Você está na página 1de 39

1.

Painel de Comando
Descrição dos Comandos
Teclado de Multifunções
Tecla Memory
Teclas de programação
Configuração
Atalhos
Master
Controles de operação
Conexões da STAR Smart Control 2003
DMX 512
Pedal Up-Down

2. Comandos da STAR Smart Control 2003


Memory
Técnicas de Mesclagem - Técnica HTP - Técnica LTP
Program
Unit
Grupos de unidades
Efeitos de movimento (Shapes)
Step
Page
Beam
Edit
Store
Times
Copy
Enter
Setup
Extra
Lamp
Reset
Lock
Clear
Mode

3. Funções de Setup
Unit Patch
Extra Patch
Labels do Extra Patch
Chave Modo do Extra Patch
Curvas de equalização do Extra Patch
Memory Selection
Seleção de Memória Interna - Seleção do Cartucho
Cópia da Smart Control para o Cartucho
Cópia do Cartucho para a Smart Control
Internal Library
Criando nova unidade na biblioteca (Create New Unit)
Unit Name / Total DMX Channel
LDC Effect Label
Internal Patch
Stand-by values
Type of effects
Mirror-Head Patch
Cross Fade
Reset/Lamp Values
Beam Find Value
Inverted Channel
Modificando uma unidade na Biblioteca
Eliminando uma unidade da biblioteca
Mensagens de Erro

2
4. Criando e modificando elementos na memória
Criando um Program
Selecionando unidades/efeitos
Step’s Time

5. Utilização avançada da STAR Smart Control 2003


Unidades Múltiplas

6. Uso das conexões


O pedal

7.Referências Rápidas

8.Guia Prático
Trocar de Página
Seleção de uma Memory
Seleção de um Program
Seleção de uma Unit
Grupos de Unit
Criação de Grupos de Units
Eliminação de uma Unit do Grupo
Chamar um Grupo de Units
Endereçando Units (patch)
Utilizar uma Unit no modo manual
Criar um Program
Modificar os tempos dos passos do Program
8.10 Modificar os tempos do Program durante a execução ( ON LINE )
8.11 Como pausar Programs durante a execução ( ON LINE )
8.12 Criar uma Memory
8.13 Operações com o cartucho

9. Características Técnicas

10. Biblioteca de aparelhos

11. Tabela de Canais

12. Manutenção Periódica

13. Garantia

3
1. Painel de Comando

lamp - 12V

master
operations
100%
setup copy enter lock extra lamp reset

page store edit beam times


1 - 20

21 - 40

caps 9

0%

black out memory program mode clear group unit step pan tilt

U V W X Y Z 0 1 2 3 4 5 6 7 8
1 or 21 2 or 22 3 or 23 4 or 24 5 or 25 6 or 26 7 or 27 8 or 28 9 or 29 10 or 30 11 or 31 12 or 32 13 or 33 14 or 34 15 or 35 16 or 36 17 or 37 18 or 38 19 or 39 20 or 40

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T

1.1. Descrição dos Comandos


1.1.1. Teclado de Multifunções
Graças a esta seção de teclas, é possível chamar Memórias, Programs, Unidades (Units) ou Passos (Steps) e caracteres
alfanuméricos.

e
1.1.2. Tecla Memory
Esta tecla é utilizada para selecionar até 8 Programs que serão acionados simultaneamente ou até 40 Programs que serão
acionados sequencialmente.

1.1.3. Teclas de Programação


Esta seção compreende todas as teclas e funções correspondentes que permitem editar e selecionar os tempos de
execução e o nível geral de saídas dos elementos que compõem os Memorys, Programs, Steps e Units.

1.1.4. Configuração
Esta seção é utilizada para acessar as funções de setup, dedicadas a configuração dos parâmetros internos (como o
endereçamento dos canais) e das bibliotecas contendo as informações relativas às unidades inteligentes.

1.1.5. Atalhos
Esta seção da STAR Smart Control 2003 coloca imediatamente à disposição, funções especiais tais como Beam, Extra,
Lamp, Reset e Black Out, que agem diretamente sobre os projetores (liga e desliga lâmpada), nas unidades inteligentes
(controle remoto do Reset) e nos comandos enviados a unidades especiais tais como máquinas de fumaça, strobos ou
efeitos de centro pista (canais Extra).

1.1.6. Master
A STAR Smart Control 2003 possui um controle geral do nível de saída, usado para ajustar
Globalmente o nível de todos os canais “ dimmer ”, tanto do tipo clássico
como das unidades inteligentes.
O valor é expresso em porcentagem e está compreendido entre 0 e 100%.

4
1.1.7. Controles de Operação
Teclas de Scrool

pan tilt

1 2 3 4 5 6 7 8

Esta seção inclui os controles de operação os quais são utilizados para controlar os projetores e a Smart Control por
inteiro.
As funções variam segundo a função selecionada no Teclado de Programação. O posicionamento dos projetores de cabeça
móvel ou espelho móvel é realizado por meio de um Control Wheels(PAN/TILT) (que opera sobre coordenadas relativas).
Este sistema assegura um controle extremamente preciso no posicionamento dos projetores. As teclas de scrool e de
avanço/retrocesso (setas) são usadas durante a navegação nos menus da mesa, e no posicionamento de pan e tilt.

1.2. Conexões da STAR Smart Control 2003


1.2.1. DMX 512

A STAR Smart Control 2003 dispõe de saída DMX 512. Para a conexão, pode-se utilizar cabos blindados certificados
DMX 512 (2x0,25mm), os quais devem ser de boa qualidade para evitar falhas na operação do equipamento.
Atenção: A blindagem do cabo (trança do fio) nunca deve ser ligada ao terra da instalação elétrica, pois isto poderá causar
danos ao projetor ou falhas de operação. Essa saída é isolada do circuito da mesa por acoplamento óptico, garantindo
maior confiabilidade e segurança.

1.2.2. Pedal Up-Down

Este conector permite ligar ao controlador um pedal para a mudança de memória no modo Up-Down. A memória é
ativada pressionando-se UP (começando da memória 1) ou DOWN (começando da memória 40).

2. Comandos da STAR Smart Control 2003

2.1. Memory

A STAR Smart Control 2003 é um controlador universal capaz de controlar tanto unidades inteligentes como canais
“dimmers”.
Embora seja sempre possível assumir o controle manual das unidades, o máximo de performance obtém-se com o uso
das Memorys, grupos potentes de comandos que agem da mesma maneira que as “macros” usadas pelos computadores.
Cada Memory é capaz de guardar, simultaneamente até 8 programs para acionamento em paralelo.
A STAR Smart Control 2003 possui 40 Memorys, que operam de forma individual, uma em relação a outra.

2.1.1. Técnicas de Mesclagem

2.1.1.1. Técnica HTP

Os canais DMX são ligados através da técnica HTP (Highest Take Precedence): na saída “passa” o nível mais elevado. Isto
significa que se 2 ou mais Steps são ativados no mesmo canal, o nível deste canal será determinado pelo Step mais
elevado, segundo a tabela seguinte, na qual os valores devem ser considerados somente como exemplos:
Step 1 canal 001 nível 50%
Step 2 canal 001 nível 80%
Step 3 canal 001 nível 30%
Step 4 canal 001 nível 0%
Saídas canal 001 nível 80%

A técnica HTP faz com que (em todos os casos) o nível de saída não supere o Step mais alto e que não corresponda a
soma dos quatro, o qual daria como resultado um nível de 160%: O nível de saída máximo de um canal não pode nunca
exceder a 100%.

5
2.1.1.2. Técnica LTP

A técnica LTP (Latest Take Procedence) é normalmente utilizada para controlar a seção das unidades inteligentes. Desta
maneira, o agente “moderador” dos sinais de saída (os quais controlarão projetores de cabeça móvel, “scanners” e
qualquer outro aparelho) é o tempo: quando a unidade é comandada por vários Programs, só o comando mais recente
será enviado a ela. Aqui também, temos a seguinte tabela ilustrativa:
Unidade 1 instante x operação: movimento do Pan para o ponto 0,0 em 10
seg.
Unidade 1 instante x + 1seg. operação: movimento do Pan para o ponto 255,0 em
15 seg.
Unidade 1 instante x + 3seg. operação: movimento do Pan para o ponto 100,100
em 2 seg.
Saída instante x + 3seg. operação: movimento do Pan para o ponto 100,100
em 2 seg.

Neste exemplo, se o movimento inicial requer 10 segundos, haverá uma primeira mudança no instante x + 1 segundo,
que alcançará as novas coordenadas em um tempo de 15 segundos e uma mudança final ao instante x + 3 segundos
que alcançará as coordenadas finais em 2 segundos.
A técnica LPT faz com que o tempo total do movimento não seja o resultado da soma dos três (27 segundos), mas sim
obtido pela soma do último com o tempo decorrido desde o início da seqüência (portanto, aproximadamente 6
segundos).

Esta técnica de mesclagem é utilizada para os Programs e as Memorys.

2.2. Program

A STAR Smart Control 2003 possui 40 programas (Program), 8 dos quais podem operar simultaneamente.
A utilização de vários programas simultaneamente tem a desvantagem que uma determinada unidade controlada (por
exemplo, um scanner) não pode ter um de seus efeitos (por exemplo, a cor) utilizado por vários programas ao mesmo
tempo: devido a técnica de mesclagem LTP (veja item 2.1.1.2.) só o último comando recebido seria executado e não
todos simultaneamente.

A utilização simultânea de programas, entretanto, permite ao operador gerar, com a máxima liberdade, espetáculos de
luzes (light shows), como por exemplo, utilizando o programa 1 para as mudanças de cores de fundo, o programa 2 para
os scanners em primeiro plano, o programa 3 para os projetores de cabeça móvel e o programa 4 para as mudanças de
cores frontais.
Em instalações fixas, esta possibilidade pode ser utilizada (por exemplo) para controlar as unidades em diferentes áreas do
local.
Seguramente, cada operador encontrará o melhor modo de emprego desta possibilidade de controle.

Cada “Program” contém um máximo de 20 Steps (cenas). Para selecionar um Program, acione a tecla Program. Logo a
mesma começa a piscar e o display apresenta a seguinte mensagem:
--- SELECT PROGRAMS ---

Através das teclas de multifunção selecione o(s) Program(s) desejado(s).

2.3. Unit

Utilizando esta função, até mesmo quando uma Memory não está ativa, pode-se acessar manualmente as unidades
inteligentes.
Este grupo de comandos é constituído por 6 slides, 6 botões, controles de movimento e o display.

