Você está na página 1de 63

CURSO DE LENORMAND

DOUGLAS DOMITI

HELEN EFFGEN
2020
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

ORIGEM
Alemanha

LIMPEZA DO BARALHO

Colocar o baralho em cima do desimpregnador ou diafragma (gráficos de Radiestesia) e pôr em cima do


baralho uma turmalina negra. Deixar passar a noite. Para limpar os gráficos é só colocar no sol. (Site:
Mahati Aparelhos de Radiestesia).

PERIODO DE ABRANGÊNCIA
Média de 6 meses.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

GRAND TABLEAU OU MESA REAL

3 3 3 3 3 3 3 4 4 3 2 2 2 2 2 3
2 2 2 2 3 3 3 4 4 3 2 1 1 1 2 3
1 1 1 2 3 3 3 4 4 3 2 1 C 1 2 3
1 C 1 2 3 3 3 4 4 3 2 1 1 1 2 3
1 2 3 3 2 2 2 2

LOCALIZAÇÃO:
Perto (1): cartas que tocam o consulente em todas as direções até duas cartas. Como está o momento do
consulente.
Intermediárias (2 e 3): cartas que estão entre as perto e as longe. Situações que não estão muito
presentes da vida do consulente no momento.
Longe (4): As cartas questão mais longe do consulente. Situações que não estão presentes na vida do
consulente.

TEMPO - PRESENTE, PASSADO E FUTURO:


O tempo é contado da esquerda para a direita.
A carta que está à direita vai descrever a que está à esquerda, mas a descrição dos fatos vai da esquerda
para a direita.

O tempo é contado a partir do consulente ou a partir da carta tema quando a tiragem é feita usando essa
carta. A partir dessas cartas se constrói a linha de presente, passado e futuro.
Da esquerda para a direita: o que está mais à esquerda é mais passado e à medida que vem para a direita
vai se formando o futuro.
De cima para baixo: O que está mais em cima é mais passado e vai descendo para o futuro.

GRAVIDADE:
As cartas que estão em cima dominam as que estão embaixo.

LATERALIDADE:
As que estão à direita descrevem as que estão à esquerda.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

CARTAS

CARTA 1:CAVALEIRO (9 DE COPAS)


“Veja o cavaleiro se aproximando em trote, ele trará boas notícias. Vamos dar uma olhada: de onde elas
estão chegando?” (Carta Mundi)

Substantivo: pode estar falando de um carro, uma moto ou um


transporte individual.
Adjetivo: alguém aventureiro, agitado, que se movimenta,
jovem, atlético (a)
Verbo: movimentar, noticiar, agilizar, trazer mensagens.

Descrição: simbolismo do homem como senhor da família. O


homem devia comandar a família. Deveria controlar seus
instintos como controla o seu cavalo para que a família prospere.
O cavaleiro vai trazer para o consulente a carta que está à direita
dele.

Posicionamento:
Perto: está trazendo boas notícias, mensagens, algo está chegando
para o consulente ou para a carta tema.
Longe: traz notícias de alguém de longe. De alguma situação que
está acontecendo longe.
Acima ou até duas cartas a direita dos Acanos da Corte: pode estar representando alguém.
Cavaleiro em baixo do Consulente ou da Carta Tema: põe movimento aquela situação.
Cavaleiro na linha em que se encontra o Consulente: põe movimento nas cartas que estão na sua linha.
Cavaleiro em cima ou até duas cartas à direita dos Arcanos da Corte: pode estar representando alguém.
Entre duas pessoas: o cavaleiro está levando e trazendo coisas de uma pessoa para a outra. Coisas ou
mensagens.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 2: TREVO (6 DE OUROS)


“Oh, essas lindas folhas de trevo, delas virão rios de felicidade. Mas somente se nuvens negras não
estiverem perto.” (Carta Mundi)

Energia: energia da diminuição, do pouco, do passageiro (diminui


a potência da carta que está descrevendo).
Substantivo: remédio, homeopatia, fitoterapia
Adjetivo: alegria, divertido. Pessoa divertida, brincalhona, alegre.
Verbo: alegrar, divertir, sorrir.

Descrição os trevos levantaram a Alemanha no pós guerra.


Serviram de alimento para toda a pecuária que levantou a
economia do país. Por isso representa a boa sorte.
Trevo de três folhas porque representa a tríade católica: Pai, Filho
e Espírito Santo. Sorte e proteção dessa tríade.

Posicionamento:
Perto: alegria, bem estar, oportunidade, sorte, bons momentos, mas
de curta duração. “Sorriso que te põe no rosto.”
Trevo perto da nuvem: diminui o peso da nuvem.
Trevo longe: age com menos força. Num ambiente ruim, ele deixa
o ruim com pouca duração. A situação ruim tende a passar rápido.
Trevo longe do Consulente e perto da Casa: a casa é o lugar onde a pessoa se sente bem e tem alegrias.
Entre duas pessoas: essas pessoas se divertem e se sentem bem um com o outro.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 3: NAVIO (10 DE ESPADAS)


“O navio é sempre um bom sinal. Ele anuncia a mais pura verdade, uma viagem feliz, lucros e talvez
uma herança pra você.” (Carta Mundi)

Substantivo: transporte coletivo (avião, navio, ônibus),


estrangeiro, pessoa estrangeira ou distante.
Adjetivo: longe, distante.
Verbo: viajar, comercializar, trocar, intercambiar.

Descrição: Muito relacionada ao comércio e aos negócios.


Viagens, viagens mentais, desejos mentais. Põe distância entre as
pessoas (as vezes física, as vezes emocional)

Posicionamento:
Perto: comércio, relações comerciais.
Longe acima e a esquerda: algo que o consulente sente falta.
Longe acima e a direita: viagem mental (um sonho que a pessoa
gostaria muito de realizar).
Longe embaixo e a esquerda: memória persistente do passado
que a pessoa não consegue esquecer (olha-se ao lado para saber
que memória é essa, talvez até um trauma).
Navio perto do consulente e cegonha e pássaros longe do consulente: confirma uma viagem longa.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 4: CASA (REI DE COPAS)


“Essa casa fala da riqueza e sinaliza felicidade mas também diz: não julguem meus amigos
precipitadamente pela aparência.” (Carta Mundi)

Carta tema: local onde a pessoa mora.


Substantivo: casa, quarto, apartamento (se tem a torre
descrevendo a casa é um apartamento).
Adjetivo: seguro, rotineiro, organizado, tradicional, estático.
Pessoa tradicional, estável, organizada e que gosta de segurança.
Verbo: estabilizar, organizar, assegurar.

Descrição:
Fala de riqueza e sinaliza felicidade.

Posicionamento:
Perto: segurança, organização, rotina.
Tocando os pés do consulente: perigo. Mostra que tem algo
errado que o consulente não está vendo e que o consulente
precisa estar atento (as cartas em volta vão dizer do que se trata).
Longe: falta de segurança, falta de organização, insegurança no
que está fazendo.
Casa ao lado da carta do Trabalho: indica organização, rotina e
estabilidade no trabalho.
Casa longe da carta do Trabalho: indica desorganização ou insegurança no trabalho.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 5: ARVORE (7 DE COPAS)


“A arvore longe significa boa saúde, quando perto haverá doença, mas muitas árvores juntas dizem que
as coisas irão acabar bem, você verá.” (Carta Mundi)

Carta Tema: Saúde


Energia: onde ela encosta ela deixa doente.
Substantivo: arvore, ervas, floresta, genealogia.
Adjetivo: crescimento lento e estável.
Verbo: crescer

Descrição: onde ela encosta deixa doença. Não quer dizer que
vai trazer morte, mas vai trazer doença, debilidade.

Posicionamento:
Perto: doença (mas se estiver perto até 1 casa de outras árvores –
caminho e/ou jardim - indica que as coisas vão acabar bem e
uma grande sorte está por vir)
Abaixo: saúde debilitada mas sob domínio do consulente; algo
que pode ser resolvido.
Acima: pior ainda; a própria “sombra da vida”.
Arvore envolta por cartas de ouro: está falando de doença da
vida material. Problemas na vida material.
Longe: boa saúde.
Arvore + caixão + chicote + torre (pelo menos duas delas) tocando o consulente: certeza de problemas de
saúde. Se isso ocorrer, olha-se as cartas que rodeiam a árvore para saber melhor que problema é esse.
Arvore + caminho + jardim: trinca da felicidade. Tudo vai acabar bem. Bom presságio.
Arvore tocando a aliança: relacionamento doente e desvitalizado.
Arvore tocando o coração: sentimentos doentes, ruins
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 6: NUVENS (REI DE PAUS)


“O lado negro das nuvens traz problemas como é claro de se ver. Mas onde o céu está brilhando haverá
luz”. (Carta Mundi)

Substantivo: tempestade, vírus, forças da natureza.


Adjetivo: Pessoa problemática, iludida confusa.
Na cabeça do consulente: pessoa muito confusa e que não sabe
pra onde ir.
Verbo: confundir, problematizar.

