Quando este
chakra é claro, nosso discurso se torna leve, sábio e podemos comunicar claramente a
nossa intenção. Quando em desequilíbrio, leva a problemas de tireoide, laringite, co-
dependência no nível emocional, pensamentos pouco claros no nível mental, e
insegurança no nível espiritual. Falamos muitas vezes sem pensar e encontramos
dificuldade para nos expressar de forma autêntica. Ele também é responsável pelo
nervosismo, medo e ansiedade. Flores de trevo vermelho auxiliam, permitindo um
fluxo livre de comunicação e auto-expressão. Uma xícara de chá de trevo vermelho
pode desbloquear as emoções e pensamentos que estão esperando para sair. Uma
pesquisa realizada pela Universidade de Maryland em seu Centro Médico mostra que
erva-cidreira é capaz de curar várias doenças, incluindo tireoide. O óleo de eucalipto é
muito benéfico para o descongestionamento, simplesmente esfregar algumas gotas de
óleo na garganta já ajuda. Outras ervas e especiarias que podem ajudar com o chakra
da garganta é Tussilagem, que é excelente para tosse irritativa e catarro, a tussilagem
ou unha-de-cavalo alivia e relaxa os pulmões, acalma a respiração e ajuda a expelir o
muco, hortelã-pimenta, sálvia, sal e limão grama.

 6º CHAKRA – FRONTAL OU TERCEIRO OLHO


É associado com a intuição e a glândula pineal. Quando bloqueado, tendemos a falta
de imaginação e da intuição, resultando na tomada de decisões pobres e de auto-
engano. Fisicamente, a fraqueza do terceiro olho pode se manifestar como problemas
nos olhos e ouvidos, dores de cabeça, enxaquecas, insônia e até mesmo pesadelos.
Menta, jasmim e a ervalhiça eyebright são ervas utilizadas para abrir o sexto chakra. A
menta tem sido utilizada para curar depressão, enxaquecas e perda de memória. Ela
também aumenta a conexão entre mente e corpo. Estas são as ervas e especiarias que
podem energizar e curar qualquer desequilíbrio no chakra do terceiro olho, zimbro,
artemísia, papoula, alecrim e lavanda.

 7º CHAKRA – CORONÁRIO OU CHAKRA DA COROA

Conecta-nos a energia universal divina. Esse chakra é associado a sabedoria,


iluminação e transcendência. Quando aberto e limpo, experienciamos a união divina e
o amor cósmico, estendendo-se para sempre. Nossa frequência única em sintonia com
a orquestra cósmica. Quando bloqueado, nos sentimos desconectados espiritualmente
e passamos a viver sem direção ou propósito. No nível físico, pode levar a
depressão, distúrbios do sistema nervoso, enxaquecas, amnésia, ADD, dislexia, e em
casos mais extremos, delírios cognitivos e doença mental. As flores de lavanda e de
lótus auxiliam a abertura do sétimo chakra. A lavanda traz para você o alinhamento
com a sabedoria divina em uma base diária e é uma erva popular para melhorar a
meditação. Enquanto as folhas de lótus e caules são amplamente utilizados na
culinária japonesa e chinesa, e cada parte tem seu próprio conjunto de benefícios. A
Lavanda é sua melhor aposta, porque ele funciona bem em todos os chakras. Você
pode incluir plantas internamente em sua vida através de chás, ou externamente
como um banho ou aromaterapia, você pode aumentar os benefícios por
conscientemente se conectar com suas qualidades vibracionais. Ervas e plantas são
demais, podem causar todos os tipos de efeitos em nossos três corpos, o físico, mental
e espiritual. Viva a natureza e seus grandes poderes. Fonte do Texto: O Grande
Jardim. Traduzido por YanRam.

O Mago:

“Um preguiçoso nunca será mago. A magia é um exercício de todas as horas e de todos os
instantes. É preciso que o operador das grandes obras seja senhor absoluto de si mesmo; que
saiba vencer as atrações do prazer, o apetite e o sono; que seja insensível ao sucesso como à
afronta. A sua vida deve ser uma vontade dirigida por um pensamento e servida pela natureza
inteira, que terá subordinada ao espírito nos seus próprios órgãos e por simpatia em todas as
forças universais que lhe são correspondentes.” Eliphas Levi - Dogma e Ritual de Alta Magia O
segundo arcano do Tarô. A carta de número um (o zero é o louco) representa o Mago como
aquele que domina as quatro forças da natureza: Terra, fogo, ar e água. Domina exteriormente
e principalmente internamente. Dentro de si. As forças internas são aquelas que devem ser
dominadas. São eles os impulsos primitivos. As emoções, necessidades, carências, ódio, amor,
alegria, tristeza, etc. Todas essas forças devem ser objeto de domínio do mago. O início à
magia começa de dentro. O mago impõe sua vontade por meio de atitudes. Não basta querer,
tem que fazer. Saber não é suficiente, tem que aplicar. É preciso ousar para satisfazer as duas
acima. Por fim é preciso manter em sigilo, no mínimo discrição quanto ao seu intento. Este se
resume em calar. As quatro leis do mago: Saber, querer, ousar e calar. O mago busca a
iluminação, a evolução o aprimoramento. A busca do perfeito é o que leva a divindade. O que
é perfeito? O que há na natureza que é perfeito? A resposta tem diversos nomes. Uns chamam
de YHVY, outros de TODO, mas é comumente chamado por Deus. Deus é o ponto de chegada,
o foco, a luz no final de um longo e perpetuoso túnel sombrio. Não há mago que pode ser
superior a essa suprema divindade. Estamos abaixo dele, mas podemos possuir todas as suas
atribuições. O mago se mantém integro. Ele não possui vícios. Não por que é ruim para si. Não
possui, pois sabe das leis do universo e que somente os fracos sucumbem aos prazeres
desenfreados. “Um vício é um veneno, até para o corpo; a verdadeira virtude é um penhor de
longevidade.” Eliphas Levi. A maior obra do homem, a chamada Magnus Opus, é a
transmutação do homem ao homem-superior, pois este é aquele ser perfeito. É o objetivo
supremo e ao longo do caminho diversas ações são feitas. Aqueles que se identificam com a
superioridade e virtude são os que tendem a ser magos. Os verdadeiros sabem os significados
das simbologias e não temem o desconhecido. A maior dificuldade do homem é dominar seus
impulsos. É preciso persistência, é isso que a primeira citação significa. Quando um mago
constrói uma vontade imbatível e sólida, não há forças que o impede. A sua vontade deve ser
poderosa como uma avalanche e controlada como um fluxo contínuo de uma brisa. Aprendei a
controlar seus impulsos e depois dominai a natureza. É para o domínio dessas forças que
existe a meditação. As formas de concentração e os rituais são métodos de controlar as formas
de pensamentos. Uma pessoa preconceituosa e medrosa jamais atingirá o seu verdadeiro
potencial. Questione tudo. Ouse. Duvide. Aquele que não crê não terá. É preciso ter a mente
aberta. Não significa aceitar. Significa saber e concluir por si mesmo. Ler e buscar sempre o
conhecimento. Compreender, ter paciência, tolerar, ser justo, saber discernir as diferenças e
amar tudo como se fosse o criador daquilo. O domínio se dá por atos. Todo ato corresponde
de uma vontade vinda da razão. É preciso fazer para ser.
O Sistema da Magia Natural:

Magia do caos, alta magia, baixa magia, magia, magia dos anjos, magia arcana, magia africana
dentre outros inúmeros sistemas mágicos que por sua vez, está presente em todas as religiões
do mundo, irei citar um sistema mágico, então falaremos da magia natural. Embora isso seja
algo menos conhecido que a própria magia como um todo. Decidi colocar aqui alguns
conhecimentos da magia natural. Por que depois que estudei isso compreendi que isso é nada
mais que magia contemporânea.

1. Ser-Fazer-Ter
Esse é um dos princípios da magia natural. O ter é assumido como o objetivo que você
quer. Você ter significa possuir, ser capaz de comandar... Para ter é preciso fazer. Fazer
é executar, agir, ação... Para Fazer é preciso ser. Ser é entendido como assumir uma
identidade. Um exemplo prático: Você quer ter um carro. Para ter um carro é preciso
dinheiro. Para ter dinheiro é preciso fazer algo que dá dinheiro. Para fazer é preciso
antes ser. Então você pode ser um trabalhador que faz coisas de trabalhador para ter o
dinheiro até conseguir o carro. É só um exemplo. Em magia pode ser aplicado da
seguinte forma. O seu objetivo é o ter. Seja aquilo que faz para obter o seu objetivo.
Pense no objetivo, depois pense como chegar e então descubra quem faz isso. A partir
daí assuma a identidade. Aja como um.

2. Triângulo ARC
O triângulo ARC trouxe um pensamento interessante. Não estou dizendo que existia
nada disso na magia tradicional, é uma visão atualizada que foi incorporada na magia
natural.

A = Afinidade R = Realidade C = Comunicação

Afinidade é classificada de forma geral do superior ao inferior como: serenidade,


entusiasmo, tédio, ira, medo, apatia. O ideal é óbvio a serenidade. Realidade é aquilo
que parece ser. Se você assume isto ou aquilo como real, então isto ou aquilo é real.
(Realidade de certa forma é o ser). Comunicação é entrar em contato com algo. Não se
estende apenas a uma conversa. O tato, cheiro, sentimento, tudo isso é comunicação.
Para ter um dos três é preciso ter os outros dois. Então se você quer amizade de
alguém é preciso ter comunicação e afinidade ou afinidade e comunicação.

Comunicação + afinidade = realidade


Realidade + comunicação = afinidade
Afinidade + realidade = comunicação

A soma dos três resulta em compreensão. O triângulo é aplicável em tudo. Desde a


esfera de relacionamento humano até algo de outras esferas como adquirir uma
habilidade musical. Deve haver afinidade/gosto para coisa. Como se consegue? Entre
em contato, aparentemente você gosta e resultará em gosto (hábito). Triângulo Arc.
3. Criar-Sobreviver-Destruir

Talvez o conceito mais aplicável em magia é esse. O ciclo de ação criar, sobreviver e
destruir-nos mostra que no início há a criação, a sobrevivência e após a finalização do
ciclo com a destruição. Sobreviver é a simples ação de criar continuamente. Crie!
Crie, crie e crie! Criando constantemente você está mantendo. Em magia isso é muito
importante. Para que atinja um objetivo é preciso no início criar uma situação possível,
a partir daí é preciso uma constante criação para que ocorra. Ao deixar de criar nada
mais existe. Alguém morre quando este deixar de criar. A destruição é uma ação
contra a criação. Por este raciocínio a destruição é uma criação. Estamos sempre
criando. Ou estamos criando ou estamos fazendo nada. Uma criação-contra-criação
destrói, é uma criação em oposição. Uma nova criação destrói o que já foi criado
antes. Por exemplo: Uma casa está sendo construída. No início foi iniciada a sua
criação, dia a pós dia a criação se mantém, para o mesmo propósito. Se houvesse
durante a execução uma nova construção na casa, o resultado não seria aquele
primeiramente planejado. A nova criação tornou-se criação-contra-criação. Talvez seja
por isso que algumas vezes nossos intentos de magick não dão certo. Criamos uma
contra criação do primeiro e no fim das contas temos nada. A magia natural, e um
tanto diferente e moderna em comparação com as correntes de magia já
estabelecidas. Embora sendo moderna não vai fazer com que extingue a tradicional
magia.

Onde Aplicar a Magia Natural:

Talvez seja uma pergunta tola, mas sabendo muito conhecimento teórico de magia as pessoas
ficam perdidas por não saberem onde aplicar esse fabuloso conhecimento e quando usa é por
questões puramente egoístas. A imaginação é o limite, mas vou dar algumas sugestões: A
magia não é usada apenas para enriquecer... Serve para ser útil e entrar em nosso benefício.
Pode-se aplicar magia para curas, tanto pessoal como interpessoal. Algumas vezes eu uso
magia para romper uma barreira (tanta psicológica como física). Magia muda o
comportamento humano, então pode se aplicar em um melhoramento do potencial humano,
como ter uma facilidade em aprender, evoluir em algo, ser amigável, ser calmo, ter muitos
amigos, etc. Pode ser usada para gerar oportunidades, seja de emprego, seja pra um projeto,
negócios, relacionamento, etc. Encontrar coisas perdidas ou algo que se quer, mas não acha
para comprar (um livro, um carro, uma bijuteria, uma roupa...). Deve-se estar atento no
ambiente e no que acontece ao seu redor, às vezes pensamos que a magia feita deu errado,
mas na verdade somos cegos. Um livro tanto almejado pode vir de um amigo lhe
presenteando ou em uma biblioteca, um emprego pode vir de uma conversa ouvida em um
ônibus... As possibilidades são infinitas.

A História da Bruxaria Natural:

A palavra “Bruxa vem da palavra grega “brouchos” que designa “larva de borboleta” e refere-
se a comparação da mudança de cada pessoa ao se tornar uma bruxa. Há também outros
significados indicados a palavra, mas creio que este seja o mais adequado e correto. A bruxaria
está presente desde a era paleolítica, onde as pessoas usavam muito os seus sentidos e
observavam a natureza, relacionando tudo a uma energia espiritual. O homem primitivo não
conhecia deus nem ciência, ele apenas acreditava na sua ligação com a natureza. Acreditava
que se não fosse realizado o ritual para o nascer do sol, todos ficariam na escuridão. Também
temiam as forças naturais como o mar enfurecido ou o som dos trovões. Mas acima de tudo
tinham grande respeito pela natureza. Nesse tempo a valorização da mulher era muito grande,
pois a mulher gerava a vida, e os homens desconheciam a sua participação nisso. Acreditava
ser que ao ser deitar sob a lua cheia, depois de nove meses a mulher dava a vida a um novo
ser. Por esse motivo tratavam a mulher como um ser divino. Dai surge à primeira
representação da energia yin, a mulher grávida, com seios fartos para amamentar, e os
quadris largos para não perder a criança. No período neolítico o homem passou a observar a
rotina dos animais. Verificaram que a fêmea só procriava com a presença do macho, e
concluíram que a mulher também só procriava com a presença do homem. Então a mulher
deixou de ser superior e passou a ser igual. Com a chegada do Judaísmo, que pregava a crença
num único Deus, e depois com o domínio do Império Romano, a mulher deixou de ser
equivalente a o homem e passou a ser inferior ao homem segundo a doutrina Judaica-Crista.
Em 324 foi decretado que o cristianismo passaria a ser a religião oficial do Império Romano.
Templos pagãos foram destruídos ou convertidos em igrejas cristãs como exemplo podemos
sita o templo de Mitra. A igreja atacou violentamente essas pessoas, e tudo o que faziam foi
julgado como demoníaco. Em 743 o Sínodo de Roma declarou ser crime qualquer oferenda a
espíritos. Em 829 o Sínodo de Paris baixou um decreto dizendo que a igreja não toleraria
encantamentos e idolatria, e assim poderiam executa bruxas, feiticeiras, ou qualquer outro
que não seguissem tais leis. Então as bruxas e feiticeiras passaram a ser julgadas e executadas
pela Inquisição. Apontadas como criaturas diabólicas que realizavam orgias, comiam crianças e
desprezavam o sagrado. A Inquisição iniciou-se em 1184, mas fortaleceu-se em 1215 e a partir
daí foi multiplicado espalhado pela Europa. A Inquisição não executava apenas as bruxas, mas
todos aqueles que acreditavam em outras doutrinas, ou qualquer pessoa que tinham uma
opinião diferente da Igreja Católica ou contestavam a fé cristã. Eram utilizados métodos de
tortura para confissões, e muitas vezes essas torturas extremas levavam o torturado à morte.
A última lei contra Bruxaria foi abolida em 1951, e a partir daí começou a ser vista sob uma
nova luz. No século XX a Bruxaria renasceu, resgatando aquele antigo amor à natureza e
deixando de lado aquela imagem de bruxaria diabólica. Nos anos 30 na Inglaterra, surge a
Wicca a primeira prática de religião de bruxaria. E torna-se mais proeminente na década de 50.
Mas assim como qualquer movimento religioso, a bruxaria se divide em vários seguimentos.
Hoje em dia ainda há o preconceito com relação às bruxas ou até mesmo com a palavra
“bruxaria”, mas é muito menos do que antigamente. As pessoas costumam ter medo do que
não conhecem.

 Observação Sínodo de Roma:


O Concílio de Roma ou Sínodo de Roma foi um concílio regional da Igreja antiga
realizado em 382, sob a autoridade do Papa Dâmaso I. Os assuntos abordados foram
os livros bíblicos aceitos pela Igreja e a autoridade papal.
 Observação o Que e Bruxaria:
A bruxaria é um estilo de vida, a bruxa moderna pratica magia natural, cultuar as
forças da natureza e do universo. Respeita toda forma de vida e amor existente sem
fazer distinção de etnia, gênero ou sexualidade.

A Bruxa de Cada Elemento:

Abaixo vou destacar algumas características predominantes nas Bruxas de cada Elemento. Isto
é, não releve apenas seu sol, releve a energia predominante do seu mapa astral por completo.

1. A Bruxa do elemento Terra

O Caminho da Bruxa da Terra está centrado no lar e na família. Ela trabalha


com ervas e incorpora magia nas refeições que prepara. A Bruxa da Terra
provavelmente terá um jardim, ou vai querer um. Ela gosta de ter plantas,
pedras e Cristais por perto. A Bruxa da Terra se especializa em proteção
mágica, vidas passadas, prosperidade, magia ancestral e fertilidade. Ela honra
os ciclos da natureza e está sintonizada com eles. Ela prefere fazer seus
objetos a comprá-los. Ela será uma estudiosa de ervas e seus usos mágicos.
Para a Bruxa da Terra qualquer faca pode ser um athame, qualquer copo pode
ser um cálice. A Bruxa da Terra é uma amiga leal, devotada e constante. Ela
precisa de seus amigos e família para se sentir inteira e se doa aos mesmos
sem restrições. A casa de uma bruxa da Terra é simples, confortável e
acolhedora, normalmente bem organizada, mas ela não é compulsiva na
organização ou na limpeza. O lugar preferido da Bruxa da Terra será o jardim
ou a cozinha. Ela tende a reunir seus amigos ao redor dos alimentos ou da
mesa de jantar. O sabor é importante para a Bruxa da Terra, mas a textura é
ainda mais importante. O Livro das Sombras da Bruxa da Terra é normalmente
bem organizado, como tudo mais em sua vida. A Bruxa da Terra adora itens
herdados e antiguidades e será atraída por eles. Enquanto ela aceita
facilmente a existência de conjurações de espíritos, ela não acredita em tudo
de maneira cega. Ela mantém sua mente aberta. Se você é amigo de uma
Bruxa da Terra, você tem uma amiga verdadeira. Ela é bastante protetora e
nutridora, além de ser bastante leal e confiável. Uma das melhores coisas
sobre a Bruxa da Terra é a habilidade de se manter em silêncio. Ela entende
que as vezes é melhor não dizer nada, ao invés de arriscar e dizer algo errado.
Ela é bastante cuidadosa acerca do que ela diz. Cuidadosa e desconfiada, a
Bruxa da Terra dificilmente toma riscos desnecessários. Equilibrada até o fim,
ela ajuda os outros a encontrar soluções adequadas para os seus problemas.
Sua abordagem com a vida é “calma e estável”. Ela é conservadora, paciente e
prática. A Bruxa da Terra pode ser encontrada, na maioria das vezes, em
trabalhos em que ela possa melhorar de maneira direta o mundo ao seu redor,
ou um trabalho que pode parecer tedioso, mas que é tradicionalmente
necessário dentro das normas da sociedade. Trabalho social, ensino,
arquitetura e culinária são escolhas naturais para uma Bruxa da Terra. Por
outro lado, a gentil Bruxa da Terra não é alguém que você queira irritar. Ela é
capaz de uma grande destruição, o que ela vê como uma parte natural do ciclo
da vida. É raro que ela olhe para trás arrependida. Ela pode demorar um pouco
para decidir se está com raiva e vai te dar todas as chances para que você se
explique. Mas uma vez irritada, ela pode ser teimosa e guardar rancor. Pois ela
já te deu todas as chances no início, então se ela decide que ela não gosta de
você, bem, você mereceu isso. Contudo, ela é bastante clemente com aqueles
que ela ama e confia. A Bruxa da Terra é uma professora e se esforça para ser
um bom exemplo para seus alunos, crianças e amigos. Ela pratica o que prega
e acredita que suas ações falam mais alto que suas palavras. Ela se permite ser
o alicerce para toda a vida. Ela é atingida pelas tempestades, fustigada pelo
fogo, mas ela permanece imutável, apesar de estar sempre evoluindo. Ela luta
para se manter calma e estável durante todas as tempestades da vida. Ela tem
um talento único em se manter calma. A Bruxa da Terra sabe que tem todo o
tempo do mundo, ela não tende a se jogar e fazer tudo no mesmo instante.
“Pra tudo há seu tempo” é seu lema.

2. A Bruxa do elemento Fogo

O caminho da Bruxa do Fogo não é para os fracos de coração. Forte e corajosa


essas bruxas raramente aceitam o não como resposta. Elas são extremamente
sociais. Cada uma é única. Não existe um estilo típico de personalidade para a
Bruxa do fogo: Ela varia, assim como uma chama. A única coisa que você pode
ter por certeza é que elas vão brilhar. Usando jeans ou diamantes, você sabe
que é uma Bruxa do Fogo pela aura de confiança que as circula. O estilo da
decoração da Bruxa do Fogo corre do glamouroso, moderno e sofisticado. Ela
tem um talento para a decoração, frequentemente ela usa velas e luzes para
adicionar um toque mais forte. A Bruxa do Fogo ama dançar e é bastante
sedutora, apaixonada e vigorosa. Ela normalmente é bastante ativa e costuma
amar participar de eventos esportivos. Ela é forte e desafiadora e
frequentemente leva as coisas ao seu limite. Algumas Bruxas do Fogo podem
ter personalidades viciantes. Quando a Bruxa do Fogo ama alguém, ela o faz
com um coração tão puro que ela pode ignorar qualquer defeito dessa pessoa
por um bom tempo. Isso pode colocá-la em alguns relacionamentos
complicados até que ela finalmente se canse e decida seguir em frente.
Quando a Bruxa do Fogo segue em frente, ela tem uma compulsão para
destruir os laços antigos. Ela fica muito mais confortável sabendo que aquilo
não pode ser consertado e pode seguir em frente com mais facilidade ao não
se permitir pensar no passado. Filosoficamente, a Bruxa do Fogo tem a mente
aberta. Ela é uma pensadora livre. Por causa da posição do seu elemento
(tanto acima como abaixo na Terra), a Bruxa do Fogo tem a habilidade de ver
todos os lados em uma discussão. Ela valoriza a honestidade e coragem acima
de tudo. Não existe nada que ela detesta mais do que um mentiroso. Bruxas
do Fogo é geralmente o tipo de pessoa que pensa muito rápido. Essa é a razão
para que as pessoas inteligentes sejam chamadas de “brilhantes”.

3. A Bruxa do elemento Ar

A casa da Bruxa do Ar normalmente é bem limpa é geralmente em tons


neutros e claros, com muitas janelas. Ela frequentemente vai ter uma
abundância de plantas e armários cheios com comidas prontas e besteiras
açucaradas. Se você é amigo de uma Bruxa do Ar, prepare-se para ser
inspirado. Ela quer que seus amigos e entes queridos consigam conquistar o
nível de sucesso que eles tanto desejam. A Bruxa do Ar se entrega aos seus
amigos altruisticamente. Contudo, uma vez traída, ela nunca mais vai confiar
naquela pessoa de novo. A Bruxa do Ar vive pelo movimento e ela recusa ficar
presa no drama de outras pessoas. Ela não dá segundas chances. Uma vez que
a confiança acabou, ela acabou. Ela segue em frente. É assim em todas as
áreas de sua vida. Uma vez que um relacionamento chegou ao fim pra ela,
acabou. A Bruxa do Ar não vive no passado, mas no presente. O amor dela tem
agora é o único que importa. A Bruxa do Ar pode manter sua energia para
finalizar um projeto se ela perceber que isso é um desafio. Dizer para uma
Bruxa do Ar que ela não consegue fazer alguma coisa é uma maneira de fazer
com que ela faça. Contudo, se ela achar que essa é uma maneira de manipular
suas ações, ela vai ter um acesso de fúria. Ela despreza jogos manipulativos e
tende a ver o que está acontecendo muito rapidamente. Ela é bastante justa.
A Bruxa do Ar tem dificuldade em mostrar o devido respeito às autoridades.
Ela é forte e ferozmente independente. Elogios a deixam nas nuvens, mas
agradecimentos tendem a deixá-la envergonhada. Ela é bastante dura consigo
mesma. Tende a fazer coisas não convencionais e coisas que são consideradas
Tabus entre muitas bruxas, como assoprar velas e usar itens que não são
biodegradáveis, por exemplo. A Bruxa do Ar tem um talento para necromancia
e clariaudiência. A Bruxa do Ar, geralmente é bem treinada em aroma terapia,
meditação, controle da dor e técnicas de respiração. A Bruxa do Ar é bem
perspicaz com o reino das vidas passadas, pois o próprio tempo pertence ao
seu elemento.

4. A Bruxa do elemento Água

A Bruxa da Água encara poucas coisas como um obstáculo. Ela entende que
seu destino está em suas mãos, e se ela não pode fluir através de algo, ela vai
fluir ao seu redor. Uma vez que se decidiu, poucas coisas podem impedi-la de
conseguir o que quer. A Bruxa da Água é especialista em cura, limpezas,
beleza, emoções, intuição e energia. Seu estilo mágico é geralmente baseado
no instinto. A Bruxa da Água é conhecida pela sua hospitalidade generosa.
Outro traço comum da Bruxa da Água é seu senso de humor peculiar. Ele
simplesmente não pode ser contido. Algumas coisas que ela diz parecem ter
vindo do espaço sideral em relação ao assunto conversado, mesmo assim ela é
capaz de fazer você sorrir como nunca antes. A Bruxa da Água é alegre, mas
assim que você começa a achar que ela nunca vai levar as coisas a sério em sua
vida, ela vai provar que você estava errado. Quando chega a hora de uma
conversa séria, a Bruxa da Água pode apontar um aspecto da situação que
outras Bruxas Elementares não viram. A Bruxa da Água é sábia. Fique tranquilo
ao saber que quando uma Bruxa da Água declara sua opinião, ela foi muito
bem pensada. Ela possui uma mente aberta e justa. E assim como a água, ela
vai achar seu caminho para dentro das situações mais difíceis e duras. Ela é
flexível. Aqueles do caminho da água geralmente encontram um chamado
para ajudar os outros. São excelentes terapeutas, psiquiatras, obstetras ou
serviços pessoais. Geralmente as pessoas são atraídas por sua natureza
relaxante e as procuram em busca de conselhos. Ela raramente pega leve, já
que ela está sempre cheia de energia e pronta para agir. E assim como o mar,
seus humores mudam com as marés. A Lua reina sobre as marés e podemos
traçar uma relação entre a Lua e os padrões emocionais da Bruxa da Água.

Os Nove Pilares da Bruxaria Natural:

1. Faça o Que Quiser Desde Que Não Prejudique Ninguém


Sua liberdade termina quando começa a do outro. Não podemos invadir nem
prejudicar a vida de ninguém. Todos estão no mesmo patamar, no plano terrestre.
Você não pode utilizar a bruxaria natural para se sentir melhor do que ninguém. Não
temos o direito de intervir ou prejudicar o fluxo de vida das pessoas. Basicamente, não
faça ao outro o que não gostaria que fizessem com você. Temos que nos livrar da
dominação do ego e amar a todos incondicionalmente.

2. Todo Que Fizer Voltará Triplicado Para Você


Dentro do universo da bruxaria, existe a lei tríplice. Tudo que fizermos voltará três
vezes para nós, com força triplicada. Este pilar representa a trindade, pois tudo que se
faz no universo mágico carrega a força do número 3. Por exemplo, quando fazemos
um ritual, ele é composto por três energias: a nossa energia, a energia da natureza e a
energia do objetivo da magia. Essas três energias se encaminham juntas ao objetivo da
magia, mas voltam separadamente a quem realiza o ritual. Este é apenas um exemplo
da lei tríplice aplicada, também existem outras leis diferentes da lei tríplice, mas que
sempre seguem a lei da ação e reação.

3. Estará Sempre em Equilíbrio Com os Quatro Elementos e Com Todos os Seres da


Natureza
Este pilar representa o equilíbrio e paz interior para praticar a bruxaria natural. Você
sempre deve estar em harmonia com a natureza, respeitando os quatros reinos –
animal, humano, mineral, vegetal – e os quatro elementos – terra, fogo, ar e água. É
preciso viver bem, respirar fundo, ter uma vida saudável, cuidar do planeta e nunca
agredir a natureza em seus rituais.

4. Nunca Negará Uma Informação


Busque adquirir e propagar o conhecimento. Os bruxos são seres que obtêm muita
informação, sempre têm interesse em saber mais sobre o universo terrestre e
espiritual. É importante passar este conhecimento à frente. Sempre que puder,
documente as informações que souber. Você também é responsável por perpetuar as
tradições. E nunca negue informação a alguém que tiver real interesse em saber. Não
há necessidade de esconder, manter a magia obscura não é mais usual. Seja humilde
com aqueles que estão começando.

5. Terá a Consciência de Que o Universo se Formou Por Meio de Duas Grandes Forças
Este pilar se refere à Lei da Polaridade, que afirma que o mundo é duplo, dual e
dinâmico. O masculino e feminino; Deus e Deusa; Negativo e Positivo. Tudo é formado
por forças antagônicas ou complementares. A vida só é possível, através da união do
feminino com o masculino. O que mostra que nenhum é melhor que o outro, é preciso
estar junto para ter este poder. A bruxaria natural também fala sobre a lei de gênero,
que considera que nenhuma pessoa é totalmente feminina ou masculina. Somos seres
que abrigam essas duas forças, a energia masculina projetiva e a energia feminina
receptiva.

6. Saberá Ouvir Teu Próximo e Respeitar a Sua Evolução


O respeito é uma forma de demonstrar sabedoria e ouvir é um ato de amizade e
educação. Todo está na mesma condição terrestre, mas cada um possui o seu tempo
de evolução. É preciso ser humilde e sempre entender a condição do outro. Cada um
tem um caminho a trilhar e uma jornada diária, precisamos ser compreensivos, não
julgar e não competir. Devemos ser pacientes ao escutar o outro e depois de ouvir
com atenção, transmitir nosso conhecimento sobre qualquer assunto, buscando
sempre ajudar as pessoas. Não saber escutar é um hábito que gera muitas discórdias e
desentendimentos

7. Terá Consciência de Que Nunca Saberá Todo


Temos que ter a consciência de que a vida é um eterno aprendizado. Este pilar da
bruxaria natural complementa o anterior, quando diz que devemos sempre ser
humildes. Manter nossa capacidade de aprender é muito importante, especialmente
com coisas simples como o nascer do sol, o brilho das estrelas, a inocência de uma
criança ou a sabedoria de um idoso. Também devemos reconhecer quando não
sabemos algo e te a simplicidade de assumir: eu não sei. Esteja sempre aberto a novos
aprendizados.

8. Será Sempre Alegre e Passará Sempre Tua Alegria a Todos Que te Cercam
Toda a energia que emitimos para o universo volta para nós com força triplicada, como
já explicamos neste artigo. Portanto, se você estiver mal-humorado, negativo e
apático, a tendência é que isso piore. Tente manter o bom humor, mesmo quando o
seu dia começar com algum problema. Ria de si mesmo, deseje o bem para o outro,
vibre alegria e gratidão. Assim, sua vida ficará cada vez melhor. Também não devemos
prender as pessoas às nossas vontades e objetivos, para alcançar nossa satisfação
pessoal. Se uma pessoa, um emprego, ou qualquer situação se mantiver em seu
caminho, é porque realmente deve ser. Caso não fique, não lhe traria felicidade e
realização.

9. Praticar Magia
Depois de ter consciência do seu papel no mundo mágico e de sua conduta, é
necessário manter alguns valores para praticar a bruxaria natural: Afinidade;
Compaixão; Coragem; Disciplina; Discrição; Estabilidade; Higiene; Paciência; Prudência
e Respeito.
O Poder do Subconsciente

Transforme sua vida com o Poder do Subconsciente:

(Texto compilado e adaptado por Chris Allmeida). Para começar, um exercício.

Sem muitas delongas, iniciemos este estudo com uma prática efetiva para ativar seu
subconsciente: Você pode utilizar esta técnica ao longo do dia por diversas vezes. Esta é uma
técnica de reprogramação da mente através de mensagens para o seu subconsciente. Respire
profundamente e conte de 10 a 0, sempre respirando profundamente! Aspire o ar pelo nariz
lentamente e encha seus pulmões. Então, vá soltando o ar lentamente pela boca... Isso lhe
provocará uma espécie de letargia, É como um formigamento que se espalhará por todo seu
corpo relaxando-o completamente. Quanto sentir que está plenamente relaxado, com todo o
seu ser concentrado em você mesmo, pense fortemente: “Estou aprendendo a fazer pleno uso
do meu poder interno. Tudo o que eu pensar agora se tornará realidade. Meu pensamento é
forte. Minha mente é forte... Posso materializar qualquer coisa que eu queira na minha vida...”
E a partir deste momento, crie um cenário grandioso à sua volta. Sinta-se imerso na realidade
que você deseja manifestar na sua vida e sinta-se grato por estar vivenciando esta experiência.
Fique assim por 5, 10 ou 15 minutos. E repita esta experiência todos os dias, pelo menos por
21 dias seguidos. Veja só: Sua mente fará maravilhas por você e seus dias começarão a mudar
a medida que for desenvolvendo exercícios simples como o exposto acima. Sempre que puder,
num ônibus, numa viagem, num passeio, imagine as melhores situações possíveis como já
sendo realidade. Nada na vida se alcança sem antes sonhar primeiro. Por esta razão, sente se
ou deite-se. Relaxe totalmente e mergulhe nesta oficina psíquica dos pensamentos.

Como isto tudo é possível:

Seu subconsciente pode materializar a realidade ao seu redor pelo simples fato de que
estamos todos nós, os seres humanos e demais seres vivos, unidos por uma corrente de
energia. Esta Energia Espiritual será ainda definida e explorada pela Ciência num futuro muito
próximo. Na medida em que nos deparamos com a própria ciência a nos mostrar que existe
uma realidade psíquica e que esta interfere na nossa realidade material, mais caminhamos em
direção à verdadeira sabedoria e, consequentemente, a uma autoanálise profunda de nós
mesmos e do nosso real poder. Veja só. O acesso a este poder ilimitado não é oriundo de uma
religião como estamos acostumados a ver. É algo que já está dentro de nós. Esta força interna
nos dá a capacidade de realizarmos aquilo que há muito já era prometido pelos grandes
mestres da humanidade. Esta força, chamada de Poder do Subconsciente, Poder Mental ou
Poder Psíquico foi muito bem descrito pelo escritor Joseph Murphy: “A casa do tesouro que há
dentro de você”! Condicione suas escolhas! Olhe para o interior de si mesmo, a resposta que
você procura esta dentro do teu coração, aprenda a ouvir a voz do teu coração. Para isso e
necessário um tempo só teu, em um lugar onde ninguém possa te incomodar, pode ser no teu
quarto, ou qualquer outro lugar onde se faça silêncio. A maioria dos grandes homens de todas
as épocas teve essa capacidade de entrar em contato com a mente superior, ou subconsciente
como e mais conhecido, e puderam usar dos benefícios desta; você também pode entrar em
contacto como teu. No interior de tua mente, no teu subconsciente estão todas as respostas
que você procura para cada um dos teus problemas, sejam eles quais forem: de saúde,
emocional, físico, teu subconsciente foi quem construiu teu corpo; por isso ele pode curá-lo.
Todas as noites ao dormir direcionem teus pensamentos para a solução dos teus problemas;
adormeça com pensamentos de alegria, saúde, prosperidade, amor, paz, bênçãos e de
perfeição para todo o teu corpo; teu subconsciente e teu servo fiel e te obedecera. Cada
escolha tua, cada pensamento e uma causa, e cada condicionamento um efeito. O que quer
que você tenha escolhido, desejado, passe a ideia com amor e sensibilidade a sua mente
subconsciente e ela te ouvira. Você e o capitão de um grande navio, tua mente. Tua vida!
Portanto deve dar as ordens certas, usando teus pensamentos e imagens na tua mente. Evite
ou nunca use a palavra NÃO. Teu subconsciente toma toda palavra ao pé da letra. Afirme e
Repita sempre: “Posso Fazer todas as Coisas Usando o Poder do Meu Subconsciente”. Tenha
fé na lei do Mentalismo! A fé, nada mais e, que a certeza absoluta que tudo que você esta
pedindo ou escolhendo já esta acontecendo. Visualize a tua escolha, nunca diga eu desejo,
pois a mente superior aceita como apenas um desejo, nada mais; porem toda escolha esta sim
e realizada, pois todos nós temos o livre arbítrio para poder mudar o destino de nossas
escolhas, sejam elas quais forem. Mude teus pensamentos e modificara teu destino! Como
trabalha a sua mente: Pense apenas no bem e vivera feliz, pense no mal e será infeliz. Você e
aquilo que pensar no transcurso de todos os teus dias. Lembre-se sempre: Teu Subconsciente
Não Discute Com Você Ele Apenas Aceita os Pensamentos Que Tua Mente Consciente Gera
Durante Todo o Tempo. O melhor que pode fazer por você mesmo e procurar sempre ter bons
pensamentos. Você tem o poder de Escolher. Então cabe a você escolher saúde, felicidade,
amor, paz, riquezas, prosperidade. Sempre escolha ser prestativo, simpático, alegre, e o
mundo todo te retribuirá; e se tornara uma pessoa feliz. Tua mente consciente e a única que
pode proteger teu subconsciente. Ela é a vigia do portão, então proteja teu subconsciente das
falsas impressões. Procure sempre acreditar que algo de bom vai ocorrer, não importa o que
esta acontecendo, permaneça sempre com este pensamento. Teu maior poder, e o poder de
escolher. Escolha sempre a felicidade e a abundancia! As sugestões e os pensamentos dos
outros não tem poder sobre você, há não ser que você admita. Você pode escolher a rejeitar
as afirmações e pensamentos dos outros. Você Tem o Poder de Escolher Como Reagira,
Diante de Tais Pensamentos ou Palavras, a Reação e Sua! Unicamente Tua, Portanto Não
Permita Que os Outros Tenham Poder Sobre Você… Procure sempre tomar muito cuidado
com o que pronunciar, suas palavras tem um poder muito forte, e seu subconsciente não sabe
se esta apenas comentando; ele não sabe distinguir um comentário de uma palavra escolhida.
Faz com que todas as coisas, as quais você tem pensamento fixo tornem-se realidades
materializadas, verdades. Use tua mente para fazer feliz todos que estão ao teu redor. Nunca
diga que não pode fazer alguma coisa, supere seu temor pela afirmação: “posso fazer todas as
coisas, através do poder do meu subconsciente mental”. Nunca Deixe Que os Outros
Pensem Por você! Tome Você Mesmo Suas Próprias Decisões. Lembre-se sempre: Você e o
Capitão da Sua Vida (Subconsciente), o Senhor do Seu Destino! Você Tem o Poder de
Escolher. Então escolha vida! Escolha amor! Escolha saúde! Escolha felicidade! Qualquer Coisa
Que Tua Mente Consciente Aceitar Como Verdade, Teu Subconsciente Também Aceitara, e
Fará Com Que ser Transforme em Verdade Mesmo! Acredite na Ação Correta e em Todas as
Bênçãos da Vida. Este e um exercício que dever ser constante, o primeiro passo você já deu,
leu este artigo, agora e só ir em frente… Mude os padrões negativos da tua mente, e tua vida
mudara de forma continua e lenta, mas no final terá um grande resultado! As palavras de
Joseph Murphy mostram de uma forma simples e clara o quanto perdemos por não tomar em
nossas mãos o poder infinito que existe dentro de nosso subconsciente. Aliás, são vários
benefícios que poderemos ter a partir do momento que tomamos a rédeas do nosso destino.
Passamos Então a Comandar os Nossos Pensamentos, Nossas Vontades e Desejos,
Transformando Tudo Isso em Simples Escolhas. Afinal o mesmo tempo que gastamos com
pensamentos negativos e perturbadores e o mesmo tempo que gastaremos transformando
estes mesmos pensamentos em Pensamentos Positivos.

O que é o Subconsciente:
Subconsciente é o conjunto de todos os seus instintos e emoções. É seu eu mais profundo, o
reservatório mental (psíquico) de tudo aquilo que você já foi, é ou será. O poder da mente
subconsciente é realmente algo extraordinário, capaz de realizar milagres e coisas incríveis. O
grande problema é que a mente subconsciente é profunda e para acessar precisamos seguir
alguns procedimentos. Estes procedimentos são estudados e conhecidos por um grupo muito
restrito de buscadores (dentre eles, os membros da Bruxaria Xamãnica Hermética) que
dedicam parte de seu dia para compreender este poder. É a mente subconsciente que nos faz
alcançar todos os nossos desejos, faz acontecer coisas boas e ruins. Mas para que tudo
aconteça, ela depende de crenças, emoções e imagens. Significa que tudo só acontece quando
colocamos sentimentos, quando acreditamos em determinadas coisas e acima de tudo,
quando imaginamos. Por esta razão, não adianta simplesmente “pensar positivo” e pronto!
Quando você faz parte de uma organização que auxilia você a compreender a fundo suas
forças mentais, encontrará igualmente todo aparato necessário para desencadear este mesmo
poder. Um destes poderes é o uso correto da imaginação. A imaginação é capaz de unir
emoções, sentimentos e instintos. Quando você imagina da maneira correta, utilizando uma
técnica que chamamos de alfapsiquismo, você está impregnando sua mente, fazendo ela
trabalhar por você. Tudo vai de encontro com o que está na mente subconsciente. Na vida
nada é por acaso, tudo vai de encontro ao que você mais desejou, o que mais mentalizou. O
poder da mente é muito grande, mas só o subconsciente realiza, ele é o segredo buscado por
tantas gerações. Temos a mente consciente, que é a que estamos usando agora, em estado de
alerta e temos a subconsciente que é quando estamos em relaxamento profundo ou
dormindo. Para acessar a mente subconsciente é necessário técnicas de meditação,
respiração, visualização ou oração. Quando acessamos o estado dormindo, não é muito útil,
pois dormindo não temos o controle do que estamos mentalizando e sugestionando a mente.
Vamos definir o nosso cérebro como um computador. Você vai tentar escrever um texto, mas
percebe que ele não possui um editor de texto, por mais que tente, nunca consegue escrever
nada. O computador está vazio, não sabe como fazer tal operação. Mas quando instalamos um
editor de textos, ele é capaz de reproduzir muitos textos. Nossa mente subconsciente é o lugar
onde o programa será instalado e o programa em si é a imaginação, nosso desejo. Com uma
imaginação cheia de sentimentos, podemos realizar grandes façanhas, impregnar o cérebro e
fazer ele trabalhar para que tudo aconteça e se materialize. Lembrando sempre que para
acessar este lado oculto do cérebro temos que estar relaxados, em estado alfa. Daí a razão de
chamarmos este poder de alfapsiquismo. É o acesso ao seu conteúdo psíquico enquanto você
se encontra neste estado “alfa”. Uma vez que, da forma correta, você aprender a programar
sua mente subconsciente, poderá então deixá-la agindo no piloto automático. Ela trará tudo o
que necessitarmos sem precisarmos pensar em tal coisa. Será como escovar os dentes. Os atos
e crenças já estão lá, você não precisa ficar pensando em como fazer. O programa está
instalado, mas você precisa pensar que quer escovar os dentes, tomar uma ação e quando se
der conta, o evento já aconteceu.

Muitos ignoram este poder:

O poder do subconsciente é um assunto polêmico e até mesmo desconhecido da grande


maioria. Algumas pessoas acham que é besteira, misticismo e coisa de gente doida. Hoje a
ciência prova que este poder existe, que todos nós possuímos e que estamos sempre usando
não importando sua crença, sendo consciente ou não. O cérebro humano é um aparelho
perfeito e poderoso. Nenhum cientista conseguiu descobrir todo o funcionamento do cérebro
e talvez nunca vamos conseguir desvendar este mistério. Mesmo não conhecendo todo o
funcionamento, estamos descobrindo alguns "poderes" do nosso computador interno.
Estamos conseguindo provar que nosso cérebro cria o mundo exterior. Alguns grandes nomes
da humanidade conheciam este "poder" e se apoiaram nele para construir grandes inventos,
fazer coisas incríveis. É fato que alguns usaram também para o mal. A verdade é que não existe
nada fora do comum em acreditar no "Poder da Mente", na força do pensamento. O
subconsciente se expressa pelo pensamento positivo, por uma ideia nova, pela motivação,
pela força de vontade, pela fé e também pela atitude. Tudo isto junto, quando coordenado
pelo subconsciente, pode criar coisas incríveis. Já a imaginação é outra ferramenta que ativa o
subconsciente. Comumente é usada para conceber diferentes ideias e pensamentos. Estamos
imaginando coisas novas o dia todo e não paramos de funcionar mesmo dormindo. Nossa
mente continua trabalhando e jogando ideias no nosso subconsciente e inconsciente. Na
verdade, a imaginação é uma bomba muito poderosa de realização. É o nosso laboratório
mental. Não existe nada de sobrenatural quando se entende o poder do nosso cérebro. Se
alguém falar que o "Poder da Mente" é mentira, não acredite! Ele existe e você pode
comprovar em vários momentos da vida. Assim sendo, lembre-se sempre de que o seu dia de
hoje e seu comportamento é exatamente um resultado do que você pensou e agiu no passado,
das crenças que você formou em seu passado seja ele próximo ou distante. Se coisas negativas
aconteceram com você, elas podem ser mudadas daqui para frente. Aquilo que te feriu no
passado e que atualmente retira seu desempenho pode ser reescrito para sua mente
subconsciente e de uma forma mais tranqüila do que se pode imaginar. Pegue sua história
negativa e visualize como se ela tivesse ocorrido de maneira oposta ao que aconteceu.
Visualize sentindo a história, reconte-a com o resultado que você esperava. Transforme o
fracasso real em sucesso mental. Faça isto dentro do exercício de relaxamento ensinado no
início deste texto. Faça isto várias vezes, pelo menos por 21 dias seguidos, até moldar a
energia que envolve este tema em questão. Obviamente, o passado não será mudado. Mas o
que ele lhe afeta mudará completamente. Enfim, isto é apenas um exemplo. Experimente esta
e outras formas de utilizar o seu subconsciente a seu favor . São métodos extremamente
simples, não causam riscos e têm sempre resultados inesperados e maravilhosos.

Pontos para recordar:

 Toda criação começa com um processo mental, e por isto, precisamos


entender o que é a mente, e como usá-la de forma eficiente.

 A imaginação pode nos ajudar a ver um sentido novo naquilo que todos vêm
como algo comum e encontrar um contexto novo para usar seu potencial.
 Por isto é importante perceber como nossa mente se condiciona ao receber
certos contextos que nos são dados pelo mundo. Muita atenção às influências
de pessoas pessimistas e negativas. Fuja delas! Concentre seus pensamentos
somente naquilo que você quer!

10 Conselhos do Subconsciente: (baseado na obra de Joseph Murphy)

01 – Pense no bem, e o bem se seguirá! Pense no mal, e o mal se seguirá! Você é aquilo que
pensa, no decorrer de todos os seus dias!

02 – O seu subconsciente, nunca discute com você se está correto ou não! Ele apenas aceita o
que, a sua mente consciente determinar!

03 – Você sempre tem o poder de escolher o bom ou o mau! Você pode escolher a
cordialidade ou, se preferir, ser antipático! Escolha saúde, felicidade, ser prestativo, alegre,
cordial e simpático, e todo o mundo lhe corresponderão igualmente!

04 – A sua mente consciente é a sentinela no portão! E tem como principal função proteger o
subconsciente das impressões falsas! Procure acreditar que algo de bom vai acontecer, e está
acontecendo agora mesmo, neste exato momento! O seu maior poder é a sua capacidade de
escolha; por isso, escolha tudo que lhe faça sentir-se bem!

05 – As sugestões e afirmações dos outros não têm qualquer poder para prejudicá-lo! O único
poder é a ação do seu próprio pensamento em relação a isso e como reagirá!

06 – Tome cuidado com o que você diz! Você terá que prestar contas por cada palavra
irresponsável! Nunca diga “vou fracassar”; o seu subconsciente não sabe identificar se isso é
uma piada ou realidade! Ele simplesmente faz com que todas essas coisas se tornem verdades!

07 – A sua mente não é voltada para o mal! E nenhuma Força da Natureza o é! Tudo depende
de como você usa os poderes da natureza!

08 – Nunca diga que não pode fazer determinada coisa! Supere o seu medo, substituindo-o
pela seguinte afirmação: “Posso fazer todas as coisas através do poder da minha mente
subconsciente!”.

09 – Você é o capitão da sua alma (subconsciente), é o senhor do seu destino! Lembre-se:


“você tem a capacidade de escolher! Escolha a felicidade!”.

10 – O que quer que a sua mente consciente acredite ser verdade, o seu subconsciente
aceitará e fará com que se transforme em verdade mesmo! Acredite nas bênçãos da vida!
Instrumentos, objetos é
ferramentas mágicas

Instrumentos Mágicos:
Assim como em outras religiões, alguns objetos ( Incensos, Velas, Pedras e Penas ) são
utilizados com finalidades ritualísticas na bruxaria natural. Tais instrumentos são utilizados
para evocar entidades, afastar a negatividade, direcionar energia por meio do toque e da
intenção em outras palavras Instrumentos Mágicos são as ferramentas que todo bom bruxo ou
mago deve ter para poder praticar magia. Eles vão desde de objetos artesanais a outros que
devem ser comprados. É importante que todos sejam limpos e consagrados antes do uso
ritualístico, assim você garante maior eficácia em seus rituais. Esses instrumentos não podem
ser emprestados ou vendidos depois de usados. Cada um deve ter o seu.

Consagração Básica de Objetos:

Acenda um incenso de sua preferência e passe o objeto pela fumaça, dizendo: Eu te consagro
pelo elemento ar. Em seguida, passe o objeto pelas chamas de uma vela vermelha e diga: Eu te
consagro pelo elemento fogo. Respingue um pouco de água no objeto e diga: Eu te consagro
pelo elemento água. Joguem um punhadinho de sal no objeto, dizendo: Eu te consagro pelo
elemento terra. Por fim diga, exemplo: anel eu te consagro para a realização de meus rituais
feitiços e magias. Assim seja! Assim se faça!

Incensos na Bruxaria Natural:

O incenso é uma ferramenta usada desde os povos antigos como os egípcios, árabes,
xamãs, orientais, indianos entre outros grupos étnicos, para atrair bons fluídos, para
invocar a presença do divino, é assim usado em várias religiões, para afastar energias
negativas entre outras funções, que varia de acordo com suas essências. Para
liberarem essa energia os incensos precisam ser queimados. Podem ter o formato mais
conhecido de vareta ou espirais entre outros menos usados. Basicamente são resinas
feitas de ervas, frutas, flores, cascas de árvore, óleos, carvão e materiais do tipo.

Usos do Incenso:

O incenso serve para inúmeras tarefas, mas no geral serve para: atrair bons fluídos, repelir más
energias, invocar as forças da natureza, meditar, ser a representação do elemento ar, purificar
e aromatizar ambientes, terapias, energização, mostrar respeito, sinal de nobreza.

Magia com Incenso:


1. Afrodisiaco: Âmbar, Cereja, Limette, Uva, Dama-da-noite.
2. Amor: Dama-da-noite, Jasmim, Lavanda, Narciso, Opium, Vetiver, Manjerona, Rosa,
Baunilha.
3. Animo: Hortelã, Jaborandi, Jasmim, Maçã, Sete Ervas.
4. Calmante: Absinto, Alecrim, Alfazema, Aloé, Anis, Arruda, Camomila, Capim,
Cardamomo, Citronela, Cravo, Erva-Doce, Primavera, Calmante.
5. Combate à depressão: Arruda, Baunilha, Chocolate, Melissa, Phebo, Tutti-Frutti.
6. Combater a insonia: Amendoas, Calandre, Lavanda, Melissa, Palmarosa, Acácia.
7. Combater o cansaço: Abeto, Alecrim, Gengibre, Geranio, Pinho, Laranja.
8. Confiança: Erva-Cidreira, Flor de Pitangueira, Geranio, Maçã Verde.
9. Espiritualidade: Acácia, Calendula, Capim-Cheiroso, Cravo, Lótus, Mirra, Raizes, Rosas,
Sandalo.
10. Videncia: Alfazema, Artemisia.
11. Estudos: Angélica, Artemísia, Bálsamo, Calandre, Cenoura, Cravo, Ipe-roxa,
Manjericão, Pessego, Talco, Tangerina.
12. Concentração: Cipreste.
13. Energiza ambientes: Bálsamo, Macela, Madeira, Sandalo, Vetiver, Violeta, Girassol.
14. Intuição: Ambar.
15. Limpeza: Sálvia branca, Alecrem, Alfazema, Benjoim, Canfora, Floral, Cravo, Eucalipto,
Hortelã, Lavanda, Mirra.
16. Meditação: Alfazema, Lírio, Mirra, Sandalo, Acácia, Flor de lótus.
17. Prosperidade: Benjoim, Patchouli, Rosa Branca, Rosa-da-Índia, Alecrim, Noz-Moscada.
18. Proteção: Benjoim, Patchouli, Rosa Branca, Rosa-da Índia, Arruda, Eucalipto, Angélica,
Pimenta.
19. Raciocínio: Almíscar, Camomila, Canela.
20. Relaxante: Bergamota, Calandre, Opium, Primavera, Verbena, Camomila.
21. Sensualidade: Almiscar, Canela, Dama-da-noite, Morango, Pessego.
22. Sucesso: Alecrim, Olibano, Canela, Erva-Cidreira.
23. Saúde: Maçã Verde, Canfora.
24. Fertilidade: Patchuli, Pinho, Carvalho.
25. Bons Fluídos: Lótus, Violeta.
26. Criatividade: Beijoim.

Velas na Bruxaria Natural:


A Luz da chama é o contato com o Divino, ativa o poder, O corpo da vela representa o nosso
corpo material, O pavio da vela representa a nossa mente, O fogo é o nosso espírito, E a
fumaça, o nosso fôlego de vida.

Simbologia das Velas na Magia Natural:

As Velas simbolizam o elemento fogo, um dos elementos da natureza. É o elemento que liga o
homem ao plano espiritual, que promove a purificação e a transformação em outras palavras
representa a fé. Por isso as velas são utilizadas para fazer pedidos, agradecimentos, consagra
objetos, ou fazer rituais. As cores das velas são muito importantes, porque cada uma delas
possui uma energia própria, que ajudam a direcionar a energia em cada caso. O mais
importante em trabalhar com as velas, é ter a consciência do poder delas. Todo aquilo que
você envia para o cosmo poder acontecer, por isso usamos sempre para o bem.

Para Que Servem Tantos Tipos de Velas:

Insistem inúmeros tipos, tamanhos e corres de velas cada uma com sua finalidade especifica
mais realmente pode confunde muita gente. Velas perfumadas e decoradas são usadas para
harmonização de ambiente, para cultos, banhos e meditações. Sobre os tamanhos e cores:
velas liberam energias, ou repelem energias. Quanto maior, maior a força mais tempo ela terá
força. Já a cor definirá – ajudará – a atrair ou banir a energia que deseja. Simples assim. Posso
usa uma vela decorada, rosa, perfumada, num ritual para Afrodite? Se o ritual pede ou
permite qualquer tipo de vela ou só exige que seja, por exemplo, rosa poder sim. É só para
pensar e analisar um pouco. Tem sentido? Tem coerência?

Como Usar as Velas:

Existem velas de várias cores e tamanhos. Para os iniciantes, fiquem atentos ao que pede a
magia que for fazer. Se pedir vela branca – então é uma vela palito, aquela comum, branca e
ponto final. Se for especificado, por exemplo: vela rosa de 7 dias, então arrume uma vela rosa
de 7 dias, não invente moda. Se você já é experiente, já sabe lidar com a magia, suas
consequências e já está na fase de criar sua própria magia, então apenas atente-se á detalhes
como:

1. Motivo do Uso da Vela: pra que uma vela de 7 dias? Porque dessa cor e não da outra?
É ritual ou feitiço? Para quem será ofertada essa vela? É um deus? Deus do que? Qual
a principal energia? O que quero com esse ritual? É banir? E atrair? É só culto
adoração? Todo que é usado tem motivo, nada é aleatório.

2. Coerência: Digamos que eu vou fazer um feitiço para banir inveja. Aí eu uso uma vela
de sete dias azul, orégano e vou invocar o elemento terra. Gente, isso não faz sentido.
Coisas assim acabam não dando em nada, mas na pior das hipóteses, pode de bônus atrair
alguma porcaria para sua casa.
3. Quantidade de Velas: É lindo ter aquele monte de velas acesas, mas qual o sentido
disso? Velas liberam/repelem energia. Qual a quantidade de energia que você precisa?
Não é assim: acender mil velas e puxar toda essa energia. Exige treinamento, exige
esforço da sua parte. E é por esse motivo que muitas pessoas ou perdem o controle da
coisa ou terminam seus rituais podres de cansados e pior: sem sucesso. Então muita
atenção. Como saber a quantidade de energia necessária? Análise diversa feitiça e
ritual veja como são feitos e aos poucos irá assimilar. Não há uma regra, mas com o
estudo e pratica, começa a ficar claro.

4. Consciência de que as velas não fazem nada sozinhas: Não adianta acender mil velas
se não coordenar a energia delas, se não mover, puxar a energia. Acender uma vela
sem intenção, sem receitar um feitiço, sem meditar, sem nada, a vela acesa será
(somente uma vela acessa), linda e bela.

5. Sem futilidades e achismos: Eu sei que é linda a chama da vela dançando. Mas
acender uma vela só porque ela é agradável de ver não resolve o problema, como
vimos acima. Também trocar cores pedidas dos rituais e feitiços porque “você acha
que laranja é parecida com vermelho” pode realmente por tudo abaixo. Não use você
“acha” que vai dar certo? Não use. Ah, mas não encontro essa cor de vela para
comprar! Faça você mesmo que possível.

As Cores das Velas na Magia Natural:

A cor de cada vela tem uma finalidade energética específica. Cada cor ativa um poder para
cada necessidade.

Vermelha: Trabalham as emoções fortes como paixão, ódio, sexo, sensualidade e beleza,
coragem, ações rápidas, o físico, e o sangue, também Afasta a inveja, a preguiça e o medo.
Também podemos usá-la para nos proteger de feitiços e para evitar ou nos recuperar de
cirurgias.

Laranja: A cor laranja está associada ao Sol, e por isso atrai sucesso, fama, popularidade,
agradecimento, incentivo, sorte, prosperidade, alegria e criatividade. Ela poder ser usada para
reforçar nossa energia vital, equilibrar o mental, para afastar o azar e tirar as pessoas do
comodismo.

Amarela: Atrai dinheiro, força, movimento, ideias, comunicação, traz ordem, raciocínio, sorte,
alegria e estabilidade. Afasta a negatividade e também é usada para persuasão, ligada á
memória e relações sociais. Ajuda nos estudos e nos traz criatividade e inteligência.

Azul Escuro: A cor do mistério, abre os caminhos do trabalho, atrai estabilidade no emprego. É
usada para o sucesso profissional e aumentar as oportunidades boas. Deve ser usada com
cuidado, pois ela é usada para expandir as coisas tanto boas quanto ruins.
Azul Clara: Trabalha a harmonia familiar e deixa as pessoas mais tranquilas. Também usada
para feitiços de paz, conhecimento, lealdade, verdade, paciência, alegria e proteção. Ótima
contra o medo e para aquietarão de ambientes.

Rosa: Usada para atrair o amor verdadeiro, delicadeza, sensibilidade, sutileza, amizade,
sinceridade e a felicidade conjugal. Pode ser usada para equilibrar o relacionamento com
familiares e amigos, pois ela acalma e harmoniza as pessoas. Também pode ser usada para
feitiços de beleza e também protege contra doenças ligadas ao sexo e depressão.

Roxa: Mistura dois extremos quente e frio, o roxo ou violeta é o ponto transmutado. É a cor
ligada á espiritualidade, á tranquilidade e á mentem. Usada para o desenvolvimento e
equilíbrio espiritual, cura de enfermidades graves, adivinhação, proteção e para afastar o mal.
Também pode ser usada para o crescimento de comércios e empresas e ajudar nos estudos
superiores.

Verde: É uma cor que representa a natureza, da vegetação. Portanto trabalha o material e
pode ser usada para prosperidade, fartura, emprego, conquista de bens, e sorte. Também é
usada para o nosso corpo, rejuvenescimento, revigoramento físico, cura, equilíbrio e saúde. Ela
também atrai estabilidade, solidez, responsabilidade e sabedoria.

Marrom: O marrom representa a terra, a fertilidade, os minérios e suas riquezas e solides.


Muito usada em rituais para a natureza, para a mãe terra, e faz com que as pessoas tenham
estabilidade e a conquista de bens materiais. Usada para pedidos de justiça, verdade e poder
de decisão.

Preta: É uma cor que pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal, pois não tem
finalidade especifica. Normalmente é usada para absorver energias negativas e assim nos
protegendo, tendo inventa que á cor preta é como uma esponja, ela absorver energia na vela
ou ainda poder repelir – tanto positiva quanto negativa. Portanto, não tenha medo, mais a use
com consciência e direcionamento, como todas as outras velas.

Branca: A Vela branca é transmutadora, nos seguintes sentidos: Paz, inspiração espiritual,
harmonia. Fortalece a alma, a palavra verdadeira, as orações. Reforça a união. Purificadora.
Atrai proteção espiritual, proteção da luz, da verdade. Levando em consideração que o branco
é a mistura de todas as cores, ela claramente pode ser usada em qualquer situação.
Geralmente é usada para atrair intuição, paz, harmonia, otimismo e para canalizar energias.

Cinza: Muitíssimo pouco utilizada, a vela cinza não é nem preta nem branca, representa a
velhice e o passado.

Dourada: Representa o Sol e todas as suas qualidades, como ação e masculinidade.

Prateada: Representa a e todas as suas qualidades, como intuição e feminilidade.


Observando as Chamas das Velas:

Ao acender a vela, observe a chama para saber a resposta para sua pergunta ou pedido.

 Quando a vela não quer acende: As energias Negativas estão densas, e isso está
dificultando a realização do seu pedido.
 Se a chama da vela tem cor azulada: Seu pedido será atendido, mas terá algumas
mudanças.
 Se a chama solta fagulhas: Águem vai lhe ajudar a realizar o pedido, mas podem surgir
obstáculos.
 Se a chama fica em espiral: Seu pedido será realizado, mas mantenha segredo quanto
a ele.
 Se o pavio está repartido: O pedido foi feito de forma dúbia.
 Se a ponta do pavio está brilhante: Muita sorte e sucesso no seu pedido.
 Se a vela escorre muito: a realização do pedido será difícil, mas não impossível.
 Se sobrar restos da vela, acenda outra vela e refaça o pedido.

Observação Sobre as Velas em Geral:

1. Começando sobre a vela preta: A vela preta não é um bicho de sete cabeças, não vai
“chamar espíritos nem o capeta” na sua casa, nem nada dessas besteiras. A vela atrai
ou expulsa o que você direciona. Mesmo sem direcionamento, sem intenção
nenhuma, acender por acender uma vela preta vai resultar em nada. Como falamos,
uma vela acesa é só uma vela acesa. Ela não faz nada sozinha, ou seja, sem
encantamento, sem suas palavras e intenções.

2. Vejamos sobre excesso com a vela laranja: Em excesso pode não apenas deixar
alguém, cheio e energia, mas inquieto demais, uma chato falante que não para. Outro
exemplo, agora com a vela azul clara: uma pessoa achou que seria bom fazer um
feitiço com vela azul clara para traquilizar alguém muito agitado e estressado. O feitiço
pedia uma vela. A pessoa usou 3, para garantir que a pessoa ficaria traquila. Eis que a
quantidade exagerada de energia não apenas deixará a pessoa tranquila, mais deixará
melancólica, sem força, querendo ficar só.

3. Sobre escassez, com a cor preta: digamos que o ritual pede duas velas mas eu por
preguiça ou por mesquinhez, não arrumei duas velas e usei uma só mesmo. O ritual
era para banir. Com apenas uma vela, ao invés de duas, como foi pedido, não terei
força o suficiente para banir, logo farei um serviço meia boca, isso se der em alguma
coisa.

4. Outro exemplo, agora com vela rosa: imagine um ritual para atrair amor, ai o rito
pedia uma vela rosa de sete dias, e eu por achar a vela cara, comprei uma pequenina
mesmo. Eis que, Acabo não atraindo alguém que tenha sentimentos de amor por mim,
mais alquém que só goste, ou seja uma amizade especial. Isso se funcionar e der em
algo o rito, pois na maioria das vezes não dá em nada, um tremendo desperdicio.

5. Sobre a falta de direcionamento: Aí eu resolvi fazer um ritual com a vela vermelha


para o amor. O que há de errado nisso? Nada! Muitos rituais de amor levam vela
vermelha. Mas... aí no meio do ritual, na hora de acender a vela e mover a energia, eu
não especifiquei o que eu queria. Acabei de fazer uma tremenda merda. Pis é, essa é a
palavra. Não especificando, não determinado nada, a vela libera todo tipo de energia
que possui e não sabemos a intensidade ou a energia que vai agir. Podem agir várias,
como amor e violencia ao msm tempo. Imagine o caos ? Ao ivés de atrair um amor,
chamaremos uma pessoa obcecada, ou uma pessoa que nos ame, mas com ciume
doentio.