Acima de cada slide, o display indica o efeito (canal) que ele está controlando e o
valor configurado. Pressionando um dos botões, o controle é atribuído às quatro setas
do cursor. Quando as teclas Pan e Tilt estão ligadas, o cursor controla o
posicionamento dos espelhos e cabeças dos projetores de efeitos.
Os dois botões SCROLL situados à direita do display permitem deslocar-se (de 6 em
6) nas páginas dos efeitos das unidades. As unidades controladas podem ter um
6
máximo de 36 canais, 30 deles para efeitos, 6 reservados para o movimento das partes móveis e 2 para as opções: cada
unidade terá, portanto, um máximo de 5 páginas de efeitos.
Na sexta página encontram-se os jogos de movimento pré-programados (só para scanners e projetores de cabeça móvel),
que permitem criar em um único passo de programa efeitos estupendos, que, com os controladores clássicos, requerem
dezenas de passos.

2.3.1. Grupos de unidades

A STAR Smart Control 2003 é capaz de controlar 6 grupos de unidades de maneira independente, com a possibilidade de
chamar os grupos cada vez que o operador assim o desejar.

Quando a tecla é mantida pressionada, a seguinte mensagem aparece


no display:

Select other units to make a group


GRP1 GRP2 GRP3 GRP4 GRP5 GRP6

Os 6 grupos são atribuídos aos 6 botões universais e a utilização é limitada a um só grupo de cada vez. Para selecionar o
grupo de unidades, é suficiente pressionar o botão correspondente ao grupo. Os LEDs das unidades selecionadas no
Teclado de Multifunções (Multifunction Keyboard) e atribuídas ao Grupo, piscam (flash) ao mesmo tempo e os parâmetros
das unidades são mostrados no display, por exemplo:

IRIS. COLOR GOBO. SHUTT - 0


0 0 0 0 -- -- - 0

Quando as unidades que constituem um grupo têm parâmetros de diferentes valores, no display eles são substituídos por
três asteriscos:
FUNC
***
Estes asteriscos serão substituídos por um valor numérico quando o efeito de todas as unidades alcance o mesmo valor.
No caso de grupos constituídos por diferentes tipos de unidades inteligentes, as únicas funções que podem ser
comandadas são aquelas relativas ao movimento das partes móveis (espelho e cabeça móvel) - isto é, os canais do Pan e
do Tilt. A diferença na execução dos movimentos dependerá das características eletromecânicas das unidades
correspondentes.

2.3.2. Efeitos de movimento ( Shapes )

A STAR Smart Control 2003 dispõe de vários jogos de movimentos pré-programados, dedicados a scanners e unidades de
cabeça móvel. Através destes potentes comandos, é possível criar animações de notável efeito com apenas um comando,
e também é possível utilizá-los para criar programas, com a extraordinária vantagem de realizar uma animação completa
em uma única cena.
Uma vez selecionada uma unidade (por exemplo, um scanner), utilize o botão SCROLL da direita para chegar na página
dedicada a estas funções. A seguinte mensagem aparece no display:

SHAPE X_SCL Y_SCL SPEED RUN ANG XXX


static --- --- --- ----- --- YYY

Vários efeitos estão disponíveis, como o Círculo (Circle), Quadrado (Square), Diagonal 1 (Diag1), Diagonal 2 (Diag2),
Ângulos (Corner), Infinito (Inf.ty) , Zigzag, etc.
Os parâmetros que podem ser alterados pelo operador são:
X_SCL: escala no eixo X (de 0 a 100%)
Y_SCL: escala no eixo Y (de 0 a 100%)
SPEED: velocidade em que os efeitos são executados (de 0 a 255)
RUN: direção de movimento (normal ou inverso)
ANG: ângulo de início do efeito (de 0° a 359°).

Usando os parâmetros de escala e de velocidade, é possível deformar a forma inicial, criando assim outras.

7
Os canais Pan e Tilt determinam a posição inicial do movimento.
Quando vários scanners são usados com o mesmo efeito, a utilização do parâmetro ANG permite criar efeitos
espetaculares “de seguimento”: de fato, este valor cria uma defasagem entre os vários projetores, que oticamente aparece
como um tempo de atraso na execução do movimento.
Alguns efeitos de movimento são mais espetaculares quando os aparelhos que se utilizam apresentam uma disposição
geométrica regular e simétrica.

2.4. Step

Com este comando pode-se selecionar o passo a ser criado ou modificado em um Program.

Este comando só é ativado quando o modo ) é ativado ao mesmo tempo que .


Edit (
O LED do modo Edit pisca.

2.5. Page

A STAR Smart Control 2003 possui 2 páginas para Memory, Program, Units e Steps.

Quando o LED do botão ( ) está desligado, a página ativa é a 1 (seleções de 1 a 20) enquanto
que, quando ( ) está

ligado, a página ativa é a 2 (seleções de 21 a 40).

2.6. Beam

Esta tecla permite ao operador chamar o “preset” gravado no menu Beam Find Value (3.4.1.9) para as
Units. Para isso a(s) Unit(s) deve(m) estar selecionada(s). Pressionando Beam, imediatamente a mesa enviará à(s)
Unit(s) selecionada(s) os valores definidos no menu Beam Find Value.

2.7. Edit

Este comando é utilizado para acessar a seção de criação e modificação dos Programs. Quando o comando Edit é ativado,
o LED correspondente pisca.
Cada função tem diferentes modalidades de trabalho, de modo que para ter maiores detalhes, deve-se consultar as seções
correspondentes neste manual.

2.8. Store

Este comando é utilizado para gravar as alterações nos Steps, Programs e Memorys. Maiores detalhes nas seções
correspondentes deste manual.

2.9. Times

Esta função permite selecionar os tempos de operação dos Steps, Programs e Memorys. Maiores detalhes na seção 4.1.2
deste manual.

2.10. Copy
8
A STAR Smart Control 2003 possui 40 Programs e 40 Memorys. A função Copy permite ao operador fazer uma cópia dos
elementos que compõem a Memory Objects, obtendo-se novos elementos idênticos aos originais.
Quando a função Copy é ativada, o LED correspondente pisca.
Conforme a modalidade de trabalho, ativada quando se pressiona a tecla Copy, uma das seguintes mensagens aparece no
display:

COPY OBJECT FROM TO ←ESC


PRG [01]→ 2 OK→ se em
Program;

COPY OBJECT FROM TO ←ESC


MEMO [01]→ 2 OK→ se em
Memory;

As teclas direcionais Up/Down são utilizadas para selecionar um dos 40 elementos disponíveis; com as teclas direcionais
Left/Right pode-se deslocar do objeto “origem” (source) ao objeto “destino” (Target).
Pressione OK (botão direito dos Scroll) para confirmar a cópia e ESC para abortar a operação.
Não há uma função do tipo “Undo” (desfazer) para restaurar a condição anterior àquela que foi confirmada com OK.

2.11. Enter

A tecla Enter é utilizada para confirmar a memorização dos novos elementos que compõem a Memory Objects ou
qualquer eventual modificação neles realizada.

2.12. Setup

Permite acesso aos menus de configuração da mesa .

2.13. Extra

A STAR Smart Control 2003 permite reservar um máximo de 20 canais para unidades ou funções particulares.
Um exemplo clássico é a ativação de projetores estroboscópicos, máquinas de fumaça e, em geral, qualquer unidade
que requer um só canal DMX para seu controle.

Todas as seleções e de “endereços” (patch) dos sinais devem ser efetuados no Menu de Setup (veja 3.2).
Quando a função Extra é ativada, o LED correspondente pisca e a seguinte mensagem aparece no display:

EXT01 EXT02 EXT03 EXT04 EXT05 EXT06 ↔


[ 0] 0 0 0 0 0

Os botões SCROLL da direita e da esquerda permitem deslocar-se através das 7 páginas dedicadas aos 40 canais Extra.
Em função do tipo de unidade controlada como “Extra”, será possível ativá-lo através dos cursores e dos botões universais
cinza claro.

2.14. Lamp

Por meio deste comando, é possível enviar aos projetores que dispõem desta função, um código de liga/desliga da
lâmpada. Quando a STAR Smart Control é ligada, o estatus de default (pré-determinado) é o de lâmpada ligada. Quando a
tecla Lamp é pressionada, a seguinte mensagem aparece no display:
SWITCH BY HOLDING DOWN KEYS
LAMPS

9
UNITS : 01 → 20

Mantendo pressionadas por alguns segundos as teclas do Teclado de Multifunções, é possível ligar ou desligar a lâmpada.
O LED aceso, indica que a lâmpada está acesa e apagado indica que a lâmpada também o está.
Lembre-se que ligar e desligar a lâmpada freqüentemente, particularmente para os projetores equipados com lâmpadas de
descarga, reduz a vida da lâmpada consideravelmente!

2.15. Reset

Por meio deste comando, é possível enviar aos projetores com essa função , um comando de reset (reinicialização) da
eletrônica.

PUSH UNIT’S KEYS TO SEND RESET


UNITS : 01 → 20

Pressione a tecla do teclado de multifunções correspondente ao numero da unidade que se deseja “resetar”.

2.16. Lock

Através deste comando é possível travar o teclado, com liberação mediante uma senha. A senha primaria é SMART.

2.17. Clear

Esta tecla atua nos seguintes menus :


-Edit Program : apaga o programa selecionado;
-Unit Patch : apaga unidade “patcheada”;
-Set Up Extra Patch : apaga o extra selecionado.

2.18. Mode

Através deste comando, é possível examinar o Patch da mesa.

3. Funções de Setup
Para o acesso a estas funções
pressione o botão

3.1. Unit Patch


Para controlar as 40 unidades, é necessário efetuar as operações de patching (endereçamento). Quando o botão do Setup
pisca, é possível navegar entre as opções disponíveis mediante as teclas direcionais Up/Down (acima/abaixo), até que se
visualize no display:
CONFIGURATION & SETUP MENU
SELECT → [UNIT PATCH ]
OK →

10
Pressionando-se a tecla OK (direita dos botões SCROLL), pode-se acessar o menu de configuração:

A seleção da Unit pode ser feita através do teclado de multifunções (1 a 40), pelo slide correspondente ou pelas setas
Up/Down.
Com as setas Esquerda/Direita, leve o cursor até “TYPE”. Para determinar o equipamento a ser usado.
UNIT TYPE FROM TO : 014
OK→
001 [009] 001 STAR MAXXI 700 Show

A seleção do equipamento (TYPE) pode ser feita pelo slide correspondente ou pelas setas Up/Dowm, no caso está
selecionado o MAXXI 700 Show.
Com as setas Esquerda/Direita, leve o cursor até “FROM”. Parar determinar o canal inicial a ser usado.

