Você está na página 1de 22

187

DEPARTAMENTO DE DIREITO ECONÔMICO E FINANCEIRO

CORPO DOCENTE

PROFESSORES TITULARES
1. Eros Roberto Grau
2. Regis Fernandes de Oliveira
3. Hermes Marcelo Huck
4. Paulo de Barros Carvalho
5. Luís Eduardo Schoueri

PROFESSORES ASSOCIADOS
1. Cristiane Derani
2. Estevão Horvath
3. Heleno Taveira Torres
4. Gilberto Bercovici

PROFESSORES DOUTORES
1. Gerd Willi Rothmann
2. José Tadeu De Chiara
3. Paulo Celso Bergstron Bonilha
4. José Maurício Conti

DISCIPLINAS:
Ciclo Básico:
Economia I EAE 640 - 1º semestre
Economia II EAE 643 - 2º semestre

Ciclo Institucional
Direito Financeiro DEF 311 - 3º semestre
Direito Tributário I DEF 413 - 7º semestre
Direito Tributário II DEF 414 - 8º semestre
Direito Econômico I DEF 442 - 8 semestre
Direito Tributário (FEASP) DEF 261 - 9º semestre
Direito Tributário (FEARP) DEF 415 - 3º semestre
Direito Ambiental (IQ) DEF 566 - 8o semestre

Ciclo Complementar - disciplinas obrigatórias e optativas


Direito Econômico DEF 571 - 9º semestre
Direito do Consumidor DEF 572 - 9º semestre
Direito Tributário Aplicado I
(Tribs.Ests.e Municipais.) DEF 543 - 9º semestre
Direito Ambiental I - Parte Geral DEF 563 - 9º semestre
Direito Econômico Internacional DEF 565 - 9º semestre
Direito Tributário Aplicado II
(Tributos Federais ) DEF 544 - 10ºsemestre
Direito Econômico Aplicado DEF 531 - 10ºsemestre
Direito Financeiro Aplicado DEF 551 - 10ºsemestre
Direito Ambiental II - Parte Especial DEF 564 - 10º semestre
188

I - OBJETIVOS:
- Visa oferecer ao corpo discente:
01. Apresentar, do ângulo jurídico, o universo dos problemas econômicos, qualificá-lo para atividade
profissional pertinente e prepará-lo para julgamento crítico.
02. Dar ao aluno noção do conjunto dos problemas jurídicos das Finanças Públicas.
03. Instruir o aluno de maneira a torná-lo capaz de utilizar-se da doutrina, legislação e jurisprudência.
04. Levar ao conhecimento do aluno as principais categorias jurídicas da matéria tributária e de sua
problemática.
05. Dar informação sobre os fenômenos econômicos de consumo de massa, tutela da concorrência e
defesa ecológica.

II - CONTEÚDO:

Economia I - EAE 640 - 1º semestre


Parte I: Introdução. Alguns conceitos básicos: 1. O Problema Econômico; 1.1. Necessidades Ili-
mitadas e Recursos Escassos; 1.2. Escassez e Escolha; 1.3. Utilidade, Valor e Preço; 1.4. Bens Eco-
nômicos; 2. Noção de Sistema Econômico; 3. Aplicações Práticas. Parte II: A Economia como
Ciência Social: 4. Método e Alcance da Economia como Ciência; 5. Economia Positiva; 5.1 Mi-
croeconomia; 5.2. Macroeconomia; 5.3. Problemas Terminológicos: Análise Econômica. Teoria E-
conômica. Economia Política; 5.4. O Conceito de Modelo; 6. O Papel dos Juízos de Valor; 7. A Ci-
ência como Base para Proposições – A economia normativa; 7.1. Doutrinas Econômicas; 7.2. Políti-
cas Econômicas; 8. Noção de Direito Econômico; 9. Aplicações Práticas. Parte III: Sistemas Eco-
nômicos; 10. Conceitos e Tipos de Abordagem; 11. Abordagem Funcional – Teórica – Os Três
Modelos Fundamentais de Sistemas Econômicos; 11.1. Tradição; 11.2. Autoridade; 11.3. Autonomia
– O Mercado; 12. Abordagem Funcional-Prática - Os Sistemas Mistos; 12.1. As limitações do mer-
cado; a) Externalidades - Custo Privado e Custo Social; b) Os bens coletivos; c) As Economias de
Escala e a Concentração Econômica; d) Problemas de Mobilidade; e) O Acesso à Informação; 12.2.
Desempenho Econômico e Preferências Políticas; 12.3. A Participação do Estado: a) Causas; b) Mo-
dalidades; 12.4. A Economia do Bem-Estar (Welfare State); 13. Evolução Histórica dos sistemas;
14. Aplicações Práticas; Parte IV: Política Econômica; 15. Conceito e Finalidades da Política E-
conômica; 15.1. A política Econômica e o Mercado; 15.2. O Planejamento; 16. Os objetos; 16.1. Po-
lítica Quantitativa; 16.2. Política Qualitativa; 16.3. Reformas; 17. A Política Econômica e seus Ins-
trumentos; 17.1. Política Monetária e Creditícia; 17.2. Política fiscal; 17.3. Política Cambial; 17.4.
Meios de Controle Direto; 17.5. Política Econômica Internacional; 18. Planos Econômicos e Proje-
tos; 19. Aspectos Políticos – Administrativos; 20. Aplicações Práticas. Parte 5: O Direito Econô-
mico – Princípios; 21. Direito e Economia; 22. Decisões Institucionais e Decisões de Mercado; 23.
As Normas Legais para Aplicação da Política Econômica; 24. O Direito Econômico: Ramo Autôno-
mo na Ciência Jurídica ou Método de Interpretação do Direito?; 25. Aplicações Práticas

Economia II - EAE 643 - 2º semestre


Parte I: Alguns Aspectos da Microeconomia: 1. Micro e Macroeconomia; 2.Princípios de Formação
de Preços; 2.1. Conceito de Oferta e Procura - caso de um bem e de vários bens; 2.2. Características
das Curvas Representativas; 2.3. Teoria da Procura: Utilidade Marginal. Elasticidade-Preço e Elasti-
cidade-Renda. Curva de Indiferença; 2.4. Teoria da Produção - Os fatores de produção - O Processo
decisório da empresa - Notação e Classificação de Custo de Produção - Economia de Escala; 3. Re-
gime de Mercado; 3.1. Concorrência Perfeita; 3.2. Concorrência Imperfeita; 3.3. Monopólio; 3.4. O-
ligopólio; 3.5. A Concentração Econômica e suas formas; 4. Aplicações Práticas. Parte II: Alguns
Aspectos da Macroeconomia; 5. O Sistema Econômico como um todo; 6. Noção de Renda e de
Emprego; 7. Os preços como Rendimentos: juros, aluguéis, dividendos, salários, pensões; 8. A Dis-
tribuição de Renda; 9. As contas nacionais; 9.1. Produto Nacional Bruto e Líquido; 9.2. Renda Na-
189

cional; 9.3. Aspectos Setoriais; 10. O Consumo, a Poupança e o Investimento; 11. Aplicações Práti-
cas. Parte III: Economia Monetária; 12. Características e Funções da Moeda; 13. O Sistema Ban-
cário e as Instituições Financeiras. Seu Papel no sistema Econômico – Tipos de Bancos – Banco
Central. Bancos Comerciais. Bancos de Investimento e de Desenvolvimento; 14. Inflação; 14.1. Teo-
ria Quantitativa; 14.2. Monetarismo e Estruturalismo; 14.3. Política Monetária; 15. Aplicações Práti-
cas. Parte IV: A Atividade Financeira do Estado: 16. Bens Públicos e Necessidades Coletivas –
Economia Externa. Objetivos Econômicos do Estado; 17. Os Setores Fundamentais da Atividade Fi-
nanceira do Estado; 18. Receitas e Tributos; 18.1. Características e classificação dos Tributos; 18.2.
Política Tributária; 19. A Despesa Pública e seus Componentes; 19.1. Funções da Despesa; 19.2. Dé-
ficit, Superávit e Equilíbrio das Finanças Públicas – Seu Significado Econômico; 20. Aplicações.
Parte V: Economia Internacional: 21. A Descrição do Processo do Comércio Exterior – Seus
Principais Componentes; 22. Relações de Intercâmbio e Protecionismo; 23. A Formação da Taxa de
Câmbio; 24. Balança Comercial e Balança de Pagamentos; 25. Integração Econômica e Movimentos
Internacionais de Capitais; 26. Aplicações Práticas. Parte VI: Desenvolvimento Econômico: 27.
Países Desenvolvidos e Subdesenvolvidos: Características, Desenvolvimento e crescimento; 28. Mo-
delos de Desenvolvimento. Etapas de Desenvolvimento; 29. Desenvolvimento Econômico. Desen-
volvimento Social e Qualidade de Vida; 30. Aplicações Práticas. Parte VII: Conclusão – A Econo-
mia, o Homem e a Sociedade Síntese e Perspectivas do Pensamento Econômico

OBSERVAÇÃO: As Aplicações Práticas previstas em cada ponto do programa, referem-se a tópicos es-
peciais selecionados em função do seu interesse como matéria de informação ao futuro advogado ou pela
relevância como objeto de regulamentação jurídica.

