Você está na página 1de 36

Manipulador telescópico Buchas Remanufatura

Peças de reposição
de Bombas Retifica de motores
JCB BRASIL BRONZE real
ENCOPEL
bombas RETIFORT

Seu guia de equipamentos agrícolas, implementos, peças e serviços

Santal S5010
A melhor solução para
todo tipo de colheita

Ano I nº3 2013


2 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 3
EA ano 1 :: edição 3

Sumário A EaeAgrícola é uma publicação


bimestral, seis (06) edições no ano.
Todos os artigos, anúncios, textos
Matéria de capa são opiniões de seus autores e não
são necessariamente refletem a
opinião da Editora.
SANTAL S5010:
Confiança e
produtividade Editor Fabio Tatsuo

Diretora Comercial
Alzira Kiyota

Planejamento/Publicidade
Guilherme Kiyota

Editoração André Borges

06
Jornalista Andrea Luna

Colaboradores
Alexandre Gama, Antônio Carlos

Fichas técnicas Entrevistas Ferreira, Aline Nogueira, Sidnei


Donizeti Ferreira, Ronery Ferreira
ENLEIRADOR | Assinatura
Massey Ferguson assine@eaeagricola.com.br
Alternativas completas
para feno e forragem
05 Anúncios
MULTICULTIVADOR | (11) 2992-1878
Agrimec atendimento@eaeagricola.com.br

10
Inovaçnao e versatilidade
no setor canavieiro Editora Taboca
Sugestões, críticas e opiniões

18 Taboca
SILENTEC: Rumo a sac@eaeagricola.com.br
trator | Yanmar
155-4 uma opção a mais
certificação ambiental

11
na cafeicultura Tiragem 6.000 exemplares
Taboca
Nesta Edição
Editora Taboca
notícias 16
tabela de
equipamentos 12
shopping 34
anunciantes A-Z 34
4 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
EQUIPAMENTO :: ENLEIRADOR EA

mfdm 2170
Alternativas completas para feno e forragem

A Os produtores rurais já podem con-


tar com os equipamentos Massey
Ferguson quando o trabalho for a
etapa inicial do processo de enfardamento de
seus produtos. Isso porque, além de produzir o
de ser atingido por obstáculos. Já a MFDM
1358 foi projetada para propriedades de gran-
de porte e trabalhos mais pesados, oferecen-
do recursos que garantem alto desempenho
e baixo custo. O modelo possui engrenagens
terial enquanto a segadora procede o corte do
mesmo. Para depois que a palha estiver corta-
da e seca, a Massey Ferguson disponibiliza três
opções de equipamentos para enleirar, sendo
dois modelos de rotor único – o MFRK 3814
fardo, a marca disponibiliza a seus clientes se- angulares individuais compactas, que propor- DN e o MFRK 3802 -, e outro com dois roto-
gadoras e enleiradoras. São dois os modelos de cionam uma transferência de energia extrema- res - o MFRK 3875. Os modelos foram pro-
segadoras: uma de sete discos de corte, a MF mente suave para todos os discos, resultando jetados para oferecer alta robustez, resistência
DM 1309, e outra de cinco discos, a MF DM em menor desgaste que uma engrenagem operacional e versatilidade, ideais para traba-
1358, que possibilita a acoplagem do acondi- convencional e garantindo uma vida útil mais lhos com materiais secos, pesados ou úmidos,
cionador de dedos MF KC 1358. longa e confiável para o implemento. além de oferecer facilidade de operação e efici-
O modelo MFDM 1309 oferece uma solu- Na MFDM 1358 há também uma prote- ência nas atividades.
ção resistente e econômica para propriedades ção de ruptura de segurança, em caso de atin- O MFRK 3875 possui dois rotores, o que
de pequeno e médio porte, sem comprometer gir um grande obstáculo. A barra em forma de o condiciona a atender perfeitamente médias e
a qualidade e o acabamento. Ideal para agricul- cunha proporciona um corte baixo e garante grandes propriedades. Já os modelos MFRK
tores com tratores de baixa potência ou uma grande sobreposição, o que resulta em umor- 3814 DN e MFRK 3802 DN, com um rotor,
quantidade limitada de corte a ser realizada, o te limpo, mesmo com um alto volume e em são facilmente acoplados a tratores de pequeno
equipamento possui uma série de diferenciais, culturas difíceis. O modelo ainda possui como porte, sem deixar de realizar grandes volumes
entre eles unidades de cortes equipadas com opcional um condicionador facilmente adapta- de trabalho. Todos os modelos possuem bra-
proteção para o pino de cisalhamento, no caso do, que acelera o processo de secagem do ma- ços com dentes desmontáveis e longos, que
possibilitam revolver grande quantidade de
forragem e formar leiras perfeitas. A pré-sele-
ção automática da largura e o controle do ex-
cêntrico do rotor são ajustados externamente,
proporcionando ótima capacidade de realizar
contornos, resultando em operação rápida, cor-
reta e suave. Os equipamentos oferecem, ain-
da, ajuste perfeito em relação ao solo e ótima
adequação em encostas.

Contato
Empresa MASSEY FERGUSON
Fone 0800 704 41 98
Website www.massey.com.br

Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 5


EA matéria de capa

SANTAL S5010
A melhor solução para todo
tipo de colheita

6 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013


matéria de capa EA

A Santal Equipamentos possui um portfólio com-


pleto de produtos direcionados à mecanização da
lavoura de cana-deaçúcar. Destaques dentro desta
linha são as colhedoras de cana S5010e e S5010p,
máquinas com excelente desempenho tanto na co-
lheita industrial como de mudas, com condições
de trabalhar em qualquer espaçamento de plantio.

Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 7


EA matéria de capa

A
colhedora S5010e, conta com os dois modelos com frentes intercam- cionam suavidade e leveza ao copiar o
um sistema rodante de esteiras biáveis: opção para cliente que mudar o terreno. As ponteiras das sapatas são
metálicas VTrack, mais resis- sistema de plantio de simples para duplo substituíveis, possuem regulagem para
tente e capaz de proporcionar melhor não precisar trocar de máquina. “Com o caso de desgaste e ainda apresentam
distribuição de carga, garantindo me- ponto ideal da curva de torque e consu- fusível de segurança, o que garante o
nor compactação e baixos danos às mo em 1800 rpm, nossa colhedora man- desarme em caso de impacto, preser-
soqueiras. Sua elevada vida útil tam- tém baixos níveis de consumo de com- vando a frente de todo o equipamento.
bém é um diferencial, pois contribui bustível, mesmo em canaviais de alta O conjunto picador é composto
diretamente a diminuição dos cus- produtividade. Em testes controlados, por dois rolos de três lâminas, o que
tos de manutenção do equipamento. já conseguimos números de apenas 0,52 aumenta a abertura da passagem de
Já a colhedora S5010p vem equi- litros de diesel por tonelada, uma contri- cana, elevando a velocidade, inércia e
pada com o exclusivo sistema rodante buição significativa à redução do custo a potência de corte. Seu exclusivo sis-
Tandem, que possui tração 6x4, capaz operacional da colheita”, destaca Marco tema hidráulico Santal independente,
de proporcionar melhor distribuição de Gobesso, gerente de marketing da Santal. com bomba de engrenagem somen-
carga para seis rodas, garantindo a esta- Os dois modelos possuem chassi te para seu acionamento, possibilita o
bilidade e grande capacidade de tração otimizado para alta produtividade com ajuste ideal para o tamanho de rebolo
ao conjunto. A capacidade de copiar o novo ângulo de alimentação proporcio- de dentro da cabine, permitindo a va-
solo e os pneus de alta flutuação garan- nando maior área de passagem da cana riação de densidade de carga e melhoria
tem baixa compactação e baixos danos até o rolo picador. “Nossas colhedo- da limpeza e da logística do transporte.
às soqueiras, principalmente em áreas ras possuem o melhor opcional para As colhedoras são oferecidas com
ainda não sistematizadas, onde a mano- colheita de mudas do mercado: siste- dois sistemas de deslocamento: esteiras
bra dentro dos talhões é inevitável, sen- ma que preserva as gemas contribuin- ou pneus. As esteiras são produzidas
do também uma excelente opção para do para economia no custo do plan- com aço especial e possuem áreas de
operações em que o tipo de solo e sua tio mecanizado”, esclarece Gobesso. desgaste redimensionadas para propor-
abrasividade passa a ser um impediti- Divisores de linhas, compostos por “sa- cionar maior vida útil. Já os pneus, além
vo às maquinas com esteiras metálicas. patas flutuantes” e braços pantográficos de copiar o solo, oferecem vantagens
A fabricante oferece fornece também posicionados em ângulo ideal, propor- importantes, como locomoção até 26

Sistema de transmissão: Conjunto de esteiras Vtrack, pneu e tração 6x4, eficiência , menor com- Mesa do elevador giratório: confere maior vida
pactação no solo e menor custo de manuntenção útil evitando paradas indesejadas
8 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
matéria de capa

Ficha Técnica
Motor modelo DC 13 - 13 litros

Fabricante Scania

Rotacão de operacão 1800 RPM

6 verticais em
Cilindros
linha

Potência 350 CV

Capacidade de
510 l
combustível
Capacidade do circuito
650 l
hidráulico

Ângulo de giro 1750

Acionamento eletro-hidráulico

Altura máxima de
5500 mm
operação
km/h, sem necessidade de caminhão a caixa, que fica totalmente protegida.
prancha, tráfego em rampas com até A nova cabine da S5010 oferece substituição é possível adaptar o equipa-
30% de inclinação, baixo custo de ma- mais conforto, visibilidade, ergonomia, mento para colheita de mudas ou colhei-
nutenção, agilidade no deslocamento menor índice de ruído e comandos pró- ta industrial. O Kit Mudas é um sistema
e redução da transmissão de vibração. ximos à mão do operador. Os principais patenteado, onde todos os pontos de
Frentes para todos os tipos de plan- instrumentos são de fácil leitura e estão contato da cana com o equipamento são
tio, padronização da potência dos rolos, corretamente posicionados, proporcio- protegidos por borracha, minimizando
novos ângulos de alimentação e motor nando, assim, melhor visualização, facili- o contato da cana com o equipamen-
eletrônico fazem da S5010 uma ótima dade de operação, conforto e ergonomia. to e aumentando a proteção às gemas.
opção para colheitas em canaviais de Este visual projeta a luminosidade Outra exclusividade do “Kit Mudas” é a
baixa e alta produtividade, apresentan- dos ponteiros dos indicadores, melho- substituição dos rolos alimentadores por
do um dos menores índices de consu- rando a visibilidade na colheita noturna. esteira de borracha, onde a passagem de
mo de combustível do mercado. Além Já a facilidade de operação e a ergonomia cana sofre o menor impacto possível.
disso, motor e bomba de pistão exclu- são garantidas por alguns itens, como: Na prática, isso se traduz em mais van-
sivos para o corte de base proporcio- banco do operador com suspensão a ar, tagens, como maior índice de germina-
nam maior torque e rotação, eliminando regulagem de altura, inclinação, intensi- ção, gerando economia no plantio.
paradas indesejadas, e evitam o arran- dade de carga e movimento; assento au-
que das soqueiras, garantindo melhor xiliar para treinamento/acompanhante;
índice de rebrota. Outra inovação da
máquina é a fixação lateral do corte de
coluna de direção com ajuste de altura
e inclinação; sistema para instalação de
Contato
base feita através de seis parafusos fi- som (caixa acústica, antena e fiação); Empresa SANTAL
xados nos mancais. Dessa forma, caso proteção acústica e totalmente vedada. Fone (16) 2101-6622
sofra impacto, todo o conjunto realiza A S5010 ainda é equipada com o Website www.santal.com.br
a rotação de desarme, não danificando “Kit Mudas”. Com um sistema de fácil

Motor 1800 RPM, baixa temperatura, baixo A nova cabine oferece muito mais conforto, visibilidade, ergonomia e menor índice de ruído, no
nível de ruído maior torque e maior vida útil painel de controle uma facilidade do controle total com comandos próximos da mão do operador
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 9
EA EQUIPAMENTO :: MULTICULTIVADOR

Agrimec MP4 3000


Inovação e versatilidade no setor canavieiro

I
ndicado para o uso na lavoura canavieira MP4 ainda prepara o solo, utilizando-se Disco de
pós-colheita, O Multicultivador e de dois rolos destorroadores traseiros, e corte
Pulverizador Canavieiro Sob Palha, devolve a palha ao solo de forma enleirada, de palha
também conhecido como MP4, da Agrimec, solucionando o problema do ataque da
tem chamado a atenção dos produtores cigarrinha.
da cana-de-açúcar, devido sua tecnologia Portanto, a inovação fica a cargo da
avançada e funcionalidade. Afinal, o execução simultânea das operações, o que Reservatório
implemento é capaz de executar quatro confere um dos benefícios mais importantes de adubo e
operações simultâneas por debaixo da palha: ao produtor: a redução de custos com herbicida
a subsolagem, a adubação, a pulverização e máquinas, insumos, pessoal e tempo, sem
ainda o enleiramento ao devolver a palha ao comprometer a qualidade do trabalho.
solo. O processo é simples. O MP4 recolhe Outro importante benefício do implemento
a palha do solo, levando-a até a esteira
transportadora, e, ao mesmo tempo em que
fica por conta da redução de até 80% da
calda necessária. Isso porque o MP4 executa
Contato
a palha é transportada, realiza a subsolagem, as operações sob a palha, o que permite que Empresa AGRIMEC
através dos dois sulcadores, adubando e a pulverização seja realizada diretamente no Fone (55) 3222-7710
pulverizando o solo. Mas, a versatilidade solo nu, sendo este imediatamente coberto
Website www.agrimec.com.br
não para por aí. Depois desse processo, o pela própria palha.