UNIT TYPE FROM TO : 014 IP:N IT:N


OK→
001 009 [001] STAR MAXXI 700 Show

A STAR Smart Control 2003 automaticamente calcula o ultimo canal necessário a tal unidade, no exemplo “TO: 014”. A
seleção do canal pode ser feita pelo slide correspondente ou pelas teclas Up/Down. Para a próxima unidade, a STAR
Smart Control 2003 apresentara o próximo canal inicial disponível (evitando conflito de canais).
Para “patchear” vários equipamentos do mesmo tipo, inicialmente selecione o tipo de aparelho, pressione
simultaneamente as teclas de unidade inicial e final desejadas no teclado de multifunções. Então a STAR Smart Control
2003 automaticamente realizará o “autopatch” dessas unidades.
Pressione “OK” (tecla scrool da direita), para sair tecle “ESC” (botão correspondente), ou para gravar tecle “Enter”.
No caso de aparelhos tipo scan ou moving head , pode-se determinar a inversão de Pan/Tilt no patch.

UNIT TYPE FROM TO : 014 IP:N IT:N


OK→
001 009 001 STAR MAXXI 700 Show

Pressione a tecla Pan para inversão de Pan e/ou a Tilt para inversão de Tilt.
Para “Limpar” o patch da unidade, pressione Clear.
Para sair do menu sem registrar as alterações pressione Setup.

3.2. Extra Patch


11
Esta função permite definir os canais DMX correspondentes aos “Extra”, isto é, aquelas unidades (normalmente máquinas
de fumaça ou projetores estroboscópicos) que o operador controla diretamente (sem passar por Memory ou Program).
Quando o botão de Setup pisca, utilize as setas do cursor acima/abaixo para se deslocar ao longo das opções disponíveis,
até que apareça a seguinte mensagem no display:

CONFIGURATION & SETUP MENU


SELECT → [EXTRA PATCH ]
OK →

Para acessar à janela de introdução dos parâmetros, pressione a seta direita dos botões SCROLL (no lado direito do
display).

EXTRA DMX-CH KEY EQUAL LABEL U:-- OK->


[001] --- OR LIN EXT.1 C:-- ------
- “EXTRA” indica o canal Extra a ser configurado (de 1 a 40);
- “DMX-CH” indica o canal DMX (de 1 a 512) que será controlado pela função Extra;
- LABEL permite definir uma sigla (utilizando até 5 caracteres) para identificar a unidade (por exemplo, SMK01
poderia indicar a máquina da fumaça número 1);
- KEY indica o tipo de função atribuída ao botão correspondente;
- EQUAL indica a curva de equalização atribuída ao canal.
- Os indicadores U: e C: indicam respectivamente o numero da unidade, o numero e o nome do canal ,se o canal
selecionado pertencer a uma unidade “patcheada”.
Pressione “OK” (tecla scrool da direita), para sair tecle <ESC> (botão correspondente) ou para gravar tecle
“ENTER”.

3.2.1. Labels do Extra Patch

O operador pode substituir a rotulação standard (standard label) (por exemplo, EXT01) por uma sigla de 5 caracteres que
identifique da melhor maneira o aparelho comandado.
Para modificar a sigla, pressione a tecla “EDIT” e utilize as teclas de multifunção (agora como teclado alfanumérico).
Para confirmar o novo rótulo (Label), pressione “SAVE” ( tecla scrool da direita) ou “ESC” (tecla scrool da esquerda) para
sair.

3.2.2. Chave Modo do Extra Patch

Tres modos estão disponíveis: OR, AND e TOG. Quando o modo OR for selecionado, é possível controlar a unidade Extra
com a ajuda do cursor universal e servindo-se do botão como flash (o flash tem sempre o valor de 255). Quando o modo
AND for selecionado, a unidade Extra é ativada somente durante o tempo em que o botão estiver pressionado, com o nível
de saída regulado pelo potenciometro. Quando o modo TOG
(toggle) for selecionado, o botão assume dois estados, ligado ou desligado; neste caso a unidade extra é ativada durante o
tempo que o botão
estiver ligado, com nivel de saída regulado pelo potenciômetro correspondente.
Para modificar o modo de trabalho, é suficiente pressionar o botão universal (durante o estágio de Setup) correspondente
a função key.
O modo de trabalho aparece imediatamente no display.

3.2.3. Curvas de equalização do Extra Patch

Por meio deste comando, o operador pode optar por uma das duas curvas disponíveis: LIN e TSH.
Quando a unidade Extra que está sendo controlada for, por exemplo, uma simples máquina de fumaça, dotada somente
com um botão “start”, a excursão linear (LN) é inútil e algumas vezes não permite um bom controle da unidade. Para este
tipo de unidade, existe uma curva TSH que possui um limiar nítido, (00 p/ botão desligado e 255 p/ ligado), e permite um
controle ideal da máquina.
Para modificar a curva de equalização, é suficiente pressionar o botão universal cinza claro (durante o estágio de Setup),
correspondente a função Equal. A nova curva aparece imediatamente no display.

3.3. Memory Selection

Este menu permite a seleção da memória de trabalho. Podemos trabalhar com a memória interna ou externa (cartucho).

12
No caso de se trabalhar com o cartucho , tudo que estiver contido na memória interna ( patchs, programs, memorys,
etc) será preservado. Todas as alterações que forem feitas , serão feitas no cartucho.
Tecle Setup. Através das teclas do cursor acima/abaixo selecione este menu.

CONFIGURATION & SETUP MENU


SELECT → [MEMORY SELECTION ]
OK →
3.3.1. Seleção de Memória Interna

Uma vez no menu de Memory Selection, (tecle OK – tecla scrool da direita).

MEMORY SELECTION
←ESC
SELECT → [INTERNAL MEMORY ]
OK →

Com as teclas acima/abaixo selecione a opção INTERNAL MEMORY pressionando OK (tecla scrool da direita). Toda
operação da mesa, será baseada na memória interna.

3.3.2. Seleção do Cartucho

Uma vez no menu de Memory Selection, tecle OK (tecla scrool da direita).


Com as teclas acima/abaixo selecione a opção EXTERNAL CARTRIDGE.

MEMORY SELECTION
←ESC
SELECT → [EXTERNAL CARTRIDGE ]
OK →

Pressione OK (tecla scrool da direita) para que todas as operações da mesa sejam baseadas nas configurações presentes
no cartucho.
Caso o cartucho não esteja conectado, uma mensagem de erro será apresentada no display.

3.3.3. Cópia da Smart Control para o cartucho (BACKUP)


Uma vez no menu de memory selection, tecle OK (tecla scrool da direita). Com as teclas acima/abaixo selecione a opção
COPY SMART  CART.

MEMORY SELECTION
←ESC
SELECT → [SAVE SMART  CART. ]
OK →

Teclando OK (tecla scrool da direita) , todas as configurações e programações presentes na memória da mesa serão
copiadas para o cartucho. Caso o cartucho não esteja presente, uma mensagem de erro será apresentada no display.

3.3.4. Cópia do cartucho para a Smart Control


Uma vez no menu de Memory Selection, tecle OK (tecla scrool da direita). Com as teclas acima/abaixo selecione a opção
COPY CART.  SMART

MEMORY SELECTION
←ESC
SELECT → [LOAD CART.  SMART ]
OK →

Teclando OK (tecla scrool da direita) todas as configurações e programações presentes no cartucho serão copiadas para a
memória interna da Smart Control .
Caso o cartucho não esteja presente, uma mensagem de erro será apresentada no display.

13
3.4. Internal Library

Este menu, constituído de 3 seções, é uma parte fundamental da STAR Smart 2003: é aqui que se criam, modificam ou
cancelam da biblioteca interna, as unidades a serem controladas. A STAR Smart Control 2003 já contem 122 tipos de
aparelhos em sua biblioteca.
Quando o botão Setup pisca, utilize as setas direcionais acima/abaixo para se deslocar ao longo das opções disponíveis,
até que se visualize a seguinte mensagem:
CONFIGURATION & SETUP MENU
SELECT → [INTERNAL LIBRARY ]
OK→

Para acessar à janela de introdução de parâmetros, pressione a seta direita dos botões SCROLL (no lado direito do
display).

3.4.1. Criando Nova Unidade na Biblioteca (Create new unit)

Por meio desta função, o operador pode introduzir na biblioteca novos aparelhos.
ATENÇÃO! Antes de prosseguir com a criação de uma nova unidade, assegure-se de dispor de todas as informações
necessárias ou, melhor ainda, de ter em mãos o manual de instruções correspondente, com todas as fichas de
informação.

Seguindo passo a passo o procedimento de introdução dos parâmetros solicitados, em poucos instantes se obtém uma
nova unidade para trabalhar. O menu inicial é o seguinte:

--- INTERNAL LIBRARY CONFIGURATION ---


← ESC
Select --- [CREATE NEW UNIT ]
OK→
Pode-se acessar a biblioteca pressionando-se o botão SCROLL da direita.
N.B. Para simplificar os exemplos do Menu, nós criaremos como nova unidade um modulo Dimmer de 6 canais.

3.4.1.1. Unit Name / Total DMX Chanel

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Estas informações permitem ao Smart Control saber quantos canais a nova unidade utiliza. O número máximo possível é
de 36 canais, dos quais 6 são reservados para funções de movimento e funções auxiliares. A mensagem que se visualiza
é a seguinte:
Select feature to configure for
←SAVE
Select --- [UNIT NAME / CHANNELS ]
<ESC> OK→

-se a seta direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair da função. No display
teremos a seguinte mensagem:
NAME:
← CLR
TOTAL DMX CHANNEL [001]
OK→

Utilizando-se as setas do cursor acima/abaixo, o operador pode aumentar o número de canais necessários para a nova
unidade. Utilizando o teclado de multifunções, o qual agora se comporta como teclado alfanumérico, entre com o nome
do equipamento. Pressionando-se a tecla direita SCROLL pode-se confirmar a decisão.
NAME: DIMMER
← CLR
14
TOTAL DMX CHANNEL [006]
OK→

3.4.1.2. LCD Effect Label

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Este Menu permite escrever no display LCD os comandos necessários para a nova unidade. Veremos a seguinte
mensagem no display:

Select feature to configure for


← SAVE
SELECT --- [LCD EFFECT LABEL ]
<ESC> OK→

Pressionando-se a seta direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair da função.

