Você está na página 1de 3

ILUSTRÍSSIMO SENHOR DIRETOR DO ____ (órgão que flagrou a

infração, exemplo: DETRAN, DER, DAER, etc) DO MUNICÍPIO DE ___ NO


ESTADO DE ___

REFERÊNCIA:

AIT Nº: ____

Agente de Trânsito: ___

Penalidade: “Multa à Infração de Trânsito”

Placa do carro: ____

NOME, nacionalidade, estado civil, profissão, telefone nº___, e-mail ___,


portador (a) do CPF sob o nº ____, do RG sob o nº ____ expedida por
____ (órgão de expedição, exemplo: SSP/SP) e da CNH sob o nº ____
expedida por ____ (órgão de trânsito responsável, exemplo: DETRAN-
SP), residente e domiciliado (a) em ____ (preencher com o endereço
completo: rua, nº, complemento, bairro, cidade, estado, cep),
proprietário (a)/condutor (a) do veículo modelo ____, placa ____, cor
___, ano ____/____, com nº do Renavam _____, vem, com fundamento
no disposto nos artigos 267 do Código de Trânsito Brasileiro apresentar
o presente PEDIDO DE CONVERSÃO DE MULTA EM ADVERTÊNCIA
POR ESCRITO contra aplicação de penalidade disposta no Auto de
Infração de Trânsito nº ____, pelas razões de fato e de direito a seguir
aduzidas:

I– FATOS

No dia ___/___/___, o requerente foi notificado de suposta infração de


trânsito através do Auto de Infração de Trânsito nº ____ por ter
cometido, em tese, a violação prevista no (s) artigo (s) ____ do Código
de Trânsito Brasileiro.
Conforme o AIT, no dia ___/___/___, na rua ____, foi aplicada a multa
ao veículo por: ______, no valor de R$ ____, além da perda de ____
pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

II-DIREITO

A penalidade aplicada não deve prevalecer, devendo ser convertida em


advertência por escrito como medida educativa a respeito do trânsito.

Isso porque, conforme o artigo 267 do Código de Trânsito Brasileiro e o


artigo 10 da Resolução 619 de 2016 do CONTRAN, poderá ser imposta a
penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve (3
pontos) ou média (4 pontos), passível de ser punida com multa, desde
que não o infrator não tenha cometido a mesma infração nos últimos
doze meses.

Conforme se depreende da documentação anexa o requerente faz jus à


medida de conversão da multa em advertência escrita:

1. o Auto de Infração Nº___ prova que a infração cometida pelo


requerente foi de natureza leve/média;
2. a Cópia do Extrato de Pontos da Carteira Nacional de
Habilitação do requerente demonstra que, nos últimos 12
(doze) meses, o requerente não cometeu a mesma infração
contida no Auto de Infração Nº___
3. ainda, o histórico do requerente demonstra ser pessoa de
conduta responsável, seguidora das normas de trânsito, uma
vez que, o requerente não comete infrações com recorrência,
sendo esse caso uma exceção e a imposição de multa uma
punição exagerada para fins educativos.

Portanto, o requerente cumpre os critérios exigidos pela legislação e por


seu regulamento para ter a multa convertida em advertência por escrito.

Ainda que Vossa Senhoria não seja obrigada a realizar a conversão,


contudo apelo para a questão mais educativa e pedagógica ao infrator,
sendo certo que o requerente continuará a ser comedido e atencioso,
respeitando as regras, em prol de um trânsito mais seguro.

IV-PEDIDOS

Diante do exposto, requer-se:

a) a observância do histórico exemplar como motorista a que faz jus o


autuado, fato que realça seu compromisso com a cidadania, com a
urbanidade e com a legalidade;

b) que o presente pedido seja conhecido e provido totalmente no sentido


de que a multa seja convertida em advertência por escrito;

c) que o Auto de Infração nº___ seja arquivado com o respectivo


cancelamento do registro e da multa, assim como a extinção da
pontuação que a infração gerou no Prontuário Geral Único do
requerente;

d) por fim, que o efeito suspensivo propugnado no artigo 285, parágrafo


3º do CTB, caso o presente recurso não seja julgado em 30 dias, e da
Lei Federal nº 9.784/99, que regulamenta o Processo Administrativo, no
Parágrafo único do art. 61.

Termos em que pede e espera DEFERIMENTO.

Cidade da assinatura, data.

___________________________________________

ASSINATURA