Você está na página 1de 3

Ficha de Trabalho Nº 6 UFCD 6562

Formador:

_____________________
Data:___/___/_______
Nome:_________________________________________
Classificação:
Data:____/____/______ Formador: João Carlos Calado
_____________________
ATENÇÃO: Leia, atentamente, cada questão e responda de forma clara e objetiva.
GRUPO I (20 pontos)
1 – Classifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmações:
a) A saúde é um conceito bastante objetivo.
b) Ter saúde é apenas não estar doente.
c) A atuação sobre os fatores de risco de forma a evitar a doença é uma atitude característica da
prevenção primária.
d) Melhorar a função residual está inerente ao conceito de prevenção secundária.
e) Nos cuidados de saúde primários a prioridade deve ser o tratamento da doença.
f) As bactérias são seres eucarióticos e pluricelulares.
g) As bactérias não se desenvolvem na presença de matéria orgânica.
h) Os vírus são seres vivos habitualmente de maiores dimensões que os fungos.
i) A maior parte dos vírus é destruído com um antibiótico de largo espectro.
j) O bacilo de Kock é um vírus que pode provocar a tuberculose pulmonar.
l) O ambiente influencia a saúde.
m) Ser feliz é um aspeto importante para ter qualidade de vida.
n) Uma infeção associada aos cuidados de saúde pode ocorrer no domicílio de um doente.
o) As gripes são provocadas por várias estirpes de protozoários.
p) As constipações são provocadas por bactérias.
q) Os parasitas externos podem estar hospedados nos animais domésticos.

GRUPO II (40 pontos)


1 – Faça corresponder, utilizando uma seta, o tipo de flora microbiana das mãos (Coluna A) com a
respetiva definição correta (Coluna B):
Coluna A Coluna B
Flora Transitória Existe normalmente na epiderme onde se multiplica.
É formada por microrganismos que adquirimos no contacto com o
Flora Permanente
ambiente que seja animado ou inanimado.

2 – Indique a principal via de transmissão de cada uma das seguintes patologias:


Diarreia
Gripe
Tuberculose Pulmonar

3 – Na natureza existem diversos tipos de reservatórios de microrganismos. Complete a tabela seguinte.


Reservatórios Exemplos
_____________________ Água e ________________.
Animais Ovos e ________________.

Escola Profissional da Região Alentejo | Curso Técnico/a Auxiliar de Saúde


Formador: João Carlos Calado | Évora | 2020 | UFCD 6562
GRUPO III (20 pontos)
1 – Coloque uma (X) na afirmação que consideres a mais correta.
1.1 – O Programa Nacional de Controlo da Infeção (PNCI) é sedeado:
a) Nos hospitais.
b) Na Organização Mundial de Saúde.
c) Na Direção Geral de Saúde.
d) No Ministério da Saúde
1.2 – Os microrganismos:
a) São seres muitos pequenos.
b) Só são visíveis ao microscópico.
c) São todos patogénicos.
d) a) e b) estão corretas.
1.3 – O que entende por epidemiologia:
a) Ciência que estuda as infeções nos hospitais.
b) Doença causada por uma bactéria patogénica.
c) Ciência que estuda a ocorrência, a distribuição e o controlo das doenças.
d) a) e c) estão corretas.
1.4 – No que diz respeito à prevenção e controlo da infeção, o que são as precauções básicas:
a) São aquelas medidas de prevenção que devem ser utilizadas nos cuidados prestados a todos os
utentes/doentes.
b) São todas as medidas de prevenção e controlo de infeção.
c) São as prevenções utilizadas exclusivamente nos centros de saúde.
d) b) e c) estão corretas.

GRUPO IV (100 pontos)


1 – Distinga colonização de infeção. (12 pontos)
2 – Indique três profissionais que integrem o Grupo Coordenador do Programa Nacional para o Controlo da
Infeção. (9 pontos)
3 – As comissões de controlo de infeção de um hospital devem ter apoio de elemento do pessoal
administrativo.
Indique duas competências profissionais que este elemento da equipa deve possuir. (6 pontos)
4 – Indique três funções das Comissões de Controlo de Infeção. (9 pontos)
5 – Indique duas técnicas de lavagem das mãos que conheças. (8 pontos)
6 – Quais os 5 momentos de lavagem das mãos recomendados na prestação de cuidados de saúde?
Escolha dois dos momentos e dê exemplos de situações concretas que possam ocorrer na prestação de
cuidados de saúde. (14 pontos)
7– Refira duas regras básicas a considerar na utilização de luvas na prestação de cuidados de saúde. (8
pontos)
8 – Distinga isolamento protetor de isolamento de contenção. Exemplifica. (12 pontos)
9 – Imagine uma enfermaria de um hospital com dois quartos de isolamento, um deles com pressão positiva
e outro com pressão negativa.
Qual dos quartos recomendaria para um doente com tuberculose pulmonar?
Justifique a sua resposta. (10 pontos)
10 – Um bloco operatório é um serviço em que se exigem determinados cuidados específicos para a
prevenção das infeções associadas aos cuidados de saúde.
Indique três deles. (12 pontos)

Escola Profissional da Região Alentejo | Curso Técnico/a Auxiliar de Saúde


Formador: João Carlos Calado | Évora | 2020 | UFCD 6562
GRUPO V (20 pontos)
1 – Leia, com atenção, o texto seguinte e responda às questões colocadas.
Infeção duplica custos de Saúde
As "infeções duplicam os custos hospitalares", revela o relatório divulgado pela Direcção-Geral da
Saúde, ‘Vigilância das Infeções em Local Cirúrgico’. Na análise dos custos, o trabalho revela que é na
cirurgia do cólon que se verificam os maiores gastos associados à infeção. Atingem, em média, mais 68 mil
euros por doente.
Das 2779 cirurgias do cólon realizadas entre 2000 e 2010, houve infeção do local cirúrgico em 291
casos, ou seja, 10,5% do total. Por norma, os doentes têm alta nove dias depois de realizada a cirurgia do
cólon, contudo, verificada a infeção, o doente precisa, em média, de mais 12 dias de internamento. Por dia,
estes doentes custam 5664,6 euros, cada um.
Sublinha o relatório, que a probabilidade de morrer dos doentes que contraem uma infeção
hospitalar duplica. Assinala ainda que 17,9% das infeções que ocorrem nas cesarianas são consideradas
das mais graves.
Após a cesariana, a mulher com infeção só tem alta passados oito dias. Sem infeção, essa alta é
passada ao fim de três dias. O custo da diária por cesariana é de 871,5 euros. A fim de combater as
infeções, o relatório recomenda que as equipas de controlo da infeção registem todas as ocorrências.
FONTE: Retirado a 30/10/2012 de http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/saude/infeccao-duplica-custos-de-saude

1.1 – De acordo com o estudo da Direção Geral de Saúde, em que tipo de cirurgia se verificaram os maiores
gastos associados à infeção? (2 pontos)
1.2 – O que entende por infeção associada aos cuidados de saúde? (5 pontos)
1.3 – Qual o principal custo hospitalar relacionado com as Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde
(IACS) descrito no texto?
Identifique outros dois eventuais custos associados às IACS. (12 pontos)
Bom Trabalho!... 
FIM

Escola Profissional da Região Alentejo | Curso Técnico/a Auxiliar de Saúde


Formador: João Carlos Calado | Évora | 2020 | UFCD 6562