Você está na página 1de 8

COMENTÁRIOS DA PROVA DE GEOGRAFIA - 1997 (1a Etapa)

- Elaborados pela CCV - UFC -

01. Os mapas servem para representar cartograficamente as informações do espaço geográfico de uma
região, país ou do globo terrestre conforme mostrado abaixo:

MAPA

De acordo com o mapa do Brasil exposto acima, é correto afirmar que:


a) estão visíveis as coordenadas geográficas e a escala gráfica, permitindo sua completa
interpretação;
b) há informações sobre a geomorfo logia e os solos do território brasileiro;
c) a escala indicada é uma relação entre a distância verdadeira no espaço geográfico e a distância
eqüivalente no mapa;
d) as isotermas indicadas cartograficamente demonstram o zoneamento climático do Brasil;
e) é possível um grande detalhamento de informações cartográficas uma vez que a escala do mapa
também é grande.

Comentários: A questão requer do candidato a interpretação de informações representadas em


mapas, como escala, coordenadas geográficas, isolinhas e o tema exposto cartograficamente, que é
a hidrografia.
Está correta a afirmativa c, onde define-se de forma acertada a relação entre distância verdadeira e
a distância representada no mapa através da escala.
Consideram-se erradas as alternativas a, b, d e e. Na alternativa a, porque no mapa em questão não
estão representadas as coordenadas geográficas; na b, o mapa representa informações sobre a
hidrografia do Brasil, e não sobre o relevo e solos; na d, não há nenhum tipo de isolinhas
compondo o mapa; e na e, o mapa não possui um bom nível de detalhamento de informações e sua
escala é pequena.
02. Entre as regiões brasileiras, a Amazônia é a de maior extensão territorial e onde as condições
ambientais estão melhor conservadas. Das alternativas abaixo, marque a que corretamente
caracteriza os aspectos geográficos dessa região:
a) as terras baixas ocupam a maioria de sua extensão, estando as de maior altitude situadas ao
norte da região no planalto das Guianas;
b) os rios são perenes e torrentosos ou caudalosos e intermitentes;
c) os solos são em geral muito férteis e apropriados para a agricultura convencional;
d) a biodiversidade é caracterizada por um pequeno número de espécies, representadas por grande
quantidade de indivíduos;
e) a pecuária e o extrativismo vegetal vêm-se desenvolvendo de forma integrada.

Comentários: A questão exige dos candidatos informações sobre as condições ambientais e os


processos de uso e ocupação da Região Amazônica.
Entre os itens expostos, a alternativa a é correta, uma vez que as áreas de planícies e terras baixas
predominam no domínio amazônico brasileiro e a zona de maiores altitudes compreende o espaço
ocupado pelo Planalto das Guianas.
Estão errados os itens b, c, d e e. O item b, porque os rios amazônicos dividem-se em dois grupos:
rios brancos ou claros e negros ou escuros; no item c, os solos amazônicos de uma forma geral não
são férteis e precisam de manejo adequado para serem agricolamente produtivos; no item d, a bio-
diversidade caracteriza-se ao contrário do afirmado, ou seja, por um número reduzido de
indivíduos e um grande número de espécies; e finalmente no item e, a pecuária desenvolvida na
Amazônica causa o desmatamento de extensas áreas, impossibilitando assim sua compatibilização
com a exploração dos recursos vegetais.

03. No que se refere às principais regiões tropicais do globo terrestre, está correto afirmar que:
a) o clima dessas regiões se divide em continental, oceânico e mediterrâneo;
b) dentre as formações vegetais dessas regiões destacam-se a taiga e as pradarias;
c) essas regiões estão localizadas em áreas de altas latitudes geográficas;
d) possuem grandes variações de temperaturas médias mensais ao longo do ano;
e) cerca de um terço da população mundial vive nessas áreas, onde há grandes florestas e o regime
fluvial é condicionado pelas chuvas.

Comentários: A questão requer conhecimentos sobre as zonas climáticas do planeta e mais


especificamente sobre as condições naturais e populacionais das regiões tropicais.
Considera-se a afirmativa e correta, uma vez que um terço da população mundial está em regiões
tropicais, principalmente concentradas no Sudeste Asiático (China, Índia, Vietnã e Camboja),
enquanto o clima tropical condiciona o regime dos rios pelas chuvas e favorece a formação de
grandes florestas.
Estão erradas os itens a, b, c, e d. No item a, as regiões temperadas que possuem climas divididos
em continentais, oceânicos e mediterrâneos; no item b, taiga e pradarias são biomas
respectivamente de climas frio e temperado; no item c, as regiões tropicais localizam-se em áreas
de baixas e médias latitudes; no item b, o clima tropical caracteriza-se por não ter grandes
variações de temperaturas médias mensais, como é típico do clima temperado.