Direito Financeiro - DEF 311 - 3º semestre


1. Noções Introdutórias; 1.1. As necessidades públicas e a atividade financeira do Estado. A Ciência
das Finanças e o Direito Financeiro; 1.2. Política Financeira; 1.3. Disciplina Jurídica da atividade fi-
nanceira do Estado. Ciência do Direito Financeiro: definição e princípios; 1.4. Conteúdo do Direito
Financeiro; 1.5. Normas Gerais do Direito Financeiro; 2. Receita Pública; 2.1. Receitas e Entrada.
Classificação das Receitas; 2.2. Receitas Derivadas. Receita Tributária. Características. Condições
Gerais; 2.3. Receitas Originárias. Teoria dos Preços; 2.4. Utilização extra-financeira das Receitas
Públicas; 3. Despesa Pública; 3.1. Conceito e Características. Espécies; 3.2. Condições jurídicas da
despesa pública; 4. Orçamento; 4.1. Conceito. Origem; 4.2. Regime jurídico do Orçamento Público.
Direito Constitucional Orçamentário; 4.3. Espécies de Orçamento; 4.4. Fiscalização Financeira e Or-
çamentária; 5. Crédito Público; 5.1. Noções fundamentais. Natureza Jurídica; 5.2. Empréstimos pú-
blicos e suas espécies; 5.3. Empréstimos Compulsórios; 6. O Direito Financeiro no Quadro da Ciên-
cia Jurídica.

Legislação Tributária - DEF 261 - 7º semestre - Curso Admin. Empresas


1. Legislação Tributária: conceito, objeto e conteúdo; 2. O Sistema Tributário Nacional. Componen-
tes: os tributos e suas espécies. Os princípios do Sistema. Discriminação constitucional das rendas
tributárias; 3. Relação jurídica tributária: Obrigação tributária. O fato gerador. Sujeitos da Obrigação
tributária; 4. Técnica tributária: exigência do tributo. Incidência, não incidência, imunidade e isenção
tributária. Lançamento e cobrança do tributo; 5. Os impostos. Função dos impostos. Fiscalidade e ex-
trafiscalidade. Política fiscal. Tributação e economia. Visão macro-econômica dos impostos. Incenti-
vos fiscais; 6. Os impostos. Classificação dos impostos: reais e pessoais; diretos e indiretos; progres-
sivos, regressivos e proporcionais. Classificação micro-econômica e macro-econômica dos impostos;
7. As taxas. O poder de polícia. Os serviços, sua especificidade e divisibilidade. Taxa e preço públi-
co; 8. A parafiscalidade. Contribuições especiais: intervenção no domínio econômico e interesse de
categorias profissionais. Contribuição para o custeio de encargos da previdência social; 9. Contribui-
ção de melhoria. Valorização imobiliária e limites da contribuição, total e individual; 10. Impostos
extraordinários. Casos de Instituição. Características. Competência e supressão.
190

Legislação Tributária - DEF 261 - 7º e 8o semestres - Curso de Ciências Contábeis


1. Legislação Tributária: conceito, objeto e conteúdo; 2. O Sistema Tributário Nacional. Componen-
tes: os tributos e suas espécies. Os princípios do Sistema Discriminação constitucional das rendas
tributárias; 3. Relação jurídica tributária: Obrigação tributária. O fato gerador. Sujeitos da Obrigação
tributária; 4. Técnica tributária: exigência do tributo. Incidência, não incidência, imunidade e isenção
tributária. Lançamento e cobrança de tributo; 5. Função dos impostos. Fiscalidade e extrafiscalidade.
Política fiscal. Tributação e economia. Visão macro-econômica; 6. Classificação dos impostos: reais
e pessoais, diretos e indiretos, proporcionais, regressivos e progressivos. Classificação micro e
macroeconômica; 7. Tributação e produção. Impostos sobre a produção. Efeitos econômicos; 8. O
Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); 9. Os Impostos Únicos; 10. Tributação e circulação da
riqueza: circulação e sociedade anônima; 11. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICM); 12.
Impostos sobre Operações Financeiras; 13. Impostos sobre o Comércio Exterior; 13.1. O Imposto
sobre Importação; 13.2. O Imposto sobre Exportação; 14. Tributação dos serviços; 14.1. O Imposto
sobre Transporte e Comunicações; 14.2. O Imposto Municipal sobre serviço de qualquer natureza;
15. Tributação e Patrimônio. Imposto sobre o patrimônio do sistema nacional; 16. O Imposto sobre a
Propriedade Territorial Rural. Tributação da terra e reforma agrária; 17. O Imposto sobre a Proprie-
dade Predial e Territorial Urbana; 18. Tributação e renda nacional. Determinação da renda nacional.
Imposto da tributação sobre a renda nacional; 19. O Imposto sobre a Renda e Proventos de qualquer
natureza do sistema nacional; 20. Tributação da renda das pessoas físicas; 21. Tributação da renda
das pessoas jurídicas; 22. Tributação do capital. Tributação da renda e tributação do capital. Tributa-
ção do patrimônio e tributação do capital. Impostos sobre o capital do sistema nacional; 23. O Impos-
to sobre a Transmissão de Bens Imóveis; 24. Tributação dos títulos e valores mobiliários, representa-
tivos do capital das empresas.

Direito Tributário I - DEF 413 - 7º semestre


1. O poder e o direito de tributar; conceito; características. O direito tributário, noção histórica, extra-
fiscalidade; 2. Os tributos e suas espécies; 3. Fontes formais do direito tributário. Funções; 4.
Princípios gerais constitucionais tributários. Competência tributária; 5. Limitações constitucionais do
poder de tributar; 6. Vigência, aplicação e integração da lei tributária; 7. Obrigação tributária. Classi-
ficação; o fato gerador; sujeitos da obrigação; 8. Crédito tributário: lançamento e suas modalidades.

Direito Tributário II - DEF 414 - 8º semestre


1. Suspensão e extinção do crédito tributário; 2. Categorias e técnicas da tributação: isenção; 3. Im-
postos municipais: noções; 4. Impostos estaduais: noções. ICMS: princípios constitucionais; 5. Im-
postos federais: noções; 6. Regras fundamentais do imposto de renda e proventos de qualquer nature-
za; 7. Regras fundamentais do imposto sobre produtos industrializados; 8. Direito Tributário Penal e
Direito Penal Tributário; 9. Processo Administrativo Tributário; 10. Execução fiscal.

Direito Tributário - DEF 415 - 3o semestre - FEARP


Programa de Legislação Tributária da FEASP

Direito Econômico I - DEF 442 – 8º semestre.


1 Direito e economia; 2. A disciplina jurídica da atividade econômica; 3. Conceito e teorias do Direi-
to Econômico; 4. Ordem econômica e Constituição Econômica; 5. As fontes do Direito Econômico e
a capacidade normativa de conjuntura; 6. Os princípios e as regras de Direito Econômico; 7. As rela-
ções jurídicas no âmbito do Direito Econômico; 8. Os sujeitos de Direito Econômico.
191

Direito Econômico - DEF 571 - 9º semestre

1. A atuação estatal sobre e no processo econômico e suas técnicas; 2. A distribuição constitucional


do exercício da atividade econômica entre o setor privado e o setor público; 3. As empresas estatais;
4. O planejamento econômico e social; 5. A propriedade, a empresa e sua função social; 6. Disciplina
da moeda; 7. Disciplina do crédito; 8. O sistema financeiro nacional.

Direito do Consumidor - DEF 572 - 9º semestre


Disciplina de caráter interdepartamental, visa o estudo da moderna legislação, que regulamenta, sob
nova perspectiva, fenômenos econômicos como o consumo de massa, a tutela da concorrência, a de-
fesa ecológica entre outros, propiciando enfoques nas áreas de Direito Econômico, Direito Civil, Di-
reito Comercial, Direito Processual e Direito Penal.
Parte I: Módulo de Direito Econômico (4 aulas): 1. O conceito econômico de consumo e sua evolu-
ção; 1.1. O modelo de economia de mercado e o princípio da soberania do consumidor; 1.2. As alte-
rações na estrutura e no funcionamento dos mercados e sua repercussão sob o princípio da soberania
do consumidor; 1.3. A função consumo nas economias modernas; 1.4. O fenômeno do consumismo;
1.5. Consumismo e consumerismo – origem e evolução dos movimentos consumeristas – A proteção
do consumidor – Principais livros estrangeiros sobre o assunto; 2. Código de defesa do consumidor;
2.1. Origem e tramitação legislativa; 2.2. Estrutura; 3. Abrangência e destinação do código – concei-
tos fundamentais; 3.1. Consumidor; 3.2. Fornecedor; 3.3. Produto; 3.4. Serviço; 4. A política das re-
lações de consumo; 4.1. Conceito de relação de consumo; 4.2. Política de consumo e de relações de
consumo; 4.3. Objetivos; 4.4. Princípios; 4.4.1. O princípio da vulnerabilidade; 4.4.2. Ação gover-
namental; 4.4.3. Harmonização de interesses – Desenvolvimento econômico; 4.4.4. Serviços públi-
cos; 4.5. Órgãos de implementação; 05. Os direitos do consumidor; 5.1. Natureza e extensão dos di-
reitos contemplados pelo código. Parte II: Módulo de Direito Comercial (5 aulas): 1. Responsabili-
dade civil pelo fato do produto e seu regime jurídico. Responsabilidade do produtor (art. 12) e do
comerciante (art. 13). Inteligência e substantivo comerciante (art. 13). Responsabilidade civil do pro-
fissional liberal e da empresa que congregam, exclusivamente, profissionais liberais (art. 14, parágra-
fo 4º); 2. Responsabilidade civil por vício do produto. Sua natureza: responsabilidade objetiva ou
subjetiva. Solidariedade (art. 19). Solidariedade por atos de respostas ou representantes comerciais
(art. 34); 3. Desconsideração da personalidade jurídica. Precisões conceituais. Alcance do instituto.
Posição do controlador e dos administradores. O art. 28, parágrafo 1º e o veto presidencial aposto.
Desconsideração e falência. Sociedades consorciadas e coligadas; 4. Contratos mercantis e normas
contratuais do Código de Defesa do Consumidor. Compra e venda a consumidor final. Prestação de
serviços a usuário final. Outros contratos celebrados com consumidor final e sua comercialidade: se-
guros; contratos bancários; construção; transporte etc; 5. A publicidade como atividade mercantil.
Seu regime jurídico e o Código de Defesa do Consumidor; 6. Da convenção coletiva de consumo:
conceito, âmbito e natureza jurídica. Parte III: Módulo Direito Civil (3 aulas): 1. Disposições gerais
da proteção contratual; 2. Cláusulas abusivas; 3. Contrato de adesão: característica; 4. Modificação e
revisão de cláusulas contratuais. Parte IV: Módulo Direito Processual (1 aula); 1. A tutela individual
do consumidor em juízo. Parte V: Módulo de Direito Penal (3 aulas): 1. Código de Defesa do Con-
sumidor; bem jurídico protegido. Conceito de crime contra o consumidor; 2. Crimes contra o consu-
midor: tipicidade e antijuridicidade. Crimes comissivos e omissivos. Crimes dolosos e culposos; 3. A
responsabilidade penal e a co-autoria no Código de Defesa do Consumidor. A aplicação das penas; 4.
Crimes em espécie no Código de Defesa do Consumidor. Parte VI: Módulo de Direito Administrati-
vo (2 aulas); 1. A tutela administrativa das relações de consumo; 2. Das sanções administrativas; 3.
Dos regulamentos do CDC.

