Você está na página 1de 5

INFRAESTRUTURA URBANA

Infraestrutura Urbana

Você já imaginou a importância do papel da indústria da construção na infraestrutura urbana? Bem,


se pensarmos que o setor movimenta mais de 9% do produto interno bruto (pib) nacional, é
responsável por 52,5% da formação bruta de capital fixo do brasil e emprega cerca de 13% da força
trabalhista, já temos uma visão clara sobre o grande impacto no desenvolvimento das cidades.

Afinal, a infraestrutura urbana é o conjunto de obras que serve como base para o funcionamento das
cidades, formado pelas redes básicas de distribuição e condução. Em outras palavras, são todos os
elementos que permitem que a população viva confortavelmente: por meio de rodovias e do sistema
viário, da energia elétrica, da drenagem, das canalizações de esgoto, do gás e da água potável, entre
outras facilidades.

Inclusive, boa parte desse mérito se deve à construção civil. Afinal, o setor contribui para o
desenvolvimento de espaços urbanos desde o século xviii, com a revolução industrial na inglaterra.
Desde então, os avanços são cada vez mais impressionantes — especialmente, devido às inovações
tecnológicas.

Quer saber mais sobre como a indústria da construção contribui para o desenvolvimento das
cidades? Confira nosso post!

Dados Sobre a Infraestrutura Urbana

É claro que, quanto melhores as condições de atendimento das necessidades das pessoas, maiores
as chances de uma cidade apresentar crescimento populacional acelerado.

No entanto, essa tendência da urbanização não é recente. A estimativa é de que, até 2030, o mundo
atinja cerca de 8,2 bilhões de habitantes. Se voltarmos um pouquinho o histórico, essa é a
representação que teremos:

Ano População

1804 1 bilhão de pessoas

1927 2 bilhões de pessoas

1959 3 bilhões de pessoas

1974 4 bilhões de pessoas

1987 5 bilhões de pessoas

1999 6 bilhões de pessoas

2011 7 bilhões de pessoas

de acordo com o mesmo artigo, a concentração de indivíduos nas áreas habitacionais só é possível
graças ao trabalho feito em uma infraestrutura urbana.

Note que o aumento em bilhões de pessoas é registrado rapidamente e conforme melhores


oportunidades aparecem, diminuindo os índices de mortalidade e também aumentando as
expectativas de vida.

Infraestrutura urbana e construção civil: principais desafios

A influência da construção civil não é apenas econômica, mas também social e ambiental. Ao mesmo
tempo em que os profissionais da área conseguem facilitar uma infinidade de questões, o mau
planejamento e/ou a falta de investimentos são fatores que podem levar à direção contrária.

Os engarrafamentos, por exemplo, mostram que a infraestrutura urbana em certos pontos do


perímetro não comporta a quantidade de veículos nas ruas em determinados horários.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
INFRAESTRUTURA URBANA

Afinal, será que todos os moradores da sua cidade possuem o mesmo acesso ao transporte público,
à água potável e à energia elétrica? As ruas são pavimentadas e as mais diversas moradias contam
com sistemas de esgotamento sanitário e drenagem qualificados? Quais os impactos ambientais
causados pelo setor e quantos deles poderiam ser evitados?

O déficit habitacional é um dos principais obstáculos enfrentados pelo brasil. Segundo dados
compartilhados pelo instituto brasileiro de geografia e estatística (ibge), atualmente faltam mais de 7
milhões de unidades domiciliares.

Crescimento Populacional dos Municípios

A população necessita de novos serviços oferecidos pela área. Especialmente no que se refere a
saneamento básico e todos os demais itens relacionados, que nascem a partir da construção de
Doradia.

Ainda considerando o contexto brasileiro, a infraestrutura urbana é um tema que demanda certa
emergência. Isso devido à grande desproporção entre o planejamento habitacional e a taxa de
urbanização dos municípios.

O presidente da câmara brasileira da indústria da construção (cbic), josé carlos martins, afirma que “o
momento exige uma nova visão para o ordenamento das cidades — uma visão em que o cidadão
tenha voz ativa, aponte as prioridades e fiscalize a ação do poder público.”

Por outro lado, há alguns bons exemplos nacionais que podem servir de inspiração para os próximos
anos.

Um deles é o bus rapid transit (brt), sistema de transporte coletivo que atende o rio de janeiro (rj)
desde 2012, contando com três linhas e 42 estações em funcionamento.

Outro é o programa minha casa, minha vida, lançado pelo governo federal em 2009 e desenvolvido
em parceria com a caixa econômica federal. Seu intuito é o de auxiliar famílias economicamente
vulneráveis a conquistar a residência própria.

Possíveis soluções para a infraestrutura urbana

O ponto-chave para vencer os desafios relacionados à infraestrutura urbana das cidades brasileiras
se dá através de um planejamento executado com inteligência. Não se trata de pensar
futuristicamente, mas de aplicar com sabedoria os recursos já disponíveis a favor da qualidade de
vida da população.

