Você está na página 1de 55

PROJETOS

INTERDISCIPLINARES
Guiões para o 9.º ano
25 propostas de trabalho interdisciplinar
Contributo de todas as disciplinas em todos os projetos
Elaborados no âmbito das Aprendizagens Essenciais
Pensados para desenvolver as Áreas de Competências
do Perfil dos Alunos
Título Projetos interdisciplinares – Guiões para o 9.º ano
9.º ano | 3.º Ciclo do Ensino Básico

Capa e design Raiz Editora

Maio | 2020

A Raiz Editora é uma marca


registada da Lisboa Editora, S. A.
Rua Professor Jorge da Silva Horta, 1
1500-499 Lisboa
Tel.: 21 843 09 10

LINHA DO PROFESSOR
707 224488
apoioprof@raizeditora.pt
www.raizeditora.pt
O que são os Projetos interdisciplinares?

Os Projetos interdisciplinares incluídos nesta publicação são sugestões de ativida-


des que os professores/as escolas podem adotar e desenvolver com os seus alunos
envolvendo as disciplinas de 9.º ano do 3.º ciclo do Ensino Básico, com uma duração
que pode ser tão longa quanto o ano letivo.

Ao definir os Projetos, foram tidos em consideração os seguintes aspetos:


• articulação disciplinar, que se concretiza na existência de elos fortes entre dis-
ciplinas que trabalham diretamente ou em simultâneo e em remissões para ou-
tras disciplinas (CD, CN, EF, EV, FQ, Geo, Hist, Ing, LE II, Mat, Port, TIC) quando
existe precedência de conhecimentos ou de procedimentos;
• trabalho colaborativo, espelhado no tipo de atividades apresentadas que po-
dem incluir trabalho entre pares de uma turma, de turmas diferentes da mesma
escola ou mesmo de turmas de escolas distintas;
• valores de cidadania, reconhecidos nas orientações curriculares e que são
muitas vezes o mote para a conceção das atividades, pela sua natureza transver-
sal e por conferirem um sentido especial às aprendizagens.

Consequentemente, todos os Projetos têm por base os Princípios, a Visão e os Va-


lores definidos no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, que se encon-
tram representados no esquema conceptual abaixo.

PRINCÍPIOS

DE COMPETÊNC Ap
be
r
REAS IAS re
Á
nd
a
•S

Linguagens
iza

e textos
ista

ge

Consciência Informação e
e domínio
m

comunicação
man

do corpo
• In
• Base hu

clusão •

Pensamento
Sensibilidade LORE
VALiberdade S
crítico e
estética e pensamento
artística criativo
Responsabilidade
e integridade
Cidadania e participação
S u s te n

ade

Excelência e exigência
Bem-estar, Raciocínio e
Curiosidade, reflexão
b il i d

saúde e resolução de
ambiente e inovação problemas
tab

sta
ili d

Saber científico,
•E

Desenvolvimento
técnico e
ad

pessoal e
tecnológico
ia

autonomia
e

Relacionamento
ad

interpessoal
•C

oe
us


nc e eo
ia e ad
f l ex li d
i b il i d a d t a bi
e • Ad a p

Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Direção-Geral da Educação, 2017

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 3


A forma de orientar a ação educativa preconizada neste documento parte também
da definição de Áreas de Competências – «combinações complexas de conhecimen-
tos, capacidades e atitudes que permitem uma efetiva ação humana em contextos
diversificados» – que se querem desenvolvidas nos alunos.

As Áreas de Competências do Perfil dos Alunos trabalhadas em cada Projeto são


mencionadas sob a forma de letras, reproduzindo a nomenclatura usada nos docu-
mentos curriculares:

Áreas de Competências do Perfil dos Alunos

A B C D E F G H I J

A Linguagens e textos F Desenvolvimento pessoal e autonomia


B Informação e comunicação G Bem-estar, saúde e ambiente
C Raciocínio e resolução de problemas H Sensibilidade estética e artística
D Pensamento crítico e pensamento criativo I Saber científico, técnico e tecnológico
E Relacionamento interpessoal J Consciência e domínio do corpo

De uma forma geral, as propostas apresentadas permitem o desenvolvimento de


todas as competências definidas no Perfil dos Alunos; porém, esse contributo pode
ser mais ou menos significativo em função das opções metodológicas do(s) profes-
sor(es).

As Aprendizagens Essenciais para o 9.º ano de escolaridade foram tidas em conta


no desenho das atividades, possibilitando aos professores o cumprimento dos obje-
tivos do currículo em cenários de aprendizagem ativa e integrada, uma vez que são
explorados pontos de contacto entre as áreas de saber específico.

Procurou-se, assim, sugerir projetos abrangentes e flexíveis para que sejam adap-
táveis à realidade de cada escola, de cada turma e de cada grupo de professores
envolvido.

Esperamos que esta publicação seja uma boa ferramenta para o seu trabalho letivo.
Foi essa a nossa motivação.

A Raiz Editora

4 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Índice

A jogar, aprendo ............................................................................. 6

A moda sou eu! ............................................................................... 8

A união faz a força .......................................................................... 10

Abaixo as ditaduras! ....................................................................... 12

Adivinhas a password? ..................................................................... 14

Água, o «ouro azul» ........................................................................ 16

Chernobyl: longe, mas perto ............................................................ 18

Compreender para empreender ......................................................... 20

Dar a volta ao lixo .......................................................................... 22

Em breve serei um adulto ................................................................. 24

Falar para o boneco ........................................................................ 26

Há vida além do telemóvel ............................................................... 28

Mistério na escola ........................................................................... 30

O que é isto do consumo? ................................................................ 32

O que vamos comer amanhã? .......................................................... 34

Orienta-te! ...................................................................................... 36

Os «loucos anos 20» ....................................................................... 38

O(s) mundo(s) a que pertencemos .................................................... 40

Os verificadores .............................................................................. 42

Pensar o meu futuro ........................................................................ 44

Ponto de equilíbrio .......................................................................... 46

Presidente por um dia ...................................................................... 48

Que filme! ....................................................................................... 50

Todos diferentes, todos iguais! ......................................................... 52

Tremer por dentro ........................................................................... 54

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 5


A jogar, aprendo
Produto final
9. ano
o
Dinamização da «Semana do Jogo de Tabuleiro», trabalhando competências
e objetivos das várias disciplinas.

Cidadania e Desenvolvimento
Organizar e dinamizar a «Semana do Jogo Matemática
de Tabuleiro», durante a qual os alunos
Debater, em conjunto com CD, o valor do
podem jogar diferentes jogos de tabuleiro,
dinheiro (taxas de câmbio) e a responsabili-
trabalhando os conteúdos das disciplinas.
dade económica, relacionando despesas e
Discutir o papel do jogo na aprendizagem, rendimentos e identificando fontes de ren-
abordando também os seguintes pontos: dimento.
– a importância de aceitar e contribuir
Jogar Monopólio: aplicar as conclusões do
para as regras do jogo;
debate, calcular probabilidades e comparar
– saber gerir as emoções e respeitar as
a probabilidade de alguns acontecimentos fa-
emoções dos outros;
voráveis ou desfavoráveis para os jogadores.
– avaliar os efeitos de diferentes ativida-
des recreativas no bem-estar;
– conhecer os benefícios da interrupção
do comportamento sedentário.

Língua Estrangeira II
Adaptar o jogo Stop a situações do quoti-
diano, do mundo do trabalho e do lazer.
Inglês Jogar ao Stop, preenchendo todas as
Escolher uma área temática trabalhada na secções com palavras iniciadas pelas letras
disciplina e jogar Scrabble como forma de escolhidas.
desenvolvimento lexical. Promover a troca de ideias sobre as
Preparar e fazer uma apresentação oral situações selecionadas.
à turma sobre o vocabulário aprendido
durante o jogo.

Educação Visual
Adaptar o jogo Pictionary, de modo a inci- Ciências Naturais
dir nas manifestações culturais do patrimó-
Construir e personalizar, com apoio de EV,
nio local e global.
os materiais do jogo O Sabichão: adequar
Jogar, utilizando diferentes materiais aos conteúdos de um tema trabalhado na
na produção dos desenhos e articulando disciplina.
os conceitos abordados na disciplina.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Jogar e levar o aluno a interrogar-se sobre


o seu conhecimento prévio dos conteúdos,
organizando questões sobre conteúdos a
estudar, no final do jogo.

6 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Descobrir o jogo como fonte de entretenimento e de aprendizagem,
através do desenvolvimento de competências sociais, cognitivas A B C D E
e afetivas.
Resolver situações-problema, com recurso a diferentes estratégias. F G H I J

História
Fazer uma apresentação multimédia sobre
os seguintes conteúdos:
– Que circunstâncias originaram
a II Guerra Mundial?
– Quais foram as principais fases
da II Guerra Mundial? Geografia
– Quais foram as principais consequências
Adaptar o jogo Trivial Pursuit aos conteú-
da II Guerra Mundial?
dos da disciplina, criando diversas ques-
Adequar o jogo Risco aos conteúdos tra- tões para três categorias:
balhados na apresentação multimédia e – Clima;
jogar. – Riscos e catástrofes naturais;
– Alterações ao ambiente natural.
Jogar em conjunto com FQ.

Físico-Química
Adaptar o jogo Trivial Pursuit aos conteúdos
da disciplina, criando diversas questões
Português
para três categorias:
– Movimentos na Terra; Desenvolver uma versão do jogo Party & Co
– Eletricidade; relacionada com a peça Auto da Barca do
– Classificação dos materiais. Inferno: criar perguntas sobre os atos, as
cenas, a ação, as personagens, o espaço,
Jogar em conjunto com Geo.
o tempo, a linguagem, a forma poética, o
cómico, o contexto histórico, entre outros.
Jogar e, sempre que surgir a opção «Imita»,
fazer breves encenações.

Educação Física
Jogar Twister. Tecnologias de Informação
Organizar batalhas de dois jogadores e Comunicação
e desenvolver capacidades motoras, como
Produzir uma aplicação para dispositivos
a força, a flexibilidade e a destreza geral.
móveis para votação e apuramento do jogo
de tabuleiro preferido dos alunos.
Divulgar os resultados pela comunidade
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

escolar, utilizando as ferramentas digitais


mais adequadas.
Desenvolver o jogo mais votado, recorrendo
a ferramentas digitais.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 7


A moda sou eu!
Produto final
9. anoo
Realização de uma passagem de modelos com construção de cenário, colocando
o foco nas diversas compleições físicas que o corpo humano pode assumir.

Cidadania e Desenvolvimento
Conceber e organizar a passagem de mo-
delos, tendo em conta o seguinte pressu-
posto: o conjunto dos alunos que vão des-
filar deve representar o mais possível a Tecnologias de Informação
diversidade de compleições físicas. e Comunicação
Debater, com CN, as questões de educa- Pesquisar na internet:
ção alimentar e o risco de determinados – artigos sobre problemas alimentares
comportamentos e consequente ocorrên- entre modelos e profissionais de televi-
cia de danos físicos, psicológicos, sociais são;
ou morais. – imagens impactantes de jovens com
anorexia nervosa;
– anúncios publicitários que mostrem
«corpos reais» e selecionar imagens que
contrastem com aquelas escolhidas na
pesquisa anterior.
Ciências Naturais Debater, em conjunto com CN, o tema
Refletir sobre o modo como alguns distúr- «Moda e autoimagem».
bios alimentares – anorexia nervosa, buli- Apoiar as pesquisas nas restantes discipli-
mia nervosa e compulsão alimentar – nas.
podem afetar o equilíbrio do organismo.
Procurar as soluções tecnológicas mais efi-
Relacionar a alimentação saudável com cazes para divulgação do evento e para
a prevenção de doenças. partilha de ideias, sentimentos, informa-
Debater o tema «O peso da comunicação ções ou factos entre os alunos.
social na construção da autoimagem», em
conjunto com CD.

Educação Visual
Selecionar, após as pesquisas em TIC e Físico-Química
Geo, as imagens mais significativas, tendo Planificar e montar um circuito elétrico
em conta o seu poder visual para coloca- simples para o cenário, que acentue o
ção no cenário. contraste entre as fotografias escolhidas
Criar e construir o cenário e o espaço em EV, tendo em conta as regras básicas
onde os «modelos» vão desfilar, em de segurança.
conjunto com Hist, TIC e FQ.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Desenhar e conceber as roupas para a


passagem de modelos, tendo em conta os
conceitos de espaço, volume, cor e movi-
mento.

8 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Analisar a importância da imagem na sociedade e refletir sobre as
consequências dos distúrbios alimentares. A B C D E
Valorizar a diversidade de compleições físicas, contribuindo para
uma autoimagem positiva. F G H I J

História
Relacionar as alterações político-económi-
cas e socioculturais europeias do início do
século XX com o aparecimento de novas Matemática
correntes artísticas, com enfoque no Neo-
Colaborar com Hist, no estudo geomé-
plasticismo.
trico das formas que se integram no movi-
Pesquisar sobre a obra de Piet Mondrian mento artístico Neoplasticismo, analisando
de forma a utilizar as cores nos figurinos e as obras de Piet Mondrian, entre outros.
as formas geométricas na construção do
cenário, em conjunto com TIC, EV e FQ.

Educação Física
Refletir sobre desporto e saúde e identifi-
car fatores associados a um estilo de vida
Geografia saudável.
Comparar os valores do Índice de Bem- Conceber, com base na reflexão anterior,
-Estar com a percentagem de população uma pequena performance (que deve
subnutrida de determinados países. incluir dança ou patinagem ou ginástica
Analisar a fome e a subnutrição enquanto rítmica) que sirva de abertura à passagem
obstáculos ao desenvolvimento, apresen- de modelos.
tando estratégias para a resolução destes
problemas.
Escolher imagens que exprimam os con-
trastes contidos nesses conceitos, inte- Português
grando-as de forma lógica no cenário,
Elaborar, em conjunto com TIC e CN, um
aproveitando também este projeto para
anúncio publicitário que alerte os jovens para
consciencializar a comunidade para este
os problemas das doenças do foro alimentar.
tipo de problemas.
Exibir o anúncio no intervalo da passagem de
modelos.