Ficha Técnica
Motor Agrimec / MP4 3000 Regulagem do adubo Caixa de engrenagem Altura de transporte 3.200 mm
(Fabricante/Modelo)
Potência mínima 150 cv Acionamento Motor elétrico Capacidade do 3.200 mm
herbicida reservatório de adubo
Acoplamento do Top e três pontos Acionamento esteira Motor hidráulico Número de discos de corte 5 tamanho 23”
trator e recolhedor
Acionamento das Cilindro hidráulico Peso vazio 4.650 kg Comprimento 6.200 mm
rodas de transporte
Número de 2 (simples ou alado) Peso 19.050 kg (esteira) Largura 1.500 mm
sulcadores 16.400 kg (pneus)

10 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013


EQUIPAMENTO :: TRATOR AGRÍCULA

YANMAR 1155-4

Uma opção a mais na cafeicultura

A
fabricante dos tratores Yanmar Modelo 1155:
Agritech disponibiliza ao mercado Capacidade de levante Ficha Técnica
Ficha técnica
diversas soluções para a cafeicul- hidráulico de 800Kg
tura. Entre elas está o trator modelo 1155 Marca Yanmar
Super Estreito. A máquina possui potência
de 55 cv, 1,18 metros de largura externa dos Modelo 1155-4
pneus e foi desenvolvido especialmente para
a cultura do café adensado. Leve e estreito, Tração 4x4
além de não compactar o solo, o trator é
econômico, silencioso e fácil de operar. “A Motor 4TNV88-XAT
mecanização das pequenas propriedades
hoje é uma necessidade. Somente mecani- Nº de Cilindros 4
zando o cultivo do café é que será possível
reduzir custos, principalmente relacionados Sistema de
Injecão direta
combustão
à mão de obra, cada vez mais cara e escassa”,
conclui o Gerente da Divisão de Vendas da Filtro de ar Seco
Agritech, Nelson Watanabe.
O modelo 1155 é cabinado, o que pro- Diâmetro x Curso 88x90 mm
porciona mais conforto ao operador, além
de segurança ocupacional, especialmente Tanque de
42 L
em aplicações de pulverização. “O produtor combustível
pode agora obter um mesmo financiamento
Sistema de Câmbio deslizante
para trator e cabines e não de forma separa-
da, como ocorria anteriormente, o que fa-
cilita o processo de obtenção de recursos”,
completa Watanabe. O trator da Yanmar
Contato
Agritech ainda apresenta arco de segurança Empresa YANMAR
com teto e para-choque tubular. E pode ser Fone (19) 3801-9200
encontrado, opcionalmente, com super re-
Website www.yanmar.com.br
dução.
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 11
tabela de equipamentos

Agrale www.agrale.com.br COLHEITADEIRAS DE GRÃOS

Tratores MODELO PREÇO POTÊNCIA ÁREA DE LIMPEZA capacidade de


armazenagem
Modelo Preço Potência Torque Capacidade
de levante AXIAL-FLOW - 253 cv 4,08 m² 7.050 L
2566
4100.4 - 15 cv 3,9 da Nm 440 kg
AXIAL-FLOW - 284 cv 5,48 m² 9.300 a 10.600 L
2688
4230.4 - 30 cv 6,9 da Nm 650 kg
AXIAL-FLOW - 330 cv 5,48 m² 9.300 a 10.600 L
4230.4 HSEFBO - 30 cv 6,9 da Nm 650 kg 2799
5065.4 - 65 cv 20 kgf.m 2.000 kg AXIAL-FLOW
7120 388 cv 7,17 m² 11.100 L
5075.4 - 75 cv 27 kfg.m 2.000 kg
AXIAL-FLOW - 426cv 8,59 m² 12.330 L
5085.4 - 85 cv 28,5 kfg.m 2.600 kg 8120

BX 6110 - 105 cv 38 kgf.m 3.000 kg SEMEADEIRAS


BX6150 - 140 cv 50 kgf.m 4.000 kg CAPACIDADE CAPACIDADE
MODELO PREÇO Nº DE LINHAS DE SEMENTE DE ADUBO
BX 6180 - 168 cv 57 kgf.m 4.000 kg
ASM 1212 - 11 575 kg 2.800 kg

ASM 1213 - 13 676 kg 3.000 kg


Baldan www.baldan.com.br
ASM 1215 - 15 780 kg 3.400 kg
Semeadora NSA/NSH
ASM 1217 - 17 884 kg 3.800 kg
Modelo Preço N° de Linhas Capacidade Capacidade
de Semente de Adubo ASM 1219 - 19 988 kg 4.200 kg

2000 - 3 45 L 200 L ASM 1224


TANDEM - 24 1.284 kg 5.600 kg
2500 - 5 45 L 400 L
SOL T07 - 7 210 kg 1.020 kg
3000 - 6 45 L 400 L
SOL T08 - 8 240 kg 1.020 kg
Semeadora AS/SAP
SOL T09 - 9 270 kg 1.360 kg
Modelo Preço N° de Linhas Capacidade Capacidade
de Semente de Adubo SOL T11 - 11 330 kg 1.800 kg

3000 - 16 580 L 620 L SOL 13 - 13 390 kg 2.000 kg

4000 - 20 660 L 710 L SOL T15 - 15 450 kg 2.400 kg

5000 - 24 740 L 810 L SOL TT 28/30 - 28/30 3.000 kg -

Semeadora SAB/SHB SOL TT 32/34 - 32/34 3.450 kg -

Capacidade Capacidade SOL TT 36/40 - 36/40 3.900 kg -


Modelo Preço N° de Discos de Semente de Adubo
SHM 11/13R - - 238 kg 414 kg
2000 - 11 182 L 333 L
SHM 15/17R - 15/17 332 kg 580 kg
2300 - 13 210 L 366 L
SSM 23R - 23 750 kg 1.456 kg
2600 - 15 241 L 423 L
SSM 27R - 27 846 kg 1.644 kg
3000 - 17 297 L 468 L
SSM 33 - 33 1.117 kg 2.250 kg
Transbordo de Arrasto
TDNG 320 - 20 720 kg 1.350 kg

