Você está na página 1de 4

ANO 43 | C | BRANCO LT.

2 | Nº 64 | 08/12/2019

SOLENIDADE DA T. Bendito seja Deus que nos reu- Cristo, Filho Unigênito, / Senhor
IMACULADA CONCEIÇÃO niu no amor de Cristo. Deus, Cordeiro de Deus, Filho de
Deus Pai. / Vós que tirais o pecado
DE NOSSA SENHORA P. (ou Anim.) Irmãos e irmãs, toda do mundo, tende piedade de nós. /
a Igreja hoje exulta de alegria, Vós que tirais o pecado do mundo,
pois Deus revestiu com sua justiça acolhei a nossa súplica. / Vós que
aquela que seria a Mãe do Salva- estais à direita do Pai, tende pieda-
dor. Como uma noiva ornada de de de nós. / Só vós sois o Santo, só
joias, Deus enfeitou aquela que vós, o Senhor, / só vós o Altíssimo,
escolhera para trazer ao mundo Jesus Cristo, / com o Espírito Santo,
o Redentor. E do ventre da ido- na glória de Deus Pai. Amém.
sa e estéril Ana, fez gerar a Mãe
de Nosso Senhor. E assim, Deus 5 ORAÇÃO
vai confirmando sua promessa
e enchendo de esperança todos P. Oremos: (silêncio) Ó Deus, que
aqueles que creem, pois em Ma- preparastes uma digna habitação
ria concebida sem pecado, Deus para o vosso Filho, pela imaculada
manifesta a todos nós o destino conceição da Virgem Maria, preser-
original da criação. Louvemos o vando-a de todo pecado em previ-
Senhor pela escolha de Maria! são dos méritos de Cristo, conce-
dei-nos chegar até vós purificados
3 ATO PENITENCIAL também de toda culpa por sua ma-
terna intercessão. Por N.S.J.C.
P. Irmãos e irmãs, no dia em que ce- T. Amém.
lebramos o mistério da Conceição
RITOS INICIAIS Imaculada de Nossa Senhora, apro-
ximemo-nos do Deus justo e santo,
LITURGIA DA PALAVRA
1 CANTO DE ABERTURA para que tenha piedade de nós, pe- Anim. Maria é a Nova Eva que pela
cadores. obediência desatou o nó da deso-
1. Tu és a glória de Jerusalém! Ave, bediência da Antiga Eva. Graças a
Maria! És a alegria do Povo de (silêncio) sua obediência ela fez chegar até
Deus! Ave, Maria! P. Senhor, que sois o defensor dos nós o grande anúncio da salvação:
2. Tu és a honra da humanidade! pobres, tende piedade de nós. Deus veio habitar em nosso meio!
Ave, Maria! És a ditosa por Deus T. Senhor, tende piedade de nós. Escutemos o Senhor que nos fala da
escolhida! Ave, Maria! P. Cristo, que sois o refúgio dos fra- realização de suas promessas.
3. Das tuas mãos nos vieram pro- cos, tende piedade de nós.
dígios! Ave, Maria! És o refúgio do T. Cristo, tende piedade de nós. 6 PRIMEIRA LEITURA
(Gn 3,9-15.20)
povo de Deus! Ave, Maria! P. Senhor, que sois a esperança dos
4. O que fizeste agradou ao Senhor! pecadores, tende piedade de nós. Leitura do livro do Gênesis – De-
pois que Adão comeu do fruto da
Ave, Maria! Bendita sejas por Deus T. Senhor, tende piedade de nós. árvore, 9o Senhor Deus chamou
poderoso! Ave, Maria! P. Deus todo-poderoso tenha com- Adão, dizendo: “Onde estás?” 10E
5. Povos da terra, louvai a Maria! paixão de nós, perdoe os nossos pe- ele respondeu: “Ouvi tua voz no jar-
Ave, Maria! Eternamente aclamai o cados e nos conduza à vida eterna. dim, e fiquei com medo porque es-
seu nome! Ave, Maria! T. Amém. tava nu; e me escondi”. 11Disse-lhe
o Senhor Deus: “E quem te disse
2 SAUDAÇÃO 4 GLÓRIA que estavas nu? Então comeste da
árvore, de cujo fruto te proibi co-
P. Em nome do Pai e do Filho e do Glória a Deus nas alturas, / e paz mer?” 12Adão disse: “A mulher que
Espírito Santo. na terra aos homens por Ele ama- tu me deste por companheira, foi
T. Amém. dos. / Senhor Deus, Rei dos céus, ela que me deu do fruto da árvore
Deus Pai todo-poderoso. / nós vos e eu comi”. 13Disse o Senhor Deus
P. O Deus da esperança, que nos louvamos, nós vos bendizemos, / à mulher: “Por que fizeste isso?” E
cumula de toda alegria e paz em nós vos adoramos, nós vos glorifi- a mulher respondeu: “A serpente