Inglês
Língua Estrangeira II
Desenvolver as áreas vocabulares relativas
Desenvolver as áreas vocabulares relativas
ao tema que contextualiza a passagem
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

ao tema que contextualiza a passagem de


de modelos.
modelos.
Colaborar com TIC na divulgação
Colaborar com TIC na divulgação do evento
do evento em língua inglesa.
na língua estudada.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 9


A união faz a força
Produto final
9. anoo
Criação, na escola, de associações de alunos: científicas, culturais, desportivas,
de recreio…, promovendo o voluntariado.

Cidadania e Desenvolvimento Geografia


Visitar associações culturais, desportivas Conhecer os Objetivos de Desenvolvimento
ou científicas que existam na região da es- Sustentável (ODS).
cola e conhecer a sua história, objetivos e Investigar sobre a situação da região a que
associados. Fazer uma apresentação oral pertence a escola, no que respeita às
sobre uma das associações visitadas. metas definidas em cada ODS, e desenvol-
Propor e implementar na escola, em ver uma campanha na comunidade escolar
articulação com as restantes disciplinas, de divulgação dos dados recolhidos.
associações: Participar, em regime de voluntariado,
– de desporto; em associações ou cooperar com institui-
– de lazer; ções regionais de solidariedade que vão
– bancos de horas; ao encontro das conclusões alcançadas
– outras. no ponto anterior.

Matemática Educação Visual


Criar uma associação cultural com vista à
Criar um «Banco de horas» na escola que
partilha de conhecimentos e experiências
forneça, por exemplo, apoio escolar aos
artísticas.
colegas e/ou famílias de colegas. Propor
um plano para gestão do «Banco de horas» Elaborar os logótipos para as associações
e das disponibilidades apresentadas por criadas, tendo como base o tipo de associa-
cada aluno/sócio. ção ou a disciplina responsável.
Apoiar EV na criação do logótipo para o Apoiar a criação de materiais físicos de
«Banco de horas», recorrendo a conheci- divulgação das associações.
mentos sobre figuras e lugares geométricos.

Físico-Química História
Conhecer exemplos de «associativismo»:
Participar no «Banco de horas» com acon-
o papel das associações de trabalhadores
selhamento sobre potência de aparelhos
no início do século XX, os «não alinhados»
elétricos, implicações em termos energéti-
e a luta de emancipação dos povos coloni-
cos e consumo sustentável.
zados, a CEE no pós-II Guerra Mundial,
Fornecer ao «Banco de horas» tempo de entre outros. Pesquisar fontes ou informa-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

apoio escolar. ção sobre o assunto.


Apresentar oralmente um relatório da
pesquisa.
Fornecer ao «Banco de horas» tempo de
apoio escolar.

10 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Perceber o associativismo: compreender que trabalhando em
conjunto e partilhando ideias conseguimos criar impacto no mundo A B C D E
à nossa volta.
Promover a iniciativa e o voluntariado. F G H I J

Inglês
Pesquisar informação sobre Baden Powell
– estudar o escotismo e as associações de
Tecnologias de Informação escoteiros em Portugal.
e Comunicação Criar uma associação de recreio na escola
Identificar os meios/aplicações mais e definir áreas de atuação – apoio aos mais
adequados para gerir e divulgar as asso- necessitados, voluntariado, etc.
ciações da escola, nomeadamente nas
redes sociais.
Contactar bloggers e influencers que exis-
tam na comunidade e pedir o seu apoio
Língua Estrangeira II
na divulgação das várias associações
criadas, bem como dos eventos Participar na associação criada em Ing,
a organizar. colaborando na sua divulgação – por
exemplo, através de flyers, cartazes ou
anúncios bilingues no jornal da escola.

Educação Física
Participar no clube de desporto da escola
ou criar um, se não existir.
Criar uma comissão de alunos para organi-
zar um torneio de uma das modalidades
de desportos de equipa estudadas,
contactando outras escolas da região. Ciências Naturais
Conhecer associações de beneficiência
relacionadas com a saúde: de voluntariado
em hospitais, Banco alimentar, de dadores
de sangue, entre outras.
Português Criar uma campanha de angariação de vo-
Lembrar as características do texto luntários para participação em associações
dramático, a partir da leitura do auto do género que existam na região.
de Gil Vicente estudado.
Participar no clube de teatro da escola
ou criar um, se não existir.
Ensaiar o auto de Gil Vicente ou outra
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

peça e preparar a sua apresentação à


comunidade.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 11


Abaixo as ditaduras!
Produto final

9. anoo Comemoração do Dia da Liberdade, 25 de abril, com realização de uma cimeira


com conferências, espetáculos e exposições dos trabalhos feitos no âmbito
deste projeto.

Cidadania e Desenvolvimento História


Debater, com Hist, os tópicos: Definir ditadura. Conhecer as ditadu-
– As ditaduras não são só regimes do passado – ras europeias do século XX e como se
identificar regimes totalitários atuais. vivia em ditadura.
– Razões históricas para que um regime ditatorial Definir democracia e regime democrá-
se instale – por exemplo, conhecer as causas da tico, com exemplos conhecidos dos
implantação do Estado Novo. alunos.
– Viver em ditadura – conhecer os limites impos- Pesquisar cartazes ou outro tipo de
tos aos indivíduos. propaganda do Estado Novo e fazer
Organizar a cimeira aberta a toda a comunidade, a sua análise como fontes históricas.
integrando conferências, palestras, debates, es- Perceber os meios usados pelo «re-
petáculos e vídeos desenvolvidos nas várias disci- gime» para difundir os seus valores
plinas. e princípios. Comparar com a propa-
Promover uma conferência sobre «Viver em dita- ganda produzida por outros regimes
dura vs. viver em liberdade», convidando perso- ditatoriais.
nalidades das áreas da Arte, História, Política e Participar com EF e Port na apresenta-
Administração Local. ção: adereços, moda, etc.

Geografia Português
Pesquisar sobre o IDH, o IDG ou outros indicado- Analisar, com Hist, propaganda do Es-
res de desenvolvimento de países com regimes tado Novo: perceber o tipo de texto e
políticos democráticos e totalitários. as estratégias de persuasão utilizadas.
Imaginar soluções para colmatar os desequilí- Ler o poema «Porque», de Sophia de
brios, a partir das conclusões de Mat. Mello Breyner Andresen. A partir do
Fazer, com Mat, uma apresentação multimédia poema, fazer o guião de um filme,
para a cimeira. dança ou outro modo de expressão.
Com EF, preparar uma apresentação.

Matemática
Construir gráficos com os valores pesquisados em Educação Física
Geo que permitam comparar o grau de desenvol- Coreografar a peça feita em Port, inte-
vimento dos países. grando movimentos ou passos de
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Apresentar conclusões e possíveis relações com danças estudadas.


os regimes políticos dos países. Apresentar à comunidade, na cimeira.

12 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Relacionar regimes totalitários com crises económicas e sociais DO PERFIL DOS ALUNOS
e com o papel da propaganda política junto da opinião pública.
Promover a reflexão sobre os regimes ditatoriais em contraponto A B C D E
com os democráticos, a fim de reconhecer a importância dos valores
de cidadania na sociedade democrática. F G H I J

Físico-Química
Investigar e estabelecer a relação entre
Inglês «arte degenerada», Albert Einstein, Max
Pesquisar sobre o sistema político britâ- Born e Max Delbrück, relacionando estes
nico e produzir uma apresentação oral tópicos também com o Prémio Nobel.
suportada numa apresentação multimédia Apresentar a biografia e o trabalho de um
com os resultados da pesquisa. cientista agraciado com o Prémio Nobel.
Organizar, com CD, a cimeira: em função
dos temas a debater, convidar os conferen-
cistas.

Ciências Naturais
Debater a evolução do conhecimento
científico e da tecnologia na identificação
de doenças e de métodos para o seu
diagnóstico e cura, relacionando com o
Língua Estrangeira II Prémio Nobel de Egas Moniz.
Produzir uma apresentação multimédia Apresentar a biografia e o trabalho de
sobre a existência de ditaduras num país Egas Moniz, abordando o contexto político
da língua estudada, identificando protago- e social em que viveu.
nistas políticos. Produzir, com FQ e com o apoio de TIC,
um vídeo para a cimeira sobre a evolução
do conhecimento científico e os Prémios
Nobel.

Educação Visual
Conhecer obras de «arte degenerada».
Com base na pesquisa de FQ, perceber e
explicitar o «rótulo» que receberam. Tecnologias de Informação
Pesquisar informação sobre os movimentos e Comunicação
/correntes artísticos cujas obras foram cata- Apresentar e partilhar a cimeira, em tempo
logadas como «arte degenerada». real, nas redes sociais da escola, utilizando
Produzir, com Hist, o cenário, adereços e os meios digitais de comunicação e cola-
fatos para a peça de EF, tendo como inspi- boração mais adequados.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

ração obras de «arte degenerada» analisa- Apoiar a realização da cimeira com a pro-
das. jeção de apresentações multimédia que
incluam os textos que estão a ser apresen-
tados e imagens ou sons de apoio.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 13


Adivinhas a password?
Produto final

9. anoo Comemoração do Dia Internacional da Internet Segura, 11 de fevereiro, com


a dinamização de atividades de sensibilização no âmbito da literacia digital
e segurança online.

Cidadania e Desenvolvimento
Organizar e divulgar, com TIC, os eventos Tecnologias de Informação
do dia comemorativo: e Comunicação
– distribuição do folheto de Geo, de forma Recordar a importância da segurança online,
planeada; refletindo sobre a quantidade de informação
– apresentação de Port; pessoal que é solicitada, ainda que de acesso
– ações de voluntariado para apoiar restrito e sob o uso de uma password.
a instalação das aplicações de telemóvel Refletir, com CN e Hist, sobre as comodida-
(apps) divulgadas no folheto de Geo e des para os cidadãos associadas aos acessos
explicar o seu funcionamento; online, via website ou app, ao Portal das Fi-
– exposição temática de EV; nanças, ao Serviço Nacional de Saúde (SNS),
– torneio «Adivinhas a password?» a instituições bancárias, a lojas, etc.
de Mat e FQ.
Investigar sobre regras para criação de
passwords seguras.
Selecionar informação relevante, e apoiar
a realização das diferentes iniciativas do
projeto.

Ciências Naturais
Pesquisar sobre os serviços online
disponibilizados pelo SNS, no âmbito de
estratégias de atuação na promoção da
saúde individual, familiar e comunitária, e
se estes carecem de password de acesso.
Refletir sobre as vantagens da marcação e
realização online de consultas médicas.

História
Entender a internet e as compras online
como instrumento de globalização.
Geografia
Compreender, nesse contexto, a importân-
Pesquisar e testar, com CN e EF, apps que
cia do uso de passwords seguras.
possam ser entendidas como fatores de
desenvolvimento humano e que sejam
promotoras de qualidade de vida.
Selecionar, com Hist e EF, uma lista de
apps a divulgar à comunidade escolar, Educação Física
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

descrevendo de forma breve a sua utili- Pesquisar e testar apps que possam contri-
dade. buir para o desenvolvimento das capacida-
Criar um folheto com esta informação. des motoras e para um estilo de vida sau-
dável.

14 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS

Objetivos A B C D E
Valorizar o uso da internet de forma segura.
Aprender estratégias de escolha de uma password segura. F G H I J

Português
Preparar uma apresentação oral à comuni-
dade escolar sobre a importância de uma
password segura, quais as suas caracterís-
ticas e como escolhê-la, a partir da infor- Língua Estrangeira II
mação recolhida em TIC. Elencar as palavras na língua estudada que
constam da lista.
Trabalhar estas palavras de modo a forne-
cer a EV um contexto que possa contribuir
para a sua criação e interpretação expres-
Inglês siva.
Valorizar o domínio da língua inglesa como
forma de alargar as fontes de informação e
de pesquisa sobre segurança de passwords.
Analisar, com Port e LEII, as palavras mais Matemática
usadas como password. Organizar o torneio interturmas «Adivinhas
Trabalhar estas palavras de modo a fornecer a password?»:
a EV um contexto que possa contribuir para – cada turma seleciona uma password
a sua criação e interpretação expressiva. desafiando as outras a adivinhá-la,
devendo fornecer pistas matemáticas
para o efeito;
– cada turma que acertar ganha 3 pon-
tos, tal como a turma «proprietária» da
password; se todas as turmas acerta-
Educação Visual rem ou nenhuma acertar, todas as tur-
mas ganham 2 pontos, exceto a turma
Trabalhar as palavras fornecidas, interpre-
«proprietária», que não ganha nenhum.
tando-as de forma expressiva através de
diversos materiais, suportes e técnicas.
Dinamizar uma exposição com as criações,
alertando para que tais palavras não sejam
usadas como password, por não oferece-
rem bons níveis de segurança. Físico-Química
Investigar sobre a vulnerabilidade, em ter-
mos de segurança online, de todos os re-
cetores elétricos do quotidiano que estão
ligados à internet e que podem ser contro-
lados à distância ou que têm sistemas de
reconhecimento de voz.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Contribuir com informação relevante para


o folheto de Geo.
Colaborar, com Mat, na dinamização da
batalha interturmas de passwords.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 15


Água, o «ouro azul»
Produto final

9. anoo Realização do evento «Os Jogos da Água», aberto à comunidade escolar,


para apresentação de campanha de apelo a um consumo sustentado
e sustentável da água.

Geografia
Cidadania e Desenvolvimento
Pesquisar informação sobre os elementos
do clima, em estações meteorológicas de Fazer em grupo, com o apoio de Geo, um
diferentes países, e elaborar gráficos ter- estudo comparativo do uso e valor da
mopluviométricos. água em diferentes sociedades. Apresen-
tar as conclusões à turma.
Descrever e analisar o comportamento da
precipitação tendo em conta a utilização Debater o valor da água e a necessidade
e o valor da água nos países estudados. de um consumo sustentável. Depois, defi-
nir, em grupo-turma, regras para um con-
Identificar soluções que contribuam
sumo sustentado e sustentável da água.
para reduzir o impacte ambiental das
atividades humanas ao nível da poluição Preparar e apresentar uma campanha inte-
da hidrosfera. grada nos «Jogos de Água», apelando a
um consumo sustentado deste recurso.

Tecnologias de Informação
e Comunicação
Inglês Apoiar e participar na divulgação do evento,
Pesquisar hábitos e estilos de vida e de con- utilizando os meios digitais de comunicação
sumo de água. e colaboração mais adequados.
Propor slogans, cartazes e outros materiais, Produzir uma aplicação para dispositivos mó-
a partir das pesquisas feitas, que possam veis que desencadeie alertas contra o des-
ser usados na campanha para reduzir o des- perdício de água em situações quotidianas
perdício de água, fomentando um consumo que impliquem o consumo desse recurso.
informado, jogando com frases e expres-
sões idiomáticas, em inglês e português.