04. Os tipos de rochas de um determinado espaço geográfico estão relacionados com o modelado do
relevo terrestre. Neste sentido, pode-se dizer que está correta a afirmativa:
a) a ação da erosão hídrica em rochas calcárias resulta na formação de grutas e rios subterrâneos;
b) os sedimentos arenosos acumulados nas praias são transportados pela ação dos ventos levando à
formação de planícies fluviais;
c) as rochas sedimentares, como o arenito, favorecem uma densa drenagem superficial;
d) inselbergs e pediplanos são formas de relevo típicas de regiões onde predominam rochas
sedimentares e clima úmido;
e) as rochas graníticas são decorrentes de derrames vulcânicos, e formam um relevo de planícies e
tabuleiros.

Comentários: A questão trata das relações entre os tipos de rochas e o modelado do relevo
terrestre.

A alternativa a, é correta, porque no relevo cárstico em função da erosão hídrica formam-se rios
subterrâneos e grutas com estalactites e estalagnites.
As alternativas b, c, d, e e estão erradas. Na b, os sedimentos arenosos transportados pela ação
eólica dão origem aos campos de dunas litorâneas; na c, em rochas sedimentares como o arenito há
um predomínio da infiltração hídrica sobre o escoamento superficial; na d, inselbergs e pediplanos
são formações características de litologia cristalina e clima semi-árido; na e, as rochas ígneas como
o granito são formadas através da consolidação interna do magma, ao contrário das rochas
vulcânicas formadas a partir do derramamento do magma, através das lavas.

05. Dentre as principais paisagens naturais do Brasil destaca-se, por sua extensão, o Domínio
Morfoclimático do Cerrado. Sobre ele, é correta a afirmação de que:
a) corresponde a região de clima subtropical e do Planalto Meridional do Brasil;
b) o principal aspecto de seu relevo é a presença de serras e intensos processos erosivos;
c) ocupa parte do Planalto da Borborema e da Chapada da Diamantina, ao sul da Bahia;
d) possui clima tropical e corresponde às áreas de chapadas e chapadões principalmente no
Planalto Central do Brasil;
e) os solos desse domínio possuem grande fertilidade natural.

Comentários: A questão exige conhecimentos sobre os Domínios Morfoclimáticos Brasileiros e


especificamente sobre o do Cerrado.
A afirmativa d está correta, pois o Cerrado situa-se na zona tropical, tendo como principais formas
de relevo, as chapadas e os chapadões.
As afirmativas a, b, c e e estão erradas. Na afirmativa a, o clima do Cerrado não é subtropical e o
Planalto Meridional do Brasil situa-se na região Sul, no Domínio das Araucárias; na afirmativa b,
há um predomínio geomorfológico de chapadas no Cerrado, estando ausentes as serras, que são
características de relevo com substrato cristalino; na afirmativa c, o Cerrado estende-se
principalmente no Brasil Central, distante portanto do Planalto da Borborema como também do sul
baiano; na afirmativa e, os solos desse domínio são de baixa fertilidade em função principalmente
dos intensos processos de lixiviação.

06. As altas montanhas são unidades de paisagem constituídas por um relevo relativamente jovem.
Sobre esta grande unidade de paisagem do globo terrestre, considere as seguintes afirmações:
I) sua vegetação é bastante heterogênea compartimentando-se por andares que variam de acordo
com as condições climáticas, influenciadas pelo relevo;
II) o continente australiano possui as maiores cadeias de montanhas com altitudes superiores a
4.000 metros, dentre elas destacando-se o Atlas;
III) geralmente ocorre em latitudes baixas e médias, sendo que a altitude lhe confere
características ambientais próprias, distintas das que são determinadas pelo clima zonal.
De acordo com as afirmações acima, pode-se dizer que:
a) as afirmações I, II e III estão corretas;
b) as afirmações II e III estão corretas;
c) as afirmações I e III estão corretas;
d) apenas a afirmação I está correta;
e) apenas a afirmação III está correta.