nossa fé, pela ação do Espírito San- camos, / nós vos damos graças por enganou-me e eu comi”. 14Então
to, esteja convosco. vossa imensa glória. / Senhor Jesus o Senhor Deus disse à serpente:
1
“Porque fizeste isso, serás maldita P. Proclamação do Evangelho de Je- sob Pôncio Pilatos; / padeceu e foi
entre todos os animais domésticos sus Cristo segundo Lucas. sepultado. / Ressuscitou ao tercei-
e todos os animais selvagens! Ras- T. Glória a vós, Senhor. ro dia, / conforme as Escrituras, / e
tejarás sobre o ventre e comerás P. Naquele tempo, 26no sexto mês, subiu aos céus, / onde está sentado
pó todos os dias da tua vida! 15Porei o anjo Gabriel foi enviado por Deus à direita do Pai. / E de novo há de
inimizade entre ti e a mulher, entre a uma cidade da Galiléia, chamada vir, em sua glória, / para julgar os
a tua descendência e a dela. Esta Nazaré, 27a uma virgem, prometida vivos e os mortos; / e o seu reino
te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o em casamento a um homem cha- não terá fim. / Creio no Espírito San-
calcanhar”. 20E Adão chamou à sua mado José. Ele era descendente de to, / Senhor que dá a vida, / e pro-
mulher “Eva”, porque ela é a mãe Davi e o nome da virgem era Maria. cede do Pai e do Filho; / e com o Pai
de todos os viventes. - Palavra do 28
O anjo entrou onde ela estava e e o Filho é adorado e glorificado: /
Senhor. disse: “Alegra-te, cheia de graça, o ele que falou pelos profetas. / Creio
T. Graças a Deus! Senhor está contigo!” 29Maria ficou na Igreja, / una, santa, católica e
perturbada com estas palavras e apostólica. / Professo um só batis-
7 SALMO 97(98) começou a pensar qual seria o sig- mo / para remissão dos pecados. /
nificado da saudação. 30O anjo, en- E espero a ressurreição dos mortos
Cantai ao Senhor Deus um canto tão, disse-lhe: “Não tenhas medo, / e a vida do mundo que há de vir.
novo, porque ele fez prodígios! Maria, porque encontraste graça Amém.
1. Cantai ao Senhor Deus um canto diante de Deus. 31Eis que concebe-
novo, / porque ele fez prodígios! / rás e darás à luz um filho, a quem 13 ORAÇÃO DOS FIÉIS
Sua mão e o seu braço forte e santo porás o nome de Jesus. 32Ele será
/ alcançaram-lhe a vitória. grande, será chamado Filho do Al- P. No dia em que celebramos a ima-
2. O Senhor fez conhecer a salva- tíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o culada Conceição de Maria, Mãe
ção, / e às nações, sua justiça; / re- trono de seu pai Davi. 33Ele reinará do Senhor, elevemos nossas preces
cordou o seu amor sempre fiel pela ao Pai, por meio de seu Filho Jesus
para sempre sobre os descenden- Cristo, e rezemos juntos:
/ casa de Israel. tes de Jacó, e o seu reino não terá
3. Os confins do universo contem- fim”. 34Maria perguntou ao anjo: T. Senhor, escutai a nossa prece.
plaram a salvação do nosso Deus. / “Como acontecerá isso, se eu não 1. Senhor, Vós quisestes que Maria
Aclamai o Senhor Deus, ó terra in- conheço homem algum?” 35O anjo fosse modelo de escuta para toda a
teira, / alegrai-vos e exultai! respondeu: “O Espírito virá sobre vossa Igreja; concedei-nos a mesma
ti, e o poder do altíssimo te cobrirá graça da escuta obediente à vossa
8 SEGUNDA LEITURA com sua sombra. Por isso, o menino Palavra.
(Ef 1,3-6.11-12)
que vai nascer será chamado santo, 2. Senhor, a Virgem Maria acolheu
Leitura da carta de Paulo aos Efésios Filho de Deus. 36Também Isabel, tua o anúncio do anjo de que ela seria a
- 3Bendito seja Deus, Pai de nosso parenta, concebeu um filho na ve- Mãe do nosso Salvador; cumulai to-
Senhor Jesus Cristo. Ele nos aben- lhice. Este já é o sexto mês daquela das as mães com os dons necessá-
çoou com toda a bênção do seu que era considerada estéril, 37por- rios para cuidar, proteger e educar
Espírito em virtude de nossa união que para Deus nada é impossível”. seus filhos.