Educação Visual
Apoiar, em articulação com TIC, a organiza-
Língua Estrangeira II ção do evento e de materiais de divulgação,
Propor slogans, cartazes e outros mate- como folhetos digitais.
riais, trabalhando com Ing, traduzidos Refletir sobre manifestações artísticas com
também para a língua estudada. base na Natureza – Land Art –, e produzir
Apresentar no dia dos Jogos. uma composição plástica dentro do recinto
da escola que se insira nesta corrente, mas
utilizando ou representando a água.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Organizar uma exposição para o dia do


evento, com um percurso pelas composi-
ções produzidas.

16 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos
Promover a consciencialização para a importância da água e como ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
os nossos comportamentos individuais e em sociedade influenciarão DO PERFIL DOS ALUNOS
o acesso das próximas gerações a este recurso.
Entender que a participação em campanhas, nomeadamente de A B C D E
sensibilização, é uma forma de cidadania ativa e de corresponsabili-
zação no desenvolvimento. F G H I J

Educação Física
Promover os «Jogos da Água» imaginando atividades feitas com ou a propósito da água.
Convidar a piscina municipal a participar no evento, com a organização de jogos aquáticos.

Físico-Química
Compreender a Lei de Arquimedes e veri- Matemática
ficá-la experimentalmente. Constituir a comissão arbitral do campeo-
Imaginar atividades ou selecionar jogos de nato e realizar registos de desempenho
equipa que incluam objetos flutuantes, das equipas para, posteriormente, comuni-
aplicando os conhecimentos aprendidos car estatísticas sobre os jogos decorridos,
sobre a Lei de Arquimedes. os resultados e os vencedores.
Prevenir o desperdício de água nas ativida-
des imaginadas para o evento – apresentar
soluções, se necessário.
Português
Conhecer as características do texto
dramático.
Produzir, com base nas pesquisas de
Hist, um texto dramático contando o
que poderia acontecer se houvesse um
«choque» provocado pela falta de água.
História
Apresentar a dramatização no evento,
Discutir e concluir: Porque se diz que a água
antes do início dos Jogos.
é o «ouro azul»? Já houve outros recursos
tão valorizados como o ouro? Listar os recur-
sos mais valorizados em diferentes épocas.
Pesquisar informação sobre o petróleo, um
Ciências Naturais recurso que vale ouro, e sobre os impactes
Debater a importância da água e da sua dos choques petrolíferos nas economias
qualidade na saúde humana. mundiais. Escolher um dos países afetados e
apresentar a informação recolhida.
Participar no texto de Port com:
– consultoria científica sobre os riscos Simular, com Port, um «choque» de falta de
para a sobrevivência humana e de ou- água e apresentar cenários de futuro, com
sugestões de resolução.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

tros animais que um cenário de carência


de água comportaria;
– pesquisa sobre situações similares já
ocorridas, como a que aconteceu na Ci-
dade do Cabo (África do Sul) em 2018.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 17


Chernobyl: longe,
mas perto
Produto final
9. ano o
Elaboração de uma exposição com experiências sensoriais sobre o tema
da energia nuclear.

Físico-Química Educação Visual


Pesquisar sobre a energia nuclear:
Proceder à montagem de uma exposição
– O que é?
sensorial, de acordo com os seguintes pres-
– Como funciona?
supostos:
– Para que serve?
– escolher uma sala onde se defina um cir-
Elaborar cartazes, com ajuda de EV, que cuito obrigatório;
expliquem de forma simples as conclusões – para cada conjunto de cartazes, associar
obtidas, tendo o especial cuidado de elen- uma experiência sensorial de modo a tor-
car as aplicações positivas e negativas da nar a leitura dos cartazes mais intensa;
energia nuclear. – nomear as várias estações da exposição:
• «Uma energia poderosa» (FQ);
• «A bomba» (Hist);
• «Cidade fantasma» (CD);
• «Radioativo» (CN);
• «Energia nuclear no mundo atual» (Geo).
Conceber e construir os artefactos necessá-
rios às várias experiências sensoriais que
acompanham cada conjunto de cartazes
Cidadania e Desenvolvimento (experiências visuais, auditivas, táteis…).
Pesquisar, com Hist, informação sobre rea-
tores nucleares e o desastre de Chernobyl,
de 1986, na Ucrânia.
Pesquisar imagens sobre o tema com o
objetivo de elaborar cartazes explicativos
para a exposição.
História
Pesquisar sobre as consequências negati-
vas do uso da energia nuclear na II Guerra
Mundial com a utilização de bombas ató-
mica, em Hiroshima e Nagasaki, em 1945.
Geografia
Procurar imagens da época e analisá-las.
Elaborar, com o apoio de Mat, um mapa
Elaborar cartazes para a exposição sobre
com a localização das centrais nucleares
as consequências da utilização da energia
no Mundo.
nuclear para fins bélicos, incluindo as
Destacar os reatores nucleares existentes conclusões.
na península Ibérica com informação sobre
a distância (em quilómetros) a que se en-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

contram da escola.
Analisar o impacte da radioatividade na
degradação dos solos e no esgotamento
dos recursos naturais.

18 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS

Objetivos A B C D E
Compreender os aspetos positivos e negativos da utilização
da energia nuclear. F G H I J

Ciências Naturais
Pesquisar sobre as consequências, para o
ser humano, da exposição à radioativi-
dade.
Pesquisar, com o apoio de Geo, sobre os
impactes ambientais da energia hidráulica,
eólica e nuclear. Em conjunto com Mat, Matemática
elaborar mapas comparativos. Pesquisar informação estatística com o
maior número de dados possível sobre os
maiores desastres nucleares e organizá-la
em gráficos.
Tirar conclusões e incluí-las nos cartazes
de CD.

Português
Escrever um texto explicativo curto e con- Educação Física
textualizador da exposição, para colocar à Organizar a distribuição à população dos
entrada. convites elaborados em TIC, criando vários
Criar o texto para o convite a elaborar grupos de alunos que cubram todas as
em TIC. zonas da região, fazendo chegar o convite
ao maior número de pessoas possível.

Inglês
Traduzir o texto contextualizador da expo-
Tecnologias de Informação sição, criado em Port, para colocar à en-
e Comunicação trada, a par com o texto em português.
Após as pesquisas em FQ, Hist, CD e CN,
elaborar um filme curto para projetar na
exposição.
Criar, em conjunto com EV e Port, um con-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

vite à população para visitar a exposição.


Este convite deverá ter uma versão em Língua Estrangeira II
papel (ou outro material) reciclado e uma Elaborar um mapa lexical do tema para
versão digital para divulgação online. a exposição.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 19


Conhecer para empreender
Produto final
9. anoo
Elaboração de um vídeo com noções básicas sobre o funcionamento de uma
empresa e sobre a experiência de implementar um negócio na escola.

Cidadania e Desenvolvimento Português


Compreender o empreendedorismo como Elaborar o guião das entrevistas aos cola-
fator de coesão social. boradores da empresa selecionada de CD.
Conhecer estruturas estatais de apoio ao Analisar, antes da visita guiada de CD, o
cidadão empreendedor e, com o apoio de organigrama da empresa selecionada.
Mat, compreender o significado das infor- Redigir um texto, depois da visita guiada,
mações de financiamento. comparando a informação disponível no
Selecionar uma empresa da região, de site da empresa com o organigrama rece-
ramo de atividade, posicionamento no bido e abordando as experiências da visita
mercado ou volume de negócio relevan- guiada e das entrevistas.
tes. Contactá-la para solicitar o seu organi-
grama e definir um dia para uma visita
guiada e um dia para entrevistar alguns
dos colaboradores.
Tecnologias de Informação
e Comunicação
Analisar, com EV, o site da empresa selecio-
Geografia nada e recolher informação.

Compreender o que é o crescimento eco- Contribuir para o guião das entrevistas de


nómico e de que forma este se relaciona Port com questões relacionadas com a
com o empreendedorismo. promoção online do negócio.

Planear e empreender um modelo de ne- Elaborar, com Port, Mat e CD, um vídeo
gócio para proporcionar à turma um al- sobre noções básicas do funcionamento de
moço de final de ano letivo com todas as uma empresa, apresentando o caso parti-
despesas pagas. cular estudado e a experiência do negócio
criado pelos alunos em Geo.
Solicitar à empresa selecionada um patrocí-
nio para o almoço de final de ano letivo, Divulgar o vídeo nas plataformas da escola
com EV. e enviá-lo à empresa selecionada.

Ciências Naturais Educação Visual


Conceber, com Geo, um modelo de negó- Sugerir uma contrapartida para o pedido
cio de venda de bolos feitos pelos alunos. de patrocínio de Geo (por exemplo, pro-
Investigar sobre as normas de higiene postas para publicitar os produtos da em-
mais adequadas na confeção e armazena- presa, online e em suporte físico).
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

mento de alimentos. Contribuir para o guião das entrevistas de


Elaborar, com TIC, um folheto com estas Port, questionando sobre a importância
normas, que cada aluno deve colocar na dada à imagem e à comunicação visual,
cozinha de sua casa. no site, em catálogos, no dress code dos
funcionários, etc.

20 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Conhecer o funcionamento de uma empresa nas suas várias
vertentes. A B C D E
Promover a criatividade, inovação e organização.
Valorizar as áreas de conhecimento escolar no contexto laboral. F G H I J

Educação Física Físico-Química


Refletir sobre a importância de práticas Contribuir para o folheto de CN com aspetos
desportivas no contexto laboral e os fenó- relevantes sobre a potência dos eletrodo-
menos associados ao sedentarismo, evolu- mésticos que podemos usar na confeção de
ção tecnológica e poluição. bolos.
Contribuir para o guião das entrevistas Contribuir para o guião das entrevistas de
questionando se a empresa proporciona Port de forma a perceber as opções energé-
aos funcionários a possibilidade de fre- ticas da empresa selecionada (fontes e con-
quentar atividades promotoras de bem-es- sumos).
tar e de combate ao sedentarismo durante
o horário laboral ou fora dele.
Incluir no modelo de negócio criado em
Geo «Momentos de Movimento» para os
colaboradores que ficarem responsáveis
por tarefas mais sedentárias.
História
Compreender:
– os impactes da instabilidade política e
social na economia e nas empresas,
atualmente e em determinados momen-
tos do passado;
– o conceito de multinacional.
Matemática Investigar a história da empresa selecio-
Contribuir para o guião das entrevistas de nada, questionando a sua permanência,
Port, questionando sobre a contribuição/ a importância que lhe é dada e de que
importância do conhecimento matemático forma. Contribuir para o guião das entre-
no desempenho das funções do colabora- vistas de Port.
dor.
Recolher, tratar e analisar estatisticamente
os dados recolhidos nas entrevistas.

Inglês
Conhecer estrangeirismos usados em
contexto laboral, como co-working, pitch,
Língua Estrangeira II team building, briefing, dress code, etc.
Contribuir para o guião das entrevistas de Contribuir para o guião das entrevistas de
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Port, questionando a contribuição/impor- Port, questionando a contribuição/impor-


tância do conhecimento de línguas e cultu- tância do domínio da língua inglesa no de-
ras estrangeiras no desempenho das fun- sempenho das funções do colaborador.
ções do colaborador.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 21


Dar a volta ao lixo
Produto final
9. anoo
Organizar uma campanha de sensibilização e de redução do desperdício
alimentar na escola com a implementação de medidas na cantina.

Cidadania e Desenvolvimento
Planear a campanha de sensibilização para
a redução do desperdício alimentar, com
os trabalhos elaborados nas disciplinas.
Português
Convidar representantes da Fruta Feia,
Elaborar um inquérito a aplicar aos funcio-
ReFood, Comunidade Vida e Paz, CASA ou
nários da escola no sentido de perceber:
Comunidade Islâmica de Lisboa, entre ou-
– Em que situações é mais evidente o des-
tras instituições, para pequenas palestras
perdício alimentar na escola?
ao longo do ano, na escola, acerca do seu
– Há consciência disso?
trabalho no âmbito do combate ao des-
– Que mecanismos estão a ser utilizados
perdício alimentar.
para combatê-lo?

Matemática
Educação Física Tratar os dados do inquérito de Port:
Organizar um pedipaper fotográfico na es- – estatística das refeições compradas e não
cola e fora dela. consumidas;
– custos associados ao desperdício;
Recolher provas de que no lixo da escola,
– mecanismos usados pela escola para com-
das habitações e dos restaurantes da re-
bater o desperdício;
gião há desperdício de comida.
– o que ainda pode ser feito.
Integrar o trabalho no folheto de EV.
Elaborar uma apresentação de diapositivos
com os resultados do inquérito e revelá-los
antes da intervenção dos palestrantes de CD.

Inglês
Elaborar um pequeno texto de 100 pala-
vras e um slogan sobre a importância do Educação Visual
consumo responsável no contexto do de- Produzir um folheto informativo visual-
senvolvimento sustentável. mente atrativo com:
Integrar o trabalho no folheto de EV. – os dados recolhidos em Mat;
– as fotografias recolhidas em EF;
– o texto de Ing.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

22 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos
Interpretar o consumo sustentável como uma das dimensões ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
do desenvolvimento sustentável. DO PERFIL DOS ALUNOS
Perceber que as escolhas do consumidor são determinantes
para a promoção da economia circular. A B C D E
Promover a consciencialização ambiental e a mudança de atitudes
e de comportamentos face ao ambiente. F G H I J

Físico-Química História
Contribuir para a campanha de sensibilização Investigar sobre senhas de racionamento,
com informação sobre aterros sanitários: cartas de consumo, sopa dos pobres e co-
– como funcionam; zinhas económicas implementadas em
– quantidade de desperdícios orgânicos Portugal e noutros países, em momentos
que comportam; de escassez de recursos alimentares.
– tempo de vida; Recolher testemunhos de familiares ou
– volume de solo ocupado; amigos mais velhos sobre formas de con-
– impacte ambiental. feção de alimentos, aproveitando o que
Incluir características químicas dos compos- hoje em dia, geralmente, seria deitado ao
tos de carbono presentes no biogás resul- lixo.
tante da decomposição de resíduos orgâni- Fazer formalmente sugestões à Direção da
cos na ausência de oxigénio, isto é, em escola no sentido de fomentar estas for-
aterros. mas alternativas de confeção de alimentos
e de introduzir receitas diferentes na
ementa semanal da escola.

