Você está na página 1de 6

SE NÃO É SUBSCRITOR

E ESTÁ INTERESSADO
anuncie
EM RECEBER ESTA EDIÇÃO Correio ANUNCIE
AQUI
da manhã
NA ÍNTEGRA, ENVIE
50 MT POR APENAS
VIA MPESA OU PARA
A CONTA MÓVEL
843085360
A n o XXII • N º 5 9 1 7 • Te rç a - fe ira 0 6 / 1 0 / 2 0 2 0
Edi t o r : Re f ina l d o Ch i l e ngue
re daccao @co rre i o damanhamoz.com / ed it or@correiod ama nhamoz.com
702 MT
www.co rre i o daman h amoz.com facebook.com/Correiod a manha moz

Guebuza sugere recurso às experiências política


Presidente

dos veteranos das guerras anteriores


da RENAMO
defende
“projecto
colectivo” para
O antigo Presidente mo-
çambicano Armando Emílio desenvolvimento
Guebuza é da opinião de inclusivo
que se deve aproveitar a ex- páG 3
periência de quem comba-
teu na luta de libertação e sociedade
na guerra civil dos 16 anos,
incluindo os antigos guerri- Alguns dos
lheiros da RENAMO, para tra- líderes
var a violência armada em mundiais
Cabo Delgado. infectados com
“É fundamental a exploração
das capacidades instaladas Covid-19
ao longo destes anos todos, páG 4
mesmo as da RENAMO�������
[prin-
cipal força de oposição em sociedade
Moçambique]. Fizeram [a
guerra civil] dos 16 anos, Realocação de
será que estamos a traba- monumentos
lhar com eles para encon- na África do
trar soluções para este pro-
blema? Eu acho que não”,
Sul divide
disse Armando Guebuza,... académicos
Armando Guebuza
PáG 2 páG 6

tiku 15!
Liberdade de
expressão
- R. Chilengue
páG 5
correio da manhã • outubro 2020

política & sociedade

Guebuza sugere recurso às experiências dos veteranos das guerras anteriores


É fundamental a exploração das capacidades instaladas ao longo destes anos todos,
mesmo as da RENAMO [principal força de oposição em Moçambique]. Fizeram [a guerra
civil] dos 16 anos, será que estamos a trabalhar com eles para encontrar soluções para
este problema? Eu acho que não
saber se o comando que
elas têm, localmente, está
em condições de garantir
que se produza a paz. Apa-
rentemente, até agora, há
muitas dificuldades”, ob-
servou Guebuza, alertando
ainda para o sofrimento
das populações dos distri-
tos afectados pela violên-
cia.
A província de Cabo Del-
gado é desde há três anos
palco de ataques armados,
alguns reivindicados pelo
grupo ‘jihadista’ Estado Islâ-
mico, mas cuja origem conti-
nua por esclarecer.
Armando Guebuza
Acredita-se que esta violên-
O antigo Presidente mo- grupos armados naquela pro- mente utilizados? Eu penso cia provocou uma crise hu-
çambicano Armando Emílio víncia do norte de Moçambi- que não”, acrescentou Ar- manitária com mais de mil
Guebuza é da opinião de que que. mando Guebuza. mortos e cerca de 365.000
se deve aproveitar a experi- “Por exemplo, nós temos, no O antigo Presidente mo- deslocados internos.
ência de quem combateu na Governo, pessoas que parti- çambicano considera ain- A região deverá acolher nos
luta de libertação e na guerra ciparam da luta de libertação da a situação da província próximos anos investimen-
civil dos 16 anos, incluindo e até chegaram a oficiais. “complicada”, defendendo tos da ordem dos 50 mil
os antigos guerrilheiros da Será que estão a ser devida- uma avaliação das capacida- milhões de dólares norte-
RENAMO, para travar a vio- des do comando das forças -americanos em gás natural,
lência armada em Cabo Del- governamentais destacado liderados pelas petrolíferas
gado. Nós temos as para a região. norte-americana Exxon Mo-
“É fundamental
exploração das capacidades
a nossas forças “Nós temos as nossas for-
ças lá, a polícia e as Forças
bil e francesa Total (que já
tem obras no terreno).
instaladas ao longo destes lá, a polícia e as Armadas, [mas] temos de redacção
anos todos, mesmo as da Forças Armadas,
RENAMO [principal força de
[mas] temos
oposição em Moçambique].
Fizeram [a guerra civil] dos de saber se o frase
16 anos, será que estamos
a trabalhar com eles para
comando que elas Os Governos são como as rosas: murcham
encontrar soluções para têm, localmente, - Ana Sá Lopes, jornalista portugues
este problema? Eu acho está em condições
que não”, disse Armando
Guebuza, num vídeo divul- de garantir que se PREVISÃO DE TEMPO
gado na sua página na rede produza a paz.
CANAL DO TEMPO