com Cristo, no céu. 4Em Cristo, ele 38
Maria, então, disse: “Eis aqui a 3. Senhor, a Mãe de Jesus esteve
nos escolheu, antes da fundação do serva do Senhor; faça-se em mim sempre atenta às necessidades
mundo, para que sejamos santos e segundo a tua palavra!” E o anjo re- dos discípulos e discípulas; conce-
irrepreensíveis sob o seu olhar, no tirou-se. – Palavra da salvação. dei aos novos padres de nossa Ar-
amor. 5Ele nos predestinou para - Glória a vós, Senhor! quidiocese serem sempre solícitos
sermos seus filhos adotivos por in- para com todos.
termédio de Jesus Cristo, conforme 11 HOMILIA 4. Senhor, a Virgem Maria com o
a decisão da sua vontade, 6para o seu sim tornou-se vossa serva; dai
louvor da sua glória e da graça com à Igreja de São Paulo, neste tempo
que ele nos cumulou no seu bem- 12 PROFISSÃO DE FÉ sinodal, crescer no desejo de servir
-amado. 11Nele também nós rece- Creio em um só Deus, Pai todo- sempre mais.
bemos a nossa parte. Segundo o -poderoso, / Criador do céu e da
projeto daquele que conduz tudo (Outras preces da comunidade)
terra; de todas as coisas visíveis e
conforme a decisão de sua vonta- invisíveis. / Creio em um só Senhor, P. Tudo isso vos pedimos, ó Pai, por
de, nós fomos predestinados 12a Jesus Cristo, / Filho Unigênito de Cristo nosso Senhor.
sermos, para o louvor de sua glória, Deus, / nascido do Pai antes de to- T. Amém.
os que de antemão colocaram a sua dos os séculos: / Deus de Deus, / luz
esperança em Cristo. - Palavra do da luz, / Deus verdadeiro de Deus
Senhor. verdadeiro, / gerado, não criado, /
T. Graças a Deus! consubstancial ao Pai. / Por Ele to- 14 APRESENTAÇÃO DAS
das as coisas foram feitas. / E por OFERENDAS (Lc 1,45)
9 ACLAMAÇÃO nós, homens, e para nossa salva-
(Lc 1,28) Ouviste a Palavra de Deus, guar-
Aleluia, aleluia, aleluia. ção, / desceu dos céus: daste em teu coração. / Feliz por-
Maria, alegra-te, ó cheia de graça, o (Todos se inclinam) que creste, Maria, por ti nos vem
Senhor é contigo! P. e se encarnou pelo Espírito Santo, a salvação.
/ no seio da virgem Maria, / e se fez 1. Nas palavras da lei os profetas
10 EVANGELHO homem. tua alma sedenta bebia / Esperan-
(Lc 1,26-38)
ça do povo na vinda de Deus que os
P. O Senhor esteja convosco. (Retorna-se à posição anterior) famintos sacia.
T. Ele está no meio de nós. T. Também por nós foi crucificado / 2. Quando o anjo por Deus foi man-
2
dado dizer-te da escolha tão alta, / Na noite em que ia ser entregue, ele reino os nossos irmãos e irmãs que
Sendo Mãe, tu quiseste ser serva do tomou o pão, deu graças, e o partiu partiram desta vida e todos os que
“Deus que os humildes exalta”. e deu a seus discípulos, dizendo: morreram na vossa amizade. Uni-
3. Quando o viste nascer rejeitado, TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O dos a eles, esperamos também nós
perseguido até a morte cruel. / Tua MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE saciar-nos eternamente da vossa
fé trouxe a Páscoa da vida, pois, POR VÓS. glória, por Cristo, Senhor nosso.