Geografia
Explorar em Pordata:
– Quantos quilos de lixo são, em média,
por pessoa, produzidos e recolhidos Ciências Naturais
seletivamente?
Construir, com Hist, uma roda dos alimen-
– Quantas toneladas de lixo são recicla-
tos que relacione os alimentos ou partes
das, vão para compostagem, são incine-
de alimentos que irão compor as novas
radas ou são depositadas em aterro?
refeições da cantina com o seu conteúdo
Realizar um estudo de caso sobre a redu- nutricional.
ção de lixo orgânico num dia em que a
Expor na cantina da escola.
ementa ou a confeção da comida na can-
tina for alterada e concluir sobre a impor-
tância da redução do lixo na redução da
pegada ecológica global. Divulgar o
estudo na comunidade escolar.
Língua Estrangeira II
Contar, em português e na língua estran-
geira aprendida, a experiência de introdu-
zir novos ingredientes e formas de confe-
Tecnologias de Informação cionar a comida na cantina da escola.
e Comunicação Exprimir gostos, preferências e conselhos
de melhoria para eventos futuros do
Conhecer as aplicações portuguesas Too
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

mesmo género.
good to go e Phenix que ajudam os comer-
ciantes a vender os excedentes. Publicar as opiniões nas redes sociais ou
na plataforma da escola, juntamente com
Divulgá-las no dia das palestras de CD.
o estudo de Geo.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 23


Em breve serei um adulto
Produto final
9. anoo
Ciclo de conferências e atividades sobre comportamentos de risco
na adolescência.

Matemática Ciências Naturais


Organizar as iniciativas deste projeto, defi- Organizar um piquenique: cada aluno
nindo a sua calendarização. trará uma refeição preparada, tendo em
Fazer uma estimativa do número de presen- conta a importância da dieta mediterrâ-
ças e definir um valor a cobrar por cada par- nica na promoção da saúde.
ticipante da comunidade local, de forma a Explorar temas como a compulsão ali-
contribuir para a viagem de finalistas. mentar, a anorexia nervosa e a bulimia
nervosa.
Organizar uma conferência sobre estes
temas, com a participação de profissio-
nais de saúde, partindo do vídeo «Ano-
rexia e bulimia: espelhos mágicos, corpos
Educação Física trágicos».
Participar na conferência de CN, discu-
tindo estratégias para reduzir o tempo
passado em comportamento sedentá-
rio e adotando práticas de atividade
física e um estilo de vida saudável. Físico-Química
Criar um circuito de atividades físicas Medir a distância do circuito criado por EF
para que os alunos possam percorrê-lo e determinar a distância total que os alu-
durante o dia em que decorrerão as ini- nos percorrerão nesta atividade.
ciativas. Selecionar alguns dos exercícios propostos
no circuito e analisar a aplicação de forças
como resultado da interação entre corpos.

Português
Ler o episódio de Inês de Castro, n’Os Lu-
síadas. Tecnologias de Informação
Ler artigos de opinião sobre diferentes for- e Comunicação
mas de violência no namoro (física, sexual,
Criar cartazes digitais sobre a violência no
psicológica, verbal, social e digital) e dis-
namoro e projetá-los durante a sessão de
cutir se existe amor ou desamor nestas si-
Port.
tuações.
Visualizar o filme Cyberbully, protagoni-
Organizar uma conferência sobre a violên-
zado por Maisie Williams; abordar os riscos
cia no namoro, com a participação da Polí-
do cyberbullying e conhecer comporta-
cia de Segurança Pública e da Associação
mentos que visam a proteção da privaci-
Portuguesa de Apoio à Vítima, para apro-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

dade.
fundar conhecimentos, transmitir conse-
lhos e promover o respeito pelo outro. Divulgar pela comunidade escolar e local,
através de solução tecnológica adequada,
as iniciativas deste projeto.

24 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Reconhecer fatores físicos, mentais e sociais determinantes da DO PERFIL DOS ALUNOS
saúde.
Identificar, prevenir e desenvolver estratégias para lidar positivamen- A B C D E
te com comportamentos viciantes, dependências, bullying e
cyberbullying. F G H I J

Cidadania e Desenvolvimento
Discutir os efeitos na saúde, imediatos e a Inglês
longo prazo, individuais e sociais, do con- Pesquisar entrevistas de personalidades
sumo de tabaco, álcool e drogas. britânicas sobre dependências (por exem-
Organizar uma conferência, com apoio de plo, Ozzy Osbourne, Robbie Williams ou
profissionais de saúde, que vise o desen- Amy Winehouse).
volvimento de estratégias pessoais para Criar uma apresentação multimédia, re-
lidar com estas situações de risco. contando as reações e os sentimentos das
personalidades entrevistadas e escre-
vendo frases de luta contra as dependên-
cias, para visualização durante a conferên-
cia de CD.

Língua Estrangeira II
Discutir as consequências do consumo de
tabaco durante a adolescência.
Produzir cartazes contra o tabagismo, com
apoio de EV, recorrendo a imagens e fra-
ses curtas, para afixação na escola.
Educação Visual
Selecionar imagens alusivas aos temas
abordados nas conferências e criar com-
posições plásticas para exposição.
Organizar a exposição das composições
e inaugurá-la no dia das iniciativas.

História
Enquadrar a afirmação seguinte nos confli-
tos do mundo contemporâneo, os quais,
muitas vezes, utilizam as crianças como ins-
trumentos de violência: «A criança deve ter
plena oportunidade para brincar e para se Geografia
dedicar a atividades recreativas.» (Declara- Analisar dados referentes ao trabalho infan-
ção dos Direitos das Crianças). til no mundo. Identificar os países com
Discutir sobre o bullying e elaborar um maior taxa de trabalho infantil e comparar
com os valores do Índice de Desenvolvi-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

plano para a sua prevenção e combate,


para exposição. mento Humano (IDH) e do Índice de Po-
breza Multidimensional (IPM).
Apoiar as atividades de Hist.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 25


Falar para o boneco
Produto final

9. anoo Produzir um documentário sobre comunicação, narrado por um boneco que


identifica em cada situação documentada os principais aspetos a considerar
para uma comunicação bem-sucedida.

Tecnologias de Informação
e Comunicação Educação Visual
Produzir um documentário sobre comuni- Criar a personagem (um boneco) para nar-
cação eficaz em contexto de sala de aula rar o documentário, articulando conceitos,
(debate, role-play, apresentação, trabalho materiais, suportes e técnicas.
de grupo, discurso, etc.).
Criar equipas que façam o registo audio-
visual da preparação e apresentação dos
trabalhos dos colegas (que podem ser da
própria turma ou de diferentes turmas)
em cada disciplina.
Programar, com as restantes disciplinas, o
registo audiovisual dos momentos rele-
vantes das diferentes atividades e da sua
preparação para o documentário. Cidadania e Desenvolvimento
Explorar, com apoio de Port, a comunica-
ção em contexto de discurso, articulando
com CN, por exemplo:
Português – construir um discurso de sensibilização
sobre a influência dos média nos hábitos
Identificar os aspetos mais importantes da
alimentares.
comunicação:
– organização da informação de acordo com
o objetivo;
– vocabulário e dicção;
– linguagem não verbal; Ciências Naturais
– interação com o público/colegas;
Explorar, com apoio de Port, a comunica-
– valores culturais, éticos, estéticos, políticos
ção em contexto de discurso, articulando
e religiosos manifestados.
com CD, por exemplo:
Preparar as intervenções do narrador do do- – construir um discurso de sensibilização
cumentário (o boneco) que deve ir cha- para as causas e consequências dos
mando a atenção ao longo do vídeo para as distúrbios alimentares.
questões identificadas no tópico anterior. A
sua missão é evitar que se fale «para o bo-
neco».
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

História
Explorar, com apoio de Port, a comunicação em contexto de debate ou role-play, por exemplo:
– dinamizar um debate sobre os prós e os contras da globalização.

26 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS

Saber adequar as diferentes linguagens e simbologias, associadas às


línguas, à literatura, à música, às artes, às tecnologias, à matemática A B C D E
e à ciência, aos contextos de aprendizagem explorados em sala de
aula, no sentido da comunicação eficaz. F G H I J

Educação Física
Explorar, com apoio de Port, a comunica-
ção em contexto de trabalho colaborativo, Físico-Química
articulando com FQ, por exemplo:
Explorar, com apoio de Port, a comunica-
– dinamizar momentos de observação e
ção em contexto de trabalho colaborativo,
discussão sobre a linguagem corporal
articulando com EF, por exemplo:
de jogadores e árbitro durante um jogo
– realizar atividades laboratoriais e produ-
desportivo coletivo.
zir os respetivos relatórios.

Geografia
Explorar, com apoio de Port, a comunica-
ção em contexto de apresentação de re-
sultados de trabalhos de investigação, ar- Matemática
ticulando com Mat, por exemplo: Explorar, com apoio de Port, a comuni-
– analisar estudos de indicadores de de- cação em contexto de apresentação de
sigualdade na educação, em Portugal, resultados de trabalhos de investigação,
desde meados do século XX até à articulando com Geo, por exemplo:
atualidade. – analisar estudos sobre educação ma-
temática e a evolução das desigualda-
des na educação em Portugal.

Inglês
Explorar, em conjunto com LEII e com
apoio de Port, e cuidando a pronúncia e a
entoação, a comunicação em contexto de
apresentação de opinião, por exemplo:
– apresentar temas, experiências ou acon- Língua Estrangeira II
tecimentos de interesse. Explorar, com apoio de Port, a comunica-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

ção em contexto de apresentação de


opinião, por exemplo:
– promover momentos de expressão de
gostos e preferências.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 27


Há vida além do telemóvel
Produto final
9. anoo
Criação da «Semana sem Telemóvel», realizando atividades de sensibilização
para os efeitos da utilização excessiva do telemóvel.

Educação Física Ciências Naturais


Inaugurar a iniciativa com a entrega de Discutir os conceitos de saúde e de quali-
passaportes onde os alunos registarão a dade de vida e perceber de que forma a
participação em atividades desportivas insuficiente atividade física e o estilo de
desenvolvidas pela escola. vida sedentário têm implicações na nossa
Promover atividades físicas durante o in- saúde.
tervalo das aulas com estações montadas Identificar, com apoio de EF, posturas in-
em diferentes locais da escola nas quais os corretas durante o uso do telemóvel e a
alunos possam utilizar o seu passaporte. consequente redução da qualidade de
vida futura.
Produzir um folheto sobre o tema, de
forma a consciencializar a comunidade
escolar.
Matemática
Realizar um inquérito a todos os alunos do
3.º ciclo da escola, abordando:
– o tempo diário despendido com o tele-
móvel;
– as principais finalidades do uso do tele-
móvel;
– o tempo diário ocupado com a prática
Cidadania e Desenvolvimento
de atividade física ou com outro tipo de Realizar um debate, aberto a toda a comu-
socialização que não envolva o uso de nidade escolar, com a participação da Polí-
tecnologia. cia de Segurança Pública, sobre as implica-
ções do uso do telemóvel para a
Analisar e interpretar a informação obtida,
segurança rodoviária e devidas precau-
apresentando-a sob a forma de gráficos.
ções, identificando comportamentos
Divulgar os resultados no folheto produ- adequados enquanto peão, passageiro
zido em CN. e condutor.

Físico-Química
Reproduzir teatralmente situações de aci-
Tecnologias de Informação
dentes causados pelo uso do telemóvel e Comunicação
durante a condução, incluindo conceitos Discutir os impactes da utilização excessiva
como tempo de reação, tempo de trava- do telemóvel na sociedade e no dia a dia e
gem, distância de reação, de travagem conhecer as funcionalidades de configura-
e de segurança. ção dos dispositivos móveis que condicio-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Contribuir para o debate de CD com a re- nam a privacidade.


presentação. Participar no debate promovido por CD, ex-
pondo as conclusões obtidas na discussão.

28 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Compreender os perigos para a saúde inerentes ao uso excessivo
do telemóvel. A B C D E
Perceber os efeitos nocivos da utilização excessiva do telemóvel
em sociedade. F G H I J

História
Investigar a falta de liberdade de expressão
durante o Estado Novo e comparar com a
liberdade de expressão que existe na atua- Português
lidade. Ler a crónica de Ricardo Araújo Pereira,
Criar uma peça de teatro que evidencie, «No ano 2020», e explicitar o sentido do
usando telemóveis e com ironia e anacro- texto, identificando o tema e as ideias
nismo, o contraste entre a forma de cen- principais e compreendendo a utilização
sura aplicada pelo regime salazarista e a de recursos expressivos.
liberdade de expressão dos nossos dias. Debater, de forma sustentada, pontos de
vista suscitados pelo texto e elaborar um
texto de opinião.
Apoiar Hist na escrita da peça de teatro.

Educação Visual
Produzir cartazes persuasivos contra o
uso excessivo do telemóvel, recorrendo a
frases curtas e slogans.
Afixar os cartazes nas estações de EF.
Criar os cenários e adereços para a peça
de teatro organizada por Hist.
Língua Estrangeira II
Traduzir os cartazes produzidos em EV.

Inglês
Investigar e elaborar textos de opinião
sobre a dependência do telemóvel e suas
consequências, partindo da afirmação:
«Ter telemóvel é condição sine qua non Geografia
para a integração.» Comparar dados das subscrições de tele-
Discutir casos em que o telemóvel encurta móveis em países com diferentes graus
distâncias e outros em que cria distância. de desenvolvimento e discutir se os tele-
Produzir cartazes bilingues que promovam móveis irão contribuir ou não para mol-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

para esta consciência. dar as desigualdades no desenvolvi-


mento humano dos países.
Fazer uma apresentação multimédia com
os dados consultados e as conclusões.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 29


Mistério na escola
Produto final

9. anoo Comemoração do Dia Mundial da Sociedade de Informação, 17 de maio, com


organização do jogo «O Mistério» para redação, apresentação e reflexão de
notícias sobre o roubo que é contexto de um jogo.