Direito Tributário Aplicado I - DEF 543 - 9º semestre


1. Tributos Estaduais e Municipais. Estudos em espécie dos tributos estaduais e municipais. (casos e
problemas).
192

Direito Tributário Aplicado II - DEF 544 - 10º semestre


1. Tributos Federais. Estudos em espécie dos tributos federais (casos e problemas).
Direito Ambiental I - Parte Geral - DEF 563 - 9º semestre
Parte I: Módulo de Direito do Estado (15 aulas): 1. Meio Ambiente, Direito de Terceira Geração; 2.
O Meio Ambiente no Direito Comparado; 3. Os Princípios de Direito Público; 4. O Meio Ambiente
na CF-88; 5. Competências de União, Estados, Distrito Federal e Municípios; 6. O Poder de Polícia
(EIA, RIMA=CF-88, art. 225, parágrafo 1º e Lei 6938/81); 7. Controle de Administração (preventi-
vo e repressivo); 8. Instrumentos Judiciais de defesa do Meio Ambiente: Mandado de Injunção, A-
ção Civil Pública, Ação Popular e Mandado de Segurança Coletivo. Parte II: Módulo de Direito E-
conômico e Financeiro (24 aulas): 9. Problema Ecológico; 9.1. Genealogia do Pensamento Ecológico
(Princípios Gerais); 9.2. Conceituação; 9.3. Natureza Física do Fenômeno; 10. A Natureza Econômi-
ca do Problema Ecológico; 11. Os Sistemas Econômicos: Apresentação de seus modelos básicos; 12.
O Sistema de Mercado; 13. As Falhas ou Inoperacionalidades do Sistema; 13.1. O Conceito de Ex-
tremidades: O Custo Social; 13.2. O Conceito de Bens Coletivo; 13.3. Bens Econômicos e Bens Li-
vres; 14. Sistema Econômico e Sistema Ecológico; 14.1 O Fechamento pela Interação; 14.2. Bens
Ambientais como Bens Econômicos; 15. A Natureza Jurídica do Problema Econômico; 16. A Pro-
priedade e a Escassez: pressupostos de funcionalidade da economia de mercado; 17. A Separação en-
tre Escassez e Propriedade: bens pseudo-livres; 18. Sistema Ecológico e Ordem Jurídica; 19. A For-
mação de Direito Ambiental e a “Razão” na Norma Ambiental; 20. Direito Ambiental: Princípios e
Normas; 21. Aspecto Formal e Aspecto Material das Normas de Direito Ambiental. Parte III: Direi-
to Tributário: 22. Os tributos em defesa do meio ambiente: preço público para recursos ambientais
(Lei 6938, art. 3º c/nr. Lei 7804, de 18.07.89). Parte IV: Direito Urbanístico: 23. Meio Ambiente ar-
tificial: zoneamento ambiental (urbano e industrial); 24. Tombamento.

Direito Ambiental II – Parte Especial – DEF 564 – 10º semestre


Parte I: Módulo de Direito Civil (9 aulas): 1. Aspectos Fundamentais da Responsabilidade Civil; 2.
Responsabilidade Civil Subjetiva, Responsabilidade Civil Objetiva e Responsabilidade Civil Ambi-
ental; 3. Noção de Atividade Agrária; 4. Função Social da Propriedade Imobiliária; 5. A Produção
Agrária e a Proteção do Meio Ambiente. Parte II: Módulo de Direito Penal (9 aulas): 6. Parte Geral
da Lei 9.605; 7. Penas Aplicáveis e Alternativas Penais; 8. Crimes em Espécie; 9. Estudo da Respon-
sabilidade Penal das Pessoas Jurídicas e sua introdução na Legislação Ordinária. Parte III: Módulo
de Direito Internacional (6 aulas): 10. Fontes do Direito Internacional do Meio Ambiente; 11. A Re-
gulamentação Setorial; 12. A Regulamentação Global; 13. A Cooperação Internacional; 14. Respon-
sabilidade Internacional e Reparação de danos ao Meio Ambiental; 15. Meio Ambiente e Direitos
Humanos. Parte IV: Módulo de Direito do Trabalho (9 aulas): 16. Normas relativas ao Meio Ambi-
ente do Trabalho (Trabalho Urbano, Rural e Avulsos): principais aspectos; 17. Responsabilidade do
Estado, do Empregador, do Empregado e das Organizações Judiciais; 18. Infortunística: Acidentes
do Trabalho, Doenças do Trabalho e Doenças Profissionais; 19. O Meio Ambiente de Trabalho;
19.1. conceito. Direito a um meio ambiente de trabalho saudável; 19.2. Proteção constitucional (art.
7º, XXII, CF); 19.3. Das Atribuições e Responsabilidades; 19.4. Do Estado; do Empregador; do Em-
pregado; das Organizações Sindicais; 20. As Normas de Segurança e Medicina do Trabalho; 20.1.
Noções Gerais. Capítulo V do Título II da CLT; 20.2. Serviços Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do Trabalho - SESMT(NR-4); 20.3. Comissão Interna de Prevenção de
Acidentes - CIPA (NR-5); 20.4. Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO
(NR-7); 20.5. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (RN-9); 20.6. Atividades e Operação
Insalubres (NR-15); 20.7. Atividades e Operação Perigosas (NR-16); 20.8. Ergonomia (NR-17);
20.9. Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho (NR-24); 21. A Defesa do Meio
Ambiente de Trabalho; 21.1. Defesa Administrativa. A atuação da inspiração do Trabalho; 21.2. De-
fesa Processual; 21.3. A atuação do Ministério Público; 22.4. Competência: Ministério Público Esta-
dual ou Ministério Público do Trabalho?; 22.5. Investigação, Inquérito Civil e Ação Civil Pública;
193

22.6. A atuação dos sindicatos; 23. Infortunística. Noções Gerais: 23.1. Acidentes do Trabalho; 23.2.
Doenças do Trabalho e Doenças Proissionais. Parte V: Departamento de Filosofia e Teoria Geral do
Direito (6 aulas): 24. Direitos Humanos e Tutela do Patrimônio Genético Humano (6 aulas); 25. De-
safios da Bio-Tecnologia e sua Interferência na Espécie Humana: Transferências, Clonagens e Hí-
bridos.

Direito Econômico Internacional - DEF 565 - 9º semestre


1. Conceito e abrangência do Direito Econômico Internacional; 2. Fontes do Direito Econômico In-
ternacional; 3. Uma nova lex mercatoria; 4. Direito Econômico interno e internacional; 5. A ordem
econômica internacional; 6. Os sujeitos do Direito Econômico Internacional; 7. Direitos e deveres
econômicos dos Estados no cenário internacional; 8. Direito Econômico da Integração e os tratados
de integração econômica regional; 9. Contratos privados e Direito Econômico Internacional; 10. In-
vestimentos internacionais; 11. Proteção internacional aos investimentos internacionais; 12. O siste-
ma monetário internacional; 13. O sistema do GATT e da OMC; 14. Sistemas tributários nacionais e
Direito Econômico Internacional. A guerra econômica internacional.

Direito Ambiental – DEF 566 – 8o semestre (Instituto de Química)


1. Meio ambiente e atividade econômica; 1.1. O conceito de meio ambiente; 1.2. A produção de ex-
ternalidades e as formas de correção; 2. O meio ambiente na Constituição Brasileira; 2.1. O capítulo
do meio ambiente na Constituição; 2.2. As competências legislativas e executivas; 3. A Política Na-
cional do Meio Ambiente; 3.1. Os princípios e as finalidades da lei 6.938/81; 3.2. O estudo de im-
pacto ambiental; 3.3. O SISNAMA; 4.1. Normas de controle da poluição; 4.2. Poluição atmosférica;
4.2. Política Nacional de Recursos Hídricos; 4.3. Política Nacional de Resíduos Sólidos

Direito Econômico Aplicado - DEF 531 - 10º semestre

1. Uma recapitulação dos conceitos e princípios do Direito Econômico, como ramo e como método; 2.
Da Política Econômica ao Direito Econômico: o inevitável conflito de objetivos na formulação da po-
lítica econômica e o papel do Direito Econômico. Uma análise da teoria dos grupos de pressão; a es-
cola da "public choice"; 3. Direito Econômico Internacional: capitais estrangeiros de investimento; 4.
Direito Econômico Internacional: capitais de empréstimo; 5. Direito Econômico Internacional: aplica-
ções no mercado financeiro e de capitais por não residentes; 6. Direito Econômico Internacional:
Transferência de Tecnologia; 07. Tutela da Concorrência e Abuso do Poder Econômico; 8. Tutela do
Meio Ambiente; 9. Técnicas da Promoção do Desenvolvimento Econômico; 10. Uma visão geral e
Conclusões.