“Deus para sempre é fiel”. Do mesmo modo, ao fim da ceia, T. A todos saciai com vossa glória!
ele tomou o cálice em suas mãos, Por ele dais ao mundo todo bem e
15 ORAÇÃO SOBRE AS deu graças novamente, e o deu a toda graça.
OFERENDAS seus discípulos, dizendo: CP ou CC. Por Cristo, com Cristo
P. Acolhei, ó Deus, o sacrifício da TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-
salvação que vos oferecemos na CÁLICE DO MEU SANGUE, O SAN- -poderoso, na unidade do Espírito
festa da Virgem Maria, concebida GUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, Santo, toda a honra e toda a glória,
sem pecado original; e, ao procla- QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS agora e para sempre.
marmos que a vossa graça a pre- E POR TODOS PARA REMISSÃO T. Amém.
servou de toda culpa, livrai-nos, por DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM ME-
sua intercessão, de todo pecado. MÓRIA DE MIM. 17 RITO DA COMUNHÃO
Por Cristo, nosso Senhor. Eis o mistério da fé!
T. Amém. T. Anunciamos, Senhor, a vossa 17 CANTO DE COMUNHÃO
18
morte e proclamamos a vossa res- (Salve Sancta Parens)

16 ORAÇÃO EUCARÍSTICA III surreição. Vinde, Senhor Jesus! Salve, ó Santa Mãe! À nós destes
(Pref. MR,716)
CC. Celebrando agora, ó Pai, a me- o Rei que governa o céu e a terra.
P. Na verdade, é justo e necessário, mória do vosso Filho, da sua paixão 1. A minh'alma engrandece o Se-
é nosso dever e salvação dar-vos que nos salva, da sua gloriosa res- nhor / e se alegrou o meu espírito
graças, sempre e em todo lugar, surreição e da sua ascensão ao céu, em Deus, meu Salvador; / pois, ele
Senhor, Pai santo, Deus eterno e e enquanto esperamos a sua nova viu a pequenez de sua serva, / des-
todo-poderoso. A fim de preparar vinda, nós vos oferecemos em ação de agora as gerações hão de cha-
para o vosso Filho mãe que fosse de graças este sacrifício de vida e mar-me de bendita.
digna dele, preservastes a virgem santidade. 2. O Poderoso fez em mim maravi-
Maria da mancha do pecado origi- T. Recebei, ó Senhor, a nossa oferta! lhas / e Santo é o seu nome! / Seu
nal, enriquecendo-a com a plenitu- Olhai com bondade a oferenda da amor, de geração em geração, /
de da vossa graça. Nela, nos destes vossa Igreja, reconhecei o sacrifício chega a todos que o respeitam;
as primícias da Igreja, esposa de que nos reconcilia convosco e con- 3. Demonstrou o poder de seu bra-
Cristo, sem ruga e sem mancha, cedei que, alimentando-nos com o ço, / dispersou os orgulhosos. / Der-
resplandecente de beleza. Puríssi- Corpo e o Sangue do vosso Filho, rubou os poderosos de seus tronos
ma, na verdade, devia ser a virgem sejamos repletos do Espírito Santo / e os humildes exaltou.
que nos daria o salvador, o Cordei- e nos tornemos em Cristo um só
ro sem mancha, que tira os nossos corpo e um só espírito. 4. De bens saciou os famintos, / e
pecados. Escolhida, entre todas as despediu, sem nada os ricos. / Aco-
T. Fazei de nós um só corpo e um lheu Israel, seu servidor, / fiel ao
mulheres, modelo de santidade só espírito!
e advogada nossa, ela intervém seu amor,
P. Que ele faça de nós uma oferen- 5. Como havia prometido aos nos-
constantemente em favor de vosso da perfeita para alcançarmos a vida
povo. Unidos à multidão dos anjos sos pais, / em favor de Abraão e de
eterna com os vossos santos: a Vir- seus filhos para sempre. / Glória ao
e dos santos, proclamamos a vos- gem Maria, Mãe de Deus, São José,
sa bondade, cantando (dizendo) a seu esposo, os vossos Apóstolos e Pai e ao Filho e ao Espírito Santo /
uma só voz… Mártires, e todos os santos, que como era no princípio, agora e sem-
T. Santo, Santo, Santo... não cessam de interceder por nós pre. Amém.
CP. Na verdade, vós sois santo, ó na vossa presença.