Educação Física História


Definir um percurso orientado pela escola, Preparar a sala 1 – conhecer os suspeitos:
que, no contexto deste jogo «O Mistério», – preparar um role-play de personagens
será uma mansão. históricas – dos setores político, econó-
mico e cultural – do período da Guerra
Constituir as equipas participantes e escla-
Fria (com ligações fictícias, mas apoia-
recer sobre o funcionamento do jogo e os
das em factos históricos), entre as quais
percursos dentro da mansão: as equipas
estão suspeitos e outros envolvidos no
terão de recolher informações sobre um
crime;
roubo misterioso nas salas 1 a 7 e decifrá-
– dar a conhecer às equipas detalhes do
-lo na sala 8.
seu passado com interesse no contexto
do roubo que estas devem registar e
guardar para a fase final do jogo.

Ciências Naturais
Preparar a sala 2 – os suspeitos e outros
envolvidos (perícias técnicas):
– criar um cenário para recolha de impres-
sões digitais e vestígios biológicos no Matemática
local do roubo; Preparar a sala 3 – o local do roubo:
– planear uma atividade de exploração de – descobrir informações sobre o local do
perfis de ADN dos envolvidos e de roubo, analisando valores de probabili-
amostras do local, informações que as dade/frequência fornecidos;
equipas devem guardar para a fase final – registar e guardar todas as informações
do jogo. para a fase final do jogo.

Geografia
Preparar a sala 4 – ligações perigosas: Língua Estrangeira II
– analisar uma representação cartográfica Preparar a sala 5 – a testemunha ocular:
que forneça informações sobre o ladrão, – gravar uma mensagem de voz, simu-
a partir da sua nacionalidade e percurso lando uma testemunha ocular do roubo,
de vida. com frases simples e de vocabulário fre-
quente, articuladas de forma clara e pau-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

sada;
– apresentar a gravação às equipas para
que possam recolher informações rele-
vantes para o jogo.

30 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Estabelecer objetivos, traçar planos e concretizar as diferentes DO PERFIL DOS ALUNOS
etapas do jogo, com base em conhecimentos e competências
adquiridos em cada disciplina. A B C D E
Sensibilizar para a utilização adequada e crítica dos meios de
comunicação e da informação por eles veiculada. F G H I J

Inglês Físico-Química
Preparar a sala 6 – inquérito aos envolvidos: Preparar a sala 7 – o objeto roubado:
– delinear um conjunto de questões (de – recolher pistas sobre o objeto roubado,
resposta Sim/Não) sobre experiências e codificadas na Tabela Periódica;
acontecimentos que as personagens do – dar a conhecer às equipas outras infor-
jogo viveram, relevantes no contexto do mações relevantes importante no con-
roubo; texto do roubo, através da formação de
– dar a escolher às equipas (de acordo com palavras com os símbolos químicos.
as informações de que necessitam) três
questões que estas podem usar ao voltar
à sala 1 e ao dialogar com as persona-
gens.

Educação Visual
Realização de um «telejornal» e divulgação
das notícias contruídas em Port, aplicando
Português técnicas de uso da imagem como meio de
transmissão de significados, neste caso mais
Preparar a sala 8 – decifrar o mistério:
factuais ou mais tendenciosos.
– apoiar as equipas na redação de uma
notícia «Mistério na mansão», auxi-
liando na definição de objetivos comu-
nicativos (mais factuais ou mais tenden-
ciosos);
– decidir sobre a equipa vencedora; Tecnologias de Informação
constituir uma comissão que análise as e Comunicação
notícias com base em critérios como Editar, utilizando programas adequados,
criatividade, capacidade de síntese e as diferentes notícias «Mistério na mansão»
organização da informação. de EV, para apresentação no Dia Mundial
da Sociedade da Informação, no evento
criado por CD.

Cidadania e Desenvolvimento
Organizar um debate, no dia comemorativo, sobre a ocorrência de roubos na escola, discutindo:
– comportamentos e atitudes colaborantes dos membros da comunidade escolar;
– estratégias de prevenção;
– a importância dos relatos.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Apresentar e comentar as notícias construídas durante o jogo, discutindo de que forma os média
divulgam este tipo de acontecimentos e sobre que consequências têm os discursos tendenciosos
e sensacionalistas no seu entendimento.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 31


O que é isto do consumo?
Produto final

9. ano o Celebração do Dia Mundial da Poupança, 31 de outubro, com a transformação


dos espaços escolares em serviços públicos onde acontecem iniciativas
de incentivo à poupança.

Educação Visual Tecnologias de Informação


Calendarizar as atividades a desenvolver e e Comunicação
escolher espaços da escola que serão Investigar a evolução do consumo digital e
transformados em serviços públicos: conhecer alguns riscos: esquemas fraudu-
museu, livraria, banco, agência de viagens, lentos, spam, phishing ou malware.
fábrica, tribunal e ginásio. Discutir formas de prevenção destes riscos
Construir os cenários e adereços para e criar um esquema digital com medidas
cada serviço. de segurança.
Preparar o espaço onde se localizará o Produzir um vídeo com o resultado dos
museu de arte moderna. trabalhos desenvolvidos neste projeto.
Reaproveitar bens (peças de roupa ou de Produzir convites digitais e enviá-los
mobiliário), dando-lhes uma nova forma e à comunidade escolar para assistirem
utilidade, e expô-los no museu. às diferentes iniciativas.

Inglês
Legendar em inglês o vídeo de TIC.

Cidadania e Desenvolvimento
Preparar o espaço onde se localizará a livra-
ria.
Organizar uma conferência na livraria onde
se explique o significado de consumo, se
reflita sobre a diferença entre «necessitar» e
«querer» e se analise a evolução histórica Geografia
do consumo, relacionando-a com a globali- Elaborar um trabalho sobre a causa-efeito
zação, com Geo. do aumento do consumo (alimentar, digital,
de bens e de serviços) no clima e na
pegada ecológica.
Analisar dados do Índice de Desenvolvi-
mento Humano (IDH) e perceber a relação
entre o tamanho da pegada ecológica e o
valor de IDH dos países.
Físico-Química Construir gráficos e mapas com as conclu-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Refletir sobre o consumo de energia nas sões para afixação na livraria.


habitações e em locais públicos, como a
escola, e perceber o seu peso na pegada
ecológica, com apoio de Geo.

32 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS
Objetivos
Perceber que o consumo é um conceito lato e que, quando em A B C D E
excesso, acarreta consequências pessoais, ambientais e outras.
Conhecer estratégias de poupança e de reutilização de bens. F G H I J

Matemática
Preparar o espaço onde se localizará o
banco. Língua Estrangeira II
Organizar um workshop no banco, minis- Preparar o espaço onde se localizará a
trado por um bancário, incentivando o con- agência de viagens.
sumo responsável e incidindo em: Simular uma viagem a um país da língua
– o que é uma conta-poupança; estudada e perceber quais serão as despe-
– cálculo de taxas e juros; sas necessárias e as supérfluas.
– avaliação de riscos e incertezas no plano Criar estratégias de poupança, com apoio
financeiro; de Mat, e produzir uma apresentação mul-
– criação de uma grelha em Excel para pla- timédia com as conclusões.
neamento e gestão de orçamentos.

História
Preparar o espaço onde se localizará a fábrica. Português
Elaborar, com o apoio de TIC, uma curta-me- Preparar o espaço onde se localizará o tribu-
tragem na fábrica representativa de momen- nal.
tos da História e terminando com a relação
Ler a cena do sapateiro, do Auto da Barca do
com o presente:
Inferno, de Gil Vicente, e perceber se há atua-
– os anos 20 e a sociedade de consumo (au-
lidade nesse episódio.
mento da procura, vendas a crédito e mass
media); Conhecer, no tribunal, os direitos e os deveres
– o crash da bolsa em 1929 e a Grande do consumidor e criar uma breve peça de tea-
Depressão; tro na qual o sapateiro está no tribunal a ser
– as transformações ocorridas a partir da julgado pelos seus crimes.
década de 50 (o capitalismo industrial e o
incentivo ao consumo).

Educação Física
Preparar o espaço onde se localizará o Ciências Naturais
ginásio. Relacionar alimentação saudável e prática
Prever e dinamizar um circuito de ativida- desportiva com a prevenção de doenças e
des, utilizando materiais de desperdício: sintetizar estratégias de promoção da
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

bola de trapos feita com roupa que já não saúde.


usamos, cestos de basquetebol construí- Construir cartazes com as estratégias e
dos com pneus gastos, etc. afixá-los no ginásio, onde um enfermeiro
falará sobre o tema.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 33


O que vamos comer
amanhã?
Produto final
9. anoo
Comemoração do Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, com a implementa-
ção de novos hábitos alimentares na escola, no contexto de um futuro sustentável.

Cidadania e Desenvolvimento Físico-Química


Debater, a partir do documento «Alimen- Descobrir os 12 princípios da Química
tar o futuro – Uma reflexão sobre a susten- Verde.
tabilidade alimentar», da Associação Por- Selecionar os que se entenderem relevan-
tuguesa de Nutrição, os seguintes tópicos: tes no contexto das atividades do ano
– O que significa alimentação sustentável? letivo e do tema do projeto, dando ênfase
– Que hábitos podemos adotar de forma a à contribuição da Química na produção de
reduzir o impacte ambiental da nossa materiais e técnicas inovadores para a
alimentação? sustentabilidade económica e ambiental.
Organizar o dia comemorativo que inicia Contribuir para a iniciativa de TIC.
a introdução de hábitos alimentares do
futuro na escola. Dar a conhecer:
– a iniciativa «O que vamos comer ama-
nhã?» de TIC;
– os pressupostos de sustentabilidade
trabalhados nas disciplinas, sensibili- Tecnologias de Informação
zando a população. e Comunicação
Construir rodas de sorteio de novos ali-
mentos, alimentos a evitar, formas de
confecionar e hábitos saudáveis da cultura
mediterrânica e portuguesa, usando a
aplicação Wheel decide.
Ciências Naturais Dinamizar os sorteios semanalmente,
Pesquisar sobre novos alimentos e práticas anunciando duas ou três boas práticas na
que façam sentido no contexto de uma rádio da escola, desafiando a escola a
alimentação sustentável (alimentos bons, implementá-las nessa semana.
limpos e justos).
Sugerir novas versões da Pirâmide da
Alimentação Mediterrânica substituindo
ou integrando alguns dos novos alimentos
descobertos.

Educação Física Educação Visual


Incluir nas novas versões da Pirâmide da Construir um cartaz com o Modelo da
Alimentação Mediterrânica de CN ativida- Dupla Pirâmide.
des físicas do quotidiano dos alunos e/ou Expor o cartaz na cantina da escola e di-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

frequentes na região da escola. vulgá-lo numa página própria na plata-


Realizar, ao longo do ano, algumas dessas forma da escola, juntamente com os res-
atividades com envolvimento da comuni- tantes materiais construídos no âmbito
dade educativa. do projeto.

34 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos
Sensibilizar para os problemas do esgotamento dos recursos devido ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
ao aumento populacional e perceber que soluções alimentares DO PERFIL DOS ALUNOS
poderão ser viáveis no sentido da sustentabilidade.
Formular opiniões informadas e críticas sobre os hábitos alimentares A B C D E
atuais e sobre o que podemos fazer de inovador e sustentável para o
exercício de uma cidadania consciente e interventiva. F G H I J

Geografia História
Explorar os conceitos de Pegada ecológica, Refletir sobre a afirmação de Michael
Pegada hídrica e Pegada de carbono, H. Shuman em A armadilha da globaliza-
caracterizando alimentos e formas de ção: «Estamos perante uma uniformização
confecionar desse ponto de vista. das necessidades à escala mundial.»
Apoiar as decisões tomadas em CN e EF na Debater o tema da globalização e seus
integração de informação nas pirâmides efeitos:
construídas. – De que forma a transnacionalização dos
produtos vai contra ou ao encontro do
conceito de alimentação sustentável?
– Será a aquisição de novos hábitos ali-
mentares no contexto mediterrânico um
Matemática
passo atrás no desenvolvimento econó-
Refletir sobre os dados apresentados no mico?
documento referido em CD, na secção
Factos e Números.
Investigar na escola, ao longo do ano, a
evolução:
– do consumo de alimentos sustentáveis
e não sustentáveis;
– do consumo de água;
– das práticas sustentáveis de confeção Inglês
dos alimentos; Investigar as diferenças entre a alimenta-
– da aquisição de novos hábitos pelas ção mediterrânica e a alimentação dos paí-
famílias dos alunos. ses de língua oficial inglesa.
Redigir um convite bilingue à comunidade
local para participação no dia comemora-
tivo.

Português
Produzir, com TIC e CN, um guião de entre-
vista para aplicar a um nutricionista ou a um Língua Estrangeira II
médico, discutindo: Investigar sobre as diferenças entre a ali-
– dicas para uma refeição sustentável; mentação mediterrânica e a alimentação
– as novas versões da Pirâmide da Alimen- dos países de língua oficial espanhola,
tação Mediterrânica criadas em CN. francesa ou alemã.
Realizar a entrevista e fazer a análise docu- Redigir um convite bilingue à comunidade
mental, registando as principais conclusões. local para participação no dia comemora-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Fazer uma apresentação no dia comemora- tivo.


tivo, expressando pontos de vista motivados
pela informação recolhida.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 35


Orienta-te!
Produto final
9. anoo
Comemorar o Dia Mundial da Saúde, 7 de abril, com um conjunto de conferên-
cias sobre sexualidade e afeto. Criar o blogue «Orienta-te».

Português Tecnologias de Informação


Criar o blogue «Orienta-te» e disponibili- e Comunicação
zar à comunidade, com a supervisão dos Criar, em conjunto com Port, a secção de
professores e da psicóloga da escola, perguntas e respostas sobre o tema. Esta
um serviço de aconselhamento e esclareci- secção iniciar-se-á com as respostas às
mento de dúvidas sobre sexualidade e perguntas recolhidas de forma anónima
afetos, no dia comemorativo. em Port. A partir daqui, os alunos poderão
Estabelecer contactos com especialistas ir colocando outras perguntas e respostas
(psicólogos, médicos, enfermeiros, soció- que surjam durante as pesquisas e deba-
logos, químicos, etc.) nos temas explora- tes concretizados nas várias disciplinas.
dos nas várias disciplinas: Criar, em conjunto com EV, o grafismo do
– convidá-los a participar nas conferências blogue e auxiliar as restantes disciplinas na
e debates; organização gráfica da informação.
– solicitar apoio ao esclarecimento de Desenvolver e acompanhar o blogue.
dúvidas à comunidade escolar, feito
através do blogue.
Recolher, junto dos alunos da escola e de
forma anónima, perguntas/dúvidas que
gostassem de ver respondidas/esclareci- Educação Visual
das sobre temas relacionados com a se-
Criar, em conjunto com TIC, um cartaz
xualidade.
(físico e digital) para anunciar as conferên-
Organizar as conferências a realizar no dia cias na escola, dando especial atenção à
comemorativo, como forma de terminar o importância das imagens como meios de
trabalho das pesquisas e elaboração do comunicação, capazes de veicular diferen-
blogue. tes significados sociais.