social Facebook.
Para o antigo chefe de Esta-
Aparentemente, TERÇA
06 Outubro
QUARTA
07 Outubro
QUINTA
08 Outubro
SEXTA
09 Outubro
SÁBADO
10 Outubro
até agora,
FONTE

do, o país não deve “margi-


nalizar aqueles que têm ex-
periências” nas estratégias
há muitas
para travar as incursões de dificuldades 23º 19º 24º 17º 27º 18º 29º 10º 24º 17º

2
correio da manhã • outubro 2020

política & sociedade

Presidente da RENAMO defende Ossufo Momade reiterou


o seu compromisso com
a paz, condenando as in-
RENAMO, contesta a lide-
rança do partido e o acordo
de paz assinado em Agosto

“projecto colectivo” para cursões armadas que têm


sido atribuídas a um gru-
do último ano, sendo acusa-
da de protagonizar ataques

desenvolvimento inclusivo
po de dissidentes da RE- visando forças de segu-
NAMO (autoproclamada rança e civis em aldeias e
Junta Militar da RENAMO) nalguns troços de estradas
Ossufo Momade, actual pre- do a guerrilha da RENAMO nas províncias de Manica da região Centro do país,
sidente da RENAMO, prin- às tropas do Governo do e Sofala, Centro de Mo- incursões que provocaram
cipal partido de oposição, partido Frelimo, de inspira- çambique. a morte de, pelo menos, 30
defende a necessidade de ção marxista-leninista, ins- “Nada justifica que tais ac- pessoas desde Agosto de
um projecto colectivo para o talado em Maputo em Junho tos aconteçam num momen- 2019.
desenvolvimento inclusivo de 1975. to em que o nosso foco é o O Acordo Geral de Paz foi o
em Moçambique. “É chegado momento de desenvolvimento, a paz e a primeiro dos três que o Go-
O desejo de Momade foi termos um projecto co- reconciliação nacional”, re- verno moçambicano e a RE-
expresso no dia em que Mo- lectivo nacional e de de- feriu. NAMO já assinaram e marcou
çambique assinalou o 28.ª senvolvimento, com po- A autoproclamada Junta Mi- o oficialmente o fim da
aniversário da assinatura líticas setoriais viáveis, litar, liderada pelo major- guerra civil dos 16 anos no
do Acordo Geral de Paz em sustentáveis e inclusivas, -general Mariano Nhongo, país.
Roma, Itália, que colocou porque só assim teremos antigo líder de guerrilha da REDACÇÃO
ponto final a uma guerra ci- um Moçambique desenvol-
vil que durou 16 anos, opon- vido, robusto e com uma
única bandeira cobrindo
É chegado a todos”, declarou Ossufo
Momade.
momento de O presidente do principal
termos um partido de oposição em
projecto Moçambique falava numa
conferência de imprensa
colectivo convocada por ocasião do
nacional e de aniversário do Acordo Geral Balões de
desenvolvimento,
de Paz, assinado em 1992
entre o Governo e a Resis-
Aniversário
com políticas tência Nacional Moçambica-
Preços a partir de
na (RENAMO).
setoriais viáveis, Para Ossufo Momade, o 65
sustentáveis e progresso de Moçambique MT
inclusivas, porque passa pela reconciliação,
condição para um desenvol- Balões de gás Hélio

só assim teremos vimento inclusivo.


Balões de idade (com gás Hélio)
Balões com ar normal
um Moçambique “É chegado o momento de
cada moçambicano e cada
+258 845051448

desenvolvido, dirigente aceitar o outro


+258 820133110

robusto e com uma como irmão. Neste país não


ap4.eventos@gmail.com

única bandeira há cidadão de primeira,


nem de segunda, nem de
Transporte incluso para cidade de Maputo

cobrindo a todos terceira”, acrescentou.

