Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO

PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

PLANO DE ENSINO

ANO SEMESTRE PERÍODO


2013 Segundo 6º

CURSO(s): Engenharias TURNO1: Integral


COMPONENTE CURRICULAR: CÓDIGO:
CIRCUITOS ELETRÔNICOS II ELT2
NATUREZA2: Obrigatória
DEPARTAMENTO: Engenharia Elétrica
Nº DE H/A3 Nº DE H/A TOTAL H/A Nº DE H/A
TEÓRICA: PRÁTICA: SEMESTRAIS/ANUAL: SEMANAIS:
60 15 75 5
DOCENTE RESPONSÁVEL:
Prof. M.Sc. Rodrigo Rimoldi de Lima
DOCENTE(s) COLABORADOR(es):
Prof. M.Sc. Élder Vicente de Paulo Sobrinho

II – PERFIL DO EGRESSO

Os cursos de Engenharia da UFTM visam à formação de um profissional generalista


com sólido conhecimento teórico e prático, capacitado a elaborar, executar e analisar
projetos técnicos e científicos em sua área de formação e acompanhar as evoluções
tecnológicas da Engenharia. Apto a desenvolver pesquisas, utilizando as novas
tecnologias para a área de sua formação. Poderá ainda atuar administrativamente no
desempenho de funções relacionadas à Engenharia. O egresso será munido com um
conhecimento humanístico e da realidade social do país, visando atender as expectativas
da nação. Em suas atividades, considerará a ética, a segurança, a legislação e os
impactos ambientais.

1 Turno: Integral
Noturno

2 Natureza: Obrigatória
Eletiva
Optativa

3 H/A de 50 minutos

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 1


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

III – EMENTA

Transistor Metal Óxido (MOS): modelos estático e dinâmico, polarização, uso em


circuitos amplificadores e digitais. Amplificador diferencial. Amplificador operacional.
Amplificador operacional: realimentação não inversora e inversora. Somador. Booster
de corrente. Integrador e diferenciador ideais e práticos. Amplificador diferencial de
instrumentação. Filtros ativos: passa-baixa, passa-alta e passa-faixa de n-polos.
Comparadores. Schmitt Trigger. Osciladores.

IV – OBJETIVOS

Munir o aluno com uma ampla compreensão sobre os fundamentos teóricos e de projeto
dos empregos de transistores MOS e de amplificadores operacionais dentro dos
universos analógico e digital. A disciplina Circuitos Eletrônicos II propõe um enfoque
bastante aplicado e direcionado a execução de projetos, de modo que o aluno seja capaz
de integrar a base de conhecimento ora adquirida com outras vertentes do curso de
Engenharia Elétrica ou mesmo em execuções multidisciplinares.

V – COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

A disciplina auxiliará principalmente em dois itens determinados para esta profissão


pelo Conselho Nacional de Educação através da Câmara de Ensino Superior
(CNE/CES): Identificar, formular e resolver problemas de engenharia; Desenvolver e/ou
utilizar novas ferramentas e técnicas. As habilidades e competências provenientes do
conhecimento de sinais e sistemas e de alguns aplicativos computacionais terão valor
inestimável para que estes itens, dentre outros da profissão, sejam alcançados com
maior eficiência.

VI – CONTEÚDO

1. UNIDADE I: Transistores Metal-Óxido-Semicondutores (MOS)


a) Estrutura física
b) Modelos estático e dinâmico
c) Polarização
d) Uso em circuitos amplificadores
e) Uso em circuitos lógicos digitais

2. UNIDADE II: Amplificadores Operacionais


a) O Amp Op ideal
b) Características gerais
c) Operação diferencial e em modo comum
d) Teoria da realimentação

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 2


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

3. UNIDADE III: Circuitos lineares com o Amp Op


a) Amplificador de tensão não-inversor
b) Amplificador de tensão inversor
c) Seguidor de tensão unitário
d) Amplificador somador
e) Amplificador diferencial
f) Booster de corrente
g) Filtros ativos

4. UNIDADE IV: Circuitos não-lineares com o Amp Op


a) Comparador
b) Integrador
c) Derivador
d) Histerese e circuitos disparadores de Schmitt (Schmitt Trigger)
e) Circuitos conversores de sinais

5. UNIDADE V: Osciladores
a) Critério de Barkhausen
b) Oscilador de deslocamento de fase RC
c) Oscilador com ponte de Wien
d) Oscilador de Hartley
e) Oscilador de relaxação

VII – ESTRATÉGIAS E RECURSOS

Aulas expositivas com recursos de multimídia, exercícios individuais e em grupo,


exemplos e discussões em tempo real na sala de aula. Ferramentas de simulação
computacional (OrCad, PSIM, e Scilab, por exemplo) também deverão ser empregadas
no levantamento de curvas, no desenvolvimento de circuitos e na produção de layouts
para confecção de placas de circuito impresso.

VIII – INTERDISCIPLINARIDADE
(integração com outras disciplinas do curso)

Os conteúdos teóricos e práticos vislumbrados na ementa de Circuitos Eletrônicos II


interagem com as bases de conhecimento de diversas disciplinas, tais como Circuitos
Elétricos, Medidas Elétricas, Eletrônica Digital, Sistemas de Controle, Eletrônica de
Potência, Microprocessadores, Automação Industrial, etc.