Descrição:
A pior carta do jogo. Fala das tragédias de que não temos
controle. É maior do que nós. Tempestade, dilúvio, pestes.
Problemas de ordem maior e que teremos muita dificuldade de
resolver. Foge ao nosso controle resolver (precisaremos de
terceiros).

Posicionamento:
Perto: quanto mais perto pior o problema.
Longe, a baixo e a esquerda: é o ideal porque significa que o
problema já passou.
Longe e acima: algo na mente do consulente que atrapalha e não
permite que ele viva normalmente.
Longe, acima e a esquerda: problema aconteceu no passado mas ainda perturba.
Longe, acima e a direita: preocupação com um futuro de problemas.
Longe a direita e na mesma linha: ?
Longe e abaixo: crise que ainda está por vir lá na frente.
Sol ou lua a direita (não importa se perto ou longe): o problema tende a passar mais rápido
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 7: SERPENTE (RAINHA DE PAUS)


“Serpente é algo mal, tome cuidado com seus pertences, esteja sempre de guarda e cuidado com
traidores.” (Carta Mundi)

Substantivo: estrada, rio, intestino, veias, mulher


Adjetivo: astuto, preciso, perigoso, que vai direto ao ponto.
Pessoa inteligente, direta e certeira.
Verbo: ferir, trair

Descrição:
Carta das mulheres fáceis na tradição alemã.
Fala muito mais de maldade, de veneno, de perigo, de roubo, ...,
do que de traição. A carta da serpente entre o casal fala muito
mais de mentira, de roubo e de engano até financeiro entre os
parceiros do que de traição amorosa ou sexual.
Pode ser um conselho para a pessoa procurar um médico
(símbolo da medicina)

Posicionamento:
Perto: perigo, dissabores, traições
Perto do rato: pode significar assalto ou roubo.
Perto e na área mental: pode significar que o consulente está com
medo e está criando ideias perigosas. O perigo está na mente da pessoa.
Tocando a cabeça da pessoa: ela está pensando em fazer alguma besteira.
Longe: diminui o efeito do risco e pode dar característica a algo ou alguém. Pode estar falando de alguém
inteligente, certeira.
Serpente com nuvens: “caraminholas na cabeça”.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 8: CAIXÃO (9 DE OUROS)


“Caixão é sinal de morte, doença e decadência. Mas se estiver longe significa que os problemas não
serão tão graves”. (Carta Mundi)

Energia: de enfraquecer e diminuir (enfraquece tudo que está até


duas cartas de distância)
Substantivo: caixa, gaveta, lugar fechado.
Adjetivo: alguém triste e desvitalizado
Verbo: acabar, finalizar, terminar

Descrição: finitude esperada. Fim natural das coisas como morte


por velhice, falência que já estava se arrastando.

Posicionamento:
Perto: perda, finitude esperada, falências, doenças. Não é a morte
por acidente ou de repente. É a morte esperada, de velhice. Não é
a falência repentina, é a falência que já está sendo esperada.
Caixão à esquerda do Sol: diminui a energia do Sol.
Caixão à esquerda da Lua: diminui o brilho da Lua.
Caixão à esquerda dos Peixes: diminui o dinheiro.
Caixão à esquerda das Nuvens: enfraquece as nuvens
Na cabeça do consulente: provável que a pessoa sinta muita dor
de cabeça.
Nos pés do consulente: normalmente a fase da vida está muito pesada.
Tocando o consulente, junto com Árvore e Foice: doença.
Em cima ou do lado direito: depressão
Tocando o consulente, junto com Árvore, Foice e Torre: doença mais grave.
Longe: perde sua força e age sobre a área que está tocando.
Caixão, Lírios e Torre tocando o consulente ou a pessoa: morte.
Caixão perto da casa: fala de problemas estruturais na casa.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 9: BUQUÊ (RAINHA DE ESPADAS)


“Esse lindo buquê de flores, tão belo e puro só fala de coisas boas e nenhuma tristeza, disso pode estar
certo.” (Carta Mundi)

Energia: põe beleza e harmonia onde ela toca.


Substantivo: presente, buquê, flores.
Adjetivo: bonito, artístico, sensível. Mulher bela, harmônica,
agradável.
Verbo: alegrar embelezar.

Descrição:
Considerada a mulher perfeita do Lenormand. A mulher
virtuosa, agradável, da classe alta, bela e pura, que só traz
alegrias.
Mediunidade.

Posicionamento:
Perto: harmonia e realizações. Presente, coisas belas.
Acima do consulente: mediunidade, conexão mediúnica,
espiritualidade.
Ao lado da foice: cirurgia estética.
Ao lado da carta: convite.
Longe: algo bom para o consulente e que ele não vê.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 10: FOICE (VALETE DE OUROS)


“Oh, temer a foice é o que precisa quando ela estiver perto de si, e esperar que um ambiente favorável
lhe ajude quanto ao mal que teme.” (Carta Mundi)

Energia: Sempre cortando o que está abaixo e à esquerda e


colhendo o que está à direita.
Substantivo: faca, instrumento
Adjetivo: pessoa assertiva, agressiva, que corta todo mundo,
pessoa seca e agressiva.
Verbo: cortar, romper.

Descrição:
Surpresa desagradável e negativa. Corta o trigo no auge do trigo,
então corta algo que está no auge. Acidente. Algo ruim,
inesperado, rompimento, corte. Cirurgia

Posicionamento:
Perto: perigo desagradável, rompimento, corte.
Se a mesa for encerrada pela foice: momento importante para o
consulente.
Em cima ou a direita: acidente e corte repentino.
Ao lado do Cavaleiro: acidente de carro
Ao lado do Navio: acidente de avião
Longe: corte de menor importância.
Carta negativa + Foice + Carta positiva: Situação negativa que será cortada com um desfecho positivo.
Carta negativa + Foice + Carta negativa: Situação negativa que vai terminar em algo pior do que se
espera.
Carta positiva + Foice + Carta positiva: Situação favorável que será cortada, mas que resultará em algo
bom.
Carta positiva + Foice + Carta negativa: Situação favorável que será cortada e que não terá um desfecho
positivo.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 11: CHICOTE (VALETE DE PAUS)


“Nunca anuncia alegria, somente perturbações no lar, doença e discórdia”. (Carta Mundi)

Substantivo: arma
Adjetivo: pessoa agressiva e violenta
Verbo: agredir, machucar
Descrição: instrumento de tortura que serve para dominar. Carta
de controle. O controle do cavalo está no chicote.
É a carta da magia porque quando se faz magia para alguém se
quer ter o domínio daquela pessoa.

Posicionamento:
Perto: discussões, brigas, descontrole, dor, intriga, discussões
onde a pessoa perde a cabeça e fala o que não deve.
Longe: diminui sua ação.
Logo a baixo do consulente: a mesa toda abaixo do consulente é
dominada por ele. O consulente domina tudo que está abaixo dele
na mesa. Tem força para mudar a situação.
Na cabeça do consulente: o consulente está com intenção de
dominar e agredir alguém.
Num contexto muito positivo: a discussão será acalorada mas não
chegará à agressão.
Num contexto negativo: perigoso
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 12: PÁSSAROS (7 DE OUROS)


“Uma tristeza de curta duração anuncia os pássaros que voam muito perto, mas se estão longe suas
viagens serão cheias de alegria.” (Carta Mundi)

Energia: da duplicação e do atraso.


Substantivo: telefone e parelhos de comunicação.
Adjetivo: barulhento, agitado, impulsivo, inquietude, pessoa
que fala sem pensar.
Verbo: atrasar, bagunçar, estressar.

Descrição:
Tristeza de curta duração. Atrasos. Nada que não pode ser
resolvido e superado, mas que aborrece. Excesso de tumulto.
Comunicação verbal.

Posicionamento:
Perto: aborrecimentos associados a ação por impulso, stress,
chateações, atrasos, procrastinação.
Logo abaixo do consulente: deve-se pisar em ovos. Não se deve
agir por impulso. Pensar antes de agir.
Ao lado da Aliança: tem dois relacionamentos.
Ao lado da Lua: tem dois empregos
Longe: viagens curtas ou passeios de fim de semana.
Aliança com os Pássaros: namoro passageiro (“ficar”)
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 13: CRIANÇA (VALETE DE ESPADAS)


“A criança fala de amizade e traz felicidade, ela valoriza sua cortesia e sua graça.” (Carta Mundi)

Substantivo: criança, brinquedos.


Adjetivo: algo novo, ingênuo, imaturo, pessoa nova, pequena.
Verbo: ajudar, começar

Descrição:
Representava o menino jesus.
Fala de amizade e traz felicidade.
Pode falar do filho do consulente. Quando tem mais de um filho
o que estará marcado será o filho que está com algum problema.