3
correio da manhã • outubro 2020

sociedade

Alguns dos líderes mundiais Jeanine Añez: a Presidente


interina da Bolívia teve um
teste positivo e mais de um
na semana passada, em con-
tacto com uma pessoa infec-
tada, na reunião do Conse-

infectados com Covid-19 terço do Governo foi infecta-


do.
Alejandro Giammatei: o Pre-
lho de Estado, em Cascais,
Lisboa.
“Fui informada que partici-
O Presidente dos Estados Mikhail Mishustin: o Pri- sidente da Guatemala anun- pei numa reunião, na terça-
Unidos, Donald Trump, tor- meiro-Ministro russo, de 54 ciou que foi infectado em 18 -feira passada, onde estava
nou-se, sexta-feira, no mais anos, anunciou a 30 de Abril de Setembro. uma pessoa que ontem [no
recente líder mundial a estar que tinha testado positivo Avdullah Hoti: o Primeiro- domingo] testou positivo
infectado com Covid-19 de para o coronavírus, o que -Ministro do Kosovo entrou para a covid-19. De acordo
uma lista que inclui outros lançou o alarme no Governo em quarentena no início de com os regulamentos ado-
dirigentes que desvaloriza- e motivou uma protecção Agosto. tados, estarei em auto iso-
ram a pandemia, como Jair especial do Presidente, Vla- Apenas por precaução, a lamento até amanhã [terça-
Bolsonaro ou Boris Johnson. dimir Putin. presidente da Comissão Eu- -feira, hoje, portanto, ] de
Jair Bolsonaro: entre as per- Nuno Gomes Nabiam: o ropeia, Ursula von de Leyen, manhã”, escreveu a líder do
sonalidades políticas que Primeiro-Ministro da Guiné- entrou esta segunda-feira executivo comunitário na sua
testaram positivo para o -Bissau anunciou no final de em isolamento até terça-fei- conta na rede social Twitter.
novo coronavírus está o Pre- Abril que estava infectado. ra de manhã, por ter estado, redacção
sidente do Brasil, que anun- Michel Barnier e David
ciou que tinha testado posi- Frost: diagnosticado em 19
tivo em 7 de Julho. de Março, o principal nego-
O Presidente brasileiro, que ciador do Brexit na União
sempre minimizou a gravi- Europeia retomou os traba-
dade da pandemia, não usou lhos em meados de Abril e o
máscara em várias ocasiões, seu homólogo britânico, Da-
embora ainda fosse positivo vid Frost, também foi infec-
para o vírus. tado pelo novo coronavírus.
Boris Johnson: depois de Sílvio Berlusconi: o ex-Che-
uma semana nos cuidados fe de Governo italiano foi
intensivos e duas semanas hospitalizado por dez dias
de recuperação, o Primeiro- no início de Setembro.
-Ministro britânico, Boris Jo- Alberto II do Mónaco: o Che-
hnson, voltou ao trabalho no fe de Estado do principado,
final de Abril. de 62 anos, foi, em Março,
o primeiro líder mundial a
O edil de confirmar estar contamina-
do.
Maputo, Enéas da Cumpriu uma rigorosa qua-
Conceição Comiche, rentena e superou a doença
que no passado di no último dia desse mês.
Carlos de Inglaterra: o her-
28 de julho fez deiro da coroa britânica, de
81 anos de idade, 71 anos, foi infectado a 25
de Março, em pleno pico da
também ficou pandemia.
hospitalizado por O edil de Maputo, Enéas da
alguns dias Conceição Comiche, que no
passado di 28 de julho fez
na capital 81 anos de idade, também
moçambicana ficou hospitalizado por al-
guns dias na capital moçam-
depois de bicana depois de testar po-
testar positivo, sitivo, justamente depois de Gosta do nosso jornal?
ter convivido com Alberto II
justamente depois do Mónaco.
Se gosta do nosso jornal recomende-o a um amigo

de ter convivido Nikol Pachinian: o Primeiro- https://www.correiodamanhamoz.com/ e nossa


com Alberto -Ministro arménio anunciou
em 1 de Junho que tinha
página no Facebook https://www.facebook.com/
Correiodamanhamoz/
II do Mónaco sido infectado.