Com a ajuda das teclas do cursor acima/abaixo é possível deslocar-se ao longo do conjunto de nomes disponíveis (ver
tabela de nomes de canais); com as teclas esquerda/direita é possível passar de um slide à outro; pressionando-se a tecla
SCROLL da direita pode-se ir a página 2 e com a tecla SCROLL da esquerda retorna-se à janela anterior.
PAGE 1 SLIDE 1 SELECT NAME
← ESC
No nosso [DIMM.] e
caso: P2 > então

Pressione a tecla SCROLL da esquerda para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.3. Internal Patch

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Neste bloco de instruções, realiza-se a associação dos nomes dos canais definidos no item anterior aos canais físicos da
unidade. Quando um endereçamento interno é realizado, o operador deve colocar o numero do canal correspondente ao
nome predefinido. Assim, é possível dispor os efeitos de acordo com as próprias necessidades. Visualiza-se o seguinte
Menu:

Select feature to configure for


← SAVE
SELECT --- [INTERNAL PATCH ]
<ESC> OK→
Pressionando-se a seta direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair da função.
Depois de pressionar OK (tecla SCROLL direita), será exposto novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2:
visualiza-se o seguinte menu:

DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. <-OK


[ 1] -- -- -- -- -- P1

Com a ajuda das teclas do CURSOR acima/abaixo será possível selecionar o valor, com as teclas esquerda/direita pode-se
passar de um efeito a outro, com a tecla SCROLL da direita pode-se ir à página 2 e com a tecla SCROLL da esquerda
retorna-se ao menu anterior.
No nosso caso:
DIMMR DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. <-OK
[ 1] 2 3 4 5 6 P1

Pressione a tecla SCROLL da esquerda para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.4. Stand-by values

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Este menu permite selecionar os parâmetros que deverão ser enviados às unidades, quando as mesmas não estão
envolvidas na produção de uma cena ou quando não são utilizadas no modo manual.
É muito importante definir estes valores, particularmente quando se trabalha com projetores equipados com lâmpadas de
descarga, cujos obturadores (shutters) devem ser fechados para evitar iluminação involuntária, ou quando se trabalha com
15
projetores equipados com lâmpadas halogenas, para as quais, além de fechar o obturador, é também possível reduzir a
intensidade da luz. Visualiza-se o seguinte menu:
Select feature to configure for
← SAVE
SELECT ---[STAND-BY VALUES ]
<ESC> OK→

Pressionando-se a seta direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair da função.
Depois de pressionar OK (tecla SCROLL direita), será exposto novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2:
visualiza-se o seguinte menu:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
[ -] -- -- -- -- -- P2→

Para definir o valor do canal, pressione o botão correspondente. O mesmo acenderá.


Com a ajuda das teclas do CURSOR acima/abaixo ou do slide, será possível selecionar o valor, com as teclas
esquerda/direita pode-se passar de um canal a outro, com a tecla SCROLL da direita pode-se ir à página 2 e com a tecla
SCROLL da esquerda retorna-se ao menu anterior.
No nosso caso:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
[ 000 ] 000 000 000 000 000 P2→

Neste caso, estas configurações indicam que quando o dimmer não trabalha, todos os canais devem estar em 0.
Caso não se defina um valor, a condição de não-variação (isto é, permanência do último valor), correspondente a três
traços (---) permanecerá selecionada.
Pressione a tecla SCROLL da esquerda para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.5. Type of effects

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Este menu permite definir quais das novas funções do projetor são efeitos e quais sofrerão atuação do Master e da tecla
Blackout. Funções de Dimmer estarão sempre sujeitas a ação dos níveis do Master e da tecla Blackout: isto permite aos
programas entrarem progressivamente, junto a outras luzes controladas pelo controlador. Visualiza-se a seguinte
mensagem na janela:
Select feature to configure for
← SAVE
SELECT ---[EFFECT TYPE ]
<ESC> OK→
Pressionando-se a seta direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair da função.
Depois de pressionar OK (tecla SCROLL direita), será exposto novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2:
visualiza-se o seguinte menu:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
EFE EFE EFE EFE EFE EFE P2→
Com os botões correspondentes a cada canal, define-se o tipo do canal , botão “aceso” para dimmer, botão “apagado”
para efeito (EFE).
No nosso caso:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
DIM DIM DIM DIM DIM DIM P2→

Pressione a tecla SCROLL da esquerda para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.6. Mirror-Head Patch

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Neste menu selecionam-se os canais dedicados ao movimento dos espelhos e cabeças móveis. Vários projetores permitem
o controle de 8 e 16 bits, outros somente de 8-bits. Como já evidenciado em itens anteriores, o movimento de 16-bits
fornece um movimento de melhor qualidade. Entretanto, como o sinal DMX standard necessita que a cada canal seja
atribuído um valor entre 0 e 255, torna-se necessário 2 canais (trabalhando juntos) para obter resolução mais alta. Deste
modo, o intervalo de valores está compreendido entre 0 e 65.536.

16
No modo 16-bits, os dois canais (por exemplo, aqueles para o Pan) terão duas funções especiais, chamadas Least
Significant Byte (LSB, L ou Fine) e Most significant Byte (MSB, H ou Coarse), respectivamente, byte menos significativo e
byte mais significativo.
No modo 8-bits, apenas um canal é utilizado (por exemplo, do Pan), de modo que só o parâmetro MSB (H) é
selecionado, deixando indeterminado o parâmetro LSB (---).
Lembre-se de verificar se o projetor a ser controlado trabalha no modo 8 ou 16 bits!
Visualiza-se a seguinte mensagem:
Select feature to configure for
← SAVE
SELECT ---[MIRROR/HEAD PATCH ]
<ESC> OK→
Pressionando-se a tecla scrool da direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair
da função: a seguinte mensagem aparece no display:

.Pan. Pan.F Tilt. Til.F


OK→
[ --- ] --- --- ---

Com a ajuda das teclas do CURSOR acima/abaixo será possível selecionar o canal, com as teclas esquerda/direita pode-se
passar de um parâmetro a outro e com a tecla SCROLL da esquerda retorna-se ao menu anterior.
No nosso caso não haveria necessidade de definir este menu, pois nosso exemplo é um Dimmer que não possui Pan/Tilt.
Mas para exemplificar vamos definir o canal 1 como Pan , canal 2 como Tilt, canal 3 como Pan Fino e canal 4 como Tilt
Fino (16 bits).

.Pan. Pan.F Tilt. Til.F


OK→
[001] 003 002 004

se quisermos utilizar no modo 16-bits , ou


.Pan. Pan.F Tilt. Til.F
OK→
[001] --- [002] ---

se o modo 8-bits for utilizado.


Pressione OK (SCROLL direito) para retornar ao menu anterior.

3.4.1.7. Cross Fade

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Este menu permite definir a velocidade em que o projetor passa de um efeito a outro. Este “deslocamento” pode ser do
tipo HARD, isto é, executado na mais alta velocidade possível, ou SOFT, isto é, associado com o tempo selecionado com
a função Time (quer dizer, a velocidade de passagem de um efeito a outro) dentro dos programas. Visualiza-se o seguinte
menu:
Select feature to configure for
← SAVE
SELECT --- [ CROSS FADE ]
<ESC> OK→
Pressionando-se a tecla scrool da direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair
da função.
Depois de pressionar sobre OK (tecla SCROLL direita), será exposto novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2:
visualiza-se o seguinte menu:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
[ OFF] OFF OFF OFF OFF OFF P1→
Com a ajuda das teclas do CURSOR acima/abaixo será possível selecionar o modo, com as teclas esquerda/direita pode-se
passar de um efeito a outro, com a tecla SCROLL da direita pode-se ir à página 2 e com a tecla SCROLL da esquerda
retorna-se ao menu anterior.
No nosso caso:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK

17
[ ON] ON ON ON ON ON P1→
Estas seleções indicam então, que o canal com função dimmer, devem trabalhar no modo ON, enquanto que o “trocador
de cores” e o obturador operam no modo OFF.
Pressione a tecla SCROLL da esquerda para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.
O operador poderá também gerar na biblioteca, duas versões do mesmo aparelho, uma com configurações SOFT (mais
adequada para espetáculos ao vivo) e a outra com configurações HARD (melhor para clubes).

3.4.1.8. Reset/Lamp Values

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Este menu é utilizado para definir os parâmetros que permitem ao projetor executar (quando ele está equipado) o reset
(reinicialização) à distância (controle remoto) e o liga/desliga à distância da lâmpada.
Estas seleções serão utilizadas para as funções Reset e Lamp. Visualiza-se o seguinte menu:

Select feature to configure for


← SAVE
SELECT --- [RESET/LAMP VALUES ]
<ESC> OK→
Pressionando-se a tecla scrool da direita tem-se acesso à configuração e pressionando-se a seta esquerda podemos sair
da função.
Depois de pressionar OK (tecla SCROLL direita), visualiza-se o seguinte menu:
RESET ON LAMP. ON OFF OK→
[ -- ] --- -- --- ---
Com a ajuda das teclas do CURSOR acima/abaixo ou do slide correspondente será possível selecionar o canal e o valor
dos canais, e com a tecla SCROLL da direita pode-se confirmar a escolha e retornar ao menu anterior.
No nosso caso não é necessário definir esse menu.
Pressione a tecla SCROLL da direita para retornar ao Menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.9. Beam Find Value

Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.


Select feature to configure for
← SAVE
SELECT --- [BEAM FIND VALUES ]
<ESC> OK→
Este menu permite ao operador definir um “preset” para os canais da nova unidade a ser utilizada. Tecle OK para
selecionar esse menu;
Será exposta novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2.
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
[ --- ] -- -- -- -- -- P2→
Pressionando o botão correspondente a cada canal, com a ajuda das teclas do cursor acima/abaixo ou com o slide
correspondente será possível definir o valor desejado como “preset” para o canal. Com as teclas do cursor
direita/esquerda, selecione o canal a ser editado.
No nosso caso , vamos definir o valor 25 como “preset” para todos os canais, que corresponde a uma potencia de luz de
10%.
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
[ 025 ] 025 025 025 025 025 P2→
Portanto, quando acionarmos a tecla BEAM e o numero da unit a correspondente ao Dimmer, instantaneamente as
lâmpadas controladas por ele acenderão com 10% da potencia. Essa função pode ser usada por exemplo, para
identificação de aparelhos num palco, para posicionamento de foco de scanners ou de cabeça móvel em determinada
posição, etc.
Pressione a tecla scrool da esquerda para retornar ao menu de criação. A memorização é automática.