Posicionamento:
Perto: o consulente tem pessoas próximas com quem ele pode
contar.
Perto da carta dos Peixes ou da Lua: o consulente tem ajuda
nessa área.
Longe: naquele momento o consulente não tem com quem
contar. Mesmo que tenha alguém querendo ajudar, a ajuda não
chegará. O próprio consulente terá que resolver o problema sozinho.
Ao lado da carta do Coração: imaturidade emocional.
Perto da Aliança: relação imatura, com discussões por pouca coisa.
Perto da carta dos Peixes: o dinheiro está pouco
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 14: RAPOSA (9 DE PAUS)


“A raposa ardilosa e astuciosa diz, tens que ter cuidado, não confie cegamente em qualquer um próximo
a você.” (Carta Mundi)

Energia: falsidade em tudo que ela toca.


Substantivo: delegacia, dispositivo engenhoso
Adjetivo: pessoa ardilosa, falsa, engenhosa, sorrateira, esperta.
Verbo: enganar

Descrição:
A raposa é ardilosa e astuciosa. Simboliza a mentira, a ilusão, o
engano. Normalmente a amante sai na raposa.
Sugere falsidade em todas as cartas que toca.

Posicionamento:
Perto: cuidado com falsidades.
Em cima da cabeça do consulente: a própria pessoa está com
ideias fantasiosas e distorcidas, falsidade nos próprios
pensamentos, ideias erradas e ilusórias
Em cima da cabeça do consulente com a Âncora longe e acima:
delírios. Encaminhar ao profissional competente.
Entre duas pessoas: falsidade de uma das pessoas.
Aos pés da pessoas: a pessoa domina essas falsidades.
Longe: atinge as cartas que tocam. Tudo que ela toca indica falsidade no que ela está tocando.
Raposa ao lado da Torre: alguém da justiça ou policial.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 15: URSO (10 DE PAUS)


“Bem estar e alegria é a mensagem quando o urso estiver a vista, mas, ele diz, tome cuidado com
malevolência e maldade”. (Carta Mundi)

Representa: mãe
Substantivo: restaurante, sala de jantar, banco, cofre, despensa,
lugares de armazenamento.
Adjetivo: pessoa dominadora, pessoa difícil de lidar, super
protetora.
Verbo: proteger.

Descrição: simboliza a mãe. Pode falar de dinheiro,


principalmente dinheiro que se guarda (poupança). Carta de
domínio e de força. Acreditava-se que o ursinho nascia com o
formato de bola e que a mãe o lambia dando o formato a ele.

Posicionamento:
Acima ou à direita do Consulente: alguém tentando dar forma ao
consulente. Normalmente uma mulher (pode ser a mãe, uma
chefe...). Alguém querendo manipular e proteger, mas naquele
sentido de “faz o que eu mando que eu te protejo”, tipo mãe
superprotetora e dominadora.
Perto: alguém querendo dar forma ao consulente e superproteger.
Intermediária ou abaixo: proteção e poder pessoal do consulente. A força pessoal está relacionada às
cartas que estão próximas ao urso.
Longe do consulente: inveja, cobiça (as pessoas que o invejam são as que rodeiam o urso).
Carta do Urso de um lado e bem longe a da Lua: alguém tem inveja no trabalho.
Urso com uma carta da Corte em até duas casas ou acima ou a direita: trata-se da mãe, caso contrário é o
urso mesmo.
Urso à esquerda da Arvore: doença alimentar.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 16: ESTRELAS (6 DE COPAS)


“A estrela é sempre um bom sinal, desde que as nuvem não cubram o céu azul.” (Carta Mundi)

Energia: amplia tudo que está à esquerda e abaixo dela.


Substantivo: eletricidade, pedras preciosas, fogos de artifício.
Adjetivo: pessoa idealizadora, sonhadora. Ou pessoa realizada.
Verbo: realizar, projetar, idealizar. Sonhar.

Descrição:
Carta dos ideais. Faz referência ao batismo. Conexão com Deus e o
universo. Mas não é a carta da espiritualidade (no sentido de
trabalho, dos guias que acompanham, se tem magia...). Carta da
conexão com os ideais, com Deus e o universo. Ideal, projetos.
Crescimento mental e espiritual.

Posicionamento:
Perto: Ânimo
Perto e acima: projeto e ideias.
Perto e abaixo: realizações.
Longe: mostra os ideais longe. Desânimo (porque os ideais dão ânimo a pessoa). Todas as cartas temas
que ela toca, o consulente consegue realizar, mas não realiza aquilo que está perto dele do jeito que ele
quer.
Estrela perto da Casa e do Caixão: problemas na parte elétrica da casa.
Estrela à direita do Caixão: uma perda muito grande
Estrela à direita da Nuvem: um problema muito grande
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 17: CEGONHA (RAINHA DE COPAS)


“Mudanças e deslocamento é o que a cegonha lhe promete, mas se ela estiver muito longe sua situação
mudará.” (Carta Mundi)

Energia: onde a cegonha toca ela tá pedindo pra mudar, pra


crescer, pra melhorar.
Substantivo: enxoval de bebê, fraldas
Adjetivo: pertencimento, ambição (no sentido de crescimento
positivo)
Verbo: crescer, mudar, melhorar, pertencer.

Descrição: A cegonha vai atrás da primavera e do verão. Ela não


fica onde está frio. Sempre busca o melhor.
Mudanças. Deslocamento. A cegonha busca melhorias, melhores
condições de vida.
Ideia de pertencimento à família, gratidão à família.
Nascimento.

Posicionamento:
Perto: mudanças e crescimento
Longe: viagens, muitas vezes de férias.
Cegonha e Criança se tocando: gravidez
Cegonha à esquerda do Urso: manipula os outros pra crescer.
Cegonha à esquerda da Raposa: mente pra crescer.
Cegonha à esquerda do Chicote: usa da força, do domínio e até da violência pra crescer.
Perto de casa: quer mudar de casa, mas pode indicar também que fica à vontade em casa.
Cegonha à esquerda da Casa e do Navio: mudança de casa, de estado e até de país.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 18: CACHORRO (10 DE COPAS)


“Seu companheiro, brincalhão, o cão é fiel, meu amigo de todos os dias, pelo menos se tiver perto de
você e longe das nuvens.” (Carta Mundi)

Energia: onde toca coloca fidelidade e lealdade.


Substantivo: cachorro, área para animais pet shop.
Adjetivo: pessoa fiel e leal.
Verbo: confiar, ajudar, fidelizar.

Descrição: o cachorro fala de lealdade, fidelidade, rotina.

Posicionamento:
Perto: fidelidade e lealdade, amigo e rotina. Fiel e leal pra quem tá
perto dele.
Cachorro tocando o consulente: não importa se a companheira está
perto da raposa e do coração num contexto todo de traição, ele não
está sendo traído nesse momento da vida.
Cachorro tocando o companheiro do consulente e ao lado desse
companheiro uma carta de traição: pode ser que o consulente
esteja sendo traído mas não trai.
Cachorro ao lado da Lua: trabalho rotineiro.
Cachorro tocando Aliança: relação de fidelidade, mas que caiu na rotina.
Longe: afasta a lealdade, afasta os amigos e sem rotina.
Cachorro longe da Lua: trabalho sem rotina.
Cachorro entre duas pessoas: a pessoa que está abaixo ou à esquerda é a submissa
Raposa à direta do Cachorro: amigo falso.
Cachorro à direita da Raposa: amigo com ideias irreais e ilusórias.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 19: TORRE (6 DE ESPADAS)


“A torre é um sinal pra você de felicidade e crescimento, desde que as nuvens de tempestade não estejam
aparecendo”. (Carta Mundi)

Carta Tema: justiça


Representa: pai, autoridade
Substantivo: torre, prédio escola, hospital, empresa.
Adjetivo: pessoa ambiciosa e/ou solitária, que busca crescer
sozinha e ser melhor que os outros.
Verbo: isolar, ambicionar

Descrição:
Ideia de isolar uma pessoa e protegê-la.
3 pontos da torre: Longevidade, ambição e isolamento.
Representa o pai, a autoridade, o governo, a justiça.

Posicionamento:
Perto: ambição, isolamento, visão ampliada.
Torre a direita do Consulente: pessoa ambiciosa e solitária.
Longe: dá longevidade (quanto mais longe a torre maior a
longevidade)
Torre longe da Lua: trabalho tende a ter uma longevidade.
Torre perto da Lua: não tem tanta longevidade.
Torre com uma figura da Corte em até duas casas ou acima ou a direita : trata-se do pai, caso contrário é a
torre mesmo.
Torre e Arvore: hospital
Torre e Urso: banco
Torre e Cruz: sofrimento dentro do hospital.
Torre e Livro: escola
Torre e Casa: empresa familiar
Casa e Torre: apartamento ou casa isolada.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 20: JARDINS (8 DE ESPADAS)


“Aquele que está perto desse jardim fará muitos bons amigos, para aquele que está longe as amizades
podem ter desfecho perigoso.” (Carta Mundi)

Substantivo: praças, parques, festas, encontros, bares.