Modelo Preço Capacidade


de Carga m3
Comprimento
Total
Peso
Aproximado TDNG 420 - 26 915 kg 1.700 kg

TAB10600 - 24 ton 6.800 mm 7.690 kg TDNG 520 - 32 1.125 kg 2.125 kg

TAB12600 - 26 ton 7.800 mm 8.200 kg TRATORES

TAB13600 - 28-32 ton 7.500 mm 10.500 kg CAPACIDADE


MODELO PREÇO POTÊNCIA TORQUE DE LEVANTE

Case IH www.caseih.com.br FARMALL 60 - 58 cv 196 Nm 3.565 kg

COLHEDORAS DE ALGODÃO FARMALL 80 - 80 cv 274 Nm 3.565 kg

CAPACIDADE FARMALL 95 - 95 cv 337 Nm 3.565 kg


MODELO PREÇO POTÊNCIA Nº DE LINHAS DO CESTO
MAXXUM 110 - 110 cv 510 Nm 3.610 kgf
COTTON - 264 cv 5 3.856 kg
EXPRESS 420 MAXXUM 125 - 125 cv 550 Nm 3.610 kgf

COTTON - 370 cv 6 4.762 kg MAXXUM 135 - 141 cv 610 Nm 5.530 kg


EXPRESS 620
MAXXUM 150 - 149 cv 620 Nm 5.530 kg
MODULE - 400 cv 6 1.814 a 5.443 kg
EXPRESS 635
MAXXUM 165 - 168 cv 620 Nm 5.530 kg
COLHEDORAS DE CAFÉ
MAXXUM 180 - 180 cv 733 Nm 5.530 kg

MODELO PREÇO POTÊNCIA VELOCIDADE CAPACIDADE PUMA 205 - 197 cv 860 Nm 6.894 kg
DE COLHEITA DE COLHEITA

COFFEE PUMA 225 - 213 cv 866 Nm 6.894 kg


EXPRESS 100 - 55 cv 400-1600m/h 130 sacos (60kg)/h
MAGNUM 235 - 235 cv 1.157 Nm 6.780 kg
COFFEE - 55 cv 400-1600m/h 150 sacos (60kg)/h
EXPRESS 200 MAGNUM 260 - 257 cv 1.267 Nm 6.780 kg

COLHEDORAS DE CANA MAGNUM 290 - 284 cv 1.397 Nm 6.780 kg

MODELO PREÇO POTÊNCIA TIPO TANQUE MAGNUM 315 - 312 cv 1.531 Nm 7.427 kg

A4000 - 170 cv PNEUS 210 L MAGNUM 340 - 340 cv 1.671 Nm 8.573 kg

A8000 - 330 cv PNEUS 480 L STEIGER 450 - 457 cv - 8.900 kg

A8800 - 330 cv ESTEIRAS 480 L STEIGER 550 - 558 cv - 8.900 kg

12 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013


tabela de equipamentos

PULVERIZADORES TRATORES

MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA CAPACIDADE


MODELO PREÇO POTÊNCIA TORQUE DE LEVANTE
PATRIOT 350 - 200 cv 3.500 L 30 m
5055E - 55 cv 198 Nm 2.500 kgf

JACTO www.jacto.com.br 5065E - 65 cv 235 Nm 2.500 kgf

5075E - 75 cv 267 Nm 2.670 kgf


PULVERIZADORES
5078E - 78 cv 267 Nm 2.670 kgf
MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA
5085E - 85 cv 314 Nm 2.670 kgf
UNIPORT 3030 - 243 cv 3.000 L 28 ou 32 m
5090E - 90 cv 328 Nm 2.670 kgf
UNIPORT - 128 cv 2.000 L 24 m
2000 PLUS 6110D - 107 cv - 3.150 kgf

UNIPORT 6125D - 123 cv - 3.150 kgf


2500 STAR - 139 cv 2.500 L 28 m
6110E - 110 cv - 3.420 kgf
UNIPORT 3000 - 237 cv 3.000 L 24 m
PLUS VORTEX 6125E - 125 cv - 3.420 kgf

UNIPORT 6110J - 110 cv 429 Nm 3.800 kgf


3000 PLUS - 237 cv 3.000 L 24 m
CANAVIEIRA 6125J - 125 cv 499 Nm 4.650 kgf
ADUBADORAS 6130J - 130 cv 518 Nm 4.650 kgf

MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA 6145J - 145 cv 608 Nm 4.610 ou


6.800 kgf
UNIPORT 3000 - 237 cv 3.000 L 13,5 m
NPK 6165J - 165 cv 716 Nm 6.000 kgf

6180J - 180 cv 887 Nm 6.000 kgf


JOHN DEERE www.deere.com.br
7.560 ou
7195J - 195 cv 887 Nm 10.440 kgf
COLHEITADEIRAS DE GRÃOS
7210J - 210 cv 954 Nm 7.560 ou
capacidade de 10.440 kgf
MODELO PREÇO POTÊNCIA ÁREA de LIMPEZA armazenagem
7225J - 225 cv 1.023 Nm 10.440 kgf
1175 - 180 cv 4,60 m² 4.800 L
8260R - 260 cv - 7.847 kg
1470 - 193 cv 4,60 m² 5.500 L
8335R - 335 cv - 8.300 kg
1570 - 238 cv 5,60 m² 6.000 L
9410R - 410 cv 1.892 Nm 9.072 kgf
9470 STS - 238 cv 3,61 m² 6.750 L 9460R - 460 cv 2.123 Nm 9.072 kgf
9570 STS - 275 cv 3,61 m² 8.800 L 9510R - 510 cv 2.354 Nm 9.072 kgf
9570 STS - 275 cv 3,61 m² 8.800 L 9560R - 560 cv 2.528 Nm 9.072 kgf
ARROZEIRA
PULVERIZADORES
9670 STS - 325 cv 4,58 m² 10.570 L

9770 STS - 378 cv 4,58 m² 10.570 L MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA

4630 - 165 cv 2.270 L 24 m


S680 - 473 cv 5,66 m² 14.100 L
4730 - 245 cv 3.068 L 30 m
COLHEDORAS DE CANA
TRATORES DE JARDIM
MODELO PREÇO POTÊNCIA TIPO TANQUE