3.4.1.10. Inverted Channel


Com as teclas abaixo/acima selecione essa opção.
Select feature to configure for
← SAVE
SELECT --- [INVERTED CHANNEL ]

18
<ESC> OK→
Este menu permite ao operador inverter o valor de determinado canal da nova unidade a ser utilizada. Por exemplo
imagine um canal de velocidade de uma cabeça móvel cujo valor de velocidade máxima é 255. Toda vez que ele for
selecionado, a mesa coloca 000 como valor inicial (velocidade mínima). Seria mais prático inverter o valor desse canal,
dessa forma sempre que o aparelho fosse selecionado automaticamente estaria na velocidade máxima.
Tecle OK para selecionar esse menu. Será exposto novamente a cadeia de efeitos criada no item 3.3.1.2.
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
NOR NOR NOR NOR NOR NOR P2→

Pressionando o botao correspondente a cada canal , pode-se inverter o valor do mesmo, por exemplo vamos inverter o
canal 1 pressionando o botão correspondente, teremos:
DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. DIMM. ←OK
INV NOR NOR NOR NOR NOR P2→
Pressione a tecla scrool da esquerda para retornar ao menu de criação. A memorização é automática.

3.5. Modificando uma unidade na Biblioteca


Esta opção permite modificar os parâmetros de unidades que já estão na biblioteca.
A execução desta operação é explicada no item 3.4.1 e suas subdivisões.
As mensagens que podem aparecer no display já foram descritas no item 3.4.
Pode-se acessar esta função através do seguinte menu:
--- INTERNAL LIBRARY CONFIGURATION ---
← ESC
Select --- [EDIT EXISTING UNIT ]
OK→
Pressione o botão SCROLL da direita para acessar a função.

3.6. Eliminando uma unidade da biblioteca


Esta função permite eliminar unidades obsoletas ou que já não são mais utilizadas, da biblioteca da STAR Smart Control
2003.Esta operação é necessária quando não há memória suficiente para adicionar novas unidades. Pode-se acessar esta
função através do seguinte menu:
--- INTERNAL LIBRARY CONFIGURATION ---
← ESC
Select --- [DELETE UNIT ]
OK→

Pressione o botão SCROLL da direita para acessar a função:


Select unit to erase from library
← ESC
[ XXX ] NOME
<ESC> OK→
Pressione ESC (botão SCROLL da esquerda) para sair da função de cancelamento ou OK (botão SCROLL da direita) para
eliminar a unidade.
3.7. Mensagens de Erro

Algumas mensagens de erro serão mostradas em casos de operação invalida:

ERROR DEFECTIVE CARTRIDGE - Quando a mesa tenta gravar dados em algum setor do cartucho e não consegue,
neste caso, troque o cartucho.

ERROR IN INTERNAL MEMORY - Quando a mesa tenta gravar dados na memória interna e não consegue, nete
caso, envie a mesa p/ assistência técnica.

19
WARNING: OVERLAP BETWEEN UNITS aa AND bb - Quando se tenta “patchear” uma unidade “aa” com os
canais sobrepondo-se aos canais da unidade bb.

INVALID CHANNEL NUMBER IN: - Quando o numero do canal editado for maior que o numero de canais do
aparelho editado.

REPEATED CHANNEL NUMBER IN: - Quando se aloca o mesmo numero de canal para dois slides durante a
edição do aparelho.

4. Criando e modificando elementos na memória


Esta seção do manual descreve as operações necessárias para criar os elementos que constituem uma Memory e os
Programs.

4.1. Criando um Program

Para ilustrar o exemplo que segue, o operador deverá endereçar as unidades de 1 a 5, configurando-as como Scanners
STAR- MAXXI 250 MSR (endereços de partida 000,009,017,025,033). Para opções de endereçamentos, veja o item
3.1.

Como já mencionado anteriormente, cada Memory contém um máximo de 8 Programs, que podem trabalhar
simultaneamente.
Está disponível um total de 40 Programs , de modo que, devemos sempre lembrar que executar uma modificação em um
Program utilizado por várias Memories, é equivalente a modificar todas as Memories que o contém.

Quando o é pressionado, as teclas do teclado de multifunção permitem a seleção do(s) Program(s)


botão desejado(s).

--- SELECT PROGRAMS ---

Para criar ou modificar um Program, pressione a tecla correspondente no teclado de


multifunções(por exemplo ),então pressione

para entrar no modo de edição.

Quando vários Programs são selecionados (máximo de 8), o LED piscando indica qual se encontra em fase de criação
ou

modificação ;

No display visualiza-se a indicação do programa, sua extensão (número de Steps), numero do passo atual, cross fade e step
time ( tempo de duração do passo).
PROG LENGHT STEP CROSS% TIME
←ESC
01 [ 000 ] 001 000 020
EDIT→

Pressione o botão da esquerda para sair da operação criação/modificação do Program.


Podemos definir o Cross Fade e o tempo de duração de cada Step.

PROG LENGHT STEP CROSS% TIME


←ESC
01 [ 00 ] 001 010 020
EDIT→

20
4.1.1. Selecionando unidades/efeitos

Deve-se observar que os canais de uma mesma unidade (ou seus efeitos) não devem ser utilizados por 2 ou mais
Programs simultaneamente, devido à técnica de mesclagem LTP (item 3.1.1.1)!
Por esta razão, a primeira operação a ser realizada é a de definir quais unidades e efeitos serão utilizados no Program.

PROG LENGHT STEP CROSS% TIME


←ESC
01 [00] 01 010 020
EDIT→

Pressionando EDIT (tecla SCROLL da direita) entra-se no menu de seleção das Unidades/Efeitos.

SELECT ACTIVE UNITS/EFFECTS


←ESC

O led da pisca e no teclado de multifunções, piscam os leds das teclas correspondentes às


tecla unidades ativas que forem selecionadas.

(veja . Nestas condições, é possível ativar ou desativar as unidades: as


4.1): que estão ativadas
(com o LED piscando) serão utilizadas pelo Program, enquanto que as outras serão ignoradas.

COLOR GOBO. SPEED LASER .PAN. TILT.


000 000 000 000 000 000

Para modificar os canais/efeitos basta acionar o slide correspondente, o botão sinaliza quando o slide for acionado,
somente os canais alterados serão gravados (transparência), dessa forma podemos trabalhar alguns canais em um
Program e outros canais em outros Programs.

A modificação do valor do canal pode ser feita diretamente no slide correspondente ou através das teclas acima/abaixo do
cursor. Para isso devemos posicionar o cursor através das teclas direita/esquerda sobre o canal desejado. No exemplo
acima as teclas acima/abaixo irão atuar no canal COLOR. Através das teclas de scrool podemos acessar a próxima pagina
de canais do equipamento.

Para gravar o step, mantenha a tecla Store pressionada e tecle o numero do Step desejado.
Modifique novamente os canais, grave o próximo Step e assim sucessivamente (até 20 Steps por Program).
Para sair da edição tecle EDIT. Teremos no display:
21
Tecle Enter para gravação, ou o botão correspondente a <ESC> para sair sem gravar ou a tecla scrool da direita para
voltar a editar.

4.1.2. Step’s Time

Este menu permite definir o tempo de funcionamento de cada Step no program. Tecle Program, selecione o program a ser
editado através das teclas de multifunção.
A seguinte mensagem aparece no display:
PROG LENGHT STEP CROSS% TIME ←ESC
-1- 005 [ 1] 50 20 EDIT→
Aqui, o operador pode selecionar, para cada Step, o tempo (Time) de duração e o tempo de deslizamento (Cross%),
expresso em variação percentual do Time.
Se for necessário selecionar vários Steps simultaneamente com os mesmos parâmetros, é possível ativar o GRUPO DE
STEPS: mantendo

pressionado a tecla .

E, pressionando no teclado de multifunções as teclas correspondentes aos Steps desejados (por exemplo,

)
a seguinte mensagem aparece no display:

PROG LENGHT STEP CROSS% TIME


←ESC
-1- 005 [ GRP] *** *** EDIT→

Os três asteriscos indicam que o operador selecionou passos (steps) com tempos diferentes, que serão substituídos
quando se mover o slide correspondente. Para gravar o novo ajuste tecle ESC. Será apresentada a seguinte mensagem:

Pressionando Enter o novo ajuste será gravado. Para sair sem gravar pressione o botão correspondente a <ESC>.

5. Utilização avançada da Smart Control 2003

Esta seção trata de alguns modos simples de aumentar as possibilidades oferecidas pela STAR Smart Control 2003.

5.1. Unidades Múltiplas

22
NUNCA tente criar novas unidades ou unidades múltiplas sem antes ter todos os dados correspondentes às unidades a
serem criadas ou modificadas!

Como já mencionado, cada Smart Control 2003 é capaz de controlar 40 unidades, cada uma utilizando até 36 canais.
Atualmente, não há no mercado projetores inteligentes que necessitem tantos canais. Considerando que o controlador
opera nos 512 canais DMX, é possível explorar os 36 canais disponíveis através da criação de unidades múltiplas, isto é,
“unidades compostas por vários aparelhos”.
Esta programação exige muita atenção, sobretudo quando se configuram os endereços dos projetores.

Para dar um exemplo prático: Suponha que temos 15 Super Strobo DMX para inserir entre as outras unidades que já
dispomos.
Seguindo o método clássico, 15 das 40 unidades disponíveis seriam utilizadas para o controle, mas, analisando as Super
Strobos podemos constatar que as mesmas utilizam só 2 canais, respectivamente, para velocidade e para a potência do
flash. Portanto, é possível criar uma unidade múltipla composta de 15 projetores, mas neste caso, a atribuição dos
endereços para os projetores deverá ser crescente, a partir do primeiro deles. Podemos endereçá-los da seguinte forma:

- Strobo # 1 001 - Strobo # 2 003 - Strobo # 3 005


- Strobo # 4 007 - Strobo # 5 009 - Strobo # 6 011
- Strobo # 7 013 - Strobo # 8 015 - Strobo # 9 017
- Strobo # 10 019 - Strobo # 11 021 - Strobo # 12 023
- Strobo # 13 025 - Strobo # 15 027

No exemplo seguinte, os canais das 15 strobos serão configurados para operarem em seqüência.
Portanto, é possível criar uma nova unidade ”Super Strobo”, selecionando os parâmetros da seguinte maneira (para
descrição detalhada, veja o item 3.3.1 e sub-itens):
Nome e Canais utilizados:
NAME : SUPER STROBO 15
←ESC
TOTAL DMX CHANNEL [030]
OK→
* Descrição dos comandos no display do Smart Control (LCD Effect Label):
PAGE 1 SLIDE: 1 SELECT NAME
←ESC
[SPEED] DIMM. SPEED DIMM. SPEED DIMM.
P2

PAGE 2 SLIDE: 1 SELECT NAME


←ESC
[SPEED] DIMM. SPEED DIMM. SPEED DIMM.
P3

PAGE 3 SLIDE: 1 SELECT NAME


←ESC
[SPEED] DIMM. SPEED DIMM. SPEED DIMM.
P4

PAGE 4 SLIDE: 1 SELECT NAME


←ESC
[SPEED] DIMM. SPEED DIMM. SPEED DIMM.
P5

PAGE 5 SLIDE: 1 SELECT NAME


←P4
[SPEED] DIMM. SPEED DIMM. SPEED DIMM.