Direito Financeiro Aplicado - DEF 551 - 10º semestre


1. Política financeira: seus instrumentos e objetivos. Técnica financeira, creditícia, fiscal, seletividade
e eficácia dos instrumentos; política de desenvolvimento, antinflacionária de distribuição de renda,
de estímulo e investimentos, etc; 2. Técnica de repartição dos custos públicos: produtividade das vá-
rias espécies de receitas; opções e efeitos econômico-financeiros; restrições jurídicas; 3. Técnica do
Orçamento-Programa: forma, confecção, finalidade e execução do orçamento-programa; 4. Técnica
de crédito público: alternativas para utilização; efeitos econômico-financeiros e disciplinação jurídi-
ca.

III - CARGA HORÁRIA SEMANAL E NÚMERO DE CRÉDITOS:


DEF 261, DEF 415 e DEF 572 - 2 aulas e 2 créditos.
DEF 311, DEF 413, DEF 414, DEF 442, DEF 531, DEF 543, DEF 544, DEF 551, DEF 563, DEF
564, DEF 565 e DEF 571 - 3 aulas e 3 créditos.
EAE 640 e EAE 643 - 4 aulas e 4 créditos.
194

IV - BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

ECONOMIA I
ALBINO DE SOUZA, M. P. Primeiras linhas de direito econômico. Belo Horizonte, 1991.
BARBANCHO, A. G. Fundamentos e possibilidades da econometria. Rio de Janeiro, 1970, Cap.
I.
BELLUZZO, L.G.M. Valor e capitalismo – Ensaio sobre economia política. São Paulo, 1987.
BOBBIO, N. Ne com Marx, ne contro Marx. Roma, 1997.
BOULDING, J.K. Economic policy, principles and design. Englewood, 1958.
BRUNA, S. V. O poder econômico. São Paulo, 1997.
CAMPOS, M. V. Código de Defesa do Consumidor: uma avaliação da perspectiva empresarial.
São Paulo, 1991.
CLARK, J. M. Instituições econômicas e bem-estar social . Trad. Rio de Janeiro, 1967.
COMPARATO, F. “O indispensável direito econômico”, RT 353. São Paulo, 1965.
DALTON, N. G. Sistemas econômicos e sociedade. Capitalismo, comunismo e terceiro mundo.
Trad. Lisboa, 1977.
DEANE, P. A evolução das idéias econômicas. Trad. Rio de Janeiro, 1980, Caps. 2, 8 e 9.
DEMBINSKI, P. H. Les économies planifiées. Paris, 1988.
FARIA, J. F. Direito econômico na democratização brasileira. São Paulo, 1993.
FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. “A idéia de Constituição no mundo moderno”. In Estu-
dos em homenagem ao professor Silvio Rodrigues. São Paulo, 1989.
FORGIONI, P. A. Fundamentos do “antitruste”. São Paulo, 1996.
FOURNERET, P. L’administration économique. Paris, 1980.
GALBRAITH, J. K. A era do incerteza. Trad. São Paulo, 1980.
GAROFALO, G.L. Considerações sobre a macroeconomia. Equipe de Professores da USP. Parte
I, Cap. I.
GONÇALVES FILHO, M. F. Direito constitucional econômico. São Paulo, 1990.
GRAU, Eros Roberto. Contribuição para a interpretação e a crítica da ordem econômica na
Constituição de 1988. São Paulo, 1990.
____. Elementos do direito econômico. São Paulo, 1981.
GRAWITZ, M. Méthodes des sciences sociales. Paris, 1976.
GROSSMAN, G. Economic systems. Englewood Clifs, 1974.
GUITTON, H. Economia política. Rio de Janeiro, 1975. Primeira Parte. v.1, Cap. I.
____. Economia política. Trad. Rio de Janeiro, 1975. V.2, Quinta parte.
HALM, G. N. Sistemas econômicos – Análise comparativa. Trad. Lisboa, 1966.
HEILBRONER, R. L. A formação da sociedade econômica. Trad. Rio de Janeiro, 1984, Caps. 1 a
3.
KERLINGER, F. N. Metodologia da pesquisa em ciências sociais. Trad. São Paulo, 1990.
195

LAJUGIE, J. Os sistemas econômicos. Eglewood Cliffs, 1974.


____. Os sistemas econômicos. Trad. São Paulo, 1985.
LANCASTER, H. A economia moderna: teoria e aplicação. Rio de Janeiro, 1977.
LANDAUER, C. Sistemas econômicos contemporâneos. Trad. Rio de Janeiro, 1996. 2 v.
LEEMAN, W. A. Capitalism, market socialism and central planning. Boston, 1963.
LIPSEY, R. G. An introduction to positive economics. London, 1979.
LOPES, M. A. R. Ética e administração pública. São Paulo, 1993.
MARCHAT. R. L’economique mixte. Paris, 1975.
MEADOWS, L. et al. The limits to growth. New York, 1972.
MONTORO FILHO, A .F. “Introdução monetária” In Manual de economia. Equipe de Professo-
res da USP. São Paulo, 1996.
MUNDELL, R. A. O homem e a economia. Trad. Rio de Janeiro, 1973, Cap.6.
MUNNALY JR., J. C. Introduction to psychological measurement. New York, 1980.
NUSDEO, F. “Ambiente”. In Enciclopédia Saraiva de Direito. São Paulo, 1977.
____. Da política econômica ao direito econômico. São Paulo, 1977, Caps. 3 a 6.
____. Fundamentos para uma codificação do direito econômico . São Paulo, 1995.
____. “Custo Social”. In Enciclopédia Saraiva de Direito. São Paulo, 1979.
____. “Economia”. In Enciclopédia Saraiva de Direito. São Paulo, 1979.
ORNAGHI. Stato e corporazione. Milano, 1984.
OSER e BLANCHFIELD. História do pensamento econômico. Trad. São Paulo, 1983, Caps. V e
X.
PINHO, C.M. “Ciência econômica”. In Manual de economia. Equipe de Professores da USP. São
Paulo, 1996. Parte introdutória, Cap. 3.
POPPER, K. A lógica da pesquisa científica. Trad. São Paulo, 1979.
QUERMONNE. Les politiques institutionnelles. Paris, 1985.
RIPERT, G. Aspectos jurídicos del capitalismo moderno. Trad. Buenos Aires, 1990.
RIZZUERI, J. A. B. “Introdução à economia”. In Manual de economia. Equipe de Professores da
USP. São Paulo, 1996, Cap. I, Parte Introdutória.
SAMPAIO FERRAZ JR., T. Constituição de 1988. Legitimidade, vigência, eficácia e supremacia.
São Paulo, 1989.
____. Introdução ao estudo do Direito - Técnica - Decisão - Dominação. São Paulo, 1988.
SAMWELSON, P. Introdução à analise econômica. São Paulo, 1979.
SCHUMPETER, J. A. - Fundamentos do pensamento econômico. Trad. Rio de Janeiro, 1968,
Caps. 1 e 3.
SINGER, P. Curso de introdução à economia política. São Paulo, 1979. Primeira e Terceira Aula.
STIGUM, B. P. e STIGUM, M.L. Economia. São Paulo, 1973.
THUROW, L. C. O futuro do capitalismo. Trad. São Paulo, 1997.
196

TINBERGEN, J. Teoria da política econômica. Trad. Rio de Janeiro, 1972.


VIDIGAL, G. C. O objeto do direito econômico. São Paulo, 1976.

ECONOMIA II
ARIDA, P. et al. Inflação zero. São Paulo, 1986.
ARNDT, H. W. Economic development: the history of na idea. Chicago, 1987.
BACHA, E. Política e distribuição de renda. São Paulo, 1983.
BATISTA, P. N. et al. O combate à inflação no Brasil. São Paulo, 1986.
BUITONI. O direito na balança da estabilização econômica - Do cruzado ao real. São Paulo,
1977.
CARDOSO, E. A. Economia brasileira ao alcance de todos. São Paulo, 1996.
CASELLA, Paulo Borba. et al. Mercosul: exigências e perspectivas de integração e consolidação
de espaço econômico integrado. São Paulo, 1996.
DE CHIARA, J. T. Moeda e ordem jurídica. São Paulo, 1987.
DELFIM NETO, A. Planejamento para o desenvolvimento econômico. São Paulo, 1966.
DERANI, C. Direito econômico e direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. São Pau-
lo, 1996.
FERGUSON, C. F. Microeconomia. Trad. Rio de Janeiro, 1976.
FISHLOW, A. e CARDOSO, E. Macroeconomia da dívida externa. São Paulo, 1992.
GAROFALO, G. L. e CARVALHO L. C. P. Análise microeconômica. São Paulo: Atlas, 1982. 1º
vol.
GILL, R. T. Introdução à macroeconomia. Trad. São Paulo, 1974, Caps. 1, 2 e 3.
____. Introdução à microeconomia. Trad. Parte III.
____. Introdução à macroeconomia. São Paulo, 1974, Parte II, Caps. 4 a 6.
GUDIN, E. Princípios de economia monetária. Rio de Janeiro, 1980, 1º v.
HARROD, R. F. Economia Internacional. Trad. Rio de Janeiro, 1964.
HEILBRONER, R. L. Introdução à macroeconomia. Rio de Janeiro, 1970.
KINDLEBERGER, C. P. Economia internacional. Trad. São Paulo, 1977.
LANZANA, A. E. T. Desafios do plano real. In Revista da Indústria. Ano 3, n. 9. São Paulo,
jul./set. 1994.
____. O setor externo da economia brasileira. In Manual de economia. Equipe de Professores da
USP. São Paulo, 1996.
LEFTWICH, R. H. O sistema de preços e alocação de recursos. São Paulo, 1973, Parte III.
LEME MACHADO, P.A. Direito ambiental brasileiro. São Paulo, 1979.
MASSA, P. Considerações sobre direito ambiental e mercado. São Paulo, 1995.
MILONE, P. C. Crescimento e desenvolvimento econômico. In Manual de economia. Equipe de
Professores da USP. São Paulo, 1996.
197

