Você está na página 1de 3

Departamento de Ciências

Experimentais e Educação Física


Área disciplinar de Biologia e Geologia
Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Ano letivo 2019/2020
Direção de Serviços da Região Centro

FICHA DE TRABALHO: A Estrutura do Globo Terrestre

Nome do aluno____________________________________________________Nº__________
Grupo I
1- A Figura 1 e o Gráfico 1 representam alguns parâmetros para a caracterização da estrutura do globo
terrestre.

Figura 1
1.1 Refere que dados apoiam a hipótese de o núcleo externo
se encontrar no estado líquido.
1.2 Explica porque pensam os cientistas que o núcleo interno
se encontra no estado sólido.
1.3- Menciona dois argumentos que apoiam a hipótese de o
núcleo
ter uma composição essencialmente constituída por ferro e níquel.
1.4 Refere a designação de cada uma das descontinuidades
representadas na Figura 1 pelos números 1, 2 e 3.
1.5 Com base nos dados fornecidos, caracteriza cada uma
das unidades estruturais consideradas, relativamente à pressão,
à temperatura e à densidade.
Gráfico 1

Pressão Temperatura Densidade

Crusta

Manto

Núcleo
externo
Núcleo
interno
1.6- Explica a diminuição da velocidade das ondas sísmicas que
se verifica na astenosfera.
2- A Figura 2 representa uma secção da Terra, mostrando o trajeto
de ondas sísmicas. As letras assinalam os locais onde estavam
situados sismógrafos.

MOD.01, revisão 0 Página 1 de 3


2.1- Indica em que estação a diferença de tempo entre a chegada das ondas P e das ondas S foi
menor.
2.1.1- Justifica a tua escolha.
2.2- Refere uma estação em que não houve registo de ondas P nem de ondas S diretas.
2.2.1- Explica a razão para esse facto.
Figura 2
GRUPO II
Leia, com atenção, o seguinte texto e observe a figura que o acompanha. Um volume de energia seis mil
vezes superior ao consumo mundial de electricidade brilha sobre a Terra. Mesmo com a tecnologia já
disponível, poderíamos obter o suficiente para satisfazer a nossa procura de electricidade dezenas de
vezes, mas a construção das infra-estruturas custarnos-ia muito mais aos preços actuais do que se
continuarmos a queimar combustíveis fósseis. Como comprovam os dados recolhidos pelos satélites da
NASA, os líderes mundiais do sector solar não são os países mais soalheiros, mas aqueles com capacidade
para pagar um custo suplementar pela electricidade solar. No entanto, os custos estão a baixar de maneira
sustentada. Na zona subtropical, os países em desenvolvimento poderão beneficiar desta tendência. George
Johnson, National GeographicPortugal, Outubro de 2009 (adaptado)

1. Classifique cada uma das seguintes afirmações como verdadeira (V) ou falsa (F).
[A]. A maior parte da electricidade produzida no mundo é proveniente de fontes de energia não renováveis.
[B]. A energia hidroeléctrica é, de entre as fontes de energia renováveis, aquela que apresenta um maior
potencial de gerar energia.
[C]. A energia eólica foi a energia renovável mais utilizada no mundo, no ano de 2006.
[D]. A energia solar teve uma contribuição bastante reduzida na produção de electricidade em 2006.
[E]. A energia solar pode ser considerada uma fonte de energia inesgotável.
[F]. O potencial do Sol para produzir energia é muito superior ao das outras fontes renováveis.
[G]. Entre as fontes de energia não renováveis que contribuíram para a produção de electricidade no ano de
2006, encontram-se os combustíveis fósseis e a energia da biomassa.
[H]. Há mais do que uma forma de converter a energia solar em energia eléctrica.
2. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo | a obter uma
afirmação correcta. Os combustíveis fósseis são recursos____, extraídos da____e cuja queima liberta
grandes quantidades de____.
[A]. renováveis [...] geosfera [...] fumos
[B]. não renováveis [...] atmosfera [...] C02
[C]. energéticos [...] geosfera [...] CO2
[D]. minerais [...] hidrosfera [...] fumos
3. Seleccione a alternativa que permite obter uma afirmação correcta.
A principal razão pela qual se continuam a queimar combustíveis fósseis é...
[A]. o facto de terem um potencial energético muito superior à de outras fontes de energia.
[B]. serem muito abundantes no planeta e, por isso, muito baratos.
[C]. ser mais fácil e económica a sua extracção e utilização, com a tecnologia e infra-estruturas
existentes, em relação a outras fontes de energia.
[D]. não ter sido feito um esforço de investigação noutras fontes de energia.