Adjetivo: pessoa comunicativa, brincalhona, simpática, sociável.
Verbo: socializar, festejar

Descrição: Carta das festas de salão e festas nos jardins.


Representa o encontro social. Os acordos eram feitos nos jardins.

Posicionamento:
Perto: popularidade e vida social ativa.
Longe: pouca vida social.
Entre duas pessoas: sinaliza encontro.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 21: MONTANHA (8 DE PAUS)


“A montanha é um inimigo e a causa de tristeza pra você se nenhum amigo esperto e fiel lhe tirar desse
problema.” (Carta Mundi)

Representa: inimigo, rival, obstáculo, amante.


Substantivo: montanha, local isolado, pedras.
Adjetivo: pessoas rígidas e difíceis de lidar.
Verbo: atrapalhar, contrapor.

Descrição:
É um inimigo, um opositor e não só apenas um obstáculo.
Muitas vezes representa a amante.

Posicionamento:
Perto: inimigos ou rivais, atrasos, obstáculos.
Se tiver cartas positivas depois dela significa que vai passar pelo
obstáculo.
Longe: grande amigo, solução esperada. Um amigo vai te ajudar.
Porque a montanha quando você está perdido em algum lugar
serve de referência pra você se orientar.
Montanha longe e Criança perto do Consulente: a ajuda vai
chegar.
Montanha longe e Criança longe do Consulente: alguém tenta ajudar mas não consegue. A ajuda não
chega.
Montanha a esquerda do Caixão: está terminando essa dificuldade. O problema está acabando.
Montanha à esquerda da Foice: obstáculo está sendo cortado.
Montanha à esquerda da Torre: obstáculo na justiça. Se longe do consulente, alguém está tentando ajudar.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 22: CAMINHOS (RAINHA DE OUROS)


“Uma estrada encoberta por nuvens é lago que você odiaria, mas há esperança se as estradas e as
nuvens estiverem separadas.” (Carta Mundi)

Energia: carta que duplica e que põe dúvida nas questões.


Substantivo: estrada, rua, avenida.
Adjetivo: “Dois de algo”, indecisões, dúvidas. Pessoa insegura e
indecisa, com dificuldade de resolver as coisas.
Verbo: escolher, decidir

Descrição:
Opções, dúvidas, decisões que a pessoa tem que tomar.

Posicionamento:
Perto: decisões que precisam ser tomadas. Necessário tomar
postura sobre algum problema.
Longe num contexto bom: vai surgir uma solução para o
problema que está perto do consulente.
Caminhos perto do consulente: a pessoa tem que tomar alguma
atitude, alguma decisão frente algum problema.
Caminhos à esquerda da Aliança: a pessoa pode estar em dois
relacionamentos.
Caminhos à esquerda do Coração: em dúvida entre dois amores.
Caminhos à esquerda do Trabalho: em dúvida entre dois empregos.
Caminhos à esquerda da Foice: pode ser acidente.
Caminhos à esquerda com Cavaleiro e Foice: sério risco de acidente grave podendo chegar a morte.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 23: RATOS (7 DE PAUS)


“Os ratos vem lhe dizer algo, uma história de roubo. Talvez consiga recuperar o que lhe foi roubado,
mas talvez seja tarde demais”. Carta Mundi)

Carta Tema: roubo


Energia: Sempre corrói e suja as cartas que estão a esquerda e a
baixo dela.

Substantivo: marginal, rato, ladrão.


Adjetivo: marginal, sujo corroído.
Verbo: corroer, sujar, marginalizar.

Descrição:
Associado aos 7 pecados capitais, marginalidade, obesidade.
Associado a tudo de muito negativo.
Se está ao lado de carta negativa ela corrói também o negativo
(esse é o lado positivo dos ratos).
Perda de energia, vitalidade, doença.
Doença infecciosa

Posicionamento:
Perto: o consulente consegue recuperar o que foi roubado (se o rato está perto, você consegue pegar ele)
Longe: o consulente não consegue recuperar o que foi roubado.
Rato perto e chave longe: o consulente recupera mas não tudo
Rato perto do dinheiro: prostituição
Rato perto dos Peixes: pode ser dinheiro sujo, recebido de forma ilegal.
Ratos ao lado do Caixão: está reduzindo a perda.
Ratos ao lado da Raposa: consulente pode ser roubado
Ratos ao lado da Cobra: consulente pode ser roubado
Rato/Raposa: assalto
Rato/Raposa/Cavaleiro: roubo do carro
Rato/Raposa/Chicote: assalto com violência
Rato/Raposa/Chicote/Foice: assalto que pode chegar a morte.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 24: CORAÇÃO (VALETE DE COPAS)


“De gentileza e amor o coração é a pura fonte. Alguma luz do sol ilumina o caminho da vida.” (Carta
Mundi)

Substantivo: próprio coração, local romântico.


Adjetivo: pessoa amorosa.
Verbo: amar, gostar.
Descrição: representa o coração de Jesus; a caridade. É onde está
o amor do consulente. Onde está o seu coração é onde está o seu
amor.

Posicionamento:
Perto: a pessoa tem amor na vida
Tocando a cabeça: muito emotiva e demonstra o sentimento.
“Chora por qualquer coisa”.
Nos pés da pessoa: pessoa contida emotivamente. Não demonstra
o que sente.
Longe: leva o amor pra longe. A pessoa pode se sentir carente e
solitária.
Coração à esquerda da Lua: a pessoa é apaixonada pelo trabalho.
Coração à esquerda dos Peixes: a pessoa é apaixonada por
dinheiro.
Coração à esquerda da Criança: a pessoa é apaixonada pelo filho.
Jardins à esquerda Coração: encontro romântico.
Jardim à esquerda Coração e da Torre: passeio num local romântico.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 25: ALIANÇA (AS DE PAUS)


“De um feliz casamento fala o anel na mão direita, mas a esquerda ele prenuncia briga e a quebra dos
laços de amor.” (Carta Mundi)

Substantivo: joia, contrato, objeto de valor.


Adjetivo: pessoa comprometida, pessoa em que pode-se confiar,
pessoa de palavra.
Verbo: unir, acordar (fechar acordo)
Descrição:
Está num naipe de paus porque o casamento é um desafio.
Mostra os compromissos e as coisas com que estamos
comprometidos, não só o relacionamento, mas aquilo em que a
pessoa se engaja.

Posicionamento:
Perto:
Longe:
Direita: status de relacionamento vai permanecer igual.
Esquerda: status de relacionamento vai mudar.
A esquerda dos dois: pode-se pensar em rompimento, mas é
necessidade de confirmação de outras cartas. Mas pelo menos
uma crise está acontecendo. Tem algum problema.
Entre das duas pessoas: compromisso já firmado.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 26: LIVROS (10 DE OUROS)


“Que deve haver um segredo está escrito neste livro, vamos descobri-lo dando uma olhada mais
cuidadosa”. (Carta Mundi)

Substantivo: biblioteca, torre, escola.


Adjetivo: pessoa culta, estudada. Ou que tem segredos, que não
expressa muito bem o que sente
Verbo: estudar, conhecer, ocultar

Descrição:
Carta que fala de um segredo, porque para ler um livro é
necessário saber ler (Na Alemanha daquele século poucas
pessoas sabiam ler, então era um conhecimento restrito a
poucos).
Usada para descobrir se um segredo permanecerá escondido ou
se virá à tona.
Retorno de pessoas do passado

Posicionamento:
Perto: algo importante será revelado.
Abaixo: consulente tem domínio desse conhecimento, pode ser
de um segredo ou de uma área de conhecimento específico.
Acima: o consulente tem um segredo
Longe: segredo guardado
Esquerda do livro: quem está à esquerda do livro não consegue ver o segredo. O que está à esquerda
continuará escondido.
Direita do livro: quem está à direita do livro consegue ver o segredo (porque o livro abre para a esquerda).
O que está à direita virá à tona
Entre duas pessoas: retorno de alguém do passado. Se entre as pessoas tem o Livro, o Coração ou
Aliança, algum relacionamento antigo que volta.
Livro e Torre juntos: a pessoa está se preparando muito bem para algum concurso ou seleção.
Exemplo: se a mulher tem um amante e ela e o amante estiverem a esquerda do livro o marido não vai
descobrir, mas se o casal estiver a direita o marido vai descobrir.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 27: ENVELOPE (7 DE ESPADAS)


“Esta carta, certamente promete um generoso golpe de sorte, desde que as nuvens não esteja tão perto.”
(Carta Mundi)

Substantivo: jornal, correio, e-mail, comunicado, rede social,


notícia (pessoa vai entrar em contato), ligação por telefone.
Adjetivo: pessoa comunicativa e falante.
Verbo: comunicar, informar.

Descrição: informação, notícias, situações que a pessoa precisa


prestar mais atenção.