MODELO PREÇO POTÊNCIA LARGURA DE TRANSMISSÃO


3520 - 342 cv PNEUS/ESTEIRAS 568 L TRABALHO
3522 - 342 cv ESTEIRAS 568 L D130 - 22 cv 1.067 mm HIDROSTÁTICA

COLHEDORAS DE ALGODÃO D170 - 26 cv 1.372 mm HIDROSTÁTICA

CAPACIDADE LA135 - 22 cv 1.067 mm HIDROSTÁTICA


MODELO PREÇO POTÊNCIA Nº DE LINHAS DO CESTO
LA175 - 26 cv 1.372 mm HIDROSTÁTICA
7660 - 378 cv 6 39,6 m³
UTILITÁRIOS
7760 - 507 cv 6 39,6 m³
MODELO PREÇO POTÊNCIA CAPACIDADE TRANSMISSÃO
✓1 Kit churrasco
PLANTADEIRAS DE CARGA

MODELO PREÇO Nº DE LINHAS CAPACIDADE CAPACIDADE


GATOR TH
(6X4) DIESEL - 20,8 cv 726 kg CVT ✓ 1 Kit caipirinha
DE SEMENTE DE ADUBO

✓ 1 Miniatura
GATOR XUV - 24,6 hp 635 kg CVT
1107 - 5-7 67L - 50 kg* 960 kg 855D

1109

1111
-

-
8-9

10-11
67L - 50 kg*

67L - 50 kg*
1.200 kg

1.440 kg
Massey Fergunson www.massey.com.br (Carregadeira Case)
COLHEITADEIRAS DE GRÃOS
1113 - 12-13 67L - 50 kg* 1.680 kg
MODELO PREÇO POTÊNCIA ÁREA de LIMPEZA capacidade de
2113 - 12-13 1.135 L - 850 kg 2.800 kg armazenagem

2115 - 13-15 1.135 L - 850 kg 3.200 kg MF32 Advanced - 200 cv 4,10 m² 5500 L

MF5650 - 175 cv 3,6 m² 5000 L


2117 - 15-17 1.135 L - 850 kg 3.600 kg Advanced
2117 COTTON - 12 1.135 L - 850 kg 4.000 kg MF9790 ATR II - 380 cv 5,86 m² 10570 L

2122 - 20-22 2.270 L - 1.700 kg 4.800 kg MF9690 ATR II - 325 cv 4,84 m² 10570 L

2126 - 24-26 2.270 L - 1.700 kg 5.600 kg MF32 SR - 200 cv 4,10 m² 5500 L

2126 SEM MF5650 SR - 175 cv 3,6 m² 5000 L


FERTILIZANTES - 24-26 2.270 L - 1.700 kg -

2130 - 18-26-30 2.270 L - 1.700 kg 5.400 kg


TRATORES

CAPACIDADE
promoção válida
até 10/05/13
D850 - 30 - 2.640 kg MODELO PREÇO POTÊNCIA TORQUE de LEVANTE

D874 - 24-30-45-48 - 2.640 kg MF250 XF - 50 cv 167 Nm 2.100 kg

D890 - 36 - 2.640 kg MF255 XF - 50 cv 167 Nm 2.100 kg

Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 13


tabela de equipamentos

MF4265 TD85F - 81 cv 320 Nm 3.000 kg SOL 13 - 13 390 kg / 1920 kg 2000 kg


Compacto - 65 cv 235,5 Nm 2.100 kg
TS6020 - 111 cv 475 Nm 3.950 kg SOL 13 E - 13 390 kg / 1470 kg 2050 kg
MF4275 - 75 cv 279 Nm 2.100 kg
Compacto TS6040 - 132 cv 500 Nm 3.950 kg SOL 11 - 11 330 kg / 1600 kg 1700 kg
MF4283 - 85 cv 288 Nm 2.100 kg TM7010 - 141 cv 610 Nm 6.475 kg SOL 10 - 10 300 kg / 995 kg 1360 kg
Compacto
TM7020 - 149 cv 620 Nm 6.475 kg SOL 9 - 09 270 kg / 1220 kg 1360 kg
MF2625 - 62 cv 218 Nm 2.050 kg
TM7040 - 180 cv 733 Nm 6.475 kg SOL 8 - 08 240 kg / 750 kg 1020 kg
MF250 XE - 50 cv 167 Nm 2.100 kg
Advanced
7630 - 106 cv 430 Nm 3.950 kg SOL 7 - 07 210 kg / 980 kg 1020 kg
MF255 - 50 cv 167 Nm 2.100 kg
Advanced 8030 - 122 cv 490 Nm 3.950 kg Semeadeiras