MONTORO FILHO, A. F. Introdução à teoria monetária. In Manual de economia. Equipe de


Professores da USP, Parte II, Cap. 4 e seu Apêndice: “Sistema Financeiro Nacional” de Ma-
nuel Enriques Garcia.
____. Teoria elementar de funcionamento do mercado. In Manual de economia. Equipe de Profes-
sores da USP. São Paulo, 1996, Parte I, Cap. 2.
MUNIZ, M. A. et al. Direito e processo inflacionário, Belo Horizonte, 1994.
NUSDEO, F. Desenvolvimento e ecologia. São Paulo, 1977.
PANEBIANCO, M. Introduzione al diritto del mercato comune europeo. Salerno, 1980.
PEREIRA DE CARVALHO, L. C. Teoria da firma: a produção e a firma. In Manual de econo-
mia. Equipe de Professores da USP. São Paulo, 1996, Parte I, Cap. B.
SADDI, J. S. Autonomia do Banco Central. São Paulo, 1997.
SAVASINI et al. Economia internacional. São Paulo, 1979.
SHAPIRO, E. Macroeconomic analysis. New York, 1977.
SILVA, J. F. Direito ambiental constitucional. São Paulo, 1994.
SIMONSEN, M. H. Macroeconomia. Rio de Janeiro, 1974, Caps. 1 e 3.
____. Sistema federal de reserva. Objetivos e funções. Rio de Janeiro, 1964.
____. Teoria macroeconômica. Rio de Janeiro, 1968, Caps. 1 e 3.
____. Teoria macroeconômica. Rio de Janeiro, 1970, Caps. 7 e 10.
____. e CYRNE, R. P. Contas nacionais. Rio de Janeiro, 1989.
SPINOLA, M. R. P. O equilíbrio das estruturas básicas do mercado. In Manual de economia.
Equipe de Professores da USP. São Paulo, 1996, Parte I, Cap. 4.
____. Economia. Trad. São Paulo, 1973. V. I, Caps. 1 e 5.
____. Economia. São Paulo, 1973, v. II, 6ª Parte.
____. Economia. Trad. São Paulo, 1973, v. I, Parte 2.
____. Economia. Trad. São Paulo, 1973, v. I, Partes 3 e 4.
THORSTENSEN, V. Tudo sobre Comunidade Européia. São Paulo, 1992.
VIANNA, C. R. A dinâmica do desenvolvimento econômico. São Paulo, 1994.
WOLOZIN, H et al. The economics of air pollution. New York, 1979.

DIREITO ECONÔMICO
BARCELONA, Pietro. Diritto privato e processo economico. 2ª ed. Jovene, Nápoles, 1977.
CABRAL DE MONCADA, Luís. Direito económico, Coimbra, Coimbra Editora, 1986.
CARRIÓ, Genaro. Notas sobre Derecho y lenguaje. 3ª ed. Buenos Aires, Abeledo-Perrot, 1986.
CARVALHOSA, Modesto. Considerações sobre o Direito Econômico. Tese: São Paulo, 1971.
COCO, Giovanni. Crisi ed evoluzione nel diritto di proprietá. Milão, Giuffrè, 1965.
COLSON, Jean-Philippe. Droit public économique, 2e édition, Paris, L.G.D.J., 1997
198

COMPARATO, Fábio Konder. Função social da propriedade dos bens de produção, RDM ---
Revista de Direito Mercantil 63. São Paulo, Ed. RT.
____. Um quadro institucional para o desenvolvimento democrático, em JAGUARIBE, Hélio et
alii. Brasil, sociedade democrática. Rio de Janeiro, José Olympio, 1985.
De CARLI, Paolo. Lezioni ed argomenti di diritto pubblico dell’economia, Padova, CEDAM,
1995.
DERANI, Cristiane. Direito ambiental econômico, São Paulo, Max Limonad, 1997.
DEVOLVÉ, Pierre. Droit public de l’économie, Paris, Dalloz, 1998.
DI PLINIO, Giampiero. Diritto pubblico dell’economia, Milano, Giuffrè, 1998.
DWORKIN, Ronald. Taking rights seriously. 5ª impressão, Londres, Duckworth, 1987.
FARJAT, Gérard. Droit Économique, Paris, PUF, 1982.
FORGIONI, Paula A. Os fundamentos do antitustre, São Paulo, Revista dos Tribunais, 1998.
GADAMER, HANS-GEORG. Verdad y metodo, cuarta edición, trad. de Ana Agud Aparicio y
Rafael de Agapito, Salamanca, Ediciones Sigueme, 1991.
GIUSTI, Mauro. Diritto pubblico dell’economia, seconda edizione, CEDAM, 1997.
GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na Constituição de 1988, 4ª edição, São Paulo, Ma-
lheiros Editores, 1998.
____. La doble desestructuración y la interpretación del derecho, Barcelona, Editorial M.J. Bosch,
1998.
____. O direito posto e o direito pressuposto, 2ª edição, São Paulo, Malheiros Editores, 1998.
JACQUEMIN, Alex e SCHRANS, Guy. Le Droit Economique, 2ª ed. Paris, PUF, 1974.
KELSEN, H. Teoria Pura do Direito. Trad. de João Baptista Machado. 5ª ed. Coimbra, Armênio
Amado, 1979.
MARX, Karl. Contribuição para a crítica de economia política. Trad. de Maria Helena Barreiro
Alves. São Paulo, Edições Mandacaru, 1989.
MESCHERIAKOFF, Alain-Serge. Droit public économique, 2e édition, Paris, PUF, 1996.
MOREIRA, Vital. A ordem jurídica do capitalismo. Coimbra, Centelha, 1973.
NUSDEO, Fábio. Da política econômica ao direito econômico, tese, São Paulo, 1977.
PATRÍCIO, José Simões. Curso de direito econômico, 2ª edição, Lisboa, AAFDL, 1981.
QUADRI, Giovanni. Diritto Pubblico dellÉconomia. Nápoles, SEM, 1977.
REICH, Nobert. Mercado y derecho, Trad. de Antoni Font, Barcelona, Ariel, 1985.
RENNER, Karl. Gli istituti del Diritto Privato a la loro funzione giuridica. Trad. de Cornélia Mit-
tendorfer. Bologna, Il Mulino, 1981.
SANTOS, António Carlos; GONÇALVES, Maria Eduarda; LEITÃO MARQUES, Maria Manuel.
Direito econômico, 2ª edição, Coimbra, Almedina, 1995.
SOUZA, Washington Peluso Albino de. Direito econômico, São Paulo, Saraiva, 1980.
VENANCIO FILHO, Alberto. A intervenção do Estado no domínio econômico, Rio de Janeiro,
Renovar, 1998.
199

VIDIGAL, Geraldo de Camargo. Teoria geral do direito econômico, São Paulo, Revista dos Tri-
bunais, 1987.

DIREITO ECONÔMICO I
ANDERSON, PERRY. Balanço do neoliberalismo, in Pós-neoliberalismo”, org. de Emir Sader e
Pablo Gentil, 1ª reimpressão, São Paulo, Paz e Terra, 1995
BARCELONA, Pietro. Diritto privato e processo economico. 2ª ed. Jovene, Nápoles, 1977.
BOBBIO, Noberto. Dalla strutura alla funzione. Milão, Edizione di Comunitá, 1977.
CABRAL DE MONCADA, Luís. Direito econômico, Coimbra, Coimbra Editora, 1986.
CARRIÓ, Genaro. Notas sobre Derecho y lenguaje, 3ª ed. Buenos Aires, Abeledo-Perrot, 1986.
CARVALHOSA, Modesto. Considerações sobre o Direito Econômico. Tese: São Paulo, 1971.
COLSON, Jean-Philippe. Droit public économique, 2e édition, Paris, L.G.D.J., 1997
COMPARATO, Fábio Konder. Ensaios e pareceres de Direito Empresarial. Rio de Janeiro, Fo-
rense, 1978.
____. Um quadro institucional para o desenvolvimento democrático, em JAGUARIBE, Hélio et
alii. Brasil, sociedade democrática. Rio de Janeiro, José Olympio, 1985.
DAHRENDORF, Ralf. Quadrare il cerchio, 4ª ed., trad. de Rodolfo Rini, Editorial Laterza, 1995.
De CARLI, Paolo. Lezioni ed argomenti di diritto pubblico dell’economia, Padova, CEDAM,
1995.
De CHIARA, José Tadeu. Moeda e Ordem Jurídica. Tese: Doutorado – Faculdade de Direito
USP, São Paulo, 1986
DEVOLVÉ, Pierre. Droit public de l’économie, Paris, Dalloz, 1998.
DI PLINIO, Giampiero. Diritto pubblico dell’economia, Milano, Giuffrè, 1998.
DWORKIN, Ronald. Taking rights seriously. 5ª impressão. Londres, Duckworth, 1987.
FARJAT, Gérard. Droit Économique, Paris, PUF, 1982.
GADAMER, HANS-GEORG. Verdad y metodo, cuarta edición, trad. de Ana Agud Aparicio y
Rafael de Agapito, Salamanca, Ediciones Sigueme, 1991.
GIUSTI, Mauro. Diritto pubblico dell’economia, seconda edizione, CEDAM, 1997.
GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na Constituição de 1988, 4ª edição, São Paulo, Ma-
lheiros Editores, 1998.
____. La doble desestructuración y la interpretación del derecho, Barcelona, Editorial M.J. Bosch,
1998.
____. O direito posto e o direito pressuposto, 2ª edição, São Paulo, Malheiros Editores, 1998.
JACQUEMIN, Alex e SCHRANS, Guy. Le Droit Economique. 2ª ed. Paris, PUF, 1974.
KELSEN, H. Teoria Pura do Direito. Trad. de João Baptista Machado. 5ª ed. Coimbra, Armênio
Amado, 1979.
MARX, Karl. Contribuição para a crítica de economia política. Trad. de Maria Helena Barreiro
Alves. São Paulo, Edições Mandacaru, 1989.
200