Cidadania e Desenvolvimento
Ciências Naturais Pesquisar sobre:
Pesquisar sobre: – identidade;
– os riscos da gravidez na adolescência; – orientação sexual;
– as infeções sexualmente transmissíveis; – relações afetivas;
– métodos contracetivos. – direitos sexuais e reprodutivos;
Recolher mitos e tabus relacionados com – cidadania íntima.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

cada tema. Recolher mitos e tabus relacionados com


Debater os temas, tirar conclusões e orga- cada tema.
nizar a informação para colocar no blogue. Debater os temas, tirar conclusões e orga-
nizar a informação para colocar no blogue.

36 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Reconhecer a importância dos afetos e da sexualidade no DO PERFIL DOS ALUNOS
desenvolvimento individual.
Promover a reflexão sobre a identidade individual e social. A B C D E
Proporcionar um diálogo aberto e saudável sobre o tema
da sexualidade entre jovens adolescentes. F G H I J

História Geografia
Pesquisar sobre o feminismo enquadrado Pesquisar sobre «Igualdade de Género»
na emancipação feminina e na luta pelos (um dos Objetivos de Desenvolvimento
direitos das mulheres. Contrapor com os Sustentável, da Organização das Nações
conceitos de homossexual, bissexual e Unidas) e conhecer os valores do Índice de
transexual. Desigualdade de Género (IDG).
Recolher mitos e tabus relacionados com a Justificar os valores do IDG nos países em
pesquisa. desenvolvimento, considerando o estatuto
Debater o tema, tirar conclusões e organi- da mulher nesses países, em parceria com
zar a informação para colocar no blogue. Hist.
Debater o tema, tirar conclusões e organi-
zar a informação para colocar no blogue.

Físico-Química
Pesquisar, tentando responder às seguin-
tes questões-problema:
– Que relação existe entre química e se-
xualidade?
– Do ponto de vista científico, fará sentido Matemática
falar em «química do amor»? Pesquisar dados estatísticos da violência
Debater os temas, tirar conclusões e orga- no namoro, nomeadamente no que diz
nizar a informação para colocar no blogue. respeito a:
– perseguição;
– violência nas redes sociais;
– violência sexual;
– violência psicológica;
– violência física.
Educação Física Debater, tirar conclusões e elaborar gráfi-
Pesquisar sobre a relação entre a prática cos com informação pertinente para colo-
do desporto e a construção de uma ima- car no blogue.
gem corporal positiva.
Debater o tema, tirar conclusões e organi-
zar a informação para colocar no blogue.

Inglês
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Construir uma nuvem lexical com o voca-


Língua Estrangeira II bulário relativo à temática.
Construir uma nuvem lexical com o voca- Escrever um convite à escola, apelando à
bulário relativo à temática. participação nas conferências.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 37


Os «loucos anos 20»

9.o ano Produto final


Realização de comemorações alusivas aos anos 20 do século XX.

História
Planear uma comemoração alusiva aos anos
20 do século XX, calendarizando as iniciati-
vas e convidando a comunidade escolar.
Pesquisar sobre as transformações sociais
e culturais ocorridas nas primeiras décadas
do século XX e relacionar com os «loucos Cidadania e Desenvolvimento
anos 20». Organizar uma palestra sobre assimetrias
Ver o vídeo «Na pista do feminismo portu- entre homens e mulheres nos anos 20 do
guês», perceber a importância dos movi- século XX e na atualidade, abordando:
mentos feministas no início do século XX – a luta pela emancipação feminina;
para a igualdade de género e contribuir – estereótipos de género nas atividades
para as atividades de CD e de Port. profissionais e desportivas;
– os cargos de poder e de liderança e a
disparidade salarial, após visualização do
vídeo «A (des)igualdade de género no
mundo do trabalho».

Inglês
Ver o filme O garoto de Charlot, de Charlie
Chaplin, e, com Hist, promover um debate
para perceber quem foi este realizador Língua Estrangeira II
e a importância do cinema no início do Criar o «Muro da Igualdade» na escola e
século XX. escrever frases, em português, inglês e
Conhecer personalidades de países de ex- outra(s) língua(s) estrangeira(s), de defesa
pressão inglesa que se destacaram no iní- da igualdade de género, retiradas da
cio do século XX e apresentar a sua bio- palestra de CD.
grafia em folhetos bilingues, distribuídos
nas comemorações.

Físico-Química
Criar uma apresentação digital sobre a
Educação Física
evolução automóvel e aeronáutica nos Perceber o interesse no futebol como um
anos 20 do século XX, explicando o que é espetáculo de massas a partir do início do
século XX e organizar um torneio de fute-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

o movimento, a trajetória e a velocidade e,


se possível, caracterizando os automóveis bol interturmas.
e os aviões estudados usando gráficos de Recriar um momento de dança, apresen-
posição-tempo e de velocidade-tempo. tando coreografias de foxtrot e charleston.

38 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Conhecer as principais alterações sociais e culturais ocorridas
nos anos 20 do século XX. A B C D E
Promover a igualdade de género, a cooperação e o respeito
mútuo entre todos. F G H I J

Geografia
Consultar o Relatório do Desenvolvimento
Humano 2019 e explicar os valores do Ín-
dice de Desigualdade de Género (IDG) nos
países em desenvolvimento, considerando
o estatuto da mulher.
Criar uma apresentação multimédia com Matemática
as conclusões, mostrando mapas com a Interpretar os dados estatísticos de Geo e
distribuição mundial do IDG e do Índice representá-los de diferentes modos, enri-
de Desenvolvimento Humano (IDH), para quecendo a apresentação multimédia.
exibição na palestra de CD. Conceber um quiz sobre os «loucos anos
20», recorrendo à linguagem das probabi-
lidades, selecionando a forma mais ade-
quada de o elaborar e publicar e de divul-
gar os resultados, com TIC.
Português
Escrever e encenar durante as comemo-
rações uma peça de teatro que retrate a
mudança de estilo de vida das mulheres
e alguns progressos registados no início Educação Visual
do século XX, com auxílio de Hist.
Contribuir para a peça de teatro de Port,
Selecionar poemas da geração de Or- criando adornos e cenários, usando dife-
pheu e preparar um sarau literário onde rentes materiais e suportes.
sejam declamados.
Escolher obras representativas dos princi-
pais movimentos artísticos da primeira me-
tade do século XX e criar um painel deco-
rativo, devidamente legendado, para afixar
na sala onde irá decorrer o sarau literário.

Tecnologias de Informação
e Comunicação
Selecionar a solução tecnológica mais ade-
quada para a criação de uma playlist de Ciências Naturais
música jazz para a banda sonora da peça
Investigar sobre os principais progressos
de teatro de Port, com base em pesquisas
científicos, na área da saúde, nas primeiras
apoiadas por Hist.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

décadas do século XX e perceber as suas


repercussões na atualidade.
Criar uma tira de banda desenhada que re-
trate esses progressos, com apoio de EV.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 39


O(s) mundo(s) a que
pertencemos
Produto final
9. anoo
Exposição «O(s) mundo(s) a que pertencemos» com trabalhos das várias
disciplinas e painel «esquisito».

Cidadania e Desenvolvimento Matemática


Pesquisar e enunciar os aspetos que defi- Conhecer os conjuntos dos números intei-
nem a «cidadania global». ros, racionais e reais e perceber as rela-
Identificar, organizados em grupos, aqueles ções que se podem estabelecer entre
acontecimentos, ações e problemas locais estes conjuntos.
que, no entender dos alunos, tenham con- Construir representações criativas «do(s)
sequências globais, negativas e positivas. nosso(s) mundo(s)» a partir das representa-
Decidir como neutralizar as consequências ções e relações entre conjuntos. Incluir na
negativas. Apresentar as propostas à turma. exposição, com definição do espaço a
Organizar a exposição «O(s) mundo(s) a ocupar.
que pertencemos» com os trabalhos feitos Apoiar CD na organização da exposição.
nas disciplinas.

Inglês
Pesquisar, em grupo, meios de comunica-
Tecnologias de Informação ção ingleses e de países anglófonos.
e Comunicação Problematizar o poder dos meios de co-
municação, atendendo ao modo como se
Pesquisar na internet os aspetos que defi-
acede à informação e à velocidade com
nem a «cidadania digital», analisando criti-
que se divulga, em trabalhos a incluir na
camente a informação recolhida.
exposição, com definição do espaço a
Identificar, com Ing, meios e aplicações ocupar e do relacionamento com restantes
que permitam divulgar as propostas disciplinas.
apresentadas em CD.
Produzir uma aplicação para dispositivos
móveis que possibilite aceder a meios de
comunicação de países selecionados. Educação Visual
Conhecer património cultural e artístico na-
cional e de diversos países e continentes.
Selecionar uma obra ou artefacto e analisar
enquanto objeto de arte, meio de comunica-
ção e intencionalidade.
Pesquisar sobre o jogo surrealista «Cadáver
Língua Estrangeira II esquisito». Promover a realização de um pai-
Explorar o tema «Meio envolvente» (meio nel/mural subordinado ao tema «O meu/
ambiente, situações sociais, globalização, nosso mundo», refletindo as linguagens e os
cultura, etc.), a partir de um poema, uma processos artísticos das obras ou artefactos
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

canção ou uma notícia na língua estudada. estudados, mas usando o método do «Cadá-
ver esquisito» surrealista. Incluir na exposi-
Pesquisar e selecionar obras do patrimó-
ção, com definição do espaço a ocupar e re-
nio cultural e artístico da língua estudada,
lacionamento com restantes disciplinas.
como sugestão para trabalhar em EV.

40 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Questionar a pertença a vários «locais» (família, escola, país…). DO PERFIL DOS ALUNOS

Compreender as inter-relações e a interdependência entre as pes-


soas, os lugares e os ambientes, do local ao global e vice-versa; e a A B C D E
construção de compromissos éticos e cívicos como condição para a
criação de uma sociedade mundial justa e sustentável. F G H I J

Físico-Química Educação Física


Conhecer regras dos desportos de equipa.
Relacionar as ligações entre átomos e
energia. Conhecer exemplos de ligações Formar equipas; inventar nomes, mascotes
entre átomos. e outros sinais individualizadores.
Criar, com EF, regras para um novo jogo Organizar um campeonato do novo jogo
de equipas baseado nos conceitos de liga- criado em FQ. Documentar e incluir na ex-
ção iónica, covalente e metálica, em que posição, com definição do espaço a ocupar
os jogadores são elementos químicos. e do relacionamento com restantes discipli-
nas.

História
Compreender o processo de formação da
Geografia
CEE e a evolução para a UE: objetivos eco- Conhecer os Objetivos de Desenvolvi-
nómicos, políticos e sociais. Conhecer as mento Sustentável (ODS). Comparar indi-
fronteiras da UE. cadores de desenvolvimento em Portugal
e noutros países.
Definir «Globalização», não esquecendo a
relação com tecnologias de informação e Definir os conceitos de «comércio justo»,
comunicação, transportes, migrações, etc. «ajuda alimentar», «cooperação» e, a partir
deles, identificar medidas promotoras da
Relacionar com o conceito «fronteira»:
cooperação entre povos e culturas no
globalizar é criar ou eliminar fronteiras?
âmbito dos ODS. Fazer apresentações
Apresentar as conclusões à turma/escola multimédia e incluir na exposição.
através de trabalhos a incluir na exposição,
com definição do espaço a ocupar e do
relacionamento com restantes disciplinas.

Ciências Naturais
Português Reconhecer o corpo humano como um
Ler e analisar a Carta de achamento do «mundo» e analisar o contributo da pele,
Brasil, de Pero Vaz de Caminha, e/ou Pere- a sua fronteira, na relação com o meio
grinação, de Fernão Mendes Pinto. exterior.

Debater, com o apoio de Hist: A expansão Pesquisar, em grupo, relações do corpo


marítima foi o início da globalização? Con- com o «mundo exterior»; selecionar uma.
seguimos prová-lo com o texto lido? Apresentar conclusões à turma/escola,
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Escrever um artigo de opinião sobre a através de um trabalho sob a forma mais


obra analisada em EV usando o método adequada. Incluí-lo na exposição, com de-
do «Cadáver esquisito» e incluir na exposi- finição do espaço a ocupar e da relação
ção, identificando o seu espaço e relação com outras disciplinas.
com outras disciplinas.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 41


Os verificadores
Produto final
9. anoo
Criação de quiz «Fake or not?» e realização de evento «Informação ou desinfor-
mação», com jogos e debates.

Cidadania e Desenvolvimento Tecnologias de Informação


Analisar um artigo sobre fake news e um e Comunicação
programa ou site verificador de factos. Perceber a facilidade com que as fake news
Problematizar a questão «Informação ou se espalham nas redes sociais e perceber a
desinformação?»: importância de analisar criticamente toda a
– O que são fake news? informação. Apresentar soluções para ultra-
– Quem divulga informações falsas? passar o problema.
Porquê? Criar o quiz «Fake or not?», por exemplo em
– Que impacte tem a partilha de informa- Kahoot! ou utilizando outra plataforma, com
ções falsas nas redes sociais? informações fornecidas pelas disciplinas.
– Como conhecer informações falsas? Organizar um evento que permita que toda
Elaborar um relatório com conclusões; a comunidade responda ao quiz – no giná-
apoiar TIC e convidar personalidades para sio da escola, por exemplo –, seguido do
o debate a realizar no evento. debate: «Informação ou desinformação».

Educação Visual
Perceber que as imagens, como as pala- Físico-Química
vras, podem ser usadas para alterar a Investigar a ocorrência de «mitos urbanos»
perceção que se tem da realidade. relacionados com eletricidade e corrente
Pesquisar exemplos e apresentá-los, elétrica. Discutir a sua veracidade e compro-
desmistificando-os. var experimentalmente a sua veracidade/fal-
Fornecer imagens que possam ser usadas sidade. Fazer relatórios e partilhar as conclu-
no quiz de TIC, com base nos objetivos a sões. Contribuir para o quiz de TIC.
atingir.