Velas e os Chakras:

Manter a vela acesa sobre os chakras ajuda a descarregar o acúmulo de energias negativas,
que provocam algumas disfunções no nosso organismo e nos deixam com a sensação de
estarmos doentes. Se quiser energizar ou curar, você deve segurar a vela com a mão direita e
encostar a base da vela na pele da pessoa. Se quiser descarregar energias negativas, você deve
segurar a vela com a mão esquerda.

Cada Cor de Vela Pode Ser Usada em Chakras Específicos, Sendo Eles:

1. Branca: coronário, frontal, plexo solar, laringeo e básico.


2. Azul clara: coronário, cardiaco, umbilical e laríngeo.
3. Verde: frontal, coronário, plexo solar e laríngeo.
4. Vermelha: umbilical, básico, plexo solar e laríngeo.
5. Lilás: coronário, cardiaco, básico e plexo solar.
6. Rosa: frontal, cardiaco, plexoo solar e laríngeo.
7. Amarelo: frontal, laríngeo, umbilical, plexo solar e básico.
8. Laranja: Umbilical, frontal, cardíaco e básico.

Existe Um Oráculo das Velas:

Existem sim. Muitas e muitas pessoas usam as velas todos os dias para orar, fazer pedidos
atrair boas energias ou afastar energias negativas, para fortalecer algo e até mesmo para
tentar ‘’adivinhar’’ o futuro, ver além do véu através do comportamento da chama e da cera
da vela, isso é ceromancia.

Pedras na Bruxaria Natural:


As Pedras e Cristais naturais possuem energias e capacidades conhecidas desde a antiguidade.
Podem ser usadas para terapias, proteção energética, elevação espiritual e são capazes de
ajudar a atrair prosperidade e despertar capacidades superiores em poucas palavras são
objetos de grande poder.

A Origem das Pedras:

Os cristais são formados ao longo de milhares de anos, nas profundezas da terra, através do
efeito das imensas temperaturas e compressão, fundindo moléculas de magma, gases internos
da terra e água, num entrelaçamento tridimensional perfeito. Podem ter formas diversas como
cubos, laminas, agulhas, placas, massa, colunas, feixes etc. São reservas de minerais na forma
pura, potencializadores energéticos e fonte de registro de informações devido á potencia para
gravar e armazenar dados. Cientificamente já está provado que os cristais são os melhores
condutores e amplificadores de energia, sendo utilizados na composição de fibra ótica, chips
de computadores, relógios de quartzo ou rubi, propiciando o avanço tecnológico. Da mesma
forma, como amplificadores ou condutores de energia, são utilizados esotericamente para:
curas, meditações, energização de ambientes, pessoas, plantas ou animais. Observação cada
sentimento de cristal corresponde a um metrô de energia.

Como as Energias das Pedras Funcionam:

Toda a matéria, toda a luz, o pensamento e os sentimentos são no fundo manifestações da


energia primordial e amorosa do Universo. Nós trocamos esta energia constantemente com as
pessoas que convivemos, com o alimento que comemos e com tudo, tudo mesmo ao nosso
redor. As pedras e cristais são serem geradas pelas mais poderosas energias do planeta Terra
durante milhões de anos, são por sua natureza verdadeiras usinas de energias harmônicas e
benéficas.

Como Usar as Energias das Pedras:

Isso é algo que muitos se perguntam, porém a explicação é tão simples que a maioria das
pessoas tem dificuldade em aceitar a resposta. As pedras já emitem energias positivas o tempo
todo, não é preciso fazer nada para ativá-las. Segure um cristal por alguns minutos e você
sentirá sua energia. Na verdade, basta ficar próximo a um Cristal que suas energias já
começam a trabalhar positivamente em seu próprio campo de energia pessoal.

O Segredo para ter Resultados mais Fortes:

O segredo para conseguir resultados mais intensos, é que você deve permitir do fundo de seu
ser, que as energias dos cristais atuem e mudem as suas próprias energias para melhor. Isto é
necessário porque há um campo protetor na extremidade de nossa Aura que filtra as
interações de nossa energia com as energias externas. Como campo é controlado por nossa
vontade, ao desejar que o cristal melhore sua energia você dá uma ordem para que seu
campo deixe estas energias entrarem. É por isso que muitos livros recomendam que as
pessoas programem os cristais com o pensamento antes de usar.

Propriedades e Características Mágicas das Pedras:

Cada Pedra tem suas energias e propriedades específicas, conhecer estas informações nos
permite ter acesso a uma poderosa fonte de energia natural em nosso dia a dia. Com o intuito
de ajudar a identificar estas energias, fizemos a lista abaixo com um resumo das propriedades,
usos e características das principais e pedras existentes:

01. Âmbar - Permite o corpo a se curar pela absorção e transmutação de energia negativa
para positiva. Ajuda a dar disposição e estimula o intelecto. Abre o chakra coronário. Ajuda a
conectar-se com a consciência da perfeição universal e a realização espiritual. Usado em casos
de perda da memória, ansiedade e incapacidade de tomar as próprias decisões. Limpa e ativa o
organismo. Seu efeito é especial para o cérebro. Alivia a dor de cabeça e dores na nuca.

02. Água Marinha – Cristal Espiritual e Protetor.

Distúrbios glandulares. Aumenta o poder psíquico, traz coragem, purificação e acalma o


emocional. Protetora dos marinheiros, dos navios e dos viajantes. Ativa a Pineal. Estabiliza e
Harmoniza o Ambiente e Acalma os Nervos. Reduz o Medo e o Stress. Ajuda na digestão, limpa
e equilibra o emocional. Estimula as células brancas do sangue. Ajuda a reconstruir a mente,
corpo e o espírito após traumas recentes. Traz o equilíbrio emocional e mental. É uma pedra
com poderes regenerativos. Combate baixa estima e desordens do sistema nervoso. Inspira
criatividade, expansão da consciência e o amor pela vida. Facilita a comunicação com os seres
de luz e combate as forças das trevas.

03. Ágata Axinita - Amplifica o efeito de outras pedras.

04. Ágata Azul - Pedra de Saúde e Proteção.

Fortalece nossa saúde, protege nosso campo bioenergético, equilibra as forças Yin e Yang e
ajuda a encontrar tesouros e oportunidades.
05. Ágata Marrom – Traz sorte, sucesso, coragem e proteção. Proporciona energia emocional
e cósmica.

06. Ágata de Fogo - Proteção e Energia

Bloqueia e manda de volta os ataques de inveja, olho gordo e mau olhado e cria um campo
protetor em seu portador.

07. Ágata Musgosa - Alivia a depressão, restaura o equilíbrio mental e emocional. Benéfica ao
sistema circulatório, canaliza energias aos intuitivos. Geralmente são pedras, azuis ou marrom
são encontradas nos Estados Unidas, na Austrália e na Índia, sua característica mais notavél
são os riscos que ramificam nas cores marrom, cinza ou branco, que cobrem sua superfície
lembrando o musgo. Alivia a depressão, restaura o equilíbrio mental e emocional. Benéfica ao
sistema circulatório canaliza energias aos intuitivos.

08. Ametista - Super Cristal de Proteção e Espiritualidade.

Desperta a intuição, bloqueia ataques espirituais, purifica a energia de ambientes, aumenta


nossa energia vital e ajuda a emagrecer.

09. Amazonita - Pedra da Boa Sorte.

Atrai boa sorte para seu portador, melhora as capacidades mentais, abre os caminhos e ajuda
a tratar casos de osteoporose.

10. Apatita - Encoraja vivacidade, ajuda na exaustão, especialmente se você tem falta de
ânimo e trabalha por períodos longos e extremos. Também ajuda a reduzir irritabilidade e
agressão. Ajuda a combater a indiferença, mágoa, raiva e a falta de incentivo. Também nos
ajuda a voltar a nossa atenção para circunstâncias mais felizes. Estimula a pessoa a comer mais
saudável, mobiliza as reservas de energia, encoraja a formação de células novas e também o
crescimento de cartilagem. Melhora a nossa postura, raquitismo, artrite e problema nas
juntas. Promove a cura em ossos quebrados.

11. Aventurina - Pedra da Saúde e Vitalidade.

Fortalece toda a saúde, aumenta nossa disposição, acelera o metabolismo, rejuvenesce e


ajuda a evitar celulites e estrias.
12. Alexandrita – Uma das mais místicas pedras.

É uma esmeralda de dia e rubi de noite. Na luz natural, fica esverdeada e na luz artificial
avermelhada. Quanto mais expensas as pedras, maior a facilidade de se ver a mudança de cor.
Seu nome, alexandrita, deve-se ao Czar Alexandre II. As histórias contam que foi descoberta
em 1830 no mesmo dia que o Czar Alexandre II fazia aniversário e o seu nome foi dado á
pedra. Atua sobre o Baço, sistema imunológico e leucemia.

13. Abalone – Pedra de cura.

Atua nos músculos, coração e má digestão. É usado pelos atletas para ajudar na formação e
proteção do tecido muscular, inclusive o músculo cardíaco. Associada à cura, à serenidade, à
calma, à nobreza e à honestidade.

14. Cornalina - Fonte de Energias Positivas, Protetoras e Vitalizastes.

Uma pedra repleta de energias que favorecem o sucesso, a saúde e a nossa força vital. Ela
estimula o surgimento de mudanças positivas em nossa vida, favorece o sucesso profissional,
restaura nossa vitalidade, dá coragem e elimina os medos. Suas vibrações fortalecem a
circulação da energia no corpo e na Aura, aguçam a mente, estimulam o metabolismo e nos
protegem contra a inveja e forças espirituais negativas.

15. Citrino - Cristal da Prosperidade e Sucesso.

Atrai muita prosperidade, aumenta nossa força pessoal, abre os caminhos, atrai novas
oportunidades e favorece a digestão.

16. Cornalina - Fonte de Energias Positivas, Protetoras e Vitalizantes.

Ela estimula o surgimento de mudanças positivas em nossa vida, favorece o sucesso


profissional, restaura nossa vitalidade, dá coragem e elimina os medos. Suas vibrações
fortalecem a circulação da energia no corpo e na Aura, aguçam a mente, estimulam o
metabolismo e nos protegem contra a inveja e forças espirituais negativas.

17. Cristal de rocha - Ao Cristal são atribuídas, ao lado de suas forças intuitivas e espirituais
sobre os homens, propriedades curativas. Ele penetra em razão de seus fortes e ao mesmo
tempo suaves oscilações, profundamente em nosso corpo. Suas propriedades especiais
decorrem de suas propriedades preventivas, limpam-te e curativas sobre os vasos sanguíneos
e a circulação sanguínea. Significa energia positiva, meditação, equilíbrio.
18. Coral - O coral protege de doenças infecciosas e sangue. Também protege a mulher
durante a gravidez e o feto contra deformações. Tem efeito fortalecedor sobre o coração e a
circulação sanguínea, o estômago e o fígado, purifica o sangue e auxilia no tratamento dos
distúrbios da menstruação da mulher, prevenindo infertilidade e falta de apetite sexual no
relacionamento. O coral, também chamado de sangue dos deuses, fortalece o sentimento do
amor, a necessidade de relacionamento e amizade, protege da influência de pessoas más e
invejosas, ameniza depressões, proporciona energia, alegria, vitalidade.

19. Cianita Azul - A Pedra de proteção do Arcanjo Miguel.

Protege contra ataques energéticos, afasta pessoas negativas, neutraliza a inveja e mal olhado
e ajuda a tratar à tireoide.

20. Calcita Amarela - Cristal de Elevação Espiritual.

Sintoniza-nos com os planos superiores, favorece a meditação, favorece os estudos e atrai as


energias mais elevadas.

21. Calcita Laranja - Pedra Energizante Cheia de Energia Vital.

Desperta uma profunda alegria pela vida, fortalece os Chakras, combate medos e fobias e
eleva nossa energia e disposição.

21. Calcita Verde - Cristal de paz espiritual e cura emocional.

Equilibra as emoções, elimina a ansiedade e o nervosismo, ajuda a superar mágoas e dá uma


sensação de paz profunda.

22. Cristal de Quartzo - Poderoso purificador e energizador.

Alinha os Chakras, fortalece a Aura, purifica ambientes, abre caminhos, remove bloqueios e
acelera a cura física.

23. Fluorita - O Cristal do Brilho Pessoal.

Favorece o sucesso, amplia nossa luz pessoal, aumenta o poder de atração, fortalece a mente
e ajuda a tratar casos de reumatismo.
24. Granada - O Talismã de Proteção e Sucesso e Força Pessoal.

Desenvolvimento pessoal, proteção e força pessoal, Ela atrai prosperidade, favorece o


crescimento profissional e afasta forças negativas. Suas fortes vibrações também fortalecem
nossa saúde, aumentam nossa alegria e inspiram o amor, é ótima para momentos de crise,
pois leva à ordem onde há caos e purifica tudo o que não estiver bem.

25. Hematita - Pedra de Proteção e Fortalecimento Pessoal.

Fortalece nossa coragem e disposição, desperta o amor próprio, dá força as pessoas tímidas e
ajuda a superar vícios.

26. Jaspe Vermelho - Poderosa Pedra de Proteção.

Bloqueia todas as energias negativas, desmancha os ataques das forças das sombras e purifica
e protege os ambientes.

27. Jaspe - Pedra Xamânica de Saúde e Proteção.

Alinha os Chakras, equilibra as energias Yin e Yang, protege contra inveja e mal olhado e
fortalece os rituais Xamânicos.

28. Lepidolita - Alivia o Stress e o Desânimo.

Ela ajuda nos períodos de transição e traz à tona os velhos padrões. Ela nos mostra as
mudanças que devem ser feitas em nossas vidas e, ao mesmo tempo, proporciona otimismo
durante esses períodos de transição.

29. Labradorita - A Pedra Mística dos Magos e Espiritualistas

A Labradorita é uma pedra extremamente mística e espiritual. Ela expande nossa consciência,
evita a perda de energias da Aura, ativa a clarividência, protege os terapeutas e nos conecta
com as energias universais da Luz. Suas vibrações altamente espirituais facilitam a iniciação na
magia, ajudam a lembrar nosso propósito espiritual e despertam a intuição e os dons
psíquicos.

30. Lápis Lazúli - Pedra de Altíssima Energia Espiritual.

Aumenta a intuição, desperta as capacidades psíquicas, facilita o contato com nossos guias
espirituais e rejuvenesce a pele.
31. Malaquita - Pedra de Transformação Espiritual.

Traz informações e luz para a Aura, acelera nossa evolução, alinha o DNA, reduz cólicas e ajuda
a tratar os casos de artrite.

32. Moldavita - Cristal Cósmico de Elevadíssima Energia Espiritual.

Formado pela queda de um meteoro, ela tem a sua própria alma cósmica que favorece a
comunicação com seres de luz e funciona como um forte amuleto de boa sorte e proteção.

33. Obsidiana - Pedra de Proteção e Cura Espiritual.

Atua como um poderoso escudo contra a negatividade, capaz de bloquear os ataques


psíquicos e as influências espirituais negativas.

34. Ônix - É a Pedra do Poder.

Dá forças para alcançar nossas metas, ajuda a superar traumas e medos, afasta a depressão a
aumenta nosso poder pessoal.

35. Opala - Pedra de Forte Energia Espiritual e Proteção Energética.

Aumenta nossa consciência cósmica, ajuda a entrar em contato com nosso verdadeiro Eu e nos
torna invisíveis para as forças negativas.

36. Olho de Tigre - Poderoso Talismã Protetor.

Neutraliza as energias negativas, quebra todos os tipos de maldição e feitiços contra a pessoa,
ativa a energia Kundalini e fortalece os talentos pessoais.

37. Pedra da Lua - Pedra Mística e Altamente Espiritual.

Desperta as capacidades psíquicas, aumenta nosso magnetismo e poder de atração e favorece


muito a saúde das mulheres.

38. Pedra do Sol - Pedra de Rejuvenescimento e Vitalidade.

Aumenta nossa energia vital, rejuvenesce, combate a depressão, afasta energias negativas e
traz sorte para os negócios, favorece muito a saúde dos homens.
39. Pirita - Pedra da Prosperidade e Sucesso.

Funciona como um imã para atrair coisas boas, ganhos financeiros inesperados, novas
oportunidades e bons negócios.

40. Quartzo Rosa - Cristal do Amor, Paz e Alegria Pela Vida.

Atrai um grande amor para nossa vida, purifica as energias ao seu redor e melhora os
relacionamentos conjugais e familiares.

41. Quartzo Azul - Pedra de Cura Emocional e Meditação.

Aumenta a percepção espiritual, favorece muito a meditação, ajuda a silenciar a mente e


melhora nosso estado emocional.

42. Quartzo Fumê - Cristal de Purificação energética.

Protege-nos de ambientes mais carregados, neutraliza energias negativas e cria um campo de


proteção em torno de seu portador.

43. Quartzo Leitoso - Aumenta o tato e cooperação além de nos ajudar a pensar antes de falar.

Este cristal trabalha na eliminação das energias negativas e no assentamento energético, ajuda
a tirar o cansaço físico dando mais disposição. Dá-nos o apoio que precisamos para aprender
as nossas lições na vida e nos ajuda a libertarmos de responsabilidade e limitações excessivas.

44. Rubi - Pedra da Sabedoria e Sucesso.

Dá muita energia e vigor, estimula a paixão pela vida, nos apoia nas conquistas e aumenta
nosso poder de liderança.

45. Rutilo - Pedra de Abertura de Caminhos e Sucesso.

Atrai a prosperidade, remove bloqueios energéticos, aumenta nosso poder de atração e


manifestação e aumenta a energia sexual.
46. Rodonita - A Pedra de Amor, Força e Clareza da Alma.

Proporciona força para enfrentar os processos de mudanças e os desafios em nossas vidas. Na


meditação, a pedra Rodonita traz clareza e simpatia à alma, ajudando a superar medos e
neuroses. Coloca em ação o potencial de cada pessoa e alivia a ansiedade promovendo à
calma e autoconfiança.

47. Safira - Pedra de Crescimento Pessoal e Sabedoria.

Fortalece a mente, dá paz de espírito, abre caminhos, atrai prosperidade e fortalece nosso
espiritual.

48. Selenita - Cristal de contato espiritual.

Facilita o contato com nossos guias espirituais, conecta-nos com os planos superiores, favorece
a telepatia e nos protege nos sonhos.

49. Sodalita - Pedra de Elevação Espiritual e Proteção.

Fortalece a espiritualidade, ativa a glândula pineal, desperta capacidades superiores da mente


e facilita o emagrecimento.

50. Super Seven - Usina de energias espirituais.

Cristal de elevadíssima energia espiritual que emana as forças curativas e evolutivas da Era de
Aquário. Ele contém um ser espiritual que guia e protege seu portador.

51. Topázio Imperial - Cristal de fartura e sucesso.

Atrai a prosperidade, favorece o sucesso, aumenta nosso brilho pessoal e recarrega as energias
do corpo e da alma.

52. Topázio Azul - Cristal de abertura de caminhos e meditação.

Abre nossas portas, fortalece a mente, facilita a meditação, nos conecta com os seres angélicos
e desperta a visão espiritual.
53. Turmalina Negra - Pedra de proteção energética e espiritual.

Bloqueia ataques energéticos e neutraliza todas as formas de vibrações negativas e fortalece a


coluna.

54. Turmalina Verde - Poderosa fonte de energia vital.

Elimina o cansaço, equilibra nosso campo bioenergético, canaliza as energias vitais da natureza
e rejuvenesce todo o corpo físico.

55. Turmalina Rosa - Cristal do amor e cura espiritual.

Atrai o amor, melhora os relacionamentos, reduz a timidez, intensifica a energia sexual e


aumenta nosso magnetismo.

56. Turmalina Melancia - Cristal de elevação espiritual e amizade.

Atrai amizades verdadeiras, elimina medos e ansiedades, rejuvenesce a pele e desintegra toda
a negatividade.

57. Vassoura de Bruxa: Poderosa pedra de proteção espiritual.

Forte amuleto de proteção, afasta as más influências, purifica o ambiente e neutraliza ataques
de inveja e magia negra.

As pedras dos Signos:

Desde a antiguidade a humanidade conhece as influências dos Astros sobre os seres vivos.
Tudo no Universo está ligado e tem a sua contra parte. Isso é válido também para a
correspondência entre as pedras e os Astros. Baseado na Astrologia e na ciência das pedras,
criamos este guia que vai lhe mostrar os efeitos positivos das pedras para cada Signo.

Pedra de Áries: Cornalina

A pedra do signo de Áries é a poderosa Cornalina, uma pedra muito resistente ligada ao fogo,
força e a realização. Os Arianos, conhecidos por sua força, determinação e capacidade de
liderança, irão obter nesta pedra um poderoso apoio para realizar seus sonhos. A Cornalina
recarrega as energias do Ariano, amplia a sua segurança, o protege nas situações de conflito e
afasta energias negativas.
Pedra de Touro: Quartzo Rosa

A estabilidade, trabalho, força, sensualidade e paciência são conhecidamente as principais


virtudes dos Taurinos. Não poderia ser outra senão o belo Quartzo Rosa a pedra mais ligada e
benéfica a este signo. O Quartzo Rosa recarrega a energia dos Taurinos, acalma suas emoções
e lhe dá mais paz de espírito.

Pedra de Gêmeos: Hematita

Esta pedra, assim como os Geminianos, signo da comunicação do zodíaco, precisava de uma
pedra que equivalesse a tal dádiva. E é o que ocorre com os agraciados com a regência deste
Astro em suas vidas. A hematita irá potencializar os atributos positivos do signo, inclusive a
inteligência, a dominância intelectual sobre diversos assuntos e o fator influência, que o signo
sempre dominou.

Pedra de Câncer: Pérola

A Pérola para os Cancerianos como um poderoso amuleto de prosperidade, boa sorte e


proteção espiritual. Ela é usada desde a antiguidade para aumentar o brilho e magnetismo
pessoal e afastar energias negativas. A Pérola auxilia os Cancerianos a fortalecer os dons de
simpatia, inteligência, intuição e sensibilidade e também restauram sua energia.

Pedra de Leão: Olho de Tigre

Esta pedra estonteante funciona para os Leoninos como um forte amuleto de proteção,
prosperidade e poder pessoal. Ela elimina todas as energias negativas, afasta ataques
espirituais e aumenta muito o magnetismo de seu portador. Os Leoninos, que tem um grande
brilho e forte presença, poderão contar com o Olho de Tigre para auxiliá-los a sustentar sua
força pessoal e protegê-los.

Pedra de Virgem: Amazonita

A Amazonita traz boa sorte, proteção e sucesso pessoal para Virginianos. Os Virginianos,
conhecidos por sua grande capacidade de observação e busca pela perfeição, vibram em
perfeita sintonia com esta pedra tão positiva. A Amazonita também fortalece os dons de
inteligência e organização dos Virginianos.

Pedra de Libra: Quartzo Verde

Os Librianos encontrarão no Quartzo Verde uma poderosa fonte de energia vital que irá
produzir um profundo bem estar em todo o seu ser. Conhecidos por seu espírito de justiça e
grande capacidade mental, os Librianos se sentirão mais seguros e capazes de despertar uma
atração pessoal muito forte. O Quartzo Verde também favorece o rejuvenescimento, acelera o
metabolismo, protege contra radiações de celulares.

Pedra de Escorpião: Granada

A Granada, com sua força e luz mágica e inebriante, só poderia mesmo ser a pedra de
Escorpião, um dos signos mais sensuais, inteligentes e charmosos do zodíaco. Esta pedra tem
uma energia capaz de ampliar a força pessoal dos nativos de escorpião e elevar muito a sua
auto estima e confiança. Ela auxilia na solução de problemas funciona como uma poderosa
pedra de proteção e prosperidade para os Escorpianos.

Pedra de Sagitário: Sodalita

A Sodalita funciona para Sagitarianos como uma poderosa aliada contra todas energias e
sentimentos nocivos. Famosos pelo liberdade de pensamento, os Sagitarianos terão sua
criatividade e inteligencia fortalecidos pela Sodalita. Ela apoiará os Sagitarianos para ter
sucesso na realização de todos os sonhos.

Pedra de Capricórnio: Fluorita

A Fluorita fortalece o poder de atração dos Capricornianos, aumenta o seu brilho pessoal e
protege contra ataques energéticos. Os nativos de Capricórnio, tipicamente sólidos e
centrados encontrarão na Fluorita um poderoso aliado para a construção de seus projetos de
médio e longo prazo. Por sua vibração equilibrada, ela ajuda o Capricorniano a fortalecer seu
dom de força e persistência.

Pedra de Aquário: Lápis Lazúli

Os Aquarianos, livres pensadores e capazes de mudar regras, e costumes para melhor,


encontrarão no Lápis Lazúli um aliado capaz de elevar sua energia positiva contagiante. O Lápis
Lazúli aumentar a criatividade, facilitar a comunicação, fortalecer a mente e elevar a
espiritualidade dos Aquarianos. Esta pedra dará sustentação ao nativos de Aquário e irá
ampliar a capacidade criadora de seus pensamentos.

Pedra de Peixes: Ametista

Com sua grande capacidade de desvendar mistérios, os Piscianos encontrarão na Ametista


uma fonte de energia capaz de ampliar ainda mais os seus dons. A Ametista irá também apoiar
os nativos de Peixes em sua grande vontade de auxiliar as pessoas próximas. Ela despertará
nos Piscianos uma forte e duradoura sensação de alegria, paz e serenidade em suas vidas.

Observação importante:

Todas as pedras dos signos podem ser utilizadas pelos nativos de quaisquer outros signos.
Utilizar todas as pedras ligadas a um signo potencializa muito seus efeitos positivos o melhor
período para utilizar as pedras dos signos é 30 dias antes e 30 dias depois da data de seu
aniversário. Usar as pedras do signo durante o ano todo pode favorecer muito sua evolução
pessoal e ajudar a despertar as qualidades e potencialidades inerentes ao signo.

Magia Natural com Pedras:

 Ansiedade - Aventurina, Lepidolita, Labradorita e Rodonita.


 Fertilidade - Cornaina, Quartzo rosa, Pedra da Lua e Granada.
 Proteção Psíquica - Turmalina Negra, Olho de Tigre, Ametista, Sodalita, Vassoura de
Bruxa, Agata de Fogo e Obsidiana.
 Autoconfiança - Cornalina, Citrino e Rodonita.
 Atrair Amor - Quartzo Rosa, Rodonita e Turmalina Rosa.
 Prosperidade - Citrino, Aventurina, Olho de Tigre, Topázio Imperial e Safira.
 Isonia e Pesadelos - Ametista, Sodalita e Quartzo fumê.
 Ispiritualidade - Água marinha, quartizo Leitozo, Ametista.
 Fibromialgia - Quartizo Cristal, Citrino, Quartizo Rosa, Ametista e Averturina.
 Depressão e Tisteza - Lepidolita, Lapis-Lazuli, Quartzo Fumê, Turmalina Negra, Citrino,
Sodalita e Quartzo Rosa.

As Pedras Certas Para Cada Tipo de Chakras:

Palavra de origem sânscrita, chackra significa “Roda de Luz”, e são caracterizados como
centros energéticos que contém diferentes aspectos da natureza corporal, emocional, mental
e energética. Quando equilibrados, proporcionam harmonia, paz e realização, mas o
desequilíbrio acarreta impactos negativos. Quando se está em desequilíbrio com um dos sete
chackras ou mais, problemas de saúde, emocionais e uma certa desconexão com a
espiritualidade começam a acontecer. Entretanto, se você souber fazer uso da energia das
pedras, conseguirá equilibrar e energizar seus chackras através da meditação e bons hábitos.

As Pedras dos Sete Chakras Para Energia e Equilíbrio:

Assim como existem cores que estimulam cada um dos chackras, as pedras também emitem
energia, vibrando em sintonia com cada um desses pontos energéticos fundamentais. Ao fazer
uso das pedras corretas, você consegue ativar essas vibrações, purificar os canais energéticos e
harmonizar com muita eficácia as energias dos seus chackras. E mais, além de proporcionar
equilíbrio, as pedras atuam com um efeito potencializado, tornando o resultado dessa energia
muito mais poderoso.

“A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” - Zíbia
Gasparetto.

Fazendo a sintonização correta com essa vibração, você conseguirá sentir os resultados logo
nos primeiros dias de meditação com esses cristais. Os efeitos são visíveis e podem se
manifestar no humor, na disposição física, na capacidade mental e na sua energia para
enfrentar o dia a dia.

As Pedras dos Chakra:

Para facilitar e visualização e o entendimento, criamos o infográfico abaixo com as


correspondências das pedras e seu usos nos 7 Chakras:

 07: CHACKRA CORONÁRIO – QUARTZO LEITOZO


Chamado de Sahasrara e também conhecido como chackra da cabeça, da coroa ou
coronal, ele traz iluminação, sabedoria e faz conexão com os planos de Luz. É o chackra
da perfeição e está localizado no topo da cabeça. O equilíbrio desse chakra promove a
paz, a sabedoria e o bem-estar. Por outro lado, seu desequilíbrio acarreta confusão,
esquecimento e dificuldade para pensar. Ele é estimulado pelas cores violeta, dourado
e branco, e você pode usar um Cristal de Quartzo para energizar e equilibrar o chakra.

 06: CHAKRA FRONTAL – AMETISTA


Um dos mais importantes chakras para os assuntos da paranormalidade e da
percepção espiritual, é também chamado de Anja e está localizado no ponto entre
suas sobrancelhas. Ele atua sobre a introspecção e a visualização. Quando se encontra
em equilíbrio, aumenta a intuição e as habilidades psíquicas. O desequilíbrio provoca
pesadelos, dores de cabeça e falta de foco. Azul-índigo e roxo são as cores que
estimulam o chakra e você pode energiza-lo e equilibra-lo utilizando a pedra Ametista.

 05: CHAKRA LARÍNGEO – SODALITA


Localizado na garganta, ele também é conhecido como Visuddha, o chakra da
comunicação, da verdade pessoal e da criatividade. Atua sobre a auto-expressividade e
a habilidade com as palavras. Quando aberto, faz com que o indivíduo não encontre
nenhum problema em se expressar, seja falando ou através de algum dom artístico.
Quando está em equilíbrio, o chakra aumenta a facilidade de expressão, mas quando
em desequilíbrio, leva a problemas na tireóide e com a falta de ideias criativas. Azul é a
cor que estimula o quinto chakra, e a Sodalita é a pedra que o energiza.
 04: CHAKRA CARDÍACO – QUARTZO VERDE
Localizado no centro do peito, na altura do coração, Anahata, como também é
chamado, é o chakra do amor, da bondade e da afeição. Quando se encontra aberto,
torna o indivíduo piedoso e amigável, tornando os relacionamentos muito mais
harmoniosos. Esse chakra é responsável por realizar a circulação de toda a energia
vital. Quando está em equilíbrio, gera paz interior e aceitação. Mas quando e
desequilíbrio, causa problemas cardíacos, tristeza e timidez. É estimulado por duas
cores: o verde e o rosa, sendo possível utilizar o Quartzo Verde para energizar e
equilibrar esse chakra.

 03: CHAKRA PLEXO SOLAR – CITRINO


Esse é o chakra da identidade, da força pessoal e da autoestima. Também chamado de
Manipura, está situado acima do umbigo e é ele o responsável por te ajudar a se
afirmar em grupo. Quando está aberto, você se sente no controle da situação e confia
no próprio taco. Quando está em equilíbrio, traz força, coragem e autoconfiança. Seus
efeitos em desequilíbrio geram nervosismo, ansiedade, além de problemas digestivos.
O amarelo é a cor que estimula o terceiro chakra, e você pode utilizar os cristais de
Citrino para vibrar em sua sintonia.

 02: CHAKRA UMBILICAL – ÁGATA É CORNALINA


Chakra Sacral, da Reprodução e da Criatividade, atua sobre os sentimentos e a
sexualidade. Também conhecido como Svadhisthana, ele está localizado na região do
baixo ventre e, quando aberto, permite que os sentimentos fluam livremente, e se
expressam sem que você perceba. Quando em equilíbrio, gera uma intensa sensação
de felicidade, alegria e criatividade. Em desequilíbrio, promove o medo, a culpa, o
apego e também o excesso de peso. É um chakra estimulado pela cor laranja e pode
ser muito bem representado pela Ágata Cornalina.

 01: CHAKRA RAIZ – GRANADA


Também chamado de Chakra Básico ou Muladhara, está localizado na base da espinha
dorsal. Apesar de estar próximo ao sexo do indivíduo, é importante compreender que
ele é a base de toda a sua energia e o ponto de equilíbrio dos demais chakras.
Representa a sobrevivência e as necessidades físicas. Quando equilibrado, traz
estabilidade e segurança. Por outro lado, o desequilíbrio gera medo, dificuldades
financeiras e cansaço. Para o alinhamento desse chakra, o estímulo está na cor
vermelha e em pedras da mesma cor ou pretas. E é justamente por isso que a Granada
é a pedra ideal para promover esse equilíbrio.

Como Usar as Pedras dos Chakras:

Agora que você já conhece as pedras dos 7 chakras e como elas atuam sobre o equilíbrio
energético, precisa saber como utilizar cada uma delas para obter tais efeitos. O
funcionamento é simples, e você pode posiciona-las sobre o chakra correspondente ou apenas
mantê-las próximas ao corpo. Sempre que precisar utilizar a energia de cada uma delas,
coloque o cristal desejado (ou mais de um, se achar necessário) sobre o chakra
correspondente enquanto medita durante alguns minutos. Outra opção é utilizar o cristal
como acessório, um pingente, brincos, pulseiras ou até mesmo um chaveiro, no seu dia a dia.
Saiba que não há limitações para o uso desses cristais, basta se colocar à disposição para vibrar
nessa mesma sintonia, que apenas efeitos positivos devem ocorrer.

“A felicidade mais elevada é aquela que corrige os nossos defeitos e equilibra as nossas
debilidades.” - Johann Goethe.

Método de Limpeza das Pedras:

Com algumas exceções, todas as pedras e cristais precisam ser limpos e energizados depois de
algum tempo de uso. Isso acontece, pois elas trocam energias com tudo o que existe ao seu
redor, e por isso é recomendado limpar essas energias inicialmente lavando os cristais em
água corrente e um pouco de sal grosso. Depois de energeticamente limpas, é hora de
energizar novamente suas pedras. Para isso, você pode deixa-las exposta a luz do Sol por 6
horas. Cuidado para que seus cristais não estejam totalmente expostos ao Sol, pois pode haver
efeito sobre a estrutura das pedras, como a perda do brilho. Se preferir, a energização
também pode ser feita enterrando seus cristais em uma terra limpa. Pode deixa-los aqui por
30 minutos ou durante uma noite inteira. A luz da Lua também energiza, especialmente
quando se encontra na fase Cheia, e não desgasta seus cristais. O processo de limpeza e
energização não precisa ser feito sempre. Você pode fazê-lo uma vez por mês ou quando
sentir que é necessário — como quando achar que eles foram expostos a energias muito
carregadas.

Penas na Bruxaria Natural:

As penas são um dos itens mais mágicos e versáteis com quais podemos trabalhar. Sua
simbologia, energia e conexões são recursos naturais poderosos, capazes de auxiliar com
eficiência o praticante em diversos aspectos mágicos. Seu elemento é o ar, contudo possui a
capacidade fantástica da conexão entre terra, fogo, água e espírito. Encontrar uma pena não é
algo casual, elas chegam até as mãos daqueles que precisam receber alguma mensagem ou
alerta da espiritualidade.

Se você encontrar uma pena, pense um pouco:

 O que você estava pensando antes de encontrar?


 O que está acontecendo em sua vida no momento?
 Qual foi o seu pensamento inicial quando viu ou que palavras surgiram na sua cabeça?

Qualquer uma dessas perguntas pode ajudar você a determinar o motivo ou pode ser apenas
um presente para guardar e usa-la posteriormente. Tenha em mente apenas que ela não
chegou em suas mãos em vão.
Cores de penas e sua representação na Magia:

As penas são associadas há muito tempo a presságios e as cores têm significado. Aqui estão
algumas correspondências de cores tradicionais. Mas se você encontrar uma pena colorida e
isso significar outra coisa para você, siga sua intuição.

 Preto: Aviso de proteção a si próprio, necessidade de banimento


 Marrom: Proteção da casa e aterramento de energias, cuidado com amizades
 Cinza: Paz interior, equilíbrio espiritual
 Preto e branco: Mudanças próximas, problemas futuros que podem ser evitados
 Branco: Fortalecimento da fé, esperança, sonhos proféticos, amor, mensagens de
antepassados
 Amarelo: Sucesso ou reconhecimento de que você está no caminho certo
 Cor-de-rosa: Amor verdadeiro próximo, gravidez, casamento, reconciliação
 Azul: Conexão espiritual, despertar, inspiração
 Vermelho: Boa sorte, paixão
 Verde: Saúde, cura, prosperidade

Significados das penas através da ave:

E as penas de determinados pássaros também têm seus significados específicos

 Penas de periquito azul: Trazem alegria, felicidade e luz.


 Penas de corvo: Correspondência direta com as forças da natureza, magia em vários
aspectos, banimento, proteção, transformação, abrir portais, viagem astral, direção,
excelentes para sabedoria, conhecimento e nos ajudam a deixar ir sentimentos
indesejados, pensamentos ou energia negativa. transmutação.
 Penas de Coruja: A coruja é observadora, sagaz e precisa. Ela não dá um passo sem
analisar e planejar, e seus mistérios são tão antigos quanto o mundo e a humanidade.
Guerreira, soberana, caçadora voraz, a coruja tem muito a nos ensinar. Utilize esta
energia em suas praticas de Magia, experimente este poder. A penas de Coruja são
utilizadas para diversos fins na Magia, entre as mais solicitadas são magias para
verdade e sabedoria.
 Penas de Peru: Fundamental para trabalhos de benzimento em crianças e sessões de
banimento de modo geral. Propicia atração de cura, limpa sentimentos nocivos,
pensamentos negativos, afasta espíritos destrutivos ou energia densa. Excelentes para
limpeza física e espiritual por sua energia curativa e atuação desobstruindo e
eliminando bloqueios.
 Penas de codorna: Trazem novos projetos, planos e começos.
 Penas de cisne branco: detêm purificação, limpeza, beleza e energia positiva e
 penas de cisne negro: podem ser usadas para dissipar energia negativa.
 Penas de falcão: trazem a magia da caça.
 Penas de águia: contêm energia de força e coragem, mas também trazem paz,
felicidade e proteção.
 Penas de Magpie: trazem magia, habilidades de adivinhação, sabedoria e mudança.
 Penas de pavão: Intuição, vidência, harmonização familiar, fidelidade, fertilidade,
beleza, autoconfiança, sabedoria, sorte, ressurgimento, autoestima, imortalidade e
mudança.
 Penas de pombo: Trazem paz, amor e comunicação.
 Penas de avestruz: Fortalecimento da fé, conexão com a espiritualidade, socialização,
agilidade e acertos em decisões.
 Penas de pato: Equilíbrio e conforto emocional, trabalhar a energia da água,
clarividência e proteção.
 Penas de galinha: Fertilidade e proteção do lar
 Penas de cegonha: Comunicação, viagens, fertilidade e família.
 Penas de pássaro negro: Trazem poesia, inspiração, música e uma conexão mais forte
com a meditação.
 Pena de galo: símbolo de virilidade masculina e sagrada por simbolizar a lua crescente
e minguante (dependendo da curvatura), assim como simbolizam à colheita de grãos.
Utilizadas para rituais de limpeza e banimento sem a necessidade de incenso, e por
serem versáteis podem substituir qualquer outra pena em rituais.
 Penas de faisão: Marrons listradas de preto, as penas da cauda do um faisão,
proporciona equilíbrio entre a vida física e espiritual, proporcionando harmonia,
discernimento, favorecendo a intuição e lucidez.
Símbolos Rúnas e Talismãs
A Simbologia:

A simbologia é fortemente presente nos sistemas de magick. Trabalha-se com uma mente
muito complexa que contém diversas “camadas”. O inconsciente influencia no
comportamento físico para comunicar com o inconsciente a linguagem usada é a simbologia.
Atenta-se que em diversos textos (se continuar a pesquisar sobre magia, claro) você se
deparará em símbolos que a primeira vista não faz sentido, mas é isso mesmo. Não faz sentido
para a razão, alguns textos se leem não com a lógica e sim com a intuição. Os símbolos contêm
verdades que são escondidos dos que não são iniciados. O símbolo contém diversos
significados e por assim dizer ele pode conter uma verdade individual que talvez seja diferente
do seu semelhante. O Sol pode simbolizar a Vontade humana assim como pode simbolizar o
lado masculino criativo. Pode simbolizar riqueza, elevação espiritual... Etc. Como interpretar
um símbolo se ele contém muitos significados? O símbolo tem muitos significados, mas todos
os significados estão interconectados de alguma forma, encontrar esse elo é uma das metas do
mago aprendiz. O Sol e a Lua contêm verdades e está associado até com o princípio hermético
da polarização. Basta meditar para encontrar o elo. Iremos fala sobre alguns símbolos.

Símbolos Celtas.

• Pentagrama

Suas cinco pontas fazem uma junção do numero três, princípio masculino e número
dois, princípio feminino. Quando formado por uma única linha é chamado de laço
infinito. Para os druidas e celtas o pentagrama e um símbolo divino. Os primeiros
cristãos associavam o pentagrama ás cinco chagas de Jesus. Durante a idade média foi
símbolo da verdade e proteção contra demônios, usando como amuleto. Na bruxaria é
o símbolo dos quatro elementos terra, fogo, ar, água, em complemento do éter.
• Espiral Tripla

A Espiral Tripla também é conhecida por triskle, triskelion ou triskele, tríscele,


threefold ou tryfot. Estão associadas aos quatro elementos, fogo, água, ar, terra em
complemento ao éter é um símbolo feminino. Também simbolizam as três fases da
lua: Cheia, minguante e crescente. Quando aparece no sentido horário representa a
expansão e crescimento, a no sentido anti-horário representa proteção e
recolhimento. O número três era considerado sagrado pelos Celtas, que acreditavam
que a espiral tripla representava os três mundos: Submundo, mundo intermediário e
mundo superior. Este símbolo também está associado ao desenvolvimento humano e
expansão da consciência física e espiritual.

• Triquetra

Representa o espírito primordial e a triplicidade dos três planos existenciais o material


o mental e o espiritual. Também representa as três fontes primarias de magia, o divino
o natural e o mental, O círculo no meio representa a perfeição e precisão. Era usado
como símbolo de proteção pela civilização Celta.
Símbolos Judaico-crista-islamico.

• Hexagrama

Também conhecida como Estrela de Davi ou Selo do Rei Salomão e um Símbolo de


origem judaica. Que simboliza Proteção e a união do masculino e feminino, assim
como a união dos opostos bem e mal ou céu e terra e principalmente a aliança de
Deus Com o ser humano. É um símbolo de origem desconhecida, porém diz à lenda
que surgiu a parti do escudo do rei Davi, que para poupar metal usou um escudo feito
de dois triângulos formados com couro em uma batalha. Depois disso o seu exército
passou a usar o mesmo escudo acreditando atrair proteção.

• Cruz Católica

Vários povos da antiguidade já faziam uso da cruz, principalmente durante a época


neolítica. Mesmo após esse período, a cruz continuou sendo utilizada pelos povos que
praticavam outras doutrinas, como os egípcios. Aderido pelo catolicismo ser tonou o
ícone mais famoso entre todas as vertentes do cristianismo moderno, usado como um
símbolo que mostra o sacrifício e entrega de Jesus Cristo para salvar a humanidade de
todos os pecados eminentes. E, além disso, representa também a vitória do filho de
Deus sobre a morte segundo a doutrina cristã, por sua vês e um grande símbolo de
sacrifício, Predestinação e ressurreição.
 Olho Que Tudo Vê

O olho que tudo vê, também conhecido como o olho da providência, é muitas vezes
representado dentro de um triângulo e
significa conhecimento espiritual ou onisciência de deus. Ele também pode fazer parte
da Mão de Fátima, que é um símbolo da fé islâmica em formato de mão onde o olho
que tudo vê pode estar no seu centro. Algumas fontes relacionam o Olho que tudo vê
ao Olho de Hórus.

Símbolos Egípcios.

 Fênix

A Fênix é um ser mitológico que chama a atenção por ser conhecida em várias culturas
entre eles os árabes, persas, gregos, romanos, indianos, fenícios, chineses e
principalmente egípcios. Obviamente nem sempre com o mesmo nome, porém com as
mesmas descrições. A Fênix é descrita como uma ave semelhante a uma águia ou
garça, tem patas douradas e plumas vermelhas. A Fênix vem a simbolizar muitas
coisas, a ressurreição, renascimento, ciclos da vida e da morte na natureza, o sol,
invencibilidade, renovação da morte do velho para nascer o novo e a imortalidade.
• Olho de Hórus

O Olho que Tudo Vê representa a Onipotência de Deus, Simboliza poder e proteção. A


Sabedoria Divina, que deve orientar guiar nossa jornada espiritual São os Olhos do
Espírito. Representa a dedicação aos rituais e as leis. Permite que você enxergue os
inimigos. O olho esquerdo representa o sol e o direito representa a lua.

• Octagrama

O octagrama ou estrela oito-pontas é um símbolo de plenitude e regeneração, e é


ligado a roda do ano das bruxas o relato mas antigo da sua existência e do Egito antigo.

• Crus Ansata
Simboliza a ressurreição e é conhecida como chave da vida. Também é símbolo da
fertilidade, poder de cura e renovação a parte oval simboliza o feminino e a cruz
simboliza o masculino. No Egito diziam que a parte oval e a cruz representavam o céu
e a terra.

Símbolos Gregos.

• Alfa

Alfa simboliza o início, pois é o nome da primeira letra do alfabeto grego clássico
(álpha). A sua origem, porém, é hebraica. Vem da palavra álefe, que é o nome da
primeira letra do alfabeto hebraico. O alfabeto, que teria sido criado por Cadmus,
heróis lendário fenício, que teria alfa como primeira letra do alfabeto fenício. Alfa
significa touro para os fenícios e para eles o animal era considerado a primeira coisa
imprescindível ao homem.

• Ômega
Ômega simboliza o fim, pois é o nome da última letra do alfabeto grego clássico. O
ponto ômega tem o sentido de evolução espiritual, a qual leva os humanos a uma
aproximação com o divino. Como símbolo, é usado na Física para representar ohms
(Ω), que é a unidade de medida da resistência elétrica. Importa, ainda, referir que o
símbolo do infinito possivelmente terá surgido como uma variante da letra ômega.

• Alfa Ômega

Representa Deus Na cultura Judaico-cristã. Essa referência é feita no livro sagrado do


povo cristão (“Eu sou o Alfa e o Ômega", diz o Senhor Deus, "o que é o que era e o que
há de vir, o Todo-poderoso.” Apocalipse 1, 8) e significa que Deus é o princípio e o fim
de todas as coisas. Isto quer dizer que todas as coisas existentes se encerram em Deus.
Deus simboliza a totalidade universal de todas as coisas fazendo referencia a o
primeiro principio hermético o mentalismo.

• Delta
Delta é a quarta letra do alfabeto grego, cuja forma maiúscula se assemelha a um
triângulo que, para os gregos antigos simboliza os quatro elementos. Assim, é uma
referência de soma, de totalidade, de integralidade. É um símbolo associado ao mal na
medida em que representa a morte ou o fim da viagem e, tendo em conta o formato
em triângulo do local de grande parte das fozes dos rios, delta do rio é o nome que se
dá a essa região, que se caracteriza por ser bastante fértil. A associação do triângulo
aos quatro elementos é igualmente utilizada na alquimia, onde o triângulo para cima
representa o fogo; para cima com uma linha horizontal, ar; para baixo, água e para
baixo com uma linha horizontal, terra. O triângulo faz parte de uma série de crenças e,
portanto, carrega vários sentidos, alguns dos quais: início, meio e fim ou corpo, alma e
espírito.

Símbolos Hindus.

 Om

É o som do universo que nos ajuda a elevar a espiritualidade, pois ativa o nosso
terceiro olho que é responsável pela nossa intuição, telepatia e clarividência. Dentro
do símbolo também temos os cinco elementos do universo, fogo, água, ar, terra e éter.
Representa o criador de tudo, Deus Supremo, e pode ser usado como símbolo de
proteção.

Símbolos Chinês.
• Tao

Tao ou Yin Yang simboliza o princípio de todas as coisas do universo a partir das
energias opostas negativo e positivo. Portanto o Tao representa a dualidade de tudo
no universo, sendo Yin o feminino, a terra, o escuro, à noite, a lua, frio, o princípio
passivo. E o Yang é o masculino, a luz, o céu, o dia, o quente, o sol, o principio ativo.

Símbolos da Magia Contemporânea.

• Septagrama

O Septagrama é uma estrela unicursal de sete pontas, também conhecida como


"Estrela dos Elfos". Esta forma possui uma longa tradição simbólica e um forte
potencial mágico. O seu significado relaciona-se com o do número 7 que, como se
sabe, é sagrado em muitas culturas. O significado varia de acordo com o tempo de
civilização e cultura, já que cada cultura ou subcultura pode dar-lhe um valor
diferente, seja bom ou ruim. Por tanto o septagrama é um símbolo de integração ao
místico. Este símbolo associa ser com as sete esferas planetárias governadas pelos sete
planetas da astrologia clássica, sete cores do arco-íris, sete dias da semana e sete
notas distintas em uma escala musical e também tal como os setes chakras principais,
do Hinduismo.

• Nonagrama
O nonagrama ou estrela nove-pontas é um símbolo de realização e de estabilidade.
Esta é uma estabilidade que está sujeita a mudança. Nove é o número de planetas
conhecidos no sistema solar. Como uma expressão do número nove e em seu aspecto
relativo à influência subconsciente e ancestral.

• Estrela do Caos

A Estrela do Caos (Chaos Star), também denominada de “Caosfera”, possui oito pontas


equidistantes que partem de um ponto central, e pode representar o vazio do cosmos,
o universo ou ainda, as oito direções (oito portas), tal qual a rosa dos ventos,
composta dos quatro elementos (terra, água, ar e fogo) e os quatro estados
intermediários da matéria (o seco, o úmido, o frio e o quente). Foi criada
originalmente pelo escritor britânico Michael Moorcock com o intuito de representar o
"Símbolo do Caos" e, posteriormente, foi adotada como símbolo da “Magia do Caos”,
portanto, sendo utilizada por magos e ocultistas.

Símbolos Nórdicos.
• Elmo do Terror

O Elmo do Terror é um símbolo nórdico de origem viking muito utilizado na magia. É


um símbolo de proteção, acreditava-se que aqueles que utilizassem esse amuleto se
tornavam invencíveis diante dos seus inimigos. Embora não muito conhecido aparece
constantemente quando se fala da cultura Nórdica e Asatru, possuem vários outros
nomes ao longo da historia. O Elmo do Terror é citado em algumas sagas de luta onde
se fala de suas propriedades de proteção, causar terror nos inimigos e também
confusão. O símbolo era pintado entre as sobrancelhas, curiosamente local do chacra
frontal. Ao contrário do que é muito dizem, o elmo do terror não era só usado como
proteção, era um símbolo próprio para batalhas, os efeitos comentados nos antigos
escritos eram diversos, alguns relatos como uma espécie de hipnose nos inimigos,
causando ilusões, alucinações e terror nos inimigos. Também traria coragem e junto
dela invencibilidade.

Significado das Rúnas Nórdicas na Magia Natural:

As Runas são símbolos muito antigos, datados de até 4.000 anos A.C., que se originaram de
imagens rupestres (desenhos nas cavernas) e de desenhos ainda mais remotos, gravados
principalmente em cerâmica, ossos e pedras. Cada símbolo rúnico carrega consigo uma
determinada vibração energética e representações que atravessaram milênios de existência
em nosso planeta. Alguns dos povos que mais fizeram propagar o conhecimento sobre as
Runas foram os Vikings, os Celtas e os antigos povos Nórdicos, já que o oráculo veio do norte
da Europa e se preservou em países como Irlanda, Islândia, Noruega entre outros mais
afastados, cujo conhecimento sobrevivera à cultura dominante no período das Cruzadas.

Alfabeto Rúnico Nórdico:

O alfabeto rúnico foi criado a partir dos símbolos rupestres de até 4.000 anos A.C. esse
alfabeto recebeu o nome de Futhark. Os futhark tradicionais possúi 24 rúnas, divididas em três
famílias chamadas de Aettir. Os Aettir têm simbologias místicas distintas, receberam as
significações descritas abaixo:
AETTIR FEHU: Está associado ao plano físico e material.

 01: FEUH – Abundancia, fatura. Atrai prosperidade e protege contra roubos, assaltos e
furtos.

 02: URUZ – Renovação, realização, oportunidade. Estimula a cura, mantém a boa


saúde física e mental. Ajuda a se libertar de traumas do passado.

 03: THURUSAZ – Equilíbrio, decisão, discernimento. Aumenta a concentração, estimula


a memória e aprendizagem. Desperta a vontade de agir. Ajuda a livrar-se de culpas e
de inimigos.

 04: ANSUZ – Comunicação, abertura de caminhos, conhecimentos, intuição. Estimula a


clarividência. Desenvolve magnetismo e persuasão. Estimula novas ideias, e processos
criativos.

 05: RAIDO – Autonomia conquista liberdade, carreira, individualidade para conquistas.


Ajuda a ouvir avisos interiores. Fortalece habilidades ritualísticas.

 06: KANO – Autoconfiança, abertura de caminhos, iluminação, oportunidade,


resolução. Estimula o raciocínio lógico. Ajuda a enxergar coisas com clareza.

 07: GEBO – Amor, união, receptividade, convivência. Reforça a harmonia entre duas
pessoas. Estimula relacionamentos amorosos.

 08: WUNJO – Felicidade, otimismo, proteção, serenidade. Reforça laços de amizade e


harmonia. Afasta a alienação.
AETTIR HAGAL: Associado ao plano emocional.

 09: HAGALAZ – Mudança, proteção, força, justiça, limitação. Protege contra


tempestades e terremotos.

 10: NAUTHIZ – Necessidade, paciência, fé, perseverança, superação. Ajuda a superar


angústias, ódio e disputas, Fortalece o emocional e financeiro. Estimula o
desenvolvimento de poderes psíquicos.

 11: ISA – Paciência, reflexão, esperança, equilíbrio. Ajuda a ter mais paciência e
concentração. Favorece a satisfação sexual.
 12: JERA – Colheita, prosperidade, fartura, justiça, recompensa, retorno. Estimula
ideias e projetos. Também usada para fertilidade para gestação.

 13: EIHWAZ – Recompensa futura, solução, autoconfiança, desmistificação. Protege


nas viagens e mudanças.

 14: PERTH – Segredo, revelação, mistério, futuro, leveza, liberdade. Ajuda a descobrir
algo que está oculto e forçar uma coincidência.

 15: ALGIZ – Agradecimento, otimismo, integridade, proteção contra o mal. Estimula


expansão, crescimento e avanços.

 16: SOWELU – Realização, sucesso, plenitude, força, vitória. Aumenta a energia vital e
fortalece o equilíbrio físico e mental.

AETTIR TYR: Associado ao plano espiritual.

 17: TEIWAZ – Coragem, proteção, determinação, força de vontade. Fortalece o


equilíbrio, justiça e direcionamento.

 18: BERKANA – Fertilidade, nutrição, fortalecimento, amparo. Fortalece a fertilidade


para a gestação. Ajuda a descobrir energias negativas.

 19: EHWAZ – Movimento, mudança, transição, liberdade, proteção. Ajuda a apagar o


medo do velho e deixar tudo para trás.

 20: MANNAZ – Comunicação, Verdade, revelação, desobstrução, essência,


humanidade. Ajuda na interiorização, autoconhecimento e na regressão da memória.
 21: LAGUS – Fluidez, limpeza, purificação, reavaliação, reorganização, intuição, força
criativa. Ajuda a desenvolver a mediunidade e a paranormalidade.

 22: INGUZ – Força divina, benção, iluminação, pureza, essência, finalização,


concretização. Ajuda a desenvolver a intuição e poderes psíquicos.

 23: DAGAZ – Transformação, transmutação, ascensão. Ajuda na mudança de situações


impossíveis.

 24: OTHILA – Desapego, libertação, troca. Influencia na mudança de residência.


Fortalece a união familiar.

Talismãs Rúnicos Nórdicos:

A palavra talismã é de origem árabe, significa algo mágico. Há uma infinidade de talismãs,
usados em todas as culturas para trazer sorte, amor, proteger contra energias negativas,
acidentes, inimigos etc. Os talismãs rúnicos eram usados pelas religiões pagãs da antiga
Escandinávia. A Islândia ainda é um país que conserva as tradições pagãs, embora tenha se
convertido ao cristianismo no século XI. Tais talismãs são nos dias de hoje, ainda muito
utilizados na magia contemporânea. Podem ser gravados, pintados, ou esculpidos em pedras,
couro, osso, metal, madeira, concha e cristais e usados como um magneto mítico, em enfeites
ou adornos pessoais, para afastar influências negativas, trazer amor, saúde, dinheiro,
prosperidade etc. Você poderá escolher um deles e criar seu próprio amuleto de conformidade
com a energia específica de cada um, e que você deseja acessar no momento. É recomendado
seu uso com sabedoria e prudência, lembrando que, devido aos poderes a ele conferidos, são
utilizados como símbolos de proteção, coloca ser em veículos de transporte e casas. Também
poderão ser reproduzidos em joias, roupas, ou objetos pessoais. Com base nisso iremos ver
uma lista com tais Runas.
Bruxaria Xamanismo e
Espiritualidade

Bruxaria e Xamanismo

Por definição, o xamanismo é considerado a primeira religião. Existiam antes das mais antigas
civilizações, antes que nossos ancestrais dessem seus primeiros passos em sua longa jornada
rumo ao presente. Antes desse período, os xamãs eram os curandeiros, responsáveis pela
distribuição do poder, masculino e feminino. Eles operavam magia e se comunicavam com os
espíritos da natureza. Os xamãs foram os primeiros humanos com sabedoria. Eles a criaram, a
descobriram, a cultivaram e utilizaram-na. Sabedoria é poder; os homens e mulheres que a
possuíam naqueles dias longínquos eram xamãs. De que modo os xamãs descobriram ou
capturaram esse poder? Por meio do êxtase - estados alterados de consciência pelos quais eles
se comunicavam com as forças do universo. Os primeiros xamãs atingiam esse estado com a
utilização de "ferramentas" como jejum, sede, autoflagelação, ingestão de substâncias
alucinógenas, concentração e assim por diante. Uma vez controladas, tais técnicas permitiam
que eles conhecessem outros mundos, não físicos. Todo o conhecimento mágico foi obtido
graças a essas "alterações de consciência". Encontros com espíritos celestiais, plantas e
animais ampliaram novos pontos de vista. Entre seu próprio povo, os xamãs geralmente
compartilhavam desse conhecimento, reservando sempre um pouco para seu uso pessoal. A
sabedoria xamânica não foi criada para utilização pública. Posteriormente, os xamãs
aperfeiçoaram o uso de instrumentos para tornar essas alterações de consciência, assinalando
o surgimento dos rituais de magia. Xamãs ao redor do mundo ainda usam instrumentos como
tambores, chocalhos, objetos reflexivos, música, cânticos e dança. Seguramente, os rituais
xamânicos mais eficazes são os que utilizam tanto ferramentas naturais como artificiais - o
ruído da brisa, o quebrar das ondas do oceano, chamas bruxuleantes, batidas constantes de
um tambor, Tudo isso, combinado à escuridão da noite e a cânticos, acaba por sobrepujar os
sentidos, forçando a alteração da consciência do mundo físico para os recantos mais amplos da
energia. Tais são os ritos xamânicos ainda existentes. Dessas origens primitivas surgiram todas
as formas de magia e religião, incluindo a bruxaria natural, espiritualmente descende desses
ritos. Mesmo que alterada e adequada para nosso mundo contemporâneo, a bruxaria natural
toca nossa alma e causa êxtase - mudanças de consciência -, unindonos ao Divino. Muitas das
"técnicas" da Bruxaria são de origem xamânica. Deste modo, a Bruxaria natural pode ser
descrita como uma religião xamânica. Assim como o xamanismo, apenas um grupo seleto
sente-se compelido a adentrar esse círculo de luz. Hoje, a Bruxaria natural aboliu as provações
por dor e o uso de alucinógenos, substituindo-as por meditações, cânticos, concentração,
visualização, música, dança invocação e drama ritual. Com esses instrumentos rituais, a
bruxaria atinge um estado de consciência ritual semelhante àqueles obtidos pelas mais brutais
provações xamânicas. Usei deliberadamente o termo "estados alterados de consciência". Tais
estados de consciência não são desnaturais um desvio da consciência "normal". A bruxaria
ensina que a natureza engloba um amplo espectro de estados mentais e espirituais dos quais a
maioria de nós é ignorante. Rituais místicos eficazes possibilitam que penetremos em tais
estados, permitindo-nos comungar e comunicar com o universo. Ao contrário de algumas
religiões, a bruxaria natural não vê o Divino como algo distante. As polaridades masculinas e
femininas do Divino estão ambos dentro de nós e manifesta-se em toda a natureza. Isto é a
universalidade: não há nada que não seja de Deus. Um estudo sobre o xamanismo revela
muito da natureza da magia e das experiências religiosas em geral. Utilizando o ritual como um
modo de ingressar a consciência ritual, o xamã ou bruxo expande constantemente seu
conhecimento, e conhecimento é poder. A Bruxaria natural auxilia seus praticantes a entender
o universo e nosso lugar nele. No momento, a Bruxaria natural é uma religião com muitas
variações. A Bruxaria natural, assim como muitas outras religiões, reconhece a Dualidade do
Divino. Reverencia a dualidade masculina e feminina do que e dito como Deus. Estas
polaridades são iguais, calorosos e afetuosos, não distantes ou morando no "paraíso", mas
onipresentes em todo o universo. A Bruxaria natural nos ensina também que o mundo físico é
apenas uma de muitas realidades. O físico não é a mais alta expressão absoluta, nem é o
espiritual "mais puro" do que a base. A única diferença entre o físico e o espiritual é que o
primeiro é mais denso. Como nas religiões orientais, também a Bruxaria concorda com a
doutrina da reencarnação, esse tópico tão mal compreendido. Ao contrário de algumas
filosofias orientais, contudo, a bruxaria não prega que, após a morte física, nossas almas
venham a reencarnar em outras formas que não a humana. Além disso, poucos praticantes
acreditam que iniciemos nossa existência como pedras, árvores, lesmas ou aves antes de
evoluir ao ponto de podermos encarnar como seres humanos. Apesar de tais criaturas e
substâncias possuírem uma espécie de alma, não é do mesmo tipo da que nós, humanos,
possuímos. A reencarnação é aceita como um fato por milhões de pessoas, tanto no oriente
como no ocidente. Ela responde a muitas perguntas: o que ocorre após a morte? Por que
temos a sensação de lembrar-se de coisas que jamais fizemos nesta vida? Por que às vezes
somos inexplicavelmente atraídos a lugares ou pessoas que nunca vimos antes? Certamente, a
reencarnação não pode responder a todas essas questões, mas ela está lá para ser estudada. A
reencarnação não é algo em que devemos crer. Por meio da reflexão, da meditação e da
autoanálise muitos chegaram ao ponto em que aceitam a reencarnação como um fato. A
Espiral do Renascimento. O nosso ideal esotérico de moralidade é simples: faça o que desejar
desde que não prejudique ninguém. Esta regra contém outra condição, não escrita: não faça
nada que lhe prejudique. Assim, se como um Bruxo você abusar de seu organismo, negando-
lhe suas necessidades vitais ou ainda ferindo a si mesmo, você estará violando este princípio.
Não é apenas uma questão de sobrevivência; isto assegura que você estará em boas condições
para assumir a tarefa de preservar e melhorar nosso mundo, pois o cuidado e o amor por
nosso planeta é parte vital da bruxaria natural. A bruxaria natural é uma religião que utiliza
magia. Esta é uma de suas características mais distintas e atraentes. Magia religiosa? Isso não é
tão estranho quanto pode parecer. Os sacerdotes católicos utilizam "magia" para transformar
um pedaço de pão no corpo de um "salvador" há muito falecido. A oração - instrumento
comum a muitas religiões - é simplesmente uma forma de comunicação com o Divino. Se a
concentração for ampliada, energias passam a ser enviadas com os pensamentos que farão
com que, com o tempo, a prece se torne realidade. As preces são uma forma de magia. A
magia é a prática de utilizar energias naturais (ainda que pouco compreendidas) para efetuar
mudanças necessárias. Na Bruxaria, a magia é utilizada como um instrumento para consagrar
áreas rituais, melhorarmos a nós mesmos e o mundo no qual vivemos. Muitas pessoas
confundem a Bruxaria e a magia, como se essas duas palavras tivessem o mesmo sentido. A
bruxaria natural é uma religião que envolve magia. Se desejar apenas praticar magia,
provavelmente a Bruxaria natural não é o melhor caminho para você. Outro ponto
fundamental: a magia não é um meio de forçar a natureza a fazer aquilo que deseja. Esta é
uma noção completamente equivocada, gerada pela crença de que a magia é algo de certo
modo sobrenatural, como se algo que existe pudesse estar de fora da natureza. Magia é
natural. É um movimento harmonioso de energias que origina mudanças necessárias. Se
desejar praticar magia, deve antes abandonar todas as noções de que ela seria paranormal ou
sobrenatural. A maioria dos praticantes de bruxaria não acredita na predestinação. Apesar de
honrarmos e reverenciarmos o divino, sabemos que somos almas livres com total controle e
responsabilidade sobre nossas vidas. Não podemos apontar para uma imagem de um deus
maligno, como Satã, e culpá-lo por todos os nossos defeitos e fraquezas. Não podemos culpar
o destino. A cada segundo de cada dia estamos moldando nossos futuros, criando os cursos de
nossas vidas. Uma vez que um Bruxo assume total responsabilidade por tudo o que tenha feito
(nesta e em vidas passadas) e determina que as ações futuras estejam de acordo com ideais e
objetivos mais elevados, a magia florescerá e a vida será plena de prazer. Esta talvez seja a
essência da Bruxaria natural - é uma união prazerosa com a natureza. A terra é uma
manifestação da energia divina. Os templos da Bruxaria natural são os campos salpicados de
flores, as florestas, as praias e os desertos. Quando um magista está ao ar livre, ele (ou ela)
está, na verdade, envolto pela santidade, assim como um cristão quando entra em uma igreja
ou em uma catedral. Além disso, toda a natureza está sempre cantando para nós, revelando
Seus segredos. Os bruxos naturais ouvem a Terra. Eles não ignoram as lições que Ela está
desesperadamente nos tentando ensinar. Quando perdemos contato com nosso amado
planeta, perdemos o contato com o Divino. Estes são alguns dos princípios básicos da Bruxaria
natural. Eles formam a verdadeira Bruxaria; os rituais e os mitos são secundários a estes ideais,
e servem para celebrá-los. Sendo estes rituais apenas modelos, não é necessário segui-los à
risca. Altere-os conforme a necessidade. Uma vez que os ritos o liguem às forças do divino
universo, está tudo certo. Não ignore o mundo físico em favor dos reinos mágico ou espiritual,
pois apenas por meio da natureza é que podemos experimentar tais realidades. Há um motivo
para estarmos na Terra. Use, entretanto, os rituais para expandir sua consciência para que
realmente possa integrar-se a toda a criação.