MELLO, João Manuel Cardoso de. O Capitalismo tardio, 7ª ed. São Paulo, Brasiliense , 1988.
MESCHERIAKOFF, Alain-Serge. Droit public économique, 2e édition, Paris, PUF, 1996.
MOREIRA, Vital. A ordem jurídica do capitalismo, Coimbra, Centelha, 1973.
NUSDEO, Fábio. Da política econômica ao direito econômico, tese, São Paulo, 1977.
____. Curso de economia: introdução ao direito econômico, São Paulo, Revista dos Tribunais,
1997.
OLIVEIRA, Francisco. Neoliberalismo à brasileira, in “Pós-neoliberalismo”, org. de Emir Sader
e Pablo Gentili, 1ª reimpre
PATRÍCIO, José Simões. Curso de direito econômico, 2ª edição, Lisboa, AAFDL, 1981.
QUADRI, Giovanni.. Diritto Pubblico dellÉconomia. Nápoles, SEN, 1977.
REICH, Nobert. Mercado y derecho, Trad. de Antoni Font, Barcelona, Ariel, 1985.
SANTOS, Antônio Carlos; GONÇALVES, Maria Eduarda; LEITÃO MARQUES, Maria Manuel.
Direito econômico, 2ª edição, Coimbra, Almedina, 1995.
SOUZA, Washington Peluso Albino de. Direito econômico, São Paulo, Saraiva, 1980.
SOUZA, Washington Peluso Albino de. A experiência brasileira de Constituição Econômica. Re-
vista de informação legislativa, n. 102. Brasília, Senado Dederal, abr.-jun. de 1989.
VENANCIO FILHO, Alberto. A intervenção do Estado no domínio econômico, Rio de Janeiro,
Renovar, 1998.
VIDIGAL, Geraldo de Camargo. Teoria geral do direito econômico, São Paulo, Revista dos Tri-
bunais, 1987.

DIREITO FINANCEIRO
ATALIBA, Geraldo. Apontamentos de ciência das finanças, direito financeiro e tributário, São
Paulo, Ed. Revista dos Tribunais, 1969.
BALEEIRO, A. Uma Introdução à ciência das finanças, 13ª. ed., rev. e atualização por Flávio
Baner Novelli, Rio de Janeiro, Forense, 1981.
BARRÉRE, A. Economia financeira, Trad. Narciso Amorós Ricc. Madrid, Ed. de Derecho Fi-
nanciero, 1969.
BARRETO, Alberto Deodato Maia. Manual de ciência das finanças, 20ª. ed. São Paulo, Saraiva,
1984.
BARROS FILHO, Theotonio Monteiro de. Ciência das finanças, 2º ano, apostilas, São Paulo,
Centro Acadêmico XI de Agosto, 1965.
BRANDÃO, Alonso Caldas. Contabilidade pública, Rio de Janeiro, Coelho Branco, 1952.
BRASIL. Constituição, 1988. Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em
5.10.88, São Paulo, Centro de Estudos da PGE, 1988.
DALTON, H. Princípios de finanças públicas, 2ª. ed., Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas,
1970.
DÓRIA, Antônio Roberto Sampaio. Discriminação de competência impositiva.
____. Discriminação de rendas tributárias, São Paulo, J. Bushatsky, 1972.
201

FONROUGE, G. Derecho financeiro, 2ª. ed., Buenos Aires, Depalma, 1970, 2v.
NOGUEIRA, Rui Barbosa. Direito financeiro: curso de direito tributário, 3ª. ed., São Paulo, Bu-
shatsky, 1971.
SOUZA, Hamilton Dias de. Normas gerais de direito tributário.
SOUZA, R. Gomes de. Compêndio de legislação tributária, São Paulo, Instituto de Estudos Tri-
butários, Ed. Resenha Tributária, 1975.
TROTABAS, Louis. Finances publiques, 3ª. ed., Paris, Dalloz, 1969.
VIDIGAL, Geraldo Camargo. Fundamentos do direito financeiro, São Paulo, Ed. Revista dos
Tribunais, 1973.

DIREITO TRIBUTÁRIO I e II
ALESSI, Renato. Istituzioni di diritto tributário, Torino, UTET, s.d., 330p.
ARAÚJO, Luiz Antônio Mattos Pimenta. Imposto estadual adicional ao imposto de renda, Re-
vista do Advogado, São Paulo, (3l) 49-54, Maio 1990.
ARAÚJO, Petrônio Batista de. O imposto sobre a transmissão da propriedade: trabalho realizado
para o Instituto de Direito Público e Ciência Política, Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Var-
gas, 1954, 379p.
BALEEIRO, Aliomar de Andrade. Direito tributário brasileiro, 10. ed., rev. e atual., 6. tir. por
Flávio Bauer Novelli. Rio de Janeiro, Forense, 1990, 667p.
BECKER, Alfredo Augusto. Teoria geral do direito tributário, 2ª. ed., São Paulo, Saraiva, 1972,
62 lp.
BLUMENSTEIN, Ernst. Diritto delle Imposte, Milão, Giuffré-Editore, 1954.
CORRÊA, Walter Barbosa. Contribuição ao Estudo da Extrafiscalidade, São Paulo, Bentivegna
Ed., 1964.
COSTA, Alcides Jorge. ICM: estrutura na Constituição e na lei complementar, São Paulo, A.J.
Costa, 1977, 184p.
BARRETO, Aires Fernandino, coord. Curso de direito tributário, São Paulo, Saraiva, Centro de
Estudos de Extensão Universitária, 1982, 678p.
DÓRIA, Antônio Roberto Sampaio. Discriminação de competência impositiva: sua evolução na
federação brasileira, São Paulo, Símbolo, 1972, 232p.
____ Elisão e evasão fiscal, 2ª. ed., São Paulo, Bushatsky, Instituto Brasileiro de Estudos Tributá-
rios, 1977, 147p.
____ Da lei tributária no tempo, São Paulo, Obelisco, 1966, 348p.
FALCÃO, Amilcar de Araújo. Introdução ao Direito Tributário, Rio de Janeiro, Ed. Financeira
S.A., 1959.
FANUCCHI, Fabio. Curso de direito tributário, 2ª ed., São Paulo, Ed. Resenha Tributária, 1974.
GARCIA BELSUNCE, Horacio A. El concepto de rédito en la doctrina y en el derecho tributa-
rio, Buenos Aires, Depalma, 1967, 3l2 p.
GIANNINI, Achille Donato. Instituzioni di diritto tributario, 9ª ed., Milão,. Giuffré, 1968, 583p.
HENSEL, Albert. Diritto tributario, Trad. Dino Jarach. Introd. Herbert Dorn. Pref. Benvenuto
202

Griziotti. Milano, Giuffré, 1956, 47 lp.


JARACH, Dino. Curso superior de derecho tributario, Buenos Aires, Liceo Profesional Cima,
1969, 2v.
KRUSE, Heinrich Wilhelm. Derecho tributário: parte general, trad. Yebra Martul Ortega y Mi-
guel Izquierdo Macías Picavea, 3ª ed., complemente reelab., Madrid, Ed. Derecho Financeiro,
Ed Derecho Reunidas, 1978, 65lp.
MORAIS, Bernardo Ribeiro de. Compêndio de direito tributário, 1ª. ed., 1 tir., Rio de Janeiro,
Forense, 1987, 937p.
NOGUEIRA, Rui Barbosa. Curso de direito tributário, 9ª ed., atual São Paulo, Saraiva, 1989,
353p.
____ Direito Tributário: estudos de casos e problemas, São Paulo, Bushatsky, 1973, 450p.
____ IPI, ICMS e ISS: fatos geradores afins ou confrontantes; ICMS ativo imobilizado... ás cha-
madas isenções impróprias ou didáticas, São Paulo, Ed. Resenha Tributária, 199l.
OLIVEIRA, Yonne Dolácio de. A tipicidade no direito tributário brasileiro, São Paulo, Y.D. de
Oliveira, 1978, 254p.
ROTHMANN, Gerd W. Interpretação e aplicação dos acordos internacionais contra a bitribu-
tação, São Paulo, G.W. Rothmann, s.d., 194p.
____ O princípio da legalidade tributária, In: NOGUEIRA, Rui Barbosa. Direito tributário, São
Paulo, Bushatsky, 1973, 450p. p. 137-180.
____ O processo tributário, Revista de Direito Público, Ano II Julho-Setembro de 1968 vol. 5 - p.
84-85.
SILVA, José Afonso da. Curso de direito constitucional positivo, 6ª ed., 2. tir. de acordo com a
nova Constituição, São Paulo, Ed. Rev. dos Tribunais, 1989, 752p.
SOUSA, Rubens Gomes de. Compêndio de legislação tributária, Edição póstuma, São Paulo,
Instituto Brasileiro de Estudos Tributários, Ed. Resenha Tributária, 1975, 2l6p.
____. Temas de derecho tributário, Buenos Aires, Facultad de Ciências Econômicas, 1968,
1709p.
TILBERY, Henry. Imposto de Renda Pessoa Física - 199l; Comentário à lei n. 8.134/90. Ajustado
ao Plano Collor II, atualizado até 06/03/199l, São Paulo, Ed. Resenha Tributária, 199l.