Comentários: A questão aborda as grandes unidades de paisagem do globo terrestre enfatizando


as condições geográficas das altas montanhas.
O item c está correto, porque nas altas montanhas há uma variação gradual da cobertura vegetal em
função da altimetria do relevo e as variações mesoclimáticas decorrentes. É certo também que esta
unidade ocorre em regiões de latitudes médias e baixas, onde diferenciam-se ambientalmente do
clima zonal (afirmações I e III).
Os itens a, b, d e e estão errados. No continente australiano não há cadeias de altas montanhas
como unidade de paisagem, enquanto ao Atlas, este localiza-se no norte da África (afirmação II).

07. No Sertão Nordestino, de clima semi-árido, é freqüente a ocorrência de períodos de secas e de


enchentes. Com relação a estes fenômenos, diz-se que:

I) a distribuição pluviométrica irregular ao longo dos meses é um dos principais fatores


climáticos para a ocorrência de secas e enchentes;
II) as grandes variações de temperaturas mensais e anuais no semi-árido nordestino também
contribuem para a ocorrência de secas;
III) devido a um planejamento regional adequado, as cidades de médio porte no Sertão Nordestino
não são afetadas por problemas decorrentes das enchentes, mas sim pelos efeitos das secas.
De acordo com o exposto acima, marque a opção correta:
a) as afirmações I, II e III são corretas;
b) apenas a afirmação I é correta;
c) apenas a afirmação III é correta;
d) as afirmações I e III são corretas;
e) as afirmações I e II são corretas.

Comentários: A questão analisa o Sertão Nordestino e suas condições climáticas, abordando ainda
os fenômenos das secas e enchentes.
O item b está correto. Devido a distribuição irregular das chuvas, intensificam-se em determinados
períodos as ocorrências de secas e enchentes (afirmação I).
Os itens a, c, d e e estão errados. As afirmações II e III estão equivocadas, não há grandes
variações nas médias de temperaturas no semi-árido, e a falta de um planejamento de ocupação
racional em áreas urbanas de médio porte com construções em faixas das planícies fluviais, leva à
intensificação dos problemas sócio-ambientais decorrentes das enchentes.

08. Na fase atual do capitalismo, uma de suas características é a formação de “blocos econômicos” ou
“blocos regionais” entre países, em várias partes do mundo. Sobre esta questão analise as seguintes
afirmações:

I) na Comunidade Européia (CEE), as empresas em geral passaram a atuar em mercados muito


mais amplos que sua nação de origem;
II) Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai são países membros de uma organização econômica
denominada de MERCOSUL;
III) a entrada do México no NAFTA vem favorecendo a integração cada vez maior deste país com
os demais países da América Latina, inclusive com o Brasil.

De acordo com as referidas afirmações, pode-se dizer que:


a) apenas a afirmação I é correta;
b) apenas a afirmação II é correta;
c) as afirmações I, II e III são corretas;
d) apenas as afirmações I e II são corretas;
e) apenas as afirmações II e III são corretas.

Comentários: A questão trata da formação de mercados comuns entre grupos de nações.


Está correto o item d que corresponde às afirmativas I e II. A afirmativa I está correta porque um
dos princípios básicos da Comunidade Européia (CEE) é o livre comércio entre os países
membros, ou seja, as mercadorias podem circular livremente sem pagar taxas alfandegárias. A
afirmativa II está correta porque a partir de 1991 foi criado o Mercado Comum do Sul
(MERCOSUL) formado por: Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.
São errados os itens a, b, c e e. A afirmativa III está errada porque com a entrada do México no
NAFTA (North America Free Trade Agreement) as suas relações comerciais foram intensificadas
com os Estados Unidos e o Canadá, isolando-o de certa forma dos seus antigos aliados econômicos
da América Latina, inclusive o Brasil.

09. Sobre as relações sociedade- natureza, no atual contexto mundial, pode-se afirmar que:

I) a partir da Revolução Industrial, os espaços produzidos pelo homem foram estruturados, em


sua maioria, objetivando a conservação dos recursos naturais;

II) com a expansão do capitalismo industrial a natureza passa a ser considerada como
“mercadoria” e as relações sociedade-natureza fundamentam-se na propriedade privada dos
meios de produção;
III) conservar a biodiversidade é condição básica para a manutenção de um ambiente equilibrado
no planeta.
De acordo com as afirmações acima, assinale a opção correta:
a) apenas a afirmação I é correta;
b) apenas a afirmação II é correta;
c) apenas as afirmações I e II são corretas;
d) apenas as afirmações II e III são corretas;
e) as afirmações I, II e III são corretas.