 Observação o Que e Um Xamã:


Xamã e um homem ou mulher da tribo que é o elemento de  contato com o mundo
espiritual; Homem ou mulher de magia; Mago (a) da  natureza. A palavra “xamã” vem
do tungue “saman” (que significa “homem inspirado pelos espíritos”. O termo
“saman”, de origem siberiana, foi adaptado para “shaman” em inglês e  xamã na língua
portuguesa. “O termo “xamanismo” é de origem siberiana, baseado no conceito de
“saman”,  que identifica “aquele que não perdeu a integração”, que compreende os 
espíritos, os homens, as dimensões, as plantas, as pedras, os animais, os  elementos e
as direções. A Natureza conspira a seu favor, pois é integrado.  A totalidade, a verdade
faz parte de sua realidade, uma vez que enxerga e compreende de forma ampla.
Embora o primeiro uso registrado do termo shaman na língua inglesa data de 1698, e
do termo shamanism (xamanismo) de 1780, o xamanismo existe há  milhares de anos.
Texto derivado dos ensinamentos de Vitor Hugo França.

Deus Segundo a Bruxaria Natural:

Todas as religiões são estruturas embasadas na reverência ao Divino, e a Bruxaria não é


exceção. A Bruxaria Natural reconhece a existência de uma força divina suprema, inestimável,
absoluta, de onde surgiu todo o universo, o conceito de tal força, e muito além da nossa
compreensão a qual chamamos comumente de Deus. Deus é o princípio fundamental para a
Doutrina de todas as formas de fé. "Não há vida, realidade, inteligência senão pela vontade de
Deus". Deus é a causa primeira de todas as coisas. Para a bruxaria natural, o entendimento que
os homens têm de Deus não está pronto nem é definitivo, está em constante evolução. O
conceito de Deus modifica-se com o tempo, resultado de ampliações sucessivas de um
conceito inicial, de abordagens complementares que destacaram aspectos diferentes de um
único Deus não considerados até então, e, também, de visões contraditórias que expuseram as
limitações de explicações utilizadas em determinado momento. A compreensão de Deus,
alcançada por uma pessoa é a possível em face do seu conhecimento e do conhecimento do
seu grupo social. A tradição judaica-crista-islamica é um exemplo. Moisés alcançou a ideia de
um Deus que, não sendo mais voluntarioso, estabelecia um contrato, um conjunto de regras a
serem obedecidas pelo seu povo. Abós compreendeu que a relação de Deus com o homem
seria, embora severa, justa (Deus de justiça). Ósseas afirmou que Deus, na sua severidade,
sabia perdoar os erros de seus filhos (Deus de perdão). O Deutério Isaías compreendeu que o
Deus de Israel era o mesmo de toda a humanidade (Deus único). E Jesus traduziu em ações
que todos são iguais perante Deus, e que o amor é a relação básica entre Deus e suas criaturas
(Deus de amor). A visão histórica mostra que vários conceitos de Deus, aceitos em um
determinado período, foram sendo abandonados na medida em que deixaram de atender às
expectativas das pessoas e de seus grupos sociais. Deus foi aos poucos deixando de ser um
deus entre muitos deuses. Deixou de ser o Deus de um só povo, o que comandava os exércitos
e esmagava seus inimigos. Deixou de ser o Deus imprevisível em suas ações, que a todos
castigava. Deixou de ser o Deus que provocava medo e controlava a vida das pessoas. Deixou
de ser o Deus de uma Igreja, refém de concepções doutrinárias e dogmáticas. No
entendimento da espiritualidade, Deus não se relaciona ao mágico, ao místico, ao divinal, ao
sacro, ao infinito, ao absoluto. Deus não é matéria, nem energia. Ele não tem uma forma
definida. Deus não está restrito a uma pessoa, por mais evoluída que seja Deus não está no
céu. Ele está nos seres, mas não se confunde com eles; está nas coisas, mas não se confunde
com elas. Deus não prescreve comportamentos, não determina um conjunto de regras a
serem seguidas. Logo, não há desobediência à sua vontade, não há pecado. Deus não vigia,
não fiscaliza. Ele não pune, não castiga, não determina ou executa sentenças. Para a Bruxaria
natural, Deus não aceita oferendas, sacrifícios ou promessas. Não concede graça, dom ou
favores. Não intercedem não aceitos pedidos, não protege alguém em especial. Deus não atua
através de milagres. Deus não está limitado à humanidade, ao planeta Terra ou à Via Láctea.
Deus abrange todas as coisas, todos os seres vivos, inteligentes ou não, encarnados ou
desencarnados do Universo. Deus se estende pelo Cosmo e o mantém (o Universo organizado
e ordenado) — Deus e Cosmo. Para a Bruxaria natural, o Universo é estruturado, as coisas não
ocorrem ao acaso. Em tudo há causalidade, inteligibilidade, significado, padrão. Deus, para a
Bruxaria Natural, é a Inteligência Suprema. O objetivo do ser é a evolução, a ampliação de sua
consciência através da aquisição de conhecimentos. Ao construir a sua trajetória de vida, o ser
inteligente amplia a sua percepção e compreensão da natureza, das coisas, das pessoas, de si
mesmo, do Cosmo, da estruturação inteligente do Universo e, em consequência, o seu
entendimento de Deus. Deus torna-se evidente na Harmonia de tudo o que existe. Ao se fazer
identidade com o Cosmo, se faz identidade com Deus, pois os seres, as coisas, as relações, a
harmonia do Universo presente em Deus. Dessa forma, Deus é a totalidade. A estruturação
inteligente do Universo é ampla, plural com os seus polos masculino e feminino, variada,
abrangendo o número de consciências do universo. O Livre-Arbítrio é parte fundamental do
Cosmo e as infinitas possibilidades que surgem de seu exercício estão contidas na estruturação
inteligente do Universo. A compreensão que o ser vai tendo do Cosmo é construída
gradativamente e é expressa através de sínteses parciais, limitadas, incompletas. Algumas
dessas sínteses parciais foram chamadas de leis de Deus, e muitas vezes entendidas como uma
prescrição que deveria ser obedecida de forma rígida, como uma ordem direta de Deus que os
homens não deveriam discutir. Com o tempo, no entanto, passou a ser vista como a expressão
de uma compreensão, como uma aproximação do entendimento da estrutura inteligente do
Universo. As chamadas leis não são prescrições, mas entendimentos. A identidade com Deus
não se faz, portanto, pela obediência, mas através de conhecimento, entendimento,
sabedoria, consciência. Todos os seres se relacionam com Deus tal como as criaturas com o
Criador. Na medida em que evoluem, ampliam a sua consciência dessa unidade criatura-
Criadora. Todos os seres criam expressando Deus e nesse sentido pode-se compreender que
Deus está presente em todos os seres (Deus onipresente). Pode-se compreender, também,
que Deus é consciente através da consciência de todos os seres do universo (Deus onisciente).
E, por fim, Deus faz, age, constrói através de suas criaturas. Elas são instrumentos do amor, da
justiça, verdade, da evolução. A estruturação inteligente é operada pelas suas criaturas (Deus
onipotente). Texto derivado da decodificação de allan Kardec descrita no livro dos espíritos
capitulo um.

Mito da Criação Segundo a Bruxaria Natural:

“No Principio só avia o Caos – um vasto e caótico oceano infinito de vazio que não era lugar
algum”. Deste lugar de nada, o Espírito Primordial se formou vendo ele o qual caótico era
aquela energia ele disse faça-se Axé por assim criando o yin e yang e em uma poderosa
explosão de Luiz e vibração, o universo passou a existir. Sua essência era perfeita amor e
confiança. Em seu coração ele continha a presença do Espírito Primordial e não havia nenhuma
parte dele que não fosse divina. Em êxtase, nosso Deus começou a Grande Obra da Criação.
Ele dançou nos céus, seus pés descalços marcando o ritmo de toda a existência, dando
nascimento a todos os padrões de energia enquanto faíscas de luz saíam de seus cabelos e das
pontas de seus dedos. Ele criou as estrelas e os planetas e os convidou a dançar com ele. Logo
depois Deus disse aja vida, criando assim todos os seres da Terra. O poder do Senhor moveu-se
através do cosmo e ele cobriu todo o universo com sua bênção e dádiva, por tanto ele criou os
pássaros, peixes, insetos, répteis, e todos os animais do mundo incluindo o ser humano e os
seres do plano espiritual. Nosso Deus cantou as canções da criação e, quando estes sons
caíram na Terra, as flores, árvores e gramados fincaram raízes no solo fértil da mãe terra. Da
sua luz e sopro vieram as cores do universo, tornando tudo repleto de vibrante beleza. Dos
sons de sua risada vieram os sons das águas das corredeiras, as vibrações suaves dos lagos e o
rugido das ondas dos oceanos. Suas lágrimas de felicidade tornaram-se as chuvas necessárias à
nossa sobrevivência. Nosso Deus era a Presença e a Presença era nosso Deus. A cada ser vivo
Deus deu uma vibração para que ele pudesse se comunicar com o divino e também concedeu
a cada um de nos o Don da inteligência e o instinto de sobrevivência. Deus abençoou os
primeiros humanos com o livre arbítrio. “Nós somos de Deus e Deus esta conosco!” – gritaram
as primeiras pessoas. E o Senhor sorria e respondeu a seus filhos “Somos todos parte de um
todo, somos todo um só.” E com uma teia de luz ele ligou cada ser humano aos demais e
depois ligou a humanidade a os astros criando assim a compreensão de inúmeras constelações
em especial doze que ele plantou as sementes da natureza humana e a chamou de doze
constelações do zodíaco que por sua vez atribuiu funções na regência do cosmo.

 Observação o Que é Axé:


Axé, palavra de origem iorubá, significa poder, energia ou força presente em cada ser
ou em cada coisa existente. O axé pode ser representado por um objeto ou um ser que
será carregado com a energia dos espíritos homenageados em um ritual religioso.
Dentro e fora do contexto religioso, axé é uma saudação utilizada para desejar votos
de felicidade e boas energias.
A Missão de Deus Para Cada Um dos Signos do Zodíaco:

“E uma manhã, o Senhor apareceu diante seus filhos e plantou neles as sementes da vida
humana”. Doze crianças se revezaram para receber suas atribuições e presente.

Para você Áries, eu dou as primeiras sementes, para que você tenha a honra de plantá-las. Por
isso, cada semente que você plantar será transformada em um milhão de novas sementes.
Você não terá tempo para vê-las crescer, pois estará ocupado com mais plantações. Você terá
a honra de ser o primeiro a transmitir minha mensagem às pessoas, mas não é sua função
nutrir a ideia e nem questioná-la. Sua vida é ação, e eu confio em você para contar à
humanidade sobre as criações do Senhor. Pelo seu bom trabalho, eu lhe dou a virtude da
Autoestima.

Para você, Touro, eu dou o poder de transformar a semente em substância. Seu trabalho é um
que exige muita paciência, pois você deve terminar tudo o que foi iniciado, ou as sementes
serão desperdiçadas. Você não deve questionar nem mudar a sua mente no meio do trabalho,
nem depender dos outros pelo que estou pedindo para você fazer. Por isso, dou-lhe o dom da
Força. Use-o com sabedoria.

Para você, Gêmeos, dou as perguntas sem respostas, para que você possa trazer a todos uma
compreensão daquilo que veem ao seu redor. Você nunca saberá por que as pessoas falam ou
escutam, mas na sua busca pela resposta, você encontrará meu presente, o Conhecimento.

Câncer, a você eu atribuo a tarefa de ensinar as pessoas sobre as emoções. Minha ideia para
você é causar risos e lágrimas naqueles ao seu redor, para que tudo o que eles vejam e
pensem desenvolva a plenitude interior. Por isso, dou-lhe o dom da Família. Que sua plenitude
pode se multiplicar.

Leão, sua atribuição é mostrar às pessoas a minha Criação em toda a sua glória. Tenha cuidado
para o orgulho não cegá-lo e lembre-se de uma coisa: a Criação foi feita a partir das minhas
mãos, não das suas. Se você se esquecer disso, você se tornará objeto de desprezo humano.
Esta tarefa lhe dará prazer, mas a leve a sério. Para cumprir sua missão, receba de mim o
presente da Honra.

A você Virgem, peço uma análise de tudo o que a humanidade fez com a minha Criação. Você
deve examinar seus caminhos e lembrá-los de seus erros, para que, através deles, minha
Criação seja aperfeiçoada. Para fazer isso, dou-lhe o dom da Pureza do Pensamento.

Libra, a sua missão é a do serviço, cuide para que os humanos estejam atentos aos seus
deveres uns para com os outros. Eles devem aprender cooperação, bem como a capacidade de
refletir sobre suas ações. Eu o colocarei em todos os lugares em que houver discórdia, e por
conta de todos os esforços que você terá que fazer, eu lhe darei o dom do Amor.

Para você, Escorpião, eu dou uma tarefa muito difícil. Você terá a habilidade de conhecer as
mentes das outras pessoas, mas não permito que fale sobre o que aprendeu. Muitas vezes
você ficará desapontado com o que verá e, na sua dor, você se afastará de Mim e esquecerá
que não sou eu, mas a perversão da Minha Ideia, que está causando sua dor. Você verá tanto
da humanidade que acabará conhecendo-os como animais, e lutará tanto com os instintos
animais em si mesmo que perderá o seu caminho. Mas quando finalmente voltar para Mim,
Escorpião, tenho para você o dom supremo do Propósito.

Sagitário, a você eu peço que leve sorriso para as pessoas, pois, em meio ao seu mal entendido
sobre a Minha Ideia, elas ficarão amargas. Através do riso, você deve dar esperança às pessoas
e, através da esperança, voltarão seus olhos para Mim. Para você Sagitário, dou o dom da
Abundância Infinita, para que possa se espalhar o suficiente para alcançar todos os cantos das
trevas e devolvê-los a Luz.

Para você, Capricórnio, dou a missão de ensinar as pessoas a trabalhar. Sua tarefa não é fácil,
pois você sentirá todo o peso da humanidade em seus ombros; mas você é abençoado com a
Responsabilidade de seus Irmãos e Irmãs, que coloco em suas mãos.

Para você Aquário, dou o conceito de futuro, para que as pessoas possam ver outras
possibilidades. Você terá a dor da solidão, pois não lhe permito personalizar o Meu Amor. Mas,
por abrir os olhos das pessoas para novas possibilidades, dou-lhe o dom da Liberdade. Que, na
sua liberdade, você possa continuar a servir a humanidade onde quer que ela precise.

Para você Peixes, Eu dou a tarefa mais difícil de todas. Peço-lhe que colete todas as dores do
mundo e devolva-as para mim. Suas lágrimas são, em última análise, Minhas lágrimas. A
tristeza que você absorverá é o efeito do mal entendido das pessoas sobre a Minha Ideia, mas
você deve dar-lhes compaixão para tentar novamente. Como realizará a tarefa mais difícil de
todas, dou-lhe o maior presente de todos. Você será o único dos meus doze filhos a me
entender. O dom do Entendimento é para você, Peixes, pois quando você tentar espalhá-lo
para a humanidade, eles não vão ouvir.

E as crianças saíram cada uma delas decidida a fazer o seu melhor para poder receber seu
presente. Mas ninguém entendeu completamente sua missão, e quando eles voltaram
perplexos, Deus disse:

“Cada um de vocês acredita que os outros presentes são melhores. Por isso, eu permitirei que
vocês troquem.” E, por um momento, as crianças ficaram entusiasmadas ao considerarem
todas as possibilidades de suas novas missões. Mas Deus sorriu e disse: “Vocês voltarão a mim
muitas vezes pedindo para serem aliviados de suas missões, e em todas as vezes, eu lhes
concederei seus desejos. Vocês passarão por inúmeras encarnações antes de completarem a
missão original que prescrevi para vocês. Eu lhes darei inúmeras horas para completarem, mas
só quando tudo tiver terminado, vocês poderão estar comigo.”

Texto derivado do livro “Os nódulos lunares”, escrito por Martin Shulman. Esse livro tem como
foco a origem do zodíaco, e como Deus designou uma missão específica para cada signo.

Mensagem de Deus Para Humanidade, Segundo Espinoza:

“Para de ficar rezando e batendo no peito”! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo
e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que
Eu fiz para ti. Para de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e
que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos
lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti. Para de me culpar da tua
vida miserável: Eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua
sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar
teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer. Para
de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler
num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho... Não me
encontrarás em nenhum livro! Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como
fazer meu trabalho? Para de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me
irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor. Para de me pedir perdão. Não há
nada a perdoar. Se Eu te fiz... Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de
sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar se
respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem
te fez? Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos meus filhos que não se
comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso? Esquece
qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular,
para te controlar, que só geram culpa em ti. Respeita teu próximo e não faças o que não
queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de
alerta seja teu guia. Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho,
nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é a única que há aqui e agora, e a
única que precisas. Eu te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há
pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és
absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno. Não te poderia dizer se há
algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Viva como se não o houvesse. Como se
esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há nada,
terás aproveitado da oportunidade que te dei. E se houver, tem certeza que Eu não vou te
perguntar se foste comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste...
Do que mais gostaste? O que aprendeste? Para de crer em mim - crer é supor, adivinhar,
imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me
sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu
cachorro, quando tomas banho no mar. Para de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu
acreditas que Eu seja? Aborrece-me que me louvem. Cansa-me que agradeçam. Tu te sentes
grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo. Sentes-te
olhado, surpreendido?... Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar. Para de complicar
as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu
estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas. Para que precisas de
mais milagres? Para que tantas explicações? Não me procures fora! Não me acharás. Procura-
me dentro de ti... “Aí é que estou.”

Einstein, quando perguntado se acreditava em Deus, respondeu: “Acredito no Deus de


Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe”.

A Prova da Existência de Deus é a Criação do Universo:


Existem diversos argumentos que evidenciam e provam a existência de Deus. Nesse trecho
iremos ver uma breve explicação do que vem a ser o argumento cosmológico e finalizado com
as cinco vias de São Tomás de Aquino sobre a existência de Deus, uma defesa aprimorada do
argumento cosmológico. É costumeiro por parte daqueles que não acreditam em Deus, aceitar
como verdadeiras as premissas que serão posteriormente apresentadas. A dificuldade está em
concluir se a causa do universo tem alguma relação com Deus.

 Primeira premissa; (Tudo o que vem a existir tem uma causa):


A primeira premissa do argumento cosmológico é um fato, pois, não se vê matéria
física surgindo simplesmente do nada ou do acaso. Essa é uma regra universal, uma lei
fundamental da nossa realidade. Tudo o que vem a existir tem uma causa. E como
consequência lógica, toda a causa precede seu efeito em existência, nenhuma causa
pode ser o seu próprio efeito, toda a causa é anterior ao efeito, e diferente do efeito,
por tanto, é impossível algo existir, sem ter tido uma causa primeira. Apesar dos
argumentos, qualquer pode querer tentar – deixando bem claro – afirmar que a
ciência descobriu algo que veio a existir do nada. É necessário salientar algo, por que
se esse qualquer desconhece a causa que trouxe algo a existência, não quer dizer que
este algo não tenha tido uma causa.

 Segunda premissa; (O universo veio a existir):


A ciência atualmente admite que o universo teve um princípio, pois, se diz que o
universo se expande, e como toda coisa que se expande e aumenta de tamanho, em
algum momento do passado essa coisa começou a se expandir. Em algum momento
do passado essa expansão começou e a teoria mais conhecida que explica o princípio
do universo é chamada de Big Bang. Essa teoria foi criada e elaborada pelo Padre
Jesuíta Georges Lemaître, e no meio científico o Big Bang é majoritariamente a teoria
mais aceita. E essa teoria diz que, em algum ponto há 13,7 bilhões de anos atrás houve
uma mega explosão que deu origem ao universo, e desde então o universo vem se
expandindo e se resfriando. Apesar do comentário, o foco não é a explicação da teoria
do Big Bang, mas apenas esclarecer que essa teoria não é ateia. Ela somente tenta
explicar a origem do universo em sua composição física, ao contrário da Bíblia que
salienta apenas que Deus criou o universo. Cabe lembrar que Santo Agostinho,
analisando a criação em seis dias no Gênesis, tem o cuidado de não interpretar dia
como intervalo de 24 horas. O Santo Doutor interpreta dia como sendo luz, e luz dos
anjos testemunhando a criação de Deus. Os seis dias falam de uma ordem na criação,
e não propriamente de uma medida de tempo. Entretanto, o mais importante é que a
ciência concorda com a Bíblia no sentido de que o universo teve um princípio. A única
diferença é que a Bíblia sempre afirmou isso. A ciência apenas aceitou esse fato e nos
mostrou como, possivelmente, foi criado o universo. Com tudo isso informado, sabe-
se que as duas premissas são verdadeiras, pois tudo o que vem a existir tem uma
causa, e o universo teve uma causa. Logo o universo veio a existir. Tanto ateus como
cristãos aceitam essa conclusão como verdadeira. Mas o argumento cosmológico parte
para um ponto que inconscientemente ou até conscientemente indaga: Para o
universo existir precisou de uma causa. O que, ou quem causou a existência do
universo? Ou ainda mais cientificamente falando: O que teria causado a explosão do
Big Bang? Se a resposta esperada pelos ateus for científica ela não existe. A ciência não
sabe a causa pela qual o universo veio a existir. Aqui será explicada apenas a origem
do universo, mas não o porquê do universo ter se originado, o que são duas coisas
distintas. Costumeiramente muitos ateus afirmam, e continuarão afirmando que o
universo veio do nada e pelo nada. O problema dessa afirmação é que isso implicaria
também em afirmar que coisas poderiam surgir simplesmente ao acaso. Ou seja, sem
uma causa. O que seria ilógico cientificamente falando, porque tudo que existe tem
uma causa segundo a ciência. Chamemos o responsável – seja Ele Deus ou qualquer
coisa – pela causa da origem do universo de veritas. É necessário preencher uma lista
de atributos para que Ele seja realmente o causador do universo. Em primeiro lugar, já
que nenhuma causa depende do seu efeito, a causa do universo não depende do
universo, pois se ela causou o universo ela vivia fora do universo, e antes do universo
nós não conseguimos encontrar a causa do universo dentro do próprio universo. Ela
precisa ser Imaterial, já que a causa foi a responsável pela origem de toda a matéria
existente no universo. Conclui-se então que a causa do universo precisa anteceder a
criação da matéria. Ela precisa ser Atemporal, já que ela deu origem ao tempo. Isso
significa que a linha do tempo da humanidade não afeta a causa do universo, já que o
tempo e a matéria só começaram a existir depois da origem do universo. Ou seja, a
causa do universo não está trelada à matéria e nem ao tempo. Ela precisa ser Eterna,
já que um regresso infinito de causas é impossível. Por essa linha de raciocínio a causa
do universo também necessariamente deveria ter existido por toda a eternidade. A
causa do universo também é uma fonte inesgotável de poder, porque, somente uma
causa poderosa poderia ter dado a origem a algo tão grandioso quanto o universo –
coisa que a ciência concorda em dizer. E por último, a causa do universo também é
uma força pessoal, pois ela (a causa) decidiu por vontade própria, dar origem ao
universo. O universo não poderia ter começado sem um estimulo pessoal. O universo
não se faria sozinho sem que uma força exterior decidisse dar origem a ele. Logo,
veritas – a causa do universo – decidiu criar o universo. Temos que, a causa do
universo é imaterial, atemporal, eterna, poderosa e pessoal. Sabe-se quem ou o que
possui esses atributos? A bíblia diz: “Deus é espírito” (Jo 4:24) portanto imaterial;
“Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em
que não há mudança nem sombra de variação” (Tiago 1:17), portanto atemporal;
“Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de
Eternidade a Eternidade, Tu és Deus” (Salmo 90:2) que mostra, que Deus é Eterno; “Eu
sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de
vir, o Todo-Poderoso” (Apocalipse 1:8); portanto, Deus é Poderoso; “O nosso Deus
está nos céus, e pode fazer tudo o que Lhe agrada” (Salmo 115:3), portanto pessoal. É
inevitável acreditar que a Causa eficiente do universo não seja Deus. Os ateus taxam
os que acreditam em Deus de irracionais, de ilógicos, de loucos, de cegos
simplesmente por acreditarem que Deus foi o Criador do universo. Mas se ser ateu é
acreditar que o universo veio do nada, pelo nada e para o nada, é necessário repensar
alguns conceitos de ciência básica.
As cinco vias de Santo Tomás de Aquino:

1. Primeiro Motor imóvel


A primeira via que prova a existência de Deus, Santo Tomás de Aquino chamou de
motor imóvel:

1) Supõe-se que o universo todo está em movimento;


2) O movimento é um efeito de algo, devendo ter uma causa anterior, para o
corpo entrar em movimento;
3) Nenhum corpo se move sozinho, e se a história – colocada aqui para dizer no
sentido temporal e atemporal – fosse retrocedida sem parar ad infinitum (que
não tem fim), todo o corpo haveria sido movido por outro e nunca seria
encontrado um princípio. Portanto e inevitavelmente deve haver um primeiro
motor (motor imóvel) que proporcionou o movimento pela primeira vez sem
ter sido movido por algo.

2. Primeira causa eficiente


A segunda via que prova a existência de Deus, Santo Tomás de Aquino, chamou de
primeira causa eficiente. Essa via está relacionada com a primeira, porque ela
justamente é o efeito desse motor imóvel. Sempre existirá essa ordenação: causa e
efeito para todas as coisas. Se há essa ordenação, não existe efeito sem causa. E se a
história fosse contextualizada naquele retrocesso ad infinitum, nunca se chegaria a
uma primeira causa para todos os efeitos. Ou seja, nunca existiria uma causa primeira.
Com isso, supõe-se que houve alguma causa que foi o início de tudo – o marco zero -,
e que não se necessitou de uma causa anterior para ser gerada, pois a causa primeira
não foi efeito de uma causa anterior, ela foi a primeira de todas as causas. Ou seja, ela
nunca foi gerada, ela sempre esteve presente. Conclui-se que ela foi a primeira causa
eficiente que desencadeou todos os efeitos subsequentes; tudo o que veio depois.

3. Ser necessário e seres possíveis


Tudo o que existe, um dia não existiu – exceto Deus. Para facilitar a compreensão,
pode-se pensar que, “hoje eu existo, mas um dia eu não existi”. Há dois movimentos:
não ser e ser, ou seja, o primeiro movimento é de não existir e o segundo movimento
é de passar a existir, que é um movimento progressivo. E novamente, se a história
fosse retrocedida se chegaria ao não ser. Santo Tomás argumenta que se tudo o que
hoje é, um dia não foi. E se nesse nada a história para o raciocínio é errado, porque é
impossível algo partir do nada, do absolutamente vazio. Não tem sentido se afirmar
que as coisas existem porque vieram do vazio. Por essa ideia o “Doutor Angélico”,
coloca que há uma necessidade, ou seja, há um primeiro Ser necessário que vai dar
origem a todos os seres possíveis.

4. Graus de perfeição
Nas três primeiras vias de Santo Tomás de Aquino, do motor imóvel, da primeira causa
eficiente e do ser necessário e do ser possível, faz-se uma conexão direita e
justamente com a figura de Deus. Para Santo Tomás de Aquino, o motor imóvel é
Deus, a primeira causa eficiente é Deus e o Ser necessário é Deus. Por isso, a quarta via
se chama “Grau de perfeição”. Esta via não evidenciará a mudança, a atividade, a
geração ou corrupção, mas a limitação com que certas perfeições existem nos vários
seres. Em outras palavras, os graus de bem que residem nas criaturas. Observa-se nos
seres, alguns poucos que são mais ou menos bons, verdadeiros e nobres que outros.
Assim, ninguém duvida que o homem é mais perfeito que o animal; o animal mais que
o vegetal; e este mais que o mineral. O mesmo deve-se dizer da bondade, da verdade,
da nobreza e das outras perfeições semelhantes, as quais se encontram em todos os
seres segundo uma diversidade de graus – em virtude da qual alguns seres são mais
perfeitos que outros. Ora, mais e menos se dizem de coisas diversas conforme elas se
aproximam diferentemente daquilo que é em si o máximo. Em outras palavras, “mais
ou menos” não diz respeito às coisas em si, mas sim no tanto em que elas se
aproximam em graus diversos do que é em grau máximo. Por exemplo, algo se torna
mais frio quando se aproxima do frio em grau máximo. Desta forma há algo que é em
grau supremo o bem, a verdade, a nobreza e, por sua vez, o grau máximo do ser.
Assim, o que é o grau máximo do gênero é causa e medida de todo esse gênero: O
gelo que é grau máximo de frio é causa e medida de todo frio. Da existência destas
perfeições limitadas e graduadas deduz-se a existência de um ser perfeitíssimo. Ser
sublime no qual residem todas as perfeições em seu grau sumo. João Ameal conclui
que, “Há, então, um ser soberanamente belo, soberanamente bom, soberanamente
perfeito. Mas aquilo que é soberano, supremo em algum gênero, é causa de todos os
seres do mesmo gênero”. Já Santo Agostinho se refere aos antigos filósofos por terem
visto que em todas as coisas mutáveis o modo pelo qual um ser é o que é, só lhe virá
do ser verdadeiro e imutável por essência: “Compreenderam, além disso, que em todo
ser que muda toda forma que o faz ser o que é, qualquer que seja sua natureza e os
seus modos, não pode ela mesma existir senão por Aquele que é verdadeiramente
porque é imutavelmente. É daí que, quer seja o corpo do mundo inteiro, a sua
estrutura, as suas propriedades, o seu movimento regular, os seus movimentos
escalonados do céu à terra e todos os corpos que ele encerra; quer seja toda a vida: a
que sustenta e mantém o ser, como nas árvores; a que, além disso, possui
sensibilidade, como nos animais; a que acrescenta a tudo isto a inteligência, como nos
homens; ou a que, sem necessidade de mantimentos, se mantém, goza de
sentimentos e de inteligência como nos anjos, não pode manter o seu ser senão
d’Aquele que simplesmente é”. Por esta razão, Santo Tomás ao explicar que “se
alguém indo a uma casa e desde a porta fosse sentindo calor e cada vez que mais nela
penetrasse mais calor sentisse, evidentemente perceberia que havia fogo no seu
interior, mesmo que não estivesse vendo o fogo. Acontece o mesmo conosco ao
considerar as coisas deste mundo. Todas as coisas estão ordenadas conforme diversos
graus de beleza e de nobreza, e quanto mais estão próximas de Deus, tanto melhores
e mais belas são. Ora, os astros são mais nobres e mais belos que os corpos inferiores;
as coisas invisíveis, que as visíveis”. Deste modo a quarta via, para achar a razão
suficiente das perfeições existentes no mundo, nos conduz necessariamente à
existência real de um Ser perfeito, único e simples, o qual é evidentemente distinto
dos seres do universo: Deus. Ou seja, a teleologia (fim inteligente) presente em todo o
universo reclama a necessidade de Deus. “Vemos que algumas coisas, como os corpos
naturais, carentes de conhecimento, operam em vista de um fim; o que se conclui de
operarem sempre ou freqüentemente do mesmo modo, para conseguirem o que é
ótimo; donde resulta que chegam ao fim, não pelo acaso, mas pela intenção. Mas,
assim como a seta é dirigida pelo arqueiro, os seres sem conhecimento não tendem ao
fim sem serem dirigidos por um ente conhecedor e inteligente. Logo, há um ser
inteligente, pelo qual todas as coisas naturais se ordenam ao fim, e a que chamamos
Deus.”

5. Ordem do Universo
Se for considerado a ordem existente no universo, desde os componentes
microscópicos existentes numa planta até os gigantescos astros do firmamento; a
harmonia, a atividade e relação entre eles, facilmente chegamos à seguinte conclusão:
houve uma Inteligência que criou e ordenou tudo isto, caso contrário seria absurdo
dizer que isto é fruto do acaso. “De fato, apenas a inteligência pode ser razão da
ordem, quer dizer, da organização dos meios em vista de um fim, ou dos elementos
em vista do todo que eles compõem: os corpos ignoram os fins e, por conseguinte, se
os corpos ou os elementos conspiram em conjunto, é necessário que sua organização
tenha sido obra de uma inteligência”. Os seres que carecem de conhecimento não
podem rumar aos seus respectivos fins sem que haja um ser que conheça tais fins.
Assim, uma flecha não pode atingir o alvo sem o arqueiro que a dispare. O
reverendíssimo frade Garrigou- Lagrange explica algo semelhante e que tende a traçar
a mesma linha: “Os seres privados de razão não tendem a um fim se não são guiados
por uma inteligência, como a flecha pelo arqueiro. Com efeito, uma coisa não pode
estar ordenada à outra senão por uma causa ordenadora, que necessariamente deve
ser inteligente, ‘sapientis est ordinare’. Por quê? Porque só a inteligência conhece a
razão de ser das coisas”. Que inteligência ordena o universo? Obviamente há de ser
diferente dos seres da natureza, porque os minerais e vegetais são desprovidos da
ciência das coisas e os animais não possuem intelecto. Deve ser também diferente da
inteligência humana, que apesar de perceber e explicar, a ordem que existe, não a
cria. Tem que ser, pois, a suma inteligência, dado que a ordem do universo supõe um
ser que possua a ciência de todos os seres e suas propriedades. Por isso conclui
Garrigou-Lagrange: “Os animais conhecem sensivelmente o objeto que constitui seu
fim, mas neste objeto não percebem a razão formal do fim. Por conseguinte, se não
houvesse uma inteligência ordenadora, que governasse o mundo, a ordem e a
inteligibilidade, que há no universo e que as ciências descobrem, proviria da
inteligibilidade, e ainda mais, nossas próprias inteligências proviriam de uma causa
cega e ininteligível; uma vez mais, o mais sairia do menos, o que é absurdo”. É
indispensável se afirmar que a Inteligência Criadora e Ordenadora do universo é
Infinita e Divina. Um ser natural, na sua criação não é precedido por nada e suas
propriedades e capacidades provêm de sua própria essência. Daí a ordem interna de
cada ser e, por consequência, das relações destas essências entre si, resulta a ordem
externa do universo. Sendo a causa total de toda ordem, o Autor destas essências
deve ser também Criador. Portanto a Inteligência ordenadora é também Criadora.
Ademais, esta inteligência não pode ter sido criada, porque seria como qualquer outro
ser existente e não ordenaria, mas seria ordenada por outra inteligência. Por fim, a
Inteligência ordenadora deve ser também por si subsistente e infinita. A este ser
Criador, Subsistente por si e Infinito, chamamos: Deus.
Xamanismo e os Animais de
Poder

Os Animais no Xamanismo:

É do estudo do xamanismo que podemos aprender muito sobre as interações mentais entre
homens e animais. Seres espirituais sejam na forma de santos, anjos, ancestrais ou animais
totêmicos compõem o repertório de nossos mitos antigos nas diversas escrituras. Quando as
crenças são universais, devemos dar algum crédito a elas. O estudo dos totens animais é muito
importante para a compreensão de como o reino espiritual se manifesta na vida natural.
O conceito de medicina que empregamos, quando se refere à medicina da águia ou poderes
medicinais do urso, e etc. se referem aos quatro corpos: o emocional, o físico, o mental e o
espiritual. O termo medicina é empregado para o poder pessoal, dádivas de sabedoria, força
física, clareza espiritual, talentos. É um modo de vida consciente através da relação de cura,
com nossa Mãe Terra e suas crianças, nossos familiares, amigos, plantas, pedras e as pequenas
criaturas. É trilhar o caminho da vida em harmonia, amor, equilíbrio com a Terra e o Universo.
Tudo que afeta o equilíbrio, afeta uma medicina. As relações entre o xamã e os animais são de
natureza espiritual, e de uma intensidade mística tal que se torna difícil para a mentalidade
moderna, cética, imaginá-la. A relação era tão íntima que os xamãs achavam possível tornar-se
um animal. Ao se tornar um animal mítico, o homem transformava-se em algo maior e mais
forte do que ele próprio. O pensamento xamânico diz que existe uma mente grupal, e um
animal arquetípico ou mestre para cada espécie. Os espíritos animais estão seguros numa
espécie de consciência coletiva e sabedoria de suas espécies. Em consequência, espíritos
animais são excelentes professores, guias, auxiliares da humanidade. Muitos rituais do passado
usavam animais. Em algumas sociedades antigas o sangue foi um meio de liberar energia
psíquica. Esse foi o único caminho que sabiam. Hoje temos desenvolvido a energia psíquica
humana que é vital e forte, sem precisarmos do sacrifício animal. Expandimos a nossa
consciência, nossa criatividade, de uma maneira que é melhor para toda a vida que nos cerca.
As cerimônias efetivas se harmonizam com as tradições antigas e com os estiquimas modernos.
Constrói-se sobre o velho e soma-se criativamente. Os xamãs tem ao menos um animal de
poder, que age como espírito guardião e como intermediário para acessar outras realidades.
Nas viagens xamânicas ele assume os talentos de seu animal e vê de maneira diferente. Os
animais protegem os xamãs em trabalhos perigosos e são fontes de conhecimento. Os animais
no xamanismo são também, classificados segundo os quatro elementos (esta divisão e
chamada de clãs elementares):

 Répteis, Insetos Terrestres = Elemento Terra.

 Mamíferos = Elemento Fogo.

 Pássaros, Insetos Voadores = Elemento Ar.

 Criaturas Aquáticas, Anfíbios = Elemento Água.

Os animais da água são frequentemente, os guardiões de nossos sonhos, guardam


conhecimentos e facilitam projeções astrais. Os anfíbios nos ensinam a refletir para
aprendermos a usar as emoções (água) construtivamente (terra). O reino dos pássaros é o ar
que interliga O espiritual com a Terra. São os pássaros que se movem entre ambos. Fazem o
caminho entre a espiritualidade e a matéria. O ar em movimento é o vento que simboliza o
movimento e a capacidade de voar nas asas da inspiração, intuição e criatividade. Os insetos
reúnem habilidades para voar, espalhar, a adaptabilidade, a armadura, a reprodução,
organização, fertilização, etc. A aranha entre os nativos americanos é ao mesmo tempo Avó e
Criadora, que criam novas energias dentro da existência. Os répteis são os guardiões dos
registros da Terra, ensinam a capacidade de sobrevivência.

Algumas versões da Roda Medicinal (Hemisfério Sul) trazem o seguinte:

PONTOS CARDEAIS CLÃS ELEMENTARES OS QUATROS PORTAIS


CORPOS

Norte Terra Físico Introspecção

Sul Fogo Espiritual Iluminação e


Claridade
Leste Ar Mental Sabedoria

Oeste Água Emocional Fé

Os povos nativos americanos têm acreditado que os clãs elementares dos animais de poder têm
grandes habilidade mágicas que eles compartilham conosco, e nós temos a sabedoria para
receber os ensinamentos dos povos antigos. O antropólogo Michael Harner, em seu livro: “The
Way of The Shaman”; descreve que quando uma pessoa está doente ela fica desanimada, ou
seja, ela perdeu sua força animal, está deprimida, fraca e predisposta a adoecer. Os povos
xamânicos chamam a energia dos animais honrando-os. Nós também podemos tirar proveito
desses poderes, em todo o conjunto do seu clã, por um processo chamado invocação.
Invocação pode ser entendida como um tipo de prece, um caminho para chamar o espírito de
certos animais, até nós. Quando nós os invocamos, nós estamos literalmente convidando um
espírito animal para viver perto de nós, então podemos compartilhar de seu poder medicinal.
Ao invocar um espírito animal, estamos rezando para o conjunto das espécies daquele
animal. Quando nós invocamos algum animal, chamamos a sabedoria do conjunto das espécies.
O simples fato de procurar deliberadamente o seu poder e de incluí-lo em nossa vida pode
transformar completamente a nossa maneira de viver. Você não estará chamando espíritos de
animais mortos ou vivos, não deve procurar o seu animal de poder fora de você, ele está no
seu interior. Ao invocarmos a Águia, invocamos o poder, conhecimento e experiência de todas
as águias, da alma coletiva, da essência espiritual do animal que vive na Terra, e no Mundo
Espiritual. Devemos estudá-los atentamente para aprender mais coisas a respeito de si próprias.
Quando interagimos com os animais, nós aprendemos a vê-los e todas as esferas da natureza.
Tomamos um novo caminho em nossa jornada existencial. Nós chegamos para apreciar e
reverenciar a sabedoria e poder, inerentes a todos os seres da natureza. Temas-nos
desenvolvido na ciência, tecnologia e habilidade analítica, mas os espíritos animais têm outros
poderes que, em alguns caminhos, vão além de todos os nossos próprios. Nós podemos receber
a sua orientação e sermos curados por sua medicina, por invocar seus poderes até nós.
Podemos usar os totens animais para aprender sobre nós mesmos e sobre mundos invisíveis.
Há uma força arquetípica que se manifesta através dessas criaturas. Esses arquétipos têm suas
próprias qualidades e características refletidas pelos comportamentos e hábitos dos animais.
Um xamã pode ter vários animais de poder como auxiliares, para objetivos específicos. Você
poderá trabalhar com outros animais, e os descobrirá à medida que for desenvolvendo
habilidades xamânicas, mas seu animal principal continuará sempre sendo o mais importante
para você. Observação (alguns xamãs não aconselham revelar o seu animal de poder para
outras pessoas, outros falam publicamente, o certo nesse caso é que cada um ouça a sua voz
interior, e que tenha uma clara e boa intenção ao revelar). Quando encontrar seu animal, você
saberá, ou então ele se comunicará com você de alguma maneira. Se quiser poderá falar com
ele. Ao voltar da viagem ele o acompanhará através do túnel, de forma que a energia dele
estará ao seu lado, o tempo todo, pronta para ser usada quando você quiser. (Extraído do livro
O Espírito Animal. Escrito por Léo Artese).
Animais de Poder na Cultura Nativa Brasileira:
Na mitologia nativa brasileira, bem como na arte, encontramos o desenrolar místico da relação
ser humano e o mundo animal. As tradições Américo-indígenas estão impregnadas de uma
essência mítica trazendo até nós feitos de guerreiros, caçadores, tribos, curandeiros e suas
relações com Deus, seres encantados, espíritos ancestrais e animais de poder. Através das
lendas podemos garimpar esses siguinificados, trazendo á tona as jornadas criativas dos
habitantes nativos do norte ao sul do Brasil. Essas jornadas trazem em seu cerne elementos que
podem auxiliar-nos hoje na busca da compreensão do ser humano na sua totalidade, no nosso
autoconhecimento, através da sua relação com os animais de poder e sua visão mágica de
mundo. Associando aos animais de poder certas manifestações divinas, encontramos nas
tradições dos povos do tronco linguístico Tupi-Guarani, o Grande Espírito Primordial, Ñamandu,
manifestando-se na forma de um colibri, capaz de ver a totalidade a partir do sutil mundo
espiritual. A coruja também foi outra forma de sua manifestação. Como Coruja, o Pai-Mãe
Criador da Noite Cósmica Criou a Sabedoria. Ainda, dentro do mito da criação do tronco
linguístico Tupi-Guarani, há uma relação entre a serpente, eixo que rege a vida, e a coluna
vertebral humana, sustento do corpo material e espiritual, a que os hindus chamam kundalini.
Os antepassados da tribo dos Panará, chamados de “os de antes” (suankyara), são uma
combinação de ser humano e animal. São eles os responsáveis por darem nomes ás coisas e aos
homens. Para os Yanomami da Amazônia Venezuelana, todo ser humano tem como seu duplo
anímico um animal de poder, chamado de “duplo animal”. Os animais também podem ser
espíritos de ancestrais, que vivem na floresta e que assumirão essa forma por terem
comportamentos descontrolados ou fora de alguma regra social. O folclore brasileiro ainda traz
inúmeras descrições de animais com poderes peculiares, humanos com poder de assumir
formas de animais com poderes peculiares, humanos com poder de assumir formas animais,
amuletos, danças que imitam seus movimentos e sons. Temos o boto, o uirapuru, a sereia, o
muiraquitã, a cobra grande, o boitatá, enfim, um grande universo místico e mágico a ser
explorado além das fronteiras históricas e antropológicas. Conectar com um animal de poder
através de sua sabedoria de sobrevivência, comportamento e maestria é conectar com nossa
própria essência e com as qualidades instintivas que o ser humano tem como parte da
Natureza. Compreender a essência dessas criaturas é ativar nossa própria cura e conectarmos
com o espiritual primordial. A essência dessas criaturas ativar nossa própria cura medicinal e
liga nos ao plano espiritual através de suas manifestações. A associação do ser humano com o
poder animal totêmico faz conhecer seu lado inconsciente. Texto derivado dos ensinamentos
de Tatiana Menkaiká.

 Observação o Que é Kundalini:

A Kundalini sempre foi o maior e mais bem guardado segredo de todos os tempos. Um
privilégio apenas de uns poucos Iniciados nos mistérios maiores do ocultismo e do
esoterismo. Ela está localizada no primeiro Chakra chamado Muladhara/Raiz/Básico
que significa ‘raiz suporte’ e está situado na base da espinha dorsal, mais exatamente
entre o órgão genital e o ânus. Na época da Lemúria e da Atlântida, o homem era muito
mais avançado e tinha os sentidos plenamente desenvolvidos. Com o passar do tempo,
com a involução destas duas raças, está força extraordinária chamada Kundalini foi se
comprimindo em um único ponto no primeiro Chakra. Desde o início dos tempos a
Serpente, tem sido um símbolo sexual, e é justamente por isto que a Kundalini é
representada por uma Serpente e está intimamente relacionada com a energia sexual.
Essa energia tem o poder de elevar o Ser aos planos superiores ou aprisioná-lo nas
vibrações mais densas. Por isso a energia sexual é tão delicada! Conforme a Kundalini
vai subindo pelos Chakras, a glândula Pineal vai despertando de seu milenar
adormecimento, e o homem vai recuperando os seus Sidhis, que são poderes
extrasensoriais tais como a telepatia que é a comunicação de pensamentos,
clarividência que é a visão do que acontece à distância, desdobramento astral que é a
saída consciente dos corpos invisíveis para fora do corpo físico. O dom de curar com as
mãos etc… A Kundalini também desperta a ciências Jinas que é o extraordinário e
maravilhoso ato de penetrar com o corpo físico em outras dimensões do Universo e
desvendar os mistérios da vida e da morte. A liberação da Kundalini começa no
primeiro Chakra e vai subindo um a um, até atingir o sétimo. Quando isto acontece, a
pessoa se transforma e o processo de iluminação avança! Obviamente que isso não
acontece sem um comprometimento daqueles que querem despertá-la, se
comprometendo dia a dia com seu processo espiritual e se dedicando à meditação e
práticas do despertar da evolução dessa energia essencial pra elevação da consciência
em nosso planeta.

O Que é Um Animal Totem:


O “animal totem” é uma representação simbólica do seu guia animal; um emblema ou
qualquer outra coisa que simbolize seu guia animal. Um totem pode ser único para toda uma
tribo, clã ou família – ou apenas um indivíduo. No entanto, “animal totem” também significa
“guia animal”. Xamãs de todo o mundo vêm confiando na orientação e sabedoria dos animais
espirituais por milhares de anos. Totens têm sido usados nas práticas xamanísticas desde o
princípio da história humana, é uma das formas mais antigas de magia no mundo. Os caçadores
pintavam a forma de suas presas nas paredes durante as cerimônias para abençoar a próxima
caça com boa sorte, e para reconhecer, abençoar e agradecer o espírito do animal – que foi
sacrificado pelo bem da tribo –, e até mesmo pedir sua ajuda no mundo espiritual. Muitas tribos
antigas reverenciavam certos animais por suas características particulares. Os animais estão
profundamente enraizados em todas as religiões antigas e frequentemente eram deificados
como exemplo podemos sita o panteão egípcio. Em termos simples, seu guia animal instrui,
protege e ensina importantes lições à medida que você navega em sua vida espiritual e física.
Eles também nos ajudam a nos reconectar com as raízes da Terra, lembrando-nos de que tudo
está interconectado e de que todos fazem parte do mesmo ciclo de vida – esse conhecimento é
a verdade mais importante e poderosa que podemos ter. Trabalhar com animais totens é uma
forma de medicina na tradição indígena nativa americana. Animais que te chamam de um modo
particular estão chamando você no caminho do poder. Eles carregam remédios especiais para
você e, uma vez que você comece a aprender sobre eles, podem chamar-lhe através de seus
sonhos. Ao aprender a invocar o remédio de qualquer pessoa, criatura ou força natural, deve-se
manter uma atitude de reverência e estar disposto a aceitar ajuda.

 Observação o Que é Totem:


Totem é uma palavra derivada de "odoodem" que significa "marca da família", na
linguagem indígena Ojibwe dos índios da América do Norte. Os totens são vistos como
talismã, Em algumas tribos, o totem pode ser simbolizado por um do brasão do grupo,
utilizado em diversos objetos como identidade do clã à qual pertence. Um totem
poderia ser um animal, planta, objeto ou fenômeno considerado sagrado por uma
determinada sociedade. Consiste em um símbolo familiar com poderes sobrenaturais
e com características protetoras. Os totens eram rodeados por uma aura de magia.
Nos Estados Unidos, o totem é visto como um espírito protetor da pessoa em questão.

 Observação o Que é Totemismo:


O totemismo é uma crença que utiliza o totem como elemento espiritual de crença
onde existe uma relação próxima e misteriosa entre um ser humano e um ser natural.
Esse relacionamento tem como fundamento uma origem em comum entre os dois
seres. Esta visão espiritual é muitas vezes associada ao xamanismo por ser também
uma filosofia de vida indígena. O totemismo surgiu em comunidades de caçadores,
principalmente nos Estados Unidos, no Sul da Ásia, Áustralia, Nova Guiné, República
Democrática do Congo e Sudão.

Qual é a Diferença Entre Um Animal Totem e Um Familiar de Bruxa:


A maioria das pessoas já viu e reconhece a imagem popular de uma bruxa e seu gato preto.
Um familiar é um animal que vive fisicamente com uma bruxa e a ajuda em seus trabalhos
mágicos. Tradicionalmente, as bruxas trabalham principalmente com gatos, mas um familiar
poderia ser qualquer animal que viva com ela – um cachorro, coelho, cavalo, cobra, pássaro e
etc. Um familiar representa todas as boas qualidades daquele animal e está sintonizado
energeticamente com a bruxa. Ele fornece à bruxa um elo com o reino animal e a essência de
seu poder. O familiar de uma bruxa pode ou não ser também um dos seus totens animais, da
mesma forma que seu totem animal pode ou não se juntar a ela na forma física.

Somos Descendentes de Animais:

Diz-se que certo número de tribos ou clãs descenderam de animais, tais como o “povo dos
gatos” na Escócia e as “tribos do lobo”, assim como os “cabeças de cão”, na Irlanda. Também
se diz que algumas famílias tinham antepassados animais. A foca, por exemplo, eram o
antepassado original de pelo menos seis famílias na Escócia e na Irlanda. A maior parte das
tribos tinha os seus animais totêmicos, claramente demonstrados nos seus nomes, como os
Caerini e os Lugi em Sutherland (“Povo das Ovelhas” e “Povo dos Corvos”), os Epidii de Kintyre
(“Povo dos Cavalos”), os Tochrad (“Povo dos Javalis”), os Taurisci ( “Povo dos Touros” ) e os
Brannovices (“Povo dos Corvos”). As famílias também tinham animais totêmicos, visíveis nos
seus nomes, nos seus brasões ou nas suas tradições familiares. Todos conhecemos
sobrenomes ingleses que são claramente nomes de animais, tal como Fox (“Raposa”), e a
maior parte de nós conhece o animal que está relacionado com os nomes de origem clássica,
tal como Philip, oriundo do grego e que significa “amante de cavalos”. Porém, muitos nomes
em gaélico vêm diretamente do reino animal e tentamos mencionar tantos quanto possível
referencias ao Capítulo do livro “D’o Oráculo Animal dos Druidas”. Aprender que nomes como
“Filho de Raposa” ou “Pequeno Lobo” eram comuns na tradição nativa britânica faz-nos sentir
mais próximos dos nossos irmãos e irmãs da tradição nativa americana.

Os Animais de Poder:

Desde a antiguidade, segundo registros, existem rituais onde os homens e animais se faziam
presentes. Hoje os encontramos em nosso dia a dia na astrologia, na alquimia, nos oráculos,
etc. Cada animal traz uma essência espiritual e, através dela, cada um com seu próprio modo
ou estilo de vida, com sua própria medicina, nos leva a crescer e transmite-nos a sua
sabedoria. A relação entre homem e animal é puramente espiritual, pois nosso instinto animal
é mais forte e menos racional por serem manifestações dos poderes arquétipos do ser
humano. Fortificam a força física e mental, aumentando a disposição e o conhecimento,
auxiliando ainda no diagnóstico de doenças e na realização de desafios. Cada animal possui
uma essência, e assim cada um possui sua própria medicina e sabedoria.

Lista de Animais de Poder: (Texto derivado dos ensinamentos de Vitor Hugo França e Tatiana
Mankaiká).

01. Abelha (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da comunicação e organização. Trabalho intenso e com harmonia, néctar da vida.


Fortalece e harmoniza grupos. Evoque esta medicina quando você precisar colocar suas ideias
e opiniões. É preciso colocar mais as coisas do espírito em equilíbrio com a sua organização.

02. Águia (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da clareza mental. A iluminação, a visão ampla, invocada para poderes


xamânicos, coragem, elevação do espírito a grandes alturas. A águia nos ajuda a ver a vida
num contexto mais amplo, permitindo-nos tomar decisões e definir metas com clareza e
objetividade, ver além. Para os xamãs, a águia é sempre um aviso de iniciação, limpeza mental,
a luz que vem com o nascer do Sol.

03. Alce (Clã do Fogo). (Silvestre).


É a medicina da autoestima e da resistência. Evocar esta energia para estabelecer prioridades,
autoconfiança, interação com as pessoas e habilidades para gerenciar e delegar.

04. Antílope (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da ação com cautela e inteligência. Sabedoria para saber a hora de agir ou
aquietar-se. Podemos evocar o antílope para sentir esses estados.

05. Aranha (Clã da Terra). (Silvestre).

É a medicina da criação dos seus sonhos. Traz a mensagem de que você é um ser infinito que
continuará a tecer os caminhos da sua vida, de acordo com seu livre arbítrio. Evocar esta
medicina para inspirar sua criatividade e o tecer dos seus sonhos até se tornarem realidade.
Para obter independência e coragem, para rompermos com armadilhas que criamos, sejam
espirituais ou emocionais. Esta é a avó aranha.

06. Baleia (Clã da Água). (Silvestre).

É a medicina dos registros e da sabedoria ancestral. Os registros antigos da mãe-terra. Acesse


o seu subconsciente para explorar sua história. Evocar essa energia também para aliviar suas
tensões e preservar o seu corpo físico. Conexão com a mente universal.

07. Beija-Flor (Clã do Ar). (Silvestre).

Ele é o mensageiro da cura. O beija-flor nos estimula a encontrar a doçura e a alegria de cada
situação. Traz suavidade para amenizar os conflitos emocionais. Evocar para a felicidade, para
a boa sorte e beleza. Para alguns Nativos Brasileiros ele representa a Presença de Deus, o
Criador de todas as coisas.

08. Boi (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina da independência. Lute honestamente pelo que é seu e assim sinta melhor o
sabor das suas conquistas. O boi alerta que você deve parar com teimosias. Precisa
movimentar seu corpo. Não espere que os outros façam tudo por você. Durma menos,
movimente-se e medite. Tenha mais Flexibilidade.

09. Borboleta (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da transformação. Inspira-nos a transformar momentos difíceis em crescimento e


evolução. Evocar esta medicina para obtermos ajuda em nosso desenvolvimento interno e
externo para novas etapas da nossa vida. Viva cada momento da sua vida ciente do ciclo de
autotransformação.
10. Búfalo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da espiritualidade, sabedoria ancestral. Evocar nas orações para que as preces
sejam atendidas. Trabalha nossa paz interior e desapego. Para os índios norte-americanos o
búfalo é considerado o animal sagrado, símbolo de abundância. Conexão com o Criador.

11. Bode (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina da determinação para ir em frente. Vença os obstáculos, vença as dificuldades e


continue no seu caminho em direção à luz, ao seu eu superior. Evocar esta energia para nutrir-
se de bom humor e superação.

12. Cachorro (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina da lealdade, do amor incondicional. Você está sendo leal a você mesmo, aos seus
ideais e aos seus valores? Evocar para proteção e nas tomadas de decisões.

13. Camelo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da tolerância. Quebre a sua auto-resistência e sinta-se mais vivo. Evocar para
obter paciência e administrar recursos.

14. Canguru (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a Medicina da força e proteção maternal e da coragem. Evocar quando sentir-se fragilizado,


quando sua criança interior precisar de segurança e de estabilidade. Adaptar-se a novas
situações e saltar longe de confusões.

15. Capivara (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da fecundidade e da maternidade. Pode ser evocada para habilidades aquáticas.


Trabalho em equipe.

16. Carneiro (Clã do Fogo). (Domestico).


É a medicina da confiança e da atenção. Caminhe mais atenta (o). Evoque essa energia para
ter mais pureza, mansidão e deixe o carneiro levar você ao encontro dos seus sonhos.

17. Castor (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do construtor e realizador do reino animal. Ele nos ensina a grande lição do fazer.
Traz também um forte senso de família e de lar. Com o castor aprendemos a construir nossa
vida com segurança, alegria e estratégia. Evocar quando precisa de alternativas. Na construção
do seu lar, o castor sempre deixa para si muitas rotas alternativas de fuga. Na prática, é uma
lição para todos nós, para não ficarmos num beco sem saída. Sempre existe uma saída na vida.
Utilize novos canais de pensamento. Com a energia deste animal as mulheres desenvolvem um
lado mais forte e o homem um lado mais doce.

18. Cavalo (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina do poder pessoal, das Jornadas Xamânicas e do dom da clarividência. Evocar


para a liberdade de espírito, para aumentar seu poder interior. Ajuda-nos a tornar-nos
independentes. Está ligado a projeção astral e nos ensina a compartilhar nosso conhecimento
no caminho da beleza.

19. Cisne (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da intuição, da graça e da beleza. Evocar para navegar suavemente em sua


consciência, desenvolvendo sua intuição ou premonição.

20. Cobra (Clã da Terra). (Silvestre).

É a medicina da transmutação. É símbolo de cura e sensualidade. Está associada ao


renascimento. A cobra sabe que terá que trocar de pele e deixar de lado velhos hábitos. Evocar
a medicina da cobra para nos adaptarmos às mudanças da vida, para nossa regeneração e
elevação espiritual.

21. Coelho (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina da fertilidade e do crescimento. É considerado pelos povos indígenas o símbolo


do sustento. Evocar para abundância, crescimento e prosperidade. O coelho nos ensina a
tomarmos mais cuidado.

22. Coiote (Clã do Fogo). (Silvestre).


É a medicina do bom humor, do otimismo e da malícia. Simboliza a capacidade de você não se
afastar da alegria da vida. Evocar para obter sucesso, quando precisar sair de algum problema.
Ele nos anima a renovar a nossa inocência para que possamos rir mais na sagrada irreverência
da vida.

23. Condor (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina de alçar vôos, com os atributos da águia. Representa o mundo superior. Voe para
mais longe, saia da rotina. Dê um passo a mais.

24. Coruja (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina das habilidades ocultas, da sabedoria e da magia. Ela pode ver o que não vemos.
Ela é conhecida como a águia noturna nas rodas medicinais nativas. Evocar quando quiser
conhecer as áreas inexploradas da consciência. Possui poderes psíquicos e pede para
observarmos melhor e prestar mais atenção.

25. Colibri (Clã do Ar). (Silvestre).

Em geral, este pequeno pássaro alado e dito ser mensageiro entre os homens e Deus por sua
capacidade de voar em direção aos céus. O colibri é mensageiro do Grande Espírito, Pai-Mãe
Criador. É sinal de proteção, expressão, do sagrado e indício de caminho correto. Ágil, o colibri
se manifesta trazendo sempre alguma orientação espiritual importante.

26. Corvo (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da magia. Ajuda nas cerimônias. Os antigos chefes nativos contam que o corvo
enxerga simultaneamente o passado, o presente e o futuro. O corvo imerge na luz e na
sombra, enxergando ambas as realidades internas e externas. O caminho primordial do corvo
fala em estar atento às suas opiniões e ações. Esteja disposto a colocar em ação o que você
fala. Equilibre seu passado, presente e futuro no agora.

27. Escorpião (Clã da Terra). (Silvestre).


Animal de poder muito importante encontrado na cerâmica de civilizações amazônicas
representa a proteção e a preservação da natureza humana ou animal. Está associado á
capacidade de atacar quando ameaçado, seno capaz de qualquer coisa para manter a sua
integridade.

28. Elefante (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da inteligência, da memória ancestral. É preciso mudar a rotina e deixar de andar


sempre no mesmo caminho. Invista em você, na sua força, na sua autossuficiência. O elefante
vai em frente, derrubando todos os obstáculos, para você passar sem medo. Simboliza a
inteligência, a cura a proteção e a longevidade.

29. Esquilo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do planejamento, visando o futuro. A principal missão que o esquilo nos dá é


preservar a nossa energia, nos reservar para quando precisarmos. Divertimento e planos
futuros.

30. Falcão (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina do grande mensageiro, na vida e nos sonhos. Evocar para aprender a olhar a sua
volta e estar atento aos detalhes, a enxergar e ver os detalhes. É o grande espírito mandando
mensagens para serem decifradas.

31. Formiga (Clã da Terra). (Silvestre).

É a medicina da paciência, da estratégia e da cooperação. É o símbolo do trabalho bem feito,


da resistência. O sucesso por meio do esforço da comunidade perfeita. Ela reúne o poder de
cinco animais: a agressividade do texugo, a organização da abelha, a resistência do alce, a
força do leão e o poder de construção do castor.

32. Gaivota (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da liberdade por excelência. Mudança na comunicação. Evocar para fazer


conexão com o reino das fadas, espíritos da água, para trabalhar em outras dimensões. Evocar
para limpar certas áreas da nossa vida.
33. Galo (Clã do Ar). (Domestico).

É a medicina da altivez, da sexualidade e da fertilidade. O poder da voz, proteção da família e


da comunidade. Evocar para ouvir mais sua voz interior.

34. Gambá (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do campo de proteção. Evocar quando precisa mudar de pontos de vistas


ultrapassados, para quebrar paradigmas e encontrar novas formas de ver a mesma coisa. Se
proteger estabelecendo limites para evitar violência e confrontos. Agir com estratégia.

35. Gato (Clã do Fogo). (Domestico).

É a Medicina da Magia e dos Mistérios. Está associado à sensualidade e a intuição. Pode ser
evocada para independência, liberdade, encontrar conforto, entendimento sobre mistérios e
poderes ocultos.

36. Gavião (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da observação. A vida está mandando sinais para você enxergar o óbvio. Evocar
essa energia para você voar e buscar a verdade dentro de si.

37. Girafa (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da conexão elevada. A girafa pede para você sair um pouco da terra e ter mais as
visões do céu. Evocar para conectar-se mais ao mundo astral, superior e também ver as coisas
por novas perspectivas. Elevar sua mente e seus pensamentos para ter mais imaginação para
resolver seus problemas. Clarear a visão para ver de forma antecipada o que está vindo. A
girafa traz uma energia de suavidade e simpatia.

38. Golfinho (Clã da Água). (Silvestre).

É a Medicina da pureza, da alegria e do amor incondicional. Evocar para criar mais harmonia
com a natureza, mergulhar nas profundezas do nosso ser, para propósitos terapêuticos, ouvir
e entender nossos “sons” internos. Sua medicina inspira inteligência e diversão, espalhando
alegria no mundo.
39. Gorila (Clã do Fogo). (Silvestre).

É medicina do poder e da firmeza. É o guardião da Terra. Evocar energia, força, poder e


adaptabilidade. Saiba ouvir sua própria sabedoria, ande mais longe e haja com mais firmeza e
poder, para assim ter mais paz interior e tolerância.

40. Guaxinim (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da limpeza e da purificação. Você deve limpar e filtrar o que chega até você, para
não se intoxicar. Evocar para habilidade em disfarces, bom humor, limpeza, sobrevivência,
tenacidade, inteligência, folia. Muita habilidade com as mãos.