TL60 Exitus - 65 cv 200 Nm -


MF4265 - 65 cv 235,5 Nm 2.500/3.200 kg MODELO Preço Nº DE
LINHAS
CAPacidade
DE SEMENTE
CAPacidade
DE ADUBO
MF4275 - 75 cv 267 Nm 2.500/3.200 kg TL75 Exitus - 77 cv 264 Nm 3.460 kg
TDAX 4500 - 26 473 a 775 kg 1026 a 1480 kg
TL85 Exitus - 88 cv 295 Nm 3.460 kg
MF4283 - 85 cv 305 Nm 2.500/3.200 kg
TDAX 3800 - 22 417 a 683 kg 904 a 1305 kg
TL95 Exitus - 104 cv 372 Nm 3.460 kg
MF4290 - 95 cv 366 Nm 2.500/3.200 kg
TDAX 3500 - 20 380 a 622 kg 823 a 1186 kg
TT3840 - 60 cv 200 Nm 1.750 kg
MF4291 - 105 cv 400 Nm 3.200/3.800 kg
TDAX 2500 - 14 275 a 450 kg 597 a 862 kg
TT4030 - 75 cv 258 Nm 2.300 kg
MF4292 - 110 cv 430 Nm 3.200/3.800 kg
Combinada / Seed
TT3840F - 60 cv 200 Nm 2.150 kg
MF4297 - 120 cv 460 Nm 3.200/3.800 kg Estreito
TDNG 520 - 32 735 a 1125 kg / 1530 a 2125 kg
2050 kg
MF4299 - 130 cv 500 Nm 3.200/3.800 kg TT3880F - 75 cv 258 Nm 2.150 kg
Estreito
TDNG 420 - 26 610 a 915 kg / 1250 a 1700 kg
MF7140 - 140 cv 510 Nm 4.700/5.500 kg 1725 kg
T7.240 - 234 cv 860 Nm 7.200 kg
MF7150 - 150 cv 600 Nm 4.700/5.500 kg TDNG 320 - 20 460 a 720 kg / 960 a 1350 kg
T7.245 - 242 cv 866 Nm 7.200 kg 1380 kg
MF7170 - 170 cv 680 Nm 4.700/5.500 kg
T8.270 - 232 cv 1.157 Nm 7.430 kg
MF7180 - 180 cv 720 Nm 4.700/5.500 kg Valtra www.valtra.com.br
T8.295 - 254 cv 1.267 Nm 8.590 kg
MF7140 Especial - 140 cv 510 Nm 4.700/5.500 kg COLHEITADEIRAS DE GRÃOS
T8.325 - 281 cv 1.397 Nm 8.590 kg
MF7150 Especial - 150 cv 600 Nm 4.700/5.500 kg ÁREA de capacidade de
T8.355 - 307 cv 1.531 Nm 8.590 kg MODELO PREÇO POTÊNCIA LIMPEZA armazenagem
MF7170 Especial - 170 cv 680 Nm 4.700/5.500 kg T8.385 - 340 cv 1.671 Nm 8.590 kg
BC4500 - 200 cv 3,84 m² 5.200 L
MF7180 Especial - 180 cv 720 Nm 4.700/5.500 kg T9.450 - 405 cv 1.400 Nm 9.071 kg
BC4500R - 200 cv 3,84 m² 5.200 L
MF7350 - 150 cv 600 Nm 8.000 kg T9.505 - 457 cv 1.575 Nm 9.071 kg
BC6500 - 325 cv 4,84 m² 10.570 L
MF7370 - 170 cv 680 Nm 8.000 kg T9.560 - 507 cv 1.751 Nm 9.071 kg
BC7500 - 380 cv 5,86 m² 10.570 L
MF7390 - 190 cv 770 Nm 8.000 kg T9.615 - 542 cv 1.925 Nm 8.900 kg
TRATORES
MF7415 - 215 cv 920 Nm 8.000 kg T9.670 - 608 cv 2.100 Nm 8.900 kg
MODELO PREÇO POTÊNCIA TORQUE CAPACIDADE
MF8670 - 320 cv 1.400 Nm 12.000 kg PULVERIZADORES de LEVANTE

MF8690 - 370 cv 1.540 Nm 12.000 kg MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA BF65 - 66 cv 224 Nm 1.560 kg

PULVERIZADORES SP350 - 202 cv 3.500 L 27 m BF75 - 77 cv 265 Nm 1.560 kg

MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA A550 - 50 cv 167 Nm 2.100 kg


Semeato www.semeato.com.br
MF9030 A650 - 66 cv 224 Nm 1.719/3.300 kg
200 cv 3.000 L 25 m
(Versão Cana) Colheitadeira (Agricultura Familiar)
A750 - 79 cv 296 Nm 1.719/3.300 kg
MF9030 200 cv 3.000 L 28 m capacidade de
MODELO PREÇO POTÊNCIA Área de limpeza armazenagem A850 - 85 cv 316 Nm 1.719/3.300 kg

New Holland www.newholland.com.br Multi Crop 4100 - 150 cv 4,96 m2 3400 L A950 - 95 cv 337 Nm 3.330 kg

COLHEITADEIRAS DE GRÃOS Plantadeiras BM100 - 106 cv 398 Nm 4.760 kg

capacidade de
MODELO PREÇO POTÊNCIA ÁREA de LIMPEZA armazenagem MODELO Preço Nº DE
LINHAS
CAPacidade
DE SEMENTE
CAPacidade
DE ADUBO
BM110 - 116 cv 408 Nm 4.760 kg

BM125i - 132 cv 459 Nm 4.760 kg


CR5080 - 260 cv 3,7 m² 7.050 L LM 19/21 - 19 1140 kg 3870 kg
BH145 - 153 cv 561 Nm 7.000 kg
CR6080 - 300 cv 5,4 m² 9.000 L LM 17/19 - 17 1020 kg 3100 kg
BH165 - 174 cv 612 Nm 7.000 kg
CR9060 - 354 cv - 11.100 L LM 15/17 - 15 900 kg 3050 kg
BH180 - 189 cv 663 Nm 7.000 kg
CR9060 389 cv - 11.100 L LM 13/15 - 13 780 kg 2690 kg
Premium
BH185i - 200 cv 689 Nm 7.000 kg
LM 11/13 - 11 660 kg 2400 kg
CR9080 - 489 cv - 12.333 L
BH205i - 210 cv 720 Nm 7.000 kg
PAR 4500 - 11 660 kg 1900 kg
CR9090 - 530 cv 6,5 m² 12.500 L
BT150 - 150 cv 600 Nm 8.000 kg
PAR 3600 - 9 540 kg 1500 kg
CS660 - 280 cv 4,9 m² 9.000 L
PAR 3000 - 8 480 kg 1200 kg BT170 - 170 cv 680 Nm 8.000 kg
TC5070 Exitus - 180 cv 3,5 m² 5.000 L
PSL 13 - 13 390 kg 2100 kg BT190 - 190 cv 770 Nm 8.000 kg
TC5090 - 240 cv 4,5 m² 7.200 L
PSL 11 - 11 330 kg 1900 kg BT210 - 215 cv 920 Nm 8.000 kg
TC5070 - 180 cv 3,5 m² 5.000 L
PSL 9 - 09 270 kg 1500 kg S293 - 325 cv 1.455 Nm 12.000 kg
TRATORES
PH 5E - 05 125 kg 500 kg S353 - 375 cv 1.540 Nm 12.000 kg
MODELO PREÇO POTÊNCIA TORQUE CAPACIDADE
de LEVANTE PH 3 - 03 75 kg 250 kg  PULVERIZADORES
TS6 - 120 cv 515 Nm 3.266 kg Standard / Seed MODELO PREÇO POTÊNCIA TANQUE BARRA
TD65F - 66 cv 261 Nm 3.000 kg SOL 17 - 17 510 kg / 2560 kg - BS3020H (Grãos) - 200 cv 3.000 L 28 m

TD75F - 73 cv 295 Nm 3.000 kg SOL 15 - 15 450 kg / 2240 kg 2400 kg BS3020H (Cana) - 200 cv 3.000 L 25 m