• Atribuição dos canais de controle (Internal Patch):

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 1] 2 3 4 5 6 P1

23
SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔
[ 7] 8 9 10 11 12 P2

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 13] 14 15 16 17 18 P3

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 19] 20 21 22 23 24 P4

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 25] 26 27 28 29 30 P5

• Configuração para os parâmetros de repouso (Stand-by Values):

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 000] 000 000 000 000 000 P1

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 000] 000 000 000 000 000 P2

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 000] 000 000 000 000 000 P3

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 000] 000 000 000 000 000 P4

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ 000] 000 000 000 000 000 P5

• Configuração para os tipos de efeito (Effects Type):

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ EFF] DIM EFF DIM EFF DIM P1

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ EFF] DIM EFF DIM EFF DIM P2

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ EFF] DIM EFF DIM EFF DIM P3

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ EFF] DIM EFF DIM EFF DIM P4

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ EFF] DIM EFF DIM EFF DIM P5

Configuração para Espelho/Cabeça (o projetor não possui partes móveis) – ( Mirror/ Head Patch):
.PAN. PAN.F TILT. TILT.F
OK→
[---] --- --- ---

Configuração de Velocidade Rampa (Cross Fade) considerando que o dimmer e a Velocidade do projetor Super Strobo
apresentam uma excursão linear:
SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔
24
[ON] ON ON ON ON ON P1

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ON] ON ON ON ON ON P2

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ON] ON ON ON ON ON P3

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ON] ON ON ON ON ON P4

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ↔


[ON] ON ON ON ON ON P5

• Configuração para a reinicialização (Reset) à distância e o acionamento da lâmpada (não disponível na Super Strobo):
RESET ON LAMP ON OFF OK→
[ -- ] --- -- --- ---

•Configuração dos valores da condição “Canais Invertidos”, inútil para este projetor.
SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ←OK
[NOR] NOR NOR NOR NOR NOR P1

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ←OK


[ --] NOR NOR NOR NOR NOR P2

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ←OK


[NOR] NOR NOR NOR NOR NOR P3

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ←OK


[NOR] NOR NOR NOR NOR NOR P4

SPEED DIMM. SPEED. DIMM. SPEED. DIMM. ←OK


[NOR] NOR NOR NOR NOR NOR P5
• Configuração do valor para canal de Blackout : não se aplica neste caso.

Esta configuração termina as operações de criação de unidades múltiplas.


Trabalhando desta maneira, o operador pode também criar “trocador de cores” múltiplos, máquinas de fumaça múltiplas,
etc.

6. Uso das conexões

6.1. O pedal

Um pedal duplo pode ser acoplado a um conector apropriado situado na parte traseira do aparelho. Este controle remoto
permite ao operador deslocar-se através das memórias, deixando suas mãos livres para realizar outro trabalho. Idealizado
especialmente para grupos musicais ou para operadores de teatro, que devem sincronizar o início de uma música com
uma mudança de cena, pois não necessita nenhuma atenção particular.
Veja na página 6 o esquema de conexão:
-UP sem memória ativa – ativa o registro da memória 1
-UP com memória ativa – avança uma posição nas memórias (de 1 para 2)
-DOWN com memória ativa – retrocede uma posição nas memórias (de 2 para 1)
-DOWN sem memórias ativas – ativa o registro de memória 40
-UP e DOWN simultaneamente com memória ativa – apaga a memória.

7. Referências rápidas
Nesta seção são sintetizadas as funções de todos os botões da STAR Smart Control 2003 e suas aplicações.

25
A Smart Control 2003 dispõe de um controle geral de nível de saída, através do qual se
regula globalmente o nível de todos os canais “dimmer” (tanto as unidades do tipo
convencional como as unidades inteligentes). O valor é expresso em porcentagem, de 0 a
100%.

Esta função permite bloquear o teclado, com desbloqueio mediante senha.

A função Copy permite ao operador fazer uma cópia dos elementos que compõem o Memory Objects,
obtendo novos elementos que são idênticos aos originais.

Quando a função copy é ativada, o LED correspondente pisca.

A tecla ENTER é utilizada por algumas funções, para confirmar a decisão de modificar elementos ou
memorizar novos elementos.

A função Setup permite efetuar configuração de equipamentos, criação de novas unidades, “deletar”
unidades, editar nomes de canais, modificar unidades existentes, operar a mesa através do cartucho e
realizar cópia da mesa para o cartucho e vice-versa.

Com a STAR Smart Control 2003 é possível reservar um máximo de 48 canais para aparelhos ou
funções particulares.
De fato, esta função permite definir os canais DMX correspondentes aos “extras”, isto é, os aparelhos (normalmente
máquinas de fumaça ou projetores estroboscópicos) que o operador controla diretamente (sem passar por Memory ou
Program).

Por meio desta função, é possível enviar comandos de liga/desliga da lâmpada (para projetores que
dispõem desta função).
Quando a STAR Smart Control é ligada, a condição de default (pré-definida) é a de lâmpada ligada.

Por meio desta função, é possível enviar aos projetores que dispõem desta função, o comando de
reinicialização (reset) da eletrônica.
Trata-se de um tipo de ação direta que o operador executa nas unidades controladas.

A STAR Smart Control 2003 dispõe de duas páginas para Memorys, Programs, Units e Steps.

Quando o botão do LED está desligado, a página ativa é a 1 (seleções de 1 a 20) e quando ele está ligado, a página ativa
é a 2 (seleções de 21 a 40).

Este comando permite o acesso à seção de criação e modificação dos Programs.


Quando Edit está ativo, o LED correspondente pisca.

26
Esta função permite temporizar os Programs.
O tempo pode ser regulado entre 0 e 999 décimos de segundo (600 décimos de segundo corresponde
a 1 minuto).

A STAR Smart Control 2003 dispõe de 40 Memories, que operam de maneira auto-excludente uma
com a outra.
Portanto, é possível ativar só uma Memory por vez. Cada Memory pode controlar simultaneamente um máximo de 8
Programs.

A STAR Smart Control 2003 dispõe de 40 Programs, dos quais 8 podem operar simultaneamente
dentro de uma Memory.
O número máximo de cenas (steps) possíveis de serem executadas é de 20 por programa, com a possibilidade de
controlar até 40 unidades motorizadas. Este comando é utilizado para selecionar o programa a ser criado, modificado ou
executado.

O número máximo de Steps (passos) disponíveis para cada Program é 20. Com a ajuda deste comando
pode-se selecionar o step (passo) a ser criado ou modificado.

Teclas de Multifunção : Esta zona pode ser identificada pelos 20 botões , que estão localizados na parte de baixo do
painel frontal da STAR Smart Control 2003. Seu emprego está exclusivamente relacionado com a seção da qual fazem
parte as teclas: Memory e Program, Unit, Step; efetivamente, pressionando uma destas teclas coloca-se o teclado na
modalidade correspondente à tecla pressionada. Por exemplo, se através do teclado de multifunções, a tecla Memory for
pressionada, será possível selecionar uma das 40 memórias disponíveis; o mesmo vale para todas as outras teclas. Além
disso, este teclado também permite controlar o acionamento da lâmpada e reinicializar as unidades através das teclas
Lamp e Reset.
Por último, é importante sublinhar que a tecla Page dobra a possibilidade de seleção do teclado de 20 para 40 teclas.

A STAR Smart Control 2003 permite controlar um máximo de 40 unidades. Com o termo unidade, defini-
se qualquer dispositivo motorizado pelo qual seja possível controlar as diferentes funções disponíveis
(canais), através de um sinal digital denominado DMX.
Um máximo de 36 canais pode ser configurado para cada unidade. Com a ajuda deste comando pode-se selecionar a
unidade que se deseja utilizar manualmente ou dentro de um programa.

8. Guia Prático

As páginas seguintes contém as seqüências de comandos a serem executadas para se obter uma condição determinada.
Os três símbolos seguintes indicam, respectivamente, a condição dos botões.

apagado ( ), aceso ( ) ou piscando .

8.1. Trocar de Página

1 - Pressione a tecla .

Há duas páginas disponíveis: com o LED da tecla apagado, habilita-se a seleção das chaves 1-20 ; com o LED da tecla
aceso, habilita-se a seleção das chaves 21-40. A mudança de página pode ser utilizada em qualquer seleção.

8.2. Seleção de uma Memory

27
1 - Pressione a .
tecla
2 - Pressionar a tecla de 1 a 20 que corresponda a Memory que se deseja selecionar.

8.3. Seleção de um Program

1 - Pressione a .
tecla
2 - Pressionar a tecla de 1 a 20 que corresponda ao Program que se deseja selecionar.

8.4. Seleção de uma Unit

1 - Pressione a tecla .

2 - Pressionar a tecla de 1 a 20 que corresponda a Unit que se deseja selecionar.

8.5. Grupos de Unit

A STAR Smart Control 2003 permite controlar 6 grupos de unidades, que podem ser memorizadas e chamadas mediante
as 6 teclas de cor cinza claro, situadas sob os 6 cursores (potenciômetros) de multifunção.

8.5.1. Criação de Grupos de Units


Com as unidades previamente “patcheadas”:

1 - Manter pressionada a tecla .

2 - A seguinte mensagem aparece no display:

select other units to make a group


GRP1 GRP2 GRP3 GRP4 GRP5 GRP6

3 - Através dos seis botões situados sob os 6 cursores (potenciômetros) de multifunção, selecione o grupo desejado.

4 - Por meio Teclado de selecionar as unidades a serem incluídas no grupo.


do Multifunções

5 - Soltar o . O Grupo de Units será memorizado automaticamente.


botão

8.5.2. Eliminação de uma Unit do Grupo

O Teclado de indica as Units utilizadas da seguinte maneira:


Multifunções

LED apagado significa que a Unit não está no Grupo;

28
LED aceso significa que a Unit está “patcheada” na STAR Smart Control 2003;

LED piscando indica que a Unit está contida no Grupo;

Repetir os passos do item anterior, as units previamente selecionadas estarão “piscando”.


Para eliminar uma Unit do Grupo, é suficiente apagar o LED da tecla correspondente à Unit não desejada, durante a
seleção do grupo.

8.5.3. Chamar um Grupo de Units

1 - Manter pressionada .
a tecla

2 - Pressione o botão, (abaixo dos 6 potenciometros), correspondente ao Grupo desejado.