41. Hipopótamo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do aterramento e do desenvolvimento psíquico. Você precisa celebrar mais com


a água, pois ela acalma a alma e seus nervos. Ver este animal é também um aviso de que seus
sentidos estão começando a ser trabalhados. Essa energia ensina a caminhar calmo e sempre
para a conexão com todos os seres. Evocar para desenvolvimento psíquico, intuição, ligação
água-terra, aterramento.

42. Jacaré (Clã da Terra). (Silvestre).

É a medicina do inconsciente profundo. Associamos o Jacaré ou Crocodilo, por eles terem os


olhos no alto da cabeça, ao simbolismo de uma visão superior e de enxergar outros planos.
Ensina-nos a transformar energia agressiva em uma positiva energia de ação. Evocar para
profunda visão e clarividência, instinto de sobrevivência e o inconsciente profundo.

43. Jumento (Clã do Fogo). (Domestico).

É a medicina da resistência e da obstinação. Grande habilidade para tomar decisões com


firmeza. Fixar sua opinião e saber dizer não quando necessário.

44. Jabuti (Clã da Terra). (Domestico).

É um animal de grande longevidade. Suas qualidades estão associadas á esperteza,


inteligência, paciência, tranquilidade, atenção, fé, força e coragem.

45. Javali (Clã do Fogo). (Silvestre).


É a medicina da comunicação e da expressividade. Comunicação entre pares, expressividade,
inteligência. Evocar habilidade para se precaver do perigo, expressividade, inteligência e
coragem. Habilidade para achar a verdade.

46. Lagarto (Clã da Terra). (Silvestre).

É a medicina dos sonhadores. O lagarto pode estar dizendo para prestar atenção nos seus
sonhos e símbolos. Evocar para deixar coisas velhas e criar novas coisas. Para renovar, adaptar-
se ao novo. Otimismo, adaptabilidade, regeneração, sonhos, renovação e transformação.

47. Leão (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da prosperidade e da liderança. Evocar para dar força, vitalidade, potência


sexual, coragem. Para aumentar a autoconfiança, quando tiver pela frente tarefas difíceis,
desafiadora. Para equilibrar mente e coração, fazer com que a inteligência vença o instinto.
Evocar para ter garra, poder, força, majestade, prosperidade, nobreza, coragem, saúde,
liderança, segurança e autoconfiança.

48. Leopardo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da proteção espiritual. Segundo a lenda dos xamãs, o leopardo, as onças e


jaguatiricas ficam rondando-os nas curas para não deixar os espíritos intrusos retirados pelos
mesmos, voltarem para o corpo da pessoa que está sendo curada. Quando eles o visitam em
suas visões é sinal de que está recebendo muita proteção espiritual para não se perder ou
desistir do caminho, portanto continue nas suas buscas com firmeza. Maior acesso à mente
consciente. Evocar para proteção espiritual, conhecimento do subconsciente, compreender
aspectos sombrios e rapidez nas ações.

49. Libélula (Clã do Ar). (Silvestre).

É a medicina da ilusão, da iluminação, dos ventos da mudança. Essa energia pede que você
seja mais perseverante em seus objetivos, mantenha o foco. A libélula traz grande poder de
comunicação com o mundo elementar. Evocar para amadurecer as ideias e o autocontrole.
Buscar as maravilhas da vida. Para enxergar através da ilusão. Esteja alerta.

50. Lince (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina do segredo e do conhecimento oculto. Para conexão com mistérios ancestrais e


desenvolvimento com poderes psíquicos. Usar seus poderes de forma positiva. Pode ser
evocado para obter atmosfera de silêncio e concentração antes de agir e assim saber coisas
importantes sobre si mesmo. Sábio em segredos interiores.

51. Lobo (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do ensinamento, do amor e dos relacionamentos saudáveis. Para os nativos é o


mais fiel dos guias animais. É também o símbolo de professor da tribo. O lobo é um explorador
de rotas, precursor de novas ideias que volta para tribo para ensinar e compartilhar a
medicina. O senso do lobo é muito aguçado e a Lua é sua aliada de força. A medicina do lobo
permite o professor dentro de nós todos surgir e ajudar os filhos da Terra a compreender o
Grande Mistério da vida. Evocar para ajudar a eliminar as nossas fraquezas e pensamentos
negativos. Para relacionamentos saudáveis familiares e amorosos, fidelidade, generosidade,
união, a criança interior, visão criativa e aprender coisas novas.

52. Macaco (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da alegria, da inteligência e da comunicação. Evocar para realizar com calmas


tarefas mentais importantes. Inteligência, bom humor, alegria, agilidade, generosidade,
ensinamento. Use a alegria do macaco em seu dia a dia.

53. Morcego (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina do renascimento. O morcego tem o poder de ver as coisas ocultas, mesmo na


escuridão ou com os olhos fechados, habilidade de ver nas sombras e na escuridão. A posição
do morcego de cabeça para baixo é relacionada com a que os bebês assumem quando vem ao
mundo através do ventre da mulher. É a medicina da iniciação do renascimento. Pode
significar largar velhos hábitos e assumir uma nova posição na vida. Em todos os casos, o
morcego sinaliza um processo de renascimento em alguma área de você mesmo ou a morte de
velhos padrões. Evocar para renascimento, iniciação, reencarnação, habilidades mágicas.

54. Onça (Clã do Fogo). (Silvestre).

É a medicina da proteção de espaço. A onça é um animal que pode ao mesmo tempo nos
assustar e evocar imenso respeito. É inteligente, ágil, esperta e tem uma medicina bem
parecida com a do leopardo: ajuda energeticamente os xamãs nas curas. Evocar para proteção
de espaço, silêncio, precisão.
55. Pantera (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da sensualidade e da cura. Traz também em sua energia a coragem, a liberação


dos instintos e o poder. A pantera traz uma poderosa energia sexual para resolver traumas e
bloqueios sexuais. É o símbolo feminino do poder, também ligado à lua. Ajuda a compreender
as sombras e os mistérios. Evocar essa energia para esperteza, eliminar medos, sedução e
demarcar território.

56. Pomba Branca (Clã do Ar). (Silvestre)

Simboliza o Espírito Santo, paz, comunicação, integração, mensagem. Você atingirá todas as
suas metas espirituais; sorte e felicidade chegando. Paz, luz, pureza, sacrifício, notícias felizes,
puras, restabelecimento da saúde.

57. Pavão (Clã do Ar). (Silvestre)

É a medicina da proteção psíquica e da beleza. Traz uma energia para celebrarmos a vida. Tem
a energia para danças, peças teatrais e movermos nosso corpo com sensualidade e suavidade.
Evocar para coragem, boa sorte, serenidade, beleza, graça, auto-expressão, danças cerimoniais
e relaxamento.

58. Peru (Clã do Ar). (Domestico)

É a medicina da doação, das bênçãos e da caridade. É também o símbolo da boa colheita e de


honrar a vida. O peru também tem a energia de afastar maus espíritos, más energias e
expandir a terceira visão. Evocar para conexão com a energia da Mãe Terra, dar e receber,
transcendência, dádivas, celebração e nobreza.

59. Pica-pau (Clã do Ar). (Silvestre)

Este animal está ligado ao grande espírito do trovão, controla as pragas e principalmente as
formigas e os cupins da alma. Invocado para chuva, regeneração, limpeza, comunicação,
proteção. Seu som ao picar a árvore é ligado com os espíritos do trovão, é considerado filho do
trovão.

60. Pinguim (Clã do Ar). (Silvestre)

É a medicina de viver em comunidade e adaptação ao novo. Aumenta a sociabilização, para


ser feliz com seu companheiro (a) e fidelidade conjugal. Entender a energia feminina no
homem, paternidade. Evocar para preservar relacionamentos e relações, viver em
comunidade, fidelidade e lealdade nos romances.
61. Porco Espinho (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da fé, da confiança e da inocência. O porco espinho traz uma grande energia de
fé e crença, ou seja, a capacidade de acreditar numa força maior que nos faz fluir com os
movimentos da nossa vida e também confiar que o que for melhor virá. Evocar para ter
habilidades que estamos necessitando no momento. Boa memória, inteligência, inspiração
para realizar, fé, confiança, liberar a criança interior e alegria de viver.

62. Papagaio (Clã do Ar). (Silvestre)

É multicolor, transmite alegria e a força do arco-íris. Desperta a retórica, o saber falar e o que
fala. Pelo seu poder de comunicação, aproxima-se facilmente do homem. Poder ser
considerado uma ponte entre o mundo dos pássaros e dos humanos.

63. Puma (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da liderança e do psiquismo. Conexão com outros reinos e mediunidade.


Trabalha o silêncio e a responsabilidade por nós mesmos. Evocar para trabalhar a capacidade
de assumir responsabilidades. Força, iniciativa, mistério, silêncio, sobrevivência, velocidade,
graça, liderança e coragem.

64. Raposa (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da esperteza e da sutileza. A sensibilidade é aguçada e a mente bastante


intuitiva. É evocada para sua harmonização com a natureza. Para reagir rapidamente a
situações que apareçam para sentir mais e criar estratégias. Inteligência, astúcia e rapidez nos
pensamentos e ações.

65. Rã (Clã da Água). (Silvestre)

É símbolo da fertilidade, abundancia e união, tanto que foi representada por tribos do norte
do Brasil em amuletos chamados de “muiraquitãs”.

66. Rato (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da atenção e da introspecção. Os ratos trabalham uma grande energia de


metodologia. Evocar para tomar consciência das coisas sutis da sua vida. Aprender a apreciar
as coisas simples e pequenas. Se auto preservar e observar os detalhes.
67. Salmão (Clã da Água). (Silvestre)

O Salmão é respeitado pelos nativos devido a sua coragem, lealdade, força, e respeito pela
tradição. O Salmão é um dos totens mais importantes para os povos da Costa do Noroeste,
estando à mesma altura da águia e do Urso. O Salmão pode nos ensinar a confiar em qualquer
chamado da vida, a escutar nossa voz interior, o poder do instinto, sustentação, força,
intuição, e a habilidade de seguir nossa visão.

68. Sapo (Clã da Água). (Silvestre)

É a medicina da purificação e da transformação. O sapo também é evocado para fertilidade,


amor e evolução. Evocar para trazer abundância, limpeza de negatividades, criatividade e
conexão com o Criador.

69. Tartaruga (Clã da Terra). (Silvestre)

É a medicina da mãe-terra, da longevidade e da proteção. Nos ensinamentos nativos


americanos, a tartaruga é o símbolo mais velho do planeta Terra. É também o símbolo da
estabilidade. Como ela, devemos nos conectar firmemente com o Planeta, nutrindo-nos para
estarmos centrados com firmeza em nosso ritmo e metas desejadas. Ela usa a água e a terra,
suas duas moradas, para nos ensinar a fluir com harmonia nas situações que se apresentam.
Evocar para ter estabilidade, longevidade, honra paciência, resistência, proteção, experiência,
sabedoria, organização, construir imóveis, e para estar no lugar certo na hora certa.

70. Tatu (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina para estabelecer limites. O tatu já vem vestido com uma armadura nas costas. Os
limites de segurança fazem parte de seu ser. Ele também pode rolar como uma bola e nunca
se deixar penetrar pelo inimigo. Ele representa a couraça da Mãe Terra, o guardião dos
segredos dela. Representa também o escudo de defesa que colocamos à nossa frente, contra
tudo e todos. Evocar para limites físicos e emocionais, proteção e saúde.

71. Texugo (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da coragem e da agressividade, mas essa agressividade não é negativa e sim de


persistência pela luta dos seus objetivos. Essa agressividade é para ter coragem, persistência
para que nada, nem ninguém te impeçam de alcançar seus objetivos e seus sonhos. Evocar
para ter persistência, comunicação em público, formar alianças, ousadia, iniciativa, agir em
crise e defesa.
72. Tigre (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina do caçador e de aproveitar as oportunidades. Tem a energia de poder e


ferocidade, mas também, uma preparação meticulosa. A energia do tigre pede para fazer
bons planos e planejamentos, reavaliar a situação e depois agir. O tigre devora influências
maléficas. Evocar para agir com cautela, inteligência e rapidez, iniciativa, persistência e saber
aproveitar as oportunidades.

73. Touro (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da potência, da fertilidade e da força. É evocado par paixão e poder. Sua


medicina também desenvolve o espírito guerreiro que há em nós. Proteção contra energia
negativa. Fertilidade, sexualidade, poder, liderança, proteção, força da terra e potência.

74. Uirapuru (Clã do Ar). (Silvestre)

Pássaro raro, não se permite ver facilmente. Quando se mostra, sempre está disfarçado para
que não o notem. Seu canto é inédito. Mais é considerado de beleza rara e única. Traz paz e ao
cantar todas as outras criaturas da floresta calam-se para ouvi-lo.

75. Urso (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da introspecção e da cura Física. O urso entra numa caverna e hiberna, digerindo
as experiências que vivenciou. Ele se reconecta com a Mãe Terra, numa introspecção intensa,
para depois ressurgir na primavera da alma, num renascimento, quando tudo está brotando
novamente. Nesse período nada do que está lá fora importa apenas o refazimento, o ato de
pensar sobre as atitudes tomadas, acreditando que as respostas estão dentro de nós mesmos.
Pode ser evocado para poderes curativos. Representa o seu curador interior, a introspecção e
a cura física. O urso viaja nos caminhos espirituais do Guerreiro. Indica o caminho da cura física
em um sentido amplo que envolve além do seu corpo físico, envolve também sua
prosperidade. É também o portal de introspecção, do subconsciente, a quietude, o silêncio da
alma que é necessário na vida. Como você se expressa! Evocar para introspecção, intuição,
cura física, consciência, ensinamentos e refazimento.

76. Urubu (Clã do Ar). (Silvestre)

É a medicina da purificação, e da limpeza profunda. Está ligado ao fogo ou Sol em várias


culturas, assim como os xamãs ele usa as energias da terra ao seu favor. Ele faz um serviço
sagrado para todos os seres, que é a limpar material animal decomposto, evitando doenças
potenciais, nunca matando ou ferindo uma coisa viva. Também é símbolo do amor pela terra.
Simboliza a vida e a morte, dons proféticos e mistérios.
77. Veado (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina da gentileza e da delicadeza. O veado pede para não sermos amargos na vida.
Aprenda a viver mais solto e a celebrar a vida com a natureza. Trabalha nossa própria
densidade e nossa ternura. Evoca a delicadeza, sensitividade, graça, alerta, adaptabilidade,
conexão, coração, espírito e gentileza.

78. Zebra (Clã do Fogo). (Silvestre)

É a medicina do equilíbrio. Evocar para equilíbrio, clareza sem filtros, segurança no caminho a
ser seguido, manter a individualidade dentro de um grupo.

Animais de Poder Mitológicos:

01. Cavalo Alado (Clã do Fogo). Elevação, transmutação, beleza, viagem astral, aventuras,
mistério, fascínio.

02. Centauro (Clã do Fogo). Instinto animal, ligação homem-animal, anarquia, sexualidade,
fertilidade, cura.

03. Dragão (Clã da Terra). Potência e força viril, proteção Kundalini, calor, mensageiro da
felicidade, senhor da chuva, fecundação, força vital.

04. Elefante Branco (Clã do Fogo). Força, bondade, escolha de caminhos, ligações
extraterrestres, mistério.

06. Fênix (Clã do Ar). Renascimento, fascínio, animal do Sol, imortalidade da alma, elevação,
purificação.

07.Sátiro (Clã do Fogo). Libertinagem, divertimento, impulso sexual, instintos, fantasias


sexuais.

08. Unicórnio (Clã do Fogo). Rapidez, mansidão, pureza, salvação, espiritualidade, inofensivo.

Animais de Poder em Tempos Atuais:

Estamos vivendo uma época em que o ser humano está cada vez mais afastado da natureza e
da espiritualidade natural. E isso, está empobrecendo consideravelmente suas vidas, trazendo
inúmeros desequilíbrios como depressão, doenças psicossomáticas, fobias e etc. Justamente
pelo vazio interior que cada um vem trazendo em si. Espero através deste livro, abrir uma nova
porta de entendimento e autoconhecimento para você. Este livro traz um método eficaz para
você ver o mundo com mais conhecimento, para caminhar com equilíbrio em todas as áreas da
sua vida, obtendo mais qualidade de vida em sua jornada na nossa Mãe-Terra. Entendendo e
sentindo a Medicina dos Animais de Poder através deste livro, você poderá se reconectar com
sua essência sagrada e viver uma espiritualidade sadia, sem dogmas, nem religiões. “Que você
tenha uma boa vida.” – Conceito dos índios norte-americanos.

A Medicina dos Animais de Poder:

A simbologia animal está profundamente gravada no inconsciente coletivo da humanidade.


Cada animal traz talentos específicos, uma essência espiritual e através disso, cada um com
sua própria medicina transmite sabedoria. Essas palavras foram escritas para levar você a
entrar em contato com essa força através de uma maior compreensão da energia animal para
expandir sua força pessoal, expandir sua consciência e o autoconhecimento. O Animal de
Poder é um arquétipo, um simbolismo das manifestações de Forças Interiores que atuam
como nossos amigos, guardiões ou mentores. Não só no Xamanismo podemos ver a presença
dos animais de poder, mas, em tantas outras, religiões como exemplos o candomblé,
hinduísmo dentre outras tradições e filosofias como nas culturas chinesa, tibetana, e egípcia,
onde os animais são considerados deuses e etc. Esse “ensinamento indígena” é uma energia
que representa nossa personalidade, comportamento e nosso instinto e possibilita “ter” as
habilidades dos animais. Com o espírito animal aliado a você, com certeza a jornada fica mais
firme e segura, pois é uma força natural e luminosa que está ao seu lado e a nossa ligação com
o Grande Espírito Criador só irá se desenvolver. O contato com a força do Animal de Poder
abre uma nova porta de entendimento e autoconhecimento. É uma nova forma de ver o
mundo, com muito mais capacidade e equilíbrio. Esse “Relacionamento” poderá lhe trazer
vigor, ajudar a ter ideias mais criativas, mais inspirações na vida, prevenir doenças ou ainda
colaborar na recuperação de sua saúde, melhorar seu relacionamento com as pessoas e com o
Universo, aumentar sua intuição, ampliar seu poder de tomar decisões, autoconfiança elevada
e muito mais disposição para enfrentar os desafios da vida. A partir do momento que abrimos
esse canal de iluminação e comunicação com essas forças, o Animal de Poder se manifestar .
Como por exemplo, ele se manifesta para “chancelar” o que você está vivendo no momento,
ou seja, quando sentimos a presença marcante desta força, imediatamente vem à sensação do
que significa a presença dele naquele exato momento, o seu coração sabe. Seguindo esse
raciocínio, ele pode também surgir para te “proteger” de alguma coisa que esteja causando
risco a você, tanto a nível físico, como energético, mental ou espiritual, ou ainda uma
terceira manifestação para “alertar” sobre mudanças necessárias que devemos promover
em nossa vida e que muitas vezes teimamos consciente ou inconscientemente em fazer. Por
isso, podemos ver a riqueza que é ter essa energia de amparo ativada em nossa vida. É um
presente honroso! Lembre-se, para saber se seu animal de poder está te alertando,
protegendo ou concordando com o seu caminhar, basta você sentir de forma verdadeira como
está a sua vida neste instante, quais os resultados que você está alcançando em sua jornada,
como este presente chamado “vida” está sendo conduzido. Isso somente você pode avaliar, é
a sua experiência. Independente do propósito no momento que o animal se manifesta, o
intuito é sempre para o bem, para ampliar nossa evolução e nossa qualidade de vida. Amplie
as formas de se comunicar com a Essência da Criação, com o vasto Universo Xamânico, no qual
a conexão com os Animais de Poder faz parte. Fortaleça conscientemente seu poder pessoal
com essa grande ferramenta evolutiva e obtenha resultados positivos, realizadores,
transformadores e profundamente positivos. Ao longo dos anos pesquisando e vivenciando
essa técnica ancestral, posso garantir a você que ao permitir que a ativação dessa energia faça
parte da sua vida, você será acolhido e receberá um grande amparo energético e espiritual,
tornando mais suave o seu caminhar pela vida.

Lista com 07 Razões Para Você Descobrir o Seu Animal de Poder:

 1ª- IDÉIAS MAIS CRIATIVAS


 2ª- PREVENIR DOENÇAS
 3ª- AMPLITUDE DE RELACIONAMENTO
 4ª- DESPERTAR SUA INTUIÇÃO
 5ª- PODER DE DECISÃO E AÇÃO
 6ª- AUTOCONFIANÇA
 7ª- FORTALECIMENTO DO PODER PESSOAL

Com todos esses aspectos se desenvolvendo em sua vida, imagine o quanto você evoluirá
profissional, emocional e energeticamente! Por todas essas razões que sempre afirmo, a
ativação dessa Energia Sagrada em sua vida é Transformadora! Permita-se sentir!

A Tarefa do Animal de Poder:

No dia a dia qualquer um pode invocar seu animal de poder quando precisa de energia extra
ou assistência, ou num lugar perigoso, ou em época de enfermidade. Um dos métodos mais
famosos para entrar em contato com o animal de poder é a Busca da Visão Astral. Usualmente
o praticante vai para um lugar sadio como, praias, montanhas ou florestas, jejuando às vezes.
Um caminho muito simples para invocar um espírito animal é visualizá-lo e chamá-lo de
coração. Se você, por exemplo, precisar de uma maior coragem, poderá visualizar um Leão e
invocar exemplo: Espírito do Leão. Eu estou chamando você. Viva dentro de mim e abasteça-
me com sua coragem. Quando termina a invocação, agradecemos ao Espírito Animal, pela sua
ajuda. Você deve compreender que está invocando uma virtude, não confunda esse trabalho
com religião. Você não estará adorando ídolos, e sim reverenciando e honrando uma obra da
Criação Divina, e não substituindo a fé em Deus, que é insubstituível. Você também pode se
inspirar com fotos do animal, camisetas, estátuas, quadros, etc. O animal também pode ser
invocado, imitando o seu comportamento um bom exemplo e o estilo de luta milenar chinês o
kung fu. Dessa forma nos alinhamos com as suas energias, e chamamos o seu espírito até nós.
Nós podemos agir como animais, fazer sons, convidando-os a trazerem seus poderes até nós.
Podemos rondar e urrar como um Leão, assim que invocamos o seu espírito. Podemos
espalhar nossos braços e voar como uma Águia. Rastejar como uma serpente.
Como Descobrir o Meu Animal de Poder:

Essa é a principal dúvida que todo mundo tem com relação ao Animal de Poder. Muitas
pessoas acham que é pela data de nascimento, Mas essas não são as formas corretas de
descobrir o seu Animal de Poder. A primeira coisa que você deve ter em mente é que o animal
guardião não é um símbolo de status ou glamour que você possa usar para dar pinta por aí.
Não é você quem escolhe seu animal. É ele quem escolhe você. Em geral, seu animal totem
já está em sua vida e você nem notou. Quando realizamos um ritual para despertar o animal
guardião, ele aparece claramente para nós, mesmo que tenhamos outro animal em mente.
Você só tem um animal guardião, mas pode trabalhar com outros animais. Mas não
confunda. O animal guardião é um espírito animal que nos acompanha. Quando tiver feito
contato com este animal, as portas se abrirão para que você faça contato com os outros. Com
o tempo, você poderá comandar outros animais, de acordo com a afinidade e treinamento, é
claro. Esses outros animais poderão realizar tarefas específicas, em rituais. Não se iluda. Não é
fácil chegar nesse nível e, sinceramente, você nem deve esperar alcançá-lo em pouco tempo. É
preciso ter muito treino e muita ligação com a natureza para comandar mais de um animal. “ O
animal totem sempre será um animal silvestre!”. Se você vê no ritual de invocação um animal
doméstico, significa que ainda precisa se conectar mais para trazer seu animal verdadeiro. O
animal doméstico é na verdade, uma ponte para seu animal verdadeiro. Se você viu um gato,
por exemplo, seu animal totem der ser um felino de grande porte, como um tigre, um jaguar
ou uma pantera. Se você viu um cão, seu animal totem deve ser um lobo ou um coiote. Talvez
até uma raposa. Se isso acontecer com você não entre em pânico. É um aviso apenas para se
soltar mais, pois anda tão travado que não consegue liberar seu lado selvagem. Despertar seu
animal é dar as mãos para a natureza, é pular na cachoeira, correr pela floresta, saltar da
montanha e acreditar que vai sobreviver porque a natureza faz parte de você e você faz parte
dela. É um pacto, um comprometimento que pouca gente tá disposta a fazer. Aliás, parece que
o grande medo das pessoas nos dias de hoje é se comprometer com alguma coisa, qualquer
coisa.

Técnica do Espelho Sagrado:

Vamos falar do método: o ritual do despertar, conectar você com seu animal guardião. Você
vai precisar de: Um espelho e uma vela branca. Esse é um exercício simples de visualização do
animal guardião. Se você já possui um espelho mágico (um espelho usado apenas para fins
mágicos), ótimo, mas se não tem, pode usar um espelho simples, mas dê uma boa limpeza
nele antes. Use um pano embebido em álcool e depois passe água (a qual você deve purificar
com uma simples imposição de mãos). Depois disso, junte seus dedos de júpiter e saturno da
mão dominante (dedos indicador e maior de todos da mão com a qual você escreve), e
desenhe um pentagrama lentamente, dizendo: “espelho sagrado, porta para outros mundos.
Eu te consagro e te ordeno que só fales a verdade”. Se não for realizar o ritual nesse
momento, cubra-o com um pano preto e não deixe ninguém usá-lo até que chegue o
momento do ritual. O ritual pode se dar em qualquer momento, mas as energias da noite são
sempre mais preferíveis. Se você for do tipo madrugador, pode fazer isso nas primeiras horas
da manhã. A melhor Lua é a cheia, que confere poder a todos os magos e aos iniciantes do
xamanismo, mas se não puder, realize-o em qualquer Lua, menos na minguante, que é mais
difícil de trabalhar. Sente-se diante do espelho e deixe o local na penumbra. Tenha certeza que
ninguém vá chamá-lo ou interromper neste período de tempo. Só dura alguns minutos. Em
silêncio, respire profundamente sete vezes, ou até relaxar. Acenda a vela diante de você. A
vela deve estar em um pires ou castiçal, para que a cera não derrame em sua mão, evitando
assim que você perca a concentração. Depois de respirar profundamente, erga a vela até a
altura do seu chakra do terceiro olho. Não olhe para a chama. Olhe para o espelho. No sentido
horário, circule a vela diante do seu rosto, sempre com os olhos fixos no espelho retorne a
chama para o terceiro olho e fixe a visão no espelho. Repita a operação até que possa ver
alguma coisa. Quando tiver terminado, diga: “agradeço às entidades que atenderam meu
chamado e ao meu animal totem. Em nome de Deus, encerro este ritual e fecho este local.”
Bata palmas três vezes, devagar e diga: “esta operação está encerrada, a cortina foi
fechada.” Boa trajetória e conexão com seu animal guardião. Se não fizer contato na primeira
vez, continue tentando, é com a constância que irá descobrir.

Técnica de Meditação Xamã:

Aqui veremos uma técnica de meditação que consiste em encotrá-lo dentro de si, tentar
conversar ou mesmo aproximar-se um pouco mais. Não é tão simples estabelecer uma
conexão, principalmente porque as pessoas estão simples estabelecer uma conexão,
principalmente porque as pessoas estão muito mal acostumadas a querer e querer, nada de
ouvir pacientemente e entender os sinais. Em uma oração estamos falando com Deus, com
nosso interior, com o universo, com nossos guias espirituais, na meditação estamos ouvindo.
Portanto o que faremos aqui é trinar nossa audição espiritual. Não, é simples, mas vou tentar
começar e explicar de forma clara e suave. A primeira coisa e que você deve saber antes de
começar é: nada de ficar ansioso esperando um tigre ou um lobo imenso vir ao seu lado e dizer
que é seu guardião. Nem todo mundo tem um animal totem grande e poderoso, alguns são
pássaros, cavalos etc. E ainda mais importante: assim que descobrir o que é seu animal totem,
não espalhe pelo mundo afora. Portanto, regra número um sem ansiedade e sem manipular
sua própria mente. Não se afobe em encontrar seu animal totem. Ás vezes corremos tanto ao
seu encontro, e então de repente ele aparece por vontade própria em seus sonhos.

O Que Você Vai Precisar:

 Uma Vela Branca


 Uma Ametista ou Quartzo Cristal (não importa o tamanho)
 Um Incenso de Mirra
 Se quiser música opte por musicas tradicionais xamã ou por sons naturais, como
barulho de cachoeira ou vento. Lembrando que o som pode te ajudar ou atrapalhar na
meditação, faça como preferir.
 Local fechado e Paz

Acenda a vela de forma que fique de frente com você. Acenda o incenso e o deixe ao lado da
vela. Coloque o cristal atrás da vela e do incenso. Se for ouvir a música, aperte play agora.
Esqueça o mundo, agora você está sozinho. Feche os olhos e fique com eles fechados até que
termine a meditação. Esqueça horários, mas não deve levar mais que 1 hora. Nesse momento
qualquer pensamento como “Tenho que ir olhar meu filho”, “Preciso ficar de olho na casa” ou
“Preciso atender ao telefone” e etc só vão interromper definitivamente, portanto se tem
alguma coisa para fazer, faça antes da meditação. Mas, eu tenho filho pequeno e ele está
sozinho, e agora? Agora que se você quiser fazer esse exercício arrume alguém para ficar de
olho no seu filho, pois se você ficar pensando nisso agora não vai conseguir. Agora que está de
olhos fechados e com tudo preparado e pensamento voltado apenas em ouvir e receber
informações, hora da visualização: Imagine que está numa floresta – pois é na floresta que
vivem os animais. Como é essa floresta? Veja e sinta as árvores, perceba que a luz do Sol não
consegue entrar na floresta, pois ela é densa e é uma mata virgem. Você está descalço,
vestindo apenas o necessário entre na floresta. Caminhe sem preocupação. Olho todos os
detalhes, ouça as vozes que falam com você, não precisa responder. Ouça os animais, ouça a
floresta respirar. Cada passo seu é um grande passo para seu subconsciente. Você está
desbravando a si mesmo. É capaz de você ver cenas da sua vida conforme vá caminhando.
Você verá animais de todos os tipos, até mesmo alguns que nunca ouvira falar ou que estejam
em extinção. Sinta seu coração pulsar, seu sangue ferver. Você vai atravessar rios, cachoeiras,
tocas, cavernas... Até deparar-se com uma imensa fogueira em uma clareira. Vários animais
estão lá. Fique claro que não temos um único animo totem, mas é um específico que nos
acompanha a maior parte de nossa vida. Assim que chegar, demonstre respeito. Todos ali são
mestres, cada um em sua arte. Nem todos conseguem chegar até a fogueira rapidamente, ou
na primeira sessão. Não tem problema algum você ter que fazer a sessão dez vezes. Agora que
está diante tantos mestres, divida esse momento com eles. Ouça os falarem com você. Sinta
suas palavras tocarem sua alma. Eles sabem por que você está ali, você sabe por que você veio
de tão longe? A verdade é que muitos querem porque quer encontrar eu animal totem, mas
sequer sabem se realmente querem isso. O animal totem é sábio e vai orientá-lo, não vai
passar a mãozinha na sua cabeça toda vez que você fizer burrada. Descubra o motivo
verdadeiro pelo qual você precisa de seu guardião, pode ser qualquer um, desde que tenha
sentido e vá lhe ajudar ( nem pense em chegar até a fogueira e pedir ao animal totem
conselhos amorosos do tipo: “Meu ex vai voltar?”). Diga o motivo de estar ali. Um animal sairá
do meio de todos aqueles animais a sua frete e se apresentará. Ele vai chamar você para um
passeio, não se assuste se o animal não conversar com você, muitos encontros serão assim,
silenciosos. Aprenda a entender sinais, pois muito se fala através do silencio. Se por acaso você
conseguir chegar á fogueira, passar o tempo e nada acontecer, não esmoreça isso é normal.
Tente toda vez que puder, tente não deixar passar tempo demais entre uma sessão e outra
(uma semana já é muita coisa, no máximo faça sempre no mesmo dia da semana exemplo:
todo sábado, todo domingo... até conseguir). Esta técnica serve apenas para encontrar seu
animal totem. Texto derivado dos ensinamentos de Rosea Bellator.

Como Manter Contato Harmônico com Seu Animal Guardião:

Bem, agora que você já sabe qual e seu animal de poder, vamos ver algumas técnicas de como
manter um contato com ele, para a ligação de vocês não enfraquecerem e ele conseguir
sempre te proteger e aconselhar. O legal é sempre fazer meditações e focar você e ele juntos,
sentados em uma montanha ou até mesmo “brincando” manter contato visual e conversas
também são um ótimo começo, talvez ele não responda com voz, e sim com sinais como:
reação facial, barulhos ou até mesmo pegadas! Outra técnica legal para manter contato é
colocar aquela música que você adora, (aquela que quando você entra no ônibus, carro, você
coloca ela para pensar na vida) e imaginar você e seu animal juntos. Lembre-se que seu
animal, apesar de estar diretamente ligado a você, ele pode ter sua própria personalidade, ou
talvez espelhar sua personalidade com mais intensidade, não desista caso não tenha um bom
contato com ele de primeira, ou caso não consiga resultados, não desista, o resultado é
satisfatório e construtivo.

Técnica de Proteção do Grande Urso:

Quero presentear você com uma técnica que aprendi com os Nativos Americanos, para
fortalecer a sua saúde física e proteção energética... Faça essa conexão com o coração aberto e
confiante, pois esse é um grande presente oferecido pelo legado dos nossos ancestrais.

"Usando a sua capacidade de imaginação criativa, deixe de lado as preocupações e as ideias


pré-concebidas. Fique em um lugar tranquilo, crie consciência da sua respiração e deixe-a cada
vez mais tranquila. Feche os olhos e relaxe totalmente... Vamos trabalhar agora com a energia
do Grande Urso que representa proteção energética e a saúde física. Neste momento sinta
como se você estivesse vestindo uma amadura de urso, ou seja, como se um Urso estivesse te
abraçando... Sinta as patas do urso sobrepostas as suas mãos, a cabeça do urso sobrepondo a
sua cabeça e para completar, imagine você fechando essa armadura em frente ao seu corpo e
visualize esta armadura blindada, fechada e envolvendo todo o seu corpo. Sinta o calor, a
proteção e a energia te envolvendo de dentro pra fora e de fora pra dentro. Mantenha por
alguns instantes sua atenção nessa imagem e deixe que suavemente ela vá se internalizando
no seu corpo todo até ficar bem sutil. Essa energia te preenche e se manterá ativa no seu
corpo para sua proteção e saúde."

Essa técnica é muito usada e recomendada pelos Xamãs nos momentos em que você sinta
necessidade de uma proteção energética (e lembre-se: tudo é energia) e também, nos
momentos que você sentir um desgaste físico, esta técnica pode ser aplicada para fortalecer o
seu corpo.

Os Kahunas:

Huna é um método de cura espiritual original das Ilhas Polinésias, que significa “segredo” e já
existe a cerca de 5000 anos. Trata-se de um complexo sistema de manipulação de energia, que
enfatiza a conexão espiritual cósmica dos seres humanos com a terra, suas emoções e seu
corpo. O método integra o espírito, o corpo e a mente em ações e materializações para a
plenitude pessoal e o equilíbrio da “teia-da-vida”. Ensina a celebrar pela vida no plano físico e
enxergar a espiritualidade em todas as coisas, nas materializações. O método de cura dos
Kahunas defende que a chave para ter uma vida em equilíbrio está em despertar e integrar
nosso Eu Superior (superconsciente ou espiritual), com o Médio (consciente) e o Inferior
(subconsciente). Desta forma, o Huna estará centrado no amor e enxergará o ser humano, o
divino e a natureza como partes harmônicas de uma mesma comunidade cósmica. Huna
sugere um conjunto de práticas xamânicas simples, porém muito transformadoras, que nos
ampliam e abrem o mundo espiritual. O Kahuna é o mestre espiritual guardião dos
conhecimentos Huna e da tradição. Na época em que os ingleses se instalaram nas ilhas
havaianas, a prática HUNA e os Kahunas se tornaram clandestinos. Então, a sabedoria
espiritual Huna tornou-se oculta por muitos anos. Atualmente, a prática Huna voltou a ser
praticada para ajudar as pessoas a encontrar a cura internamente, de uma forma abrangente e
total.

Origem da Oração do Perdão:

Os sacerdotes havaianos Kahunas são uma variação daqueles que conhecemos como Xamãs
em nossas correntes mitológicas, para um povo que vem da tradição havaiana indígena. Eles
eram conhecidos como os guardiões dos mistérios da tradição e já tinham conhecimento a
cinco mil anos do que chamamos hoje de Psicologia da Alma. Os Kahunas criaram a sua
filosofia própria, chamada de Huna e através de sua medicina foram capazes de curar todas as
doenças. Eles andavam sobre lavas incandescentes e influenciavam as questões
meteorológicas. Até hoje ainda é cultuada essa sabedoria ancestral. A Oração do Perdão dos
Kahunas Havaianos era repetida por 21 dias seguidos. Eles utilizavam esta fórmula para
acelerar o processo de atrair algo diferente para uma pessoa com quem estavam
desenvolvendo um trabalho. Somente após este período em que o ‘consulente’ ia para casa e
realizava o ritual 21 dias, o xamã fazia o pedido em nome da pessoa e se tornava responsável
pelo bom uso daquilo que estava sendo pedido. Podemos concluir assim o comprometimento
meticuloso que havia antes de ser feito um pedido.

 Observação: A Oração do Perdão dos Kahunas prioriza e exalta o perdão como um


caminho para paz espiritual. Ela fala sobre um sentimento que temos dificuldade de
superar: o ressentimento. Conheça esta oração do perdão tão respeitada pelo povo
havaiano.

Oração do Perdão dos Kahunas:

Buscando eliminar todos os bloqueios que atrapalham minha evolução, dedicarei agora alguns
momentos para “Perdoar”. A partir deste momento, eu perdoo todas as pessoas que, de
alguma forma, me ofenderam, me machucaram ou me causaram alguma dificuldade
desnecessária. Perdoo sinceramente quem me rejeitou, me entristeceu me abandonou, me
humilhou, me amedrontou ou me iludiu. Perdoo, especialmente, quem me provocou, até que
eu perdesse a paciência e acabasse reagindo agressivamente, para depois me fazer sentir
vergonha, culpa, ou simplesmente, sentir inadequado. Reconheço que também fui responsável
por estas situações, pois muitas vezes confiei em indivíduos negativos, escolhi usar mal minha
inteligência e permiti que descarregassem sobre mim suas amarguras, suas histórias, seus
traumas e seu mau humor. Por tempo demais suportei tratamento indigno, humilhações,
medo, grosserias e desamor, perdendo muito tempo e energia, na tentativa de conseguir um
bom relacionamento com essas criaturas. Agora, me sinto livre da necessidade compulsiva de
sofrer e livre da obrigação de conviver com pessoas e ambientes que me diminuem e,
principalmente, destas pessoas que se sentem incomodadas com a minha presença e a minha
luz. Iniciei, agora, uma nova etapa na minha vida em companhia de gente mais positiva, cheia
de boas intenções, gente amiga, que se preocupa em ser saudável, alegre, próspera e
iluminada. Gente preocupada em melhorar a qualidade de vida – não só a nossa, mas de todo
o planeta. Queremos compartilhar sentimentos nobres, aprendendo uns com os outros e nos
ajudando mutuamente, enquanto trabalhamos pelo nosso progresso material e nossa
evolução espiritual sempre procurando difundir nossas ideias de unidade, de paz e de amor.
Procurarei valorizar sempre todas as conquistas que fiz e o amor que tenho em mim, evitando
todas as queixas desnecessárias, que me seguram nesta frequência, de onde já consegui sair.
Se, por um acaso, eu tornar a pensar nestas pessoas com quem ainda tenho dificuldade de
convivência, lembrarei que elas todas já estão perdoadas. Embora eu não me sinta na
obrigação de trazê-las novamente para minha intimidade, eu o farei, se elas demonstrarem
interesse em entrar em sintonia. Agradeço pelas dificuldades que elas me causaram, pois isso
me desafiou e me ajudou a evoluir, do nível humano comum, a um nível de maior amor e
compaixão, maior consciência, em que procuro viver hoje. Quando eu tornar a lembrar destas
pessoas que me fizeram sofrer, procurarei valorizar suas qualidades e também liberá-las,
pedindo ao Criador que também as perdoe, evitando que elas sofram pela lei de causa e
efeito, nesta vida ou em outras. Também compreendo as pessoas que rejeitaram meu amor e
minhas boas intenções, pois reconheço que é um direito de cada um, não poder ou não querer
corresponder ao meu amor.

Fazer uma pausa e respirar profundamente por algumas vezes para acumular energia.

Agora, sinceramente, peço perdão a todas as pessoas a quem, de alguma forma consciente ou
inconsciente, magoei, prejudiquei ou fiz sofrer. Analisando o que fiz ao longo da minha vida,
sei que minhas intenções foram boas, embora nem sempre tenha acertado e que, estas coisas
que fiz de bom, são suficientes para resgatar a dor do meu aprendizado, ainda deixando um
saldo positivo ao meu favor. Sinto-me em paz com minha consciência e, de cabeça erguida,
respiro profundamente………. Prendo o ar………… e me concentro para enviar uma corrente de
energia destinada ao meu EU SUPERIOR.

Ao relaxar, minhas sensações revelam que este contato foi estabelecido.

Agora, dirijo uma mensagem de fé, ao meu EU SUPERIOR, pedindo orientação, proteção e
ajuda para a realização, de um modo acelerado, de um projeto muito importante que estou
mentalizando e para o qual estou trabalhando com dedicação e amor. (…citar o projeto…) e
que será, com certeza, para o bem maior de todos os envolvidos. Também peço que minha fé
seja firme e que eu possa, cada vez mais, tornar-me um canal, uma conexão permanente com
os Seres de Luz, desenvolvendo todos os potenciais que possam facilitar esta comunicação.
Que eu perceba todas as respostas às minhas perguntas e dúvidas, reconhecendo os sinais
claros que estiver recebendo, sempre protegida e amparada pelo Universo. Agradeço, de todo
o coração, a todas as pessoas que me ajudaram e me comprometo a retribuir trabalhando
para o bem do próximo, para sua alegria, seu bem-estar, atuando como agente catalisador de
harmonia, entendimento, saúde, crescimento, entusiasmo, prosperidade e auto realização.
Tudo farei sempre em harmonia com as leis da natureza e com a permissão do nosso Criador
eterno e infinito que sinto como único poder real, atuante dentro e fora de mim. Assim Seja e
Assim Será. !!!

Oração do Poder das Bruxas:

“Algo muito maior me rege. Algo muito maior me abre os caminhos. Este algo é alguém, este
alguém é meu pai. Sou Filho de Deus e não há nadar neste mundo nem em qualquer outro
quem possa contra mim. Sou indomado por ser filho do grande pai. Ele comanda meus passos
e me protege de tudo e todos. Sou livre, pois meu Deus assim me fez, de braços abertos pra
liberdade. Sou forte, pois tenho Deus comigo, a todo instante, a todo o momento. Sou
poderoso, pois tenho toda sabedoria dos meus ancestrais, o conhecimento da arte e o dom da
magia. A ti, grande pai, venero e honro. A ti rogo, peço e suplico. A ti cultuo, saúdo e elevo. A ti
conto meus segredos, choro minhas lágrimas e rio meus risos. Sou filho de Deus, sou filho do
grande Espírito Primordial, e agora, quem poderá contra mim? Assim seja, assim se faça!”

Xamã em Suas Diferentes Culturas Para a Cura:

Os xamãs da Síberia usam mantos de metal tilitante; cantam, tocam tambores e, quando as
emoções atingem um patamar elevado, tentam assustar e afastar os espíritos com gestos
aterrorizantes. Na África, os xamãs fazem uma figura de palha, representando o porco, e
levam-na à cerimônia de remoção da doença do paciente, e ela passa para o porco. Depois o
animal é posto em uma trilha, e aquele que passar por ela chutar o porco absorverá a doença.
Nas curas extramentes sérias, como no caso da perda da alma, os índios Salish, do estreito de
Puget, fazem o ritual do espírito da canoa. São convocados entre seis e doze xamãs e,
enquanto eles se posicionam em fileiras paralelas, são formadas canoas imaginárias. Cada
xamã empunha uma vara ou remo para impelir a canoa e mantém ao seu lado sua prancha
mágica de cedro e coberta com a arte visionária de sua primeira aventura com o espírito da
canoa. Com o acompanhamento de maracás, tambores e cantos, os espíritos dos xamãs
penetram na terra e cada qual entoa a canção de seu próprio espírito guardião. As viagens
podem durar de duas a cinco noites ou até que a alma do paciente seja recuperada. Os xamãs
da Guatemala recorrem a uma mistura de crenças indígenas tradicionais e cristianismo, a
despeito das fervorosas tentativas dos espanhóis para eliminar o paganismo nas Américas. Os
xamãs invocam a intervenção de santos e espíritos, na cura e na adivinhação, usando pedras
mágicas, em geral, fragmentamentos de antigas esculturas Maias, como veículo de
comunicação. Os serviços dos xamãs, assim como dos “bruxos” que praticam o lado mais
negro da magia, são dispendiosos para o povo pobre, equivalendo a uma soma que pode ir de
cinquenta a cem dólares. A taxa cerimonial cobre o custo dos preparativos e ingredientes
necessários: incenso, velas, flores, jantar, imensa quantidade de bebidas destiladas que os
xamãs tomam até ficarem tremendamente eloqüente. Os índios Crow, como guatemaltecos e
peruanos, usam pedras como remédio. Essas pedras, encontradas e reconhecidas
intuitivamente como portadoras de propriedades de cura, são um instrumento para evocar
visões. A medicina dos Navahos foi um dos melhores meios de estudo do xamanismo
americano. A pintura em areia é o elemento central da cura entre os Navahos: representa a
paisagem espiritual e física em que o paciente vive, a etiologia da doença e a mitologia
escolhida para a cura. Gladys Reichard descreve o ritual como uma combinação de vários
elementos, tais como a sacola de remédios com seus conteúdos sagrados, varetas de oração
de madeira e penas, pedras, tabaco, água de lugares sagrados, cordas e intricados quadros em
areia. Dão ênfase aos cânticos, a oração, à pintura corporal, à transpiração (purificação), à
vigília, visando à concentração e à clareza do pensamento. Durante o ritual de cura, a pessoa
doente senta-se perto do cantor e no centro do povo Navaho, que se reuniu para a cerimônia.
O poder irradia do centro, na direção de todos os presentes. Durante todo o longo ritual, o
paciente é envolvido em um drama simbólico, em especial porque é encorajado a desenvolver
e manter continuamente imagens do processo pessoal de cura. A participação nos cantos e
nos quadros não é passiva, de modo algum. É preciso concentrar-se com persistência em seu
conteúdo mitológico para que o poder do ritual de cura se realize. Os Navahos recorrem aos
ervários :herb: :maple_leaf: apenas para obter alívio dos sintomas, mas o verdadeiro trabalho
curativo é realizado pelos xamãs “cantores”. Os fatos de esses curadores não usarem
substâncias orgânicas é visto como uma posição de status. Eles simplesmente trabalham com
sua memória e energia necessária para levar a cabo de cinquenta a cem horas de cântos
ritualísticos. As descrições de vários métodos xamânicos de diagnósticos e cura são muito
semelhantes: entrar no paciente, tornar-se o paciente e restabelecer o sentido de vinculação
com o universo. Em todas as tradições, tudo isso acontece em um estado de consciência muito
diferente daquele que vigora quando se guia um carro ou se escreve uma receita. As
contribuições culturais são princípios básicos da cura são em grande parte decorrentes dos
tipos de recursos locais que possam servir como “remédio”. A medicina, então, pode ser
descrita de duas maneiras: primeiro como veículo que transporta o xamã (e freqüentemente, o
paciente) para o estado de consciência necessário; segundo, como símbolos materiais do
estado de cura, sacolas de remédios, arte sagrada, objetos invasores removidos do paciente,
animal de poder, pedras que curam etc. No entanto, um xamã “completo”, teoricamente, não
precisa desse tipo de remédios, usando em vez deles, apenas seus bem desenvolvidos poderes
imaginários. Símbolos e rituais que culturalmente têm poder, ao que parece, são necessários
para abrir o mecanismo de cura do paciente, que, espiritualmente, não é tão bem treinado
quanto o xamã. Finalmente, para os xamãs de todos os tipos, não há distinção entre o corpo,
mente e espírito. O corpo é mente e a mente é espírito. Embora a terminologia por mim
empregada pudesse indicar que os xamãs estão lidando com corpo, mente e espírito como
entidades separadas, não é bem assim no sentido literal. Nem mesmo tecnicamente os xamãs
se deslocam dos lugares para os reinos espirituais, porque são a mesma coisa. O ser é a pedra,
e a pedra é o universo. O xamã não pensa: “O espírito entra na matéria”, mas “presume que o
espírito está desde sempre na matéria, é a matéria, não é apenas na doença, mas desde o
momento da corporificação e no início da própria criação”. Entretanto, não é incorreto, ao
mesmo tempo, reconhecer as qualidades individuais do corpo, da mente e do espírito. Nesse
sistema são considerados partes um do outro e separado entre si, assim como a árvore é parte
e está separada da terra e do céu.

A Viagem Astral no Xamanismo:

A Viagem Astral é um potencial natural do Ser Humano, conhecido também como Vôo
Xamânico, Projeção da Consciência, entre outros. É uma grande ferramenta utilizada pelos
Xamãs no seu aprendizado evolutivo e também nos processos de cura, ampliando sua
sabedoria em um contexto geral os indígenas utilizam muito essa valiosa técnica, que
possibilita uma ampliação consciente do nosso ser e um reconhecimento sensível da nossa
essência, facilitando significativamente o nosso crescimento existencial. Considero o
Xamanismo o berço da Projeção Astral, pois à milhares de anos a viagem astral vem sendo
aplicada pelos curadores de várias etnias. Sendo assim, é muito importante aprimorarmos
cada vez mais esse conhecimento Sagrado e Ancestral e colhendo como resultado uma maior
lucidez, dentro ou fora do corpo. Expandindo nossa visão do todo. A Viagem Xamânica, como
também é conhecida, sempre foi uma grande força para os nossos irmãos nativos e muito
utilizada para vários propósitos nobres como, por exemplo, auxiliar na sobrevivência da
comunidade Indígena, através dos conhecimentos adquiridos nos treinamentos espirituais fora
do corpo. Existiu uma época que muitos rituais e vivências Xamânicas eram proibidos e
discriminados, com isso, os indígenas desenvolveram várias técnicas para manter a conexão
com o Sagrado e com a própria tribo, de forma energética e espiritual, pois fora do corpo,
projetado tudo é possível, permitido naturalmente pela Criação. Entre essas técnicas, posso
citar a “Busca da Visão”, onde o nativo vai para um ponto isolado, no alto de uma montanha e
lá se mantém em jejum total de alimento e água, por alguns dias, com seriedade, com honra,
trabalhando seu ego, aumentando sua sensibilidade energética. Quando esse buscador
adormece acontece a soltura do corpo espiritual para realizar uma Viagem Astral consciente e
assim, localizar plantas medicinais, alimentos, água, campos de caça para saciar a necessidade
de sobrevivência da tribo. Nesta viagem, o índio localiza o caminho, o ponto desejado e traz a
informação para os irmãos da aldeia. Uma técnica muito antiga, também utilizada e bem
conhecida por estudiosos, chama-se “A referência”. Uma pessoa fica sem beber água por uma
noite e coloca um copo ou uma jarra com água em cima de uma mesa. Ao se deitar para
dormir, programa-se para sair do corpo (Projetado) e beber a água armazenada no recipiente.
As técnicas disponíveis neste belo caminho vermelho, que é o xamanismo são muitas e todas
honradas e sagradas, sempre se conectando de forma elevada com as outras dimensões. E,
seguindo neste compartilhar, descrevo uma outra forma que é muito praticada pelos nossos
irmãos nativos: Os Xamãs costumam guardar penas que são colhidas ao longo do tempo e
quando sentem que é o momento, escolhem uma pena e dormem com ela. Fazem e evocação
da energia do animal, coloca o intento de se projetar junto com ele, para que o animal possa
mostrar neste Vôo Xamânico um determinado o caminho necessário e desejado naquele
instante. Outra linda maneira é dançar em volta da fogueira, conectado ao Espírito do Fogo,
com muito afinco, cansando o corpo físico, diminuindo a ação da mente, e assim, para quando
formos descansar adormecer para que possa acontecer uma Viagem Xamânica lúcida. Como
podemos ver o Vôo Xamânico nos auxilia a buscar informações extrafísicas, conselhos com os
anciões, com os mentores espirituais, contatos com os ancestrais, enfim, no contexto
xamânico as Experiências Fora do Corpo são profundas e realizadoras. Citando outro exemplo,
as assistências espirituais que ocorrem em parceria com os sábios nativos espirituais,
assistências necessárias, marcantes e enriquecedoras. A participação de vivências no plano
espiritual, rodas de cura que são realizadas junto com amigos também projetados e amigos
extrafísicos formando uma magnífica “Tribo Estelar”, onde profundas purificações acontecem.
Muitos ensinamentos valiosos são passados pelo plano espiritual e podemos aplicá-los em
nossa jornada, ampliando nossa qualidade de vida aqui no plano material. O propósito deve
ser sempre utilizar essas técnicas para saborearmos uma experiência bela, que é a Viagem
Xamânica ou o Vôo Xamânico e, colhermos um passo a mais para nosso crescimento como um
todo, fortalecendo nosso poder pessoal, nosso poder espiritual, onde fica claro cada vez mais a
marca da eternidade em nosso ser. É sempre importante mantermos o equilíbrio, voando
como Águia bem alto, buscando o Pai Primeiro, o Pai Céu e tendo uma raiz forte, mantendo
também um alicerce fortalecido com a Mãe Terra. Assim é o verdadeiro equilíbrio consciente.
No dia a dia mantenha seu Curumim interior saudável, sua criança feliz, alegre, independente
da sua idade ou posição social. Mantenha seu Guerreiro interior fortalecido, saudável.
Mantenha seu Ancião interior sereno, coerente, sábio, conectado. Aproveite cada momento
da sua vida, observe mais, sinta mais a sua jornada divina, cresça, amplie seu
autoconhecimento, amplie seu amor próprio, agradeça e permita-se sentir! Lembre-se: “ O
Xamã é guiado pelo povo invisível, suas canções sagradas, são as mesmas deles, para o
Xamanismo não existe separação entre o mundo espiritual e o mundo material, tudo está
conectado na teia da criação.” Texto derivado dos ensinamentos de Vitor Hugo França.

Projeção da Consciência:

Também chamada de projeção astral, desdobramento, viagem astral, experiência fora do


corpo, viagem extra corpórea, viagem extrafísica, viagem espiritual, desdobramento espiritual
etc. Achar um nome correto para este fenômeno não é simples,pois no transcorrer da nossa
história, temos referências diferentes em cada cultura, religião, seita ou filosofia, e a
manifestação da consciência em veículo psicossomático, pelo menos por enquanto,não tem no
nome o fato mais importante, mas sim no fenômeno. Nós aqui nomearemos como projeção da
consciência (PC) ou projeção astral (PA), formas mais comumente usadas pelos estudiosos. A
Projeção Astral é um fenômeno antigo, citado pelos Egípcios, estudado pelos Rosacruzes,
Fraternidades Brancas, Hindus, Chineses e Cabalistas. Há muitos séculos também aparece em
relatos individuais de autores. Apresentada de forma mística, hermética ou religiosa, às vezes
envolvida por uma névoa sobrenatural que, só mais recentemente, com uma melhor aceitação
da espiritualidade em suas várias correntes, começou a ser difundida por pessoas que a
experimentaram e, sem medo das opiniões mais fechadas e crucificadas pelo
conservadorismo, apresentaram o fenômeno por meio de livros, palestras, cursos, workshops
etc. Alguns autores como Robert Monroe, Waldo Vieira, Sylvan Muldon, Annie Besant, Mellita
Denning e Osborn Phillips, Lobsang Rampa, Chico Xavier, Leadbeater etc, citam situações e
experiências que eu, como projetor lúcido, muitas vezes pude vivenciar durante meu período
de aprendizado nesta atual reencarnação. Existem inúmeros casos de EQM (experiências de
quase morte) relatados por pessoas idôneas, acontecidos em várias partes do mundo e com
descrições muito parecidas de todo o processo vivenciado por cada um. Emanuel Swedenborg
(1688), grande vidente e projetor, deixou muitos relatos de suas PAs descritas de forma clara e
inquestionável. Honoré de Balzac (1799) fez citações de experiências de PA. Oliver Fox (1920)
publicou experiências de PA. Allan Kardec codificou o espiritismo e utiliza a expressão
bilocação da alma. Sylvan Joseph Muldon (1903) produziu em 1929 um verdadeiro marco na
projeção astral; seu livro traz estudos e pesquisas organizadas, criando uma visão clara e
desmistificada; e Robert Crookall (1960), que também escreveu sobre Projeção Astral, para
citar alguns que escreveram a história da PA.

O que é Projeção da Consciência:

É a descoincidência entre o corpo físico e o corpo psicossomático (astral) para captar energia,
receber informações e realizar tarefas na dimensão chamada espiritual ou energética. O
praticante treinado para realizá-la consegue um estado de consciência, lucidez e rememoração
cada vez maior, podendo desta forma orientar sua evolução com mais eficiência. É uma
condição inerente a todos os seres humanos. É um processo fisiológico.

Quem Pode Realizar Projeções Astrais:

Qualquer pessoa em idade de discernimento pode produzir projeções astrais lúcidas. Mesmo
pessoas com idade avançada ou com problemas físicos que tenham lucidez suficiente, podem
realizar esta experiência.

Quem Terá Dificuldades Para Realizar:

Pessoas que tenham a sua existência ancorada em pensamentos ou crenças restritivas como,
por exemplo, filosofias, religiões e seitas baseadas no sectarismo conveniente. Deve-se
observar que o estudo da PA, como qualquer outro, necessita de dedicação e empenho.
Vencer as crenças desenvolvidas e os limites criados pela nossa educação é fundamental, pois
o crescimento individual requer mudanças, às vezes superficiais, outras, mais profundas,
arraigadas por mais tempo do que podemos ter consciência.

Utilidades da Projeção Astral:

 Aprender mais sobre as dimensões da consciência


 Curar o medo da morte
 Ampliar o universo simbólico (conhecimento)
 Criar sua versão (descrição) do mundo
 Conhecer e utilizar a memória integral (registro akásico)
 Visitar localidades físicas
 Visitar distritos espirituais (crostais)
 Acessar dimensões espirituais de nível superior e inferior
 Encontrar-se com pessoas que estão fora do corpo ou já desencarnaram
 Encontrar-se com consciências amigas ou amparadoras e conseguir orientação para
desempenhar melhor a sua programação existencial
 Fazer pesquisas em qualquer parte do planeta e fora dele
 Realizar assistência tanto no mundo espiritual como no físico
 Aniquilar a hipocrisia de todos os tipos
 Auxiliar no desencarne de outras consciências
 Libertar a consciência da prisão do corpo humano
 Libertar a mente da prisão das crenças, misticismos e religiões
 Eliminar problemas psicológicos de várias origens
 Realizar a auto-aceitação dos processos cármicos
 Eliminar bloqueios energéticos doentios do corpo físico
 Rever a programação existencial
 Conhecer seus amparadores espirituais
 Reorganizar a vida física
 Elaborar lutos
 Superar medos
 De ver espíritos
 De sair do corpo físico
 De lugares elevados
 Da morte (tanatofobia)
 De ser enterrado vivo (tafofobia)
 Do desconhecido

Conhecimento derivado do primeiro capitulo do livro Projeção da Consciência de autoria de


Moisés Esagüi.
Astrologia na Magia Natural
A História da Astrologia:

O que está em cima é como o que está embaixo... A Astrologia se desenvolveu de forma mais
criteriosa na Mesopotâmia, com um conjunto de elementos classificados e organizados entre
si com os povos da Babilônia, Pérsia, Suméria e Assíria, além dos Caldeus (povos semitas do sul
da Mesopotâmia que habitavam na margem oriental do rio Eufrates). Para se ter uma ideia da
importância da Caldeia na astrologia, basta dizer que por séculos os Caldeus eram chamados
apenas de astrólogos. Na região onde viviam, existiam grandes planícies, o que permitia uma
observação perfeita do céu. A primeira noção de zodíaco vem deles, que observaram que a Lua
e o Sol atravessavam sempre as mesmas constelações inseridas em uma faixa do céu, que
chamavam de Caminho de Anu. Anu era o Deus assírio-babilônio do céu e era o Deus "An" na
mitologia dos sumérios, que o descrevia como rei das estrelas, dos espíritos e dos demônios,
um ente que habitava o ponto mais alto do céu, julgando homens e outros deuses, já que
também era tido como o pai dos Anunnaki, suposto grupo de divindades sumérias, acádias e
babilônicas as quais eles diziam que era o "povo vindo do céu". Os sacerdotes Caldeus
observaram também que 5 estrelas se moviam, enquanto as outras estavam paradas. Eram os
planetas que conhecemos hoje e que também trilhavam o Caminho de Anu, o círculo
imaginário, correspondente à aparente órbita do Sol em volta da Terra, a Eclíptica. Porém, em
sítios arqueológicos na Índia, com mais de 23 mil anos, foram encontrados fragmentos ósseos
com marcas parecidas com tabelas de planetas. Isso dá indícios de que há muitos milhares de
anos o homem já tinha percebido que o nosso comportamento estava de alguma forma
relacionado com o movimento dos astros, e que o mesmo era cíclico. O que não se sabe é se
esse conhecimento foi uma descoberta ou foi transmitido de fato por seres ditos superiores -
ou até mesmo vindos do espaço, como pregam algumas correntes.

 A Tapeçaria Celeste

Quando os Sumérios começaram a viver na Mesopotâmia mais ou menos em 5.000


a.C., erigiram torres bem altas que serviam a vários propósitos. Além de depósito de
alimentos e templos religiosos, também eram observatórios astronômicos. A ciência
ainda não era separada da religião, nessa época os templos eram os responsáveis por
ampliar o conhecimento do povo, decidindo também o que - e de que jeito revelar ou
não, por vezes tirando vantagem de eventos celestes para controlar o povo. O
conhecimento que os Sumérios acumularam nessa época, foram roubados e
compilados por Acádios, Hititas e Persas, que invadiram a região por volta de 3.000
a.C. Logo as técnicas sumérias de observação astronômica foram incorporadas e a
Babilônia se tornou a capital do Oriente Médio, estendendo sua influência por todos
os povos e regiões próximas. Por volta de 668 - 627 a.C., Assurbanipal, o último grande
rei dos Assírios, mandou construir uma enorme biblioteca na cidade de Nínive, que
passou a abrigar uma coletânea com obras em caracteres cuneiformes, que é uma
escrita gravada inicialmente em tábuas de argila com auxílio de objetos em forma de
cunha. Estas tábuas foram as responsáveis por muito do que se sabe dos povos da
Mesopotâmia e muitas dessas obras eram referentes à Astrologia. Os mapas celestes
(chamados efemérides) mais antigos são da época de Assurbanipal. Eram tábuas de
movimentação dos planetas, obtidas através do conhecimento que, de alguma forma,
possuíam dos ciclos planetários. As efemérides traziam previsões como cheias de rios,
melhores épocas para plantar e outros fenômenos da natureza. Podiam ainda prever
catástrofes trazidas pelo homem, como guerras, por exemplo. Assim, a astrologia da
Babilônia era dedicada a prever eventos que causariam impacto na vida coletiva. Tudo
passava pelo rei, personificação do bem-estar de todos no reino. A astrologia
influenciou tanto a Babilônia, que passou a se dedicar também aos indivíduos, com
cálculos cada vez mais acurados. Um dos mapas astrológicos mais antigos que existem
é o do rei Sargão I da Babilônia (2.350 a.C), o que mostra como o estudo astrológico do
indivíduo através da noção de Mapa Astral tomou importância e direcionamento.
Astrônomos surgiram e passaram a se dedicar ao estudo do céu. No século IV a.C,
Kidinnu, um astrônomo Caldeu, conseguiu calcular quanto tempo a Lua levava para
completar seu ciclo. Ele chegou ao resultado de 29 dias, 12 horas, 44 minutos, 3
segundos e 3 décimos de segundo. Considerando as ferramentas que Kidinnu tinha na
época (cerca de 2.400 anos atrás), podemos dizer que foi um feito incrível, já que a
medição atual só corrige em centésimos suas projeções: ao invés de 3 segundos e 3
décimos, são 2 segundos e 87 centésimos de segundo, o que dá meros 43 centésimos.