4. Apresente uma explicação para o facto das energias renováveis com maior potencial para a
produção de energia eléctrica não serem aquelas que, actualmente, mais se utilizam à escala mundial.
5. A obtenção de energia a partir de fontes renováveis é bastante condicionada por factores de natureza
geográfica. Indique de que modo os factores de natureza geográfica podem condicionar a utilização
de cada uma das fontes renováveis representadas na figura.

Grupo III

MOD.01, revisão 0 Página 2 de 3


Observe os gráficos seguintes que ilustram a variação do fluxo geotérmico e da força gravítica na
crista médio-oceânica. O valor O de distância coincide com o rifte.

1.Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma afirmação
correcta. Na região central das cristas oceânicas verifica-se uma_____e o_____é mais
baixo que nas zonas adjacentes.
[A]. anomalia gravimétrica positiva [...] gradiente geotérmico
[B]. anomalia gravimétrica negativa [...] gradiente geotérmico
[C]. anomalia gravimétrica positiva [...] grau geotérmico
[D]. anomalia gravimétrica negativa [...] grau geotérmico
2. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma
afirmação correcta. A variação___na região considerada nos gráficos permite concluir que as rochas que
se situam por baixo do rifte apresentam___que as rochas adjacentes.
[A]. da gravidade [...] menor densidade
[B]. do fluxo geotérmico [...] maior densidade
[C]. da gravidade [...] maior densidade
[D]. do fluxo geotérmico [...] menor densidade
3. Seleccione a alternativa que preenche os espaços na frase seguinte, de modo a obter uma
afirmação correcta. A____que se verifica na crista médio-oceânica determina valores elevados de fluxo
geotérmico na região central, bem como a____das rochas dos fundos oceânicos.
[A]. actividade vulcânica [...] baixa densidade
[B]. anomalia gravimétrica [...] elevada densidade
[C]. actividade vulcânica [...] juventude
[D]. anomalia gravimétrica [...] antiguidade

4. A densidade das rochas que constituem os fundos oceânicos é de 2,9 g/cm3 e a densidade das rochas
dos continentes é ainda mais baixa, de cerca de 2,7 g/cm3. No entanto, a densidade calculada para o
planeta Terra, tendo em conta cálculos que relacionam a sua massa e volume, é de 5,5 g/cm3. Explique de
que modo estes valores são concordantes com o modelo geoquímico da estrutura interna da Terra.

5. O conhecimento dos fundos oceânicos é relativamente recente e data da década de 60 do século


passado. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações.
[A]. A dorsal oceânica é formada por rochas extensamente deformadas.
[B]. Os fundos abissais são as regiões mais baixas da Terra.
[C]. A crusta oceânica é menos espessa que a crusta continental.
[D]. Todas as regiões imersas da Terra pertencem ao domínio oceânico.
[E]. As plataformas estáveis são zonas de águas profundas, que pertencem ao domínio oceânico.
[F]. As fossas oceânicas situam-se em regiões de limites divergentes das placas litosféricas.
[G]. Nas zonas de subducção verifica-se a fusão de crusta oceânica.
[H]. O talude continental pertence ao domínio continental e marca a transição para o domínio
oceânico.

MOD.01, revisão 0 Página 3 de 3