Comentários: A questão analisa as relações sociedade-natureza no atual contexto mundial.


Está correta a alternativa d que corresponde as afirmativas II e III. A afirmativa II porque na
sociedade capitalista a base econômica é a propriedade privada dos meios de produção. Por outro
lado, com o capitalismo a natureza passa a ser vista como fonte de recurso para a economia,
passando a ter um valor como “mercadoria”. A afirmativa III está correta porque conservar a
biodiversidade é essencial para a manutenção de um ambiente sadio no planeta. Os ecossistemas
mais complexos, com maior diversidade de espécies são aqueles com maior capacidade de
adaptação às mudanças ambientais.
Estão erradas as alternativas a, b, c e e. A afirmativa I está errada porque a degradação da natureza
embora tenha ocorrida em escala menor nas sociedades pré-industriais, é algo típico do avanço da
industrialização. Foi com a expansão do capitalismo que agravou-se a problemática da poluição
atmosférica, dos rios, dos oceanos e mares, a devastação das florestas, etc.

10. Sobre as fontes de energia é correto afirmar que:


a) as fontes renováveis de energia, tais como: a solar, a eólica e a geotérmica, apresentam sérios
problemas de poluição ambiental;
b) o risco dos acidentes nucleares e o destino do lixo atômico constituem-se problemas irrelevantes
para o ambiente;
c) o carvão mineral foi a fonte de energia básica na Primeira Revolução Industrial, enquanto o
petróleo foi a principal fonte energética na Segunda Revolução Industrial;
d) o aproveitamento da biomassa vegetal como fonte energética e a ampliação das áreas de cultivo
e pastagens pouco tem contribuído para a devastação das florestas do globo;
e) a prospeção do petróleo realiza-se principalmente nos planaltos continentais cristalinos.

Comentários: À questão refere-se as fontes de energia e sua utilização.


Está correta a alternativa c porque, na verdade, foi o carvão mineral a principal fonte de energia da
Primeira Revolução Industrial. Por outro lado, o petróleo torna-se a principal fonte energética da
Segunda Revolução Industrial.
Estão erradas as seguintes alternativas: a, b, d e e. A alternativa a porque a energia solar, a eólica e
a geotérmica são fontes renováveis de energia e não poluidoras; a alternativa b por serem tanto os
acidentes nucleares como a questão do lixo atômico graves problemas para o ambiente; a
alternativa d porque o aproveitamento da biomassa vegetal como fonte energética e a ampliação
das áreas de cultivo e pastagens são responsáveis pela devastação de grande parte das florestas do
globo e a alternativa e tendo em vista que, a prospeção de petróleo realiza-se, principalmente, em
bacias sedimentares, continentais ou marítimas.

11. Sobre a urbanização brasileira, pode-se afirmar que:


a) há semelhança no processo de urbanização do Brasil e dos países do chamado “Primeiro
Mundo”;
b) a intensa urbanização que vem ocorrendo no País se caracteriza pela concentração econômica e
demográfica nas grandes metrópoles;
c) o Brasil apresenta grande crescimento urbano sendo um dos países menos industrializados da
América Latina;
d) o crescimento das metrópoles brasileiras tem sido acompanhado de planejamento que atende as
necessidades da infra-estrutura urbana;

e) a urbanização brasileira ocorre através de um pequeno crescimento do setor terciário em relação


ao emprego nas atividades industriais.

Comentários: A questão requer conhecimentos sobre o processo de urbanização no Brasil.


É verdadeira a alternativa b pois se somarmos a população das nove principais cidades do país,
com suas respectivas áreas metropolitanas (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador,
Recife, Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba, Belém) verifica-se aí a concentração, em 1991, de 30%
da população total do país. Localizam- se também nestas áreas urbanas os principais investimentos
industriais, financeiros, comerciais e os maiores mercados consumidores.
São erradas as alternativas a, c, d e e. A alternativa a porque o processo de urbanização no Brasil
não é uma decorrência direta da industrialização como nos países industriais do chamado
“Primeiro Mundo”; a alternativa c, por ser o Brasil, um dos países mais industrializados da
América Latina; a alternativa d por serem graves os problemas de infra estrutura urbana nas
metrópoles brasileiras (saneamento básico, rede viária, habitação, etc.) atendendo apenas parte das
populações urbanas; a alternativa e por ser a urbanização brasileira ligada ao processo de
industrialização tardio ou dependente, onde o setor secundário tem ocupado pouca mão-de-obra. O
setor terciário ocupa o maior contingente apesar de se caracterizar por atividades de pequeno porte,
muitas vezes classificadas como subemprego.