 Os Gregos e a Astrologia

A forma que a sociedade da Babilônia tinha de pensar e entender o mundo foram aos
poucos sendo incorporada e substituída pelo pensamento grego. Isso aconteceu
quando o macedônio Alexandre "o Grande" conquistou o Império Persa. Mas engana-
se quem pensa que o conhecimento dos Sumérios foi soterrado pelos pensadores
gregos. Na verdade, Platão, Sócrates e Aristóteles beberam na fonte babilônica,
comungando da ideia de que tudo que existe está de alguma forma interligado, que
uma lei universal rege tudo e todos em uma organização única. Os pensadores gregos
acreditavam ainda que os elementos (ar, terra, água e fogo) eram à base dessa
organização, assim cada signo astrológico era então associado a um desses elementos.
Pitágoras, por exemplo, desenvolveu a numerologia, ciência que prega que a cada
número está associado a um símbolo sonoro (letra, fonema). Ele acreditava em uma
relação mística da matemática com as coisas, além de ter a convicção de que a terra
era redonda. O pensamento de Pitágoras influenciou outros filósofos gregos como
Aristóteles e Platão, que acreditavam que tudo o que ocorria no mundo tinha relação
com o movimento dos astros e planetas. Há mais indicativos dessa fusão do
pensamento babilônico com o pensamento grego. Um sacerdote Caldeu chamado
Berosus manteve uma escola de astrologia na Grécia, por volta de 640 a.C. Ele
escreveu um texto intitulado "Babilônica", onde difundia a Astrologia que seu povo
havia desenvolvido. O grego Hiparco, um construtor, cartógrafo, matemático e
astrônomo da escola de Alexandria (hoje Iznik, na Turquia) que é considerado pai da
trigonometria, usou sua tabela trigonométrica e o conhecimento dos babilônios nos
seus estudos em astronomia. Introduziu na Grécia a divisão da circunferência em 360
graus, melhorando algumas constantes astronômicas importantes tais como a duração
do dia e do ano. Calculando melhor essas medidas de tempo, Hiparco conseguiu fazer
previsões de eclipses lunares e solares com um grau de precisão jamais obtido antes
(uma margem de erro de 6 minutos foi descoberta nos seus cálculos mais tarde).
Descobriu a precessão dos equinócios, mostrando que a cada ano o céu mudava de
posição e que a cada 2.000 anos aproximadamente o equinócio da primavera atrasava
30 graus, mudando de signo, o que estabeleceu a noção de Era Astrológica. Hiparco
ainda dividiu o mundo em zonas climáticas, criou o primeiro astrolábio que media a
distância de qualquer astro em relação ao horizonte, além de inventar o sistema de
localização através do cálculo da latitude e longitude. Com um dispositivo que seria o
percurso do teodolito moderno, confirmou que a distância das estrelas não era fixa na
esfera celeste. A partir dessas observações, chegou à conclusão de que o plano que
contém a órbita da Terra deveria ter se deslocado em sentido anti-horário. Convencido
de que a esfera celeste não era constante, criou um mapa estelar, pois queria um
catálogo onde pudesse registrar a luminosidade apresentada por cada estrela da sua
época. A ideia era baseada na configuração dos astros que poderiam sofrer outras
alterações além das periódicas, já conhecidas. Essas alterações talvez só tenham
passado despercebidas por conta da lentidão com que se processavam. Na mesma
época Roma começava a abrir suas portas para a Astrologia, iniciando o período em
que esta ciência entrou em ascensão no Ocidente. Isso ajudou a aperfeiçoar as regras
de interpretação do mapa individual. O Ascendente foi incluído no mapa astral da
pessoa em 80 a.C., quando os gregos notaram que era importante incluir o signo que
surgia no horizonte na hora que a pessoa nascia. Exatamente aí se incluiu na Astrologia
a noção de Casas Astrológicas. O céu foi dividido em doze partes e o início era no
Ascendente. A influência de cada planeta foi estabelecida, assim como o signo de seu
domínio (vale lembrar que na época apenas sete astros móveis eram conhecidos). A
Astrologia egípcia também bebeu na fonte dos sumérios. Talvez a maior diferença
fosse o signo de Escorpião, que no Egito era simbolizado por uma águia. A fusão das
duas linhas de pensamento astrológico aconteceu quando Alexandre conquistou o
Egito. A conquista se deu de forma pacífica, com a rendição egípcia. O faraó havia
ouvido relatos de que o conquistador preservava a cultura e religião dos povos
conquistados. Aristóteles teve grande influência, pois o faraó levou em conta seus
ensinamentos sobre a importância das ciências e da cultura dos povos. Quando
Alexandre morreu, seus generais dividiram os territórios. Ptolomeu II Filadelfo (foi o
faraó do Egito de 281 a.C. até a sua morte, datada em 29 de janeiro de 246 a.C. ) ficou
com o Egito e se instalou em Alexandria, que se tornaria berço do conhecimento
ocidental, transmitindo o conhecimento dos Sumérios para os povos do ocidente.

 O Auge e Declínio da Astrologia no Império Romano

O Império Romano conquistou a Grécia e foi em Roma que a astrologia atingiu seu
auge. Políticos proeminentes como Tibério, Augusto e os primeiros Césares abraçaram
o conhecimento astrológico grego, passando a consultar a Astrologia para diversos
fins. Tibério, por exemplo, estudava o mapa astrológico dos seus rivais. O Imperador
Augustus ordenou que se cunhassem moedas com seu signo. Logo a astrologia estava
espalhada pelo povo. Os intelectuais romanos que influenciavam os nobres perderam
espaço para os astrólogos. Isso causou enorme furor entre os intelectuais, que
declararam guerra contra a astrologia. As culturas da Grécia e do Oriente começaram a
sofrer um declínio juntamente com a decadência do Império Romano. Foi justamente
aí que a astrologia começou a virar superstição e a guerra contra a astrologia iniciada
pelos intelectuais da época ganhou a adesão da Igreja. Em 1666 o Primeiro Ministro da
França decretou que o estudo da Astrologia não seria mais praticado nas academias
francesas. Antes dessa época, não existia diferença entre Astrologia e Astronomia, que
significavam uma coisa só. As referências astrológicas que existiam no Evangelho de
Lucas e no livro do Apocalipse passaram a ser ignoradas pela Igreja. No Evangelho, por
exemplo, os Reis Magos eram chamados de astrólogos.
Preceitos Básicos da Astrologia:

Basicamente, na astrologia moderna, leva-se em consideração a posição, interatividade e


movimento de dez astros distintos:

O zodíaco, uma esfera, é dividido em 12 partes de 30 graus cada. Cada conjunto de 30 graus é
relacionado a uma constelação, portanto, há 12 signos no zodíaco.

Esses 12 signos possuem quatro elementos associados a eles, que dão a eles as características
de sua personalidade. Entre estas características estão os pontos positivos e os negativos, que
são mais vistos quando a pessoa está em desequilíbrio espiritual.

Terra: Que significa substância, estrutura e praticidade, é a marca de Capricórnio, Touro e


Virgem.

(+) Praticidade, concretização, amor maduro, aprimoramento. (-) Insensibilidade, ceticismo,


lentidão, rigidez, crueldade.

Fogo: Que representa ação e criatividade é o combustível de Áries, Leão e Sagitário.

(+) Energia, entusiasmo, anima vontade, paixão. (-) Agressividade, irritabilidade, orgulho,
arrogância, vaidade.
Ar: Que corresponde ao intelecto e a comunicação é a força motriz de Libra, Aquário e Gêmeo.

(+) Comunicação, entendimento, razão, ideias, objetividade. (-) Rebeldia, indecisão, falsidade,
mentira, frieza.

Água: Que simboliza as emoções sublinha os signos de Câncer, Escorpião e Peixes.

(+) Emoção, sensibilidade, espiritualidade, criatividade, amor amigo. (-) Vulnerabilidade,


inconstância, instabilidade, caprichos, infantilidade.

Entendendo as Polaridades Yin e Yang na Astrologia:

As polaridades dividem o círculo do Zodíaco em dois grupos distintos de seis signos cada, que
são categorizados como Masculino Ativo (Yang) e Feminino Passivo (Yin). Tais características se
alternam uma após a outra, a começar por Áries (Masculino), seguido por Touro (Feminino),
Gêmeo (Masculino) e assim por diante, até sua finalização em Peixes. Os signos de polaridade
masculina indicam comportamentos mais extrovertidos, expansivos, entusiasmados, de boa
expressão e comunicativos: Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário. Já os de
polaridade feminina tendem a possuir comportamentos mais introvertidos, internalizados,
profundos, intimistas e tranquilos: Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes.
Signos de Polaridades Energéticas Opostas:

Como todos sabem, o Zodíaco é representado como um círculo, onde cada signo é situado ao
lado do outro de forma a expressar todo um conceito dinâmico. Esse formato permite
angulações diversas entre os astros, signos e casas envolvidas. Quando um signo está a 180
graus de distância um do outro, dizemos que eles estão em oposição e tal interpretação pode
esclarecer muitos pontos de sua relação. Por estarem em polos opostos do zodíaco, os signos
em questão são consideradas as duas metades de um inteiro. Por isso, possuem características
bastante diferentes, mas que se completam entre si, podendo criar uma relação de amor e
ódio ou de equilíbrio entre os nativos.

Áries e Libra, Touro e Escorpião, Gêmeos e Sagitário, Câncer e Capricórnio, Leão e Aquário,
Virgem e Peixes.

O Conceito de Yin e Yang:

Os termos Yin e Yang vêm da filosofia chinesa, mais precisamente do Taoismo, uma doutrina
filosófica e mística criada por Lao Tse que versa sobre a integração do ser humano ao cosmos.
Segundo o Taoismo, isso só pode ser alcançado através da elevação, ou seja, através de uma
existência reflexiva, tranquila e sensata. Dessa forma, o Taoismo nada mais é que o caminho
que o ser humano deve percorrer para elevar-se e se integrar completamente ao universo de
uma forma harmônica. Para isso, deve haver total equilíbrio, representado pelos símbolos do
Yin e Yang. O conceito do yin-yang se expressa amplamente nas polaridades diversas, nas
dicotomias universais como ação e reação, luz e escuridão, frio e calor, nos movimentos de
inspiração e expiração, nas forças centrífuga e centrípeta e nos ritmos diversos. Tudo sempre
constitui duas metades a serem completadas, como o espírito e a matéria, o subjetivo e
objetivo, o interior e o exterior, o movimento e repouso. Os extremos se complementam para
que exista um equilíbrio universal entre todas as coisas no universo. Quando vivemos em total
harmonia com as forças cósmicas do universo, obtemos sucesso, consciência e bem-estar.
Mantendo em equilíbrio o consciente e o inconsciente, o corpo e espírito, a fantasia e a
realidade, o doce e o salgado, tudo flui de forma mais natural, dinâmica e coesa. Eventuais
perturbações do equilíbrio entre essas forças algumas vezes são inevitáveis. Quando este
equilíbrio é perturbado, ambas as partes mostram o seu lado destrutivo. O ideal é não nutrir
um lado em detrimento do outro, balancear as forças para que ambos os polos se beneficiem e
se energizem constantemente.

A Energia Yin é Dividida nos Elementos Água e Terra:

Em resumo, podemos juntar ao seu conceito as palavras femininas, mãe, terra, Lua,
inconsciente, sentimento, intuição, o eu interior, sonho, coração, conteúdo, voltado para o
interior, o fluxo da vida, pacifismo, atração, economia de energia, cura, preservação, orgânico,
fluente, etc.
A Água é o elemento emocional e subconsciente, influenciando as pessoas a agirem de acordo
com seus sentimentos e estados de espírito. A Terra é o elemento prático e material, influencia
as pessoas a agirem de acordo com o que é mais sólido e seguro para elas.

A Energia Yang é Dividida nos Elementos Ar e Fogo:

Em resumo, podemos juntar ao seu conceito as palavras masculinas, pai, Sol, consciente,
compreensão, lógica, Eu, exterior, decisão, risco, energia, construção e destruição, abstração,
ordenação, sobriedade, patriarcado, etc.

O Ar é o elemento social, influencia as pessoas a buscarem novas informações para expandir


seu intelecto. O Fogo é o elemento idealista, ele excita e influencia as pessoas a perseguirem
objetivos compatíveis com seus ideais e ambições.

A Contribuição dos Quatro Elementos na Astrologia:

Podemos dividir os quatro elementos em duas partes: Feminino - Yin (água e terra) e
Masculino - Yang (fogo e ar). É um espelho dos dois maiores arquétipos humanos o feminino
(ternura, introspecção, fertilidade e praticidade) e o masculino (atividade, expansão, energia e
comunicação). Essa divisão nos diz que, para alcançar o equilíbrio e criar uma vida perto da
perfeição, precisamos honrar equilibrar e melhorar todas as nossas características inerentes
respeitando o conceito dos quatro elementos.
Entenda os Quatro Elementos na Astróloga:

Todos nós incorporamos os quatro elementos de alguma forma em nossas vidas. Estamos de
pé sobre a Terra. As informações ao nosso redor apelam para o nosso intelecto, som e verbo,
evocando o elemento Ar. Nossas ações são regidas pelo domínio do Fogo, com sua vontade,
iniciativa e ação, enquanto as emoções desencadeadas pelas nossas experiências invocam o
elemento Água, o mais fluido. O ser humano experimenta todos os elementos desde sua
concepção: quando imerso no líquido amniótico (água), na formação do corpo material (terra),
ao ligar a chave dos batimentos cardíacos (fogo) e fazendo valer seus pulmões com a primeira
inação de oxigênio e emissão sonora (ar). Em outra analogia, quando você beija alguém,
também há certa química envolvida. O contato físico dos lábios (terra), a emoção que percorre
o corpo (água), os pensamentos que atravessam a sua mente (ar) bem como o desejo,
iniciativa, paixão e a atração (fogo). Alquimistas e astrólogos sempre se empenharam em
alcançar o equilíbrio dos quatro elementos a fim de transmutar o imperperfeito, o normal e as
situações mundanas. A maioria das substâncias ou interações físicas são misturas de múltiplos
elementos que interagem dinamicamente entre si. Vejamos uma madeira em combustão, por
exemplo. Pode conter fogo (visível através do processo de queima), ar (quando consome o
oxigênio que alimenta a chama e quando ouvimos o sibilar de sua queima), água (que será
removida no processo para que a madeira vire carvão) e terra (a cinza deixada para trás
quando a madeira é queimada por inteiro). O Fogo e a Água são os elementos mais puros. O
fogo é mais leve e sobe já a tendência natural da água é descer.

1. O Elemento Fogo na Astrologia:

O elemento Fogo na astrologia representa ação, ímpeto e criatividade, sendo o


combustível de Áries, Leão e Sagitário. É considerado quente e seco. Tem uma
abrangência radiante, simboliza expansão, calor, luz, coragem, vontade de lutar, de
dominar e conquistar, mas também favorece a elevação espiritual, a lucidez extrema e
a purificação da alma. Nos seres humanos representa a mente superconsciente. O
símbolo do elemento Fogo é um triângulo apontando para cima, representando o
desejo de subir por conta de suas qualidades quentes e secas. Pessoas com
abundância do elemento fogo tendem a serem mais otimistas, idealistas, dinâmicas,
ardentes, apaixonadas, entusiasmadas, diretas, espontâneas, ingênuas, expansivas,
com mais inspiração, motivação, coragem de se impor, de assumir riscos e enfrentar
desafios. Geralmente demonstram energia, determinação, ardor, perseverança e
podem gostar mais de mandar do que obedecer. Toda essa disposição pode trazer
mais agitação e impulsividade. Um fogo fora de controle, por exemplo, pode ser muito
perigoso, pois o outro lado da energia tende a possuir certa falta de tato, uma ambição
desmedida, ser violento, raivoso, autoritário e agressivo - física ou verbalmente.
Podem ser um pouco insensíveis e indiferentes, por vezes egoístas e arrogantes
também. Na raiva tendem a magoar os outros, mas geralmente não guardam rancor.
Antigamente eram chamadas de pessoas com Humor Colérico. De todos os elementos,
o único que provavelmente vai se denunciar em um lugar mais escuro é o fogo. Daí
surge coisas como a sinceridade, a objetividade e a tendência natural a aparecer.
Pensar num signo de fogo que tenha que ficar sempre escondido é um antagonismo
tremendo, pois para o fogo, é importante dar o seu recado e imprimir suas ideias. São
afeitos às paixões passageiras, onde podem se interessar por algo e logo em seguida se
desinteressarem. Com isso, podemos evocar aquela máxima: "o fogo só queima
enquanto houver combustível". E de fato, o fogo muitas vezes consome rapidamente
seu combustível. Sendo assim, é de sua natureza extrair o máximo da vida, abrir as
portas da criatividade, se mover para novas ideias, além de empurrar tudo o que toca
em direção à aventura, aos riscos e a especulação. Sua função é revelar, mostrar-se,
iluminar e dar imprimir mais paixão e entusiasmo às coisas.

Os Signos Regidos Pelo Fogo:


Os signos de fogo se mostram ao mundo de formas diferentes:

Áries é mais imediatista, quer ser o pioneiro, mais forte ou mais rápido, inspirando
competição. É o signo que abre caminho para o desconhecido, que quer vencer a
inércia do tempo, o fogo das origens, a afirmação do Ser e a ação na sua
potencialidade. Força, coragem, animação, independência, inovação, competição e
aventura são palavras de peso dentro do escopo ariano. É um signo de enorme energia
e impulsividade: "Eu Inicio", "Eu Sou", "Eu Faço".

Leão é mais ansioso e ousado, quer ser o melhor, inspirando autenticidade. Traz o
prazer de experimentar a vida com uma visão otimista do mundo. A mente e o coração
se unem para representar a individualidade e expansividade do homem de forma mais
independente, traçando uma linha entre o Ser e o Existir, conseguindo pensar em si
mesmo, se interrogar e se autoanalisar de forma apaixonada. A energia que irradia do
fogo de Leão tende a torná-lo centralizador, mas muitas vezes de forma autoritária,
dominadora, ditatorial ou egocêntrica.

Sagitário é mais entusiasmado e exagerado, quer ser o mais sábio, otimista e


desbravador, inspirando aventura. É a energia que amplia o potencial do homem,
conferindo a ele um sentido extremamente desenvolvido de moralidade e de justiça,
fazendo com que ele busque o conhecimento, a verdade e o melhor caminho certo a
seguir. O objetivo e a razão da existência são ideais que estimulam um conhecimento
maior sobre todas as coisas, uma entrega total de si.

Forçar os signos de fogo a uma condição de extrema quietude é uma tarefa árdua e
praticamente impossível. Quando em suas crises, são como a mitológica ave Fênix: dão
um jeito de dar a volta por cima, renascendo das cinzas. Tais energias tendem a estar
sempre em movimento e precisam estar assim. Movimentar-se e ir além é um dos
seus motes. É da natureza do fogo a ação, pois nenhuma chama tem tendência à
quietude. Também é da natureza do fogo a ascensão, subir, elevar-se. É energia Yang,
que inspira expansão, o lado positivo das coisas. Sempre irá se direcionar para cima,
elevando-se em direção ao alto e ao divino. Por isso, muitos deuses mitológicos dos
tempos antigos têm seus arquétipos retratados como: Áries (heróis, soldados e
guerreiros), Leão (artistas e reis). Sagitário (sacerdotes, filósofos e conselheiros). Pense
sempre no Fogo como algo mais ardente, idealista e abstrato, uma energia que
influencia a criatividade, as novas ideias, que atiça as aventuras, propele a ação e o
nosso lado artístico. Aquecer, viver o presente, virar a página da situação, mostrar que
a vida é boa e superar-se são temas sempre presentes em sua cartilha Elemental.

2. O Elemento Água na Astrologia:

O elemento Água na astrologia rege as emoções, a mente subconsciente, a


sensibilidade, os sentimentos e sublinha os signos de Câncer, Escorpião e Peixes. É
considerado frio e úmido. Eleva-se acima da Terra, mas está abaixo do Ar. Proporciona
flexibilidade e nutrição das substâncias. O símbolo do elemento Água é um triângulo
apontado para baixo, representando seu desejo de descer por conta de suas
qualidades frias e úmidas. A força desse elemento pode fazer as pessoas serem mais
pacientes, compassivas, empáticas, secretava imaginativas, sonhadoras, abnegadas,
com uma maior inclinação artística, intuitivas, emotivas e sensíveis, daquelas que
sentem com uma maior facilidade algo que possa ter passado despercebido por outras
pessoas. Suas características elementares são umidificar, hidratar, purificar, refrescar,
tonificar, limpar, acalmar, proteger e diluir. Pessoas com muita evidência do elemento
água tendem a serem mais influenciáveis, consideradas mais emocionais e sensíveis
além de mais adaptáveis a qualquer ambiente. No entanto, podem achar mais difícil se
adaptar totalmente aos limites do mundo material, sendo também um pouco mais
preguiçosas, irresolutas, vulneráveis ou hipersensíveis. Ao contrário do fogo, que sobe
e se expande, a água é de natureza Yin, direcionada para baixo. É por isso que muitas
pessoas com predominância desse elemento tem certa tendência à melancolia, se
deprimem ou se desmotivam mais facilmente. As emoções podem passar a impressão
de estarem sempre transbordando, à flor da pele, embora possam agir de forma
pouco impulsiva, se afogando em seus próprios sentimentos. Tendem a seguir o desejo
de outros em detrimento dos seus próprios com mais facilidade. Precisam sempre
estar em boa sintonia com a sua existência, senão pode mergulhar tão fundo que o
retorno se torna algo difícil. Antigamente eram classificadas como pessoas de Humor
Fleumático. É um elemento magnífico, que tem o poder de se misturar ao ar,
desaparecer ao calor do fogo e ser absorvido pela terra. Rapidamente se perde a água
não é contida facilmente. Precisa da Terra para estabelecer seus limites, do Fogo para
decantar suas impurezas e se elevar e do Ar para se propagar. Esse é o elemento que
representa a psique humana, algo que se parece muito com as águas do mar: a
consciência desliza sobre sua superfície enquanto o subconsciente se aprofunda e
mergulha dentro de um vasto oceano de possibilidades, com áreas profundas e
desconhecidas. Sendo assim, torna-se mais difícil para as pessoas com predominância
desse elemento se manter em um fluxo constante e linear por muito tempo. E isso
pode ser notório com as variações de humor de Câncer, os rompantes emocionais de
Escorpião e as crises existenciais ou melancólicas de Peixes. É bom citar também que a
própria palavra "humor" deriva do latim "humore", que significa líquido - em especial
os fluidos corporais, como o sangue, bílis, linfa, saliva e outros. Lembre-se que nosso
organismo é composto por em média 70% de água e que sem ela não sobrevivemos
por muito tempo, tornando o elemento algo ainda mais relevante.

Os Signos Regidos Pela Água:

Os signos envolvidos com o elemento água cumprem bem o escopo Elemental o qual
pertence. Todos eles possuem um lado meio vago e misterioso, parecem que está
sempre em busca do seu canto, seu local ideal para repouso, dos sonhos, de
meditação, de recarga das energias e distanciamento social. Em geral, nunca
esquecem o que os marcou emocionalmente. Mostram gentileza, empatia e
generosidade, mas quando estão feridos ou sentem que estão em perigo, podem se
tornar pessoas imprevisíveis, desordenadas ou tiver seus sentimentos exacerbados.

Câncer está diretamente ligado ao seu lar, ao local que considera seu refúgio. É a água
fresca, que se volta para a preservação dos seus, cuidando, protegendo, nutrindo e
acalmando, predominando em sua energia os hábitos de infância ou familiares. Suas
exacerbações sentimentais geralmente estão associadas às perdas. O signo também
tem grande facilidade de evocar o passado, se apegando às lembranças e a tudo que
se refira à infância ou aos velhos tempos. Podem ter um sério problema com o apego
e, assim como a água em forma de represa, um bom conselho é que de vez em quando
joguem fora o que está velho para que possam renovar suas emoções.

Escorpião luta pela sobrevivência e geralmente desconfia de tudo e de todos, não


permitindo que qualquer pessoa penetre em seu território. No processo, investiga,
envolve, se aprofunda e transforma, trazendo consigo o reflexo dos males ou da
bondade do mundo. É como a água pantanosa, fixa, parada. Seus transbordamentos
emocionais geralmente estão ligados a mágoas. Têm o grande poder de nunca
esquecerem o que tenham feito a eles, de bom ou de ruim, pois lidam com uma
energia mais passional. Com isso, sempre guardarão os detalhes das situações que os
tenha marcado, sendo necessário trabalhar o perdão. Pode ter problemas com o
ciúme, algo que deriva de suas águas turvas e obscuras, onde há sempre a
possibilidade de existir ou não algo do outro lado.

Peixes busca um sentido mais amplo para a existência e muitas vezes tende a preferir
o distanciamento, o escapismo, o borrão ante a nitidez, a fuga da realidade e das dores
do mundo, mergulhando em seu mundo pessoal. No processo, se dedica, se sacrifica e
imagina, trazendo em sua essência a capacidade inata de disfarçar-se e mimetizar-se
com o próximo. É a água dos mares, oceânica, águas profundas. Em Peixes, as
desilusões são as maiores causas de suas crises emocionais. Tendem a sempre
espalharem gratidão eterna e geralmente não esquecem um gesto de bondade.
Podem ter problemas com fantasias e idealizações excessivas, como as águas que
contaminam ou turvam a mente.

Voltando ao cerne do elemento, a água representa também o "embaixo do tapete", as


fugas e escapismos. Podemos comparar o lado desarmônico do elemento Água com as
chuvas torrenciais, os tsunamis, os mares agitados e as enchentes poderosas. São
emoções exacerbadas que têm o potencial de prejudicar as pessoas. Represar a água
sem renová-la periodicamente pode significar insegurança, recalque e psicopatologias.
É preciso renovar a sua água, fazê-la circular, expor os sentimentos e evitar conter
demais emoções ou angústias. Para a água, a busca pelas coisas simples e óbvias é
menos importante, pois o elemento opera em uma frequência mais complexa que
envolve emoção, intuição, fantasia e imaginação. Age como um espelho, que reflete a
luz e ao mesmo tempo exibe em seu mundo próprio uma enormidade de perspectivas,
reflexos, segredos e ilusões. O elemento é o reino submerso do retraimento, das
angústias, dos medos, das inquietações, dos devaneios, dos sonhos, da suscetibilidade
e da absorção das influências a sua volta. Uma pessoa sob uma grande influência dos
signos de água pode se comportar mais como os líquidos, ou seja, seus sentimentos
são expressos e captados com mais facilidade, de forma mais fluida e com uma melhor
condutividade. Pense sempre na Água como algo ligado às emoções. A água é
transparente, fazendo todos os sentimentos ganharem fluidez, nutrição e força por
onde passa.

3. O Elemento Ar na Astrologia:

O elemento Ar na astrologia corresponde ao espectro mental, ao intelecto, a


comunicação e ao intercâmbio, sendo a força motriz dos signos de Gêmeos, Libra e
Aquário. É considerado quente e úmido. Fica abaixo do Fogo e acima da Terra, sendo
penetrante, difuso e móvel. Nos seres humanos representa a mente autoconsciente. O
símbolo do seu elemento é um triângulo apontando para cima com uma linha
horizontal através dele. O triângulo ascendente representa que é quente e procura
ascender, mas o componente úmido bloqueia sua subida total. A função do Ar é
estimular o raciocínio e o intercâmbio de informações. Como todos respiraram o
mesmo ar, o elemento também age como componente social, ou seja, de todos os
elementos, é o único que sou forçado a compartilhar de uma forma menos controlada.
Favorece muito mais a razão e a lógica em detrimento da sensibilidade ou das
emoções. Algumas de suas características são: transmitir, agitar, mobilizar, comunicar,
oxigenar, fomentar, energizar e purificar. Nesse caso, Gêmeos trata de comunicar,
desdobrar e intercambiar, Libra de ajustar, equilibrar, harmonizar e socializar e
Aquário de progredir, revolucionar, inventar, inovar e energizar. Assim como os outros
elementos, o Ar tem seus extremos, podendo se mostrar como uma leve brisa ou se
transformar em um furacão devastador. De todos os elementos, é o mais difícil de
prever suas ações e possui uma tendência à instabilidade e imprevisibilidade. O
mesmo ar que sopra e refresca, também pode alimentar incêndios e espalhar toxinas.
Pessoas com uma grande força do elemento ar têm como foco sempre melhorar as
propostas e ideias, trazendo novos conceitos e favorecendo invenções. Antigamente
eram classificadas como pessoas de Humor Sanguíneo. São notórias que as pessoas
com predominância do elemento ar no mapa tendem a serem mais ativas, sociáveis,
falantes, leves, rápidas, curiosas, cheias de ideias, versáteis e interativas. Toda essa
energia aérea favorece a intelectualidade, mas por outro lado, temos também o
aspecto negativo da comunicação, que aparece sob a forma de fofocas, "disse-me-
disse", discussões e mal entendidos. Esse outro lado também pode indicar
comportamentos volúveis, duais, distraídos, indisciplinados, apressados, malfeitos e
sem muita profundidade. Assim, a tendência é não criar tantas raízes e não se ater
tanto aos detalhes, sendo pessoas mais desprendidas dos limites do mundo material.
O problema é que com isso torna-se mais difícil colocarem suas ideias em prática, já
que podem ficar sempre variando seus desejos e opiniões. Como a tendência é se
interessarem por muitas coisas ao mesmo tempo, podem não ter força de vontade
suficiente para se concentrarem em nenhuma delas especificamente, sendo muito
mais difícil terminar o que começaram. Seus sentimentos não são mostrados
facilmente e nem sempre agem conforme falam ou pensam, embora geralmente
sejam os primeiros a questionar alguma coisa. Voltando ao cerne do elemento, é no ar
que encontramos todo tipo de ondas de energia: eletromagnéticas, luminosas,
sonoras, além de uma infinidade de partículas flutuantes, misturadas a gases em um
incrível sistema compartilhado de transmissão e recepção. Toda essa natureza que
inspira conexão é expressa em seus signos, que possuem uma necessidade inerente de
se comunicar, criar vínculos sociais e manter uma sintonia social dinâmica. Pessoas
aéreas costumam se pautar pelas ciências e pelas notícias, buscando argumentos
verdadeiros ou sensatos e não se deixando impressionar facilmente por ideias sem as
fundamentações que considera adequada. Para essas pessoas, tudo tem que ter uma
boa explicação, uma lógica por trás. Não basta idealizar, é preciso estabelecer um
propósito. Por isso, pessoas com um peso maior desses signos geralmente têm uma
maior dificuldade para a intuição e um apego maior a métricas e à racionalidade. O
conflito nesse caso é que como elemento não inspira foco e solidez e é mais afeito à
dispersão, algumas ideias e conceitos podem se perder rapidamente.

Os Signos Regidos Pelo Ar:

Gêmeos é o signo dos "porquês". Gosta de transmitir ideias e propagar informações,


tendo a curiosidade como mola propulsora, sempre em busca de novidades, coisas
interessantes ou intelectualmente desafiadoras. É o ar em seu estado agitado (vento
forte), inquieto, disperso, diversificado e dinâmico. A energia geminiana promove o
despertar da intelectualidade e onde quer que se posicione é uma energia curiosa,
leve, que tem a ver com dualidade - como o próprio nome do signo sugere. Tende a se
perder na variedade de escolhas que precisa fazer.

Libra é o signo dos "pingos nos is" e transmite justiça, harmonia e beleza estética,
buscando parcerias e politização. É o ar mais calmo, uma leve brisa, revelando
quietude, observação, ponderação, temperança, julgamento e diplomacia. Um
possível problema é a indecisão gerada pela insegurança, que pode prejudicar o
andamento ou agilidade de seus planos. Disso surge a tendência do signo em deixar
que a outra escolha a melhor opção, pois com isso não precisam se comprometer e
ceder às suas dúvidas.

Aquário é o signo das contestações e transmite inovação, ideias igualitárias e quebra


de paradigmas, desconstruindo sistemas obsoletos ou muito rígidos, sendo um signo
ligado ao inconformismo e voltado para a revolução social, sempre buscando o
progresso. É o ar violento, agitado como um furacão, revelando insubordinação,
imprevisibilidade, revolução, radicalismo, excentricidade, turbulência e libertação. Há
aqui também uma predisposição para a insatisfação crônica, fazendo com que ocorra
uma súbita perda de interesse por aquilo que se está buscando, gerando instabilidade
e imprevisibilidade.

Uma pessoa com grande influência dos signos de Ar de fato parecerá mais volátil. Isso
significa que pode haver uma distância maior entre ela e a matéria, preferindo cultivar
a mente, a imaginação, o movimento, a agilidade, a variedade, a pressa e a
comunicação. Precisa sempre de novos estímulos, de circular por aí. Os pensamentos
se tornam mais rápidos, assim como as moléculas de gás que estão distantes entre si e
também se movem rapidamente. A pior coisa para essas pessoas é ficarem presas a
qualquer condição tediosa, repetitiva ou limitada. Precisam sempre de reciclagem,
pois isso as motiva. O aprendizado é importante e geralmente os signos do elemento
ar não suportam o silêncio absoluto por muito tempo (embora Libra tenha um pouco
mais de apreço pela quietude). Tendem a admirar muito as pessoas que falam bem,
que têm propriedade em seus discursos. Cada signo, ao seu modo, precisa ouvir o que
o outro tem a dizer e todos estão atentos ao que o outro está transmitindo. Pense
sempre no Ar como algo volátil e atrelado ao intelecto e a comunicação. É uma energia
que estimula a mente e dá força aos nossos pensamentos e a propagação de
informações.

4. O Elemento Terra na Astrologia:

O elemento Terra na astrologia significa substância e praticidade, sendo a marca de


Touro, Virgem e Capricórnio. É considerado frio e seco. Representa estabilidade e
solidez, dando às substâncias sua força e forma. Nos seres humanos, representa o
corpo físico. O símbolo do elemento Terra é um triângulo apontado para baixo com
uma linha através dele. O triângulo descendente representa que a Terra está úmida e
procura descer, mas seu componente seco bloqueia sua total descida. Pessoas com
grande quantidade de terra no mapa tendem a serem mais introspectivas, passivas e
dotadas de forte empatia, além de mais calmas, lentas e frias. Tendem a ser mais
resiliente com muita força de vontade. O elemento também proporciona mais solidez,
estabilidade, persistência e uma natureza concreta que pode atrair ansiedade,
pessimismo ou realismo extremo. Este elemento também é sinônimo de sensualidade,
prazeres terrenos e segurança material ou sentimental, sendo suas características:
produzir, manter, formar, construir, estabelecer, conter e limitar. Os signos de terra se
valem de sua característica Elemental de formas diferentes: Touro investe, desfruta,
produz e se apropria. Virgem elabora, aperfeiçoa, detalha e esmiúça as coisas.
Capricórnio administra estrutura, planeja e governa. Antigamente eram chamadas de
pessoas com Humor Melancólico. Para o elemento terra, obter ganhos é de suma
importância, afinal, um terreno estéril ou improdutivo por muito tempo não é
interessante nem útil a ninguém. Taurinos preferem obter seus ganhos de forma
normal, de preferência com menos esforços: "se o fruto estiver à mão, pra que fazer
força e mudar o que funciona?" Para os virginianos, o ideal é conseguir algo com
empenho e dedicação: "são nossas ações cotidianas que geram bons e produtivos
resultados". Capricornianos conquistam as coisas com a força do tempo, pois precisam
galgar seu caminho para chegar onde desejam: "Só se gera frutos com disciplina,
resiliência e persistência". Geralmente, futilidades ficam em segundo ou terceiro plano
para o elemento terra. Palavras não são suficientes para chamar a atenção, mostrar
trabalho sim. São pragmáticos e práticos demais para se impressionarem apenas com
palavras, promessas e possibilidades. Querem ver a coisa no plano concreto e
admiram aqueles que são empenhados em fazer acontecer. A gestão do tempo
também é diferente para esse elemento. Tudo tende a ser feito com mais calma,
paciência, embasamento, devagar, passo a passo, visando à segurança, a estabilidade,
os possíveis ganhos e a durabilidade daquilo que se conquista. Isso pode ser
representado pela terra fértil germinando pacientemente suas sementes, pelas
formações rochosas, pelas construções atemporais e pela incrível formação das pedras
preciosas. O interesse principal está na segurança, estabilidade, na consistência das
coisas, na produção, enriquecimento e status que o traga estabilidade.

Os Signos Regidos Pela Terra:

Touro empreende uma busca constante pelos prazeres proporcionados pelo espectro
material e terreno, suas belezas, frutos, os potenciais da matéria e a gestão de seus
recursos, tendo a total consciência da sensualidade proporcionada pelos cinco
sentidos físicos. O importante são os ganhos e vantagens que a terra e a natureza
proporcionam o conforto gerado. Muito do que mantém a energia taurina em
movimento são pequenos prazeres como o toque, afeto, sexo, boa comida além de
todo conforto que os recursos podem comprar.

Virgem controla o elemento terra através da agricultura, do utilizável, das melhorias,


do ato de semear, de colher e do serviço, além de ter uma maior consciência material-
corporal, visando à manutenção da saúde e da higiene, coisas necessárias para uma
boa e produtiva rotina. O importante são as rotas pré-definidas e os meios de
produção estabelecidos e melhorados, gerando com isso segurança para si e para as
operações. Parte do que mantém Virgem em movimento é a segurança gerada pela
rotina, os hábitos, o trabalho eficiente, a limpeza e a preocupação com a saúde.

Capricórnio usa todos os recursos para construções duráveis, coesas, sólidas e


abrangentes, além de possuir uma maior consciência sobre o tempo, a idade e a
maturidade de si e de todas as coisas do mundo, além de uma sabedoria que advém
da experiência. É importante para este signo a segurança de onde se pisa. O que
mantém Capricórnio em movimento são as ambições, a gestão do status, a
produtividade, o reconhecimento, o emprego, as economias, as instituições e a
estabilidade. Alcançar limites com estabilidade, segurança e determinação é a sua
proposta.

A Terra também produz efeitos adversos que interferem um pouco em seu modo de
operação harmônico. Tirar do sério alguém mais terreno não é muito bom, podendo
causar terremotos. Seus nativos são capazes de incríveis explosões de fúria se sua
raiva for reprimida por muito tempo. Geralmente são pessoas mais tolerantes, calmas,
indulgentes e pacientes, mas instigá-las aos seus limites pode provocar reações nada
agradáveis. A teimosia e a inércia também são outras vertentes, algo que faz com que
se torne mais difícil para tais pessoas mudarem de ideia. Touro pode ser preguiçoso,
mesquinho, irredutível e possessivo. Virgem tende a ser deveras crítico, sistemático e
por vezes monótono. Capricórnio pode ser pessimista, ranzinza, teimoso e rígido. Há
de se estar atento também ao risco de se tornarem viciados em trabalho e aos
deveres, negligenciando o tempo de descanso, pois onde há muita terra, pode haver
uma necessidade constante e inconsciente de produzir e estabelecer-se. Lidar com
mudanças bruscas também não é nada fácil para este elemento, pois a terra só se
movimenta através de poderosas forças da natureza - ou de forças leves, embora
constantes, como o vento. Uma grade força do elemento terra no mapa astral pode
fazer a pessoa parecer mais sólida, pé no chão, "terrena", ou seja, se preocupando
mais com a praticidade das coisas, dando relevância às coisas materiais e
desempenhando suas tarefas com mais segurança e solidez. Assim como o modo de
operação do elemento, a pessoa pode parecer mais densa, fazendo as coisas mais
devagar embora constantes, em uma rota mais definida. Produção e permanência
estão sempre relacionadas ao elemento terra. Mesmo que demore, um tipo mais
terreno sabe que pode chegar lá se persistir. Seja ao andar por uma floresta, no campo
ou ao escalar uma montanha, a caminhada poderá ser mais difícil, embora com
certeza venha acompanhada de mais persistência e resiliência para chegar onde quer
que seja. Pense sempre na Terra como algo concreto, detalhado, prático, seguro, uma
energia que influencia nossa capacidade de realização sólida, além de uma maior
afinidade com limites, com o mundo material e os sentidos físicos.
As Três Qualidades dos Signos Zodíaco:

Os quatro elementos, que formam a espinha dorsal do estudo da Astrologia podem ser
expressos em diferentes variações. A primeira é a divisão dos 12 signos pelos quatro
elementos, que é chamada de triplicidade, ou seja, para cada elemento teremos um grupo de
três signos. A segunda é a divisão dos 12 signos pelas três expressões desses elementos, onde
o resultado é chamado de quadruplicidades - ou modos, qualidades. Assim, teremos um grupo
de quatro signos para cada expressão. Assim como os elementos, essas qualidades possuem
valores e características próprias. Cada um dos quatro elementos irá apresentar uma
expressão cardinal, uma expressão fixa e uma expressão mutável. Os 12 signos do Zodíaco
nada mais é do que nomes para essa combinação de elemento + qualidade. A energia que
contempla o elemento Fogo em sua expressão Cardinal é chamada de Áries. A energia que
contempla o elemento Terra em sua expressão Fixa é chamada de Touro, a do elemento Ar
com expressão Mutável é chamada de Gêmeos e por aí vai, seguindo a ordem zodiacal. A
Astrologia segue basicamente a dinâmica das estações, onde cada um desses períodos de três
meses de duração é composto de um começo, meio e fim. Todo mês, tais períodos se
manifestam na natureza de uma maneira variada. O início do inverno, por exemplo, não é tão
frio como o meio. O meio do verão é geralmente um pouco mais quente do que o fim. As três
qualidades representam as três partes das estações e a forma como os signos interagem com
os elementos. Nenhuma qualidade é melhor do que a outra são apenas complementares e
interdependentes entre sir. Os signos cardinais tendem a iniciar as coisas, dar o primeiro
passo. Os signos fixos fazem a manutenção e sustentabilidade do que foi iniciado,
concretizando e gerindo as coisas. Os signos mutáveis trabalham com a transição, o fluxo, a
liberação, transformação e adaptação das coisas. É sempre bom que um mapa astral possua
equilíbrio entre as qualidades para que a pessoa tenha a capacidade inata de gerir seus
projetos e desempenhar seu convívio de uma forma mais fácil, independente e pragmática.

1. CARDINAL

A qualidade CARDINAL marca o início da temporada e o poder da iniciação, sendo a


marca dos signos de Áries, Câncer, Libra e Capricórnio. Tendem a serem energias
diretas, orientadas para a ação, para o progresso, para o direcionamento das coisas.
Recebem bem a tendência à mudança e abordam as coisas de maneira impaciente,
tendo afinidade com liderança e autoafirmação. Inovação é outra característica
positiva da expressão cardinal, mas ao mesmo tempo em que é gerada uma força para
iniciar coisas, pode trazer dificuldades para continuar e manter o que foi iniciado,
necessitando então da combinação e ajuda de outras energias de sustentação. Os
signos cardinais: Áries (fogo), Libra (ar), Câncer (água) e Capricórnio (terra) têm uma
tendência para impulsividade em suas ações e ter audácia e coragem para se
posicionarem onde quer que desejem algo que também pode atrair precipitação e
impaciência. Atividade, criatividade e empreendedorismo também fazem parte de seu
leque de possibilidades.

ÁRIES é o tipo cardinal que se afirma através de sua impulsividade, vitalidade e grande
energia assertiva. É muito bom em ter ideias e iniciar as coisas;
CÂNCER é o tipo cardinal que progride mais lentamente, de forma mais comedida,
andando de lado, manipulando e contornando as situações, utilizando suas emoções
para abrir os caminhos;

LIBRA é o tipo cardinal que tende a usar seu lado ponderado para atrair as pessoas e
as situações que deseja, abrindo seu caminho com a ajuda das pessoas. Graças à sua
temperança e aparente gentileza, geralmente consegue ser bem recebido. Possui certa
indecisão inerente, refletindo e fazendo planos para que a melhor decisão seja tomada
em vez de ir com muita sede ao pote;

CAPRICÓRNIO é o tipo cardinal que se move de forma lenta, discreta e cautelosa,


embora dotado de grande ambição. Como resultado, geralmente consegue abrir seus
caminhos com sua resiliência e experiência passando de forma quase despercebida,
aproveitando dessa vantagem para avançar e exercer domínio sobre as pessoas e
situações.

2. FIXO

A qualidade FIXA corresponde ao meio da temporada e o poder de sustentação,


sublinhando Touro, Leão, Escorpião e Aquário. Tendem a serem energias que gostam
de rotina, não tendo tanta afinidade com mudança ou espontaneidade em suas
abordagens, agarrando-se aos seus ideais e defendendo-os até o fim. Os signos fixos:
Touro (terra), Leão (fogo), Escorpião (água) e Aquário (ar) têm uma tendência para a
preservação, dificilmente se desviando de seus propósitos, mantendo hábitos e
escolhendo o que já é conhecido e estabelecido. Disso podem surgir características
como teimosia e estagnação, embora costumem ter muita força de vontade para
trabalhar em busca de seu sustento ou manter o foco nas tarefas, demonstrando
tenacidade, força moral e completando seus projetos (embora possam levar algum
tempo para começa-los). Seus desejos e emoções tendem a ser intensos e podem
gostar de manter as coisas por um bom tempo, sejam bens materiais ou
relacionamentos.

TOURO é o tipo fixo com uma pegada mais material, necessitando obter seu conforto
no reino físico e sensorial. Não larga facilmente as coisas e tende a se concentrar em
um assunto de cada vez;

LEÃO é o tipo fixo centrado em si mesmo, na sua autoridade e entusiasmo próprios,


sendo dotado de grande energia física e moral. Assim, consegue gerir e concluir seus
projetos com firmeza e determinação;

ESCORPIÃO é o tipo fixo mais emocional e não costuma variar suas emoções,
mantendo-as sempre de uma forma mais profunda e passional. Ama ou odeia com
mais facilidade, raramente seus sentimentos estão no meio termo. Sabe perfeitamente
como controlar suas emoções, parecendo bastante reservado;

AQUÁRIO é o tipo fixo em suas opiniões, podendo ser intelectualmente rígido e


intolerante. Isso pode é até um pouco paradoxal, pois é a energia mais original e
imprevisível, mas mesmo assim parece ter dificuldade em mudar de ideia de uma
forma mais fluida.
3. MUTÁVEL

A qualidade MUTÁVEL representa o fim da temporada e o poder de mudança e


adaptação, sendo a marca de Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes. Tendem a serem
energias mais flexíveis e adaptáveis, como um camaleão, que muda para se ajustar ao
ambiente onde se encontra e sempre busca novos aprendizados e novos ares. É
orientada para a aprendizagem, adaptabilidade e novas experiências, recebendo bem
a variedade. Os signos mutáveis: Gêmeos (ar), Sagitário (fogo), Peixes (água) e Virgem
(terra) têm uma tendência para a volatilidade, a mudança, velocidade, a pressa e
inspiram certa superficialidade. No entanto, tendem a se ajustar muito bem a todas as
situações. São mais complexos e possuem uma natureza dual que pode ser confundida
com instabilidade. Tendem a serem também mais flexíveis tolerantes e astutos por
conta dessa mutabilidade toda. Por outro lado, essa mesma ação mutável também
pode trazer dúvidas e indecisão. Por baixo de toda essa possível alternância e fluidez
existem uma enorme força propulsora de adaptação a qualquer situação.

GÊMEOS é o tipo mutável em seu domínio mental. De uma hora pra outra pode mudar
de assunto, com uma tendência a possuir menos profundidade e falar bastante;

VIRGEM é o tipo mutável nas áreas práticas da vida, sendo bastante perfeccionista e
buscando constantemente novos meios para se melhorar a si mesmo e os processos
que se propõe a fazer;

SAGITÁRIO é o tipo mutável em suas ideias e atividades, querendo praticar várias ao


mesmo tempo e sendo o signo mais entusiasmado, sempre em busca de novas
descobertas e aventuras;

PEIXES é o tipo mutável no campo das emoções, mudando rapidamente do mais alto
êxtase emocional à mais profunda melancolia. É o tipo mais difícil por possuir uma vida
interior tão rica e complexa.
As Dignidades Planetárias:

Na natureza, quando as coisas encontram seus lugares certos e se encaixam, tudo funciona na
mais perfeita harmonia. O mesmo acontece no mundo astrológico: Os planetas se encaixam e
ganham força e harmonia quando estão nos seus lugares afins, que são os signos que regem.
Quanto mais longe do seu signo de regência, mais o planeta se enfraquece. Podemos dizer que
quando um planeta está no extremo oposto de sua casa, ele está exilado. A energia do planeta
e do signo é tão discrepante que uma pode chegar a praticamente anular a outra. Enquanto
ele ainda está perto do seu signo de origem, o planeta pode ter energias mais afins e trabalhar
harmonicamente. Por exemplo, vamos pegar Vênus em Peixes. Enquanto Vênus é o símbolo
do amor de seus nativos, Peixes é o símbolo do amor entre todos os indivíduos. Ou seja, aqui a
harmonia ainda existe, pois ambos falam a mesma língua. Um é o amor que cada um carrega
em si e o outro o amor universal, entre todos. Em Libra, Vênus também seria harmoniosa,
levando amor aos relacionamentos. Em Touro, Vênus já contribuiria para um forte amor carnal
entre as pessoas. Ao se afastar mais da sua origem, ele começaria a deteriorar o conceito de
"amor harmônico". Em Virgem já haveria a dificuldade em expressar esse amor, surgindo a
razão e a análise acima do sentimento. Mas em Escorpião, que seria o extremo oposto de sua
casa de origem, Vênus desperta qualidades ainda menos altruístas. Ele pode incentivar o
egoísmo, exacerbando o sexo, o amor a si próprio e o desejo de controlar as pessoas amadas.
Domicílio e Exílio são os termos para ilustrar esses opostos, enquanto Exaltação e Queda
ilustram os arredores desses extremos. Enquanto o planeta ainda está perto de sua casa, pode
continuar amplificando virtudes, mas à medida que se afasta mais propicia a queda das
virtudes de cada signo. Vamos pensar em termos práticos, fazendo uma analogia com seu
próprio bem-estar: Você geralmente se sente muito bem quando está dormindo em sua
própria cama, em sua casa. Podemos dizer então que você está em seu "Domicílio". É o auge
do bem-estar. Se você precisar dormir fora, mas na casa de um parente ou amigo próximo,
ainda assim se sentirá bem, mas não tão à vontade quanto em sua própria casa. Sendo assim,
podemos dizer que você estaria em sua "Exaltação". Agora, digamos que você precise dormir
na casa de outro amigo, não tão íntimo assim e sem muito confronto e segurança. Podemos
dizer que você estaria em sua "Queda". Agora, se você precisar dormir em um lugar que não
goste, no chão duro, totalmente desconfortável, inseguro e não se sentindo bem, estaria em
seu "Exílio". E assim é com os planetas. Eles ficam desconfortáveis longe de casa e perdem
parte de sua força, emanando energias cada vez mais complicadas. Os planetas em sua fase de
exaltação, ainda trazem energias harmoniosas e afins para os signos, embora mais fracas.
Conforme vão mudando de casa, eles vão ficando mais distante de sua origem e o sentimento
de insegurança abre as portas para energias não tão afins, que em último representam seu
exílio. Na sua casa de origem, o planeta gera uma influência positiva máxima ao signo,
ressaltando e extraindo o que há de melhor nele. É o caso de Saturno em Capricórnio, Marte
em Escorpião, Júpiter em Sagitário... Na casa que seria o extremo oposto, o mais distante que
um planeta poderia estar, o efeito é justamente o contrário. Todas as qualidades podem ser
subvertidas e há uma tendência a agirem um tanto quanto desarmônicas. Vênus, que usamos
como exemplo, é regente de Touro e Libra. Em Escorpião, que é o extremo oposto, estaria
exilado.
Explicando Melhor as Dignidades e Debilidades:

Como vimos antes, à medida que o planeta se afasta de sua casa, ou seja, do seu domicílio, ele
ainda pode prover energias positivas a outros signos, fato que chamamos de exaltação. Cada
planeta tem o seu signo regente, mas também tem seu signo especial, onde ele ainda se sente
como se estivesse em casa, com segurança e harmonia. Ali ele ainda consegue emanar sua
energia positiva, fazendo bem às virtudes do signo em questão. Vamos continuar com Vênus
como exemplo. Fora de sua casa, o planeta preferido de Vênus é Peixes. Como mencionamos
acima, Vênus em Peixes traz boas energias, amplifica e evidencia as virtudes do signo. Porém,
quando Vênus passa pelo oposto de Peixes que é Virgem, ocorrerá a queda, uma espécie de
inferno astral onde as virtudes dos piscianos diminuirão, pois a energia de Vênus se inverterá.
O efeito nos indivíduos do signo é visível, que ficam mais vulneráveis e sensíveis.

Planeta Domicílio Exaltação Queda Exílio

Sol Leão Áries Libra Aquário

Lua Câncer Touro Escorpião Capricórnio

Mercúrio Virgem Aquário Leão Sagitário


Gêmeos Peixes

Venus Touro Peixes Virgem Áries


Libra Escorpião

Marte Áries Capricórnio Câncer Touro


Escorpião Libra

Júpiter Sagitário Câncer Capricórnio Gêmeos


Peixes Virgem

Saturno Capricórnio Libra Áries Câncer


Aquário Leão

Fundamentos das Dignidades Planetárias, Embora haja mais algumas dignidades, nos
concentramos aqui nas mais importantes, que trazem maior influência para os signos:
Domicílio e Exaltação, assim como seus extremos opostos, Exílio e Queda, que como vimos
representam as Debilidades Planetárias. Os antigos já tinham descoberto que ao observar o
céu era possível estabelecer uma relação entre os signos e os planetas. O cientista e
astrônomo grego Cláudio Ptolomeu verificou essa relação e a relatou em vários artigos: "A Lua,
depois de sua conjunção com o Sol, no seu signo de exaltação (Áries) mostra sua primeira fase
e começa a aumentar em luz e assim é tomado Touro como sua exaltação e o signo oposto
(Escorpião) como sua depressão". O poeta e astrólogo romano Marcus Manilius escreveu um
livro sobre o assunto, chamado Astronômico. Na obra, Manilius dá um signo para cada deus do
Olimpo. Ele diz que quando o planeta está alinhado com seu signo de regência, ou seja, na sua
casa de origem, ele não sofre outras influências negativas, podendo exercer todo o seu poder
e harmonia positivos sobre o signo. Alchabitius, o matemático árabe que desenvolveu um
sistema de casas usado na antiguidade até aproximadamente 1500, também relatou que o
planeta que está confortável em sua casa de origem "tem autoridade e liberdade em sua
expressão". Alchabitius ainda descreveu a condição dos planetas em exaltação: "comanda do
alto com os reis". Ele queria dizer que quando o planeta está em exaltação é possível utilizar
sua energia positiva com muito poder. Já na queda, que é o oposto da exaltação, o planeta
recebe muita interferência, corrompendo sua energia, provocando rejeição e alterações ao
signo. No exílio, que é quando o planeta está no oposto de sua casa de origem (domicílio), ele
perde sua força. Suas influências emanam de forma errática, também prejudicando as virtudes
dos signos. Caso o planeta esteja sem exercer nenhuma debilidade ou dignidade, ele é
chamado de Peregrino. Jean-Baptiste Morin de Villefranche, astrônomo francês, criou em
torno de 1600 um conjunto de regras de interpretações baseado em seus estudos dos planetas
e signos, onde ele relata essa influência dos planetas segundo a posição em que se encontra.
Ele se ateve à relação Debilidade / Dignidade, mostrando o quanto um planeta poderia ser
benéfico ou maléfico a um signo dependendo de seu posicionamento. Todo o material
existente sobre o assunto de Dignidades Planetárias nos leva a crer que a relação entre
planetas e signos é muito forte e relevante, até mesmo essencial para entendermos melhor a
astrologia e termos embasamento para interpretar a influência que cada posição dos planetas
exerce sobre os signos.

Os Aspectos Planetários:

Os aspectos planetários, à princípio, podem parecer um pouco complicados de entender. No


entanto, se você reservar um tempinho para compreendê-los e analisá-los corretamente, eles
podem fazer bastante sentido lógico, matemático e interpretativo dentro da astrologia.
Tentaremos explicá-los de uma forma que faça sentido para você, para que a leitura do seu
mapa astral ou dos trânsitos astrológicos se torne ainda mais precisa. Um aspecto planetário é
a distância ou angulação específicas entre quaisquer dois pontos ao redor da eclíptica zodiacal.
Geralmente os aspectos são formados entre dois planetas, embora aspectos entre qualquer
planeta e as casas angulares (ascendente, descendente, meio do céu e fundo do céu) também
sejam considerados. Aspectos mostram basicamente como os vários planetas interagem uns
com os outros, com base no local onde estão em um determinado momento. A maioria dos
planetas pode formar aspectos uns com os outros, com exceção de Mercúrio, que nunca está
mais do que 28 graus do Sol e Vênus, por isso sua interação fica um pouco mais limitada. Um
aspecto é formado pelo número de graus que um planeta está do outro. São usados para
estabelecer como os planetas se combinam, de forma a estimular ou moderar a influência de
cada um no mapa astral de uma pessoa. São divididos em duas categorias: maiores ou
menores e harmoniosos ou tensos. Geralmente, os aspectos maiores são muito mais
poderosos do que os menores, mas há alguns astrólogos que colocam uma ênfase maior do
que a habitual também nos aspectos menores.

Aspectos Harmoniosos e Tensos:

Os aspectos tensos causam atritos entre os planetas envolvidos. Tais atritos podem trazer
bloqueios, dificuldades, problemas e desarmonias que podem ser sentidos à nível psicológico
ou circunstancial - ou uma combinação dos dois. Ao lidar com esses problemas muitas pessoas
podem falhar ou estagnar, mas algumas serão levadas a superar as suas dificuldades e, nesse
processo, desenvolverão melhor o seu potencial. Os aspectos harmônicos trazem um
relacionamento fácil entre os planetas envolvidos. Eles fornecem um ambiente que ajuda a
desenvolver as habilidades naturais que do indivíduo. Aspectos harmoniosos também são
conhecidos como fáceis, positivos, amenos ou benéficos, e aspectos tensos são também
conhecidos como ruins, difíceis, negativos, rígidos ou maléficos. Porém, não devemos rotular
os aspectos como "bons" ou "ruins" pura e simplesmente. Eles devem ser encarados como
desafios em nossas vidas. Alguns podem ser fáceis de lidar e alguns podem ser muito difíceis,
embora tragam dinamismo e evolução. Na verdade, o resultado final de um aspecto
dependerá da forma com que lidamos com ele. Sendo assim, cada tipo de aspecto tem dois
lados. Os aspectos tensos trazem dificuldades, mas que podem resultar em um grande feito,
enquanto os aspectos harmoniosos trazem condições fáceis, mas que podem levar a
oportunidades desperdiçadas ou inércia. É preferível ter um equilíbrio entre aspectos tensos e
harmoniosos. Indivíduos que possuem apenas aspectos harmônicos podem ter muito
potencial, mas nenhum foco ou vontade para desenvolvê-lo, enquanto aqueles com apenas
aspectos tensos podem não ter a fé e otimismo para superar as dificuldades apresentadas.
Devemos considerar ao todo dez aspectos, sendo cinco aspectos maiores e principais:
conjunção, oposição, trígono, quadratura e sextil - e quatro aspectos menores: quíntil,
semisextil, semiquadratura, sesquiquadratura e quincúncio (também conhecido como
inconjunção).

Aspectos Maiores:

1. CONJUNÇÃO

É o aspecto mais poderoso e combina dois planetas em uma única força. É onde os
dois planetas envolvidos estão em total alinhamento um com o outro, ou próximos a 0
grau de separação. Planetas em conjunção podem trazer um aspecto fácil ou
desafiador dependendo da qualidade dos planetas envolvidos. As conjunções entre
planetas em trânsito e os planetas do nosso mapa astral trazem mudanças e
novidades. Muitas vezes, nos sentimos como agentes dessas mudanças, tanto pessoais
quanto eventuais em nossas vidas. Às vezes, nem é preciso de um gatilho para que
essas mudanças comecem a acontecer, basta um sentimento interior, ou uma
alteração da consciência, para que nosso comportamento mude gradativamente. É
como se um novo ciclo se iniciasse, ou um problema que foi iniciado em uma oposição
anterior finalmente chegasse a uma conclusão. O planeta que está em trânsito acaba
influenciando nosso planeta natal, abrindo portas para desejos, atitudes e ações que
não tínhamos antes, ou que eram mais acanhados. Quando Urano está transitando
próximo a Vênus natal, por exemplo, arriscamos mais em nossas relações amorosas, às
vezes de maneira repentina e surpreendente. As energias dos dois planetas não
podem ser tratadas de maneira individual, na verdade elas se misturam e passam
automaticamente a fazer parte de nosso ser, nos influenciando ao mesmo tempo.

2. OPOSIÇÃO

É um aspecto que coloca os planetas em conflito uns com os outros, com 180 graus de
separação - em polos opostos. Produz dificuldades, mas ao mesmo tempo aumenta o
leque de possibilidades para o indivíduo. Uma oposição entre dois planetas cria uma
tensão entre eles, que normalmente tem resultados desafiadores, porém se bem
aproveitados, podem agregar positivamente nas áreas de crescimento e realização.
Oposições mostram também a necessidade de equilibrar as energias opostas.
Exemplos disso são pessoas que têm dificuldade em balancear a sua carreira com sua
vida em casa, etc. Isso nem sempre é uma tarefa fácil de fazer. Uma pessoa com
muitas oposições tende a ser bastante estressada ou espelhar comportamentos nos
outros. As Oposições entre planetas em trânsito e os planetas do nosso mapa astral
geralmente trazem uma influência externa súbita, como se alguma situação, através
de alguma pessoa ou não, nos obrigasse a agir a respeito de alguma questão, muitas
vezes nos tirando da zona de conforto. Pode ser uma mudança que devemos fazer, ou
uma decisão que precisamos tomar ou uma situação inesperada que nos demande
alguma atitude ou responsabilidade. O fato é que essas oposições revelam algo com o
qual devemos lidar, resolvendo de vez algum assunto ou pendência. Porém, os
obstáculos que surgem em nossas vidas não significam que estamos totalmente
encurralados, sempre há caminhos que podemos seguir. Ou seja, não devemos agir de
maneira precipitada, há sempre opções para a forma de reagir quando somos
confrontados por alguma pessoa ou por algum outro problema. Planetas em oposição
são como um cabo de guerra e essa luta podem ser refletidos em outra pessoa,
gerando desentendimentos e conflitos. É essencial buscarmos um equilíbrio entre as
duas energias em questão para que eventualmente se chegue a um entendimento.

3. TRÍGONO

É o mais poderoso aspecto harmonioso, onde os planetas estão a 120 graus de


separação e agem juntos em uma interação fluida, geralmente em signos do mesmo
elemento. Por conta disso é considerado o aspecto mais favorável e fácil de lidar. Os
planetas envolvidos trabalham trocando energias, enriquecendo-se um ao outro em
boa comunicação. Esses aspectos geralmente significam habilidades bem
desenvolvidas e pontos fortes que a maioria das pessoas não nota, pois parece ser
extremamente naturais, algo como "dons", por exemplo. Porém, ter muitos trígonos
no mapa pode fazer com que a pessoa fique preguiçosa, já que a vida parece mais fácil
em diversas áreas. Em suma, os trígonos revelam os seus talentos naturais, mas como
faremos uso deles, depende apenas de nós.
4. QUADRATURA

É um aspecto forte e tenso, mas age diferente da oposição. Também cria tensão e
atrito entre os planetas envolvidos, que parecem estar com sua energia bloqueada,
mas de forma diferente (ou menos direta) que em uma oposição. As dificuldades ou
limitações são mais sutís e á nível pessoal, sem espelhamentos. Conciliar estas duas
forças que querem se mover em direções e formas diferentes é o desafio, podendo
levar a necessidades e vontades que são diferentes e a pessoa não consegue equilibrar
(ou demonstrá-las de forma simultânea). São aspectos onde os planetas estão a 90
graus um do outro e são considerados bastante desafiadores. A tensão destes
aspectos pode fornecer uma ação dinâmica em sua vida. Sem quadraturas, a maioria
de nós nunca faria nada de muito útil ou significativo, simplesmente porque não
seríamos motivados pelas forças ou dificuldades que nos levam a agir para melhorá-las
ou conquistá-las. Por isso são provavelmente os aspectos mais importantes para que
nós tenhamos vidas mais dinâmicas, desafiadoras e interessantes.

5. SEXTIL

É um aspecto harmonioso, embora menos potente do que o trígono. A tendência para


a harmonia depende logicamente dos planetas envolvidos. São aspectos onde os
planetas estão a 60 graus um do outro e são considerados bastante favoráveis.
Normalmente, os seus signos partilham as mesmas energias e complementam um ao
outro. Ainda exigem algum esforço de sua parte e sugerem que você reconheça e
aproveite as oportunidades que evidenciam. Normalmente sextils são oportunidades
de desenvolvimento, portanto, se você não agir para tirar proveito deles, geralmente
vai perder a oportunidade oferecida.

Reflexão:

Pense nos aspectos harmônicos como um grande ventilador que está atrás de você: o vento
pode aliviar o calor e ainda lhe impulsionar para frente! Você andará com um pouco mais de
facilidade, percorrendo maiores distâncias de uma forma confortável. Mas, se ficar parado, vai
apenas se sentir refrescado. O ideal é aproveitar a vantagem da propulsão para chegar cada
vez mais longe. Já para nos aspectos tensos, imagine que este mesmo ventilador está à sua
frente: você caminha com uma maior dificuldade, precisa fazer um pouco mais de esforço. O
vento no rosto pode atrapalhar se você não fechar os olhos às vezes. Mas, quando você chega
ao seu destino, a sensação de ter superado o desafio pode ser gratificante e fazer com que
você seja mais experiente em certas áreas! Você sente que dominou uma dificuldade,
encontrou os recursos necessários para transpassar o desafio e testou sua capacidade de
resiliência, ganhando mais experiência durante o desafio e ficando mais forte.
Aspectos Menores:

Semiquadratura, sesquiquadratura e quincúncio são todos aspectos tensos menores.


Psicologicamente seus efeitos podem ser vistos como uma versão muito fraca da quadratura.
Alguns astrólogos atribuem a eles uma importância adicional na previsão de eventos. O
semisextil é o único aspecto menor harmonioso, e psicologicamente uma versão fraca do
sextil.

1. SEMI-SEXTIL
Este é um aspecto de 30 graus considerado relativamente harmonioso. Na verdade,
ele acaba sendo muito delicado porque dois signos adjacentes são sempre muito
diferentes um do outro. O lado divertido é dar uma espiadinha em cada um desses
signos e conhecer suas características.

2. QUÍNTIL
É considerado muito positivo e se forma quando dois planetas estão separados por 72
graus. É de natureza mais espiritual e quando sua exatidão (a orbe) é bem estreita
(menos de meio grau, de preferência), ele desempenha um papel de influência tão
poderoso quanto um sextil ou um trígono, talvez com um impacto ainda maior. A
família quintil também inclui o semi-quintil (36 graus) e o bi-quintil (144 graus), que
são igualmente aspectos harmônicos. A diferença é que eles são menos utilizados de
maneira geral.