Posicionamento:
Perto e acima: o consulente está dando pouca atenção ao que
realmente importa. Superficialidade. A pessoa está olhando a
situação de forma superficial.
Cartas tema que tocam o envelope: mostram as situações que
precisam ser olhadas mais a fundo (principalmente se a carta
estiver acima da pessoa).
Longe: tem informação sobre o tema que está ao redor e que o
consulente não está vendo. São informações sobre a temática que
o consulente não está vendo. É preciso olhar para aquilo. Situações
que o consulente não está vendo e que precisam ser olhadas.
Carta a esquerda da nuvem: consulente vai receber uma notícia ruim.
Carta tocando o anel: a relação precisa ser revista.
Carta com Anel e Torre: pode ser documentos de separação. Depende do contexto.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 28: HOMEM (AS DE COPA)


“O cavalheiro é o rei das cartas. Ele traz alegria ou tristeza dependendo se ele terá que enfrentar bons
ou mal sinais em sua volta”. (Carta Mundi)

Descrição: se o consulente for um homem, o cavalheiro é o


consulente.

Posicionamento:
Carta ao lado esquerdo da pessoa: mostra como ela é no íntimo.
Carta ao lado direito da pessoa: mostra como as pessoas à veem.
Se o consulente for homem homossexual: o parceiro é
representado pelo cavaleiro.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 29: MULHER (AS DE ESPADAS)


“A mais bela de todas as cartas certamente é a dama. Que ela lhe traga muita sorte e uma vida livre do
mal”. (Carta Mundi)

Descrição: se a consulente for mulher, a dama é a consulente.


Em caso de homossexualidade (1. Pode-se perguntar como a
pessoa gostaria de ser representada / 2. Se for mulher, mas tiver
feito mudança de sexo será representada pela carta 28 / 3. Se for
biologicamente mulher será representada pela mulher)
Se a consulente for mulher homossexual: a parceira é
representada pela cobra (porque a cobra é outra rainha) e o
homem (carta 28) será o homem mais importante da próxima fase
da vida dela, menos o pai (pode ser irmão, amigo, chefe, ...)
Ex-marido: representado pela nuvem.
Ex-mulher: representado pela cobra.
Se o consulente for homem homossexual o parceiro é o cavaleiro.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 30: LÍRIOS (REI DE ESPADAS)


“Lírio fala de inocência e de um caminho de vida feliz desde que não haja nuvens nublando com
conflitos.” (Carta Mundi)
Substantivo: retiro espiritual, asilo.
Adjetivo: pessoa calma, tranquila, virtuosa (a direita e acima);
pessoa desonesta (a esquerda e abaixo)
Verbo: proteger, serenar

Descrição:
Fala de pureza, luto, tristeza, proteção, sexualidade e família.

Posicionamento:
Perto e abaixo: atitudes de caráter duvidoso.
Perto e acima: confere virtude e proteção. Pessoa de virtudes, que
vale a pena, que traz alegria.
Lírios tocando em cima de uma pessoa: independente de
quaisquer outras cartas ou conjuntura ele confere virtude a essa
pessoa. Mesmo quando o lírio é descrito pela cobra, os lírios se
sobrepõe conferindo virtude. Nesse caso a cobra pode significar
que a pessoa anda tendo pensamentos perigosos e negativos.
Acima do consulente não importa a distância: proteção do anjo de
guarda.
Abaixo do consulente não importa a distância: tira a proteção do anjo de guarda.
Abaixo do dinheiro: a pessoa pode estar usando errado o dinheiro ou até sendo roubado.
Ao lado do Caixão ou Torre ou cartas negativas: é uma carta muito forte de desencarne.
Torre lado esquerdo do lírio: desencarne
Torre lado direito do lírio: a pessoa passa por problema sério mas não desencarna.
Entre duas pessoas: coloca o sexo.
Cartas ao redor do Lírio: descrevem a família
Junto de outras cartas da Corte de Espadas (Buquê e Criança): fala do espiritual. Se acima e perto, a
pessoa está acessando essa proteção; se acima e longe não está se conectando. Existe uma entidade
querendo ajudar mas a pessoa não está dando atenção e a ajuda não está chegando; se abaixo, busca
espiritual.
Lírio embaixo da Lua: pode haver situação de traição, fofoca e mau-caratismo no trabalho.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 31: SOL (AS DE OURO)


“Quando o alegre sol sorrir pra você tudo é bom, sua vida não será mais uma noite tão escura e
reticente”. (Carta Mundi)

Energia: dá força e energiza tudo o que está à esquerda.


Substantivo: Lâmpada, região quente, luz, eletricidade.
Adjetivo: Pessoa alegre, motivada e com muita energia.
Verbo: energizar, animar, motivar.

Descrição: vida, alegria, movimento, luz, beleza. Associado a


energia divina. Dá luz a tudo.

Posicionamento:
Perto: traz alegria, energia, luz.
Longe: baixa energia, desmotivação.
Longe da carta da área profissional: desmotivação no trabalho.
Se fechar triângulo entre o Sol, o Consulente e uma terceira carta:
essa terceira carta vai dizer como está a vida espiritual do
consulente.
Sol à direita da Nuvem (perto ou longe): a nuvem perde força.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 32: LUA (8 DE COPAS)


“Quando a amiga lua lhe ilumina bem perto de suas praias está anunciando uma boa carreira, glória e
honras a serem seus”. (Carta Mundi)

Carta Tema: Trabalho


Energia: onde ela toca ela põe brilho.
Substantivo: sala de cinema, casas noturnas.
Adjetivo: brilho, sucesso
Verbo: reconhecer, iluminar, brilhar

Descrição: carta relacionada a carreira, a vida profissional, fala de


brilho, reconhecimento.

Posicionamento:
Perto: reconhecimento, brilho colheita.
Lua acima do Consulente: a pessoa muito pensativa no trabalho.
Lua em cima do Livro: o segredo virá à tona
Longe: desmotivação, sentimento de falta de reconhecimento.
Consulente longe do Sol, Lua e Estrela: o consulente pode estar em
depressão.
Lua a esquerda da Foice ou do Caixão: pode sugerir desemprego.
Lua descrevendo o buquê: mérito, honrarias, merecimento, brilho. A espiritualidade nesse momento está
tendo méritos e trazendo boas energias.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 33: CHAVE (8 DE OUROS)


“Se tiver a chance de ter essa chave ao seu lado desde o começo, sua vida fluirá de acordo com os
desejos do seu coração.” (Carta Mundi)

Energia: Confirma tudo que está à esquerda e abaixo. A direita


ela mostra uma oportunidade.
Substantivo: chave, senha.
Adjetivo: pessoa assertiva, correta, direta.
Verbo: resolver, decidir.
Descrição: abre portas e traz soluções. Conotação de destino.

Posicionamento:
Perto: êxito e realização nos projetos. Solução. Abre-se uma porta.
Longe: retrocesso e desafios.
Chave longe e Rato perto do Consulente: recupera parte do que foi
roubado
Chave longe do consulente e do Rato: Não recupera o que foi
roubado
Chave à esquerda da Lua: novas oportunidades profissionais.
Chave à direita do Consulente: o consulente está cumprindo o
carma, o destino dele.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 34: PEIXES (REI DE OUROS)


“Através do signo de peixes boa sorte será o seu destino, pelo menos desde que essa carta esteja
colocada posição favorável.” (Carta Mundi)

Carta Tema: Dinheiro


Energia: traz dinheiro para tudo que toca.
Substantivo: peixe, local com muita água.
Adjetivo: algo profundo, rico e abundante. Pessoa descrita pelos
Peixes é uma pessoa próspera e com boas condições financeiras.
Verbo: prosperar, aprofundar.

Descrição: prosperidade e profundidade. Trata da prosperidade


financeira. Denota profundidade quando fala de sentimentos,
indicando sentimentos muito profundos e muito fortes.
Menção à passagem do Cristo (multiplicação dos peixes).

Posicionamento:
Perto: abundância, prosperidade, profundidade. Pode estar
descrito por cartas péssimas, mas se ele toca o consulente ele não
fica sem dinheiro.
Ao lado da lua: o trabalho vai trazer dinheiro pra ela. O trabalho
será próspero
Longe: escassez em alguma área e frustração. Pode faltar dinheiro. O consulente deve estar com cartas
muito positivas ao lado para o dinheiro não faltar.
Chicote com peixe: pode falar de vicio de bebida.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 35: ÂNCORA (9 DE ESPADAS)


“Ela significa uma esperança de que riquezas e fé chegarão. Mas se estiver longe de si, haverá razão
para arrependimento”. (Carta Mundi)

Substantivo: porto
Adjetivo: pessoa segura e estável. Também pessoa muito parada e
estagnada na vida e que não toma atitudes.
Verbo: estabilizar, segurar, prender.

Descrição: Representa a fé. A fé que nos prende à vida e que nos


dá força para seguir em frente.