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA
AMARO, Luciano. Direito Tributário Brasileiro, São Paulo, Editora Saraiva.
BALEEIRO, Aliomar. Uma introdução à ciência das finanças, Rio de Janeiro, Ed. Forense.
BASTOS, Celso Ribeiro. Curso de Direito Financeiro e Direito Tributário, São Paulo, Editora
Saraiva.
CARRAZZA, Roque A. Curso de Direito Constitucional Tributário, São Paulo, Malheiros.
CARVALHO, Paulo de Barros. Curso de Direito Tributário, São Paulo, Editora Saraiva.
CASSONE, Vittorio. Direito Tributário, São Paulo, Atlas.
COSTA, Ramón Valdés. Curso de Derecho Tributario, Santa Fe de Bogotá, Temis, 1996.
DEODATO, Alberto. Manual de Ciências das Finanças, São Paulo, Saraiva, 1957.
203

FONROUGE, C. M. G. Derecho Financiero, Buenos Aires, Depalma, 1993.


HARADA, Kiyoshi. Direito Financeiro e Tributário, São Paulo, Atlas.
JARACH, Dino. Finanzas Públicas y Derecho Tributario, Buenos Aires, Cantagalo, 1993.
JARDIM, Eduardo M. F. Manual de Direito Financeiro e Tributário, São Paulo, Editora Saraiva.
MACHADO, Hugo B. Curso de Direito Tributário, São Paulo, Malheiros.
MICHELI, Gian A. Corso di Diritto Tributario, Torino, UTET, 1993.
MORAES, Bernardo R. Compêndio de Direito Tributário, Rio de Janeiro, Editora Forense.
NOGUEIRA, Ruy Barbosa. Curso de Direito Tributário, São Paulo, Editora Saraiva.
SOUZA, Rubens Gomes de. Compêndio de Legislação Tributária, São Paulo, Resenha Tributária,
1975.
VILLEGAS, Hector B. Curso de finanzas, derecho financeiro, e tributario, Buenos Aires, De-
palma, 1993.

DIREITO TRIBUTÁRIO APLICADO I E II


NOGUEIRA, Rui Barbosa. Curso de direito tributário, de acordo com a Constituição federal de
1988, 9ª. ed. atual, São Paulo, Saraiva, 1989.
____. Direito tributário: casos e problemas da 1º a 5º coletânea, São Paulo, Bushatsky, 1973.
____. Direito tributário comparado, São Paulo, Saraiva, 1971, 2v.
____. Teoria do lançamento tributário, tese para o concurso a cátedra de direito financeiro da Fa-
culdade de Direito da Universidade de São Paulo, São Paulo, Ed. Revista dos Tribunais, 1965.

DIREITO ECONÔMICO APLICADO


BARCELONA, Pietro. Diritto privato e processo econômico, Napoli, Forense, 1977.
CARRIÓ, Genaro. Notas sobre Derecho y lenguage, 3ª edição, Buenos Aires, Abeledo-Perrot,
1986.
CARVALHOSA, Modesto. Considerações sobre Direito Econômico, São Paulo, tese, 1971.
COLSON, Jean-Philippe. Droit Public Économique, Paris, LGDJ, 1995.
COMPARATO, Fábio Konder. Um quadro institucional para o desenvolvimento democrático, em
JAGUARIBE, Hélio et alii. Brasil, sociedade democrática, Rio de Janeiro, José Olympio,
1985.
____. Ensaios e pareceres de Direito Empresarial, Rio de Janeiro, Editora Forense, 1978.
DE CHIARA, José Tadeu. Moeda e ordem jurídica, São Paulo, tese de doutoramento, edição do
autor, 1986.
FARJAT, Gerard. Droit Économique, 2ª edição, Paris, PUF-Presses Universitaires de France,
1982.
____. Droit Privé de l'Economie, Paris, Presses Universitaires de France, 1975.
GALGANO, Francesco. Storia del Diritto Commerciale, 2ª. edição, Bologna, Il Mulino, 1980.
____. Il Diritto Privato fra Codice e Costituzione, Bologna, Zanuichelli, 1979.
204

GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na Constituição de 1988 (interpretação e crítica), 3ª


edição, Malheiros Editores, São Paulo, 1997.
____. La doppia destrutturazione del diritto, Milano, Edizione Uicopli, 1996.
____. O direito posto e o direito pressuposto, São Paulo, Malheiros Editores, 1996.
JACQUEMIN, Alex e SCHIRANS, Guy. Le Droit Economique, 2ª edição, Paris PUF, 1974.
LAUBADÉRE, A. Droit publique économique, 2ª edição, Paris, Dalloz, 1976.
MOREIRA, Vital. A ordem jurídica do capitalismo, Coimbra, Centelha, 1973.
____. Economia e Constituição, Separata do Boletim de Ciências Econômicas, vol.XVII, Facul-
dade de Direito, Coimbra, 1974.
NUSDEO, Fábio. Da política econômica ao direito econômico, São Paulo, edição do autor, 1977.
____. Desenvolvimento e ecologia, São Paulo, Saraiva, 1975.
____. Fundamentos para uma Codificação do Direito Econômico, Revista dos Tribunais, 1995.
OLIVEIRA, Hulio. Derecho economico, Buenos Aires, Arayu, 1954.
PATRÍCIO, José Simões. Curso de Direito Econômico, 2ª edição, Lisboa, Associação Acadêmica
da Faculdade de Direito de Lisboa, 1981.
REICH, Norbert. Mercado y derecho,. tradução de Antoni Font, Barcelona, Ariel, 1985.
SOUZA, Washington Peluso Albino de. A experiência brasileira de Constituição Econômica, Re-
vista de informação legislativa, n.º 102, Brasília, Senado Federal, abr-jun. de 1989.
____. Direito econômico, São Paulo, Editora Saraiva, 1980.
____. O discurso intervencionista nas constituições brasileiras, Caderno de Direito Econômico,
n.º 1, São Paulo, Resenha Tributária, 1983.
____. Do econômico nas constituições vigentes, Minas Gerais, Ed. Revista Brasileira de Estudos
Jurídicos, 1961.
VENANCIO FILHO, A. A intervenção do estado no domínio econômico, Rio de Janeiro, Funda-
ção Getúlio Vargas, 1968.
VIDIGAL, Geraldo Camargo. Teoria geral do direito econômico, São Paulo, Ed. Revista dos Tri-
bunais, 1977.
VIGORITA, Vicenzo Spagnolo. Attivitá economica privata e potere amministrativo, Nápoli, Mo-
rano, 1962.

DIREITO FINANCEIRO APLICADO


ATALIBA, Geraldo. Empréstimos públicos e seu regime jurídico, São Paulo, Ed. Revista dos Tri-
bunais, 1973.
BALEEIRO, Aliomar de Andrade. Uma introdução à ciência das finanças, 11. ed., Rio de Janei-
ro, Forense, 1976.
BUCHANAN, James de M. La hacienda pública en um processo democrático, Trad. del inglês
por José R. Alvarez Renduelles, Madrid, Aguilar, 1973.
FONROUGE, Carlos M. Giuliani. Derecho financiero, Buenos Aires, Depalma, 1976, 2v.
SILVA, José Afonso da. Orçamento - Programa no Brasil, São Paulo, Ed. Revista dos Tribunais,
205

1973.

DIREITO DO CONSUMIDOR
Association Henri Capitant L'effectivité des decisions de justice, Paris, Economica, 1985.
ABDERRAHMANE, Dahmane Ben. Le droit allemand des conditions générales des contrats
dans les ventes comerciales franco-allemandes, Paris, Librairie Générale, 1985.
ALMEIDA, Carlos Ferreira de. Os direitos do consumidores, Coimbra, Almedina, 1982, 360p.
ALPA, G. e BESSONE, M. Tecnica e controllo dei contratti standard, Milão, Maggiore, 1984.
____. Damno de prodoti e responsabilitá dell'empresa, Milão, Giuffrè, 1980.
ARRUDA, Alvim. Código de Defesa do Consumidor, Revista dos Tribunais, 2ª edição, 1994.
Comentários ao Código de Proteção do Consumidor, Coordenador Juare de Oliveira, Saraiva,
1991.
Código Brasileiro do Consumidor, Comentário pelos autores do Anteprojeto, Forense Universitá-
ria, 3ª edição, 1994.