3. SEMI-QUADRATURA
(45 graus) e também a sesquiquadratura (135 graus) são aspectos de menor tensão e
também fazem o nativo avançar e evoluir, mas de forma menos intensa do que a
quadratura.

4. QUINCÚNCIO
Também chamado de inconjunção, é quando os planetas estão a 150 graus de
distância. É um aspecto muito interessante, que pega sua natureza emprestada do
trígono e da quadratura. Ele une duas energias de diferentes elementos e
modalidades, mistura suas características e oferece um resultado específico ao nativo.
Mas existem duas condições para usufruir dessa oferta: que o nativo realize os
esforços necessários e os planetas envolvidos não sejam de natureza oposta, que
sejam de preferência complementares como Marte e Vênus, Mercúrio e Urano, Sol e
Lua, etc.
Observações Importantes:

 Quanto mais curta for a orbe, mais forte é o aspecto;

 Aspectos envolvendo pelo menos um planeta pessoal (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e
Marte) ou o ascendente tendem a ser mais fortes;

 Aspectos tensos são mais fortes que os aspectos fluidos;

 Quando os aspectos estão em fase de aplicação, ou seja, se aproximando, tendem a


ser mais fortes do que quando estão em separação;

 Aspectos entre planetas transpessoais (Urano, Netuno, Plutão) não são relevantes à
nível individual, a não ser em relação às casas mundanas.

Os Aspectos no Horóscopo Pessoal:

O horóscopo é uma ferramenta astrológica que informa sobre as movimentações e influências


planetárias, fáceis ou difíceis, que estão ou estarão no seu caminho. É baseado nos trânsitos
planetários do momento e os aspectos que os planetas formam com aqueles que estão
configurados em seu mapa astral. O ideal para quem deseja contar com influências mais
assertivas é se valer de opções mais personalizadas, que detalham todos os trânsitos
planetários do momento e como eles interagem com o seu mapa astral.

Os Regentes do Ano e do Ciclo:

Você já deve ter ouvido a seguinte frase: "Este é um ano regido por Júpiter" ou outro astro. Se
não, saiba que é uma prática comum na Astrologia. Mas de onde vem o embasamento para
saber qual o astro regente do ano? E o que isso quer dizer? Será que os astrólogos chutam ou
inventam estas informações? Nada disso. Na Astrologia existem diversos ciclos, etapas que os
astros cumprem em suas órbitas dentro das chamadas Eras Astrológicas. Para os antigos e
experientes Caldeus - um povo que viveu no litoral do Golfo Pérsico, se tornou parte do
Império babilônico e foram os precursores da Astrologia, a atribuição de um planeta regente a
um determinado ano tinha como base ciclos maiores, de 36 anos cada. Eles ensinavam que os
regentes dos ciclos ou do ano não devem ser encarados sumariamente como protagonistas,
mas sim como uma variável que pode trazer possíveis influências. Mais relevante, menos
relevante, não importa. O fato é que o Regente do Grande Ciclo e o Regente do Ano podem
trazer mais informações, jogar mais luz em um determinado período a ser analisado. Cada
planeta traz durante seu ciclo várias influências de acordo com sua simbologia. Como são 36
anos de regência de um astro no ciclo maior, essa influência pode tanto ser direta quanto
diluída ao longo das décadas, causando transformações lentas, porém análogas e perceptíveis.
Juntamente com essa influência de 36 anos de cada planeta Regente do Grande Ciclo, temos a
influência mais imediata do planeta Regente do Ano, que se mistura de forma harmônica,
neutra ou mesmo desarmônica ao Regente do Ciclo. É como um “parceiro de atividades”,
colaborando com seu “superior” na gerência daquele período específico. Ou seja, fazendo uma
analogia, um “Rei” reina durante 36 anos e a cada ano desse reinado, há um “segundo em
comando” para auxiliá-lo em sua função. Após 36 anos, muda-se o Rei e novamente, a cada
ano, um coadjuvante estará lá para auxiliá-lo novamente.

Como exemplo de alguns dos últimos ciclos que passamos, podemos citar:

De 1909 a 1944, por exemplo, onde o regente do ciclo foi MARTE, o “Deus da Guerra”, astro
das lutas, da coragem, da impetuosidade e dos conflitos. Durante este período, curiosamente,
ocorreram duas guerras mundiais;

De 1945 a 1980, o regente foi a LUA, que lida com quês relativos ao emocional, passado,
família, mulher, povo, nossa capacidade de sentir e de nos sensibilizarmos ao grupo e ao meio
ambiente;

De 1981 a 2016, o regente foi o SOL. Aqui cabe ressaltar toda a simbologia relacionada a este
astro dentro do escopo astrológico, para que possamos entender boa parte dos
acontecimentos do último ciclo.

Como características harmônicas, podemos destacar o propósito, a intenção, a criação, a


forma como externamos nossa energia criativa, nossa identidade, essência, a necessidade de
ser reconhecido e de autoafirmação. O ímpeto de criar, de ser, de comandar e a tomada de
consciência também são temas relevantes. Neste ciclo, desenvolvemos mais nossa
individualidade, aprendemos a nos valorizar mais, a cuidar melhor de nós mesmos e a nos
respeitar mais como indivíduos. Mas a dualidade está em tudo, portanto, algumas
características desarmônicas desse astro precisam ser igualmente apontadas: o orgulho, a
ostentação, a dominação, o abuso de poder, o egocentrismo, a exaltação pessoal exagerada, o
esnobismo, a prepotência, a dramaticidade... A individualidade e uma necessidade de "brilho
pessoal" perante o mundo têm guiado nossos comportamentos e pensamentos. Criança e
diversão também são símbolos importantes relacionados ao Sol. Nisso, podemos destacar
também a noção de "criança interior", aquela que cada um tem dentro de si. Nos últimos
tempos, vimos uma valorização evidente da criança na sociedade. Tudo parece ser para elas,
os pais estiveram muito mais direcionados aos seus caprichos, proporcionando um mimo
exagerado e certa incapacidade de colocarem limites aos seus comportamentos. Os filhos são
praticamente uma extensão direta do ego, do "Eu" e restringi-los, mesmo que seja para a sua
boa educação, acaba sendo tomado como um ataque a si próprio. As crianças praticamente
ditam a hora de dormir e podem quase tudo em detrimento aos desejos do resto da família. O
Sol de fato dá a vida, mas a mesma luz que nos energiza, quando em excesso, pode cegar e
queimar. Todo excesso é nocivo, por isso o universo parece ter seus fundamentos baseados
em equilíbrio e transmutação. Durante este último ciclo, nosso "sol pessoal" foi bastante
cultuado, assim como certa necessidade de sermos o centro das atenções. Como a uma
criança mimada, tudo passou a nos ofender de forma bastante pessoal, causando muitos
ímpetos birrentos. De 2017 em diante, SATURNO ocupa o trono, comandando os 36 anos
seguintes do ciclo, até o ano de 2052. Todos os finais de ciclo são importantes e são sempre
acompanhados de renúncias. Como vimos, nos 36 anos do ciclo anterior, o individualismo
aumentou exponencialmente. A palavra "EU" e frases "meus direitos", "minhas escolhas",
"minhas regras", "meus desejos", "meu corpo" ganharam bastante ênfase. O indivíduo foi o
centro das atenções. Já perto do final do ciclo, as selfies marcaram seu lugar histórico e
simbólico do egocentrismo que foi evocado. A partir de 2017 a tendência é que se comece a
pontuar diversos limites. Um movimento basicamente oposto às características simbólicas do
Sol na astrologia tende a crescer, galgando seu caminho a uma forte dissolução do ego e uma
forte guinada à direita. Saturno tem simbologias peculiares. É conhecido como “Cronos”, “O
Senhor do Tempo”, “O Planeta do Karma”, "O Cobrador", “O Velho Sábio”, “O Grande
Maléfico”, “O Eremita”, entre outras palavras-chave como restrição, obstáculos, imposição de
limites, regras, amadurecimento, colheita, construção, disciplina, aceitação de deveres,
sabedoria, respeito, experiência, paciência, rigidez, rigor, severidade, justiça, frieza,
dogmatismo... No seu melhor, ajuda a consolidar esforços e no seu pior restringe esforços. É o
oposto de Júpiter, que significa primariamente, expansão. A tendência é que o mundo se torne
mais sério e mais austero. Pode começar a pairar no ar um espírito limitador, restritivo e
controlador perante liberdades dadas sem que se tenha feito concomitantemente o uso da
responsabilidade. As questões pessoais tendem a perder a importância e a realidade nua e
crua tende a se apresentar. Ajustar as contas, cair na real, reparar os danos, receber o karma e
aparar as arestas poderão ser temas bastante recorrentes. De fato, pode ser um período de
muito mais responsabilidades e ajustes, dentre outros atributos relacionados a Saturno. A
obrigação de ser feliz a qualquer custo, de ser "o tal", o "top dos tops", pode entrar em uma
corrente descendente, dando lugar a uma postura mais séria, de maior competência e de
menor culto ao ego. Sob a regência de Saturno, para se tiver algum destaque, há de se
merecer. O "vale tudo" tende a dar lugar a posturas mais maduras e responsáveis em seus
feitos. Provavelmente será um ciclo de mais contenção e menos abundância. Menos
superficialidade e mais profundidade. Em detrimento do ciclo anterior, onde a frase "posso
tudo o que quero" estava em alta, duas frases que parecem ser mais condizentes com um ciclo
saturnino são: "com grandes poderes vem grandes responsabilidades" e "a colheita é boa
quando o plantio é bom". Talvez durante este ciclo nos deparemos com uma mudança geral
nas estruturas vigentes, forçada pelos nossos próprios atrasos ou pelos desvios que tomamos
ao longo do tempo. Saturno gosta de ajustes e não tolera irresponsabilidade. Talvez estas
mudanças sejam mais sentidas no que tange as leis, política e religião, pois Saturno estará em
Sagitário neste início de ciclo e permanecerá durante mais algum tempo até entrar
denifitavemente em sua regência, Capricórnio, em dezembro de 2017. As pessoas
provavelmente terão de ser mais maduras e mais responsáveis por seu próprio
amadurecimento material e espiritual. Pode pairar no ar um clima de maior seriedade e menos
folia. Algumas religiões que pregam um Deus que dá apenas a pessoas que creem nele,
possivelmente terão de adaptar sua proposta para mostrar um Deus que dá conforme o
empenho pessoal.

Bom... Com Essas Coisas Em Mente, Podemos Fazer Perguntas Como:

 Como é a relação entre os aspectos desses regentes cíclicos?


 É uma relação desafiadora ou fluente?
 Qual é a influência em nossos mapas?
 Na questão geracional e em um mundo globalizado, como as coisas tendem a
funcionar?

As perguntas começam por aí e continuam, sempre tendo em mente as influências de ambos


os astros, o Regente do Ciclo e Regente do Ano. Já as respostas cabem ao seu poder da
observação pessoal mediante seu conhecimento astrológico. É deveras importante que cada
pessoa consiga trabalhar o seu conhecimento (e autoconhecimento) para digerir tais
informações da melhor e mais pragmática maneira possível em sua vida pessoal e social.

Descobrindo o Regente do Ciclo:

Existem alguns métodos para saber quais os regentes do ciclo e do ano. Iremos ensinar um
método que se baseia no Septagrama - a estrela de sete pontas, chamada também de “estrela
dos magos”. Para isso, basta seguir a ordem dos astros exibidos na ponta da estrela para saber
qual será o próximo regente do ciclo.

Sete astros fazem parte dos ciclos: 1º Saturno, 2º Vênus, 3º Júpiter, 4º Mercúrio, 5º Marte, 6º
Lua e 7º Sol, exatamente nessa ordem. Como mostrado, o Sol foi o Regente do último grande
ciclo, terminando seu reinado em 2016. Em 2017, outro planeta é o regente por mais 36 anos:
Saturno, temido por alguns e aguardado por outros. Em 2053 Saturno sairá de cena, dando
lugar a Vênus.
Descobrindo o Regente do Ano:

No caso do Regente do ano, o cálculo funciona da seguinte maneira: A ação do Regente do


Ano começa junto com o início do ano astrológico, que é marcado pela entrada do Sol no signo
de Áries - no dia 20 ou 21 de março. Quando um novo Regente de Ciclo começa, ele também é
o Regente do primeiro ano desse ciclo. Depois, a cada ano temos um novo regente. A "fila" dos
sucessores dos regentes anuais começa com o astro mais lento e termina no mais rápido, na
seguinte ordem: 1º Saturno, 2º Júpiter, 3º Marte, 4º Sol, 5º Vênus, 6º Mercúrio e 7º Lua.
Quando o ciclo da Lua acaba, Saturno volta a ser o Regente do ano e assim por diante. Para
evitar cálculos desnecessários, confira a tabela abaixo com todos os “atores” que já
desempenharam seus papéis nos últimos anos e os que desempenharão nos próximos, dentro
dos ciclos de Marte, Lua, Sol e Saturno:

Ciclo de Marte Ciclo da Lua Ciclo do Sol Ciclo de Saturno

1909 Marte 1945 Lua 1981 Sol 2017 Saturno

1910 Sol 1946 Saturno 1982 Vênus 2018 Júpiter

1911 Vênus 1947 Júpiter 1983 Mercúrio 2019 Marte

1912 Mercúrio 1948 Marte 1984 Lua 2020 Sol

1913 Lua 1949 Sol 1985 Saturno 2021 Vênus

1914 Saturno 1950 Vênus 1986 Júpiter 2022 Mercúrio

1915 Júpiter 1951 Mercúrio 1987 Marte 2023 Lua

Como pode ser visto acima, em 1981 o Sol iniciou o seu ciclo de 36 anos, reinando até 2016.
Pois bem, assim que o Sol começou sua regência do Grande Ciclo, ele também foi o Regente
do primeiro ano desse ciclo (1981). Sendo assim, o Regente do ano de 1982 foi Vênus, o de
1983 foi Mercúrio, 1984 foi à vez da Lua e em 1985 foi à vez de Saturno voltar, e assim por
diante. Porém, a fila para quando um novo Regente de Ciclo assume seu posto. Em 2017, caso
a fila continuasse, o Regente do ano seria Vênus. Porém, como Saturno assume seu posto de
Regente do Ciclo, ele também será o primeiro Regente do Ano. Em 2018, o Regente do Ano é
Júpiter e assim por diante, com a fila voltando à sua ordem até a conclusão dos 36 anos e a
vinda do novo Regente de Ciclo, Vênus, que também será o Regente do ano 2053. Parece
complexo, mas analisando com cautela, é bastante simples, basta apenas seguir a tabela para
estar sempre situado.

Os Astros e Seus Temas Dentro das Regências do Ano:

1. SATURNO - Questões relativas às estruturas, hierarquias, responsabilidade, seriedade,


perseverança, concentração, esforço, estratégia, estruturação, competência, busca da
estabilidade, durabilidade, compromisso, respeito às leis, estabelecimento de limites.
Um ano regido por Saturno evoca responsabilidade e ética. É um ótimo para a área
profissional, pois favorece a concentração, disciplina e estruturação para que o
trabalho, quando encarado com afinco, seja bem feito e recompensado. Já na sua vida
pessoal, se existem assuntos pendentes, Saturno traz as condições para resolvê-los.
Com mais clareza e foco, você pode conseguir resolver suas questões mais
problemáticas em prol de uma vida mais estável e regrada.

2. VÊNUS - Questões relativas ao amor, convívio social, afeto, sensualidade, prazer,


relacionamento, bens e valores, beleza, harmonia, arte e o feminino em geral. A
sensualidade vem junto com Vênus no ano de sua Regência. Assim, é normal que a
vida pessoal de cada um tinha mais estímulos de sentimentos como afeto, desejo e
amor. Os relacionamentos são favorecidos, assim como os novos contatos que você
faz. Beleza, criatividade e harmonia são palavras-chave para o período regido por
Vênus. A valorização pessoal é muito importante, juntamente com um melhor
entendimento do nosso interior. O lado feminino das mulheres está ainda mais
aflorado.

3. JÚPITER - Questões relativas à expansão, crescimento, mente superior, fé,


espiritualidade, otimismo, entusiasmo, moralidade, prosperidade, educação superior,
contato com outras culturas, valores morais e éticos, filosofia, aspirações, esportes,
grandes negócios e leis. Júpiter favorece o crescimento pessoal quando em sua
regência. Esse crescimento pode vir através da mente, através de mais conhecimento,
filosofia, cultura, através do espírito, do otimismo e do resgate ou aprimoramento de
valores. Grandes negócios são favorecidos, ou mesmo um crescimento profissional e
recompensa.

4. MERCÚRIO - Questões relativas ao comércio, negócios, astúcia, comunicação, mente


racional, destreza, racionalização, palavra escrita e falada e toda capacidade de
receber ou transmitir informação, opiniões e críticas. O lado racional ganha espaço
com Mercúrio como Regente do ano. A comunicação é favorecida, juntamente como a
habilidade de criar estratégias. Isso abre caminho para os negócios, sendo possível
arriscar novos planos e ideias. Do lado pessoal, Mercúrio abre espaço para uma
autocrítica. Uma reflexão sobre suas opiniões e a forma como as expõe pode ser uma
boa pedida. Quem sabe seja necessário aprender a ser mais ponderado no
relacionamento com os outros? Mercúrio também ajuda nossa mente a ficar mais
preparada para receber e transmitir conhecimento, por isso é um ano bom para
abarcar cultura e estudar. O lado negativo pode ser uma propensão maior para fofocas
ou mal entendidos.

5. MARTE - Questões relativas à luta, competição, liderança, coragem, combatividade,


guerras, autoafirmação, automotivação, busca da identidade, conquistas, iniciativa,
independência, espontaneidade, vitalidade física, força e energia masculina em geral.
Marte traz consigo sentimentos competitivos e de conquista quando é o Regente do
Ano. Por outro lado, ele aumenta a coragem e o espírito de liderança. A energia e
motivação que Marte infunde nas pessoas são aparente, o que abre caminho para
colocar ideias em prática, consolidar planos, alcançar conquistas e agir de forma mais
impetuosa. Qualquer tipo de dependência pode ser quebrado, seja emocional, física
ou financeira, até porque Marte incita a necessidade de autoafirmação. A
competitividade aguçada por marte pode levar à ambição ou atrair alguns conflitos.

6. LUA - Questões relativas ao emocional, sentimentos, receptividade, passado, família,


mulher, povo, nossa capacidade de sentir, de nos sensibilizarmos ao meio ambiente, o
que alimenta tanto física como psiquicamente. Como Regente do ano, a Lua influencia
nossa vida além de vários fenômenos naturais em nosso planeta. Sua energia faz com
sintamos um integração maior com o meio ambiente. Essa sensibilidade toda que ela
traz nos torna mais receptivos e emocionais. É um ano onde o tema família e
relacionamentos são contextualizados, onde a Lua traz muita energia física e mental.

7. SOL - Questões relativas à inteligência, grandes lideranças, ego, autoafirmação,


vitalidade, tomada de consciência, criatividade, descobertas, auto expressão. Quando
é a vez do Sol ser o Regente do ano, podemos esperar muita vitalidade e coragem, seja
na nossa vida pessoal ou para tornar nossos projetos uma realidade. A capacidade de
liderança aumenta, assim como a inteligência e criatividade, favorecendo grandes
empreendimentos. O calor do Sol também favorece a paixão, por isso relacionamentos
passionais podem aflorar, bem como mais amor. Também é um ano de luz e potenciais
descobertas de coisas que estavam ocultas nas sombras.
As Eras Astrológicas:

A civilização egípcia é especial e única. Boa parte de seu conhecimento foi herdado dos antigos
Sumérios e talvez dos mitológicos Atlantis. Seus conhecimentos sobre os mistérios dos céus
fizeram dos egípcios os precursores da atual Era de Aquário, afinal, o nascimento do Egito
ocorreu num signo de ar, assim como a Era tão esperada na qual estamos adentrando aos
poucos. Ao mesmo tempo em que a Terra realiza o movimento de rotação em torno do
próprio eixo (que gera a sucessão dos dias e das noites) e o movimento de translação em torno
do Sol (que cria a sucessão das estações do ano), a Terra realiza também um terceiro
movimento que pode ser comparado ao bamboleio de um pião, cujo eixo pende ora para um
lado, ora para outro. Assim, o pólo celeste (que é uma extensão imaginária do pólo terrestre)
descreve no céu um lento movimento circular no sentido leste-oeste. É fato também que o
eixo terrestre não é fixo e nosso planeta não é uma esfera perfeita, mas sim um geóide. Devido
a rotação, gravidade e outros fatores, é causado este terceiro movimento terrestre, chamado
oficialmente de "Precessão dos Equinócios". Ou seja, a Terra vai mudando o seu eixo de
rotação a cada 2.160 anos mais ou menos. Sendo assim, o Sol, a cada 2.160 anos, atravessa
uma das constelações do zodíaco. Na abóbada celeste, sobre o polo norte, existem 6
constelações conhecidas como constelações polares. Abaixo, perto do Equador, existem as 12
constelações zodiacais. O sistema solar dá voltas ao redor da galáxia sob uma linha imaginária
chamada eclíptica e cada volta dura cerca de 25.920 anos, num ciclo eterno, chamado de ano
cósmico. Divide-se essa volta de 360º do sistema solar pela abóbada celeste em 12 setores de
30º cada um. Ao longo deste vasto ciclo, o pólo volta-se sucessivamente para diferentes
regiões do céu. Por esta razão, a estrela polar (aquela para a qual o pólo norte aponta)
também varia: já foi a Alpha Draconis, por volta de 3000 a.C. e hoje é Polaris, a Alfa da Ursa
Menor. Dentro de 12 mil anos será a estrela Vega, da constelação de Lira. É durante essa volta
que o planeta recebe as diferentes energias dos 12 signos zodiacais. Se soubermos sob qual
das seis constelações polares e das 12 constelações zodiacais está situada a terra num
determinado momento, podemos estabelecer exatamente a Era correspondente, que age
como um Ascendente planetário, o aspecto macro que guia todo um período, classificando a
forma como serão tratados toda uma gama de assuntos e definindo o destino do homem em
cada fase, ditando as diferentes circunstâncias de aprendizado que ele deve viver em sua lenta
jornada ao longo do ciclo. O efeito energético mais forte na Terra é o da constelação pela qual
o ponto vernal está se movendo. O ponto vernal é o ponto da esfera celeste determinado pela
posição do Sol quando esse, movendo-se pela eclíptica, cruza o equador celeste - próximo (ou
no próprio) dia 21 de março, determinando com isso o equinócio de primavera para o
hemisfério norte e o de outono para o hemisfério sul. Cerca de 2160 anos antes do marco o
qual cunhamos como o nascimento de Jesus Cristo e início do nosso calendário atual, o ponto
vernal se movia através da constelação de Áries. Devido à precessão dos equinócios, nesta
época o ponto vernal moveu-se para a constelação de Peixes e o mundo foi envolvido na
chamada Era de Peixes. Agora, cerca de 2 mil anos depois, o ponto vernal está se movendo
através dos últimos graus da constelação de Peixes, começando a dar lugar à chamada Era de
Aquário. Isso significa que no próximos 2160 anos aproximadamente, Aquário, que é
governado por Urano e tem como seu polo oposto o signo de Leão, que é regido pelo Sol,
afetará o mundo por inteiro em uma visão macro e moldará os conceitos da humanidade,
estabelecendo uma nova era de ideias. A tendência é a Terra progredir em direção à igualdade
entre as crenças, fazendo todos reconhecerem que há apenas uma força vital que orquestra
tudo no universo e age de forma intrínseca. Tudo é uma única coisa, variando em frequência e
intensidade.

Sinais dos Tempos:

Muitos não sabem, mas a Grande Esfinge de Gizé é uma escultura de cunho monolítco de
total simbolismo astrológico, que faz analogia com os signos classificados como fixos: Touro,
Leão, Escorpião e Aquário. É um relógio que marca os ciclos maiores do sistema solar na
galáxia. Ela é o maior e mais antigo registro do tempo sobre o planeta.

É uma estranha figura formada por partes de quatro diferentes animais: cabeça humana
(Aquário), cauda e garras de leão (Leão), corpo de bezerro (Touro) e asas de águia (Escorpião)
[o signo de Escorpião também é tem como símbolo uma águia]. De fato, um enigma, mas é
possível reconhecer os quatro signos fixos facilmente.

Muitos defendem que cada Era Astrológica teve sua personalidade marcante, com um
mensageiro de uma nova maneira de enxergar o mundo, influenciando e mudando as pessoas
e marcando seu tempo. Na era de Touro foi Krishna, na de Áries, Moisés, na de Peixes, Jesus.

A Era que estamos inseridos na transição agora é a de Aquário. Os cristãos, em particular,


esperam a vinda de "outro Jesus", um salvador que livre a humanidade dos pecados
acumulados durante e Era de Peixes, liderando todos para o novo mundo de Aquário.

Aliás, há uma clara referência na bíblia que pode ser analisada como simbolismo para a
transição das Eras atuais, onde em Lucas 22:8-13, Jesus fala para Pedro e João dentro de um
contexto específico citando a Páscoa (palavra que deriva do hebraico Pessach e que significa
“a passagem") o seguinte:

“... Ao entrarem na cidade, vocês encontrarão um homem carregando um cântaro de água.


Sigam-no até a casa em que ele entrar...".

As Eras Que Já Passamos:

O relógio das eras parece corresponder-se, em linhas gerais, com as diversas civilizações e
religiões antigas. Assim, quando o Sol de primavera se elevava na Era de Touro, dominava o
mitraísmo na Ásia Menor, cujo animal sagrado era o boi Ápis (analogia com o símbolo de
Touro). O culto do Minotauro, que evoca ainda a lenda do bezerro de ouro semita, estava
associado às religiões da Suméria, da Síria e do Egito. Depois, quando o mesmo Sol atravessava
a Era de Áries, havia o culto do velocino de ouro, do cordeiro pascal. Enfim, após dois milênios
da Era de Áries, entramos na Era de Peixes, que foi a era do Cristianismo. Os primeiros cristãos
tomaram os peixes como emblema e sinal para reuniões secretas, gravando-os nos muros das
catacumbas e sobre suas primeiras sepulturas, sendo o peixe sempre o animal de sacrifício na
religião cristã. Já reparou que a mitra do Papa é um peixe? O espírito do cristianismo está
conforme a energia e psicologia do último signo zodiacal, Peixes: abnegação, caridade,
humanidade, compaixão e grandes instituições. É curioso também constatar que a Igreja
Católica, que oficialmente renega a astrologia, a utiliza para basear toda sua simbologia. Na
verdade a bíblia é um imenso compêndio de astrologia, suas histórias provavelmente são
registros de cunho astrológico derivadas de escrituras ainda mais antigas.

ERA DE LEÃO (10.740 a.C.até 8.780 a.C.)

Leão simboliza poder e está ligado ao Sol. Como arquétipo, seu fogo promove a purificação do
espírito e como uma fênix, o espírito renasce das cinzas mais puro e forte. Leão também nos
impulsiona para frente, para buscarmos o que está à frente do nosso tempo. Porém, reza a
lenda que a Era de Leão foi marcada pela má utilização do fogo por parte da civilização
Atlantis, o que resultou na destruição do continente perdido que Platão descreveu. Muitos
acreditam que a tecnologia moderna já era utilizada em Atlântida e foi apenas redescoberta. O
problema para os atlantis é que a extrema dedicação à ciência fez com que perdessem seus
vínculos espirituais. Eles se tornaram meros servos de suas vontades e essa ruptura levou a
civilização à ruína. Acredita-se também que antes de Atlântida ser destruída, muitos fugiram
para o Egito, contribuindo com a cultura e o desenvolvimento egípcio. As transformações
religiosas, morais, sociais, científicas e éticas do Egito podem ser explicadas através disso.
Alguns estudiosos de cunho mais esotérico acreditam que o Egito foi o local escolhido pelos
atlantis para perpetuar seus conhecimentos. Isso talvez explicaria como uma civilização no
meio do deserto, com parcos recursos, se transformou em uma potência que teve séculos de
glórias. Esse avanço repentino fez com que o Egito se erguesse acima de outras nações que
ainda viviam atrasadas.
ERA DE CÂNCER (8.780 a.C. até 6.620 a.C.)

De acordo com dados reportados no livro de Genesis, no início desta era ocorreu o dilúvio
sofrido por Noé. Signos de água não possuem representação humana no zodíaco, apenas
animais são associados a eles. Peixes e Escorpião já são óbvios, Câncer é um caranguejo. A
água simboliza purificação, mas, além disso, também simboliza origem da vida, a fertilidade e
nossos instintos. Como já vimos, acredita-se que Atlântida se auto-destruiu por conta da má
utilização do fogo. O fogo simboliza o poder de Leão, e afundar nas águas pode simbolizar a
purificação de Câncer. Os sobreviventes se espalharam e usaram seus instintos para continuar
vivendo, se misturando em outras culturas. São características do elemento água: dissolução,
instinto e mistura. Essa reorganização social e cultural promovida pelos atlantis sobreviventes
marca a era de Câncer, juntamente com a purificação e renascimento espiritual do povo de
Atlântida. É interessante notar que praticamente todos os povos do planeta possuem uma
lenda ou mito sobre o dilúvio universal, onde a água servia como fonte purificadora das raças.
Nesses mitos, toda a civilização pré-diluviana existente era destruída e um novo ciclo de
evolução era iniciado com os remanescentes bárbaros. Câncer se renova e cresce a partir de
experiências prévias, é uma energia bastante ligada ao passado.
ERA DE GÊMEOS (6.620 a.C. até 4.460 a.C.)

Gêmeos é um signo de dualidades. Ao mesmo tempo, representa o lado racional e irracional


do ser humano, seu lado animal e seu lado civilizado. Essa dualidade também está presente na
elevação material e espiritual que o signo de Ar promove. O Ar, aliás, é o elemento mais ligado
ao nosso lado humano, o único elemento zodiacal que não tem representação animal. O Ar
nos possibilita aprender, se relacionar, é quem cria as sociedades e laços entre os homens. Por
isso dizem que Gêmeo é o portal do conhecimento. A transição da era de Câncer para a era de
Gêmeos trouxe uma necessidade muito grande de adaptação para o ser humano. O progresso
das grandes civilizações estava tomando o lugar da barbárie. A era é permeada de lendas e
mitos sobre irmãos gêmeos, como Osíris e Seth no Egito, marcando o nascimento dessa
grande civilização. É a nova civilização - Osíris representando a civilização e seu progresso em
contraste com os modos antigos - Seth simbolizando bestialidade, a barbárie. Outro exemplo é
a mitologia cristã, onde Abel simboliza a civilidade e Caim a bestialidade.

ERA DE TOURO (4.460 a.C. até 2.300 a.C.)


Touro é o material, as necessidades básicas do ser, os recursos, simbolizando tudo que se pode
tocar e ter, tudo que é real, palpável. A preocupação principal é suprir as necessidades básicas
para sobreviver, é a perseguição implacável pela segurança. Touro só reconhece e acredita no
que pode ver, com a Terra representando uma percepção a partir de uma realidade própria.
Ao longo desses dois milênios da Era de Touro, comunidades nômades de caçadores e
coletores começam a sedentarizar-se primeiro em torno da atividade pastoril e, logo depois,
da agricultura. A fixação a terra e suas riquezas é a marca registrada da Era de Touro. Touro
se preocupa com as necessidades básicas, a subsistência. Durante sua era, civilizações foram
impulsionadas para o plantio, cultivando terras para sobreviver das suas colheitas. Isso tornou
possível a fixação de povos em determinadas áreas, como se criassem raízes tal qual seu
plantio. De repente não precisavam mais ser nômades, podiam viver em um determinado
lugar que tivesse as condições necessárias para plantar e viver do que se colheria. Touro se
personificou em deuses (como a Deusa Hathor e o boi Ápis), sendo adorado por muitos povos.
Muitas religiões conectadas com a terra surgiram em sua Era. A terra nessa nova fase da
agricultura na Era de Touro, precisa de água para se nutrir e dar frutos. Por isso a relação com
Escorpião, seu signo oposto e complementar se tornou muito importante. Os povos
procuravam terras onde a água pudesse ser facilmente acessada para garantir o plantio. A
necessidade pelo tangível, por tocar em coisas que existem, propiciou o desenvolvimento de
ciências exatas como matemática e engenharia. Medicina e astronomia também evoluíram
muito durante a Era de Touro. No Egito, os Faraós passaram a simbolizar o vínculo da terra
com o divino. Essa “divindade” adquirida pelos Faraós é que propiciava a prosperidade do
povo e sua proteção, através de boas colheitas. Estamos falando da Era de Touro, mas cada
era não é influenciada apenas por um signo. Touro pode ser o signo principal de sua Era, o
ascendente do mundo, mas ele também é o ponto de intersecção de outros signos que
influenciarão em algum nível sua Era, numa grande cruz cósmica. No caso da Era de Touro
temos Leão no Fundo do Céu, Aquário no Meio-Céu e Escorpião no Descendente. Dessa forma,
outros signos opostos e complementares influenciarão cada era de um determinado signo. Os
signos que formam quadraturas com o signo principal de uma Era também exercerão alguma
influência, mas em menor proporção do que os opostos e complementares. Povos que antes
vivam como nômades começaram a se fixar durante a Era de Touro. A busca por água para
garantir o plantio fez com que os povos procurassem meios de controlá-la através de
reservatórios. Gradativamente, represas e diques começaram a ser construídos de forma cada
vez mais eficiente e o processo de irrigação foi conquistado. As áreas de cultivo começaram a
crescer e os povos começaram a se expandir, gerando civilizações históricas, como a egípcia. O
Egito, aliás, juntamente com o império Mesopotâmico, é um grande exemplo desse período. A
ligação entre Touro e Escorpião nessa Era propiciou a formação desse grande império,
impulsionando o domínio das colheitas e prosperidade. As grandes colheitas podiam
alimentar não só o povo, mas trabalhadores de todos os cantos que trabalharam na
construção desses impérios. Nada disso seria possível sem o controle das águas dos rios Tigre,
Eufrates e Nilo. Obras de engenharia cada vez mais avançadas permitiam represar cada vez
mais quantidade de água. Controlar a água significava ter recursos para plantar. Com a
construção dessas represas, a agricultura cresceu, assim como a criação de animais,
possibilitando a produção de excedentes. Esse controle mais eficiente da produção gerou
sistemas econômicos sólidos, fazendo com que o controle do povo não se desse mais através
da força militar e sim através da economia, onde se controlava o fluxo de riquezas e
consequentes tributos da população. Suméria e Egito foram exemplos de impérios que ao
invés de dominar através da força usavam o poder econômico. A administração econômica do
Estado passou a ser tão ou mais importante que o exército ou reis, imperadores e faraós. Esse
foi um dos legados dessa junção complementar entre Touro e Escorpião, gerenciar bem as
terras e seus recursos hídricos, possibilitando o florescer de civilizações baseadas em uma
produção agropecuária altamente eficiente.

ERA DE ÁRIES (2.300 a.C. até 150 a.C.)

Assim como em Leão, o fogo novamente promove a purificação do espírito, que como uma
fênix, renasce das cinzas mais puro e forte. Dessa forma, a era de Áries representa um novo
início, o nascimento de uma nova realidade. É a era das guerras, conquistas, sua prepotência
e impulsividade traz consigo um senso de independência. Reis e faraós adquiriram ainda mais
poder pessoal, enquanto civilizações que dependiam da terra, como o Egito sofreu certo
declínio ao final da era de Touro. Invasões bárbaras marcam a passagem da Era de Touro para
a Era de Áries. Enquanto a Era de Touro trouxe prosperidade para vários impérios com
economia baseada na agropecuária, a Era de Áries trouxe o domínio do metal e grandes
máquinas de guerra, o que trouxe caos e instabilidade. As terras férteis do Oriente Médio,
Mediterrâneo, China, Índia, foram invadidas por povos bárbaros do norte, que subjugaram
grandes impérios como o egípcio através da superioridade militar. Áries tem como regente
Marte e sua Era simboliza atitudes proativas e beligerantes. Com o domínio da metalurgia,
civilizações belicosas cresceram economicamente, formando grandes forças militares. O Deus
vingativo e belicoso do Velho Testamento é um forte símbolo dessa Era, assim como Moisés,
que além de quebrar um bezerro de ouro anunciando o fim da Era de Touro, lidera os
hebreus à Terra Prometida, uma atitude de independência. O Sacrifício de carneiros (Áries)
era comum para esse Deus do fogo, que se manifestava através de uma "sarça ardente". As
sociedades se reorganizaram durante a Era de Áries. As conquistas territoriais que se dão
através de invasões militares mudam a economia, política e vida social de várias civilizações. O
Egito é um bom exemplo dessa mudança. Ao invés de uma potência agropecuária, voltada
para sua economia interna, o Egito volta suas atenções para desenvolver seu poderio militar.
Durante a Era de Áries, Amenófis III e Ramsés II lutam com os hititas pelo controle do comércio
no Oriente Médio, visando expandir seu domínio territorial e sua economia. Povos e culturas
começam a se fundir durante essa Era. Persas, gregos e latinos são alguns povos que marcam a
Era de Áries. A fusão entre eles dá origem à base étnica que constituiria mais tarde os estados
europeus. Culto à terra da Era de Touro dá lugar a religiões que cultuam valores masculinos,
enterrando o lado lunar e feminino de Touro. Toda essa fusão é fruto da interação com o eixo
Áries - Libra. Libra representa um papel marcante nessa mudança social e cultural. Como é o
signo oposto e complementar a Áries, influencia a fusão com o outro, a filosofia, religião e
até política. O direito romano, o confucionismo e o budismo (doutrina que prega o caminho
do meio) são exemplos claros dessa influência libriana. A democracia ateniense também
sofreu tal influência, trazendo a liberdade de expressão e de escolhas políticas. Durante essa
era, Capricórnio ocupava o Meio do Céu, influenciando o controle através de tradição,
hierarquia e uma rígida separação de classes. Predominam as monarquias, onde o rei está
acima da lei, protegido pelo escudo da religião, sendo a ligação direta entre Deus e seu povo.
A riqueza que vinha do plantio e da criação de animais na Era de Touro deu lugar a impérios
despóticos e teocráticos, como os do Egito e os da Assíria, Caldéia e Pérsia. O poder estava
centralizado no Oriente Médio, mas à medida que a Era de Áries vai chegando ao seu final, o
Ocidente começa a ganhar força, muito por conta de Alexandre, o Grande. Com educação
grega, Alexandre partiu em uma campanha de conquistas que constituíram o grande império
helenístico. Ele unificou várias regiões asiáticas sob seu império, misturando a cultura local
com a cultura grega. É uma época que marca a passagem da Era de Áries para a Era de Peixes.
O império alexandrino borrou fronteiras políticas, econômicas e principalmente culturais,
levando os costumes ocidentais para o oriente, já evocando uma aura de dissolução.

ERA DE PEIXES (150 a.C. até 2010 d.C.)


Assim como o fogo, a água de Peixes também simboliza purificação, mas também traz a
fertilidade, o instinto primordial e a mediunidade. Peixes carrega uma dualidade. Ao mesmo
tempo em que tem o espírito elevado ao ponto de se tornar um mártir, pode querer escapar
da realidade. Piscianos enxergam sempre o futuro, são visionários e bondosos, mas também se
impressionam com facilidade e são influenciáveis. O nascimento de Ichthys ou Ichthu (do
grego antigo ΙΧΘΥΣ ou ΙΧΘΥC, significando "peixe") é o símbolo ou marca do cristão. Trata-se
de um acrônimo, utilizado pelos cristãos primitivos, da expressão "Iēsous Christos Theou Yios
Sōtēr", que significa "Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador" e foi um dos primeiros símbolos
cristãos, juntamente com o crucifixo e continua a ser usado pelas igrejas cristãs. Aliás, o
crucifixo, também é um símbolo derivado da cruz astrológica. Antigas igrejas medievais ainda
usavam a cruz sem a haste comprida e com o círculo em volta, um símbolo com mais afinidade
ainda à cruz zodiacal. Yeshua (Jesus, o salvador) marca a era de Peixes. Seus ensinamentos
carregam a mensagem de um Deus mais compreensivo, que deseja que a bondade e a
solidariedade aflorem entre os seres humanos. É um Deus com um toque mais feminino,
representado no Novo Testamento. Sai o Deus de Fogo (Áries) do Antigo Testamento e entra
o Deus de Água (Peixes) do Novo Testamento. A bíblia cristã carrega muitos simbolismos da
era de Peixes. Cristo é batizado na água, apóstolos são pescadores, há o milagre da
multiplicação dos peixes, entre outros... O "cordeiro de Deus que tirou os pecados do mundo”
representa o Cristo que perdoa as civilizações da era de Áries e prepara os homens para a nova
era de Peixes. Assim, ele carrega como símbolos o cordeiro de Áries e o peixe de Peixes. Você
já reparou naqueles adesivos de carro onde Jesus é sempre simbolizado por um peixe? Esta é
uma referência mais direta nos dias de hoje.
Esta Era trouxe consigo toda a ideia do signo, que é tentativa de elevar o ser humano
espiritualmente, cultivando o amor entre iguais, a bondade, solidariedade e compreensão.
Porém, os povos também construíram grilhões sociais na forma de rígidos sistemas
hierárquicos. Quem tinha mais posses tinha mais valor, algo que vai de encontro com a
filosofia da igualdade e solidariedade. Esse lado materno e feminino do novo Deus teve como
principal veículo a Virgem Maria, que representava o eixo zodiacal dos opostos
complementares Peixes - Virgem. Aliás, outro problema dessa era foi Peixes deixar um pouco
de lado Virgem, seu signo oposto que poderia trazer mais equilíbrio. Esse desbalanceamento
trouxe consequências não tão benéficas para a humanidade.

Na Era de Peixes, o poder passou de vez do oriente para o ocidente, mais precisamente da Ásia
para a Europa. Predominantemente cristã, a Europa era unificada através do poder da igreja
católica e de suas tradições greco-romanas. A conquista de territórios asiáticos levou à
introdução do cristianismo nesses povos. A Era de Peixes trouxe também as grandes
navegações e o estabelecimento de grandes instituições, como a Igreja Católica Apostólica
Romana, assumindo um papel materno na proteção dos homens pecadores, algo que ampliou
ainda mais o domínio da Europa sobre o resto do mundo.
A Europa era unida pelo cristianismo e pela herança cultural greco-romana. Na Era de Peixes o
cristianismo europeu foi levado para a Ásia. A influência social e cultural do ocidente começou
através das conquistas de Alexandre, o Grande. Seu império durou de 336 a.C até 323 a.C e foi
responsável por juntar os fundamentos culturais da Grécia e da Pérsia. A mistura entre os
povos também foi possível durante essa época, com orientais casando-se com ocidentais.
Outro traço marcante de seu governo foi tolerar as práticas dos povos conquistados,
respeitando sua cultura e religião. O grego era o idioma oficial, dando uma noção de coesão
ao seu vasto império. De repente, fronteiras não faziam mais sentidos, assim como barreiras
étnicas, culturais e sociais. Essa nova Era iniciada por Alexandre se estendeu até a época do
Império Romano. Não é difícil perceber Alexandre como um agente precursor da Era de
Peixes, na medida em que cumpre papéis piscianos: integrar, dissolver fronteiras, fundir e
diluir as diferenças. Seu papel foi fundamental para sedimentar o caminho para a Era de
Peixes. Acabando com as fronteiras e integrando vários povos, ele conseguiu diminuir as
diferenças e criar um império onde todos coexistiam, não importando raça ou costumes.
Muitos consideram seu império helenístico como parte integrante da Era de Peixes, mas é
melhor considerá-lo como o responsável por corroer as estruturas da Era de Áries, criando um
caminho para a Era de Peixes. Durante seu governo, os velhos costumes e tradições ainda
dividiam espaço com as novas ideias de unificação dos povos. O cristianismo é uma grande
marca na transição entre as Eras de Áries e Peixes. Com seus fundamentos baseados na
compaixão e amor de Peixes, o cristianismo ainda pregava o desapego aos bens materiais, uma
vida pura, sem pecados, dedicada ao bem, o perdão e a igualdade. A base do cristianismo
remete ao caráter universalista de Peixes, ao fazer o bem sem olhar a quem. A valorização da
humildade e da pureza são influências do signo oposto complementar, Virgem. Quem seguisse
os preceitos do catolicismo alcançaria a salvação, enquanto os demais seguiriam rumo ao
inferno. O controle da igreja católica passou a ser de vital importância para o poder vigente.
Como Peixes é um signo de dualidade, a chegada de sua Era traz bases misturadas para as
civilizações. Roma preserva as influências gregas e helenísticas do império Alexandrino,
enquanto o cristianismo, uma religião fundada sobpreceitos piscianos, nascida entre
pescadores e que fala do martírio de Jesus (que multiplicava os peixes), se mostra como pivô
da passagem da Era de Áries para a Era de Peixes. O nascimento de Jesus poderia ser
considerado como o marco inicial da Era de Peixes O simbolismo está todo lá: um messias
que prega os preceitos universais e caridosos de Peixes, nascido de uma mulher pura - uma
"Virgem". O nascimento ainda é percebido pelos estudiosos da astrologia da época, os três
reis magos, também chamados de astrólogos. Porém, não podemos precisar que o início da
Era de Peixes tenha sido justamente o nascimento de Cristo. A astrologia não funciona dessa
forma, as transições entre as Eras são gradativas, como um degradê de cores, cheias de
nuances e fatos marcantes, que pavimentam e consolidam a nova Era que está por chegar.
Esses acontecimentos podem se estender por anos, décadas. Não existe um choque que force
uma transição direta, da noite para o dia. O nascimento de Jesus, seja real ou apenas um
simbolismo astrológico propagado, é uma referência importante, que faz com que seja até
mais fácil delimitar a transição entre Eras, tanto de Áries para Peixes, como de Peixes para
Aquário. Há quem diga que o chamado "juízo final" seja simplesmente o início do grande ciclo
de 36 anos de Saturno (astro conhecido como senhor do tempo, da colheita, que cobra
cobrador conforme suas obras) que inicia-se em 2017 e que dentro desse período se
consolidará de fato a entrada definitiva da terra sob as influências energéticas da Era de
Aquário. Estamos vivendo um momento singular neste final da Era de Peixes, com um
aquecimento global cíclico natural, escassez de alimentos, novas doenças e esgotamento de
alguns de nossos recursos vitais. Civilizações e culturas vem e vão e fragilidades sistêmicas
emergem. É bom lembrar que ao fim de cada grande Era, há chances de um novo cataclismo
transformador. Com a Era de Peixes chegando aos seus últimos graus, podemos ser abalados
desastres naturais, aquecimento global, escassez de alimentos, recessão, crises econômicas,
energéticas, nucleares, instabilidades políticas e ideológicas, ataques terroristas e toda sorte
de turbulências. Mas, após as dores do parto e finalmente o nascimento da Era de Aquário
começará a expurgar toda forma de corrupção do mundo antigo com a ajuda das leis do
universo.

ERA DE AQUÁRIO (2010 até 4.170 d.C.)


Ao contrário dos signos de Água, os signos de Ar são os únicos que não são representados por
animais no zodíaco. O Ar é um elemento ligado diretamente ao Homem e que promove sua
elevação material e espiritual, abrindo caminhos para uniões, relações e sociedades. É o
elemento do aprendizado, do conhecimento. Na era de Aquário, o individualismo de Peixes é
deixado de lado em prol da busca pelo universal e do coletivo, temas bastante ligados a
energia de Aquário. As atitudes passam a ser mais objetivas, impessoais, tudo que não se
aproveita mais ou está ultrapassado é descartado. Novos pensamentos e tecnologias surgem
com bastante velocidade, a eletricidade tem grande importância. Com o advento da tecnologia
da informação, quebra-se o espaço tempo. Com a internet, povos distantes do planeta
conseguem se comunicar e se visualizar na velocidade da luz sem precisar estarem no mesmo
ambiente. A realidade virtual já é uma realidade. Já a partir da década de 1960, assuntos
como vida extraterrestre, engenharia genética, cibernética, inteligência artificial, entre
outros, começaram a ganhar maior destaque na sociedade. Uma preocupação com o meio-
ambiente também começou a tomar forma, tudo isso graças ao jeito progressista e
reformador de Aquário de olhar para o mundo. A transição gradual para a nova Era se mostra
bem visível a partir dessa época. Os hippies, o estabelecimento do Rock'n Roll (ritmo advindo
da libertação e da rebeldia), os ímpetos de extremismo, o fluxo intenso de novidades
tecnológicas... Aquário está sempre olhando para frente, impulsionando o ser humano rumo
ao progresso. Ele busca a liberdade, tanto pessoal quanto do mundo como um todo, e isso
será ainda mais evidente através da conquista do espaço. O mundo continua mudando, agora
de maneira ainda mais frenética, vertiginosa e principalmente súbita, reflexo do modus
operandi de Urano, co-regente de Aquário. Essa nova Era tem como mote criar um mundo
com mais amor e paz, porém isso só será possível a partir da evolução de cada um, algo que
formará um coletivo harmonioso. As pessoas irão sentir necessidade de não deixar que os
outros intercedam negativamente em suas vidas e serão mais incisivas em áreas como
religião e governo, tendo ímpetos mais rebeldes (outra faceta aquariana) e tentando sempre
tomar as rédeas de sua existência. Novas fronteiras da descoberta científica em uma era de
avanço tecnológico. Os tratamentos médicos provavelmente serão baseados na tecnologia de
frequência de ondas, à nível molecular, utilizando o espectro infra-vermelho e ultravioleta da
luz, de ondas curtas a ondas ainda mais curtas e ainda mais penetrantes. O mundo quântico e
subatômico será desvendado e utilizado de vez abrindo caminho para uma era de abundância.
O avanço científico na fusão nuclear revolucionará poderá revolucionar o consumo de energia
do mundo no ciclo natural da mudança climática, onde a energia global poderá ser fornecida
por geradores movidos a energia de ponto zero, ecologicamente correta, atendendo à
demanda global sem emissões poluentes.

O Que a Astrologia Pode e Não Pode Fazer:

Mesmo havendo passado milhares de anos de história, a Astrologia ainda é um tema bastante
controverso e com definições e utilização bastante subjetivas. O fato é que a Astrologia pode
ser útil de várias maneiras:

 Pode revelar padrões de comportamento nocivos ou avisar sobre os desafios que


estão por vir;
 Pode ajudar a descobrir talentos latentes e como desenvolvê-los;
 Pode apontar tendências recompensadoras e como tirar proveito delas antes que
terminem;
 Pode alterar cursos ao longo da vida aplicando um viés de autoconhecimento que
pode ser determinante em determinados momentos;
 Por fim, a Astrologia é uma excelente maneira de determinar a hora ideal para fazer
certas ações e lhe proporcionar um maior aprendizado de si mesmo (a).

Pode se dizer que a mecânica da Astrologia pode ajudar as pessoas a ficarem mais no controle
de suas vidas. Não tem nada a ver com adivinhações, apenas a constatação de que além de
possuirmos livre arbítrio, também fazemos parte das mesmas leis universais que regem o
todo. É onde a Lei da Correspondência se pode ser mais bem observada através de sua máxima
"Assim na terra, como no céu" ou "O que está em cima é como o que está embaixo".
Obviamente, não somos controlados pelos planetas, mas a mecânica celeste certamente nos
influência de alguma forma, criando uma atmosfera de pressão ou conforto, nos mantendo
constantemente em alerta. Um indivíduo não pode culpar um astro pelas suas ações, mas
pode descobrir muita coisa sobre sua personalidade e padrões de comportamentos,
principalmente os semi-automáticos. Os planetas e signos são como guias, sua influência
dentro da astrologia serve para nos ajudar. Quando nos pressionam, nos ajudam a superar a
inércia, a sair do marasmo. Em outras oportunidades, nos ajudam a enxergar comportamentos
improdutivos e autodestrutivos, abrindo uma janela para que possamos corrigi-los. As casas,
ao lado dos planetas, signos e aspectos astrológicos, são alguns dos componentes integrantes
do estudo da astrologia. O planetas nos dizem "sobre o que estamos falando" e os signos
"como estamos falando". Já os aspectos ditam como certas combinações entre os planetas e
signos interagem, para o bem ou para o mal. As casas são também deveras importantes: nos
dizem "onde" exatamente está acontecendo esta comunicação entre planetas e signos no
plano terrestre, por isso são chamadas de Casas Mundanas. Quando começamos a estudar as
casas, trazemos os planetas para a Terra e para as áreas cotidianas das nossas vidas. Ou seja, o
parecia antes muito distante, fora de alcance como os planetas lá longe, agora pode ser visto
em ação direta e tangível. É a parte "corpo", física do princípio tríno "corpo, mente e espírito".
As 12 casas astrológicas descrevem as ricas experiências de vida, sejam elas desafortunadas ou
abundantes, mas não menos úteis e válidas para a nossa evolução e aprendizado. Enquanto
muitos terão certas casas de seu mapa natal mais ou menos ativas, ao longo do tempo,
experimentamos o mapa inteiro com toda a sua sorte de eventos. Em todo caso, é muito
importante citar que somos responsáveis por nossas ações e devemos saber que temos
escolhas. O estudo da Astrologia ajuda a descobrir tais opções e a agir na hora mais
apropriada. Quando passamos por momentos difíceis, a Astrologia pode nos dar esperança,
pois saberemos quando o cosmos dará uma ajuda para nos reerguer. Sabendo com
atencedência que algo de bom pode estar chegando, é possível nos prepararmos para tirar
proveito e nos beneficiar de uma forma mais otimizada. Muitas vezes, coisas boas estão
disfarçadas de desafios e cabe a nós reconhecê-las. E boas energias sempre atraem melhores
energias. Se o indivíduo age corajosamente, se prepara de maneira apropriada, trabalha com
empenho, sendo honesto e ético, ele conseguirá superar seus obstáculos e alcançar seus
objetivos, pois o universo sempre recompensa de alguma forma suas ações, além de trazer
grande paz interior. As pessoas devem tomar decisões baseadas em sua convicção, não no seu
medo. Às vezes a linha que divide os dois é muito tênue, mas saber identifica-la é algo de
grande importância. Também é importante dar atenção a intuição, a "voz interior" do
subconsciente que serve para nos proteger. Ao prestarmos atenção à nossa intuição, podemos
aperfeiçoá-la, passando a confiar em sua efetividade e utilizando-a de uma forma cada vez
mais aprimorada. Por fim, todos devem levar à sério seus objetivos, para que as outras pessoas
ao seu redor também façam o mesmo. Somo limitados apenas pela nossa imaginação. Se
abrirmos nossas mentes e perguntarmos, cada vez mais informações serão reveladas. Fique
aberto a novas opções e a Astrologia ajudará no processo. A Astrologia também pode nos
ajudar a formar expectativas mais realistas e claras a respeito do mundo e principalmente das
pessoas. Muitas frustrações são fruto de expectativas enganosas. Às vezes nossos
pensamentos são deveras idealistas ou confusos, em outras vezes sentimos que nossos
problemas são provenientes de falha na comunicação. Mas não tem problema, a vida sempre
encontra um jeito de nos dar a experiência necessária para nos colocar de volta no caminho
certo. A personalidade é o que guia um mapa astral e juntamente com o caráter é o maior
indicador de como será o comportamento e o destino de um indivíduo, muito mais do que
outras qualidades. No dia em que uma pessoa nasce o padrão das estrelas é sempre único e os
oito planetas mais o Sol e a Lua nunca ocuparão os mesmos lugares por dezenas de milhares
de anos. Assim, cada indivíduo nasce por uma razão e os anos que virão têm um recurso
precioso: tempo. Não dá para poupar ou comprar mais tempo, então o melhor que podemos
fazer é tirar vantagem dele e tentar entender como as engrenagens do universo funcionam.
Esteja atento também ao seu horóscopo diário para entender como os trânsitos planetários
influenciam diariamente a configuração do seu mapa astral.

Símbolos das Doze Constelações do Zodíaco na Magia Natural:

São 12 signos, cada um dos quais tem um símbolo associado. Na Antiga Babilônia foi onde
surgiram os símbolos dos Zodíacos com o um círculo onde são apresentados os doze sinais ou
signos representando determinadas forças energéticas universais. Historicamente o significado
dos símbolos dos signos indica o caminho que o sol faz ao longo das constelações durante um
ano. Essa é a explicação histórica para o surgimento dos símbolos das constelações do Zodíaco.
Seus significados podem ser conferidos um a um logo abaixo. Veremos a partir de agora o
significado dos símbolos do zodíaco e as suas interpretações.

Áries
Fogo primordial regido por Marte, Áries é a energia inicial que vence a inércia, o "Big Bang", a
fagulha da explosão. A energia do signo de Áries traz à tona os desejos e a iniciativa do
indivíduo (ou da situação) e dá a força necessária para persegui-los. Áries abre caminho para o
desconhecido, é um dínamo que vence a inércia do tempo, o fogo das origens e a afirmação do
Ser e da ação na sua potencialidade. Força, coragem, animação, independência, inovação,
competição e aventura são palavras de peso dentro do escopo ariano. É um signo de enorme
energia e impulsividade: "Eu Inicio", "Eu Sou", "Eu Faço". Mas toda essa energia para realizar
pode vir acompanhada de características desarmônicas, como dominação, arrogância,
impulsividade e, por vezes, agressividade. Marte (ou Ares, o Deus da guerra), contribui para as
atitudes combatentes da energia ariana, principalmente quando seu instinto competitivo está
mais aflorado. Embora seja uma energia incrível para empreender e liderar, seu lado sombrio
pode transformar todo esse potencial em problema: o pioneirismo se transforma em teimosia,
os pensamentos inovadores se transformam em pensamentos vagos e sem foco, a arrogância
vence o bom senso. O equilíbrio da energia do signo de Áries garante iniciativa e realização,
tomando as rédeas da passividade para transformá-la em ação contínua.

Características de Áries:

Elemento: Fogo, Qualidade: Cardinal, Período solar: +/- de 21/03 a 20/04 Planeta regente:
Marte, Natural da Casa 01, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave: Atividade, Frase-
chave: Eu sou Eu inicio, Glifo: Chifres do carneiro, Anatomia: Cabeça, rosto, olhos, cérebro.

Pessoas com Sol em Áries:

Pessoas com Sol em Áries tendem a ser corajosas, entusiastas, originais, independentes,
impacientes, agressivas, teimosas, egocêntricas e impulsivas. A energia está voltada para a
construção de uma nova individualidade ou império, portanto, voltada para si mesmos e para
o que desejam. Têm talento nato para exercer funções onde suas habilidades de liderança são
evidentes. Possuem habilidades organizacionais e executivas, ótimas para dar início a novos
projetos. Porém, dar prosseguimento aos mesmos ou cuidar de projetos em andamento pode
não ser uma de suas melhores características, portanto toda ajuda é bem-vinda. Os arianos são
naturalmente entusiasmados e estão sempre prontos para atividades e competições. Ótimas
pessoas para animar e dar vida a qualquer ambiente! Ideias e projetos criativos parecem
brotar com frequência. Além da incrível energia que possuem, coragem é outro atributo que
quase nunca falta. A energia bruta, primeiro passo para fazer parte do universo, é evidente no
caráter e na construção das pessoas de Áries - ou com Áries forte no mapa. Assim como bebês
tendem a pensar em si mesmos como o centro das atenções de todas as outras pessoas e, a
medida que crescem, aprendem que não são o centro, mas parte de um grupo familiar, é da
responsabilidade dos nascidos com Sol em Áries aceitarem a ideia de que não são o centro do
universo, mas parte de uma ordem social que abrange todos os homens. Personalidades
arianas que não desenvolvem esse tipo de maturidade podem ter comportamento exigente,
egoísta e infantil. Querem o que querem e quando querem. A força vital, que é a sua herança
astral, tanto pode ser usada para inspirar os outros quanto a si mesmos, ou pode ser voltada
para dentro, refletindo apenas suas próprias necessidades egoístas, atrasando sua evolução de
consciência. Geralmente são reativos a tudo o que experimentam na vida. Antes de avaliar a
viabilidade ou o valor do que estão fazendo, antes de resolver as suas verdadeiras emoções e
antes de tomarem um tempo para raciocinar sobre todas as coisas intelectualmente, sua
tendência é a de "atirar primeiro e perguntar depois". Sua natureza obstinada e apaixonada é
inspiradora para os outros, mas a menos que a impaciência e o comportamento intempestivo
sejam controlados, seu entusiasmo desenfreado acaba tão rápido como começou. Áries é o
signo astrológico do soldado, mas na pressa, pode esquecer a importância de se preparar
adequadamente antes de entrar de cabeça em um combate físico ou verbal. Apesar disso,
rapidamente esquecem a frustração e a raiva. Já que sua natureza é essencialmente generosa,
qualquer potencial de egoísmo é apenas o resultado de um descuido ao invés de uma
indelicadeza intencional. Por conta do seu egocentrismo, precisam lembrar que outras pessoas
também podem ter boas ideias e assumir papéis de responsabilidade e liderança. Geralmente
o ariano prefere fazer tudo sozinho, mas aceitar a ajuda de outros pode ser uma ótima
estratégia para concluir projetos. Existe essa capacidade inerente de iniciar uma ideia ou
projeto e de repente perder o interesse se as coisas forem muito lentas ou tornarem-se muito
complicadas. Geralmente são diretos, sem sutilezas ou rodeios e falam o que pensam. Não
guardam rancor e quando se irritam não ficam remoendo por muito tempo, explodem de uma
vez e pronto. Pode ser uma reação um tanto quanto violenta, mas costuma passar
rapidamente. São propensos a dores de cabeça. Gostam de assumir a liderança nos
relacionamentos e vão atrás do que lhes interessa, a caça pode ser mais divertida do que a
conquista final.

Como Se Tornar Um Ariano Melhor:

 Ser mais paciente;


 Conservar melhor sua energia e direcioná-la sempre de forma construtiva;
 Controlar seu temperamento;
 Terminar coisas que iniciou;
 Aceitar mais a ajuda dos outros.

O Que Esperar dos Homens de Áries:

Homens de Áries têm aspirações para serem líderes que conseguem motivar seus liderados. O
único problema é que ele mesmo pode perder a motivação algumas vezes. Impulsivo,
ambicioso e por vezes apressado, ele ende a achar que não existem limites para alcançar o que
deseja. A vida geralmente mostra que não é bem assim e obstáculos pelo caminho podem
levar à frustrações e desilusões, o que é algo normal na vida de qualquer pessoa. Se o ariano
deixar os potenciais delírios de onipotência de lado, pode ter energia suficiente para ser um
vencedor em tudo o que empreender, um bom parceiro e companheiro sentimental. Com a
família, podem ocorrer discordâncias e discussões, já que o ariano nunca quer perder,
podendo ser rude com alguém para fazer valer sua vontade. Mas, passa rápido. Não é raro o
ariano buscar a todo custo uma relação duradoura, com um família sólida e sucesso financeiro.

O Que Esperar das Mulheres de Áries:


Mulheres de Áries são inteligentes, bem humoradas e brilham como o Sol, mas podem
transmitir uma imagem arrogante a primeira vista. Como o desafio faz parte de sua natureza,
geralmente as arianas gostam de pisar em áreas onde os homens predominam, virando
gerentes ou diretoras de empresas. Carregam a bandeira da igualdade! A ariana quer vencer,
chegar sempre em primeiro lugar, ou entre os primeiros. Esportes, trabalhos pesados, nada a
intimida. Mas todo esse foco tem um preço: para as arianas é difícil relaxar, descontrair e
deixar as coisas rolarem no seu próprio ritmo. Todo esse excesso de confiança, independência
e pressa faz com que a ariana tenha medo de se envolver em relações onde possa ser
dominada, controlada, limitada... Claro que isso não fecha as portas para o amor, muito pelo
contrário. Ela não é indiferente e quer encontrar um parceiro. Mas, tem que ser alguém que
tenha seus próprios objetivos e que dê espaço para que ela também persiga suas metas. Por
ser forte e independente, a ariana atrai muitos amigos e tem um espírito aventureiro, que se
reflete tanto no lazer quanto no trabalho, onde não tem medo de buscar inovações. Pode ser
extremamente competente na carreira que escolher. A capacidade para fazer dinheiro é
grande, assim como a energia para gastar tudo que ganhou.

Touro

Touro é o primeiro signo do elemento terra e simboliza a natureza e a matéria, a forma


primordial da vida. Regido por Vênus, planeta que valoriza a beleza e também o amor, Touro
tem uma energia que conecta o homem à matéria e aos sentidos físicos. Essa energia faz o
homem conhecer o material, ganhar senso de valor e o ajuda a se identificar com seus sentidos
físicos. O mundo material é o foco da energia taurina, os planos físico e sensorial estão sempre
em evidência. Todos os sentidos são voltados para possuir, usufruir, atingir e manter a
segurança necessária através do material e palpável. Touro rege tudo que pode ser tocado e
possuído. Nele temos nosso primeiro contato e conhecemos o plano físico. É a estabilidade e o
poder de realizar. É a energia que garante os pés na Terra e cria suas raízes, se conectando à
matéria e aos sentidos físicos. É o bebê que dá seus primeiros passos e irá tocar cheirar e sentir
tudo ao seu redor. Tudo isso consume boa parte de sua força, por isso precisa possuir recursos
que trarão segurança que ajudarão a energia a se manter. Tocar, cheirar, dançar, sentir, enfim,
sentir tudo fisicamente está intimamente ligado à energia taurina, que inicialmente representa
a estabilidade, o concreto, o "pé no chão". Touro é voltado para o conhecimento do plano
físico e ele vibra de forma mais pesada, densa e fixa na terra. Todo esse materialismo pode até
trazer limitações, mas também traz segurança, valorização (material e pessoal), poder de
realizar e de construir. Paciência, honestidade, praticidade e sensualidade também fazem
parte do leque de qualidades de Touro. Porém, o lado sombrio da energia taurina pode abrir
portas para teimosia, raiva e possessividade, transformando um sentimento de lealdade e
sociabilidade em ciúme e materialismo extremo. Equilibrar com sucesso essa energia
proporciona harmonia e estabilidade emocional, confiança, autocontrole e maior clareza de
propósitos, que embora possam ser alcançados de uma forma mais lenta, com certeza serão
mais sólidos.