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 3


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

IX – AVALIAÇÃO

Serão realizadas de 5 (cinco) avaliações escritas individuais e sem consulta, com 70%
da nota distribuída entre elas. Os 30% da nota restantes serão distribuídos em trabalhos
ao longo do semestre e/ou em um projeto final a critério do professor. É necessária a
presença em pelo menos 75% das aulas; caso contrário, o aluno será automaticamente
reprovado na disciplina.

X – FORMAS DE RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM

Para recuperação da aprendizagem, a disciplina contará com aulas de exercícios,


consulta ao professor em horários adicionais, além de disponibilizar os laboratórios da
instituição para auxiliar na compreensão das exposições teóricas e práticas. Serão ainda
realizados exercícios exemplo para fixação e revisão de conteúdo, recurso este essencial
para uma ementa com característica eminentemente acumulativa de conhecimento para
sua progressão.

XI – REFERÊNCIAS

11.1 – Básicas
 BOYLESTAD, R. L.; NASHELSKY, L., Dispositivos Eletrônicos e Teoria
de Circuitos. Tradução: Rafael Monteiro Simon. 8. ed. São Paulo: Pearson
Prentice Hall, 2011.
 CIPELLI, A. M. V.; MARKUS, O.; SANDRINI, W. J., Teoria e
Desenvolvimento de Projetos de Circuitos Eletrônicos. 23 ed. São Paulo:
Érica, 2011.
 SEDRA, A. S.; SMITH, K. C., Microeletrônica. Tradução e Revisão
Técnica: Wilhelmus Adrianus Maria van Noije et al.. 5. ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2011.

11.2 – Complementares
 CAPUANO, F. G.; MARINO, M. A. M., Laboratório de Eletricidade e
Eletrônica. 24. ed. São Paulo: Érica, 2011.
 CRUZ, E. C. A.; CHOUERI JÚNIOR, S., Eletrônica Aplicada. 2. ed. São
Paulo: Érica, 2011.
 REZENDE, S. M., Materiais e Dispositivos Eletrônicos. 2. ed. São Paulo:
Livraria da Física, 2004.
 SCHMIDT, W., Materiais Elétricos: Volume 1: Condutores e
Semicondutores. 3. ed. São Paulo: Blucher, 2010.
 TOOLEY, M., Circuitos Eletrônicos: Fundamentos e Aplicações. Rio de
Janeiro: Campus, c2008.

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 4


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

Uberaba, ____ de _______________ de _______.

_________________________________
Assinatura do docente responsável

APROVADA NA REUNIÃO DO COLEGIADO DE CURSO OU CONSELHO DO


DEPARTAMENTO EM: ____/____/______

_________________________________
Assinatura e carimbo da coordenação do curso ou
chefe do departamento

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 5


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

Anexo I ao Plano de Ensino

XII – CRONOGRAMA

AULA T4 P5 A6 ATIVIDADE/ASSUNTO
1 X Apresentação do curso
2 X UNIDADE I: Estrutura física e características
3 X UNIDADE I: Princípios de operação
4 X UNIDADE I: Polarização
5 X PRÁTICA 1: Ferramentas de simulação computacional
6 X UNIDADE I: Modelos estático e dinâmico
7 X UNIDADE I: Uso em circuitos amplificadores
8 X UNIDADE I: Uso em circuitos lógicos digitais
9 X PRÁTICA 2: Aplicações do MOSFET
10 X UNIDADE I: Revisão e exercícios para a avaliação 1
11 X AVALIAÇÃO TEÓRICA 1
12 X UNIDADE II: O Amp Op ideal / Características gerais
13 X UNIDADE II: Características gerais
14 X UNIDADE II: Operação diferencial e em modo comum
15 X UNIDADE II: Teoria da realimentação
16 X PRÁTICA 3: Visão geral do Amp Op
17 X UNIDADE II: Revisão e exercícios para a avaliação 2
18 X AVALIAÇÃO TEÓRICA 2
19 X UNIDADE III: Amplificador de tensão inversor
20 X PROJETO: Orientação dos trabalhos das equipes
21 X UNIDADE III: Amplificador de tensão não inversor
22 UNIDADE III: Seguidor de tensão / amplificador somador
23 X UNIDADE III: Amplificador diferencial / booster de corrente
24 X PRÁTICA 4: Circuitos lineares com o Amp Op
25 X UNIDADE III: Filtros ativos
26 X UNIDADE III: Revisão para a avaliação 3

4 T – Teórica
5 P – Prática
6 A – Avaliação

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 6


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO
PRÓ-REITORIA DE ENSINO
Divisão de Apoio Técnico Pedagógico – DATP
______________________________________________________________________________

27 X AVALIAÇÃO TEÓRICA 3
28 X UNIDADE IV: Comparador / Integrador
29 X UNIDADE IV: Derivador / Schmitt Trigger
30 X PROJETO: Orientação dos trabalhos das equipes
31 X UNIDADE IV: Circuitos conversores de sinais
32 X PRÁTICA 5: Circuitos não lineares com o Amp Op
33 X UNIDADE IV: Revisão para a avaliação 4
34 X AVALIAÇÃO TEÓRICA 4
35 X UNIDADE V: Critério de Barkhausen
36 X UNIDADE V: Oscilador de deslocamento de fase RC
37 X UNIDADE V: Oscilador de Wien
38 X UNIDADE V: Oscilador de relaxação
39 X UNIDADE V: Revisão para a avaliação 5
40 X AVALIAÇÃO TEÓRICA 5
41 X AVALIAÇÃO PRÁTICA – PROJETOS

Plano de Ensino – Cursos de Graduação 7