Posicionamento:
Perto: estabilidade, segurança, estrutura. Ideal é estar a baixo do
consulente.
Abaixo do consulente: estabilidade, segurança.
Acima do consulente: instabilidade nas relações.
Entre o casal e acima: a relação pode não ser muito honesta. Pode
haver traição. Um dos principais pontos que indicam traição,
principalmente se o cachorro estiver longe de um deles e raposa
perto de um deles.
Entre o casal e abaixo: relação estável.
Longe: pessoa pode estar com uma visão mental equivocada sobre a vida naquele momento.
Longe e com a Raposa tocando acima do consulente: está iludida com relação à realidade Já no campo
patológico (encaminhar para acompanhamento médico e psicológico).
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Carta 36: CRUZ (6 DE PAUS)


“A cruz é uma profecia de revezes de todas as formas. Quanto mais longe estiver, pior será, mas se perto
estiver a dor será forte e curta.” (Carta Mundi)

Energia: onde ela estiver tocando é onde estará a dor e a tristeza


do consulente. O que está à esquerda e abaixo ela nega, ela
estanca, ela paralisa. O que estiver a direita é uma oportunidade
com dor
Substantivo: símbolo religioso
Adjetivo: triste, pesado, pessimista. Pessoas difíceis de lidar,
pessoas quadradas, sofridas.
Verbo: sofrer, sacrificar.
Descrição: dor.

Posicionamento:
Perto: tristeza de curta duração. Se tocar o consulente, vem e
rápido vai embora.
Se é a primeira carta a ser deitada na mesa: perto até 3 casas do
consulente, indica que a pessoa está passando por uma fase de
muito sofrimento e de dificuldades. E o sofrimento terminará
com a última carta deitada. Exemplo: se a última carta for a
Carta, diz que o sofrimento vai acabar com a chegada de uma mensagem ou de uma notícia (olha-se em
volta da Carta pra saber que notícia é essa). Se a última for a cegonha diz que alguma coisa acontecerá de
mudança e que vai pôr fim ao problema (olha-se em volta da Cegonha pra saber que mudança é essa).
Longe: tristeza de longa duração.
Cruz em cima ou ao lado dos Peixes: dinheiro tá ruim, tá pouco e preso.
Cruz em cima Caixão: a pessoa nega as perdas e elas não acontecem.
Cruz a esquerda do coração: paixão sofrida. Namorado que bebe, que bate, ...
Cruz a esquerda dos Peixes: dinheiro sofrido, custoso e que vai dar trabalho.
Cruz a esquerda da Lua: trabalho sofrido, enjoado, que vai te dar dor de cabeça, vai cansar...
Cruz a esquerda do Livro: Segredo que vem à tona e que faz sofrer. Ou vai começar um curso que vai ser
difícil de concluir.
Cruz com buquê: pode ser mediunidade.
Cruz a esquerda do Sol: sofrimento pior ainda

CARTAS NUMERADAS E CARTAS DA CÔRTE


HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

AS (28;29;31;25): sempre precisam da carta da direita para definir a polaridade deles.

6,7,8,9 (16;5;32;1;2;12;12;33;8;19;27;20;35;36;23;21;14): mostram eventos e situações que vão


acontecer.

10 (18;26;3;15): cartas de ligação. Ligam o que está à direita ao que está à esquerda e o que está em cima
ao que está embaixo Muito importante avaliar o contexto.

Corte (24;17;4;10;22;34;13;9;30;11;7;6): podem descrever situações e/ou pessoas. Atribuem


características às pessoas e/ou eventos.

Muitos valetes juntos numa linha: muita notícia, muita conversa, muito diálogo, muita mensagem.

Muitas rainhas: muita fofoca.

Muitos reis: o poder de decisão está nas mãos do consulente. Ele tem muito poder para mudar a situação.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

FAMÍLIAS DE CARTAS:

Astros (Sol, Lua, Estrela): intensificam o que está próximo. Trazem coisas boas: brilho (Lua), energia
(Sol) e realizações (Estrelas).

Fauna (Peixes, Cegonha, Cão, Raposa, Cobra, Urso, Pássaros): dão características a algo
(personalidade).

Flora (Árvore, Jardim, Buquê, Lírios, Trevo, Caminhos): duas cartas da flora juntas na mesma linha a
resposta é sim.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

NAIPES

NAIPE DE ESPADAS:
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Vida social, festas, salões de arte, comércio, primavera, coisas leves.


Fala das questões da vida da mulher de casta do século XVIII, da mulher da sociedade burguesa, o que e
como ela deveria ser na época. É o naipe mais leve que fala de festa, coisas leves, acordos firmados em
festas.
Sempre que nos deparamos com esse naipe as coisas tendem a ser mais fáceis e mais leves. A vida está
numa fase leve e tranquila.

Carta 29 - Mulher: fala da vida da mulher naquela época.


Carta 19 - Torre: a mulher tinha que ser casta e virtuosa, não deveria ficar se misturando. Devia ficar
mais reclusa.
Carta 27 - Cartas: a mulher deveria se comunicar só por cartas, não era aconselhável que ela saísse e
conversasse diretamente com outras pessoas.
Carta 20 - Jardins: as mulheres deveriam ir apenas a festas organizadas onde se eram feitos acordos de
casamento, acordos comercias.
Carta 35 - Âncora: firmar acordos comerciais
Carta 3 - Navio: pessoas vinham de longe para fazer comércio, para firmar acordos comerciais.
Carta 13 - Criança: meninas iniciando acordos para casamento pela faixa dos 15 ou 16 anos
Carta 9 - Buquê: símbolo da mulher casta. Ela tinha que ser casta, doce, gentil, bonita, agradável.
Carta 30 - Lírio: representa o homem, marido, chefe da família, aquele que vai cortejar. É o homem que
desposa esse buquê, sexualidade.

NAIPE DE OUROS:
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Fala dos donos de terra, finanças, perdas e ganhos.


Transformações, instabilidade, trabalho, semear para colher, verão.

Carta 31 - Sol: o tempo era importante para os donos de terra. Ainda mais na Europa onde é muito frio,
as colheitas dependiam do sol. No sol era possível ter as colheitas. Felicidades, alegrias e coisas boas.
Carta 2 - Trevo: Boa nova. Alemanha plantou trevos no pós guerra para alimentar o gado e isso levantou
a economia na época e fez o país prosperar. O trevo traz muita sorte na Alemanha. As pessoas
costumavam ter um saquinho de trevos para trazer sorte.
Carta 12 - Pássaros: “atrapalhos”, dificuldades, a sorte pode mudar.
Carta 33 - Chave: posso solucionar ou não as dificuldades.
Carta 8 - Caixão: possibilidade de perdas.
Carta 26 - Livro: contabilidade do que perdi e ganhei, como vou gerir isso, os contratos que terei q fazer
e cumprir.
Carta 10 - Foice: hora certa de ceifar, de cortar pra poder colher.
Carta 22 - Caminhos: como levar essa colheita pra fora, pra quem eu vou vender, negociar a venda e o
dinheiro que se consegue com isso.
Carta 36 - Peixes: o dinheiro que eu consigo após toda o processo de plantio e colheita
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

NAIPE DE COPAS:
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Manutenção das tradições, honra, responsabilidades do dia a dia, sobrepor a razão


aos instintos e apetites, mundo masculino, outono
Questões da vida do homem de casta, da sociedade burguesa, o que e como ele
deveria ser na época,
Se a pessoa sai rodeada de naipes de copas diz que ela está preocupada com as
responsabilidades, finanças e contas.

Carta 28 - Homem: vida do homem casto dentro da burguesia na Alemanha


Carta 16 - Estrela: símbolo do batismo. O homem tinha que ser batizado para ser
alguém da sociedade.
Carta 5 - Arvore: o homem deve honrar suas raízes, sua genealogia.
Carta 32 - Lua: é preciso manter a honra da família, honrar e proteger as donzelas.
Carta 1- Cavaleiro: o homem tem que ter o domínio dos instintos da mesma forma que domina o seu
cavalo.
Carta 18 - Cão: é preciso ser honesto, leal e fiel aos que estão com ele.
Carta 24 - Coração: é preciso ser amável com seus amigos.
Carta 17 - Cegonha: sentimento de pertencimento e gratidão. Faz referência a família, aos cuidados e
zelo pela família.
Carta 4 - Casa: é necessário pertencer a uma família, proteger e zelar pela família.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

NAIPE DE PAUS:
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Sombras, desafios, vícios, dessabores, dores, inverno.


