Você está na página 1de 5

21/08/2020 UNIP - Universidade Paulista : DisciplinaOnline - Sistemas de conteúdo online para Alunos.

Pré-dimensionamento – Pilares em concreto armado

Conceito Geral:

Para estimar as dimensões de um pilar é necessário que se conheça a ordem de grandeza da carga de compressão Np

atuante no mesmo.

A tensão de compressão no pilar é dada pela fórmula: σp = Np / Ap

A área da seção transversal do pilar (Ap) deve ser tal que a tensão de compressão σp, provocada pela carga atuante Np,

não ultrapasse uma tensão de compressão de referência, que deve ser suportada pelo pilar.

Tensão de Referência:

Essa tensão σp , usada como referência, depende do fck do pilar. É comum adotar como tensão de referência o valor de

100 kgf/cm², valor que vem sendo usado há muitas décadas. Porém, como o concreto que vem sendo utilizado hoje em dia

é de resistência superior ao de antigamente, é possível e recomendável a adoção de um valor da tensão de referência igual

σp = fck/2.

Assim, por exemplo, para um concreto classe C30, ou seja, com fck = 30MPa, a tensão de referência a ser usada deve ser

de 150 kgf/cm², uma vez que fck = 30MPa = 300 kgf/cm².

Portanto a área da seção transversal do pilar nesse caso deverá ser:

Ap = Np / 150 , com Np em kgf, e Ap em cm²

(lembrando que 1tf = 1.000 kgf)

Caso o concreto seja da classe C35, com fck = 35MPa, a tensão de referência resulta em 175 kgf/cm², e para outros

concretos vale o mesmo raciocínio.

Critério para estimativa da Carga em um Pilar:

Carga a ser considerada atuante em um pilar (Np)

De uma forma geral é comum adotar, para o caso geral de edificações residenciais e comerciais, que a carga total

distribuída atuante em cada pavimento do edifício seja de 1 tf/m². Esse valor no Sistema Internacional de unidades é

https://online.unip.br/imprimir/imprimirconteudo 1/5
21/08/2020 UNIP - Universidade Paulista : DisciplinaOnline - Sistemas de conteúdo online para Alunos.

10kN/m². Esse valor considera as seguintes hipóteses, muitas vezes confirmadas na prática:

- peso próprio da estrutura – espessura média de 20 cm – carga média = 0,50 tf/m² (5 kN/m²)

- revestimento de piso = 0,10 tf/m²

- alvenarias = 0,20 tf/m²

- carga acidental =0,20 tf/m²

Portanto, de uma forma rápida, a carga que cada pavimento (N1 pav) aplica em um determinado pilar pode ser estimada

considerando a carga total aplicada em uma “área de influência” (Ainfl), determinada pelas mediatrizes das linhas que

ligam os pilares.

Ou seja: (N1 pav = Ainfl x 1 tf/m2)

Como as cargas nos pilares vão se somando desde a cobertura até a fundação, sabe-se que a carga máxima acontecerá no

nível inferior, correspondente ao primeiro lance do pilar a partir da fundação. Portanto, para o primeiro lance, a carga

atuante no pilar será igual à somatória das cargas de cada piso. Por isso se o edifício tiver n pavimentos estruturais, a

carga total no piso mais carregado, imediatamente acima da fundação, será da ordem de n vezes a carga de 1 pavimento.

(Np = n x N1 pav).

Observação importante: deve-se observar que o nível de cobertura de uma edificação também tem cargas e deve ser

considerado como pavimento estrutural. É possível até considerar que essa carga para a cobertura é um pouco inferior à

carga do pavimento tipo (algo da ordem de 80% do peso do tipo), adotado por alguns. Entretanto, devido ao próprio caráter

de pré-dimensionamento, baseado na previsão de cargas, entendemos com desnecessária essa consideração, mesmo

porque o valor da carga é estimado.

Cálculo da Área da seção transversal de um Pilar:

A área da seção transversal do pilar é calculada pela fórmula:

Ap = Np / σp

https://online.unip.br/imprimir/imprimirconteudo 2/5
21/08/2020 UNIP - Universidade Paulista : DisciplinaOnline - Sistemas de conteúdo online para Alunos.

Disposições construtivas para pilares (NBR-6118/2014):

Área mínima da Seção Transversal = 360 cm².


Dimensão mínima de 14 cm para cada lado da seção (recomendável: h ≥ 19 cm).
Para pilares com h<19cm é conveniente adotar uma tensão de referência menor, pois no dimensionamento adota-se um
coeficiente de segurança maior (cerca de 80% a 90% da tensão usual, indicada anteriormente).
Pilares altos: no caso de pilares onde a distância entre dois pisos é elevada, como o caso de pilares em pé-direito duplo, ver
observações a seguir, sobre pilares esbeltos:

O arquivo anexo contém orientações sobre pré-dimensionamento de pilares, vigas e lajes. É necessário

estudar o conteúdo da apostila junto com as orientações acima, porque elas se complementam.

Exercício 1:

O pré-dimensionamento dos elementos de uma estrutura visam a definição de


características para que esses elementos resistam aos esforços usuais em edificações.
Quando se faz o pré-dimensionamento de um pilar, o que se deseja saber:

A)

É a resistência mínima do concreto a ser utilizada no pilar

B)

É se o pé-direito possui uma dimensão satisfatória

C)

São as dimensões da seção transversal do pilar

D)

São as armaduras que o pilar deve ter

E)

São os esforços atuantes no pilar e nas fundações

Comentários:
https://online.unip.br/imprimir/imprimirconteudo 3/5
21/08/2020 UNIP - Universidade Paulista : DisciplinaOnline - Sistemas de conteúdo online para Alunos.

Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários

Exercício 2:

Os pilares, assim como todos os elementos estruturais, devem ser dimensionados em


função dos esforços atuantes. Em um edifício de vários andares com vários pilares, os
esforços mais importantes para o dimensionamento dos pilares são os:

A)

Esforços Normais de Compressão

B)

Esforços Normais de Tração

C)

Esforços Fletores

D)

Esforços Torçores

E)

Esforços Cortantes

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários

Exercício 3:

A seção transversal mínima que os pilares devem ter, segundo a norma NBR-6118,
que estabelece as prescrições para as estruturas de concreto deve respeitar o seguinte
limite:

A)

Área transversal mínima de 100 cm²

B)

Área transversal mínima de 14 cm²

C)

Área transversal mínima de 360 cm²


https://online.unip.br/imprimir/imprimirconteudo 4/5
21/08/2020 UNIP - Universidade Paulista : DisciplinaOnline - Sistemas de conteúdo online para Alunos.

D)

Área transversal máxima de 360 cm²

E)

Área transversal mínima de 19 cm²

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários

Exercício 4:

Pelos critérios usuais, um pilar pode ser pré-dimensionado para suportar uma carga
vertical que provoca uma tensão de compressão da ordem de 100 kgf/cm². Assim
sendo, se tivermos um pilar que recebe uma carga de 280 tf (2800kN), sua seção
transversal deverá ter, pelo menos a área de:

A)

2,80 cm²

B)

2.800 cm²

C)

280 cm²

D)

28.000 cm²

E)

28cm

Comentários:

Essa disciplina não é ED ou você não o fez comentários

https://online.unip.br/imprimir/imprimirconteudo 5/5