Deus do universo, e tudo o que 19 ORAÇÃO APÓS A
T. Fazei de nós uma perfeita oferenda! COMUNHÃO
criastes proclama o vosso louvor, 2C. E agora, nós vos suplicamos,
porque, por Jesus Cristo, vosso Fi- ó Pai, que este sacrifício da nossa P. Senhor nosso Deus, que a comu-
lho e Senhor nosso, e pela força do reconciliação estenda a paz e a sal- nhão na vossa Eucaristia cure em
Espírito Santo, dais vida e santidade vação ao mundo inteiro. Confirmai nós as feridas do pecado original, do
a todas as coisas e não cessais de na fé e na caridade a vossa Igreja, qual Maria foi preservada de modo
reunir o vosso povo, para que vos enquanto caminha neste mundo: admirável ao ser concebida sem pe-
ofereça em toda parte, do nascer o vosso servo o Papa Francisco, o cado. - Por Cristo, nosso senhor.
ao pôr do sol, um sacrifício perfeito. nosso bispo Odilo, com os Bispos T. Amém.
T. Santificai e reuni o vosso povo! do mundo inteiro, o clero e todo o
CC. Por isso, nós vos suplicamos: povo que conquistastes. 20 ORAÇÃO PELO SÍNODO
santificai pelo Espírito Santo as ofe- T. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja! ARQUIDIOCESANO
rendas que vos apresentamos para Atendei às preces da vossa família, T. Divino Espírito Santo, vós sois a
serem consagradas, a fim de que que está aqui, na vossa presença. alma da Igreja / e renovais a face
se tornem o Corpo e † o Sangue de Reuni em vós, Pai de misericórdia, da terra. / Vinde em nosso auxílio
Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor todos os vossos filhos e filhas dis- / na realização do primeiro Síno-
nosso, que nos mandou celebrar persos pelo mundo inteiro. do arquidiocesano de São Paulo.
este mistério. T. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos / Renovai em nós a fé, a esperan-
T. Santificai nossa oferenda, ó filhos! ça e a caridade; / animai-nos com
Senhor! 3C. Acolhei com bondade no vosso um vivo ardor missionário / para
3
o testemunho do Evangelho nesta
Cidade imensa. / Seguindo o exem- A IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA
plo de Maria, Mãe da Igreja, / do
apóstolo São Paulo, Patrono de A mensagem da Solenidade da é saudada por santa Isabel, assim
nossa Arquidiocese, / de São José Imaculada Conceição da Virgem também nós fomos desde sempre
de Anchieta, Santa Paulina e Santo Maria pode resumir-se com estas "abençoados", ou seja, amados,
palavras: tudo é dom gratuito de e por isso "escolhidos antes da
Antônio de Santana Galvão, / dos Deus, tudo é graça, tudo é dom criação do mundo para ser santos
bem-aventurados Padre Mariano e do seu mor por nós. O Arcanjo e imaculados" (Ef 1, 4). Maria foi
Madre Assunta / e dos santos Pa- Gabriel chama Maria "cheia de preservada, enquanto nós fomos
droeiros de nossas Comunidades, graça" (Lc 1, 28): nela não há lugar salvos graças ao Batismo e à fé.
/ sejamos também nós ardorosos para o pecado, porque Deus a es- Mas todos, tanto ela como nós,
discípulos-missionários de Jesus colheu desde sempre como mãe por meio de Cristo, "em louvor
Cristo / para que, nele, todos te- de Jesus e preservou-a do pecado do esplendor da sua graça" (v. 6),
nham vida em abundância. / Di- original. E Maria corresponde à daquela graça da qual a Imaculada
vino Espírito Santo, iluminai-nos. graça e a ela se abandona dizen- foi colmada em plenitude.