Fala dos escravos, proletariado.
Momento pesado, desafios, problemas

Carta 25 - Aliança: símbolo de propriedade do empregado pelo patrão. Símbolo do contrato de pertencer
ao patrão.
Carta 36 - Cruz: o empregado tinha que ter fé para suportar a vida pesada para que quando morresse
fosse para o céu.
Carta 23 - Ratos: representa os 7 pecados capitais. O proletariado era quem tinha os pecados. Obesidade.
Gula....
Carta 21 - Montanha: é necessário suportar os obstáculos e os sofrimentos da vida.
Carta 14 - Raposa: enganação. O proletariado era quem tinha vícios, quem enganava, quem roubava,
que mentia...
Carta 15 - Urso: mãe. Sentimento de posse, de acumular coisas, de força, de possuir, de dominar.
Carta 11 - Chicote: tortura. O patrão podia chicotear o empregado se não trabalhasse direito. Lei do
chicote. Controle, domínio sobre o outro.
Carta 7 - Cobra: mulheres fáceis. Tentação das mulheres fáceis. As mulheres do proletariado eram
fáceis e eles podiam pegar a hora que quisessem.
Carta 6 - Nuvem: os prejuízos que se pode ter por uma força maior. Muitas vezes até em função da
natureza como tsunamis, furacões, Covid... infortúnio que não se pode controlar e que está além do
controle do consulente. Coisas pesadas e complicadas.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

NAIPES POR DUPLAS

Paus e Copas: desafios na rotina, no dia a dia.


Paus e Ouros: desafios na vida material, no trabalho, emprego, finanças, perda de dinheiro, ganhos só
com muito sacrifício.
Paus e Espadas: pensamentos atribulados, trocas difíceis, crenças limitantes, pessoa pensando besteira,
pensamentos não estão no lugar.
Espadas e Ouros: relações comerciais, negociações, vendendo, comprando.
Espadas e Copas: relações emocionais, romance.
Ouros e Copas: rotina e responsabilidade. Trabalhar para manter o que tem no dia a dia.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

POLARIDADE

Positivas Neutras Negativas


Buque (máximo total) Torre (neutra total) Nuvens (máximo total)
Coração Livro Caixão
Anel Pássaros Cruz
Casa Lírios Foice
Peixe Montanha
Sol Chicote
Lua
Estrela
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

CARTAS FORTES

Carta de realização e sucesso (Sol, Lua, Estrela, Peixes, Buquê, Coração):


Muito positivo. Se tocar a consulente mesmo que demore a situação vai se resolver.

Carta de dificuldade (Nuvens, Montanha, Foice e Caixão, Cruz):


Cartas de problemas e dificuldades.

Doença (Árvore, Caixão, Torre e Chicote):


Se tocar o paciente indica debilidade na saúde, fragilidade orgânica.

Auxílio (Criança): quando estiver tocando o consulente significa que vai poder contar com ajuda.

Confirma (Chave): confirma o que está à esquerda e abaixo.

Nega (Cruz e Foice): nega o que está à esquerda e abaixo.

Mostra onde está a dor do consulente (Cruz): à esquerda e abaixo.


HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

METODO DE 3 CARTAS

Usada para respostas diretas (pergunta com resposta de sim ou não).

1 2 3
Detalhes Principal Descreve

A resposta está na carta central:


Carta Central Positiva: Resposta sim. Mas se tiver uma foice na direita está cortando o positivo (porque
foice corta pra esquerda). Se tiver na esquerda está colhendo (porque foice colhe pra direita).
Carta Central Negativa: a resposta é sempre não. Não importa o que tem ao lado
Se o Rei estiver à direita e a carta central for neutra: pode-se mudar um prognóstico ruim para positivo.

MÉTODO DE 9 CARTAS

1 2 3 Momento presente: 5 (Significadora)


Passado: 1,4,7 e 1,2,3
Futuro: 7,8,9 e 3,5,9
4 5 5 O que a pessoa pensa: 1,2,3
O que a pessoa domina: 7,8,9
Triangulo pra cima: 1,8,3 (o que quer que aconteça)
7 8 9 Triangulo pra baixo: 7,2,9 (o que vai acontecer)
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

CARTAS TEMA:

Toda carta pode ser uma carta tema, mas as essas são as principais.
A distância que elas estão do consulente nos dizem muita coisa.
Coração: amor, vida afetiva. A distância em relação ao consulente vai mostrar muita coisa.
Anel: relacionamentos e compromissos firmados. Define as relações estáveis. Relações construídas e com
de vínculo afetivo. Não fala da “ficada”.
Peixes: dinheiro. Fala da vida financeira da pessoa.
Lua: trabalho.
Lírios: família.
Casa: lar.
Arvore: saúde. Se longe do consulente saúde está boa. A exceção para o caso de perto do consulente
estar duas dessas 3 cartas: Chicote, Caixão e Torre.
Navio: viagens
Navio: comercio e negócios
Urso: mãe (se o jogo tiver algo a dizer sobre a mãe, sairá uma Rainha acima e a direita até duas cartas do
Urso – será necessário falar dessa mãe para o Consulente). Se não vier essa Rainha também se vê a mãe
mas nada de importante. Nesse caso só se fala da mãe se o consulente perguntar.
Torre: pai (se o jogo tiver algo a dizer sobre o pai, sairá um Rei acima e a direita até duas cartas da Torre
– será necessário falar desse pai para o Consulente). Se não vier esse Rei também se vê o pai mas nada de
importante. Nesse caso só se fala do pai se o consulente perguntar.
Torre: justiça. Principalmente se sair a Torre e os Lírios juntos. Ou se perto houver as Cartas e o livro.
Nesse caso é questão de justiça mesmo.
Buquê: espiritualidade. Representa a espiritualidade porque é a Rainha de Espadas. A Rainha de espadas
é considerada o máximo da virtude na cartomancia tradicional alemã. Ela faz a conexão entre as pessoas
(mandando cartas...)
A Corte de Espadas é considerada a conexão com o divino: a Criança (Valete de Espadas) representa o
Jesus Menino e casal de Espadas é o casal divino e perfeito.
Os Lírios perto representa a espiritualidade dessa Trindade.
Se a espiritualidade for algo marcante para a consulente terá outra carta da Corte de Espadas junto do
buquê.
Obsessores: Quando são obsessores cármicos a lei da espiritualidade permite que ele atue sobre a pessoa
porque ela tem uma dívida com ele; ele tem permissão para obsediar. Esse obsessor não sairá no jogo
porque faz parte do destino e não tem o que ser feito.
Mas quando o obsessor cármico já cumpriu seu papel e está na hora de ser encaminhado, ele sai no jogo
para o Consulente tomar conhecimento e se proteger. Nesse caso deve-se ver o contexto pra ver o que
entidade espiritual está falando.
Cruz: fé. Não fala de espiritualidade, mas de fé.

MINI MESA REAL


HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Espelho Espelho

TEMA

Espelho Espelho

Destino Destino Destino


HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

MESA REAL – POSIÇÃO DO CONSULENTE

O primeiro passo a ser avaliado numa mesa real é a posição do consulente. A posição em que ele se
encontra fala muito do seu destino.
Quando se avalia a posição das cartas e os naipes que as rodeiam já se tem uma boa noção de como está a
vida da pessoa naquele momento.

Consulente nas Casas 17,18,25,26 (Esquerda da Mesa):

C C
C C

Excesso de futuro. O consulente está olhando pra o futuro e não está considerando as experiências e
referências adquiridas no passado. Só está pensando no futuro. Isso traz muita ansiedade. Pessoa
extremamente ansiosa que só olha para o futuro e não consegue ter consciência dos problemas que ela vai
passar para atingir o objetivo dela.
Vale pra qualquer carta tema.
Exemplo: se sai Peixes nessas posições diz que o consulente só está olhando para o futuro financeiro e
não está olhando para os aprendizados passados referentes ao dinheiro. O consulente não está lidando
bem com o dinheiro.

Consulente nas casas 23,24,31,32 (a direta da mesa):

C C
C C

Excesso de passado. O consulente só olha pra trás tentando resolver coisas que já vem a muito tempo na
vida dele. Está se sentindo paralisado e normalmente tem poucas alternativas de mudança. Se sente
bloqueado e nas mãos de outras pessoas. Refém do destino. Não tem muito o que fazer. Posição
paralisante. Depressão, peso do passado, não consegue se libertar do passado e olhar pra frente.
Vale pra qualquer carta tema.
Exemplo: se sai a Lua nessas posições diz que o consulente só está olhando para o passado ocorrido no
trabalho. Está pensando em organizar situações do passado que vêm de algum tempo (talvez anos), mas
só olha pra o passado sem pensar no futuro. Fica sem força pra tomar decisões. Pode até estar trabalhando
bem mas tende a ficar como está. Não mostra muita mudança.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Consulente nas Casas 2,3,4,5,6,7 (Acima da Mesa):

O consulente também está ansioso, mas como está no alto (as cartas de cima dominam as de baixo) existe
domínio da vida. Ele conhece a vida dele, sabe viver de acordo com os padrões dele. Isso não quer dizer
que esse domínio seja positivo. Às vezes a pessoa vive na dor, gosta da dor e prefere ficar na dor do que
buscar solução. Então não quer dizer que esteja feliz, mas que tem perfeito domínio da vida. Ele não tem
plano mental, não consegue planejar o dia-a-dia. Ela até pensa em termos de futuro distante, mas não está
pensando no dia-a-dia para chegar nesse futuro distante.
Exemplo: a pessoa pensa “no futuro quero morar na Austrália”, mas não faz nada pra realizar isso. Vai
levando a vida (“deixa a vida me levar”)
Potencialização dessa posição: Chicote nos pés. Tudo que está abaixo do chicote a pessoa domina. Ela
consegue mudar se ela quiser. Está no libre arbítrio dela.
Vale pra qualquer carta tema.