Educação Física
Pesquisar casos de fake news no desporto, Língua Estrangeira II
cujas consequências tenham sido particu- Pesquisar boatos relacionados com uma
larmente nefastas para os seus alvos. personalidade de um país da língua estu-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Lançar o desafio a todos os colegas, no dada; tentar perceber o que deu origem
evento, através de cartazes e participação ao boato e conhecer os desmentidos,
no debate: verificar todas as informações caso haja. Participar no quiz.
veiculadas, antes de as partilhar.

42 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos
Compreender que a má informação ou a informação falsa é prejudi- ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
cial e geradora de ignorância. DO PERFIL DOS ALUNOS

Desenvolver o espírito crítico e a capacidade de análise, percebendo


a necessidade de se verificar a informação recebida ou recolhida e A B C D E
de não se difundir falsas informações, para não perpetuar mitos e
erros. F G H I J

Inglês História
Pesquisar fake news; analisar as notícias Investigar a expressão «mitos urbanos» e
encontradas e se a divulgação dessas contextualizá-la na época. Perceber se os
notícias aconteceu pelas redes sociais. mitos se relacionam com os meios urbanos.
Participar com as conclusões no quiz. Definir «contrainformação». Pesquisar, em
grupo, exemplos de contrainformação
usada nas Guerras Mundiais. Perceber a di-
ferença entre mitos urbanos e contrainfor-
mação. Expor as conclusões, relacionando
com os efeitos obtidos em cada um dos
Matemática casos.
Produzir, com Port, um inquérito para Listar os mitos urbanos pesquisados e
apurar: participar no quiz de TIC.
– se há consciência da «desinformação»;
– se se faz algo para a combater;
– se se procura, e onde, confirmação da
informação;
– se se divulga informação sem a confir-
mar. Geografia
Aplicar o inquérito a colegas, professores Pesquisar notícias sobre alterações climáti-
e outros funcionários; e também à família cas ou catástrofes e verificar a sua autenti-
e à comunidade. cidade. Contribuir para o quiz de TIC.
Analisar os resultados do inquérito e apre- Identificar as fontes utilizadas para a verifi-
sentá-los sob a forma de gráficos. cação. Tirar conclusões.
Participar no quiz de TIC. Verificar a veracidade/falsidade dos mitos
urbanos, listados em Hist.

Português
Definir se as figuras de obras estudadas
são/foram reais ou se são fictícias, como, Ciências Naturais
por exemplo, o Mostrengo d’Os Lusíadas.
Exemplificar «culturas de risco» e explicar
Fazer falsos Bilhetes de Identidade dessas como podem pôr em causa a saúde.
figuras e participar no quiz, para conhecer
Partilhar o que se sabe sobre saúde,
a opinião dos colegas sobre a veracidade/
doença, comportamentos de risco, alimen-
falsidade das informações.
tação, sexualidade, e outros assuntos, para
Apoiar TIC na construção do quiz. detetar conhecimentos errados ou precon-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

ceitos a corrigir. Contribuir para o quiz de


TIC.
Partilhar as informações corretas no
debate.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 43


Pensar o meu futuro
Produto final
9. anoo
Construção do portefólio individual «Pensar o meu futuro» e apresentação
do mesmo na «Feira das Profissões».

Cidadania e Desenvolvimento Geografia


Refletir sobre a importância de ter um Refletir sobre o Objetivo 10 do documento
emprego. da OIT e relacionar trabalho digno e cres-
Ler o documento «O trabalho digno e a cimento económico.
agenda 2030 para o desenvolvimento sus- Consultar a lista de profissões do Instituto
tentável» da Organização Internacional do Nacional de Estatística e selecionar aquela
Trabalho (OIT), com Geo. Pensar sobre o ou aquelas que sejam do interesse de
significado de trabalho digno. cada aluno.
Selecionar, com Geo, uma profissão e um
profissional para contactar e conhecer o
seu percurso profissional e ocupação.
Inglês
Contribuir para o guião da entrevista, de
forma a perceber a importância do conhe-
cimento da língua inglesa, no desempe-
nho da profissão selecionada.
Português
Escrever um texto para o portefólio sobre
Organizar o portefólio individual «Pensar o
a experiência da entrevista, manifestando
meu futuro» com contributos de trabalhos
impressões, reações e sentimentos.
das disciplinas, a apresentar na «Feira das
Profissões».
Escrever para o portefólio: O que gosto de
fazer? Quais são as minhas competências?
Sobre o que gosto de pensar? Como é História
que isso me pode ajudar a decidir sobre Pesquisar, com Ing e LEII, sobre a OIT, o
uma profissão futura? contexto mundial em que foi criada,
Elaborar o guião da entrevista a fazer ao em 1919, e a sua história.
profissional selecionado e a partir dela ela- Refletir sobre os Objetivos 16 e 17 do
borar uma ficha de identificação da profis- documento da OIT.
são. Convidá-lo a dar o seu testemunho Elaborar, com Port, um relatório «Identi-
também na «Feira das Profissões». dade das profissões escolhidas», a apresen-
tar na «Feira das Profissões» e no site da
escola.

Língua Estrangeira II
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Contribuir para o guião da entrevista, de forma a perceber a importância do conhecimento


da língua estudada, no desempenho da profissão selecionada.
Escrever um texto para o portefólio sobre a experiência da entrevista, manifestando impres-
sões, reações e sentimentos.

44 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos
Valorizar a possibilidade de escolha de uma profissão e de condições ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
de trabalho. DO PERFIL DOS ALUNOS
Pensar sobre o futuro e sobre as suas competências para o desem-
penho de uma profissão. A B C D E
Conhecer documentos, agendas e relatórios de organizações
internacionais com objetivos de desenvolvimento. F G H I J

Tecnologias de Informação Educação Visual


Elaborar uma apreciação fundamentada sobre
e Comunicação
a comunicação visual do documento OIT
Contribuir para o guião da entrevista, de (escolha de imagens, de ícones, etc.).
forma a perceber a importância das TIC no
Desenvolver, com TIC, um jogo de correspon-
desempenho da profissão.
dência entre os 17 ícones apresentados no
Refletir sobre a importância da aprendiza- documento e o nome do objetivo correspon-
gem ao longo da vida e elaborar um traba- dente e propor esse jogo à comunidade
lho sobre este tema, para o portefólio. escolar, como forma de recolher informação.
Apoiar as pesquisas e trabalhos das outras
disciplinas.

Matemática
Consultar o EUROSTAT e analisar as esta-
tísticas de emprego.
Contribuir para o guião da entrevista, de
forma a perceber a importância do conhe-
Físico-Química cimento matemático no desempenho da
Enriquecer o portefólio após leitura, profissão.
pesquisa e reflexão sobre o Objetivo 7
Supor que em 2030 existirão dois milhões
do documento da OIT.
de portugueses totalmente satisfeitos com
Contribuir para o guião da entrevista, de a sua atividade profissional:
forma a perceber a importância do conhe- – calcular a probabilidade de o aluno ser
cimento científico, no desempenho da um deles;
profissão. – elaborar, para o portefólio, um trabalho
que inclua esta probabilidade, a forma
como o aluno a encara e os fatores que
podem influenciar positivamente o
alcançar desse objetivo.

Ciências Naturais
Enriquecer o portefólio após leitura, pes-
quisa e reflexão sobre os Objetivos 3 e 12 Educação Física
do documento da OIT. Contribuir para o guião da entrevista, de
Contribuir para o guião da entrevista, de forma a perceber a importância da condi-
forma a perceber a importância do conhe- ção física e do trabalho em equipa, no
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

cimento científico, no desempenho da desempenho da profissão.


profissão. Comparar uma equipa de trabalho com
uma equipa desportiva e enriquecer o
portefólio com uma reflexão sobre o tema.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 45


Ponto de equilíbrio
Produto final
9. anoo
Construção de uma instalação subordinada ao tema «Estilo de vida saudável»
e implementação de práticas de uma vida equilibrada no agregado familiar.

Cidadania e Desenvolvimento
Refletir sobre os equilíbrios e desequilíbrios
da vida quotidiana. Registar e agrupar as Educação Visual
ações identificadas. Compreender a Pirâmide das Necessidades
Estabelecer, com CN, um paralelismo entre e em qual ou quais dos setores se encaixa o
a Pirâmide da Alimentação Mediterrânica e contributo desta disciplina.
a Pirâmide das Necessidades (Pirâmide de Planear e concretizar uma instalação, com
Maslow). CN e CD, utilizando material reciclado, que
Compreender a Pirâmide das Necessida- integre uma pirâmide alimentar e uma pirâ-
des e que «o bem-estar surge como uma mide das necessidades e cuja mensagem
construção cujo equilíbrio está alicerçado seja a da promoção de um estilo de vida
na relação com o corpo, com a família, com equilibrado.
a comunidade e com a cultura.» (Referencial
de Educação para a Saúde).
Organizar a inauguração da instalação
criada em EV. Tecnologias de Informação
e Comunicação
Elaborar e aplicar, com Mat, um inquérito
que ponha em evidência equilíbrios ou de-
sequilíbrios, por exemplo, entre horas diá-
Português rias de leitura e de atividade frente a um
Compreender a Pirâmide das Necessida- ecrã, de atividade física e de sedenta-
des e em qual ou quais dos setores se en- rismo, de contacto com a Natureza ou
caixa o contributo desta disciplina. indoor, de sono e de atividade, de isola-
Elaborar, com Hist, Geo, Ing e LEII, o texto mento e de atividades em grupo, etc.
de apresentação da instalação, para a Definir e elaborar uma componente multi-
inauguração. média para a instalação de EV.
Preparar os alunos para a apresentação
oral do dia da inauguração.

Matemática
Organizar e tratar os dados do inquérito.
Incentivar, com CN, Geo e EF, a comuni-
Físico-Química
dade escolar a inverter as estatísticas que
Abordar o conceito de equilíbrio do ponto forem menos favoráveis a um estilo de vida
de vista físico e da interação de forças. equilibrado, motivando a partilha de práti-
Compreender a Pirâmide das Necessida- cas saudáveis nas redes sociais sob o
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

des e em qual ou quais dos setores se en- hashtag #omeupontodeequilibrio.


caixa o contributo desta disciplina. Abordar o conceito de equilíbrio do ponto
Recolher elementos que possam ser usa- de vista matemático para dar início ao es-
dos na instalação de EV. tudo das Equações.

46 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Objetivos DO PERFIL DOS ALUNOS
Refletir sobre as várias necessidades para uma vida equilibrada e
promover práticas nesse sentido. A B C D E
Saber comunicar a dimensão pessoal, social, cultural e política de
cada um. F G H I J

Ciências Naturais Geografia


Relacionar o bom funcionamento do sistema Compreender, com EF, a Pirâmide das Ne-
neuro-hormonal com o conceito de saúde, cessidades e refletir sobre o que cada um
segundo a Organização Mundial da Saúde. pode fazer para «alimentar» de forma posi-
Elaborar, usando também os dados de Mat, tiva a sua pirâmide.
sugestões de práticas que contribuam Elaborar, usando também os dados de
para um completo estado de saúde física, Mat, uma lista de ações que contribuam
mental e social. para ter todas as necessidades satisfeitas e
Incluir as práticas na instalação de EV de pô-la em prática.
forma a que, em cada dia, os visitantes Incluir as ações na instalação de EV de
sejam desafiados a realizá-las. forma a que, em cada dia, os visitantes
sejam desafiados a realizá-las.

Educação Física
Identificar, usando também os dados de
História Mat, exercícios, com base no conceito de
Investigar a que se refere a expressão estilo de vida equilibrada, que cada aluno
«equilíbrio do terror». possa implementar no seu agregado fami-
Analisar os exemplos de conflitos da liar.
Guerra Fria, trabalhados em Ing ou LEII, Incluir os exercícios na instalação de EV de
a partir da Pirâmide das Necessidades, forma a que, em cada dia, os visitantes
pensando na forma diferente como seria sejam desafiados a realizá-las.
encarada pela população nesses períodos
e atualmente.
Recolher elementos que possam ser usa-
dos na instalação.
Língua Estrangeira II
Investigar, com o apoio de Hist, conflitos
da Guerra Fria vividos por países da língua
estudada.
Inglês Recolher elementos que possam ser usa-
Investigar, com o apoio de Hist, conflitos da dos na instalação.
Guerra Fria vividos por países anglófonos.
Recolher elementos que possam ser usados
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

na instalação.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 47


Presidente por um dia
Produto final
9. anoo
Conceber propostas para a melhoria de infraestruturas no concelho e apresentá-
-las às entidades competentes através de participação em Assembleia Municipal.

Cidadania e Desenvolvimento
Pesquisar, com Hist e com vista a entender
o funcionamento para participação em
História
Assembleia Municipal, sobre:
– a missão das Câmaras Municipais; Rever o conceito de Democracia.
– os órgãos autárquicos e suas funções; Caracterizar o poder central, local e regio-
– a Assembleia Municipal: o que é e para nal, destacando as diferenças e a comple-
que serve? mentaridade entre os diferentes órgãos de
– as funções do Presidente da Câmara. poder.
Descrever como se efetiva a participação
dos cidadãos em cada um dos tipos de
poder.

Português
Colaborar com as restantes disciplinas na
elaboração das propostas para apresenta- Tecnologias de Informação
ção na Assembleia Municipal. e Comunicação
Apresentar oralmente as propostas, ex- Pesquisar e identificar necessidades do
pondo convenientemente os argumentos concelho em que a escola se insere, utili-
necessários para defendê-las/justificá-las. zando ferramentas digitais para localiza-
ção dos sítios a intervencionar.
Elaborar suportes digitais para apresenta-
ção das propostas escritas em Port à As-
sembleia Municipal.

Geografia
Recolher informação geral sobre a demogra-
fia da região.
Elaborar um levantamento sobre os princi-
pais obstáculos ao desenvolvimento do con-
celho, identificando, ao mesmo tempo, Or-
ganizações Não Governamentais ou outras
Matemática
organizações que ali atuam, percebendo a
Investigar a forma como é feita a gestão
sua importância para a ajuda ao desenvolvi-
das verbas de um município.
mento (por exemplo, no apoio à população
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

idosa, carenciados, deficientes…). Propor uma gestão alternativa que canalize


verbas para as propostas apresentadas.
Conceber propostas de trabalho voluntário
ao domicílio, envolvendo os alunos da
escola.