Amém! do ao Anjo: "Faça-se em mim se- Diante do amor, face à misericór-
gundo a tua palavra" (v. 38). Não dia, à graça divina derramada nos
diz: "farei segundo a tua palavra":
RITOS FINAIS não! Mas: "Faça-se em mim...". E nossos corações, a consequência
o Verbo fez-se carne no seu ven- que se impõe é uma só: a gratui-
21 BÊNÇÃO FINAL tre. Também a nós é pedido que tidade. Ninguém pode comprar
(MR, p. 527, n.15)
ouçamos Deus que nos fala e que a salvação! A salvação é um dom
P. O Senhor esteja convosco. acolhamos a sua vontade; segun- gratuito do Senhor, um dom gra-
T. Ele está no meio de nós. do a lógica evangélica nada é mais tuito de Deus que vem em nós e
P. O Deus de bondade, que pelo Fi- ativo e fecundo do que ouvir e habita em nós. Assim como rece-
lho da Virgem Maria quis salvar a to- acolher a Palavra do Senhor, que bemos gratuitamente, também
dos, vos enriqueça com sua bênção. vem do Evangelho, da Bíblia. O Se- gratuitamente somos chamados
nhor fala-nos sempre! a dar (cf. Mt 10, 8); à imitação
T. Amém. de Maria que, logo depois de ter
P. Seja-vos dado sentir sempre e A atitude de Maria de Nazaré mos- acolhido o anúncio do Anjo, vai
por toda parte a proteção da Vir- tra-nos que o ser vem antes do partilhar o dom da fecundida-
gem, por quem recebestes o autor fazer, e que é preciso deixar que de com a sua prima Isabel. Por-
da vida. Deus faça para ser verdadeiramen- que, se tudo nos foi doado, tudo
te como Ele quer. É Ele quem faz
T. Amém. em nós tantas maravilhas. Maria é deve ser doado de novo. De que
P. E vós, que vos reunistes hoje para receptiva, mas não passiva. Assim modo? Deixando que o Espírito
celebrar sua solenidade, possais co- como, a nível físico, recebe o po- Santo faça de nós um dom para
lher a alegria espiritual e o prêmio der do Espírito Santo mas depois os outros. O Espírito é dom para
eterno. doa carne e sangue ao Filho de nós e nós, com a força do Espírito,
Deus que se forma nela, também devemos ser dom para os outros
T. Amém. e deixar que o Espírito Santo nos
P. Abençoe-vos Deus todo-podero- a nível espiritual, acolhe a graça
e corresponde a ela com a fé. Por torne instrumentos de acolhimen-
so, Pai e Filho † e Espírito Santo. to, instrumentos de reconciliação,
isso santo Agostinho afirma que a
T. Amém. Virgem "concebeu primeiro no co- instrumentos de perdão. Se a nos-
P. Ide em paz, e o Senhor vos acom- ração e depois no seio" . Concebeu sa existência se deixa transformar
panhe. primeiro a fé e depois o Senhor. pela graça do Senhor, porque a
T. Graças a Deus. Este mistério do acolhimento da graça do Senhor nos transforma,
graça, que em Maria, por um pri- não podemos reter para nós a luz
vilégio único, era sem o obstáculo que vem do seu rosto, mas dei-
22
17 CANTO FINAL do pecado, é uma possibilidade xaremos que ela passe para que
para todos. Com efeito, são Paulo ilumine os outros. Aprendamos de
Ó Mãe do Redentor, do céu ó porta, / abre a sua Carta aos Efésios com Maria, que manteve o olhar fixo
ao povo que caiu, socorre e exorta, / estas palavras de louvor: "Bendito constantemente no Filho e o seu
pois busca levantar-se, Virgem pura, seja Deus, Pai de Nosso Senhor Je- rosto tornou-se "a face que mais
/ nascendo o Criador da criatura: / sus Cristo, que nos abençoou com se assemelha a Cristo" . E a ela nos
tem piedade de nós e ouve, suave, / todas as bênçãos espirituais no dirijamos agora com a oração que
o anjo te saudando com seu Ave! céu em Cristo" (1, 3). Como Maria recorda o anúncio do Anjo.
Papa Francisco
Ângelus, 08/12/2014
POVO DE DEUS EM SÃO PAULO
- SEMANÁRIO LITÚRGICO -
Publicação da Mitra Arquidiocesana de São Paulo NOVA BÍBLIA PASTORAL
Av. Higienópolis, 890 - São Paulo - SP - 01238-000
TEL: 3660-3700 Edição com linguagem e notas explicativas atualizadas e de
Redator: Pe. Luiz Eduardo Pinheiro Baronto | Administra- fácil compreensão para a animação bíblica da pastoral.
ção: Maria das Graças (Cássia) | Assinaturas: Ariane r.3724
| Diagramação: Fábio Lopes | Ilustração de cabeçalho:
Cláudio Pastro | Ilustrador: Guto Godoy | povodedeus@ Vendas: (11) 3789-4000 | paulus.com.br/loja
arquidiocesedesaopaulo.org.br | Site: www.arquisp.org. PAULUS Livrarias: Praça da Sé e Metrô Vila Mariana
br | Impressão: Paulus Gráfica - 90.000 por celebração

4 Atenção! As partituras dos cantos estão disponíveis em nosso portal: www.arquisp.org.br/liturgia/folheto-povo-de-deus