3 - Soltar a
tecla

8.6. Endereçando Units (patch)


Suponhamos que se necessite de um projetor MAXXI 250 endereçado a partir do canal 50:

1 - Pressione a
tecla

2 - Deslocar-se com as teclas até que apareça a mensagem “Unit Patch” no


acima/abaixo display.

CONFIGURATION & SETUP MENU


SELECT --> [UNIT PATCH]
OK→

3 - Pressione a tecla SCROLL da .


direita

4 - Selecione a Unit desejada no Teclado de Multifunções. Por exemplo 9.

5 - A seguinte mensagem aparece no display:


UNIT TYPE FROM TO: ---
OK→
[ 9] --- --- ---------
----------

29
6 - Pressione a tecla direita/esquerda do cursor para selecionar o campo
a ser modificado:

7 - Com as teclas Acima/Abaixo selecione a unidade Maxxi Spot MSR (008):

UNIT TYPE FROM TO: ---


OK→
1 [008] --- MAXXI
SPOT MSR

8 - Com as teclas Esquerda/Direita selecione o campo From (endereço de partida) e selecione o valor desejado:

UNIT TYPE FROM TO: 058


OK→
1 008 [050] MAXXI
SPOT MSR

9 - Pressione a tecla scrool da direita (OK) para memorizar a configuração e sair do Setup.

10 – Pressione Enter para gravar.

8.7. Utilizar uma Unit no modo manual

Suponhamos que se deseja controlar a unidade 9, como indicado no item 8.6:

1 - Pressione a
tecla

2 - Pressionando a tecla seu LED começará a piscar.

3 - Através dos cursores, atribua valores aos canais, controlando no display


os valores dos canais enviados.

8.8. Criar um Program

Suponhamos que se crie o programa 1, composto por 1 step e utilizando a unidade 9:

1 - Pressione a
tecla

2 - Pressione a correspondente ao número do Program a


tecla ser criado
.

3 - Pressione a ; o LED da tecla Edit piscará, enquanto que o LED da tecla Program permanecerá
tecla aceso).

30
4 - O display mostrará o Program selecionado com o número de passos (steps) (se houver) já criados (LENGHT). Se ainda
não foi criado nenhum passo, aparecerão dois traços abaixo do campo LENGHT, nesse caso defina o numero de passos.
Caso isso não ocorra, a mesa assume o número do maior step gravado como sendo o numero de passos do Program.

PROG LENGHT STEP CROSS% TIME ←ESC


- 1- [001] [ 1] 50 20 EDIT→

5 - Pressione a tecla SCROLL para entrar no Menu Edit do Program.


da direita

6 - Selecione a Unit 9

7 - Utilize os botões para selecionar os canais do scanner desejados, movimente o(s) potencionetro(s) visualizando os
resultados e controlando no display o valor do comando enviado.

8 - Mantenha pressionada a tecla Store, seguida pressione a tecla (do Teclado de multifunções) correspondente ao passo
(Step) a ser memorizado:

9 - Se houver a necessidade de criar mais passos (Steps), é suficiente modificar o Step memorizado no Step 1 e
memorizá-lo em outro Step.

10 - Uma vez terminada a operação de criação de um passo (step), pressione a tecla Edit (ela permanecerá piscando).

11 - A seguinte mensagem aparecerá no display:

PROG 01 WILL BE UPDATED! EDIT→


PRESS ENTER TO STORE <ESC>

12 - Pressione o botão correspondente a <ESC> para sair sem gravar.

13 - Pressione a para confirmar a criação ou modificação.


tecla

8.9. Modificar os tempos dos passos do Program

1 - Selecione o Program cuja configuração deve ser mudada.

2 - Pressione a
tecla

3 - Com as teclas selecione Time.


acima/abaixo

4 - A seguinte mensagem aparecerá no display:

31
PROG LENGHT STEP CROSS% TIME ←ESC
- 1- [001] [ 1] 50 20 EDIT→

Aqui, o operador pode selecionar o tempo de duração (Time) e o tempo de deslizamento (Cross%) para cada passo (Step),
expresso em variação percentual do Time. Lembre-se que este tempo pode ser ajustado entre 0 e 999 décimos de
segundo (600 décimos de segundo corresponde a um minuto).

5 - Pressione a tecla scrool da esquerda <ESC>.

PROG 01 WILL BE UPDATED! EDIT→


PRESS ENTER TO STORE <ESC>

6 - Pressione a tecla para confirmar a modificação.

7 – Pressione o botão correspondente a <ESC> para sair sem gravar..

8.10. Modificar os tempos do Program durante a execução ( ON LINE )

Com a tecla Program ativada (piscando), pressione a tecla Times

PROG TRIG RUN SPEED% CROSS% MIC: >


- 01- [INT] FWD 100 ---
RUN

PROG - Indica o Program selecionado


TRIG - INT – A troca do STEP ocorre com a temporização ajustada
EXT - A troca do STEP ocorre com o pulso (batida) do som, captado pelo sensor de som da mesa.
RUN - FWD – A troca do STEP ocorre na ordem crescente
REV - A troca do STEP ocorre na ordem decrescente
SWP - A troca do STEP ocorre na ordem crescente e decrescente
SPEED – Permite a variação do tempo de duração da cena entre 25 a 400% do tempo previamente ajustado.
CROSS - Permite o ajuste ON LINE do cross-fade. Na posição --- , o valor previamente ajustado em cada step é
respeitado.
RUN/PAUSE – O botão logo abaixo, permite a pausa geral da mesa.

8.11. Como pausar Programs durante a execução ( ON LINE )

Com a tecla Program ativada (piscando), pressione a tecla Step

-------------- Select Programs -------------- STATUS


STEP

[01] 04 07 ---- 02 RUN

Os quatro primeiros Programs ativados, aparecem em ordem crescente. Caso haja mais de quatro Programs ativados, use
a tecla SCROLL
da direita para acessa-los.
Os botões logo abaixo selecionam o Program a ser monitorado, o qual aparece entre colchetes.

STEP - Mostra o Step ativo


STATUS - RUN - Program “rodando”
PAUSE – Program “pausado” no Step mostrado

32
Para pausar o Program num Step determinado, basta pressionar o botão logo abaixo do STATUS. Pressione novamente
para solta-lo.

8.12. Criar uma Memory

Como exemplo vamos criar uma Memory com os programas 1, 3 e 5:

1- Pressione a tecla Program

2- Pressione as teclas 1, 3 e 5 correspondentes aos programas desejados;


3- Mantenha pressionada a tecla Store , em seguida pressione o número da Memory desejada;

8.13. Operações com o cartucho

Nunca insira ou retire o cartucho na mesa com ela ligada, isso danificará os circuitos internos da mesma.

Como mostrado no item 3.3 – Memory Selection, o cartucho de memória pose ser usado para:

- Operação direta com cartucho ( use cartridge ): Todas as operações da mesa serão referenciadas
e armazenadas no cartucho, sem uso da memória interna da mesa.

- Cópia da mesa para o cartucho ( save Smart -> cart.): Todas as informações contidas na memória da
mesa serão transferidas ao cartucho. Note que o conteúdo do cartucho será modificado, todos os dados
existentes antes dessa operação serão apagados.

- Cópia do cartucho para a mesa ( Load cart. -> Smart): Todas as informações contidas no cartucho serão
transferidas para a memória interna da mesa. Note que os dados existentes na memória da mesa antes
dessa operação serão apagados.
9. Características Técnicas

-512 canais – DMX 512


-40 programas com ate 20 steps cada
-Suporta até 40 aparelhos num total de 512 canais
-Biblioteca com 128 aparelhos
-Acionamento de até 8 programas em “paralelo”
-Ajuste simultâneo em tempo real de velocidade e cross fade
-Auto patch com inversão de pan/tilt no patch
-Control Wheels(PAN/TILT)
-Senha para travamento de teclado
-Cartucho de memória externo
-Acionamento via pedal
-Modo rítmico com sensor de som interno
-Alimentação – 110/220 Volts +-10%
-Consumo – 15Watts
-Proteção – 2 fusíveis 500mA
-Peso – 6 Kg

Dimensões
Comprimento – 590mm
Largura – 375mm
Altura – 115mm

33
10. Biblioteca de Aparelhos
Número Código do Aparelho na Fabricante e Nome do Aparelho
Mesa
1 STAR Atlas Star Atlas
2 STAR Ciclope Star Cíclope
3 STAR Color Spot Star Color Spot
4 STAR Dimmer 12 cns Star Dimmer 12 canais
5 STAR Dimmer 6 cns Star Dimmer 6 canais
6 STAR Galaxie 3 Star Galaxie 3
7 STAR Maxxi Head 250 Star Maxxi Head 250
8 STAR Maxxi Spot 700S Star Maxxi Spot 700 Show
9 STAR Maxxi Spot GPR Star Maxxi Spot GPR
10 STAR Maxxi Spot MSR Star Maxxi Spot MSR
11 STAR Moving Head 250 Star Moving Head 250
12 STAR Smoke Machine Star Smoke Machine
13 STAR Super Strobo Star Super Strobo
14 STAR Titan Star Titan
15 Abstract VR8 Abstract VR8
16 Abstract VR8 Rotat. Abstract VR8 Rotating
17 Americ. DJ Color 250 American DJ Color 250
18 Americ. DJ The Max American DJ The Max
19 Americ. DJ X-Treme American DJ X-Treme
20 CP Golden Color 1200 Clay Paky Golden Color 1200 16-Bit
21 CP Golden Scan 3N Clay Paky Golden Scan 3N
22 CP Golden Spot 1200 Clay Paky Golden Spot 1200 16-Bit
23 CP Stg. Color 300 HR Clay Paky Stage Color 300 Hi-Res
24 CP Stg. Color 575 HR Clay Paky Stage Color 575 Hi-Res
25 CP Stg. Light 300 Clay Paky Stage Light 300
26 CP Stg. Profile 1200 Clay Paky Stage Profile 1200 Hi Res
27 Coef 700 Zoom DVP Coef 700 Zoom DVP
28 Coef MP 700 Wash DVP Coef MP 700 Wash DVP
29 Coef MP250 Fresnel Coef MP250 Fresnel Hi-Res
30 Coef MP250 Optic Coef MP250 Optic Hi-Res
31 Coef Performance 250 Coef Performance 250
32 Coef Perf 1200 DVP Coef Perf 1200 DVP
33 Cmr ProSpot 250 Coemar ProSpot 250
34 Cmr ProSpot 575 Coemar ProSpot 575
35 Cmr ProWash 250 Coemar ProWash 250
36 Cmr ProWash 575 Coemar ProWash 575
37 Fal 2000 Fal 2000
38 Fal Color Ch. Pers. Fal Color Changer Personality
39 Fal Nocturno Person. Fal Nocturno Personality
40 Fal Proscan 2 HMI Fal Proscan 2 HMI 1200W
41 Fal Roulete 575 Per. Fal Roulete 575 Personality
42 Fal Stage Yoke Fal Stage Yoke
43 Fal T-Sixty Fal Three-Sixty
44 Fal T-Sixty 1200 Fal Three-Sixty 1200
45 Fal T-Sixty 3 Pers. Fal Three-Sixty 3 Hi-Res Personality
46 Fal T-Sixty Colour Fal Three-Sixty Colour
47 Fal T-Sixty Person. Fal Three-Sixty Hi-Res Personality
48 Gn Mojo Scan III Geni Mojo Scan III
49 Gn Shiva 200R/250R Geni Shiva 200R/250R
50 Gvn Acrobat MSD 250W Griven Acrobat MSD 250W
51 Gvn Imperial Griven Imperial
52 Gvn Kolorado Griven Kolorado
53 HE Cyberlight M1 High End Cyberlight mode 1
54 HE Data Flash Strobe High End Data Flash Strobe
55 HE Intellabeam LR High End Intellabeam Lo Res