14 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013


novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

15
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
Notícias

FENASUCRO 2013 terá novo


formato
Para se adequar à nova realidade e desafios do setor, a FE-
NASUCRO 2013 terá novo formato e um módulo exclusivo de
Transporte e Logística, integrando os setores agrícola,  industrial
e transporte em um único evento.  A edição 2013 reunirá cerca
de 550 marcas expositoras entre nacionais e internacionais, e 35
mil visitantes de 20 estados brasileiros e 30 países, no período de 27
a 30 de agosto, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho (SP).
Promovida pela Reed Multiplus e com realização do CEISE Br
(Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Bio-
Paranaguá realiza testes para combustíveis), a feira vai levar aos expositores e visitantes um novo
carregamentos na chuva  layout, com exposição setorizada, novos acessos, mais áreas ver-
des e melhorias em sua infraestrutura. Segundo o diretor da Reed
Multiplus, Fernando Barbosa, a setorização da feira em agrícola,
O secretário de infraestrutura e logística, José Richa processos industriais, transporte e logística e fornecedores indus-
Filho, e o superintendente dos portos do Paraná, Luiz triais, contempla toda a cadeia produtiva do setor sucroenergético
Henrique Dividino, participaram em 03 de julho do unificando assim a Fenasucro, Agrocana e Forind SP.” O objetivo
primeiro teste de um equipamento de cobertura para é otimizar o tempo do visitante/comprador, facilitando a procura
navios. Desenvolvido por uma empresa paranaense pelos produtos e os contatos com os expositores”, diz Barbosa.
instalada em São José dos Pinhais, a cobertura per-
mite o carregamento de grãos mesmo com chuva. Ele
é acoplado na ponteira do shiploader e se encaixa no
porão do navio, isolando a embarcação da umidade. PAC2 beneficia mais de 210 mil
“Estamos trabalhando para tentar resolver este
problema histórico dos portos que é a impossi-
pessoas no Rio Grande do Sul 
bilidade de embarcar grãos nos dias de chuva. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, partici-
Se esta solução se mostrar eficiente, como acre- pou no início de julho da cerimônia de doação de 94 retroescava-
ditamos que vá, o Porto de Paranaguá poderá deiras a municípios gaúchos. As máquinas fazem parte da segunda
ser o primeiro porto do Brasil a operar carga de etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), execu-
grãos mesmo com chuva”, explica o secretário. tado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e ser-
Em desenvolvimento há 14 meses, agora que o pro- virão para a manutenção e construção de estradas vicinais e outras
tótipo em escala real 1:1 ficou pronto serão realizados obras com o intuito de melhorar a qualidade de vida no campo. 
diferentes testes para certificar a eficiência da estrutu-
ra. Em todas as etapas do processo, os componentes
do equipamento estão sendo submetidos a rigorosos
testes de qualidade, durabilidade, estanqueidade e
funcionalidade. “Se obtivermos o sucesso esperado,
passaremos às próximas etapas que são a montagem
da versão final, o início das adaptações necessárias nos
shiploaders para instalação do equipamento e,  princi-
palmente,oprocessodeimplantação”,explicaDividino.

Produtividade agrícola cresce 3,6% ao ano 


A presidenta Dilma Rousseff anunciou recentemen- para o resto do país ficam entre 1% e 2%). Estas operações pode-
te que serão disponibilizados para a safra 2013/2014, ini- rão assegurar recursos para assistência técnica. Para os agricultores
ciada em julho, R$ 7 bilhões em crédito para a agricultu- que pagarem em dia as parcelas, a assistência técnica será gratuita. 
ra, sendo R$ 4 bilhões para a agricultura familiar e R$ 3 A linha B do Programa Nacional de Fortalecimento da Agri-
bilhões para os produtores médios e grandes. As medidas be- cultura  Familiar (Pronaf B) que tem rebate de 25%, ampliará
neficiarão 1,6 milhão de estabelecimentos agropecuários do para 40% para o Semiárido. Além disso, será destinado R$ 1,5
semiárido, entre os quais 1,52 milhão de agricultores familiares.  bilhão para compras públicas da agricultura familiar na região
Para as operações de custeio, os juros serão de 1% a 3% ao ano (para na safra de 2013/2014. Desse total, R$ 650 milhões serão para
as demais regiões, os juros são de 1,5% a 3,5%); para os contratos de o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e R$ 700
investimento na região, os juros vão de 1% a 1,5% ao ano (as taxas milhões para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

16 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013


novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

17
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
entrevista :: SILENTEC

Silentec: rumo a certificação ambiental


Q
ualidade, prazo, preço e valo- prazo e custo”, conta Volme. A valoriza-
rização de seus colaboradores. ção de seus colaboradores também é uma
São esses os quatro pilares que questão muito abordada pela Silentec,
fazem da Silentec uma empresa de su- que preza pela permanência das pessoas
cesso, no mercado há 26 anos. Presente em seu quadro de funcionários e tenta re-
nos setores agrícola e industrial na fabri- duzir o máximo a rotatividade na empre-
cação de escapamentos, a empresa ainda sa. “Nossos investimentos em 2013 estão
atua na prestação de serviços de corte e direcionados à capacitação e melhorias
dobra para o ramo de geradores. E pre- para nossos colaboradores, dando cada
serva alguns conceitos para se diferenciar vez mais liberdade a seu trabalho, sem
da concorrência. “Hoje, preservamos a pensarmos apenas em lucro, mas sim na
qualidade, usando apenas materiais com estabilidade dos mesmos em nossa em-
rastreamento. Além disso, obedecemos presa. Hoje, temos funcionários com o
a mesma qualidade e aplicação nas peças mesmo tempo de trabalho que a empresa
de reposição e nas originais que forne- tem de existência”, ressalta o diretor.
cemos às montadoras, com pinturas de Já para o ano quem vem os investi-
600° como padrão”, explica Volme B. B. mentos serão direcionados à compra de
Floriano, diretor da empresa. novos equipamentos e também à padro-
Com um trabalho contínuo de me- nização dos serviços, visando atender
lhorias e investimentos em capacitação ainda mais rápido seus clientes. “Investi-
e tecnologia, almejando, inclusive, a cer- remos, aproximadamente, um milhão de
tificação, a empresa alcançou excelentes reais em máquinas e softwares para me-
resultados no ano passado. “Tivemos um lhorias dos nossos processos. Além disso,
crescimento acima das expectativas fican- estamos iniciando um trabalho para 2014
do em torno de 30% ao ano mostrando e 2015, visando a certificação ambiental”,
um trabalho contínuo em atender cada conta Volme B. B. Floriano, a empresa já Certificado de registro de sistema de gestão de
vez melhor nosso cliente com qualidade, possui certificação ISO 9001. qualidade ISO 9001
18 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

19
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
20
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

