Você está na página 1de 10

JOGO DE BUZIOS

FALANDO COM OS ORIXÁS

Aberto (boca da concha para cima)

Fechado (furo para cima)

- O jogo de Alafiá = 4 Búzios


- O Jogo de Odú = 16 Búzios
- O Jogo no Ketô = 16 Búzios
- O Jogo de Angola = 21 Búzios

Búzio fechado

Búzio aberto

O jogo de búzios é uma das artes divinatórias utilizado nas religiões tradicionais


africanas e na religiões daDiáspora africana instaladas em muitos países das
Américas.
Existem muitos métodos de jogo, o mais comum consiste no arremesso de
um conjunto de 16 búzios sobre uma mesa previamente preparada, e na análise
da configuração que os búzios adoptam ao cair sobre ela. O adivinho, antes reza
e saúda todos os Orixás e durante os arremessos, conversa com as divindades e faz-
lhes perguntas. Considera-se que as divindades afetam o modo como os búzios se
espalham pela mesa, dando assim as respostas às dúvidas que lhes são colocadas.
Búzio concha de praia de vários tamanhos, utilizada como objeto de adorno nas roupas
dos Orixás onde são aplicados formando desenhos, em colares chamados de fio-de-
contas onde são colocados como fecho ou como Brajá totalmente feito de búzios imitando
as escamas de uma cobra, como objeto de comunicação com os Orixás nas consultas ao jogo
de búzios e Merindelogun.

O búzio tem uma abertura natural e uma parte ovalada, a maioria dos adornos e jogos de
búzios são feitos com os búzios cortados, onde é tirada a parte ovalada do mesmo.

Existe muita discussão sobre qual seria o aberto e o fechado. A legenda das fotos estaria
trocada, na visão das pessoas que consideram a parte quebrada como sendo o aberto.

Outros consideram que a abertura natural do búzio seja o aberto e a outra que é quebrada e
ralada seja o fechado

Alguns sacerdotes jogam com os búzios inteiros nesse caso o aberto é a abertura natural do
búzio.

Búzio aberto

No Brasil os búzios (conchas pequenas de praia), (cawris na África eram usados como dinheiro,


foi moeda corrente) são usados pelosBabalorixás e Iyalorixás para comunicação com os Orixás,
nas consultas ao jogo de búzios ouMerindelogun.

Usado para consultar o futuro, de acordo com a


religião Batuque, Candomblé,Omoloko, Tambor de Mina, Umbanda, Xambá, Xangô do
Nordeste ou como adorno em roupas dos Orixás e para confecção de alguns fio-de-contas.

Também é usado em outras religiões afro-descendentes em vários países. Sua origem é médio-
oriental, mais precisamente a região da Turquia. Penetrou naÁfrica junto com as invasões
daqueles povos aos africanos.

Adotado pelas mulheres pelo fato de que o Opele-Ifa e Opon-Ifa (jogos divinatórios


originalmente africano) é destinado somente aos homens.

Entrou na vida e na cultura Yoruba e enraizou-se tão profundamente que hoje


oMerindilogun (jogo de buzios) é mais conhecido que o verdadeiro oráculo
dosBabalawos (o Opele-Ifa e Opon-Ifa)também o mais utilizado aqui no brasil.

No entanto, segundo algumas correntes e crenças nem todas as pessoas podem ler buzios.
Esta prática está destinada apenas a pessoas com uma forte espiritualidade. De forma geral
estão pré destinadas às Mães, Pais, ou filhos de Santo após a obrigação de sete anos com o
recebimento dos direitos, autorização e ensinamentos dado pela mãe ou pai de santo.

Métodos de Jogo

Além dos búzios pode-se utilizar outros objetos para consulta dos Orixás: Obí, Orobô, Alobaça
(cebola), atarê (pimenta da costa), ossos, víceras, e outros.
O jogo com quatro búzios, mais utilizado nos rituais para perguntas, normalmente as caídas
correspondem às caídas do jogo de Obi

A quantidade de búzios pode váriar de acordo com a nação, o mais comum é composto de 16
ou 17 búzios, mas o jogo com 21 búzios também é muito comum.