DIREITO AMBIENTAL I e II
ANTUNES, Paulo de Bessa. Curso de direito ambiental: doutrina, legislação e jurisprudência, 2ª
ed. Atual e aum., Rio de Janeiro, Renovar, 1992, Cap. VII – Responsabilidade abjetiva, p.
129-148-351-777 (81) - a643c. - 2. Ed. - DES.
BENJAMIN, Antonio Herman V., Coord. Dano ambiental: prevenção, reparação e repressão,
São Paulo, Ed. Revista dos Tribunais, 1993. P. 237-49, p. 278-307, p. 444-70, 351.777 - D197
- DES.
BITTAR, Carlos Alberto. Responsabilidade Civil nas Atividades Nucleares, São Paulo, 1982,
242p., Tese (Livre-docente). Faculdade de Direito da USP, 1982, - 51:621.039 (043) - 541r. -
DCV.
CONGRESSO INTENACIONAL DE DIREITO AMBRIANTAL, 5 anos após a Eco-92, Instituto
“O direito por um planeta verde”, 1993, P. 83-87, 351.777 (061.3) - C759 - DIN.
CORDEIRO, Antonio José, et al. Guia prático de Direito Ambriental, Rio de Janeiro, Forense,
1992, 351.777:343.2. - G971. - DPN/BCI.
CUSTÓDIO, Helita Barreira. Responsabilidade civil por danos ao meio ambiente, São Paulo,
1983, Tese (Livre-docência) - 307p. - C51:351.777(043) - C991r - DCV.
DERANI, Cristiane. Direito Ambiental Econômico, São Paulo, Ed. Max Limonad, 2a edição,
2001.
DORST, Jean. Antes que a natureza morra: por uma ecologia política, 4. reimpr., São Paulo, Ed-
gard Blücher, 1990, S9-12-33.
EL KADRI, Adnam. Responsabilidade civil pelo dano ambiental e ação civil pública, São Paulo,
1992, 103p., Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, -
U6-25-17/18 - 347.51:502.57(043) - E39r. - DES/DEF.
FIORILLO, Celso Antônio Pacheco. Direito Ambiental - A Ação Popular e a Defesa do Meio
Ambiente, In: A Terra gasta: a questão do meio ambiente, São Paulo, Educ, 1992, p159-71 -
341:614.7 - T31 - DIN.
206

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco; RODRIGUES, Marcelo Abelha. Manual de Direito Ambien-
tal e Legislação Aplicável, São Paulo, Max Limonad, 1996, P. 222-8; p. 433-45 - 351.777(81)
- F553m - DES.
FREITAS, Wladimir Passos de. Direito administrativo e meio ambiente, 2.ed., Curitiba, jurua,
1998, 204p. - 351.777 - F938d. 2.ed. - DES.
____. Direito Administrativo e o meio ambiente, Curitiba, Jurua, 1993 - 08-16-7.
____. (Org.) Direito Ambiental em Evolução, Curitiba, Jurua, 1998, P. 250-4 - 351.777 - D635 -
DES.
GONÇALVES, Carlos Roberto. Responsabilidade Civil, 6.ed., São Paulo, Asraiva, 1995, P. 73-
88. 347.51 – G625r. 6.ed. – DCV.
MACHADO, Paulo Afonso Leme. Direito Ambiental Brasileiro, 5.ed. ver. Atual. E ampl., São
Paulo, Malheiros, 1995. P.225-54, p.539-61. Título IV - Responsabilidade civil. Reparação do
dano ecológico e meios processuais para a defesa ambiental. Título VIII. Prevenção e respon-
sabilidade pelo dano nuclear Título IV e T;itulo VIII p. 198-222; p. 427-440 - 351.777(81). -
M133d. - 5.ed. - DES.
____. Direito Ambiental Brasileiro, e.ed. ver. E ampl. São Paulo, Ed. Revista dos Tribunais, 1995,
- 351.777(81). - M133d. - 3.ed. - DIN.
____. Estudos de Direito Ambiental, São Paulo, Malheiros, 1994, - 351.777(81), M129e. DES.
MASSA, Patrícia Helena. Algumas observações sobre direito ambiental e mercado, São Paulo,
1995, Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Item 5.2.
O Conflito Ambiental entre o Direito Público e o Direito Privado, P. 60-2 - 351.777(043). -
M399a. - DES.
MIGUEL PERALES, Carlos de. La responsabilidad civil por daños al medio ambiente. 2.ed. Ma-
drid, Civitas, 1997. 389p. - 347.513:502.57 - M577r - 2.ed. - DES.
MILARE, Edir. Estudo prévio de impacto ambiental: teoria, prática e legislação, São Paulo, Ed.
Revista dos Tribunais, 1993. P. 186-7. - 351.777(81). - M586e. - DES.
MORENO TRUJILLO, Eulalia. La proteccion juridico-privada del medio ambiente y la respon-
sabilidad por su deterioro, Barcelona, Bosch, 1991, Cap. V - responsabilidade por daños al
medio ambiente, p.183-97 - 351.777 - M842p. - DES.
OLIVEIRA, Helli Alves de. Da Responsabilidade do Estado por danos Ambientais, Rio de Janei-
ro, Forense, 1990, P. 4751 e p. 84-101 - 351.777(81) - 047d - DES.
PIGRETTI, Eduardo A. Derecho Ambiental, Buenos Aires, Depalma, 1993, p.53-4 - 351.777(82)
- P684d. - DEF.
SAMPAIO, Francisco José Marques. Meio Ambiente no Direito Brasileiro Atual, Curitiba, Jurua,
1993, - 351.777(81) - S183m - DES.
SILVA, José Afonso da. Direito Ambiental Constitucional, 2.ed. ver., São Paulo, Malheiros,
1995, Cap. V - Responsabilidade Civil - p. 214-18 - 351.777 - A2267 - S58d - 2.ed. - DES.
SOARES, Guido Fernando Silva. As Responsabilidades do Direito Internacional do Meio Ambi-
ente, São Paulo, 1995, Tese (titular) - Faculdade de Direito da USP R14-12-4/5 -
341:614.7(043) - S654r - DIN.
SOARES, Orlando. Responsabilidade Civil no Direito Brasileiro, Rio de Janeiro, Ed. Forense,
1996, P. 171-81.347.51(81) - S655r. - DCV.
207

WAINER, Ann Helen. Legislação Ambiental Brasileira: Subsídios para a História do Direito
Ambiental, Rio de Janeiro, Forense, 1991 - 351.777(81) (091) - W149L - DES.

DIREITO ECONÔMICO INTERNACIONAL


ACCIOLY, Hildebrando e NASCIMENTO E SILVA, G. E. do. Manual de Direito Internacional
Público, São Paulo, Ed. Saraiva, 12ª ed. 1996.
ANDRADE JR., Attila de Souza Leão. O capital estrangeiro no sistema jurídico brasileiro, Rio
de Janeiro, Ed. Forense, 1979.
ARON, Raymond. Paz e guerra entre as nações, Brasília-DF, Ed. Univ. de Brasília, 2ª ed., 1986
(trad. Sérgio Barth).
BAPTISTA, Luiz Olavo. Dos contratos internacionais: uma visão teórico-prática, São Paulo, Ed.
Saraiva, 1994.
BASSO, Maristela. Contratos internacionais do comércio, Porto Alegre, Livr. do Advogado, Ed.
1994.
CARREAU, Dominique; FLORY, Thiebault e JUILLARD, Patrick. Droit international économi-
que, Paris, L.G.D.J., 3ª Ed., 1990.
CASELLA, Paulo Borba. Comunidade Européia e seu ordenamento jurídico, São Paulo, LTr Edi-
tora, 1994.
____ . (coord.) Contratos internacionais e direito econômico no Mercosul, São Paulo, LTr Edito-
ra, 1996.
DOLINGER, Jacob. Direito internacional privado: Parte Geral, Rio de Janeiro, Ed. Renovar, 2ª
ed., 1993.
DRAETTA, Ugo. Il diritto contratti dei internazionali – La formazioni dei contratti, Padova, Ed.
Cedam, 1984.
FONTAINE, Marcel.– Le contrat économique international-Stabilité et évolution, Bruxelas/Paris,
Ed. Bruylant / Pedonc, 1975.
GOMES, Orlando e VARELA, Antunes. Direito Econômico, São Paulo, Ed. Asraiva, 1977.
GRAU, Eros Roberto. A ordem econômica na Constituição de 1988: Interpretação e crítica, São
Paulo, Ed. Rev. Dos Trib., 1990.
____. O direito posto e o direito pressuposto, São Paulo, Malheiros Ed., 1996.
HUCK, Hermes Marcelo. Contratos com o estado. Aspectos de direito internacional, São Paulo,
Ed. Aquarela, 1989.
____. Sentença estrangeira e lex mercatoria. Horizontes e fronteiras do comércio internacional,
São Paulo, Ed. Saraiva, 1994.
____. Da guerra justa à guerra econômica. Uma revisão sobre o uso da força em direito interna-
cional, São Paulo, Ed. Saraiva, 1996.
____. Evasão e Elisão. Rotas nacionais e internacionais do planejamento tributário. São Paulo,
Ed. Saraiva, 1997.
NUSDEO, Fábio. Fundamentos para uma codificação do direito econômico, São Paulo, Ed. Rev.
dos Tribunais, 1995.
208

____. Curso de economia: Introdução ao direito econômico, São Paulo, Ed. Rev. dos Tribunais,
1997.
RESEK, José Francisco. Direito internacional público. Curso elementar, São Paulo, Ed. Saraiva,
4ª ed., 1994.
RODAS, João Grandino (coord.). Contratos internacionais, Ed. Rev. dos Tribunais, 2ª ed., 1995.
STRENGER, Irineu. Direito internacional privado, São Paulo, LTr Ed., 3ª ed. 1996.
XAVIER, Alberto. Direito tributário internacional do Brasil, Rio de Janeiro, Ed. Forense, 4ª ed.,
1977.