4
correio da manhã • outubro 2020

sociedade

CURIOSIDADES SOBRE COVID-19


Conjuntivite
pode ser um dos
primeiros sinais
A conjuntivite pode ser o primeiro sintoma da infecção
pelo novo coronavírus, segundo aponta um estudo reali-
zado por oftalmologistas do Hospital Clínico San Carlos
de Madrid, que avaliaram a ������������������������������
prevalência e as característi-
cas clínicas da doença.
O estudo foi elaborado a partir dos sintomas de 301 pa-
cientes internados na clínica, com uma média de idade
de 72 anos e é o primeiro do país a descrever a con-
juntivite como um dos primeiros sinais da doença num
grupo significativo de doentes, afirma a instituição, em
comunicado citado pelo jornal ABC.
O estudo indica uma prevalência de conjuntivite em
11,6% dos doentes hospitalizados com Covid-19.
De acordo com os cientistas, um em cada dez doentes
internados pode desenvolver conjuntivite relacionada
com o novo coronavírus durante alguns dos estádios da
infecção.
Os resultados podem ajudar outros médicos a fazer um
diagnóstico precoce da doença, de acordo com os auto-
res do estudo, que explicam que a conjuntivite associa-
da à Covid-19 pode ocorrer em um ou ambos os olhos.
Os sintomas são olhos vermelhos acompanhados de la-
crimejar ou leve secreção.
A conjuntivite cura-se espontaneamente em dois ou
quatro dias e, até ao momento, não foram identifica- Ficha técnica
das sequelas visuais ou complicações graves associa-
Primeiro jornal ilustrado transmitido por FAX e E-mail, de 2ª a 6ª-
das. -feira.  Propriedade da SOJORNAL Sociedade Jornalística,
Os autores do estudo consideram que a actual preva- Avenida Filipe Samuel Magaia, 528-3º Flat 6, Maputo Moçambique
lência de conjuntivite entre os doentes infectados com - C.P. 1756 Website: www.correiodamanhamoz.com E-Mail: correio-
Covid-19 pode estar subestimada, facto que pode ser damanha@tvcabo.co.mz /redaccao@correiodamanhamoz.com /
explicado por serem casos leves ou muito leves, porque editor@correiodamanhamoz.com Tel.: Redacção: 21305323
os doentes não têm conhecimento que sofrem da do- - Editor: 21305326; móvel: 82/84/873085360/841404040
ença e também pelo desconhecimento do que poderia Os artigos de opinião inseridos nesta edição são da inteira respon-
significar esta sintomatologia, especialmente no início sabilidade dos respectivos autores e não reflectem necessaria-
mente o ponto de vista nem a linha editorial deste jornal.
da pandemia.
redacção

5
correio da manhã • outubro 2020

sociedade

Realocação de monumentos na
genuína” junto das comu- de Estado, ‹putsch› ou revo-
nidades locais por forma a lução” e relembrou que no
identificar se preferem que caso específico da África do

