Você está na página 1de 3

ORQUESTRA ÁTRIOS DE LOUVOR

Escola de Música da Orquestra Átrios de Louvor

CONTRATO COMODATO DE EMPRESTIMO DE INSTRUMENTO


MUSICAL

Por este instrumento particular, de um lado Orquestra Átrios de Louvor, com


sede na cidade de Campina Grande, Estado de Paraíba, à Rua Antenor Navarro, Bairro
da Prata, neste ato representada por Jean Marcio Souza, Brasileiro, casado, Músico,
portador do CPF nº __________________, doravante denominada simplesmente
COMODANTE, e, de outro lado, ______________________, Residente e domociliado
na cidade de _________________, Estado de Paraíba, à Rua
________________________________, nº ____, bairro ____________, inscrita no CPF
sob o nº ________________, neste ato doravante denominada simplesmente
COMODATÁRIA, têm entre si como justo e acordado o que segue, que se obrigam a
cumprir por si e seus sucessores: 

1. A COMODANTE, na qualidade de legítima proprietária de um(a) Instrumento


musical, marca, tipo. Que cede e transfere referido bem à COMODATÁRIA,
gratuitamente, a título de comodato, para fins de Tocar, estudar e louvar a Deus na
Orquestra Átrios de Louvor.

2. O prazo de vigência deste contrato será de 1(um) ano, com início em ____/____/____
e término em ____/____/_____, data em que a COMODATÁRIA deverá restituir o
instrumento acima especificado nas mesmas condições em que ora o recebe,
independentemente de qualquer notificação, sob pena de pagar o conserto ou mesmo a
integra do instrumento.

Obrigações

3. A COMODATÁRIA se obriga a zelar pela conservação do instrumento que lhe é


cedido em comodato, responsabilizando-se por todos os custos com a manutenção do
mesmo. Os danos advindos do mau uso ou negligência na sua conservação serão
suportados pela COMODATÁRIA que arcará com todas as despesas para a devida
recuperação do bem. 

3.1 Fica a parte COMODATÁRIA obriga a participar de pelo menos de 3(três) dos
4(quatro) eventos mensais organizados pela parte COMODANTE, sob pena de rescisão
unilateral do contrato, mediante simples comunicação, independentemente de aviso
judicial ou extra-judicial.

3.2 A Orquestra Átrios de Louvor empresta instrumentos musicais aos alunos ou


músicos que os solicitem e deles necessitem e apenas para usarem tais instrumentos nas
aulas e ao serviço de atividades promovidas pela mesma.
3.3 Todos os alunos que requeiram o empréstimo de um instrumento musical terão que
entregar à Orquestra, proprietária do instrumento musical, deverão assinar este contrato
para poder retirar o instrumento das dependências da sala de ensaio da Orquestra

3.4 O pedido de empréstimo e o empréstimo de um instrumento musical é feito ao


maestro titular no horário dos ensaios.

3.5 No final de cada ano letivo deve ser realizada (se necessário) pelo responsável pelo
instrumento musical emprestado e a expensas suas, uma revisão geral ao instrumento
musical, em Luthier devidamente credenciado para o efeito, devendo ser entregue o
documento comprovativo da mesma, com descrição detalhada, até quinze dias após o
término do ano letivo.

Devoluções

3.6 Findo o contrato de empréstimo por qualquer causa, deve o instrumento musical
emprestado ser restituído à Orquestra, pela pessoa responsável pelo mesmo, e em bom
estado de conservação e funcionamento, tal como o recebeu.

3.7 A restituição do instrumento musical emprestado é feita nos ensaios.

4. É vedado à COMODATÁRIA sub-comodatar ou locar o bem objeto deste


instrumento a terceiros, bem como ceder ou transferir o presente contrato sem prévia
autorização, por escrito, da COMODANTE. 

5. A COMODATÁRIA, durante a vigência deste instrumento, responsabilizar-se-á


perante terceiros por danos decorrentes de eventuais acidentes que envolvam o manejo,
a execução e o transporte, independentemente de ter ou não contratado seguro para tal
fim.

6. Em caso de turbação ou esbulho da posse do bem por atos de terceiros, a


COMODATÁRIA deverá tomar as providências cabíveis a fim de cessar tais atos, bem
como comunicar imediatamente tais fatos à COMODANTE. 

7. O presente instrumento será considerado rescindido de pleno direito em caso de


infração, por parte da COMODATÁRIA, de qualquer cláusula acordada, assegurado à
COMODANTE o direito de rescindir, unilateralmente, o contrato, mediante simples
comunicação, independentemente de aviso judicial ou extra-judicial, recolhendo assim o
instrumento cedido. 

8. Qualquer tolerância ou concessão das partes quanto ao cumprimento do disposto


neste contrato constituir-se-á ato de mera liberalidade, não podendo ser considerado
novação. 

9. As partes elegem o Foro da Comarca de Campina Grande para dirimir eventuais


litígios decorrentes deste contrato. 

E assim, por estarem justas e contratadas, as partes assinam o presente em 2 vias de


igual teor assinadas de próprio punho. 
Campina Grande, ____/____/________.

________________________ ________________________

COMODANTE COMODATÁRIA