Você está na página 1de 2

EMENDAS SOLDADAS PARA BARRAS DE AÇO

CARACTERÍSTICAS DAS INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO


EMENDAS RUDLOFF 1. Encaixar as barras na luva em partes iguais:
• Fácil execução. barra 1 Y rasgo A barra 2

• Boa relação custo-bene cio.


• Material de resistência elevada. rasgo B L/2 L/2 luva com
Y dois rasgos
• Solução segura. L
Lado A1
• Aplicação variada na construção civil. Lado A2

• Devem ser executadas por soldador habilitado.


CORTE Y-Y:
Raiz da solda

DIMENSÕES Lado B2
Lado B1
2. Soldar a Luva na barra trecho a trecho, da seguinte
maneira:
• As interseções dos lados A1 e A2, B1 e B2, são
Ø interno as raízes da solda, ou seja, os pontos de início dos
L =COMPRIMENTO DA LUVA cordões de solda para unir as laterais do rasgo da
X Ø externo luva com a barra de aço CA-50.
• Preencher um cordão de solda nos lados A1 e de
CORTE X-X

pois B1, a par r da raiz, seguido de um cordão nos


lados A2 e depois B2, também par ndo da raiz.
X • Con nuar o preenchimento seguindo a mesma
sistemá ca indicada acima, sucessivamente, até se
Ø barra de Ø externo Ø interno Compri- preencher completamente os dois rasgos da luva.
Peso da
aço CA-50 da luva da luva mento L luva (kgf) Aspecto inicial: rasgo A solda
(mm) (mm) (mm) (mm)
12,5 25,4 15,0 75 0,16
16,0 28,5 19,0 95 0,21 solda
Z
20,0 35,0 23,0 120 0,42 Aspecto final: solda completa nos rasgos A e B
25,0 43,5 29,5 150 0,71
32,0 57,2 38,0 220 2,00
solda completa
Z

OBSERVAÇÕES CORTE Z-Z :

• Máquina de solda: corrente con nua com polari- solda completa


dade posi va (+).
INDICAÇÕES DO ELETRODO E REGULAGEM DA MÁQUINA
• O eletrodo deve estar seco, conforme as instru-
ções do fabricante • A) Eletrodo po: AWSE 6010 (conhecido como
‘’5P ou ‘’2245P’’) - Este eletrodo tem reves mento
• As extremidades onde será aplicada a solda de- celulósico e evita umidade. Recomendável para
vem estar limpas e secas. obras que não tenha equipamento/estufa para ar-
• Antes de sobrepor os cordões de solda, remo- mazenagem.
• B) Eletrodo po: AWSE7018 (conhecido como
ver toda a sujeira (escória) produzida pela primeira
aplicação da solda. OK 4804) - Este eletrodo exige cuidados na arma-
zenagem em locais com umidade, porém propor-
• Deve-se u lizar os equipamentos de proteção in- ciona maior facilidade na soldagem.
dicados para este po de trabalho: máscara, luvas,
Ø CA50 (mm) Ø eletrodo (mm) Corrente (A)
avental, etc.
12,5 / 16,0 2,5 60 - 90
• Devem ser feitos ensaios de algumas amostras 20 / 25 3,25 90 - 120
antes da aplicação defini va. 32 4,0 120 - 150

EMENDAS SOLDADAS PARA BARRAS DE AÇO


REV.8 - 12/2014
Rua Bogaert, 64 . São Paulo . SP . 04298-020 . Tel.: (11) 2083-4500 / (11) 2947-7773 . www.rudloff.com.br
EMENDAS SOLDADAS PARA BARRAS DE AÇO
CARACTERÍSTICAS DAS INSTRUÇÕES PARA EXECUÇÃO
EMENDAS RUDLOFF 1. Encaixar as barras na luva em partes iguais:
• Fácil execução. barra 1 Y rasgo A barra 2

• Boa relação custo-bene cio.


• Material de resistência elevada. rasgo B L/2 L/2 luva com
Y dois rasgos
• Solução segura. L
Lado A1
• Aplicação variada na construção civil. Lado A2

• Devem ser executadas por soldador habilitado.


CORTE Y-Y:
Raiz da solda

DIMENSÕES Lado B2
Lado B1
2. Soldar a luva na barra trecho a trecho, da seguinte
maneira:
• As interseções dos lados A1 e A2, B1 e B2, são
Ø interno as raízes da solda, ou seja, os pontos de início dos
L =COMPRIMENTO DA LUVA cordões de solda para unir as laterais do rasgo da
X Ø externo luva com a barra de aço CA-50.
• Preencher um cordão de solda nos lados A1 e de
CORTE X-X

pois B1, a par r da raiz, seguido de um cordão nos


lados A2 e depois B2, também par ndo da raiz.
X • Con nuar o preenchimento seguindo a mesma
sistemá ca indicada acima, sucessivamente, até se
Ø barra de Ø externo Ø interno Compri- preencher completamente os dois rasgos da luva.
Peso da
aço CA-50 da luva da luva mento L luva (kgf) Aspecto inicial: rasgo A solda
(mm) (mm) (mm) (mm)
12,5 25,4 15,0 75 0,16
16,0 28,5 19,0 95 0,21 solda
Z
20,0 35,0 23,0 120 0,42 Aspecto final: solda completa nos rasgos A e B
25,0 43,5 29,5 150 0,71
32,0 57,2 38,0 220 2,00
solda completa
Z

OBSERVAÇÕES CORTE Z-Z:

• Máquina de solda: corrente con nua com polari- solda completa


dade posi va (+).
INDICAÇÕES DO ELETRODO E REGULAGEM DA MÁQUINA
• O eletrodo deve estar seco, conforme as instru-
ções do fabricante • A) Eletrodo po: AWSE 6010 (conhecido como
‘’5P ou ‘’2245P’’) - Este eletrodo tem reves mento
• As extremidades onde será aplicada a solda de- celulósico e evita umidade. Recomendável para
vem estar limpas e secas. obras que não tenha equipamento/estufa para ar-
• Antes de sobrepor os cordões de solda, remo- mazenagem.
• B) Eletrodo po: AWSE7018 (conhecido como
ver toda a sujeira (escória) produzida pela primeira
aplicação da solda. OK 4804) - Este eletrodo exige cuidados na arma-
zenagem em locais com umidade, porém propor-
• Deve-se u lizar os equipamentos de proteção in- ciona maior facilidade na soldagem.
dicados para este po de trabalho: máscara, luvas,
Ø CA50 (mm) Ø eletrodo (mm) Corrente (A)
avental, etc.
12,5 / 16,0 2,5 60 - 90
• Devem ser feitos ensaios de algumas amostras 20 / 25 3,25 90 - 120
antes da aplicação defini va. 32 4,0 120 - 150

EMENDAS SOLDADAS PARA BARRAS DE AÇO


REV.8 - 12/2014
Rua Bogaert, 64 . São Paulo . SP . 04298-020 . Tel.: (11) 2083-4500 / (11) 2947-7773 . www.rudloff.com.br