12. Grandes transformações vêm ocorrendo na chamada moderna sociedade industrial, caracterizada
por uma “revolução técnico-científica” denominada de Terceira Revolução Industrial. A este
respeito é correto afirmar que:
a) atualmente, as regiões industriais de tecnologia de ponta localizam-se nas proximidades das
fontes de matérias-primas;
b) a siderurgia e a metalurgia são as principais atividades econômicas da Terceira Revolução
Industrial;
c) entre as técnicas essenciais da biotecnologia destacam-se a rotação de terras e culturas;
d) o desenvolvimento da pesquisa científica e da tecnologia mudou as relações de produção,
inclusive a nível das empresas;
e) a substituição do petróleo pela energia solar constitui-se uma das principais características da
Terceira Revolução Industrial.

Comentários: A questão trata da chamada terceira Revolução Industrial ou “revolução técnico-


científica” que vem acontecendo a partir das últimas décadas do século XX.
Está correta a alternativa d porque o desenvolvimento da pesquisa científica e da tecnologia
moderna vem proporcionando grandes mudanças nos métodos de produção, no consumo de novos
produtos industriais, na interligação dos mercados e nas relações entre as empresas.
Estão erradas as alternativas a, b, c, e e. A alternativa a porque atualmente, as regiões industriais de
tecnologia de ponta (informática, robotização, biotecnologia, química fina, etc.) estão relacionadas
aos centros de pesquisas, geralmente localizados nos grandes núcleos urbanos onde encontra-se
mão-de-obra especializada e não próxima às fontes de matérias-primas; a alternativa b porque a
siderurgia e a metalurgia foram os principais setores industriais da Segunda Revolução Industrial;
a alternativa c porque entre as técnicas essenciais da biotecnologia destacam-se a engenharia
genética e suas aplicações e não a rotação de terras e culturas; a alternativa e por ser o petróleo
ainda a fonte de energia principal para a moderna sociedade industrial. Os raios solares apesar do
grande potencial energético ainda são pouco utilizados como fonte de energia no mundo.

13. Sobre a questão agrária brasileira, é correto afirmar:


a) os grandes proprietários monopolizam a maioria das propriedades rurais, estando todas elas
exploradas de forma intensiva;
b) os conflitos pela terra no Brasil estão relacionados com o processo da concentração fundiária;
c) os pequenos proprietários de terras agrícolas possuem áreas suficientes para permitir vida
decente e boa alimentação a suas famílias;
d) com a expansão do capitalismo no campo, os grandes proprietários passaram a investir na
agricultura para o mercado interno;
e) as transformações que vêm ocorrendo nas relações de trabalho no campo brasileiro estão
relacionadas com os processos de divisão de terra para a reforma agrária.

Comentários: A questão trata da problemática agrária brasileira, onde salienta-se a extrema


concentração da propriedade e mudanças nas relações de trabalho no campo nos últimos anos.
Está correta a alternativa b uma vez que a falta de solução para o problema da concentração
fundiária no Brasil tem contribuído para a multiplicação dos conflitos pela terra no país.
Estão erradas as alternativas a, c, d e e. A alternativa a porque as grandes propriedades, os
latifúndios, não são exploradas de forma intensa. Referidas propriedades são, na sua maioria,
pouco exploradas, ficando muitas vezes à espera da especulação; a alternativa c porque os
pequenos proprietários têm uma condição de vida tão difícil que muitas vezes se vêem obrigados a
migrarem para as cidades em busca de melhores condições de vida. Muitos desses proprietários
trabalham, na época de colheitas, nas grandes propriedades, já que o rendimento que obtêm nos
seus minifúndios nem sempre é suficiente para o sustento da família; a alternativa d porque com a
expansão do capitalismo no campo, os melhores solos e os maiores investimentos estão voltados
para as culturas de exportação ou cultivos com fins industriais e não para a produção de alimentos
voltados para o mercado interno; a alternativa e referente ao aumento da mão-de-obra volante no
campo os “bóias-frias” está errada porque esse processo se dá não com a reforma agrária mas com
a modernização agrícola que vem diminuindo a necessidade de mão-de-obra permanente e
aumentando a necessidade de trabalho temporário que é conveniente ou necessária na época das
colheitas.