48 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS
Objetivos
Desenvolver a capacidade de análise do meio social envolvente. A B C D E
Promover os valores de cidadania, conferindo competências
para uma cidadania ativa e participativa. F G H I J

Educação Física
Fazer um levantamento das infraestruturas
desportivas existentes no concelho e per-
ceber se a qualidade de vida do mesmo
poderia ser melhorada com o aumento ou Educação Visual
melhoria dessas infraestruturas.
Fazer um levantamento do património cons-
Apresentar propostas para suprir as falhas truído do concelho e suas características.
ou deficiências detetadas.
Propor intervenções no sentido de o apro-
Verificar a existência de condições para a veitar para criar espaços de lazer agradáveis.
mobilidade de pessoas com deficiências.

Físico-Química
Investigar acerca da «Química Verde» e Ciências Naturais
perceber de que forma se pode aplicar na Analisar os indicadores de saúde da região
sustentabilidade do concelho. (existência de centros de saúde ou hospi-
Investigar e propor soluções, com Geo, tais, tempos e transportes necessários para
que promovam um desenvolvimento chegar à unidade de saúde mais próxima).
sustentável (por exemplo, investigar se os Conceber propostas de apoio para melho-
serviços da autarquia usam combustíveis rar o acesso aos cuidados de saúde dos
fósseis e, se sim, sugerir alternativas reno- habitantes do concelho.
váveis). Elaborar um folheto informativo com cuida-
dos de saúde básicos que todos devem
conhecer.

Inglês
Conceber um folheto que possa ser diri-
gido aos habitantes dos países de ex-
pressão inglesa, como forma de atrair Língua Estrangeira II
os mesmos para o investimento ou visita Conceber um folheto que possa ser diri-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

ao concelho em análise. gido aos habitantes dos países de expres-


são da língua estudada, como forma de
atrair os mesmos para o investimento ou
visita ao concelho em análise.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 49


Que filme!
Produto final
9. anoo
Organização de uma exposição sobre cinema com realização de uma
flash mob alusiva aos filmes visionados pela turma.

Cidadania e Desenvolvimento Educação Visual


Organizar o visionamento dos filmes sele- Pesquisar porque se chama «sétima arte» ao
cionados nas disciplinas, na escola ou num cinema e porque, por exemplo, as estreias
auditório municipal, com condições ade- de filmes, os festivais de cinema e as cerimó-
quadas. nias de entregas de prémios, como os
Óscares, se tornaram eventos mundiais.
Planear e organizar uma exposição sobre
cinema, com informações sobre os filmes Pesquisar e analisar os cartazes dos filmes
visionados, com os trabalhos das várias selecionados.
disciplinas. Contribuir para a exposição com os elemen-
Pesquisar e selecionar discursos proferi- tos recolhidos nas pesquisas, feitas com o
dos nas cerimónias de entrega dos Ósca- apoio de TIC.
res que tenham colocado a sua tónica na
defesa de causas, como a defesa dos direi-
tos humanos, da igualdade de género e do
desenvolvimento sustentável. Contribuir
para a exposição.
Português
Elaborar um guião genérico de exploração
de filmes, a preencher pelos alunos no dia
do visionamento de cada um.
Selecionar, visualizar e debater, no con-
Físico-Química texto da disciplina, um filme de referência
Pesquisar sobre a origem do cinema e a que os alunos ainda não tenham visto.
importância da Física e da Química no Recolher, com apoio dos guiões preenchi-
desenvolvimento do mesmo. Contribuir dos, informação sobre o enredo dos filmes
para a exposição. visualizados em todas as disciplinas e
Selecionar, visualizar e debater, no con- sobre a opinião dos alunos sobre eles.
texto da disciplina, um filme de referência
que os alunos ainda não tenham visto.

Educação Física
Pesquisar sobre o papel da dança na histó-
ria do cinema.
Tecnologias de Informação
Selecionar, visualizar e debater, no con-
e Comunicação texto da disciplina, um filme de referência
Pesquisar sobre a tecnologia IMAX e que os alunos ainda não tenham visto.
contribuir para a exposição.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

Preparar e apresentar, a partir dos resu-


Selecionar, visualizar e debater, no con- mos elaborados em Port, uma flash mob
texto da disciplina, um filme de referência na escola.
que os alunos ainda não tenham visto.

50 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS
Objetivos
Reconhecer a componente cultural, social, recreativa e educativa A B C D E
do cinema e da imagem em movimento.
Desenvolver o pensamento crítico e a imaginação. F G H I J

História
Elaborar um relatório com as conclusões
fundamentais da leitura do artigo «Cinema
e história – as funções do cinema como Geografia
agente, fonte e representação da Representar num mapa a nacionalidade de
história». todos os realizadores agraciados com o
Selecionar, visualizar e debater, no con- Óscar para melhor realizador. Relacionar
texto da disciplina, um filme que possa ser com o desenvolvimento económico dos
entendido como fonte histórica ou histo- países em questão. Contribuir para a ex-
riográfica, que os alunos ainda não tenham posição.
visto. Selecionar visualizar e debater, no con-
texto da disciplina, um filme de referência
que os alunos ainda não tenham visto.

Língua Estrangeira II
Pesquisar, contribuindo para a exposição:
– filmes da língua em estudo que vence-
ram o Óscar de melhor filme estran-
geiro;
– outros prémios, como o Urso de Ouro, Inglês
a Palma de Ouro ou os Goya. Pesquisar sobre os BAFTA. Contribuir para
Selecionar, visualizar e debater, no con- a exposição.
texto da disciplina, um filme de referência Selecionar, visualizar e debater, no con-
que os alunos ainda não tenham visto. texto da disciplina e usando a língua
estudada, um filme de referência que
os alunos ainda não tenham visto.

Ciências Naturais
Pesquisar sobre a importância do cinema
na transmissão de mensagens de sensibili-
zação para questões de saúde e bem-es-
tar. Contribuir para a exposição. Matemática
Selecionar, visualizar e debater, no con- Conhecer os filmes mais vistos da His tória
texto da disciplina, um filme de referência e recolher estatísticas que o descrevam.
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

que os alunos ainda não tenham visto. Contribuir para a exposição.


Selecionar, visualizar e debater, no con-
texto da disciplina, um filme de referência
que os alunos ainda não tenham visto.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 51


Todos diferentes,
todos iguais!
9.o ano Produto final
Construção de uma instalação sobre o tema «Todos diferentes, todos iguais!»

Educação Visual
Elaborar o plano de construção da instala-
ção e distribuir tarefas pelos alunos envolvi-
dos, após as pesquisas feitas nas várias dis-
ciplinas, que visam inspirar os alunos e
possibilitar a recolha de material necessário.
Matemática
Auxiliar EV nos cálculos para as necessá-
Justificar a intencionalidade da obra produ-
rias alterações de escala da instalação.
zida e enquadrá-la no(s) estilo(s) artístico(s)
que lhe serviu(serviram) de referência, no
documentário de Port e TIC.

Físico-Química
Planificar e montar um circuito elétrico
simples a integrar na instalação de
Educação Física modo a tirar partido do efeito luz/som-
Promover o «Momento do Abraço» aos vi- bra, com ajuda de EV.
sitantes da instalação, com o objetivo de
proporcionar a troca de abraços entre os
participantes e os visitantes, respeitando a
disponibilidade de cada um para esta
troca de afetos:
– criar duas filas de alunos, virados uns
para os outros, garantindo que a instala-
ção se mantém visível para os visitantes;
– colocar um cartaz onde se leia «Abraços História
Gratuitos». Pesquisar sobre os conceitos de:
– racismo;
– xenofobia;
– antissemitismo;
– grupo minoritário.
Cidadania e Desenvolvimento Apresentar exemplos de situações que se
Pesquisar sobre a campanha criada em 1995 relacionem com as pesquisas, ocorridos
para combater o crescimento da hostilidade durante os séculos XX e XXI, e incluí-los no
racista e da intolerância para com grupos mi- documentário de Port e TIC.
noritários «Todos diferentes, todos iguais». Recolher das pesquisas imagens, frases
Verificar se na turma ou na escola existem icónicas ou outros elementos para utilizar
alunos de diferentes grupos étnicos e cultu- na instalação de EV.
ras e fazer um levantamento de tradições
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

culturais próprias de cada grupo, de modo a


servir de inspiração à instalação de EV a
construir.

52 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
DO PERFIL DOS ALUNOS

Objetivos A B C D E
Promover os valores de igualdade e cidadania.
Promover o trabalho colaborativo. F G H I J

Ciências Naturais
Refletir e pesquisar no âmbito das ques-
tões-problema:
– Existem diferenças anatómicas entre Geografia
os indivíduos de diferentes «raças»? Pesquisar e debater os Objetivos de Desen-
– De que forma o conceito «raça» se volvimento Sustentável, procurando estabe-
relaciona com os conceitos fenótipo lecer relações com o tema.
e genótipo?
Recolher das pesquisas imagens, frases
Debater, tirar conclusões e usar as icónicas ou outros elementos para utilizar
principais ideias na instalação de EV. na instalação de EV.

Português
Promover um debate sobre o tema após Tecnologias de Informação
as pesquisas levadas a cabo em Hist, CN,
CD e Geo.
e Comunicação
Pesquisar imagens significativas e impac-
Elaborar o guião para a criação do docu-
tantes sobre o tema.
mentário, em parceria com TIC.
Realizar, após o debate de Port e utili-
zando as imagens, um documentário
a projetar numa zona específica da instala-
ção de EV.

Inglês
Elaborar uma lista com o vocabulário rele-
vante relacionado com o tema e integrar
alguns vocábulos na instalação, a par com
os termos em LEII.
Pesquisar sobre personalidades de língua
inglesa que tenham tido um papel impor-
tante na defesa da igualdade entre os
povos, incluindo referências às personali-
dades encontradas no documentário Língua Estrangeira II
de Port e TIC. Elaborar uma lista com o vocabulário rele-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

vante relacionado com o tema e integrar


alguns vocábulos na instalação, a par com
os termos em Ing.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 53


Tremer por dentro
Produto final
9. anoo
Elaboração de narrativas em banda desenhada sobre vivências de perigo
e stresse e apresentação à comunidade.

Geografia
Recolher notícias que contenham relatos
da destruição causada por catástrofes,
nomeadamente sismos, movimentos de História
vertente e avalanches. Discutir medidas
Recolher notícias que contenham relatos
de prevenção e de proteção nestes
da destruição causada por bombardea-
contextos.
mentos e conflitos em contexto de guerra.
Construir um mapa com a localização dos
Construir um friso cronológico com os
eventos descritos nas notícias recolhidas
acontecimentos identificados na disciplina
nesta disciplina e em Hist.
e em Geo.
Contribuir para as narrativas de Port.
Contribuir para as narrativas de Port.

Físico-Química
Investigar sobre:
Educação Física
– transformações de energia, no movi-
mento de um corpo sobre a ação da Experienciar uma atividade nova e desa-
força gravítica, por exemplo, salto em fiante como paraquedismo, surf, esqui,
queda livre e de paraquedas; trampolim, arborismo, escalada ou saltos
– movimento de esquiadores ao longo para a água, focando a atenção nas sensa-
de uma rampa; ções físicas resultantes da ação das hor-
– flutuabilidade de embarcações, como monas do stresse.
navios ou submarinos. Contar a experiência pessoal oralmente e
Preparar a participação nas atividades de mobilizar esse conhecimento como inspi-
surf e esqui de EF, prevendo comporta- ração para a elaboração das narrativas.
mentos de risco e tomando medidas de
segurança nesse contexto.

Ciências Naturais
Conhecer o papel do sistema endócrino
em situações de risco e stresse.
Matemática
Monitorizar os sinais vitais antes, durante e
Investigar sobre a contribuição de instru-
depois da atividade de EF.
mentos como o astrolábio, o quadrante
ou o nónio em viagens marítimas como a Discutir os resultados e elaborar conclu-
descrita no episódio de Os Lusíadas traba- sões, visando a compreensão da influência
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

lhado em Port. sistémica da ação hormonal e sua função


de sobrevivência para o ser humano em
Refletir sobre o conhecimento como fator
situações de perigo.
de redução do stresse.

54 Projetos interdisciplinares | 9.º ano


Objetivos ÁREAS DE COMPETÊNCIAS
Escrever textos para banda desenhada com base nas pesquisas DO PERFIL DOS ALUNOS
e nas experiências dos alunos.
Compreender, interpretar e expressar factos, opiniões, conceitos, A B C D E
pensamentos e sentimentos associados a situações de perigo
e stresse. F G H I J

Português
Explorar o episódio «Tempestade», da
narrativa épica Os Lusíadas, com Mat. Educação Visual
Registar o ponto de vista dos marinheiros Colaborar com Port e criar o desenho das
de Vasco da Gama, relatando a experiên- bandas desenhadas com recurso às técnicas
cia da tempestade. mais adequadas.
Desenvolver pequenas narrativas em Evidenciar, em cada banda desenhada,
banda desenhada baseadas em factos recorrendo à simbologia utilizada neste tipo
históricos que descrevam as vivências rela- de texto:
tadas nas notícias de Hist e de Geo e nas – os aspetos naturais ou antrópicos das
experiências de EF. catástrofes mais relevantes;
Colaborar com EV na construção das – alguns comportamentos dos protagonis-
bandas desenhadas. tas associados à vivência do stresse em
situações de catástrofe.

Inglês
Recontar as histórias de Port, depois de,
em grupo, se trocarem ideias e opiniões
sobre as experiências e acontecimentos Tecnologias de Informação
vividos pelos protagonistas. e Comunicação
Gravar a voz-off das histórias que acompa- Produzir o livro digital com as bandas
nhará a versão digital das bandas dese- desenhadas e divulgar na plataforma da
nhadas, em português e em inglês. escola.

Cidadania e Desenvolvimento
Convidar membros da comunidade que
tenham vivenciado situações de catástrofe
Língua Estrangeira II a partilhar os seus testemunhos no dia da
apresentação das narrativas em banda
Escrever a sinopse do livro digital de TIC e
desenhada.
contribuir para a sua apresentação à co-
PROJETOS 9.º ANO © RAIZ EDITORA

munidade. Organizar a apresentação à comunidade, e


concretizá-la num local da região da escola
que possa ter interesse do ponto de vista
das temáticas trabalhadas nos contos.

Projetos interdisciplinares | 9.º ano 55