Alguns métodos, não se baseiam em caídas por Odú como no Merindilogun, usam outras
configurações e combinações de búzios abertos e fechados dividindo-os em quatro grupos de
quatro búzios (que chamam de barracão) e analisam as quatro caídas e a disposição que elas
se encontram, nesse tipo de Oráculo não se fala em Odú.

Um outro método de jogo é feito com as víceras dos animais oferecidos aos Orixás, e um outro
jogo que utiliza ossos de animais unicamente ou em combinação com búzios, em ambos casos
também não são orientados por caídas de Odú.

Em alguns métodos o olhador (adivinho) senta-se no chão e joga na própria terra, sem toalhas
e enfeites como era feito no passado, é um jogo mais simples e rústico.

Podem ser jogados apenas em uma toalha branca numa mesa, ou num círculo formado por fio-
de-contas (colares) com vários objetos representativos dosOrixás ou numa peneira também
com fio-de-contas e objetos.

Existem mesas de jogo simples ou sofisticadas, dependendo das posses podem conter até
sinetas e objetos de ouro.

É diferente do (Opelé-Ifa), (Opon-Ifa) e Merindilogun que são orientados por caídas de Odú,


antigamente mais utilizados pelos Babalawos sacerdotes de Ifá, mas recentemente
muitos Babalorixás e Iyalorixás já fazem uso desses oráculos também.

A consideração entre aberto e fechado do búzio também pode variar, a grande maioria dos
Babalorixás utiliza a abertura natural do búzio como sendo o lado "aberto", mas várias
mulheres no culto do Candomblé, principalmente na Nação de Keto, acostumaram a jogar
como "aberto" o lado em que elas "abriam" o búzio, assim a fenda natural sendo o lado
"fechado", afirmando que o verdadeiro segredo em um búzio fica guardado em seu estado
natural, este é revelado apenas após sua abertura cerimonial arrancando-se esta parte até
então fechada, assim vários Babalorixás e Iyalorixás que aprenderam por este método fazem
esta forma "invertida" de leitura, ao apresentado nas imagens.

A grande verdade é que ao sagrar um formato onde seja considerado aberto/fechado, este
sacerdote não mais o inverte e passa aos seus filhos o conhecimento desta forma, assim sendo
particular de cada casa o cenário de leitura.

Existe também o método que é dado um significado para cada búzio, e um deles que
normalmente é o maior é atribuído a qualidade de representante de Deus, e recebe o nome de
Oxalá. Os outros falam através dele. Um exemplo: Depois de lançar as pedras do jogo, o bico
do búzio maior (Oxalá) vai verificar qual os buzios que caíram em sua direção. Esses que caíram
na linha deste búzio que falam no jogo de acordo com a sua característica. Os que caíram atrás
do búzio, ou seja, que não estão na frente do bico do búzio, falam pelo passado.
FALANDO   COM      OS      ORIXÁS

E é possível 4 tipos de jogadas :

1. Indica o orixá de cabeça ( guia espiritual ou se você preferir o signo do indivíduo ) dados da
potencialidade pessoal. As suas qualidades e estilo ficam como que mais acessíveis. E nada
impede que um homem tenha o estilo de um orixá dito feminino e vice-versa.

2. Responde às perguntas cujas respostas sejam do tipo sim/não/talvez. Búzio aberto ( na


astrologia se diz que há um aspecto favorável ). No caso de cair com o búzio fechado (na
astrologia aspectos desfavoráveis), estes elementos não se apresentam impossíveis mas são
situações desafiadoras.