14. Quanto aos estudos regionais no Brasil, existe a proposta da divisão do país em três grandes
regiões geoeconômicas: Amazônia, Nordeste e Centro-Sul. A este respeito, assinale a alternativa
correta:
a) o Centro-Sul é o centro econômico e político do País, região mais industrializada, povoada e
urbanizada;
b) quando a economia nacional era baseada fundamentalmente na atividade agroexportadora havia
forte integração entre as diferentes regiões brasileiras;
c) as áreas sertanejas abrangem a maior parte da região Nordeste e possuem altas densidades
demográficas;
d) a Amazônia, onde predomina o clima subtropical, vem passando por enormes transformações
econômicas e sociais nos últimos anos;
e) as formas de exploração da região do Pantanal vêm atendendo às leis de proteção ambiental.

Comentários: A questão requer conhecimentos à respeito das diferenciações regionais no Brasil e


as mudanças que vêm ocorrendo no país nas últimas décadas.
É correta a alternativa a porque na região Centro-Sul encontra-se o “centro econômico” do país.
estão nesta região cinco das nove áreas metropolitanas, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte,
Curitiba e Porto Alegre, além de Brasília, capital político-administrativa. No Centro-Sul vivem 2/3
da população do país e se concentra a maior parte dos recursos econômicos nacionais.
Estão erradas as alternativas b, c, d e e. A alternativa b porque quando a economia nacional era
baseada no setor agro-exportador não havia forte integração entre as regiões brasileiras. Foi a partir
do crescimento industrial e com a implantação do sistema rodoviário que se dá o processo de
integração entre as regiões do país; a alternativa c porque as áreas sertanejas possuem baixas
densidades demográficas e a pecuária dominante é do tipo extensiva e não a pecuária intensiva; a
alternativa d porque o clima dominante na Amazônia é do tipo equatorial; a alternativa e porque
tem sido intensa a destruição da fauna no Pantanal, como por exemplo, as mortes dos jacarés para
a exportação de peles, além da poluição dos rios, desmatamentos e ocupação desordenada do
espaço.

15. Quanto à caracterização geográfica e ambiental do espaço cearense, destacam-se as seguintes


unidades: planície litorânea, maciços residuais, planaltos sedimentares e superfícies sertanejas.
Analise as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta:
a) a planície litorânea é a principal área de desenvolvimento de projetos turísticos, sendo que estes
atendem aos cuidados da preservação ambiental;
b) as superfícies sertanejas e os planaltos sedimentares são as áreas de maiores altitudes sendo
utilizadas principalmente para a exploração agrícola;
c) os maciços residuais compreendem as serras cristalinas, onde estão as maiores altitudes, as mais
baixas temperaturas médias anuais e os maiores índices pluviométricos do Estado;
d) nas superfícies sertanejas, também denominadas de “sertão semi-árido”, estão as áreas de maior
exploração do petróleo no Ceará;
e) entre os maciços residuais destaca-se a Chapada do Araripe, onde predominam as atividades
pecuárias.

Comentários: A questão analisa alguns aspectos geo-ambientais do espaço cearense.


Está correta a alternativa c pois os maciços residuais que compreendem as serras cristalinas, tais
como Baturité, Maranguape e Aratanha possuem as maiores altitudes no Ceará, as mais baixas
temperaturas médias anuais e os maiores índices pluviométricos do estado.
Estão erradas as alternativas a, b, d e e. A alternativa a porque os projetos turísticos que vêm sendo
desenvolvidos no litoral cearense, nem sempre atendem aos cuidados quanto à preservação
ambiental; a alternativa b porque as superfícies sertanejas são as áreas de menores altitudes no
estado, sendo ocupadas principalmente pela pecuária extensiva; a alternativa d porque as áreas de
maior exploração do petróleo no Ceará estão na planície litorânea, tabuleiro costeiro e plataforma
continental; a alternativa e porque a chapada do Araripe é um relevo sedimentar e não um maciço
residual, além de que, predominam nos maciços residuais as atividades agrícolas.

Você também pode gostar