34
56 HE Studio Beam PC High End Studio Beam PC
57 HE Studio Color High End Studio Color
58 HE Studio Spot High End Studio Spot
59 HE Studio Spot 250 High End Studio Spot 250
60 HE Studio Spot CMY High End Studio Spot CMY
61 HE Studio X-Spot RM High End Studio X-Spot Reduced Mode
62 HE Technobeam Hi Res High End Technobeam Hi Res
63 HE Technopro High End Technopro
64 HE TechnoRay High End TechnoRay
65 HE Trackspot High End Trackspot
66 Mt Acrobat Martin Acrobat
67 Mt Atomic 3000 Martin Atomic 3000
68 Mt Color Pro Martin Color Pro
69 Mt Mac 1200 Martin Mac 1200
70 Mt Mac 2000 Perform. Martin Mac 2000 Performance
71 Mt Mac 2000 Profile Martin Mac 2000 Profile
72 Mt Mac 2000 Wash Martin Mac 2000 Wash
73 Mt Mac 250 Martin Mac 250
74 Mt Mac 300 Martin Mac 300
75 Mt Mac 500 Martin Mac 500
76 Mt Mac 600 Martin Mac 600
77 Mt Mini Mac Profile Martin Mini Mac Profile - Mode 4
78 Mt Mini Mac Wash Martin Mini Mac Wash
79 Mt MX-1 Martin MX-1
80 Mt MX-4 Martin MX-4
81 Mt PAL 1200 E Martin PAL 1200 E
82 Mt Robocolor III Martin Robocolor III
83 Mt Roboscan 812 Martin Roboscan 812
84 Mt Roboscan Col II Martin Roboscan Col II
85 Mt Roboscan Col MSD Martin Roboscan Col MSD
86 Mt Roboscan CP Martin Roboscan CP
87 Mt Roboscan CP 400 Martin Roboscan CP 400
88 Mt Rbscan CP 400 Ext Martin Roboscan CP 400 Extended
89 Mt Roboscan PAL 1200 Martin Roboscan PAL 1200
90 Mt Rbscan PAL 1200 Martin Roboscan PAL 1200 Mode 4
M4
91 Mt Roboscan Pro 218 Martin Roboscan Pro 218 Hi Res
92 Mt Roboscan Pro 518 Martin Roboscan Pro 518
93 Mt Roboscan Pro 918 Martin Roboscan Pro 918 Mode 4
M4
94 MC Techscan 700F Move Color Techscan 700 F
95 MC Techscan 700 S Move Color Techscan 700 S
96 MC Techscan Jr MoveColor Techscan Jr
97 Sgt Flexo 150 Sagitter Flexo 150
98 Sgt Flexo 160 Sagitter Flexo 160
99 Sgt Moving Head 250 Sagitter Moving Head 250
100 Sgt Moving Wash 250 Sagitter Moving Wash 250
101 Sgt Moving Head 575 Sagitter Moving Head 575
102 Sgt Moving Wash 575 Sagitter Moving Wash 575
103 Sgt Murales 1800 MHD Sagitter Murales 1800 MHD
104 Sgt Prince Sagitter Prince
105 Servo Color 250 Servo Color 250
106 Servo Spot 250 Servo Spot 250
107 SC Easy 2000 Space Cannon Easy 2000
108 SC Ireos Pro Space Cannon Ireos Pro
109 SC Millennium 4000 Space Cannon Millennium 4000
110 SC SCIreos Pers. Space Cannon SCIreos Personality
111 SDue City Color Studio Due City Color
112 SDue Live 1200 Studio Due Live 1200
35
113 SDue Live Pro 1200 Studio Due Live Pro 1200 custom 2
114 StDue Mini Beam Studio Due Mini Beam
115 SDue Shark HR Studio Due Shark Hi-Res
116 SDue Stratos Studio Due Stratos
117 SDue Wash Light Studio Due Wash Light
118 Varilite 2201 Varilite 2201
119 Varilite 2201/2 Varilite 2201/2
120 Varilite 2400 Varilite 2400
121 Varilite VL1 Varilite VL1
122 Motor Head Gemini – Motor Head
123 Geni OBY 3 Geni – OBY 3
124 Geni OBY 5 Geni – OBY 5
125 PR Pilot 150 Pearl River – Pilot 150

11. Tabela de Canais

Código do Canal na
Descrição
Mesa
.Pan. Pan
.Red. Red
Anim. Animation
AnimR Anim Rot
AuStb Audio Strobe
Beam. Beam
BeAng Beam Angle
BeSh1 BeamShp 1
BeSh2 BeamShp 2
BeTim Beam Time
Bld1A Blade1A
Bld1B Blade1B
Bld2A Blade2A
Bld2B Blade2B
Bld3A Blade3A
Bld3B Blade3B
Bld4A Blade4A
Bld4B Blade4B
BldRt Blade Rot
BlOut Black Out
Blue. Blue
BnDr1 BarnDoor 1
BnDr2 BarnDoor 2
BnDr2 BarnDoor 2
BnDr3 BarnDoor 3
BnDr4 BarnDoor 4
BnDrR BarnDoor Rot
C.Spd C. Speed
C.sum Checksum
C1Spd Color 1 Speed
C2Spd Color 2 Speed
Cl/Gb Col/Gobo
ClFn1 Color Function 1
ClFn2 Color Function 2

36
ClMac ColorMacros
ClPoM Color positioning mode
CMode Color Mode
Col.1 Color 1
Col.2 Color 2
Col.3 Color 3
Col.4 Color 4
Color Color
Contr Control
Cspin Color Spin
CT0 CT0
CTB CTB
CTC CTC
CTime Color Time
Cwhee Color Wheel
Cyan. Cyan
D.Spd Dim Speed
Delay Delay
Dimm. Dimmer
DrRot DrumRot
DrSwi DrumSwivel
Durat Duration
Edge. Edge
Effec Effect
EfFun Effect Function
EfMod Effect Mode
EfRot Effect Rotate
EfRtH Effect Rot High
EfSpd Effect Speed
EfSpn Effect Spin
FilPo Filter Position
Filt. Filter / Warm Filter
Focus Foco
Fr1An Frame 1 Angle
Fr2An Frame 2 Angle
Fr3An Frame 3 Angle
Fr4An Frame 4 Angle
Fram1 Frame 1
Fram2 Frame 2
Fram3 Frame 3
Fram4 Frame 4
FrMac FrameMacro
Frost Frost / “Oval/Frost”
FTime Focus Time
FType Filter Type
FXSpd FX Speed
G1Low Gobo 1 Low
G1Spd Gobo 1 Speed
G2Fix Gobo 2 Fixed
G2Spd Gobo 2 Speed
GBeam Gobo Beam

37
GbIdx Gobo Index
Gbmod Gobo Mode
GbRot Gobo Rotation
GbSpd Gobo Speed
GCPos Gobo and Color Positioning
Gobo Gobo
Gobo1 Gobo 1
Gobo2 Gobo 2
Green Green
Gsp1L Gobo Spin 1 Low
Gsp2L Gobo Spin 2 Low
Gspn1 Gobo Spin 1
Gspn2 Gobo Spin 2
Home. Home
Inten Intensidade
Iris. Iris
IrSpd Iris Speed
Lamp. Lamp
Laser Laser
Lens. Lens
Lith1 Litho 1
Lith2 Litho 2
Litho Litho
LpCtr Lamp Control
LRt1H Litho Rot 1 High
LRt2H Litho Rot 2 High
Lt1Fn Litho 1 Function
Lt2Fn Litho 2 Function
LtRt1 Litho Rotation 1
LtRt2 Litho Rot 2
LtRtL Litho Rot Low
LtSpn Litho Spin
Macro Macro
Magen Magenta
MirPo Mirror Position
Mirr. Mirror
MiSpd Mspeed
Mode Mode
MtSpd Motor Speed
OnOff ON/OFF
P.Spd Pan Speed
Pan.F Pan Fine
PLeft Pan Left
Power Power
PRefl ParaReflect
PRigh Pan Right
Prism Prism
PrRot Prism Rotation
PTSpd P/T Speed
Rainb Rainbow
Rate Rate

38
Reset Reset
RGSel Rot. Gobo Selection
Rotat Rotation
RotWh Rot Wheel
S.CMY Speed CMY
ShutR Shutter Rot
Shutt Shutter
SpaCh SpareChan2
Speed Speed
StatG Static Gobo Selection
Staur Stauration
Strob Strobe
Synch Synchro
Til.F Tilt Fine
TilSp Tilt Speed
Tilt. Tilt
Tilt2 Tilt 2
Tilt3 Tilt 3
Tilt4 Tilt 4
TiLtL Tilt Low
Vago. Vago
VlRot Velocidade de rotação
W.Spd Wheel Speed
Whee1 Wheel 1
Whee2 Wheel 2
Yello Yellow
Zoom. Zoom
12. Manutenção Periódica
Limpeza e manutenções periódicas
A limpeza do aparelho deve ser efetuada a cada 100 horas, aproximadamente, usando ar comprimido para retirar sujeiras
acumuladas. O acabamento externo permite a limpeza com álcool ou um produto similar: de todo modo, utilize um tecido
não abrasivo.
Prestar atenção para não danificar o dispositivo de visualização (display), exercendo pressão excessiva sobre ele. Para
manter sempre a eficiência máxima do aparelho, aconselha-se fazer uma manutenção geral a cada 700 horas de uso,
aproximadamente.
A manutenção das partes elétricas e mecânicas deve ser realizada por pessoal técnico qualificado.

39

Você também pode gostar