África do Sul divide académicos um determinado monumen-


to “fique, ou que fique, mas
com notas contextuais, ou
Sul, um dos exemplos “mais
emblemáticos” deu-se logo a
seguir à queda do ‘apartheid’
que seja totalmente removi- quando Verwoerdburg, cida-
do, isso deve ser levado mui- de vizinha a Pretória, a capi-
to a sério”. tal administrativa e presiden-
“As pessoas precisam de sen- cial, passou a ser denominada
tir que essas decisões são Centurion.
tomadas com base num pro- “O nome de Hendrik Verwo-
cesso consultivo e não sim- erd, o antigo primeiro-minis-
plesmente imposto”, afirmou tro considerado de principal
à Lusa Clive Glaser. arquitecto do ‘apartheid’,
O historiador sul-africano assim celebrado na edifica-
O académico sul-africano dor Clive Glaser, director do considerou os ‘parques te- ção desse centro urbano, foi
Thulasizwe Simpson defen- Departamento de História da máticos’ para estátuas e pronta e inexoravelmente
deu que o reposicionamento Universidade de Witwaters- monumentos como locais removido com a queda do re-
de estátuas e monumentos rand, em Joanesburgo. “fastidiosos”, mas que “bons gime”, frisou.
preconizado pelo Presidente “É extremamente político museus”, como o Museu do Na sua óptica, a modificação
Matamela Cyril Ramapho- e é ofensivo para os sul- Apartheid, em Joanesburgo, dada à nomenclatura ou re-
sa não visa a inclusão social africanos terem figuras-chave “são essenciais”. moção de estátuas, “porém,
após mais de 40 anos de se- do passado racista da África “Novamente, é importante em nada modifica factos his-
gregação racial e três déca- do Sul homenageadas em consultar a população local tóricos”, questionando “onde
das de partido único no país. espaços públicos. Dito isto, e os historiadores, em vez se demarca o limite a ser
“Não se destina a servir a in- precisamos de nos prevenir de permitir que o Estado traçado no processo dessa
clusão”, sublinhou o historia- contra a imposição por uma dite o conteúdo, o Museu do modificação ou remoção, e
dor da Universidade de Pre- nova elite da sua própria Apartheid foi um sucesso, eu quais são os critérios ou jus-
tória, rejeitando ainda a ideia visão de monumentação, da acho, porque o Estado quase tificações” uma vez iniciado
de ‘parques temáticos’ como lista tediosa dos chamados não teve papel na determi- tal processo.
solução para a conservação ícones da luta de libertação nação do conteúdo”, frisou o “Ao serem removidos de
e preservação da História da de uma corrente política académico sul-africano. pontos focais de uma urbe
África do Sul, apelidada pelo específica, entre outros��������
”, afir- O revisionismo à luz do que ou zona rural, todavia, esses
novo regime pós-apartheid mou. a investigação possa trazer monumentos e estátuas per-
como “o país do Arco-Íris” em Este académico defendeu com a descoberta de teste- derão em muitos casos o sim-
reconhecimento da sua diver- ainda uma “consulta local munhos de fontes primá- bolismo que à partida lhes foi
sidade multicultural. rias ou até secundárias é, na atribuído”, referiu o investi-
“Depois de visitar os par- opinião de Daniel Muralha, gador, para quem a edificação
ques de estátuas na Europa Os nomes licenciado em história da an- de ‘Parques Temáticos’ terá de
do Leste, julgo que os seus
objectivos são semelhantes
e estátuas a tiguidade pela Universidade
da África do Sul (UNISA), uma
“ser cuidadosa”, por forma a
servir de “repositório temáti-
aos zoológicos humanos, preservar pela “mais valia que faz alargar o co autenticamente simbólico
não têm como objectivo cul- África do Sul espetro da História”. da História do país”.
tivar o respeito pela história
ou cultura preservada ali”,
pós-apartheid “Revisionismo à luz do que
possa ser politicamente cor-
“Ou em pouco mais se torna-
rá do que em autêntico ce-
adiantou. “deve ser uma recto a um dado momento da mitério de estátuas e monu-
De acordo com este acadé-
mico, os nomes e estátuas a
decisão de painéis linearidade temporal afasta-
-se da interpretação correcta
mentos assim desarrumados
para um canto”, salientou.
preservar pela África do Sul apartidários, inerente à época em que esse Daniel Muralha considera
pós-apartheid “deve ser uma reunindo todas facto histórico se tenha veri- que ao ser dada uma conti-
decisão de painéis apartidá-
rios, reunindo todas as partes
as partes ficado, o que só lhe pode em-
prestar uma interpretação
nuidade aleatória à remoção
de estátuas e monumentos, a
interessadas relevantes”, de- interessadas contemporânea que nada de África do Sul corre o risco de
fendendo que as decisões “de-
vem resultar da negociação”.
relevantes” histórico lhe traz”, adiantou.
Daniel Muralha considerou
perpetuar um processo que
“pode resvalar no exagero e/
“Obviamente que não se (…) “devem também que a remoção ou ou no desnecessário” à me-
pode deixar os monumen-
tos como estão”, adiantou à
resultar da modificação da toponímia
“dá-se em alguma medida
dida que “desliza o cursor do
tempo”.
Lusa, por seu lado, o historia- negociação” sempre que haja um golpe REdacção

Você também pode gostar