21
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
22
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

23
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
24
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos
mix multiagência

seminovos
fabricantes
Função Principal
Máquina Prensa de Algodão
Modelo Busa

peças
SERVIÇOS

MAIOR DESEMPENHO PARA O SEU EQUIPAMENTO

(49) 3523-4400
www.medal.com.br
medal@medal.com.br

Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 25


EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
26
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

27
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
28
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

29
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
30
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS

31
Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola
EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013
32
novos seminovos fabricantes peças SERVIÇOS
entrevista :: REAL BOMBAS

Real bombas: o meio ambiente agradece


F
oi depois de pensar muito e receber na parte administrativa e ele na supervisão
o total apoio da família que Álvaro da fábrica”, conta Álvaro. Mesmo se depa-
Macedo decidiu fundar a Real Bom- rando com um mercado resistente à rema-
bas, uma empresa especializada em remanu- nufatura como o brasileiro, o idealizador da
fatura de bombas d’água. A ideia surgiu de- Real Bombas não se deixou abater e con-
vido à procura pelo serviço e a experiência seguiu abrir uma empresa especializada em
adquirida nessa área nos 17 anos em que tra- linhas leves e pesadas, que incluem carros
balhou em uma empresa de bombas d’água antigos, nacionais e importados, caminhões,
novas, nos setores de controle de qualidade, ônibus, pás-carregadeiras, retroescavadeiras,
desenvolvimento do produto e assistência tratores, empilhadeiras, mini máquinas, mo-
técnica. “Nos dois últimos anos nessa em- tores estacionários, dentre outros. “O co-
presa eu estava dando palestras técnicas, e meço foi bastante difícil, afinal troquei algo
era muito comum receber ligações de clien- concreto por algo duvidoso. Mas, sempre
Álvaro e família: “ O nosso diferencial é composto pelo
tes solicitando uma bomba d’água especial, acreditei neste projeto. Hoje, é uma tendên- know how da equipe e no mix de produtos oferecidos.
para carro antigo ou importado, empilha- cia, em função do meio ambiente”, ressalta
deira, etc. Muitas vezes eu ouvia: “é só tro- o proprietário. e serviços, além dos diferenciais da empre-
car o selo mecânico, pois está vazando” ou Há nove anos no mercado, Álvaro acre- sa, buscando este mercado promissor, onde
ainda “só precisa trocar o rolamento, pois dita que o diferencial de sua empresa está no sim, temos como competir. Percebemos a
está apresentando ruído”. Então, depois de know how de sua equipe e no mix de pro- rápida resposta do mercado, pois na semana
algum tempo, surgiu-me a ideia de montar dutos que a Real Bombas atende. E para au- pós-evento já estávamos colhendo frutos,
uma empresa remanufaturadora. Lógico que mentar sua participação nesse mercado, esse ou seja, vários possíveis clientes nos conta-
foi necessário o apoio da minha família, em ano está investindo em eventos e feiras espe- tando para conhecerem melhor a proposta
especial, minha esposa e meu filho, que por cializados em linha pesada. “Na Construc- da empresa, e em alguns casos já solicitando
sinal, trabalham atualmente na empresa, ela tion Expo 2013 expomos nossos produtos orçamento”, comemora Álvaro Macedo.

Julho/Agosto 2013 » EaeAgrícola 33


Anunciantes :: A-Z

Utilize a relação de empresas abaixo para encontrar equipamentos, fabricantes, peças e serviços
monta- FABRI-
ANUNCIANTES Pág. Telefone WEB/EMAIL UF doras CANTES PEÇAS SERVIÇOS

Abrinq 03 ) (11) 3848-8799 8www.fundaabrinq.org.br SP

Antonio Zago 22 ) 0800-601-5050 8vendas@antoniozago.com.br RS ✓

BGL 24 ) (19) 3451-8210 8www.bgl.com.br SP ✓

Brasil Bronze 15 ) (11) 4676-6952 8www.brasilbronze.com.br SP ✓

Center Bob 28 ) (11) 3978-0024 8www.centrebob.com.br SP ✓ ✓

Curti 24 ) (11) 3743-5155 8www.curti.com.br SP ✓

Ecoplan 23 ) (51) 3041-9100 8www.metalurgicaecoplan.com.br RS ✓

Embrepoli 26 ) (41) 3045-4595 8www.embrepoli.com.br PR ✓

Encopel 29 ) (11) 2207-8850 8www.gtxe.com.br/encopel SP ✓

Ferex 29 ) (11) 3213-5646 8www.ferex.com.br SP ✓

JCB 36 ) (15) 3330-0400 8www.jcb.com SP ✓

MD 22 ) (51) 3478-2840 8www.mdfabrica.com.br RS ✓

Medal 25 ) (49) 3523-4400 8www.medal.com.br SC ✓

O´Cuatro 17 ) (51) 3338-9900 8www.ocuatro.com.br RS ✓

Parabrisa Raridade 32 ) (21) 3277-9038 8vidros@parabrisararidade.com.br RJ ✓ ✓

PIM 20 ) (41) 3382-3038 8www.palmares.ind.br PR ✓

Real Bombas 33 ) (19) 3271-3805 8www.realbombas.com.br SP ✓

Retifort 33 ) (11) 5563-4373 8www.retifortretifica.com.br SP ✓

Silenmak 26 ) (41) 3284-3016 8www.silenmak.com.br PR ✓

Silentec 19 ) (41) 3276-0891 8www.silentec.com.br PR ✓

Tractorfuso 31 ) (11) 2672-8790 8www.tractorfuso.com.br SP ✓

Tracar Cardans 30 ) (17) 3302-0404 8tracar@tracar.com.br SP ✓

Triex 30 ) (11) 2632-5622 8www.grupotriex.com.br SP ✓

Usinil 27 ) (17) 3531-2446 8www.usinil.com.br SP ✓

Shopping Aqui você encontra peças produzidas por fabricantes desta edição

Itens para linha Valtra Peças para a linha Filtros em geral


Caterpillar
Marca: Brasil Bronze Brasili Marca:
Preço: Sob consulta bronzei Ferex
Marca: Diversas
Fone: (11) 4676-6952
(11) 4676-5039 Preço:
Preço: Sob consulta Sob consulta
Site: www.
brasilbronze. TRACTOR FUSO FEREX
com.br
Fone: (11) 2672 - 8790 Fone:
(11) 3213 - 5646/
Site: www.tractorfuso. 5647
com.br Email:: comercial@
ferex.com.br

34 EaeAgrícola « Julho/Agosto 2013

Você também pode gostar