Consulente nas Casas 26,27,28,29,31,31 (Abaixo da Mesa):

O consulente está numa fase muito pesada. A mesa está pesando sobre a pessoa. Muitas coisas na cabeça.
Cabeça cheia. Vida muito no mental. Está se sentindo esmagada e pressionada pela vida. Fase muito
difícil, muita preocupação. Muitos medos.
Vale pra qualquer carta tema. As cartas que saem nessa posição mostram fase complicada naquela área.
Quando mais pra esquerda mais ansiosa, pressionada e olhando só para o futuro e quanto mais para a
direita mais pressionada, paralisada e olhando para o passado.
Exemplo: se sai Peixes nessas posições diz que o consulente está passando por pressão financeira.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Consulente na Linha do Destino (33,34,35,36):

VIDA
C

O consulente está desconectado da vida dele porque a vida está na parte de cima. A linha do destino é
uma linha extra. Então todas as cartas que saem nessa linha estão desconectadas das outras áreas da vida.
Consulente numa fase de oscilação entre depressão e euforia, muito emotivo.
Traz uma mensagem sobre o que a pessoa tem que olhar com cautela nos próximos meses.
Exemplo: se sai Peixes nessas posições diz que o consulente não está conectado com a energia do
dinheiro. Não sabe lidar com o dinheiro. Se sair com as Nuvens diz pra se olhar para o dinheiro com
cautela.

Consulente nas Casas 1,8,25,32 (Extremidades):

Sair nessa posição nunca é positivo e saudável. Algo errado.


Casa 1: casa do Cavaleiro: o consulente está com excesso de futuro, não está olhando as experiências do
passado, não está planejando o futuro, “deixa a vida me levar”. Ele espera uma notícia de alguém.
Casa 25 (casa do Aliança): o consulente está com excesso de futuro mas ligada a planos do passado. Olha
para o futuro sem perceber os percalços do caminho. Está muito mexido e não consegue ver possíveis
obstáculos pensando apenas em executar esse plano que ele tem para o futuro. Não é uma casa tão ruim
porque a tendência é o tempo trazer consciência ao consulente.
Casa 8 (casa do Caixão): o consulente está com stress muito grande. Quer desistir da vida ou de alguma
coisa. Pode até ser planejamento de suicídio. Se a Lua estiver nas três que estão em volta ou nos espelhos
se consegue saber que o problema é no trabalho.
Aliança na casa 1 e caixão na casa 25, a consulente não aguenta mais o marido. Pensa já em separação.
Casa 32 (casa da Lua): não se deve abrir a mesa. “Canto do desequilíbrio”. O consulente está
desequilibrado e não tem condições para ouvir a mesa. Se tiver um Chicote ou Foice na casa 8 espelhando
pode até ser que ele brigue por não aceitar marcar para outra data. Pedir que a pessoa tome uns banhos ou
faça uma limpeza e retorne em 7 dias ao menos.
A mesa vai falar tudo. É a pessoa que não está bem para aproveitar a consulta.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Consulente nas Casas 12,19,20,21 (Casas Centrais):

Casas 4,11, 13, 18, 22, 25, 26, 27, 28, 29, 30,31: são as melhores posições para o consulente sair. Mostra
que apesar dos problemas que vem enfrentando, conseguirá atingir a maturidade com o tempo.

Casas 12, 19, 20, 21: o consulente aprende com experiências do passado, amadurece com as vivências e
enxerga o futuro como uma consequência do equilíbrio entre passado e futuro, e entre livre arbítrio e
destino. Sinal de maturidade.
O consulente está vivendo a sua essência.
Vale pra qualquer carta tema.

Consulente na casa 36 (Casa da Cruz):

Na casa 36 mostra que existe uma turbulência ligada


a coisas muito antigas e do passado que o consulente
não consegue se livrar. Talvez projetos antigos,
casamentos que trazem dor e a pessoa não consegue
C se libertar, profissões que a pessoa não suporta mais,
mas não consegue se livrar. Uma ligação com algo do
passado que a pessoa quer se libertar e não consegue.
Consulente está preso a questões do passado e tem
uma dor profunda no emocional.
Além de todas as questões relacionadas a linha do
destino como a desconexão com a própria vida, as
oscilações de estado de humor. As cartas 2 e 9 vão
mostrar o que fez o consulente se desconectar
(Encadeamento).
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Consulente na Casa 35 (Casa da Âncora):

Na casa 35 mostra que o consulente tem uma falta de


aceitação com o corpo dele ou com a posição social
que ele ocupa. Algo no corpo de dele ou na condição
social que ocupa incomoda demais.
C Além de todas as questões relacionadas a linha do
destino como a desconexão com a própria vida, as
oscilações de estado de humor.
As cartas 2 e 9 vão mostrar o que fez o consulente se
desconectar (Encadeamento).

Consulente na Casa 34 (Casa dos Peixes):

Na casa 34 mostra que o consulente está anestesiado,


está desligado e desorientado como se tivesse levado
uma pancada na cabeça e estivesse sem saber o que
fazer e para onde ir. A pessoa não consegue ver a
C
vida com clareza.
As cartas 2 e 9 vão mostrar o que fez o consulente se
desconectar (Encadeamento).

Consulente na casa 33 (Casa da Chave):

Na casa 33 mostra que o consulente está tendo todas


as condições da linha do destino, mas está mais
conectado com a vida.
A tendência é que a pessoa logo consiga de conectar
C
novamente. Se tiver com cartas positivas no triângulo
acima dela, mostra que rapidamente conseguirá se
reconectar. Se o triangulo estiver negativo mostra que
talvez demore um pouco mais.
As cartas 2 e 9 vão mostrar o que fez o consulente se
desconectar (Encadeamento).
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

Exemplo 1:

LUA

O consulente está com todo o peso do passado (está embaixo) e tem maturidade para lidar com os
problema (meio das colunas). A lua na casa 1: Está vivendo o dia a dia da lua. Tem desejos mas não faz
nada para conquistar. Está vivendo dia após dia, sem planejamento de futuro.
Está à espera notícias na vida profissional.

Exemplo 2:

C ANEL

O consulente tem maturidade para lidar com as questões. Não tem muito peso em cima, nem muito peso
embaixo, analisa o passado, o presente e o futuro com pé na realidade. Centrado e tende ao equilíbrio.
Aliança na Casa 24:o relacionamento é pautado em situações do passado, em situações que ele já viveu.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

TEMPO NA MESA REAL

Estabelecer períodos para a Mesa Real que podem ser divididos em 4.


Exemplo: mesa para 4 meses cada tempo terá 1 mês. Mesa para 1 ano cada tempo terá 1 trimestre.

Tempo 3
Tempo 1

Tempo 4
Tempo 2
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

MESA REAL – TEMA

O tema da mesa nem sempre é o que o consulente veio perguntar, mas a situação que se encontra no meio
da mesa. É a situação ou a área que será marcante na vida do consulente no período da mesa. O tema é
definido pelas 4 cartas centrais espelhadas com as cartas das extremidades. Os espelhos vão mostrar
detalhes da situação central.

1 2 3 4 8
TEMA
25 32

Espelhamentos possíveis:
(1 +32) / (8 + 25) / (1 + 25) / (8 + 32) / (1 +25 +32) / (25 + 32 +8) / (32 + 8 +1)

Casa 4: fala do momento atual do consulente. Como ele está emocionalmente, como estão os
pensamentos e qual é a base dele naquele momento.

Casas 1,2,3 (MUITO 1MPORTANTE): como serão os próximos dias da pessoa. Pode-se
Espelhamento com 25,26 e 27: Detalhes da situação dos próximos dias.
Espelhamento com as 30, 31 e 32: consequência daquela situação inicial.
Quando vem cartas muito negativas nas casas 1,2 e 3 e nos espelhos vem cartas mais suaves, mostra que
tende a se amenizar aquele problema.
Mas existem situações em que não vai acontecer nada marcante; quando aparecem cartas muito neutras e
combinações que não mostram nenhum acontecimento marcante.
HELEN
CURSO DE LENORMAND- DOUGLAS DOMITI
EFFGEN

OBERVAÇÕES
TERAPIA
Montanha + Cruz: dor de cabeça
Cavaleiro: dor nas pernas

Limão Siciliano: 5 gotas 3 vezes ao dia (6 meses). Diminui obesidade, triglicerídeos, gordura no fígado.
Tudo relacionado a gordura excessiva no corpo.

Medicina Chinesa
Vitaforte
2 cápsulas ao dia durante as refeições: stress forte

Limpeza
Banho de sal grosso apenas uma vez por semana: mais do que isso faz buraco na aura porque tira todas as
energias (até mesmo as positivas).