Características de Touro:

Elemento: Terra, Qualidade: Fixo, Período solar: +/- de 21/04 a 21/05, Planeta regente: Vênus,
Natural da Casa 02, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Estabilidade, Frase-
chave: Eu tenho, Glifo: Cabeça e chifres do touro, Anatomia: Pescoço, garganta, ouvido, cordas
vocais, tireóide, língua, boca, amígdalas.

Pessoas com Sol em Touro:

Pessoas com Sol em Touro são capazes de realizar muitas coisas na vida, muito por conta de
sua capacidade de dar prosseguimento a projetos ou ações onde outras pessoas tenham
perdido a paciência ou a energia para continuar. Sua força e determinação inspiram os outros
a confiarem neles. Como geralmente não gostam de confiar cegamente nas pessoas, muitas
vezes dependem muito de si mesmos. São cuidadosos e pacientes quando tentam realizar algo
que acreditam valer a pena ou quando lidam com pessoas que realmente se importam. Não
são afeitos a surpresas ou mudanças espontâneas e tendem a se sentir mais confortáveis
quando têm tempo suficiente para se preparar, seguindo uma agenda sólida e planejada.
Quando nascemos, a primeira coisa que usamos são nossos sentidos físicos. O que podemos
ver, tocar e segurar fisicamente representa a realidade imediata. Por isso, a herança astral dos
taurinos é a conservação dos recursos físicos e o apego às pessoas que eles consideram mais
próximas. Um dos seus desejos mais fortes é o de segurança. Por exemplo, promessas não
cumpridas ou a traição dos outros podem representar ameaças diretas a essa segurança,
portanto o taurino tende a não reagir bem a isso. Quem trai sua confiança geralmente não
ganha outra chance. Quem tiver o infortúnio de bater de frente com um taurino invocado
poderá experimentar sua personalidade forte. Não que seja fácil irritar alguém do signo de
Touro, pois não é, mas quando finalmente se irritam é algo realmente brusco. Imagine um
touro enfurecido solto numa loja de porcelana. É disso que um taurino pode ser capaz quando
chega ao seu limite e perde o controle. Quando ficam irritados podem precisar de um
tempinho a mais para esfriar a cabeça, por isso o melhor a fazer é deixá-los sozinhos. Você
saberá quando eles estiverem mais calmos. Não adianta tentar apressá-los ou pressioná-los,
esse tempo é necessário para que eles assimilem e reflitam sobre a situação com paciência.
Quando se decepcionam, pessoas do signo de Touro podem se comportar de uma maneira que
vai totalmente contra seus próprios interesses. Podem se isolar completamente do mundo ou
então entrar e sair de vários relacionamentos. Seja qual for a direção tomada, podem acabar
sacrificando relacionamentos significativos e duradouros que tanto precisam para se sentirem
emocionalmente seguros. Por isso, a sugestão é lidar melhor com as decepções da vida e
aceitar os revezes com a mesma paciência e sobriedade que usam para conquistar seus
objetivos. Taurinos também podem ser teimosos e resistentes a mudanças que não sejam
propostas por eles próprios. Mudam suas opiniões de forma gradual, mas quando mudam é
difícil fazê-los voltar atrás. Reagem ao que vivenciam avaliando seu possível valor, ou seja,
antes de agirem, se envolverem emocionalmente ou mesmo raciocinarem intelectualmente,
verificam quais são as vantagens que a experiência pode proporcionar. Coisas muito abstratas
ou vagas não atraem muito seu interesse, pois precisam ter um propósito definido no que
fazem e nas relações que formam. Como não gostam de ficar desnecessariamente
sobrecarregados, voluntariamente se livram de itens usados, mas somente se não
conseguirem encontrar nenhum uso para eles, pois bens materiais e posses geralmente
carregam importância. Isso porque não se sentem emocionalmente seguros a menos que
possam ver e tocar as coisas que possuem. Essa necessidade intensa de possuir e desfrutar
com os sentidos pode levar os taurinos a serem extremamente produtivos, mas também
consumistas e materialistas, fazendo com que tenham receio de “perder”. Os sentimentos que
geralmente acompanham este receio são a possessividade, o ciúme, a preguiça, a teimosia
e/ou a extravagância. O ideal é que sempre tentem perseguir as coisas agregando um nível
mais mental e espiritual, deixando de lado o desejo de “possuir” as pessoas. Para isso, pode
ser necessário ter que mudar alguns conceitos. Taurinos podem até trabalhar em um ritmo
mais lento do que a maioria das pessoas, mas sempre terminam o que começam. São
confiáveis, meticulosos e firmes. Preferem dar prosseguimento ao que outros começaram ao
invés de iniciarem algo. Para isso, podem ser liderados, mas não pressionados. As pessoas
tendem a se sentir seguras em torno deles e em tempos de crise são geralmente os mais
calmos e os que passam mais segurança (junto com Capricórnio, seu parceiro de elemento).
Têm paciência e capacidade para encontrar soluções práticas para os problemas, sendo fortes,
calmos, ponderados, práticos, determinados, perseverantes e demonstrando compaixão e
fidelidade. Geralmente as pessoas do signo de Touro gostam de arregaçar as mangas e colocar
a mão na massa, construindo ou consertando coisas. Trabalho não os incomoda desde que o
resultado final seja útil e sirva para um propósito concreto. Não curtem ficar de cama, pois
trabalhar é importante. Adoram harmonia e beleza e podem ser extremamente afetuosos -
legado de seu planeta regente, Vênus. Muitos têm uma forte tendência a apreciar música e
gostam de cantar ou dançar, e geralmente tem ótima e afinada voz.

Como Me Tornar Um Taurino Melhor:

 Ser menos materialista;


 Ser mais flexível a mudanças;
 Não tratar as pessoas com sentimento de “posse”;
 Ser menos ciumento e possessivo;
 Ser menos preguiçoso e teimoso;
 Confiar mais nas pessoas.
O Que Esperar dos Homens de Touro:
Tendem a buscar sempre o que há de melhor na vida, geralmente almejando o sucesso social e
material. Alguns parecem calmos, controlados, mas por dentro querem aproveitar ao máximo
a sua vida terrena, buscando todos os tipos de experiências físicas e sensoriais. Porém, podem
frear seus desejos até encontrarem uma maneira de realizá-los de forma mais sólida, já que
também almejam uma vida confortável e conservadora. São donos de uma natureza muito
prática, eficiente, independente, organizada, repleta de bom senso, lógica e
pragmatismo. Tendem a ser extremamente responsáveis e podem assumir grandes encargos,
o que pode trazer ansiedade, mas agarram-se decididamente aos seus objetivos e geralmente
conseguem realizá-los. Geralmente começam a colher os frutos do que plantaram em torno da
meia-idade e, uma vez casados, tendem a permanecer no casamento, pois não curtem muito
mudanças. A parte física e sexual do relacionamento pode ser importante para eles.  Não
tendem a ser enganadores, geralmente um taurino não tem nada escondido por baixo do que
você vê. Uma curiosidade: podem se sentir atraídos por mulheres que vivem longe deles.

O Que Esperar das Mulheres de Touro:


A taurina é uma ótima companhia, tende a valorizar as pessoas ao seu redor e prezar pelos
bons relacionamentos. Assim como os homens, gostam de uma boa comida, de vestir roupas
sensuais e procura saciar a sua forte natureza sensual e sexual. Aparentemente ela tolera
alguns “deslizes” quando está apaixonada, parecendo ter um autocontrole fora do comum,
mas na verdade tende a ser ciumenta e se algo passar dos limites a ira taurina pode assumir o
controle. Detentora de um carácter resoluto e uma enorme força de vontade, dinheiro,
recursos ou bens podem ser parte importante de sua vida. Forte e estável como um touro,
pode progredir lentamente na vida, mas depende muito da sua boa saúde, que é um dos seus
bens mais preciosos.
Podem dar muita importância aos valores e na maioria das vezes não têm problema em
apontar seus próprios defeitos. Geralmente reservadas, só revelam seus segredos quando
acham absolutamente necessário. Tendem a escolher parceiros passionais, que podem até
carregar alguns fardos, mas que em geral são voluntariosos e amigos.

Gêmeos

Gêmeos é primeiro signo do elemento Ar e é regido pelo planeta Mercúrio. desperta a


intelectualidade, abrindo portas para a comunicação e representa a primeira forma de
aprendizagem, simbolizando o intelecto, a comunicação e a abstração das ideias. É a mente
começando a aprender, a descobrir e a se comunicar, mesmo que ainda com dúvidas sobre a
profundidade do conhecimento e seu valor. O interesse é em pegar e repassar rapidamente
pedaços de conhecimento soltos no Ar geminiano. A energia de Gêmeos propaga a informação
através de pequenas notícias do cotidiano. Coleta informações de forma avassaladora, a
informação vem em grande fluxo e quantidade, mas nem sempre com qualidade ou
profundidade. O importante é buscar informação, repassar o que aprendeu rapidamente e
buscar novamente, em um fluxo constante. Desenvolver o intelecto e buscar conhecimento de
forma incessante é características básicas de Gêmeos, causada pelas necessidades de
adaptabilidade e preservação. E intercâmbio de conhecimento significa renovação constante.
A energia geminiana promove o despertar da intelectualidade e onde quer que se posicione é
uma energia curiosa, leve, que tem a ver com dualidade - como o próprio nome do signo
sugere. É uma ponte tênue entre o saber e o comunicar, o próprio ar em movimento, que
possui o prazer de descobrir algo e imediatamente passar adiante. O pensamento não é fruto
da emoção - entre sentir e pensar não há uma ligação, nem um compromisso tão óbvio. É uma
energia que traz curiosidade, expressão, comunicação, inteligência e adaptabilidade pode
onde passa. Porém, seu lado mais sombrio pode carregar inquietação, ceticismo, instabilidade
e insensatez. Por exemplo, de filósofo, o geminiano pode passar a ser superficial e um pouco
inseguro. Equilibrar com sucesso a energia do signo de Gêmeos significa equilibrar intuição e
lógica, usando igualmente os dois lados do cérebro, evitando inquietude ou total
superficialidade.

Características de Gêmeos:

Elemento: Ar, Qualidade: Mutável, Período solar: +/- de 22/05 a 21/06, Planeta regente:
Mercúrio, Natural da Casa 03, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave:
Versatilidade, Frase-chave: Eu Penso, Glifo: Algarismo Romano II, Anatomia: Pulmões,
clavícula, brônquios, mãos, braços.

Pessoas com Sol em Gêmeos:

O signo de Gêmeos vai além da necessidade que Áries tem pela energia bruta da sobrevivência
e da necessidade física que Touro tem de tocar e experimentar o mundo material. Em Gêmeos,
o que está em evidência é o intelecto que precisamos desenvolver a fim de entender o
universo. A preocupação principal é coletar informações e geminianos parecem nunca parar de
buscá-las. Precisam expressar suas ideias e compartilhar o que aprendem com os outros, mas
se colocam em prática o que aprenderam, aí é outra história... O Geminiano pode tornar-se um
estudioso, um pesquisador cuidadoso, que se aprofunda nos assuntos, ou, pode apenas
continuar transmitindo informações em grande volume e velocidade. Essa tendência de pular
de um assunto para outro, reunindo todo tipo de informação ao longo do caminho mas
raramente se aprofundando demais nos temas, pode acabar passando a impressão de ser uma
pessoa metida a saber de tudo, mas que só conhece os assuntos de forma superficial ou
replica o que os outros falam, pois mesmo que não saibam de todos os fatos, o geminiano
tende a continuar contando a história como se soubesse de tudo, já que costumam ter muita
facilidade com as palavras. Precisa colocar um esforço um pouco maior para controlar e
canalizar a sua energia mental abundante da forma mais positiva possível, obtendo com isso
mais foco e concentração. Persistência não costuma ser seu forte, obter conhecimento e
disseminá-lo é o seu verdadeiro talento. Como muitos são bastante articulados para falar,
possuem muita lábia. Com isso, podem se tornar bastante persuasivos. Assim, podem ser
ótimos vendedores, jornalistas ou até mesmo professores, se decidirem se dedicar a estudar
mais profundamente os assuntos ao invés de apenas ficarem na superfície dos fatos.
Geminianos se adaptam facilmente às mudanças e geralmente se dão bem em qualquer
ambiente e com qualquer pessoa, pois são meio "camaleônicos". Não só têm uma capacidade
única para entender o que os outros estão pensando, como também possuem esperteza para
agradar se necessário. Costumam pensar rápido e têm a capacidade de usar bem as palavras
em qualquer situação, além de possuírem um bom senso de humor. Dessa forma, conseguem
transitar socialmente e abrirem algumas portas. Como as pessoas de Gêmeos têm a
capacidade de ver ambos os lados de qualquer questão, podem ficar flutuando entre pontos
de vista diferentes. Tendem a ficar com a opinião de quem quer que estejam no momento. Em
seguida, podem mudar de lado conforme as circunstâncias mudam. Para muitos geminianos
(ou quem tem gêmeos muito forte no mapa), a flutuação pode ser um grande problema.
Muitas vezes tendem a dizer o que os outros querem ouvir em vez de dizer o que realmente
pensam ou o que sabem ser verdade. Também podem abdicar dos seus próprios talentos e
ideias por estarem dispostos a mergulharem nas situações pessoais dos outros. Reagem
intelectualmente sobre suas experiências de vida, ou seja, antes de tomarem uma atitude,
antes de avaliarem o valor prático do que está acontecendo e antes de entenderem as
verdadeiras emoções envolvidas, geralmente tentam analisar as coisas de forma racional e
intelectual, como uma espécie de exercício mental. Essa orientação intelectual dos geminianos
pode fazer com que os outros os vejam como insensíveis ou emocionalmente distantes. Em
resumo, costumam usar a cabeça ao invés do coração para encontrar a solução dos problemas.
Orientam-se através da lógica e da razão e são capazes de entender porque a pessoa está se
comportando de determinada forma, embora tenham certa dificuldade em intervir nas
reações emocionais da pessoa envolvida. Geralmente preferem se distanciar desse lado
emocional na hora de decidir por algo, por isso essa impressão de às vezes serem frios e
distantes. É importante para os geminianos buscarem satisfação intelectual. Estagnação
mental na faz bem, então geralmente leem bastante sobre qualquer coisa ou, se por algum
motivo não gostarem de ler, se comunicam muito para satisfazer essa necessidade de
estimular a mente. Outras pessoas podem ter dificuldade em acompanhar a rápida mudança
de assuntos ou de afazeres. Pessoas de Gêmeos (ou com Gêmeos forte no mapa) tendem a ser
amigáveis, inteligentes, falantes, versáteis, curiosas, perspicazes, intuitivas e lógicas. Às vezes
também podem ser contraditórias, inquietas, críticas e impacientes, por conta da dualidade do
signo. Saem-se bem em trabalhos que tenham uma grande variedade de estímulos e gostam
de fazer várias coisas ao mesmo tempo, às vezes se atrasando para compromissos. Tédio não
faz parte do seu vocabulário.

Como Se Tornar Um Geminiano Melhor:

 Canalizar melhor minha energia mental;


 Ter mais foco e concentração;
 Buscar conhecimento de forma menos superficial;
 Tentar equilibrar a dualidade;
 Lidar melhor com o tédio.
O Que Esperar dos Homens de Gêmeos:
Geralmente são entusiasmados, dinâmicos e aparentemente incansáveis. Os geminianos
tendem a viver uma vida duplo-positiva: trabalham duro, mas quando a diversão bate à porta,
conseguem se desligar totalmente da labuta e cair na farra, sem ter hora pra acabar. Mas não
tem problema, no dia seguinte estão prontos pra trabalhar novamente, e quem sabe para mais
uma festinha. Essa dualidade pode surgir também no plano afetivo. Se a pessoa amada não
estiver por perto, ele é potencialmente capaz de se atrair por outras pessoas. Geralmente é
bom de papo e usa as palavras para seduzir. Adora uma conversa quando o sexo acaba e até
mesmo durante o ato, pode falar sobre várias fantasias. Quem quiser ficar com um "geminiano
de raiz" pode ter que ser mais liberal em algumas situações para não se chatear. Como são
governados por dois extremos, os geminianos podem mudar de humor e comportamento sem
aviso prévio. Podem estar alegres, amigáveis, prestativos e carinhosos em um momento, mas
logo podem ficar frios, distantes e desinteressados, o que pode deixar seus parceiros confusos.
Geralmente gostam de viajar por aí, mesmo que não se mudem nunca do seu
bairro. Costumam ter forte relação com ciência, jornalismo, arte e literatura, podendo se
destacar em qualquer uma dessas áreas.

O Que Esperar das Mulheres de Gêmeos:


Com pré-disposição a ser mais comunicativa, a geminiana ainda possui um pouco do espírito
de criança dentro dela. Não consegue ficar parada por muito tempo, está sempre em
movimento. Sua animação a transforma em uma ótima anfitriã, podendo ser capaz de dar
festas incríveis. Entusiasmada, charmosa e dona de um olhar provocante, pode encantar
qualquer um. Nos relacionamentos, tende a procurar por pessoas inteligentes e sociáveis, que
gostem de sair e fazer amigos - e que de preferência sejam seguras. Pessoas inseguras não
combinam muito com a vibe das geminianas. A dualidade de Gêmeos faz com que a geminiana
seja influenciada por dois polos completamente diferentes, por isso seu humor e
comportamento podem variar principalmente se comparados a pessoas de signos do elemento
terra. Como tende a ser uma ótima companhia, a geminiana possui vários amigos de diferentes
origens e formações. É uma pessoa do mundo que adora contato com novas culturas e
pessoas. De natureza inquieta, parece que nasceu pronta para viver aventuras e se divertir
muito na vida. Por conta disso, pode gastar bastante com viagens ou qualquer outra coisa que
inclua diversão, prazer e comunicação.

Câncer

Câncer é o signo regido pela Lua e representa a nutrição da vida. É o primeiro signo do
elemento Água, simbolizando a maternidade, a proteção emocional e o ato de nutrir em si.
Representa também as memórias do que já foi vivida, a nostalgia que emociona e conecta a
experiências passadas ao presente. Depois de nascer (Áries), se fixar (Touro) e aprender
(Gêmeos), Câncer convida o homem para reflexão, para uma viagem ao passado. Para este
signo, não existe presente sem passado. Nossas memórias do que já foi vivido são
fundamentais para criar raízes e alcançar a segurança. Esses registros inconscientes do
passado são à base da energia canceriana, os alicerces que a formam. E isso inclui todas as
informações de várias gerações que já passaram. Para Câncer, o antes é tão importante quanto
o agora. O conhecimento sobre o mundo e a segurança que temos não vem do presente, mas
sim do que já foi vivido, do que está na memória do passado, na tradição e nas raízes.
Segurança e insegurança ficam gravados para sempre pela água, que atenua todas as
experiências já vividas. Vivenciar novamente tais sentimentos faz com que eles fiquem cada
vez mais claros para Câncer, que passa a entendê-los melhor. O passado é uma matriz de
aprendizado, conferindo ao presente significado e energia para prosseguir sempre em frente e
Câncer consegue entender isso de uma forma mais fácil. O corpo busca se fixar e se alimentar,
estabilidade e nutrição. O intuito é o de "crescer", tal qual uma árvore em direção ao Sol.
Câncer dá o apoio necessário para o salto em direção ao futuro. Tenacidade, intuição,
sensibilidade, nostalgia, memória e instinto maternal fazem parte das características luminosas
de Câncer. Porém, seu lado menos luminoso pode trazer egoísmo, manipulação, melindre,
preguiça e auto piedade. A energia canceriana, antes generosa, pode se tornar dominadora e
fazer demandas emocionais. Sonhos podem virar fantasias delirantes e o romantismo pode se
tornar chantagem emocional. O equilíbrio entre essas energias confere a Câncer nutrir, dá um
propósito, vontade de servir e liberdade para mudar. A Lua, através da água, também confere
ao signo sensibilidade, fragilidade, medos e flutuações, assim como um caminho para
equilibrar tudo isso. As motivações inconscientes encontram origem na Lua, que precisa de
proteção e nutrição. Por conta disso, dependências são criadas e relações íntimas são
estabelecidas.

Características de Câncer:

Elemento: Água, Qualidade: Cardinal, Período solar: +/- de 21/06 a 23/07 Planeta regente:
Lua, Natural da Casa 04, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Devoção, Frase-
chave: Eu cuido, Glifo: Garras do carangueijo, Anatomia: Peito, estômago, seios, útero, ovário,
mucosa.

Pessoas com Sol em Câncer:

Em Câncer não existe a necessidade de sobrevivência individual como nos três primeiros
signos do zodíaco. O que existe é a sobrevivência eterna através da perpetuação da espécie. É
o signo da fertilidade e da nutrição, e os cancerianos têm forte identificação com estas
questões de uma forma ou de outra. Pessoas de Câncer geralmente precisam se sentir parte
de uma família, não necessariamente com laços sanguíneos, mas que passe de forma clara um
senso de pertencimento. Gostam de nutrir os outros tanto quanto gostam de ser nutridos.
Também estão prontos para fornecer apoio emocional cuidando de quem esteja necessitado.
Como um desdobramento de seu desejo por laços familiares, podem desenvolver um interesse
por genealogia, patriotismo ou história em geral. Têm uma forte necessidade de se sentirem
seguros, e como lar e família costumam trazer um maior sentimento de segurança, estes
temas vêm sempre à tona, querendo sempre estar perto daqueles que amam. Alguns até
podem sofrer com a ausência dos entes queridos, por isso o ideal seria desapegar um pouco –
afinal, todos precisam de espaço vez ou outra. O gosto pela vida em família ou tranquilidade
doméstica não impede o canceriano de desfrutar de viagens e aventuras. Mas, independente
do tempo e da distância da viagem, precisam saber e sentir que têm um lar para voltar. Podem
até nem ficar tanto em casa, mas é bom ter essa noção de “lar” sempre presente. Cancerianos
têm bastante determinação para alcançar seus objetivos. Apesar de sua sensibilidade
emocional, têm força de vontade e não têm dificuldades em expressar o que querem.
Geralmente encontram uma maneira de obter o que desejam. São muito persistentes e
trabalham duro para o bem-estar - seu e das pessoas queridas que os orbitam. O caranguejo é
o seu símbolo astrológico e existem certos comportamentos associados com Câncer. Assim
como o caranguejo anda de lado ao invés de andar para frente, pessoas do signo de Câncer
podem usar uma abordagem indireta na realização de seus objetivos. Em vez de confrontar
diretamente ou pedir, são mais propensos a recorrer ao uso do apelo emocional. Por exemplo,
podem obter colaboração de outros fazendo com que se sintam parte de sua família. Ao
menor sinal de provocação ou ameaça, o caranguejo se esconde rapidamente na areia ou
dentro de uma concha até se sentir mais seguro ou apenas se colocar em uma posição
defensiva. Os cancerianos que se sentem ameaçados ou suspeitam que suas tentativas podem
não ser bem sucedidas, muitas vezes escondem o que realmente querem até que uma
situação mais favorável apareça. Tendem a reagir emocionalmente a tudo que acontece em
suas vidas. Ou seja, antes de decidirem agir e antes mesmo de refletirem sobre qualquer
situação, precisam expressar seus sentimentos. O coração vem antes de tudo. Podem estar
bem em um minuto e pra baixo no outro. Estas oscilações de humor às vezes podem ser
difíceis de entender e lidar, assim as marés influenciadas pela Lua. Assim como piscianos,
tendem a absorver as vibrações emocionais de onde quer que estejam, por isso é importante
sempre estarem em ambientes positivos. Por viverem imersos em seus sentimentos,
inconscientemente buscam simpatia, atenção ou carinho dos outros. Alguns já nascem
preocupados, com tendência a manter todos os seus problemas para si mesmos, com uma
sensação de que algo estranho está sempre prestes a acontecer, se preocupando demais
internamente. Estabilizar essas emoções pode ser muito importante. Pessoas do signo de
Câncer podem mudar muito o que pensam, seu humor, enfim, qualquer coisa. Geralmente
possuem uma força vital mais lenta e tendem a ser menos ativos. Para serem mais ativos,
devem primeiro motivar a sua mente. Na maioria das vezes têm excelente memória. Isso faz
com que fiquem lembrando do passado e como as coisas eram em determinada época.
Gostam de guardar tudo, especialmente se tiver algum valor sentimental. Isso aumenta mais a
sensação de segurança que necessitam. Cancerianos também tendem a ser mais
conservadores. São persistentes, simpáticos, trabalhadores, sociáveis e protetores. Também
podem ser críticos, sensíveis, emotivos, intuitivos e patrióticos. Muitos cancerianos são bem-
sucedidos na vida por conta de sua preocupação genuína com o bem-estar dos outros. Isso
inspira lealdade e cooperação.

Como Se Tornar Um Canceriano Melhor:

 Dar mais espaço para entes queridos;


 Ser mais direto com as pessoas;
 Equilibrar razão x coração;
 Não viver tanto no passado;
 Menos demanda emocional;
 Equilibrar emoções.

O Que Esperar dos Homens de Câncer:


Pode ser difícil arrancar o canceriano de casa. A ligação profunda com o lar, com a família ou
com um núcleo seleto de amigos específico faz dele uma pessoa que gosta da rotina e de
cultivar hábitos e hobbies. Geralmente não gosta de substituir os móveis em casa, não importa
se a sua poltrona preferida já esteja velha. No ambiente de trabalho prefere usar termos
menos fortes, substituindo "mudança" por "expansão". Por falar em trabalho, estão entre os
melhores para fazer dinheiro por conta de sua perseverança e força de vontade. Reservado e
geralmente mais sensível, o canceriano gosta do relacionamento onde é responsável pela
maior parte das coisas, fazendo papel de “protetor”. Paga todas as contas, se incumbe de
vários afazeres, etc. Mesmo querendo tomar conta de tudo, geralmente prefere que seu par
tenha maturidade, podendo ser até mais velho do que ele. A maior dificuldade pode ser
praticar o desapego, pois tende se agarrar a tudo que possui e não quer se desfazer de quase
nada. Seus bens materiais trazem segurança, mesmo para os que têm um grande controle
sobre seus sentimentos. Esse mesmo controle pode fazer com que o canceriano pareça frio e
distante, mas na verdade ele está sendo introvertido e está internalizando suas emoções.

O Que Esperar das Mulheres de Câncer:


A canceriana também tende a cultivar hábitos e raízes, mas, ao contrário do homem de
Câncer, pode adorar mudar o visual de sua casa, redecorando e reformando sempre que
possível. Isso reflete suas mudanças interiores, onde os hormônios também terão papel
químico de destaque. Geralmente tenta encontrar seu par ideal. Quem se relaciona com uma
mulher de Câncer sempre sai mudado da relação, elas são terapeutas natas e gostam de
proteger seus parceiros. Lembra da coisa de “nutrir”? Pois é, ao mesmo tempo em que
procura se nutrir, a canceriana também nutre. E não tem problema se o relacionamento não
der certo, a canceriana pode até ficar triste por um tempinho, mas logo estará pronta para se
relacionar novamente. Afinal de contas, persistência e perseverança são traços marcantes de
sua personalidade. O que pode atrapalhar um pouco é uma possível timidez ou ansiedade, que
algumas pessoas podem confundir com descaso, mas não se engane, a canceriana não é nem
um pouco superficial. Pode estar internalizando seus sentimentos, mas isso não faz dela uma
pessoa vazia. Muito pelo contrário, ela tende a transbordar sensibilidade. São tantos
sentimentos que seu humor pode oscilar mais que o normal, dependendo do momento que
está vivendo. Uma hora está alegre, outra hora um pouco triste... Ela pode ir de extrovertida a
introvertida num piscar de olhos! A mulher do signo de Câncer geralmente alcança o sucesso
profissional e estabilidade financeira utilizando sua tenacidade, força de vontade e
determinação, além da preocupação autêntica que têm por outras pessoas.

Leão
Leão, signo regido pelo Sol, é o segundo nível do elemento Fogo e símbolo da consciência
humana. Se o Sol é o centro do nosso sistema, em Leão, o indivíduo é que está no centro, é o
próprio Sol do seu universo pessoal, aquecendo o mundo que o cerca, marcando sua presença
de forma determinada e poderosa. Leão é energia independente, abundante, segura e pela
primeira vez, depois da reflexão canceriana, o homem ganha consciência de si próprio como
unidade. Autonomia, criatividade, expansividade e segurança dão afirmação para irradiar cada
vez mais o brilho leonino, aumentando seu poder de intervenção. Leão traz o prazer de
experimentar a vida. Sua energia aflora a alegria de existir e uma visão otimista do mundo. A
mente e o coração se unem para representar a individualidade e expansividade do homem.
Mais independente Leão traça uma linha entre o Ser e o Existir, conseguindo pensar em si
mesmo, se interrogar e se autoanalisar. É a superioridade da consciência, fazendo do homem
um ser mais evoluído - e com isso se achando único. É por isso que há um maior potencial de o
ego ser mais inflado, o conhecimento através da sua autoafirmação traz um prazer grandioso,
magnânimo. A energia que irradia do fogo de Leão tende a torná-lo centro de tudo, mas
muitas vezes de forma autoritária, dominadora, ditatorial ou egocêntrica. Se utilizada de forma
harmônica, esta mesma energia também traz generosidade, calor, lealdade e uma ingenuidade
divertida. Leão é Fogo Fixo, força Yang, e isso são o que o torna mais seguro de si. Idealização,
generosidade, otimismo, expansividade e romantismo são características da parte luminosa de
Leão. Vaidade, arrogância, egocentrismo e crueldade fazem parte do seu lado sombria. O rei se
torna tirano, a segurança dá lugar ao medo do ridículo. Equilibrar a energia leonina significa
alcançar humildade, compaixão, tolerância, aprender a dividir, a ser amoroso e positivo
independente das opiniões alheias ou se é ou não o centro das atenções.

Características de Leão:

Elemento: Fogo, Qualidade: Fixo, Período solar: +/- de 24/07 a 23/08, Planeta regente: Sol,
Natural da Casa 05, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave: Magnetismo, Frase-
chave: Eu apareço, Glifo: Cauda do leão, Anatomia: Coração, aorta, coluna cervical, meio das
costas, circulação sanguínea.

Pessoas com Sol em Leão:

Em Leão, existe uma forte vontade de desenvolver o impulso criativo do homem. E a


criatividade não é inteiramente um desejo emocional, mas também uma expressão do próprio
ego. A mente e o coração estão unidos para representar a individualidade definitiva. Leoninos
tendem a ser afetuosos, alegres, otimistas e certamente levam essa alegria para as vidas das
outras pessoas. São excepcionalmente generosos. Podem desenvolver uma tendência
gastadora, pois estão sempre querendo agradar os outros ou realizar suas próprias vontades.
Pior é que nunca sabem onde o dinheiro foi parar! Leoninos mais imaginativos pensam em
esquemas grandiosos e muitos deles possuem o talento para transformar suas ideias em
realidade de maneira natural. Possuem uma queda para o "teatro" e gostam de contar
histórias, sendo geralmente o centro das atenções e comandando o show. O problema é
quando esse teatro se transforma em drama - aí o leonino pode de fato ser bem dramático às
vezes. Quando seu orgulho é ferido ou é desprezado, por exemplo, tende a fazer um drama
um tanto quanto excessivo. Nessa busca por atenção (consciente ou inconsciente), muitas
vezes acabam bancando o herói. Às vezes este gesto é realmente nobre, mas como acham que
sabem o que é melhor para a pessoa, às vezes não percebem do que a pessoa realmente
precisa e sua ajuda acaba sendo equivocada. Já quando olham apenas para seu próprio
umbigo, leoninos podem se tornar egoístas, fazendo apenas o que os interessa - e quase
obrigando todos ao seu redor a segui-lo. Também podem ficar exigentes, intolerantes,
autoritários, dramáticos e um tanto preguiçosos. Podem ser teimosos e muitas vezes
resistentes a mudanças que não sejam propostas por eles. Porém, são capazes de realizar
muitas coisas na vida por conta de sua obstinação. Continuam acreditando e insistindo em
projetos mesmo quando os outros já perderam a paciência e energia. Essa mesma persistência
torna-se um recurso valioso quando é utilizada como forma de lealdade aos amigos.
Infelizmente, a teimosia na personalidade dos leoninos é ditada mais frequentemente pelo seu
ego. As tentativas de encurralá-los em um canto, ou exigir que eles mudem seu pensamento
ou comportamento irão rapidamente revelar a extensão de sua natureza rebelde. Mesmo
quando confrontados com provas irrefutáveis de que certas amizades ou ideias não são as
melhores, eles podem continuar se relacionando com tais pessoas por conta de seu ego, que
muitas vezes os impede de admitir o erro. Seu símbolo astrológico é o Leão e, o “rei da selva”,
que empresta ao leonino sua personalidade de realeza. Não importa suas ações, sempre têm a
crença de que tudo o que fazem é para o benefício de outra pessoa. Sua dignidade não pode
ser atacada jamais. Se insultados ou irritados, imediatamente assumem o seu papel de "Rei",
sentando em seu trono e rapidamente colocando o adversário em seu devido lugar.
Raramente esquecem o desrespeito a menos que seus detratores peçam humildes desculpas -
e de forma sincera! Mesmo assim, é possível que a amizade não volte a ser a mesma, embora
o leonino não costume guardar rancor. Uma vez que o desentendimento termine, geralmente
esquecem e perdoam. Quem é do signo de Leão costuma ter opiniões sobre tudo e não
relutam nem um pouco em expressá-las. Sentem que a última palavra sempre tem que ser
deles e geralmente sua opinião é a única que importa. Preferem fazer coisas que lhes deem
ampla margem para a criatividade, organização e liderança. Apesar de parecerem fortes por
fora, muitos são sensíveis por dentro e seus sentimentos podem ser facilmente feridos.
Pessoas do signo de Leão costumam ter vitalidade e boa saúde, com grande capacidade de
recuperação. Raramente ficam tristes, mas quando ficam, ficam realmente arrasados.
Felizmente, sua grande alegria interior logo os deixa felizes novamente - a menos que seu
coração tenha sido partido. Isso é algo que eles geralmente têm dificuldade em superar.
Leoninos também precisam admirar seu par. Caso não haja essa admiração, o relacionamento
pode não durar muito tempo. Também precisam se sentir apreciados. Muitos não suportam se
sentir desprezados ou que as pessoas sejam indiferentes a eles. Costumam possuir bastante
magnetismo pessoal, parecendo atrair naturalmente as pessoas para se divertirem em torno
deles. Outros adjetivos podem ser dignos, corajosos, carinhosos, fortes, generosos,
brincalhões, otimistas e leais. Ah, e não custa nada lembrar: têm muita energia e têm potencial
para serem muito alegres.

Como Se Tornar Um Leonino Melhor:

 Trabalhar o ego;
 Saber que nem sempre é o centro das atenções;
 Ter mais cuidado com dinheiro;
 Não ser tão dramático às vezes;
 Ser menos teimoso e ouvir mais as pessoas.

O Que Esperar dos Homens de Leão:


Os leoninos podem ser imponentes, realizando seus desejos naturalmente através da energia
do Sol em Leão. Os menos “majestosos” precisarão lutar mais para conseguir o que querem.
Em comum, eles compartilham coragem, liderança, energia, lealdade e dignidade. Geralmente
gostam de ser o centro das atenções, irradiando sua energia e se comportando com
esplendor. Sua sinceridade apurada faz com que falem o que pensam, sem meias palavras,
algo que pode parecer rude às vezes. Aguenta provocações, mas até certo ponto. Sua reação
pode ser lenta, mas quando finalmente explode, tende a ser radical, feroz e dramático,
embora suas batalhas sejam travadas sempre de forma corajosa e justa. São generosos na
vitória e dignos na derrota. Tendem a ganhar dinheiro sempre através de seu esforço e
talentos naturais, raramente através de deslealdade ou hipocrisia. A energia e entusiasmo que
emanam do leonino o ajudam a ser um líder carismático, inspirador, conquistando assim a
lealdade de seus colaboradores. No papel de líder, são eficientes, mas também muito
exigentes. Geralmente não gostam de receber ordens, ser subordinado não é a posição mais
confortável para o leonino. Sente atração por pessoas inteligentes e tendem a buscar um
relacionamento que dure mais. Por isso é bom que seu par saiba sempre inovar, buscando
meios de manter acesa a chama. Quem se relacionar com um leonino pode se deparar com
qualidades não muito atraentes, pois às vezes ele pode ser egocêntrico, exigente, arrogante e
presunçoso. Eles sabem o poder que têm de influenciar as pessoas e podem buscar maneiras
de aumentar essa influência. Porém, são bons companheiros, pais e amigos devido à uma
natureza carinhosa e generosa, além de ternos, atenciosos e muito leais.

O Que Esperar das Mulheres de Leão:


A força do Sol em Leão faz com todas as atenções se voltem para a leonina. E ela abraça essa
atenção, se produzindo de acordo, mostrando sua imponência. Ela lidera e inspira com a maior
naturalidade, como se fosse o seu direito e dever. A leonina tende a se considerar uma mulher
à parte das outras. Até nos momentos mais simples pode ser teatral e criativa. Possui uma
incrível capacidade para aproveitar a vida, sempre risonha, expansiva ou brincalhona.
Generosa e carinhosa com seus amigos e em seus relacionamentos, só tende a ser fria e
distante com quem não faz parte do seu círculo. Se "pisar no calo" da leonina, ela pode cortar
a amizade ou passar a tratar a pessoa com uma grande indiferença. Determinada e segura, a
leonina esbanja encanto, poucas pessoas resistem ao seu magnetismo. Mas, para que ela se
interesse por alguém, é preciso primeiro conquistar seu respeito. Ela precisa ver mérito no seu
par, sentir que ele é digno de sua admiração. Nesse caso se tornará uma parceira amiga e leal,
capaz de enfrentar os piores problemas que surgirem na vida a dois. Para ela, em um
relacionamento deve existir igualdade para ambos, por isso repudia parceiros dominadores ou
manipuladores. Quando precisa de atenção, é bom que seu par esteja por perto. Leoninas
costumam ter um grande ego, por isso podem ser bastante exigentes. Toda a lealdade, carinho
e simpatia podem acabar repentinamente se detectarem alguma falha grave de caráter. Como
são sinceras, não suportam deslealdade. Isso pode fazer com que ela termine um
relacionamento sem aviso prévio. Geralmente se sente mais realizada com parceiros
inteligentes, seguros e independentes, mas que não a ofusquem. Afinal, quem é o centro das
atenções?

Virgem

Virgem é o segundo signo do elemento Terra e tem Mercúrio como seu regente. É a energia
que reflete e analisa a relação do homem com o mundo e faz com que ele o entenda
racionalmente, melhorando e tirando o máximo proveito das coisas e de si mesmo de uma
forma mais racional e pragmática, onde o instinto se torna razão. Em Virgem a mente é
reflexiva, crítica e atinge toda a capacidade de análise e síntese nos pequenos detalhes. A
energia virginiana é responsável pela organização da matéria, do que é real. É a ordem
atuando no caos, a imposição da lógica na realidade. Trabalhar duro e com empenho significa
realização produtiva, uma forma de arrumar a vida. O signo de Virgem traz consigo essa
dedicação e humildade em seu núcleo. E para tal não precisa se vangloriar disso e ser o centro
das atenções como seu signo anterior, Leão. A segurança do seu trabalho feito de forma
criteriosa e meticulosa já lhe basta. Virgem quer ajudar a entender racionalmente nossa
relação com o mundo. Tudo que o homem é e possui pode - e deve ser mais bem aproveitado
com sua ajuda. O que antes era instinto, agora é razão. É a ordem do caos, a organização de
todas as coisas. Virgem busca a perfeição, quer sempre atingir o melhor através da
persistência e determinação. Esta necessidade de um trabalho bem feito abre espaço a todo
tipo críticas, geralmente construtivas. Nada parece satisfazer a energia virginiana, que busca o
perfeccionismo e atingir o melhor através da determinação e persistência. Uma enorme
energia vinda de Mercúrio ajuda Virgem a analisar as situações de forma mais concreta,
percebendo suas diferenças, discriminando, dando-lhes a devida importância e finalmente
encontrando sua utilidade. Realidade é o foco virginiano, sem rodeios ou emoções
esmagadoras: o que interessa é o finalmente, o valor prático, o melhor resultado que se pode
alcançar depois de um trabalho realizado, o benefício máximo que podemos extrair de cada
coisa. Ainda assim, Virgem é uma energia altruísta. Ajudar, servir e cuidar traz prazer. Deseja
ser prestativo mesmo que discretamente. Quer ensinar aos indivíduos como viver da forma
mais segura e eficiente possível. O lado luminoso de Virgem é metódico, altruísta, exigente,
estudioso e organizado. Já seu lado sombrio é mesquinho, cético, pedante e egocêntrico - o
indivíduo que sabe economizar pode se tornar um sovina, o estudioso pode se transformar em
uma pessoa de mente estreita e a cautela pode acabar virando inibição. Equilibrar essas
energias significa alcançar uma mente mais aberta, aceitar outras opiniões e ser mais
tolerante, servindo sempre com o bom senso e sem inconveniências.

Características de Virgem:

Elemento: Terra, Qualidade: Mutável, Período solar: +/- de 24/08 a 23/09, Planeta regente:
Mercúrio, Natural da Casa 06, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Praticidade,
Frase-chave: Eu analiso, Glifo: Grafia da palavra virgem em grego, Anatomia: Intestino delgado,
duodeno, baço, produção de enzimas, pâncreas, vesícula.

Pessoas com Sol em Virgem:

Se em Leão há a necessidade de descobrir e desenvolver a individualidade do homem e seu


potencial criativo, em Virgem há a necessidade de fazer o melhor uso possível dos talentos
individuais de cada um. Por isso Virgem é conhecido como um signo que “presta serviço”. Para
muitos virginianos, a necessidade de tornar as coisas melhores é satisfeita seguindo carreiras
em campos relacionados à saúde ou em outras áreas como o ensino, recursos humanos,
proteção ambiental, trabalho social, organização, limpeza ou qualquer coisa que precise de
uma rotina bem definida ou trabalho de aprimoração. Geralmente são pessoas mais
reservadas, analíticas, ativas, sistemáticas, atenciosas e pontuais, com uma grande e nervosa
energia mental. Quando suas energias e influências estão em equilíbrio, distinguem as coisas
com precisão, geralmente com uma grande dose de bom senso, além de serem práticos,
detalhistas e trabalhadores. Virginianos são instintivamente sensíveis às necessidades dos
outros e costumam se adaptar a diferentes pessoas e circunstâncias, encontrando maneiras de
serem úteis. Muitos virginianos ajudam as pessoas sem receber qualquer recompensa. Porém,
alguns podem bancar o mártir quando sua ajuda ou aconselhamento são ignorados, tudo para
ganhar a atenção e cooperação dos outros, ou agir com uma certa "prestatividade
inconveniente". Tenha cuidado nesse caso, pois ajudar alguém não significa que você tenha
que empurrá-lo para alcançar objetivos de perfeição. Até porque isso não existe, ninguém é
perfeito. Nos relacionamentos podem ter alguma dificuldade em expressar-se com toda a
intensidade que gostariam, pois podem ser mais introspectivos nesse sentido se outros
aspectos do mapa não tiverem uma influência direta no equilíbrio desse ponto. São bastante
autossuficientes, mas ficam muito felizes quando têm alguém para amar. Gostam da sensação
de integração com as outras pessoas. Também podem ser bastante idealistas. Infelizmente,
quando permitem que o idealismo saia do controle se preocupando demasiadamente com os
pequenos detalhes, nada é realizado, podendo gerar turbulência nos relacionamentos e até na
sua vida profissional. Pessoas do signo de Virgem podem ser muito dinâmicas na maioria das
situações. Por exemplo, quando o foco não está diretamente sobre eles, mas sobre um
produto ou serviço que oferecem, podem ser excelentes vendedores e divulgadores. O lado
negativo da energia virginiana, no entanto, pode levar o virginiano a ser indiferente, cético,
exigente, sarcástico, crítico, pessimista, reclamão e egoísta. Ficam felizes quando podem
trabalhar com um monte de detalhes, geralmente de natureza técnica ou analítica. Não
precisam ser chefes, já que o serviço é mais importante do que a liderança. Geralmente
cumprem suas promessas. Têm um talento nato para organização e gostam de criar e seguir
horários bem definidos. Há uma adoração original por ordem e harmonia. Estão sempre
buscando, de maneira inconsciente, a perfeição em tudo o que fazem, mas como se
empenham tanto em serem perfeitos, geralmente querem que os outros também sejam.
Podem criticar as pessoas caso encontrem “falhas” nelas. Possuem mentes curiosas e estão
sempre perguntando a respeito de algo. Fazem análises afiadas sobre pessoas, situações e
problemas e têm excelente memória. Sempre querem saber como, por que, quando e onde,
como um bom detetive. Como costumam se preocupar mais do que o devido (estão sempre
pensando em como podem melhorar algo), podem se tornar ansiosos. Quase todos os
virginianos precisam de um período de relaxamento diariamente para descansar sua mente
ativa. Porém, às vezes é difícil para um virginiano relaxar, pois não aguentam muito tempo o
tédio. Querem estar sempre ocupados, seja fazendo algo, aprendendo algo ou se divertindo.
Se puderem se divertir com coisas que tenham alguma utilidade prática ou aprimoramento
pessoal ao invés de apenas papo furado, é lá que estarão. As pessoas do signo de Virgem
geralmente são saudáveis e estão sempre procurando novas maneiras de cuidar de si mesmos,
seja através de uma melhor alimentação ou através de formas naturais de cura. Uma
curiosidade: muitas pessoas com o Sol em Virgem ou Virgem forte no mapa parecem muito
mais jovens do que realmente são!

Como Se Tornar Um Virginiano Melhor:

 Descansar mais a mente hiperativa;


 Entender que ninguém é perfeito (nem os virginianos!);
 Se expressar melhor nos relacionamentos;
 Ser menos pessimista e reclamar menos;
 Criticar menos as pessoas.

O Que Esperar dos Homens de Virgem:

O virginiano precisa de um par que seja parecido com ele, ou seja, que encare trabalho numa
boa, que seja útil, prático, sem medo de colocar a mão na massa. Ter um bom intelecto
também não faz mal. Geralmente voluntarioso, o virginiano costuma ajudar quem está com
problemas, mas tem que achar que a pessoa merece seu esforço. A vida para o homem de
Virgem geralmente não é um mar de rosas, por isso é difícil ser pego de surpresa por alguma
desilusão. Tende a ser prático, inteligente e acha que nada cai do céu. O dinheiro é fruto do
seu trabalho, por isso tendem a ser até mesmo workaholics (viciados em trabalo). O virginiano
abraça o trabalho, pois acha que os sonhos só são possíveis se empenhando na realidade
prática. Em geral são inteligentes, práticos, sérios, críticos, eficientes, metódicos e por vezes
difíceis de agradar. Também pode ser um pouco egoístas e individualistas, criticar e analisar
outras pessoas, mas quase nunca deles próprios. São bons companheiros quando conseguem
controlar esse impulso crítico e a mania de repreender as pessoas. São reservados e bons pais
de família. Podem atrair pessoas que exigem muito sem dar algo em troca. Porém, sua mente
calma e analítica pode evitar erros cometidos nos relacionamentos. O virginiano raramente
deixa a emoção subjugar a lógica.
O Que Esperar das Mulheres de Virgem:

O símbolo do signo de Virgem já diz muito sobre a virginiana: uma mulher fazendo a colheita.
Isso simboliza o conhecimento e sabedoria recebidos da terra. Por conta deste contanto com a
terra, a virginiana costuma ter os pés no chão e ser muito prática. Trabalhar é importante,
assim como os seus bens e o seu sucesso financeiro. Porém, geralmente não é gananciosa,
apenas determinada em realizar seus desejos. Só precisa tomar cuidado para que a
determinação não se torne egoísmo, cinismo ou apenas desejo sem esforço. Embora ela
precise de paixão como qualquer pessoa, nos relacionamentos tende a querer que seu par se
dedique igualmente e também seja útil. Por isso, quem se relaciona com ela pode ser
constantemente lembrado da realidade. Por outro lado, pode haver uma tendência a idealizar
constantemente o par, vendo sempre um lado positivo, mesmo se ele tiver uma pilha de
defeitos. No geral, a virginiana é autossuficiente em seus relacionamentos. Isso acontece
muito por conta do seu intelecto, que as permite analisar as pessoas e situações e lidar com as
coisas de maneira prática. A mulher de Virgem não costuma se aborrecer facilmente, mas
quando isso acontece pode guardar rancor, a não ser que seja conveniente esquecê-lo. Se tiver
filhos, pode criá-los de forma mais severa ou crítica, pensando sempre no melhor para o futuro
deles.

Libra

Segundo signo do elemento Ar e regido por Vênus, Libra transcende o peso de um Universo
dividido, é a união entre o Eu e os outros indivíduos e torna possível entender a emoção que
tiramos do prazer de se relacionar com outras pessoas. Dois se tornam um e essa emoção
primordial se traduz em Libra, uma vibração única que faz com que o Eu solitário escape de
sua prisão interior, aprendendo e interagindo com o outro. Depois da organização estabelecida
por Virgem, é o processo que o homem passa para analisar sua conduta, iniciando a
descoberta real da sua identidade. É a divisão entre ele e os outros indivíduos, a fuga da sua
prisão interior. Porém, essa descoberta só é possível através dos relacionamentos
interpessoais, onde há a troca de experiências e conhecimento. O indivíduo passa a existir no
outro e a perceber o prazer que essas interações e parcerias podem trazer. Libra é a
socialização do homem e inspira um senso inato de justiça. É a balança que equilibra, fechando
o ciclo do autoconhecimento. É em Libra que surge a emoção da união, uma energia que
permite ao Eu solitário se encontrar. Essa consciência de identificação, a descoberta de si
mesmo através do outro e o preenchimento do que falta em seu âmago, gera amor, um
sentimento superior que faz parte de um lento processo evolutivo. E amar nada mais é do que
descobrir no outro o que não sabemos sobre nós mesmos, é a troca de conhecimento através
dos nossos relacionamentos com outras pessoas - nós passamos a existir no outro. O
dinamismo dos relacionamentos faz com todos existam em uma totalidade. Para o libriano,
esse prazer de se relacionar e se unir traz mais plenitude ao ser. A viagem interior do Eu se
reflete no outro, que completa sua identidade, fechando o ciclo do autoconhecimento. Essa é
a experiência proporcionada pela energia libriana, fazer com que a dualidade se torne unidade
através do relacionamento que faz enxergar, conhecer e dar valor ao Eu e aos outros,
acabando de vez com os conflitos internos e contradições. É a energia que equilibra a balança.
Vênus ama sem querer possuir, quer unir e refazer o mundo, trazer ordem harmônica ao caos
aparente. É o signo da política e da diplomacia. O signo de Libra carrega uma energia
cooperativa, imparcial, sociável, diplomática, democrática e amistosa. Seu lado menos
luminoso pode ser intrigante, apático, inconstante e indeciso - o sábio se torna pedante, o
intelectual fica volúvel e o pacificador fica indeciso e prefere não se comprometer, se abstendo
de decisões importantes. Equilibrar essas energias traz tolerância, devoção, solidariedade e
justiça. Significa estar aberto às ideias dos outros e aprender a identificar as informações
necessárias para tomar a decisão correta. Situado no lado oposto a Áries, Libra busca
equilíbrio, harmonia e companheirismo, ao contrário do egocentrismo e da beligerância que
pode existir em Áries.

Características de Libra:

Elemento: Ar, Qualidade: Cardinal, Período solar: +/- de 24/09 a 23/10, Planeta regente:
Vênus, Natural da Casa 07, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave: Harmonia,
Frase-chave: Eu equilibro, Glifo: Balança, Anatomia: Rins, ureter, bexiga, veias, pele, sistema
endócrino, parte inferior das costas (lombar), glândulas adrenais.

Pessoas com Sol em Libra:

Os seis primeiros signos do zodíaco representam a atenção do homem voltada para dentro de
si mesmo, a fim de compreender e desenvolver sua individualidade e sua posição no universo.
Os seis signos restantes representam a sua atenção voltada para fora, para o mundo e a
humanidade como um todo. Libra não é apenas o signo que rege as parcerias, é o signo que
rege os relacionamentos interpessoais em geral. É a ponte entre o indivíduo e a sociedade.
Para alcançar a compreensão que o homem busca, em Libra deve haver um compromisso
entre a paixão e o intelecto. O mundo físico deve chegar a um acordo com o mundo das ideias.
A objetividade do julgamento para estas tarefas é uma característica do temperamento
libriano. Alguns Librianos podem parecer frios, sem emoção ou incapazes de tomar decisões
precisas. Mas, isso não é verdade para os librianos maduros, nos quais tais características
representam apenas tentativas para alcançar a verdadeira objetividade. A balança é o símbolo
astrológico de Libra e os librianos precisam sempre de equilíbrio em suas vidas. Nos
relacionamentos, invariavelmente retribuem o que quer que lhes tenha sido dado, fruto da
energia cooperativa e amigável do signo. São muito (às vezes extremamente) sociáveis. É algo
bem raro encontrar um libriano anti-social. Como gostam muito das pessoas e da interação
humana, pode ser difícil para eles ficarem sozinhos. Devido a isso, precisam compartilhar sua
vida com alguém. Têm uma tendência a se apaixonarem de forma exacerbada ou de estarem
constantemente apaixonados por conta de sua natureza romântica e sentimental. Assim,
muitas vezes podem acabar morando com alguém apressadamente, sem pensar, o que pode
tornar o relacionamento difícil, já que não teve base nem tempo para se formar ou sustentar.
Geralmente querem ser apreciados por todos, por isso tentam ser tudo para todas as pessoas.
Esse desejo de agradar todo mundo pode fazer com que se prejudiquem em algumas
situações, pois têm certa dificuldade em dizer "não". Outro problema complicado é o desejo
de postergar o trabalho o quanto puderem, rendendo-os uma certa fama de preguiçosos. Mas,
havendo uma motivação adequada, vão em frente com tudo. Como tende a ser diplomático,
pode ser complicado para o libriano permanecer emocionalmente estável se houver discórdia
em torno dele, por isso quer paz a qualquer preço. Já que possui a capacidade de ver ambos os
lados de um argumento claramente, muitas vezes não gosta de tomar partido, permanecendo
imparcial. Uma vez que são capazes de enxergar os problemas como um todo, quando pedem
por sua ajuda dão conselhos práticos e muito bons. A indecisão de fato pode ser um dos
problemas mais difíceis para os Librianos superarem. Se esperarem muito tempo para tomar
uma decisão podem perder excelentes oportunidades. Por causa disso, às vezes é muito fácil
para os outros influenciarem sua opinião. Alguém com personalidade mais forte pode
influenciar um libriano mais gentil até que ele se torne incapaz de fazer um movimento sem
consultar o tal "expert". Precisam aprender a pensar por si só e a defender suas próprias
crenças e princípios. Sua agilidade mental geralmente não é vista pelos outros por causa de
sua aparência descontraída e amigável. Muitas vezes, esta agilidade mental ajuda a
conseguirem o que querem. Apesar da sua necessidade de que gostem dele e da relutância em
encarar confrontos, o libriano possui uma surpreendentemente força de vontade. Quando
decide que alcançará um objetivo encontra um jeito de obter sucesso, de uma forma ou de
outra, geralmente usando a sua inteligência e charme. Aborda as situações e consegue o que
deseja com uma falsa sutileza. Ele parece sutil, mas sempre com um objetivo determinado e
ferrenho. Porém, quando essa tática não dá certo, o libriano pode sair de sua característica
padrão e se tornar mais determinado a resolver o assunto de uma vez por todas. Essa
mudança de atitude geralmente surte efeito, pois pega os outros desprevenidos e permite que
assuma o controle. Mas se tiver certeza de que não conseguirá o que quer, não importando o
que fizer, não hesitará em se afastar de uma situação sem dar maiores explicações - e nem
pensa em voltar atrás. Pessoas do signo de Libra geralmente buscam o que o signo simboliza:
equilíbrio e harmonia. Elas podem alcançar isso com ajuda dos seus relacionamentos pessoais
e de sua natureza sábia, tolerante e solidária.

Como Se Tornar Um Libriano Melhor:

 Não ser tão indeciso;


 Aprender a dizer não quando precisar;
 Ser sábio sem ser pedante;
 Não manipular as pessoas;
 Não idealizar demais a outra pessoa nos seus relacionamentos.

O Que Esperar dos Homens de Libra:

O libriano não costuma suportar a solidão. Inteligente, sabe escolher as palavras certas para
convencer qualquer um, seja no plano afetivo ou no trabalho. Isso faz com que ele seja
popular em qualquer círculo, mas também pode transformá-lo em uma pessoa que busca
vários relacionamentos, já que pode ter dificuldade em ficar sozinho. Ele tende a ser liberal e
tolerante, entendendo que a imperfeição é algo natural no ser humano. Porém, se encontrar o
parceiro certo, ele tende a sossegar, pois, na verdade, ele busca companheirismo, harmonia e
equilíbrio. Librianos podem ser ótimos companheiros, pois conseguem colocar o ego de lado e
ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa. Em uma relação estável, geralmente se
tornam fiéis e amorosos, muitas vezes deixando seus interesses em segundo plano. Quando
surge algum problema no relacionamento se utilizam do seu enorme estoque de carinho ou
suavidade para encobri-lo. São capazes até de agir a contragosto só para agradar seu par, sem
dizer realmente o que sentem ou o que querem. Librianos geralmente detestam confrontos ou
brigas que possam interferir na harmonia e no equilíbrio de sua vida, lar ou relacionamento.
Por conta disso fazem um grande esforço para que isso não aconteça. Podem até parecer
fracos, mas a tendência é a de fazerem concessões para não serem arrastados para discussões.
Essa natureza conciliadora e diplomática tende a ser parte integrante das pessoas de Libra.
Podem ser ingênuos por acreditarem que as pessoas têm o mesmo amor e boa vontade para
com todos. Por conta dessa boa fé nos outros, podem ser enganados com facilidade. Sua
incapacidade de dizer "não" por receio de magoar os outros é outro ponto fraco. No âmbito
profissional, costumam ser bem-sucedidos em quase tudo que fazem e têm um excelente
senso financeiro.

O Que Esperar das Mulheres de Libra:

As librianas tendem a serem diplomáticas charmosas e sociáveis, buscando incessantemente a


harmonia e equilíbrio em suas vidas. Seu comportamento em geral é carinhoso, assim como
seu jeito de falar com as pessoas. Ela busca alguém para compartilhar seus sentimentos e
quem sabe amar. Como todo libriano, pode ser difícil ficar sozinha. Ela pode sentir a
necessidade de ter alguém do lado, mesmo que no trabalho seja competente e
autossuficiente. Aliás, a inteligência e competência fazem parte de seu charme, as pessoas
notam isso e se sentem atraídas. A mulher de Libra pode mostrar um lado frágil e dependente,
mas faz isso para ajudar a preparar uma elaborada armadilha amorosa. Depois que a pessoa
cai nela, pode ser persuadido a realizar seus caprichos e vontades. O poder de persuasão da
libriana pode fazer alguém trocar de time, de religião e até de cidade. Não existe outro signo
tão eficaz em dominar e persuadir, embora ela nunca admita ser manipuladora. Na verdade, a
pessoa que se relaciona com ela provavelmente nem nota que na verdade é ela quem conduz
as decisões. Pode até morrer pensando que decidia tudo, quando na verdade a libriana é
quem guiava o barco. Eterna apaixonada, pode ter vários relacionamentos antes de sossegar,
pois não costuma curtir a solidão. Na verdade está em busca do seu equilíbrio, de uma relação
“ideal”, por isso tende a idealizar seu parceiro também. Quando ama alguém, faz de tudo por
essa pessoa. Todo esse esforço se dá pela necessidade de ser amada. Como tem um senso de
lealdade bem desenvolvido, quer que seus parceiros sejam fiéis, leais e que retribuam todo o
esforço que ela investe neles. E esse retorno vale à pena! A libriana tende a ser uma mulher
atraente e inteligente. Pode ser também muito parceira e carinhosa, além de gostar de um
ambiente mais acolhedor. Por isso sua casa geralmente é bem decorada e aconchegante,
refletindo a harmonia que sua natureza procura.

Escorpião

Segundo nível do elemento Água e regido pelo planeta Marte, Escorpião simboliza o conflito
entre espírito e instinto, morte e desejo. De sentimentos contidos, interiorizados, secretos, a
energia escorpiana os exterioriza através de pulsações de obstinação ou compulsão. Prefere
conduzir seus objetivos de modo obscuro ou intenso, manipulando e controlando. A
sinceridade e a franqueza de Touro encontram em Escorpião sua energia antagonista. O
homem finalmente se conheceu como indivíduo e amadureceu em Libra. Em Escorpião ele
também quer travar contato com os outros, mas de maneira íntima. Ele precisa descobrir o
que está escondido no outro, precisa vivenciar as transformações que a relação com outras
pessoas traz - precisa saciar seus desejos mais profundos. Busca entender e controlar as
emoções humanas e descobrir que papel desempenha no misterioso ciclo da vida. Curioso e
investigativo, Escorpião tem verdadeiro fascínio pela forma como as engrenagens do universo
funcionam. A relação com outras pessoas ampliará os conceitos do homem em Escorpião, ou
então o levará a negar seus semelhantes. Escorpião precisa ter controle e pode desafiar tudo
em prol de sua sobrevivência até as últimas consequências. Pode desafiar até a própria morte,
e é essa afirmação justamente o nascimento interior do signo. Não ter medo da morte ou de ir
até as últimas consequências faz com que Escorpião transcenda se intensifique e resgate o
significado primordial da morte, que é transformação. Sobreviver e possuir são os nortes do
signo de Escorpião, o que se dá através de uma força por vezes irracional, cega, quase animal.
A impulsividade de Marte encontra em Escorpião sua forma mais intensa, obstinada e de uma
introversão potente e agressiva. É também uma energia com alto poder de regeneração.
Considerado a "Porta Oculta do Zodíaco", Escorpião liga duas dimensões distintas, é a
passagem para o terceiro e último nível do zodíaco. Quando os conflitos de Escorpião são
resolvidos, o ser flui e fica em paz, a resistência acaba e tudo se harmoniza. Aceitando seu
destino inevitável, Escorpião alcança sua sobrevivência eterna e atinge outro nível de sua
consciência, devolvendo o homem à Ordem Inteligente do Universo, aceitando a vida sem
reservas. Está envolvido nos processos mais completos da mudança e da transformação,
entendendo com clareza o ciclo da destruição e da reconstrução, da vida e da morte. "Eu
Desejo" poderia muito bem ser o lema dos escorpianos e seu lado luminoso é enérgico,
magnético, independente, intenso e corajoso. Já seu lado sombrio é obstinado, destruidor,
arrogante, manipulador e precisa sugar emocionalmente. O perseverante se torna destruidor,
o profundo se torna obsessivo e o poderoso se transforma em um vampiro emocional.
Equilibrar essas energias significa alcançar a verdade, serenidade, equilíbrio emocional,
autocontrole, confiança e clareza de propósito.

Características de Escorpião:

Elemento: Água, Qualidade: Fixo, Período solar: +/- de 24/10 a 22/11, Planeta regente: Marte,
Natural da Casa 08, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Intensidade, Frase-
chave: Eu desejo, Glifo: Cauda e ferrão do escorpião, Anatomia: órgãos genitais, reto, ânus,
urétra, próstata, intestino grosso.