3. Oráculo para qualquer pergunta ou questão mais complexa.

4. O jogador pode lançar qualquer número de búzios numa jogada pessoal, já que há pessoas
que usam 21 búzios.

A INTERPRETAÇÃO

A interpretação da "caída" dos búzios se fundamenta na quantidade de búzios abertos e


fechados e na relação que existe entre este número e determinados orixás. Em certos casos
como a opção 1 é considerado igualmente o dia da semana em que o consulente nasceu,
exatamente como no ocidente o Domingo é dia do sol (sunday), Sábado de Saturno (saturday)
etc., cada dia da semana é regido por um ou mais orixás, conforme abaixo:

Segunda - Feira = Exu e Obaluaê.


Terça - Feira = Nanã, Oxumaré, Ogum.
Quarta - Feira = Xangô e Iansã.
Quinta - Feira = Oxóssi e Logun-Edé.
Sexta Feira = Oxalá.
Sábado = Iabás, Iemanjá, Oxum e Begês.
Domingo = Olorum e todos os Orixás.

Cada jogada se encerra com um quadro de chaves interpretativas, que dão margem a
interessantes combinações. Não é raro acontecer "coincidências" incríveis.
Com o tempo e a prática você será capaz de intuir fatos que hoje seriam tidos como mágicos. É
uma questão de pura dedicação. Inicialmente aproveite os quadros como se apresentam.
Futuramente quem sabe você passe a utilizar seu próprio método.

Para facilitar o entendimento, adotaremos o jogo da Nação Ketô, com 16 Búzios 

A quantidade de búzios abertos e fechados que caem na peneira, indica qual orixá está
respondendo a pergunta do consulente e qual a sua mensagem.
Somente isto seria suficiente para qualquer tipo de interpretação, bastando para tanto saber
as características de cada orixá (os nomes podem diferir entre as diversas nações de origem
embora os atributos sejam os mesmos ).
Vejamos as caídas e as principais características arquetípicas dos orixás : 

Os números à esquerda do "X", representam a quantidade de "búzios abertos" e à direita a


quantidade de "búzios fechados".

00 X 16 = Caída neutra, deve ser repetida a jogada .


01 X 15 = EXÚ = Mensageiro neutro
03 X 13 = OGUM = Objetivo, prático e egoísta
02 X 14 = OBALUAE = Curioso, estudioso e preciso
04 X 12 = IEMANJÁ = Maternal, gentil e complacente
05 X 11 = OXUM = Bondoso, sensível e comunicativo
06 X 10 = EWÁ = Personalidade volúvel, confiante e temperamental
07 X 09 = OSSAIM = Cordial, diplomata e orgulhoso
08 X 08 = OXALÁ = Inteligente, sério, correto e lógico
09 X 07 = LOGUM = Sofisticado, culto e egocêntrico
10 X 06 = XANGÔ = Reservado, hábil e líder natural
11 X 05 = OXÓSSI = Jovial, romântico e imaturo
12 X 04 = IANSÃ = Extrovertido, franco e exótico
13 X 03 = NANÃ = Discreto, místico e cauteloso
14 X 02 = IBEJI = Infantil, volúvel, instável
15 X 01 = OBÁ = Ingênuo, honesto e tolerante
16 X 00 = OXUMARÉ = Enigmático, inteligente e astucioso

O RITUAL

Os búzios deverão ter sido deixados no sereno, em noite de lua cheia, num preparado com
ervas de colônia, Santa Luzia, Saião, Elevante, Fortuna, Orepê, Seiva de alfazema, Açúcar com
Epó de Oxalá e Macaça. Pela manhã, antes do sol nascer, deverão ser lavados com as ervas em
água corrente e mel e deixados em descanso por algumas horas antes do jogo. O olhador,
deverá estar de roupa clara, descalço e com as guias de seus orixás. Não deve beber ou fumar
antes e durante o jogo. Deverá então pedir licença para o orixá que rege o dia da semana para
abrir o jogo saudando todos os orixás, começando por "Exú " e finalizando com "Oxalá". Pedir
a iluminação de "Ifá" pronunciando a seguinte oração em yorubá:

" Oduduá, Dadá, Orumilá


Babá mi Alari Ki Babá
Olodumarê Babá mi
Bakê Oshê
Bara Lonan
Kou Filé Babá mi
Emim Lo Shirê Babá
Ifá Benim Mojubaré
Ifá Orum Mojubaré
Exú Mojubá (Bater o pé direito tres vezes)
Okê Oxé
Ifá Agô
Ogum yê Patacori,
Jassy, Jassi "

Para se aprender a jogar Búzios não é necessário ser espírita ou frequentar candomblé, mas
deverá ser iniciado nos "Segredos de Ifá", que não é mais uma divindade ou orixá, "Ifá"
representa o nosso "Eu" Interior, o "ID" de "Freud". Então cultuar "Ifá" é cultuar a sí mesmo,
isto é os nossos dons interiores, para encontrar o nosso bom "Iwá" (Destino). Porém sempre
devemos pedir licença para "Exú", que é quem detém para sí os bons e os maus caminhos.

. ÒKÀNRÀN 

2. EJÌOKO ou OYÈKÚ 

3. ÉTAÒGÚNDÁ ou ÌWÒRI 

4. ÌROSÙN 

5. ÒSÉ 

6. ÒBÀRÀ 

7. ÒDÍ 

8. EJÌONÍLE ou EJÍOGBÈ 

9. ÒSÁ 

10. ÒFÚN 

11. ÒWÓNRÍN 

12. EJÍLÀSEGBORA ou ÒTÚRÁ 

13. EJÍOLOGBÓN ou ÒTÚRÚPÒN 

14. ÌKÁ 

15. OGBÈÒGÙNDÁ  oba e ewa

16 Alaafia    orunmila
Okaran – 01 búzio aberto
Eji Okó – 02 búzios abertos
Etá Ogundá – 03 búzios abertos
Irosun- 04 búzios abertos
Osé – 05 búzios abertos
Obará – 06 búzios abertos
Odí – 07 búzios abertos
Eji Onilê – 08 búzios abertos
Osá – 09 búzios abertos
Ofum – 10 búzios abertos
Oworin – 11 búzios abertos
Eji lasebôrá – 12 búzios abertos
Eji Ologbon – 13 búzios abertos
Ika – 14 búzios abertos
Ogbegundá – 15 búzios abertos
Aláfiá – 16 búzios abertos

O Tarô é uma coleção de 78 figuras apresentadas na forma de um


baralho de cartas. Ele é dividido em três seções: Os Arcanos Maiores, Os
Arcanos Menores e as Cartas da Realeza. 

Os arcanos maiores possuem 22 símbolos arquetípicos que revelam os estados


latentes das ideias e possibilidades da vida, a saber:

1. O Mago
2. A Sacerdotisa - A Papisa
3. A Imperatriz
4. O Imperador
5. O Papa
6. Os Enamorados
7. O Carro
8. A Justiça
9. O Eremita
10. A Roda da Fortuna
11. A Força
12. O Enforcado
13. A Morte
14. A Temperança
15. O Diabo
16. A Torre
17. A Estrela
18. A Lua
19. O Sol
20. O Julgamento
21. O Mundo
22. O Louco

Usa-se um baralho de tarô para jogar. Os assim


chamados "baralhos esotéricos" geralmente não são
ideais para se jogar, porque, por exemplo, 

IFÁ

Ifá é a espinha dorsal da filosofia Yorubá. Ifá é a resposta. Ifá é a própria vida Yorubá. 