Pessoas com Sol em Escorpião:

Nesta fase, o Ser está preocupado com um desenvolvimento emocional que vai além da
preocupação do canceriano com laços de família. O envolvimento emocional de Escorpião não
é baseado no amor ou prazer, mas no controle e compreensão das emoções humanas e no
papel que desempenham no processo misterioso dos ciclos da vida e da morte. Apesar disso,
os escorpianos não passam a vida toda refletindo sobre tais mistérios, geralmente são
indivíduos observadores, curiosos e investigativos. São fascinados pela forma como as coisas
funcionam, especialmente as pessoas e suas emoções. Seus poderes mentais e físicos de
recuperação são notáveis e eles podem aprender a usá-los para ajudar e inspirar outras
pessoas. Na superfície podem parecer fáceis de se lidar, simpáticos e sociáveis, mas são
extremamente obstinados e com uma tendência para manipular e controlar. As chaves para o
seu sucesso são a força de vontade e a capacidade de chegar ao fundo das coisas - e
geralmente querem chegar ao fundo de qualquer coisa que lhes interessa! Naturalmente
desconfiados, querem respostas e persistem até obtê-las. Querem saber tudo e, quando
sabem, permanecem misteriosos ou dissimulados. Os símbolos astrológicos de Escorpião são o
escorpião e a águia, que representam a potência e o alcance da capacidade de poder,
observação e controle que os escorpianos podem desenvolver. A águia representa a
capacidade de regeneração e de alcançar grandes feitos se conseguir dominar suas tentações.
O escorpião, no entanto, representa aqueles que não regeneraram seus pensamentos e ações
e ainda cedem aos seus desejos e caprichos. Usam a sua astúcia e atacam quando menos se
espera. São os que satisfazem de forma intensa as suas paixões urgentes, independentemente
das consequências. Em geral, são ambiciosos, eficientes, corajosos, talentosos e intuitivos.
Podem também ser ciumentos, sarcásticos, rancorosos, teimosos, possessivos e vingativos.
Geralmente gostam do que é difícil, das tarefas impossíveis, de trabalhos que exijam esforço
contínuo, determinação e intensa concentração. Possuem determinação e força de vontade
suficientes para completar qualquer tarefa além de uma mente analítica, forte intuição, poder
de raciocínio, percepção, capacidade de planejar muito à frente, forte magnetismo e energia.
Têm opiniões muito definidas e essas opiniões podem ser tão rígidas que, à princípio, nada
nem ninguém os faz mudar de ideia. É necessária muita dedicação para isso. Tendem a fazer
amigos com facilidade e logo querem ser íntimos. Gostam de saber quais são os planos das
outras pessoas, mas, por causa de seu sincretismo, não querem que elas saibam o que estão
planejando. São capazes de fazer sacrifícios extremos por aqueles que amam. Se algum de
seus entes queridos está sendo ameaçado de alguma forma, sentem que eles também estão
sendo ameaçados e isto faz com que ataquem instintivamente, verbal ou fisicamente. Como o
inconsciente do escorpiano está mais no controle do que seu consciente, não recebem muito
bem as críticas. Sob ataque, podem fazer uso eficaz tanto do silêncio quanto do sarcasmo.
Infelizmente, às vezes seu sarcasmo pode se tornar vingativo. Podem esperar um longo tempo
até conseguirem dar o troco. Em geral, precisam aprender a perdoar mais. Costuma ser difícil
enganar um escorpiano, pois sua intuição lhe permite compreender os motivos das outras
pessoas. Além disso, têm uma forte primeira impressão sobre os outros - gostam ou
desgostam logo de cara. Escorpianos podem precisar aumentar sua flexibilidade, tanto no
pensamento quanto na ação. Uma vez que seu curso de ação é definido, é difícil para eles
mudarem seu foco. Coisas triviais os entediam e preferem se aprofundar em algo específico do
que em várias outras coisas superficialmente. Quanto mais intenso, melhor. Querem estar
completamente absorvidos em tudo que fazem. Meio termo definitivamente não é para eles, é
tudo ou nada - ou é ou não é. Embora possa não parecer, existem fortes emoções e desejos
trabalhando debaixo da superfície das pessoas de Escorpião. Este poder é uma das razões de
sua grande resistência. Às vezes, em suas batalhas, pisam nas outras pessoas pelo caminho,
por isso podem ser classificadas como grandes santos ou grandes pecadores. Consideram-se
como seu próprio juiz, júri e carrasco e, às vezes, se punem. São autossuficientes, mas não
necessariamente autoconfiantes. Raramente querem aparecer ou ser o centro das atenções.
São saudáveis, mas podem cometer excessos com comidas, bebidas e principalmente na esfera
sexual. Em matéria de amor, são leais e gostam de demonstrar carinho, mas possuem
tendências a possessividade, ciúme e controle da pessoa amada. Costumam ficar mais felizes e
satisfeitos com um parceiro que combine amor emocional e sexual. Ter um escorpiano como
amigo pode ser um trunfo para gerenciar suas finanças. Eles são ótimos para administrar
recursos e muito leais quando gostam de alguém. Carisma, assertividade e bravura são traços
natos das pessoas do signo de Escorpião. São intensos e cativantes, quando fazem amigos
costuma ser uma amizade bem sólida, pois são confiáveis e perceptivos, sabendo quando o
amigo não está bem e precisa daquela forcinha.

Como Se Tornar Um Escorpiano Melhor:

 Não ser tão inflexível;


 Ser mais confiante;
 Ser menos ciumento e possessivo;
 Controlar meus impulsos;
 Não ser vingativo.

O Que Esperar dos Homens de Escorpião:


De personalidade voluntariosa e dominadora, o escorpiano tende a ser autoritário e
destemido, podendo até escolher carreiras que flertam com o perigo, além de ser ambicioso e
competitivo. Mais reservados e intuitivos, escorpianos passam muito do seu tempo sozinhos,
mas podem se revelar verdadeiros amigos. Não daqueles que puxam o saco ou que grudam,
mas do tipo que guardam o que foi feito por eles e retribuem em algum momento. Porém,
podem nutrir tanto simpatia quanto aversão pelas pessoas, já que adoram extremos. Se
acreditam que alguém os atrapalhou, podem guardar um enorme rancor. Também não
perdoam uma ofensa tão facilmente. O escorpiano está sempre evoluindo, sempre mudando e
transmutando, por isso é feito de altos e baixos, mas sempre renasce e se reinventa, não
importando a altura do tombo. Construir e reconstruir são suas palavras de ordem, seja na
profissão, vida pessoal ou nos relacionamentos. É a energia do renascimento nas mais diversas
escalas. Tende a entrar de cabeça nos relacionamentos amorosos, mas pode ser volúvel e
ardiloso, podendo escolher várias parceiras que serão capazes de lhe deixar feliz à longo prazo.
Intenso e independente, o escorpiano também pode ser misterioso e arrogante. São influentes
e conseguem manipular e modificar as pessoas através do seu poder psicológico, persuasivo e
magnético. Porém, o jeito reservado do escorpiano vai por água abaixo no amor, pois é
incapaz de ocultar suas emoções. Ele demonstra seus sentimentos e cultiva um amor sólido,
duradouro, mas sem rompantes, sempre do seu modo particular, com calma. Os únicos
rompantes que pode ter são ciúmes exacerbados, seguidos possivelmente de ira e promessas
implícitas de vingança caso detectem uma traição. Empurrado pelas suas fortes necessidades
sexuais, o escorpiano têm tendência para desejos compulsivos, ao ponto da obsessão se não
estiverem alertas, o que pode fazer com que se envolvam em relacionamentos por vezes
inadequados. São donos de uma incrível força de vontade e autocontrole para realizar seus
desejos e objetivos, mas suas emoções atribuladas podem levá-lo a ser cruel em alguns
momentos, até consigo mesmo. Para o escorpiano é muito difícil o amor platônico, quanto
mais físico melhor.

O que Esperar das Mulheres de Escorpião:

A escorpiana pode ser caracterizada como a "predadora". Ela é fascinante, magnética,


misteriosa e dona de uma enorme sensualidade. Elas podem levar o parceiro ao desespero
para logo em seguida deixá-lo em êxtase. Como tende a ser destemida, nunca se deixa
controlar ou condicionar por alguém. Sempre busca seus desejos com uma mistura de
estratégia e ousadia, seus planos são calculados friamente e não se importam com as outras
pessoas para executá-los. Escorpianas temem se expôr ou se abrir totalmente, sendo mais
reservadas. São capazes de quase ler sua mente e querem saber seus segredos, porém não
revelam quase nada sobre elas. São mestres em ocultar emoções e reações, mas se as suas
necessidades forem reprimidas, podem se tornar possessivas, ciumentas e vingativas. Quando
contrariadas, perdem a estribeira e se magoam, mas basta um pouco de carinho e massagem
no ego para apaziguar as coisas. Mas se engana quem pensa que ela é ingênua. Essa é uma
palavra que não existe em seu dicionário, por isso não é nada fácil enganá-la. Ao entrar em
uma relação, quer que dure e fará de tudo para isso. Ela costuma ser leal, apoiando e
defendendo seu par. Infidelidade geralmente não faz parte do cardápio da escorpiana, por isso
quando seu par se envolve com alguém, pode ficar arrasada. Mas por pouco tempo, logo ela se
ergue das cinzas e começa tudo de novo, graças à sua incrível força de vontade, determinação
e poder de regeneração. Essa mesma determinação é aplicada aos seus relacionamentos. Ela é
capaz de mover mundos para fazer seu relacionamento dar certo.

Sagitário

Terceiro signo do elemento Fogo e regido por Júpiter, Sagitário é o fogo que conecta Céu e
Terra, fazendo com que o homem descubra o seu caminho e através do conhecimento
superior e tente desvendar o sentido da vida, com alegria e abundância. O homem toma
consciência do seu tamanho e lugar no universo, sem as limitações da matéria. É a última
etapa de evolução da consciência, simbolizando uma grande viagem espiritual, o caminho da
iniciação. É o eterno viajante, cuja flecha aponta o caminho, a direção que se deve tomar a lei
e a ordem, o sentido da vida e do conhecimento superior. É a energia que amplia o potencial
do homem, conferindo a ele um sentido extremamente desenvolvido de moralidade e de
justiça e faz com que ele busque a verdade, a justiça e o caminho certo a seguir. O objetivo e a
razão da existência são ideais que estimulam um conhecimento maior sobre todas as coisas,
uma entrega total de si. Mente e coração se une para traduzir a fé que permeia Sagitário.
Quando essa união é harmônica, transcende o ego e o instinto. Essa fé, que é o próprio fogo da
transcendência, confere à alma humana a consciência da sua dimensão universal, superando
os limites da matéria. Significa acreditar que fazemos parte de um todo e que estamos
integrados com algo superior. Sagitário está sempre procurando a verdade, a justiça e
compilando informações para criar seu próprio "modus operandi mental", algo que irá nortear
o caminho correto para seguir. Seus horizontes podem ser vastos, mas ele tem um sentido
extremamente desenvolvido de moralidade e de justiça. "Eu Acredito" e "Eu Compreendo"
podem ser os lemas do signo de Sagitário, que traz características positivas como entusiasmo,
tolerância, alegria, generosidade, sinceridade, espiritualidade e reflexão sobre a vida. Porém,
seu lado menos luminoso pode trazer impaciência, intrometimento, exagero e pena de si
próprio. A pessoa boa se torna vítima, o filósofo se torna um pensador vazio e o entusiasta
perde as esperanças. Equilibrar essas energias significa alcançar equilíbrio emocional,
serenidade, confiança, clareza de propósito e finalmente a verdade. A energia sagitariana
também precisa partilhar o que pensa e o que lhe interessa, para que outros possam abrir suas
mentes e expandir sua consciência.
Características de Sagitário:

Elemento: Fogo, Qualidade: Mutável, Período solar: +/- de 23/11 a 21/12, Planeta regente:
Júpiter, Natural da Casa 09, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave: Visualização,
Frase-chave: Eu compreendo, Glifo: Flecha do arqueiro, Anatomia: Fígado, quadris, coxas,
nervo ciático, sacro

Pessoas com Sol em Sagitário:

Sagitário procura compreender e controlar com o conhecimento superior, diferente de


Escorpião, que procura compreender e controlar com poder emocional. A maioria dos
sagitarianos tem uma curiosidade intelectual que abrange uma vasta gama de assuntos. Nunca
tente confrontar sagitarianos com fatos porque eles provavelmente já têm um grande
suprimento de informações que recitarão prontamente e de bom grado, pois têm um
pensamento rápido. Tornam-se entediados e inquietos quando cercados por pessoas ou
circunstâncias pelas quais não têm nenhum interesse. Nessas ocasiões, encontram formas de
desaparecer fisicamente ou mentalmente. Preferem aprender as coisas por conta própria,
principalmente através de viagens e experiências, do que ter que frequentar salas de aula. No
entanto, se tiverem a oportunidade de ampliar seus conhecimentos e ganhar experiência por
conta própria, se tornam excelentes professores e administradores no mesmo tipo de sistema
educacional que antes não curtiam. Se sentem em casa onde quer que estejam pois costumam
se adaptar bem a qualquer coisa. Os símbolos astrológicos de Sagitário são o caçador
(arqueiro) e o centauro, ser mitológico metade homem e metade cavalo. Eles representam a
busca de Sagitário para coletar, agrupar, selecionar e disseminar a verdade e o conhecimento,
bem como sua constante busca por novas ideias e novas aventuras. Sagitarianos normalmente
são muito falantes e adeptos da verdade, por isso não hesitam em dar suas opiniões honestas,
um gesto que pode parecer insensível, embora raramente haja a intenção de serem cruéis.
Essa franqueza pode parecer até brusca, mas eles deixam escapar suas ideias e opiniões
devido à sua busca incessante pela verdade e sabedoria. Alguns acham que os sagitarianos não
têm tato e o ditado "a verdade dói" se encaixa na sua maneira de pensar e agir.
Independentemente de suas características nada diplomáticas, algumas pessoas sentem
instintivamente que o sagitariano não quer fazer mal e só está interessado em elevar suas
consciências. Pessoas com Sol em Sagitário tendem a ser idealistas, otimistas, confiáveis,
amigáveis, honestas, versáteis e a ter a mente aberta. No lado negativo, podem ser imaturas,
insensíveis, irresponsáveis, chamativas, orgulhosas, arrogantes e mandonas. Gostam de
qualquer trabalho que envolva previsões e riscos e tentam evitar os que envolvam muitos
detalhes. Sagitarianos adoram o ar livre, animais de grande porte e a natureza. Viagens e até
mesmo longas caminhadas têm enorme apelo para eles, pois se sentem livres (e eles precisam
de liberdade!). Podem ser bastante filosóficos e muitos querem entender as questões mais
profundas e abstratas da vida. Costumam acreditar em coisas mais elevadas, o que gera uma
inclinação otimista, não importando as dificuldades pelas quais estejam passando. Muitos
querem entender o sentido da vida. Isso os ajuda em sua necessidade de crescimento e
expansão. Esse desejo de expansão pode fazer com que cometam excessos, fazendo várias
atividades diferentes e gastando rapidamente sua energia. Precisam ter intervalos de descanso
para se recuperarem entre uma atividade e outra. São extremamente independentes e
inquietos, com uma enorme necessidade de liberdade pessoal. Podem sentir claustrofobia -
física ou emocional e é por isso que são relutantes em entrar em situações de compromisso
total, muitas vezes evitando ou adiando relacionamentos mais sérios. No amor, podem ser
altamente românticos, mas precisam que seu parceiro seja inteligente e comunicativo. Odeiam
o ciúme e a possessividade por parte do parceiro. Tendem a gostar mais da caça do que da
captura, podendo perder o interesse depois que conquistam alguém. No campo profissional,
são relutantes em comprometer-se com um cronograma definido e podem experimentar uma
variedade de trabalhos. Precisam aprender a se concentrar em seus projetos atuais e
permanecer neles até o fim. Sempre cheios de entusiasmo, tendem a se dedicar mais no início
de novos empreendimentos e depois podem diminuem essa dedicação à medida que o projeto
continua, principalmente se tiver muitos detalhes ou se ficar muito difícil e maçante. Se dão
melhor com carreiras que lhes permitam viajar a trabalho. Também gostam de lidar
diretamente com pessoas, seja vendendo ou promovendo ideias ou produtos. Podem ignorar
pequenos detalhes, mas seu sentido mais amplo de planejamento é excelente. Também
tendem a possuir uma boa memória. O desafio de um problema é o que lhes interessa, pois
tem a ver com a satisfação de explorar o desconhecido. Se arriscar é fácil para um sagitariano e
eles curtem mais a viagem do que chegar ao destino. São conhecidos por serem prestativos,
simpáticos e terem um humor sutil. Podem gostar de debates argumentações e têm um
verdadeiro dom para fazer amigos, podendo ir a qualquer lugar no mundo sem se sentirem
solitários pois fazem amigos ao longo do caminho com facilidade. Têm instintos humanitários e
são práticos em expressá-los, ajudando quem estiver em necessidade.

Como Se Tornar Um Sagitariano Melhor:

 Ter mais foco nos projetos;


 Ser menos orgulhoso;
 Ser menos mandão;
 Não acumular tantas atividades e dar um tempo entre elas;
 Ser mais responsável, principalmente com dinheiro devido à expansividade jupteriana.

O Que Esperar dos Homens de Sagitário:

O sagitariano pode até ter defeitos, mas maldade geralmente não é um deles. Se você acha
que ele fez alguma coisa para te atingir, pense duas vezes e tente observar o ponto de vista
dele. Sua maior característica pode ser a integridade, seguida pela sua franqueza. O problema
é achar que tem sempre razão e que a justiça está sempre do lado dele. Isso dá origem a
desentendimentos e discussões e nesse caso, o sagitariano pode se mostrar rude com as
pessoas, falando verdades sem medir as consequências. Porém costuma ser um bom líder,
pois se preocupa com os seus colaboradores. Sagitarianos costumam ser bons trabalhadores e
querem ser felizes no trabalho, mas gastar muito dinheiro pode colocá-los em apuros
financeiros. Os homens de Sagitário geralmente são inteligentes, tolerantes, compreensivos,
generosos, justos e dedicados. Apreciam fazer amizade muitas vezes sem pensar em
compromisso. Ele preza pela sua liberdade - tanto física como intelectual e não é raro os
sagitarianos mais jovens se relacionarem com duas pessoas ao mesmo tempo. A quantidade
de relacionamentos também pode ser numerosa, o que reflete a sua necessidade de aventura.
Porém, o sagitariano não quer enganar ninguém. Logo no começo da relação ele
provavelmente dirá como é, a outra pessoa é que pode não ter prestado muita atenção (ou
convenientemente fingiu não prestar). Como costuma ser muito legal, seu par pode confundir
razão com coração. Quem quer se relacionar com o sagitariano tem que aprender a respeitar
seu espaço. Nada de pressionar ou tentar obrigá-lo a mudar. Se ele se sentir enjaulado, logo se
desinteressará e partirá para outra. Porém, ele gosta de ter alguém ao seu lado, que o entenda
e respeite suas vontades e necessidades. Quando você pensa que ele caiu em uma armadilha,
ele pode apenas estar testando sua capacidade de sair dela, só pela emoção que isso causa.
Quando finalmente sossega em um relacionamento, tende a ser um bom parceiro. O problema
é quando se relacionam por impulsividade, com a pessoa errada. Ele acaba fingindo que não
está infeliz e tenta continuar vivendo sua vida como bem entende. Por conta disso, tende a ter
diversos outros relacionamentos.

O Que Esperar das Mulheres de Sagitário:

A sagitariana costuma ser muito independente e a detestar estereótipos femininos: "Esposa


dedicada" ou "do lar", por exemplo, podem não ser os papéis mais talhados para uma
sagitariana. Seu entusiasmo pela vida a faz gastar energia com muitas coisas, menos com seu
parceiro. Sua vontade de viver intensamente e no limite, tende a ser a prioridade. Isso leva a
sagitariana a possivelmente cometer alguns excessos, como gastar mais do que deve (ou pode)
e esquecer de seus compromissos. Essa falta de limites pode fazer com que elas não
amadureçam totalmente, em uma busca constante por diversão ou aventuras. Agitada, terá
sempre muitos amigos, atraindo admiradores e se relacionando com vários deles. Tendem a
ser inconstantes no amor e é difícil para elas assumirem um compromisso muito sério. Se
apaixonam com uma velocidade incrível, mas com a mesma rapidez perdem o interesse e
terminam o relacionamento, muitas vezes sem um pingo de arrependimento. É difícil resistir a
uma pessoa tão otimista e altruísta. Mas o problema não é apenas resistir, quem quiser
conquistá-la vai ter que se esforçar muito e acompanhar seu ritmo frenético. Sempre fazendo
mil coisas com toda a pressa do mundo, a sagitariana nasceu para viajar, para estar ao ar livre,
então ficar presa em um relacionamento geralmente não é prioridade na sua lista, a menos
que o parceiro acompenhe este ritmo. Na verdade, pode ser difícil para ela se manter muito
tempo em um relacionamento, por isso ela pode ter vários. Essa personalidade extrovertida
(reflexo de seu planeta regente, Júpiter) pode também ser influenciada pelo meio que a cerca
e não apenas uma característica natural, pois a sagitariana pode passar por momentos mais
calmos e solitários em sua vida, mas sempre viajando internamente em sua consciência.

Capricórnio
Terceiro signo do elemento Terra e regido por Saturno, Capricórnio é o símbolo da ordem,
disciplina, obediência e autoridade, representando a conquista e o auge da materialidade para
o homem. É a estrutura e a organização dos indivíduos, como elas se comportam em
sociedade e como aprendem a se relacionar de forma ordenada, construindo as bases para a
vida coletiva. Dotado de total maturidade depois de vivenciar todo o seu potencial em
Sagitário, o homem conta com uma enorme experiência de vida, capaz de organizar os
indivíduos e as estruturas sociais. Capricórnio traz para o homem uma energia segura,
determinada, que torna possível construir com eficiência. A sabedoria é a ferramenta principal
para alcançar seus objetivos. Esta sabedoria é traduzida e convertida através de longos ciclos.
Por isso, é o signo que observa e testemunha a vida da humanidade e torna possível vivê-la em
grupo, com estruturas e regras sólidas e bem definidas através dos tempos. É o passado
inserido no presente de forma integrada, são os ossos que estruturam o corpo. Incute a
responsabilidade de intervir no coletivo, aplicando o relacionamento hierárquico entre os
indivíduos, definindo as bases para se viver coletivamente. Isso se traduz na estabilidade do
poder público, na confiança nas instituições e na segurança em uma autoridade que é
aprovada por todos. A energia capricorniana é segura, determinada e tem grande capacidade
de realização e eficiência. Como entende o mundo dos homens e define a sua estrutura
interna, sua resposta a qualquer problema é sempre a mais embasada e pragmática possível.
Sua sabedoria é a ferramenta para alcançar seus objetivos. Já seu conservadorismo exagerado
pode levar a certa inércia e rigidez emocional - a razão acima da emoção. Para o signo de
Capricórnio, o futuro é sempre visto com desconfiança, ele não tem muito apreço pelo
desconhecido e pode apresentar uma enorme resistência à novidades, a não ser que veja
melhorias ou alguma vantagem prática nelas, no melhor estilo "em time que está ganhando
não se mexe". Valoriza a autoridade, obediência e a dedicação, sempre abarcando muitas
responsabilidades e utilizando tudo o que vê, ouve ou aprende para benefício próprio. Com o
passar do tempo, atinge um alto grau de maturidade e consciência e, assim como a cabra-
peixe que o representa, possui a força para escalar montanhas, superando todos os obstáculos
em direção ao sucesso de seus desejos. Capricórnio realiza suas ambições na base da
persistência, da paciência e das privações, para depois ver a vida com menos rigidez, abrindo-
se para os outros e transmitindo também o que conquistou durante muitos e muitos anos de
interiorização. O rabo de peixe da cabra é o mergulho no mundo espiritual, a união do céu e da
terra em um só símbolo. A energia é por vezes limitada pelos seus próprios receios. Sua figura
patriarcal está do lado oposto da figura matriarcal de Câncer, que é emocional e afetiva. A
energia capricorniana é perfeccionista, cautelosa, responsável, tradicional e séria. É a figura do
patriarca, do velho sábio, do eremita. O lado menos luminoso dessa energia pode ser
dominador, insensível, hipócrita e rancoroso. A cabeça passa a comandar o coração, a
persistência dá lugar ao medo de competir, a clareza da mente dá lugar à falta de
compreensão. Equilibrar essas energias significa ser receptivo às opiniões e ideias alheias,
tolerante, saber dividir a carga e ser mais prestativo.

Características de Capricórnio:

Elemento: Terra, Qualidade: Cardinal, Período solar: +/- de 22/12 a 20/01, Planeta regente:
Saturno, Natural da Casa 10, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Ambição,
Frase-chave: Eu realizo, Glifo: Chifre e cauda da cabra, Anatomia: Ossos, joelhos, dentes,
espinha dorsal, juntas, cabelo, unhas, paredes celulares.

Pessoas com Sol em Capricórnio:

Tendo adquirido poder e controle através da emoção e conhecimento em Escorpião e


Sagitário, Capricórnio procura o controle em virtude da autoridade. E este controle é
conseguido através de regulamentos e regras que a sociedade civilizada aceita e precisa
cumprir para poder progredir. Mesmo se preocupando com a legalidade e justiça,
capricornianos podem muitas vezes serem culpados de criar ou de aplicar regras que eles
mesmos não seguem à risca, talvez por acharem que possuem certas regalias. Ambiciosos e
obcecados com seus objetivos, geralmente adotam a filosofia de que "o fim justifica os meios".
Aprendem como conseguir alcançar seu objetivos. A cabra da montanha é um símbolo
apropriado para este signo, uma vez que o principal objetivo dos capricornianos é escalar com
pés firmes até o topo de qualquer montanha que decidirem escalar. Aspiram posições de
poder e admiram outros que alcançam tais posições. Iniciativa e disposição para aceitar
responsabilidades são a chave para seu sucesso. Querendo ser admirados e respeitados, não
querem parecer fracos ou ineficazes. Apesar de competirem em busca do que querem com
aparente firmeza, podem possuir certa falta de autoconfiança, o que os tornam defensivos.
Enxergando a insegurança e o medo como pontos fracos, geralmente escondem tais
sentimentos. Quando crianças têm uma maturidade fora do comum, parecem ter pressa para
participar do mundo adulto e muitas vezes se dão melhor com pessoas mais velhas do que
com crianças de sua idade. Passam por qualquer obstáculo para alcançarem suas ambições,
obter redenção ou conseguir salvação. Tendem a ser conservadores, organizados, metódicos,
tradicionais, responsáveis, honestos, eficientes, pacientes, práticos, disciplinados, sérios e
focados. No lado negativo, podem ser preocupados em excesso, autoritários, retaliativos,
desconfiados, teimosos e intolerantes. São mais felizes em carreiras que necessitam de
habilidades de organização, integridade e perseverança. O seu exterior calmo faz os
capricornianos parecerem solitários. Alguns constroem um muro em volta deles para se
protegerem dos males do mundo ao seu redor. Lutam por segurança apegando-se ao dever e a
responsabilidade, por isso o trabalho é muito importante para eles, sendo encarado com muita
seriedade. Alguns capricornianos podem ter dificuldade em gerir sua autoconfiança e, às
vezes, isso pode impedir ou atrasar o seu progresso rumo ao sucesso. Gostam de planejar
todos os seus movimentos, pesando todos os prós e os contras de qualquer problema com
antecedência, como verdadeiros estrategistas. São confiáveis, especialmente em uma crise.
São o tipo de pessoa que mantém a calma e sabem como proceder quando todos estão
desesperados. Quando perguntados, dão conselhos seguros e práticos. Geralmente não são
pessoas agressivas e só expressam hostilidade quando atacados, mais como uma forma de
defesa. Capricornianos podem ser muito sensíveis a mágoas e se sentir sozinhos em diversos
momentos da vida, como se ninguém os entendesse. Precisam de pessoas por perto, mas
possuem uma certa tendência a se isolar devido ao medo de serem magoados. Podem ser
muito leais aos amigos mais próximos e pessoas com quem se preocupam. Respeito e
reconhecimento são importantes para eles e encorajamento e elogios são ótimos para motivá-
los, mesmo que não demonstrem esta necessidade. As realizações na vida de um
capricorniano são obtidas através do progresso constante ao invés de especulação ou de
esquemas de enriquecimento rápido. Ele possuei uma forte auto-disciplina e nada o tira de seu
rumo uma vez que está decidido. Capricornianos provavelmente vão desistir de muitos
prazeres para alcançar seus objetivos. O trabalho duro os revigora. Muitos são poupadores e
gostam de colecionar coisas. Abominam o desperdício, por isso, também não gostam de
perder tempo com conversa fiada ou coisas fúteis, geralmente só gostam de falar quando têm
algo útil a dizer. Podem ser bastante criativos também e possuir muita paciência, o que é bom,
pois muitos de seus planos podem sofrer com atrasos, contratempos e obstáculos - lições
valorosas de Saturno. Isto os ensina a ter obediência e pode ajudá-los a lutar também pela
realização espiritual ao invés de apenas material. Para eles, o trabalho é terapêutico e é
provavelmente o melhor remédio para qualquer coisa que os incomode. Muitas vezes são
propensos a trabalhar em excesso. É difícil para o capricorniano relaxar totalmente, ele fica
mais feliz quando está ocupado produtivamente, mesmo em seu tempo livre. A maioria dos
capricornianos são pensativos, reservados, bastante sensíveis e bondosos. Seus próprios
sofrimentos pessoais os ajudam a se identificar com os sofrimentos dos outros. No amor,
capricornianos são tão românticos e emocionais como qualquer outra pessoa, mas às vezes se
sentem inibidos em expressar suas emoções. São cautelosos ao se comprometerem
totalmente até que saibam que as qualidades e estilo de vida do possível parceiro sejam
compatíveis com as suas. Uma vez em um relacionamento mais sério, raramente querem se
separar já que sentem que qualquer problema pode ser solucionado se houver empenho e
diálogo.

Como Se Tornar Um Capricorniano Melhor:

 Ser mais confiante;


 Não trabalhar em excesso;
 Não se preocupar demais;
 Ser menos autoritário;
 Ser menos desconfiado.

O Que Esperar dos Homens de Capricórnio:

Mesmo tendo vontade de ser alguém público, que precisa discursar e aparecer para várias
pessoas, o capricorniano é tímido e se esforça muito para ficar bem em público, pois não
suporta muito bem as críticas. Em sua cabeça, ele precisa provar para todos (e para si mesmo)
que é capaz e eficiente. Sua vida é voltada para os seus objetivos, eles precisam alcançar suas
ambições. O que mais importa é provar para os outros e para si mesmo que ele é capaz de
subir sempre mais alto, sem se importar se mais tarde terá um preço para pagar. Ele pode ter
seus altos e baixos, mas nunca se esquecerá de uma pessoa que o ajudou. Essa necessidade
constante de se provar, de fazer, de realizar, de trabalhar é a razão de sua existência. Seus
valores arraigados, até mesmo antiquados e a crença absoluta na lei e ordem fazem do
caprocorniano uma pessoa que tende a ser honesta, dedicada e sincera em seus
relacionamentos. Pode até ser infiel em alguns casos, mas sua dedicação continuará firme e
forte. Ele não gosta de ficar só, por isso prefere estar sempre ao lado de quem gosta. Dono de
um enorme apetite sexual, ele não poupa esforços para satisfazer a si mesmo e a quem se
relaciona. Desenvolve laços fortes com a pessoa, beirando até a dependência. Capricornianos
são pessoas práticas, eficientes, espertas e reservadas. Por serem sérios, têm os pés no chão e
não fogem do trabalho. Quando relaxam um poquinho, até apresentam um certo senso de
humor. Embora haja uma forte tendência conservadora, tendem a arriscar com seu dinheiro,
mas têm sucesso quando menos se espera graças ao seu alto poder intuitivo. Geralmente
gosta de cuidar das contas e finanças em um relacionamento já que valoriza muito a
autoridade e a responsabilidade.

O Que Esperar das Mulheres de Capricórnio:

Capricornianas podem ser reservadas e um pouco conservadoras. De natureza desconfiada, ela


não é de falar muito, prefere ir direto ao assunto, podendo ser sarcástica e às vezes até
amarga. E não adianta querer agradá-la cobrindo-a de elogios, pois elas parecem não ligar pra
isso. Nada parece surpreendê-las e fazem questão de que todos à sua volta tenham a exata
noção de seu talento. Ela é uma mulher que estabelece metas, é inteligente e parece ter um
enorme auto-controle. Tem receio de entrar em um relacionamento com a pessoa errada ou
de entregar um trabalho mal-feito. Mas isso só acontece dentro dela, quem vê de fora pensa
que é a pessoa mais confiante que já conheceu. Compreender isso é o caminho para
conquistá-la. Se você tentar expôr isso, ressaltando os pontos fracos dela e desdenhando de
seus planos, será excluído para sempre de seu convívio. Se entender o que é preciso para
conquistar sua amizade, ela será uma amiga leal e que confiará bastante em você. Elas podem
parecer distantes, mas isso não quer dizer que sejam frias ou indiferentes. Dê um pouco de
tempo, capricornianas são devagar para se abrir, relutantes, mas isso é parte de seu charme e
encanto. É uma mulher profunda, que não fica se auto-promovendo e busca parceiros sinceros
e de caráter, por isso pessoas muito simples, sem objetivos de vida, muitas vezes não têm a
menor chance com ela. Quando ama, o faz de maneira profunda, mesmo se não demonstrar
muito. Mulheres de Capricórnio são talhadas para superar obstáculos e quase sempre
alcançam níveis sociais mais altos. O desejo de obter sucesso a faz trabalhar demais,
dedicando-se à sua carreira em excesso. Ela caminha com paciência e persistência, sempre
para o alto.

Aquário
Terceiro signo do elemento Ar, Aquário simboliza a inteligência humana em sua etapa mais
evoluída. É o conhecimento intuitivo, a mente superior que consegue compreender o universo,
que consegue visualizar o funcionamento do todo a partir do conhecimento de suas partes.
Relacionando o Homem com as forças do universo, a energia aquariana confere a consciência
a cada indivíduo e faz deles seres que criam e intervêm no mundo, proporcionando o
desenvolvimento pessoal. Sua visão abrangente e única consegue perceber o novo, o diferente
e o que está por vir, revolucionando o presente. Aliás, Aquária é uma energia revolucionária.
Depois de alcançar o auge da maturidade em Capricórnio, o homem encontra em Aquário um
forte senso comunitário. Ele sente que precisa reunir todos em prol da coletividade, pois
consegue compreender com clareza o universo. Essa visão abrangente de Aquário, juntamente
com sua intuição, permite perceber o novo, o futuro que está por vir. É um signo de
transformações, revoluções. Aquário simboliza a união de tudo e todos, buscando a verdade e
a beleza, acabando com sistemas obsoletos ou demasiadamente cristalizados e favorecendo o
progresso. O homem agora é criativo, original, independente e intelectual - é a consciência
coletiva da humanidade. Aquário acelera o tempo e prepara o futuro, abraçando a
modernidade. Por conta disso, o signo é sempre visto como visionário, progressista,
transformador do mundo e revolucionário. Intuição, poder do pensamento e criatividade
fazem parte de suas características. É parte integrante da humanidade, tem plena consciência
do coletivo e de seu lugar no mundo, plantando no presente a semente do futuro, acelerando
o progresso. A energia do signo de Aquário pode ser imprevisível, abrindo caminho repentino
para a mudança, para o pensamento livre que liberta das estruturas convencionais.
Representa o inesperado, as formas diferentes de ver as coisas. Por conta disso é chamado de
original. Aquário é uma energia liberal, não gosta de estruturas muito rígidas e não é egoísta.
Está no lado oposto de Leão, que é governado pelo Sol e é exigente, poderoso e egocêntrico.
Regando a humanidade com sua energia espiritual, Aquário simboliza a união de tudo e de
todos no mundo. Em uma eterna busca pela verdade e beleza, favorece o progresso e ajuda a
eliminar sistemas obsoletos ou corruptos, sempre em prol da humanidade. Seus lemas posso
ser "Eu Sei" e "Eu Imagino". É uma energia inventiva, independente, intelectual, defensora do
progresso social e político, que traz sabedoria em sua aparente loucura. Porém, seu lado
menos luminoso pode ser temperamental, radical, imprevisível, excêntrico e rebelde. O
ponderado se retrai, o observador fica perdido e o companheiro se isola. Equilibrar essas
energias significa alcançar a tolerância intelectual, compartilhar os sentimentos alheios, ter
mais amor, compaixão, humanitarismo e estar sempre aberto ao novo.

Características de Aquário:
Elemento: Ar, Qualidade: Fixo, Período solar: +/- de 21/01 a 19/02, Planeta regente: Saturno,
Natural da Casa 11, Princípio: Ativo | Masculino | Yang, Palavra-chave: Imaginação, Frase-
chave: Eu imagino, Glifo: Ondas, Anatomia: Tornozelo, canela, tendão de Aquíles, batata da
perna.

Pessoas com Sol em Aquário:

Em Aquário, a individualidade do homem, tão cuidadosamente cultivada em Leão, agora se


torna parte da sociedade como um todo. Capricórnio define a estrutura e as regras da
sociedade e Aquário assume o papel de fazer as organizações da sociedade funcionarem como
devem, orientadas para as pessoas, para o coletivo e não apenas para o nível individual.
Aquarianos são os "coletivistas" originais do zodíaco. Tendem a tratar da mesma forma
qualquer pessoa em qualquer posição hierárquica. Sua orientação social, lealdade,
imparcialidade e objetividade são razões pelas quais eles tendem a atrair muitos amigos e
conhecidos na vida. Aliás, um aquariano sem amigos é como um aquário sem água... A
amizade é uma das forças motrizes de aquário, assim como uma certa rede de contatos. A
maioria dos aquarianos tem uma agenda telefônica (ou uma lista de amigos nas redes socias)
cheia de nomes, mas apenas alguns selecionados são verdadeiros amigos pra vida toda. Apesar
disso, ele vê todos como amigos e gosta de fazer atividades com eles ou ajudá-los quando
necessário. Como um signo de ar, um aquariano é um bom comunicador, sempre interessado
em ideias, conceitos, pessoas e em uma variedade de informações. É um signo de mente
inventiva, que geralmente enxerga obstáculos e dificuldades como um desafio ou
oportunidade. Os aquarianos vêem as coisas de um ângulo diferente e original e são
orientados para o futuro. A qualidade fixa de aquário acrescenta determinação e esse signo
pode ser implacável quando está em busca de um objetivo. Essa mesma qualidade fixa
também pode denotar uma certa teimosia inerente, embora o elemento ar dê ao aquariano a
habilidade de mudar de direção quando necessário e tentar outra tática. Quando colocam uma
ideia na cabeça, é isso. Têm a mente aberta antes de tomar uma decisão, mas, com frequência
pedem opiniões como uma etapa final, mesmo se a decisão já tiver sido tomada, apenas não
finalizada. É um tipo de processo de "confirmação interpessoal" que apenas o aquariano
compreende completamente. Embora não desprezem uma boa vida material, muitos
aquarianos estão mais interessados nas pessoas do que em acumular grandes riquezas ou
assumir as responsabilidades que invariavelmente acompanham esse estilo de vida. Quando
eles não podem arcar com um pouco de luxo, entendem que não precisam disso e seguem em
frente. Geralmente são teimosos e resistem a mudar suas opiniões ou aceitar novas ideias que
não gostem ou não concordem totalmente. Por ser um signo fixo, grandes mudanças na vida
são aceitas como um desafio, mas pequenas mudanças (mesmo que possam acabar com seus
planos mais imediatos) são bem aceitas. O símbolo astrológico de Aquário é a figura de um
homem vertendo água. Simbolicamente, a água é vista como a consciência coletiva da
humanidade, o fluxo do coletivo. Muitos aquarianos, em sintonia com sua herança astral, são
idealistas que defendem os mais elevados princípios que a humanidade pode aspirar. No
entanto, também são pensadores extremamente independentes. Quando confrontados com
exigências autoritárias ou princípios não aceitos por eles, se rebelam. Aliás, a rebeldia é um
traço bastante peculiar dos aquarianos. Muitas vezes são rebeldes apenas pelo prazer disso.
Muitos são conhecidos por fazerem coisas em uma tentativa de chocar as pessoas de forma
deliberada, pois acreditam que isso é transformador. Originalmente, a maioria dos aquarianos
prefere não se comprometer com horários e regulamentos, mas se adaptam a eles se for
preciso. Mas, não espere que sempre cumpram os horários com pontualidade ou que sempre
sigam todas as regras. Às vezes podem hesitar em tomar a iniciativa, mas uma vez que
decidem que uma situação ou ideia vale a pena, tornam-se envolvidos e a defendem de forma
progressiva (e agressiva). Não se importam quando alguém pede algo, mas não gostam de
receber ordens. Se quiser ganhar pontos com um aquariano, ajude-o sem precisar que ele
peça. Tendem a ser pessoas amigáveis, originais, intuitivas e de mente aberta. Independentes,
amantes da liberdade, científicos, incomuns e úteis. Também podem ser impessoais e
imprevisíveis. Eventualmente pode faltar certo tato e diplomacia nas relações com as pessoas.
Como geralmente não são tão convencionais, podem ser teimosos, rígidos, radicais, boêmios e
excêntricos. Os aquarianos gostam de qualquer trabalho que precise de inventividade e de
aplicação livre de regras. Buscam compartilhar seu conhecimento com o intuito de construir
uma vida melhor para todos e muitos gostam de trabalhar em grupo. Ajudar os outros para
que eles possam ajudar a si mesmos tem um grande apelo para o aquariano. Têm calor
humano mas muitas vezes podem parecer distantes. Apesar de parecerem frios ou
indiferentes, na verdade não são, o fato é que eles estão muito mais preocupados com a
humanidade (ou um grupo) como um todo e não apenas com um indivíduo em particular. Já
que geralmente não têm um ego grande, raramente se esforçam para ganhar a aprovação ou
elogio dos outros. Na verdade tendem a não se preocupar muito com isso. Geralmente são
pessoas analíticas e científicas e possuem a capacidade de refletir bastante sobre as coisas até
chegarem a uma conclusão precisa. Embora geralmente tenham boa concentração e sejam
capazes de assimilar muitas informações, há momentos em que ficam totalmente distraídos.
Se dão bem com os outros e tendem a não ser mesquinhos. Não gostam de discussões e
brigas, a menos que sintam necessidade de defender uma pessoa, um ideal ou um princípio.
Uma vez que são muito abertos ao novo e ao diferente, têm pouca paciência com aqueles que
se recusam a ouvir novos conceitos. O aquariano geralmente não é possessivo com pessoas ou
coisas, assim como também não gosta muito de pessoas possessivas. Pessoas com o Sol em
Aquário dão aos outros muita liberdade pessoal e esperam o mesmo em troca. Já que não se
importam com o que outros pensam deles, muitas vezes não se incomodam em ter uma
opinião formada sobre o comportamento das outras pessoas. Nos relacionamentos preferem
alguém intelectual com quem possam se comunicar de uma forma menos limitada. Podem
hesitar quando o assunto é compromisso (como casamento ou qualquer outra forma de
parceria) por conta de seu desejo por independência e liberdade. No entanto, quando se
casam, o casamento geralmente é estável. São leais e fiéis ao seu cônjuge, mas não são
propensos a demonstrações excessivas de carinho e romantismo, especialmente em público.

Como Se Tornar Um Aquariano Melhor:

 Ser menos teimoso;


 Ser menos radical;
 Ser menos distraído;
 Ser menos rebelde;
 Ser mais pontual.

O Que Esperar dos Homens de Aquário:

Os aquarianos são peculiares e tendem a ser teimosos e originais. Seu comportamento é


imprevisível e inesperado. Suas intenções geralmente são boas, tanto para o próximo quanto
para o mundo. Preza muito as amizades e faz de tudo para mantê-las, mas se achar que está
sendo incompreendido pode discutir com mais ênfase para mostrar seu ponto de vista.
Quando não consegue extravasar, fica invariavelmente chateado. São em geral científicos e
racionais, não gostam muito de ficar presos a emoções. Com total compreensão sobre o
passado e o presente, sua mente está sempre visando o futuro, pois parece algo muito mais
promissor. Por isso, não se surpreenda se ele não der a mínima para os seus sentimentos.
Geralmente têm uma abordagem fria e impessoal com tudo: trabalho, amizades e
relacionamentos. Outra característica negativa é o desprezo que podem ter por pessoas que
não consideram inteligentes, além de não tolerarem a insensatez e a estupidez. Apesar disso
são ingênuos e sinceros, podendo ser enganados apesar do nível elevado de inteligência
devido a um senso humanitário ampliado. Nos relacionamentos, geralmente sentem-se
atraídos primeiro pela parte intelectual (ou espiritual) da pessoa, para depois considerar o lado
físico e têm tendência a idealizar a pessoa que ama. Como não são arrogantes ou
condescendentes, não gostam de intimidades falsas ou qualquer tipo de hipocrisia. Prezam a
igualdade e segurança para eles é estar com seus amigos e familiares, e não status social. Por
isso, são sociáveis e fazem amizades com facilidade. Não são bons nas questões financeiras
mas gostam de comprar coisas, porém geralmente compram o que se alinha às suas aspirações
e inteligência, como aparatos tecnológicos, livros sobre os mais diversos assuntos ou qualquer
outra coisa que sirva para colocar uma ideia em prática. Por conta de sua incrível força de
vontade não é raro vê-lo metido em discussões nos relacionamentos. Se for discutir com ele, é
bom estar com sua memória em dia, pois ele não se esquece de nenhum detalhe e geralmente
ganha as discussões por conta disso. Suas mudanças repentinas de humor podem deixar as
pessoas próximas confusas ou magoadas. Porém, mesmo com esse comportamento
imprevisível, o aquariano é determinado e firme. Essa audácia é atraente, fascinante, cria uma
imagem idealista, única e independente. Geralmente são fiéis nos relacionamentos, mas como
prezam a liberdade e independência, podem voar aqui e ali. Odeiam se sentir presos ou
prender os outros. Não costumam ser ciumentos, mas não toleram a desonestidade.

O Que Esperar das Mulheres de Aquário:

A aquariana parece não estar prestando atenção, mas na verdade está reparando em todos os
detalhes. Ela é esperta, inteligente, divertida e adora o progresso, por isso é sempre atraída
por novidades e pelas artes. Sua cabeça é humana, independente e cheia de compaixão. Para
ela não existe preconceito e se relaciona com as pessoas independentemente da sua posição
social. É independente e preza por sua liberdade. Por conta disso, pode se relacionar com
pessoas não muito convencionais. A pessoa não precisa ter dinheiro, mas precisa ser rico em
ideias, ações, aspirações ou talentos. Suas relações devem ser excitantes e ter muita química.
Ela não é uma mulher comum e pode terminar um relacionamento tão subitamente como
começou. Não quer ser dona de ninguém e também não quer que ninguém seja seu dono. O
melhor que alguém interessado pode fazer é lhe dar atenção na dose certa. Se você a sufocar
ou relaxar muito no seu cuidado, ela possivelmente pulará fora. Romantismo não é muita a
praia das aquarianas. Detalhes da vida a dois podem passar despercebidos (ela pode até
esquecer o dia do seu aniversário), mas ela nunca vai duvidar de você, nem te forçará a se
comprometer com algo fora de suas crenças. Em um relacionamento sério, usa a mesma
determinação que tem em outras áreas da sua vida. Geralmente é uma companheira leal e
perseverante, sempre em busca de um futuro melhor para os dois. Porém, seu parceiro pode
exigir mais atenção do que ela está disposta a dar. Mas nada disso abala suas melhores
características. Uma aquariana nunca perde as esperanças de ver um mundo melhor e ocupar
a mente e o corpo é uma boa para afastar pensamentos negativos, deixando-a mais bem
disposta e contente.

Peixes

Terceiro signo do elemento água e último signo do Zodíaco, Peixes simboliza a dualidade
emocional. É nele que se resolve ou não essa dualidade, onde dois peixes estão presos em
uma tensão cheia de contradições. Enquanto um quer nadar para o Norte, rumo ao futuro e a
um oceano de energia universal, o outro peixe quer nadar para o sul, para as águas do passado
que pertencem a Câncer (Lua, infância) e Escorpião (violência instintiva). O peixe que nada
rumo ao norte simboliza a última resposta emocional do signo, que é o caminho pacífico, da
entrega do ser e de sua união com o Todo. A intensa contradição emocional que Peixes vivem
é resultado de todas as energias positivas e negativas que ele capta como se fosse uma antena
- ou uma esponja. Peixe sente e absorve a paz e a guerra, o bem e o mal, o instintivo e o
divino. Recusa-se a mergulhar na violência e escuridão, mas também não sabe como seguir
exclusivamente a luz. Peixes dissolve tudo que se consolidou nos 11 signos anteriores,
guardando as memórias das experiências e iniciando um novo ciclo, com novas experiências.
Essa transição pode ser difícil, pois é necessário um emocional maduro para compreender esse
processo de diluição das estruturas da consciência. Por conta disso, o homem pode ficar
confuso, perdido em sentimentos angustiantes e antônimos entre o Céu e a Terra. Ele precisa
harmonizar essa dualidade para encontrar a paz interior, o amor incondicional e universal. A
influência de Netuno como co-regente faz com que Peixes sejam sensíveis ao sofrimento
humano, reagindo com empatia aos sentimentos, problemas e tormentos dos outros. Peixes
absorvem os sentimentos, as auras, as energias e consegue antecipar os efeitos dolorosos de
palavras e ações, e isso se dá de forma inconsciente. Com sua complexidade emocional, certa
falta de racionalidade e falta de atenção aos pequenos detalhes, fica no lado oposto a Virgem,
que pensa rápido e carrega ordem, precisão e uma atenção aos pormenores que beira o
obsessivo. Por conta disso tudo, pode ser percebida certa confusão que pode ser
relativamente difícil de ser administrada, fazendo com que sentimentos angustiantes e
antagônicos entre o Céu e a Terra transitem em uma névoa mental densa. A energia só
consegue ganhar o foco preciso quando harmoniza essa dualidade, encontrando a paz interior
e o amor incondicional e universal. Peixes carregam um enorme poder de imaginação e uma
sensibilidade maior ainda, que se traduzem em grandes fantasias, imaginação e enorme
intuição. Sua consciência no fundo quer libertar se num fluxo infinito de amor e compaixão,
sentimentos muitas vezes reprimidos ou latentes. Seus lemas posso ser "Eu Acredito" e "Eu
Sinto". A energia pisciana é carregada de compaixão, bondade, simpatia, intuição e
sensibilidades, porém, seu lado sombrio pode trazer melancolia, preguiça, timidez, escapismo
e vitimismo. O altruísta se transforma em eterna vítima, o intuitivo vira um pensador vago e o
sensitivo se tornam melancólico. Equilibrar as energias opostas de Peixes significa alcançar
uma entrega calma e sem cegueira, ser tolerante, ter bom senso e atitudes transparentes.
Significa conseguir equilibrar e harmonizar seus próprios sentimentos contraditórios e
aprender a travar contato com a alegria espiritual, partilhando-a com todos que o cercam.

Características de Peixes:

Elemento: Água, Qualidade: Mutável, Período solar: +/- de 20/02 a 20/03, Planeta regente:
Júpiter, Natural da Casa 12, Princípio: Reativo | Feminino – Yin, Palavra-chave: Compreensão,
Frase-chave: Eu dissolvo, Grifo: Dois peixes interligados, Anatomia: Pés, glândula pineal,
sistema linfático.

Pessoas com Sol em Peixes:

A energia de Peixes traz o desejo de usar tudo o que foi aprendido e assimilado para alcançar a
perfeição do homem e da humanidade. Esta perfeição leva o homem a seu lugar de direito no
universo. Embora nem todos os piscianos ocupem seu tempo com essas elevadas aspirações, a
noção de perfeição costuma ser um fator forte em sua personalidade. Eles têm dificuldade em
lidar com pessoas e situações que não alcancem a expectativa do que idealizaram. Isso não
quer dizer que eles não vejam as coisas claramente, o problema é que geralmente não querem
aceitar as coisas como elas realmente são. Buscando uma perfeição maior do que o mundo
real é capaz de produzir, muitas vezes recorrem à religião ou outras disciplinas espirituais,
filosóficas ou meramente escapistas para conseguirem pelo menos simular essa noção de
perfeição e lugar ideal. Apesar de sua personalidade sensível, a maioria dos piscianos são
sobreviventes. Sua capacidade de adaptação permite-lhes sobreviver por mais tempo do que o
normal. Como se identificam facilmente com os sentimentos dos outros e de bom grado se
adaptam a diferentes pessoas e circunstâncias, correm o risco de serem explorados ou de
deixarem de lado suas próprias necessidades, ideias e talentos. O outro lado da moeda é que
essa facilidade de adaptação também ajuda aos piscianos obterem poder pessoal sobre as
pessoas que conhecem a fundo, tirando proveito delas se assim desejarem. Seu simbolismo
astrológico é retratado como dois peixes que podem nadar em qualquer direção. Isto
representa a escolha final de Peixes, que é ser forte e superar a fraqueza inerente de sua
natureza sensível, ou se tornar a vítima de sua vulnerabilidade ou seus instintos. Um peixe
representa a personalidade/ego e o outro representa a consciência/quebra do ego. Essas duas
forças opostas operam dentro dos piscianos, podendo causar insegurança e indecisão.
Controlar estas forças de uma maneira positiva pode ser muito difícil, exigindo constante
manutenção em torno desse objetivo. Nos relacionamentos costumam ser sentimentais e
românticos. Às vezes esperam demais dos outros e acabam ficando magoados se a pessoa não
proporciona aquilo que esperavam. Têm uma forte tendência a colocar a pessoa amada em
um pedestal, por isso algumas vezes acabam se desiludindo quando descobrem que a pessoa
tem defeitos como qualquer outra. A energia negativa de Peixes pode fazer com que os
piscianos sejam impressionáveis, indecisos, autopiedosos, hipersensíveis e mutáveis. Tendem a
absorve como uma esponja as informações e o ambiente em torno deles. Assim, é importante
que se cerquem de pessoas e circunstâncias edificantes. Podem ser muito criativos. Sua
imaginação abundante propicia tanto uma mente extremamente ativa quanto momentos de
distração. Percebem e sentem coisas que passam despercebidas por outras pessoas.
Geralmente não possuem uma grande força de vontade nem são muito dinâmicos na maneira
de encararem a vida. Embora possam parecer muito determinados no seu exterior, por dentro
podem estar cheios de dúvidas. Essa insegurança pode fazer com que eles precisem da
reafirmação dos outros. Uma de suas maiores necessidades é compreender os seus altos e
baixos emocionais. Uma vez que possuem uma tendência a duvidar de suas próprias
conclusões, precisam acreditar mais em si mesmos. Como não gostam de magoar os outros ou
enfrentar qualquer tipo de confronto, podem se envolver em situações emocionais delicadas,
sendo difícil encontrar uma saída. Têm dificuldade em dizer não, por isso muitas vezes ficam
presos em relacionamentos ou situações acreditando que podem de alguma forma mudar as
coisas para que tudo acabe bem. Alguns piscianos gostam de bancar o mártir, enquanto outros
precisam bancar o salvador. Tendem a pensar com o coração ao invés da cabeça, por esse
motivo podem ser facilmente usados pelos outros. Muitos caem em qualquer tipo de história
triste e acabam se prejudicando. Seus corações estão no lugar certo, só precisam ser mais
realistas e pé no chão. Podem ser muito reservados, mas fazem amigos com facilidade e são
bastante leais a eles. Não curtem discussões ou brigas e geralmente defendem seus amigos de
maneiras mais sutis. Piscianos podem parecer preguiçosos devido a uma falta de vitalidade.
Bem, alguns realmente são e gostam de ficar procrastinando seus afazeres. Seu desejo
escapista pode ser usado de forma construtiva através da criatividade. Muitas formas de arte e
música têm forte apelo para os piscianos, que parecem saber instintivamente as suas próprias
capacidades e limitações. Infelizmente, porém, conhecer suas limitações pode criar um
complexo de inferioridade. Alguns gostam de um drama e de representar outros papéis,
porque isso lhes dá a oportunidade de ser alguém diferente, permitindo que eles esqueçam
temporariamente qualquer complexo de inferioridade adquirido. Devido à sua
hipersensibilidade, podem ficar instantaneamente tristes com pequenas coisas negativas que
são ditas para eles. Piscianos geralmente são simpáticos, cheios de compaixão, modestos,
idealistas, intuitivos e agradáveis. São emocionais, criativos, reservados, versáteis e não
pensam duas vezes quando a assunto é ajudar as pessoas, mesmo tendo que fazer sacrifícios -
na verdade, sentem uma necessidade subconsciente de ajudar os outros e se sentem bem
fazendo boas ações. Usar sua compaixão para com os outros impede que eles fiquem
melancólicos e introspectivos. Ajudar sem pedir nada em troca é o caminho mais curto para
alcançar alguma forma de iluminação.
Como Se tornar Um Pisciano Melhor

 Idealizar menos as pessoas e situações;


 Ser menos distraído;
 Não procrastinar os afazares;
 Aprender que às vezes é preciso dizer não;
 Não se fazer de vítima.

O que Esperar dos Homens de Peixes:

Os homens de Peixes carregam uma enorme bondade. Poço de emoções complexas,


costumam ser românticos, introvertidos e ingênuos, sempre se sacrificando e doando muito de
si. Como querem sempre ajudar os outros, normalmente não se importam consigo e são
capazes de fazer enormes sacrifícios, suportar privações e turbulências sem se queixarem. A
intensidade de seus sentimentos é enorme, por isso precisam de outras pessoas que
compartilhem a mesma necessidade por algo diferente do normal, que fuja do material, do
comum. Sempre tentando se descobrir, muitas vezes mergulham em seus próprios sonhos e
pensamentos, sendo enigmáticos e evidenciando sua dualidade. O conflito interno que vivem
não é dividido com ninguém, já que tendem a ser reservados e introspectivos. Muitos não
confiam com facilidade nos outros. Geralmente o homem de Peixes é um ótimo companheiro.
Atencioso, agradável e extremamente sensível ele se dá bem com quase todo mundo. Mas não
se sente parte do todo, na verdade espera sempre algo que mude sua vida radicalmente, uma
experiência que altere sua mente, corpo e alma. Muitas pessoas que se relacionam com o
pisciano não entendem o seu comportamento. Depois de passar um fim de semana
maravilhoso juntos, ele simplesmente pode não dar mais notícias. Parece que não está mais
interessado, mas isso faz parte da sua natureza reservada - e da sua cabeça de vento também.
Ele precisa de alguém que passe a impressão de estabilidade, que encoraje seu crescimento
emocional e seu senso de responsabilidade. Seu par precisa ter um grande desenvolvimento
pessoal e ao mesmo tempo ser enérgico e fascinante. Se deixar tudo por conta do pisciano, ele
se cansa com enorme facilidade, sua atenção muda de foco e lá se foi outro relacionamento
promissor. Sua natureza despreocupada faz com que se distraia facilmente, o que é
incompreensível para pessoas mais práticas. Porém, é uma pessoa cativante, charmosa e
simpática. Ele vai oferecer sessões grátis de psicanálise, vai demonstrar uma rara sensibilidade
e uma doçura quase impossível de resistir. Possui um talento quase mágico para transformar
os sonhos em realidade, sacudindo o mundo de qualquer um que se relacione com ele. Como
não é egocêntrico, pensa sempre na pessoa amada em primeiro lugar. Estabelece uma ligação
quase telepática com ela, criando uma intimidade sem precedentes. Sua paciência parece não
ter limites, mas também quando acaba ele explode de uma vez só, sendo difícil acalmá-lo ou
tentar uma reconciliação. Sua teimosia também costuma ser grande e ele não curte ser
contrariado. Com relação a dinheiro, piscianos não são exímios administradores financeiros.
Geralmente prefere tudo que não seja material e não é ganancioso nem competitivo, mas esta
é uma tendência dependente de muitos outros posicionamentos no mapa astral. Porém, se
forem influenciados da maneira certa podem ser bem sucedidos no que fazem. Sua dualidade
também pode contribuir para que sejam mais concretos e eficientes.
O Que Esperar das Mulheres de Peixes:

Extremamente atraente, a mulher de Peixes simboliza o amor de verão, a esperança que a


primavera traz e a beleza do outono. Mas o inverno não combina com ela, pois prefere não ver
a dura realidade das coisas. Ela até consegue superar muitos obstáculos na vida, enfrentar
dificuldades, problemas e mágoas, mas tudo isso cobra um preço alto dela. Como é uma
sonhadora, pode se frustrar quando perceber que seus sonhos não se concretizaram. Se tiver
um relacionamento estável, seu par pode ter que ajudá-la com as dificuldades da vida, além de
estar presente quando ela precisar. Outra ajudinha pode ser quanto ao dinheiro, pois ela
costuma ser impulsiva quando o assunto é grana, geralmente gastando sem muito controle. As
mulheres de Peixes são únicas, não acompanham tendências. Quando gostam, tendem a se
envolver demais, se fundindo com o parceiro e assumindo várias características dele. Porém,
precisam preservar sua individualidade, pois perdê-la não faz bem para elas. A pisciana
costuma ser fiel, leal e tratar seus parceiros com muita generosidade. Ela prefere alguém que
seja seguro e apoiará o parceiro nos piores momentos da vida, mesmo quando perder o
emprego ou estiver cheio de dívidas. Mas, não demonstre fraqueza ou insegurança, ou ela
abandona o barco. De natureza ingênua, tende a idealizar a pessoa amada e não enxergar seus
defeitos e falhas. Por conta disso, pode se enganar quanto ao seu caráter, mas geralmente
perdoa as falhas. A verdade é que ela faz de tudo para não se envolver em problemas, pois não
gosta de enfrentar situações complicadas. Pode até ficar furiosa por alguns momentos, mas
invariavelmente prefere enterrar o problema que enfrentá-lo, pois preza por tranquilidade. O
lado sonhador e etéreo pode fazer com que ela pareça uma pessoa volúvel. Está sempre
encantada com tudo e se impressiona com facilidade. Quem tentar entender seus sentimentos
vai ter enorme dificuldade, pois só vai captar ilusões. Piscianas adoram crianças e animais, são
incrivelmente intuitivas e quase telepatas, podendo quase adivinhar o que outras pessoas
pensam e sentir o que elas sentem. Não ligam muito se tiverem que seguir algum padrão de
comportamento, mas não obriga ninguém a segui-los.

Astros e Seus Posicionamentos:


Referências Bibliográficas

https://aminoapps.com/c/wiccaebruxaria/page/blog/a-bruxa-de-cada-
elemento/V0aL_d8NF7uPB2B6mwaq6bQ4wP84qpZZQaB?
fbclid=IwAR0e8AsH9VgREGrA7CcPbLDWTWGo9FneA-bl0Nd0aMzEg7ILcGUSueVo3TY

https://oficinadasbruxas.com/qual-o-meu-elemento/?
fbclid=IwAR2wLEH9gpuF0B6BNBK1gKAtoKggWSYwyEJmXDkI-qcvC6_JjrRuu60fRKU
Magia de Bruxa: Textos traduzidos e adaptados por Naelyan Wyvern do livro Elemental
Witch por Cristiano Rantin.

file:///C:/Users/Mateus/Documents/MAGIA/MAGIA%20OCULTA.pdf

file:///C:/Users/Mateus/Documents/MAGIA/Guia%20Essencial%20da%20Bruxa%20Solitária
%20-%20Scott%20Cunningham.pdf

http://www.cintamani.com.br/loja/glossario/significado-das-pedras/

https://www.cristaisaquarius.com.br/blog/significado-da-pedra-granada/

https://www.cristaisaquarius.com.br/blog/cornalina/

https://www.cristaisaquarius.com.br/blog/labradorita/

https://purajoia.blogspot.com/2011/07/lepidolita.html

https://paulinhomundomistico.blogspot.com/p/elementos-e-elementais.html?m=1
HYPERLINK "https://paulinhomundomistico.blogspot.com/p/elementos-e-elementais.html?
m=1&fbclid=IwAR2R_EC3RAVdE6L-RVw9T1z21t9jNPR5kOVYa1auFKszCVL5G428sbTtEyc"&
HYPERLINK "https://paulinhomundomistico.blogspot.com/p/elementos-e-elementais.html?
m=1&fbclid=IwAR2R_EC3RAVdE6L-
RVw9T1z21t9jNPR5kOVYa1auFKszCVL5G428sbTtEyc"fbclid=IwAR2R_EC3RAVdE6L-
RVw9T1z21t9jNPR5kOVYa1auFKszCVL5G428sbTtEyc

https://www.sbee.org.br/deus/doutrina-dos-espiritos/principios/deus

https://aminoapps.com/c/mandragora/page/blog/a-bruxa-de-cada-
signo/PWzL_kMhmuNlDEWb4wKVp7n0gvaK54lm00

https://www.cristaisaquarius.com.br/blog/rodonita/

https://dezmilnomes.wordpress.com/2018/02/14/diferencas-entre-magia-feiticaria-
bruxaria-e-wicca/

https://aminoapps.com/c/wiccaebruxaria/page/blog/diferencas-entre-magia-feiticaria-
bruxaria-e-wicca/42X3_MDeuYuNr1kwkgwgx1DpMa4W5b1vwra

https://dezmilnomes.wordpress.com/2017/07/13/wicca-e-os-orixas/

http://www.naturalmentebruxa.com/p/velas.html

https://oficinadasbruxas.com/o-uso-das-velas-na-magia/

http://www.wemystic.com.br/artigos/bruxaria-natural-conheca-seus-nove-pilares/

http://www.grandefraternidadebranca.com.br/leis_hermeticas.htm

https://oficinadasbruxas.com/incensos/

http://www.naturalmentebruxa.com/p/incensos.html
https://www.dicionariodesimbolos.com.br/simbolos-signos/

file:///C:/Users/Mateus/Documents/MAGIA/Tratado-Esoterico-de-Astrologia-Hermetica.pdf

https://symbolismofthings.com/significados-simbolos-dos-signos-simbolismos/

https://www.astrolink.com.br/artigo/qualidades

http://www.naturalmentebruxa.com/p/signos.html

https://www.astrolink.com.br/artigo/a-historia-da-astrologia

https://www.astrolink.com.br/artigo/qualidades

https://www.astrolink.com.br/artigo/elementos

https://espacoastrologico.com.br/astrologia-telurica/

https://www.astrolink.com.br/artigo/fogo

https://www.astrolink.com.br/artigo/agua

https://www.astrolink.com.br/artigo/ar

https://www.astrolink.com.br/artigo/terra

https://www.astrolink.com.br/artigo/polaridades

https://niltonschutz.com.br/signos-opostos-um-aprendizado-de-vida/

https://www.spiritfanfiction.com/jornais/signos-opostos--em-um-instante-13205648

https://www.astrolink.com.br/artigo/as-dignidades-planetarias

https://www.astrolink.com.br/artigo/os-aspectos-planetarios

https://www.astrolink.com.br/artigo/os-ciclos-e-o-regente-do-ano-na-astrologia

https://osegredo.com.br/missao-de-deus-para-cada-um-dos-signos-do-zodiaco/

https://www.astrolink.com.br/artigo/as-eras-astrologicas

https://www.iquilibrio.com/blog/espiritualidade/wicca/cores-na-wicca/

https://oficinadasbruxas.com/tabela-de-correspondencias-pt-2-cores/

https://www.astrolink.com.br/artigo/o-que-a-astrologia-pode-e-nao-pode-fazer

https://www.alemdesalem.com.br/tudo-sobre-o-uso-de-penas-na-magia/?
fbclid=IwAR2FSh3hGKOcGnF3UwOYTM6pjKIwAsO5oepkyAfrAz7CkP0SQ1BsXWt65o4

https://osegredo.com.br/descubra-que-dom-magico-voce-recebeu-no-seu-nascimento/