IFÁ, Somente os devotos de Orunmilá,que é genéricamente


conhecido por Orixá do destino, e que, ao se tornarem Oluwos ou
Babalawos, depois de um longo aprendizado, anguns afirmam levar
21 anos, e provas perante a sua confraria, é que podem fazer
divinações, leituras e suas histórias, exemplificando, sempre com
clareza aquilo que se quer saber e sendo recompensado por isso.
Ifá era um Sistema de Divinação, originário da cultura africana
Yorubá.
O Adivinho que manipulava Ifá era denominado por Babaláwo de Baba ( o pai) + Li (que
tem) + Áwo ( o segredo) era a Autoridade Máxima no Central do sistema religioso Yorubá.
Técnicamente, o Sistema Ifá baseava-se na manipulação dos Ikins/Coquinhos de Dendê,
para a obtenção, ao acaso, de um número Par ou Ímpar de Dendês que, na dita
manipulação, restassem na mão esquerda do babaláwo.Os Ikins quando batidos pelo
Babalawo é marcado de forma alternada.
Um batida marca na direita, outra batida marca na esquerda. Assim sucessivamente até
termos as oito marcas formando o omó Odu ou Olodu. O termo Ikin era designação especial
para o EKURO/Caroço da palmeira Oleaginosa, conhecida no Brasil como Dendezeiro ou
Dendê.

Estes sinais eram conhecidos, genericamente, por Ojú Opón/Olhos do tabuleiro e,


individualmente, por Ofú e Òsa.
Ancestralmente em Ilè Ifé, ou seja, na Cidade Sagrada dos Yorubás.
A repetição de uma outra sequência manipular igual, sendo as suas
marcas Ofú ou Òsa registrados no Pó Consagrado do Tabuleiro, mas à
esquerda das marcas do primeiro Odù Básico já lá registrado,
possibilita a obtenção de um dos outros duzentos e cinquenta e seis
(256) Odùs combinados, passíveis de existir e denominados por Omo
Odù (filho de Odù), significando que a nova Oní Ifá é composta pela
combinação de dois Odù Baba ou Básico.
Existem 240 Omo Odù também possuíam nomes específicos,
formados pelos nomes dos dois Odù Babá ou Básicos de que se
compôe, prevalecendo a designação do Odù Babá da Direita como se
fora o seu Nome e a designação do Odù Babá da esquerda como se
fosse seu sobrenome.
Aiyé atí Okán náa ni -”Vida e morte: Ambas são identicas”

ORIXÁ
ODÙ
1.Òkànràn Exu
2.Éji Òkò Ogun e Ibeji
3.Étà Ògúndá Obaluaiye e ainda Ogun
4.Ìròsùn Yemanjá
5.Òsé Oxum
6.Òbàrà Oxossy, Xangô, Yansã e Logun-Edé
7.Òdì Exu, Omolu
8.Éjì Onílè Oxaguian
9.Òsá Yemanjá e Yansã
10.Òfún Oxalá
11.Òwórín Yansã e Exu
12.Èjìlá Seborà Xangô
13.Éjì Ológbon Nanã
14.Ìka Oxumarê
15.Ogbègúndá Obá e Ewa
16.Àlàáfia Orunmilá

CADA UM  MONTA ENFEITA  O SEU JOGO CONFORME SEU ORIXÁ E GOSTO 

O QUE CONTA É O AXÉ   SABEDORIA OBEDIÊNCIA   E O  RESPEITO.  OS ORIXAS RESPONDEM 

BÚZIOS
PARA JOGAR BÚZIOS, é preciso ter: as 16 conchinhas, uma
urupema (peneira de palha que serve de tabuleiro), um círculo de
colares de miçanga nas cores dos orixás, duas pedrinhas – os otás -,
moedas antigas, sementes, uma vela acesa e um copo transparente
com água.
UM VIDENTE QUE SE PREZE conversa com seus búzios, lava-os
uma vez por semana com água do mar, da chuva ou de nascente,
deixa-os dormir no sereno, oferece sacrifícios a eles uma vez por ano
e os permite descansar às sextas-feiras, quando não se pode jogar
em respeito a Oxalá.

Você também pode gostar