A construção civil tem cartas valiosas na manga para solucionar a infraestrutura urbana do país,
especialmente se considerarmos o mercado imobiliário. Pense no que poderia ser feito — e que já é
realidade em alguns países — com as inovações tecnológicas, o consumo de recursos naturais, a
utilização de materiais sustentáveis e o gerenciamento de resíduos.

As leis que tratam o desempenho de edificações são boas formas de padronizar a atividade e
salientar características vistas como indispensáveis para o consumidor, prezando por algumas
necessidades básicas como acessibilidade, higiene e segurança.

A nbr 15575, por exemplo, tem a questão da sustentabilidade como uma de suas bases, abrangendo
durabilidade, manutenibilidade e abalos ecológicos originários da obra.

Estes são apenas exemplos de como é possível pensar fora da caixa, aliando experiência e
criatividade para obter resultados positivos em nome de todos os habitantes do brasil.

O resultado disso? Uma cultura urbana que faz a diferença, estabelece sua visão de futuro e
preocupa-se com o bem-estar do outro. Que monta o desenho da cidade não apenas de acordo com
políticas públicas e interesses particulares, mas também analisando as reais necessidades da
população, considerando os pilares fundamentais para a sua performance.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
INFRAESTRUTURA URBANA

O conjunto de sistemas técnicos de equipamentos e serviços necessários ao desenvolvimento das


funções urbanas é conhecido como infra-estrutura urbana.
Zmitrowicz e neto definem estas funções sob os seguintes aspectos:

− Aspecto social: visa promover adequadas condições de moradia, trabalho, saúde, educação, lazer e
segurança.

− Aspecto econômico: deve propiciar o desenvolvimento de atividades de produção e comercialização


de bens e serviços.

− Aspecto institucional: deve oferecer os meios necessários ao desenvolvimento das atividades


político-administrativas da própria cidade.

A atividade econômica, em conjunto com a evolução social, ocasiona um aumento nas migrações,
que gera um crescimento populacional localizado e, consequentemente, uma escassez de
habitações. Para suprir a necessidade de habitações, há um aumento na área urbana, geralmente
com falta de infra-estrutura devido à falta de recursos para a administração da cidade. Neste contexto
surgem as favelas, os cortiços e casas precárias da periferia; sendo, normalmente, constituídas por
uma ou mais edificações construídas em lote urbano cujo acesso e uso comum dos espaços não
edificados e instalações sanitárias, circulação e infraestrutura, no geral, são precários. Isto pode
ocasionar a poluição da água devido às condições precárias de saneamento, culminando em
doenças.

Sendo assim, a infra-estrutura urbana tem como objetivo final a prestação de um serviço, pois, por
ser um sistema técnico, requer algum tipo de operação e algum tipo de relação com o usuário.

O sistema de infra-estrutura urbana é composto de subsistemas que refletem como a cidade irá
funcionar. Para o perfeito funcionamento da cidade são necessários investimentos em bens ou
equipamentos que devem apresentar possibilidades de utilização da capacidade não utilizada ou de
sua ampliação, de forma a evitar sobrecargas que impeçam os padrões de atendimento previstos.

Pode-se classificar o sistema infra-estrutura como o conjunto dos seguintes subsistemas técnicos
setoriais:

subsistema viário: é composto de uma ou mais redes de circulação, de acordo com o tipo de espaço
urbano, sendo complementado pelo subsistema de drenagem de águas pluviais, que assegura o uso
sob quaisquer condições climáticas.

subsistema de drenagem pluvial: tem como função promover o adequado escoamento da água das
chuvas que caem nas áreas urbanas, assegurando o trânsito público e a proteção das edificações,
bem como evitando os efeitos das inundações.

subsistema de abastecimento de água: tem como função prover toda a população de água potável
suficiente para todos os usos. Sendo assim, a qualidade e a quantidade da água são, pois, as duas
condições primordiais a serem observadas.

subsistema de esgotos sanitários: tem a função de afastar a água distribuída à população após o seu
uso, sem comprometer o meio ambiente. Sendo assim, este subsistema constitui-se no complemento
necessário do subsistema de abastecimento de água e cada trecho da rede de distribuição de água
deve corresponder ao da rede coletora de água servida.

subsistema energético: fundamentalmente tem a função de prover a população com dois tipos de
energia: elétrica e de gás. Basicamente, para ter-se o fornecimento de energia elétrica é necessário
um conjunto de elementos interligados com a função de captar energia primária, convertê-la em
elétrica, transportá-la até os centros consumidores e distribuí-la neles, onde é consumida por
usuários residenciais, industriais, serviços públicos, entre outros.

subsistema de comunicações: compreende a rede telefônica e a rede de televisão a cabo, sendo as


conexões feitas por condutores metálicos.as redes de infra-estrutura que compõem este subsistema
(cabeamento e fios) seguem especificações similares às do sistema energético.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
INFRAESTRUTURA URBANA

Porém, os subsistemas da infra-estrutura urbana estão relacionados ao conceito de habitação e de


meio ambiente e devem ser analisados em conjunto, pois segundo zmitrowicz; neto , temos que:

A qualidade do espaço urbano se prende a um conjunto complexo de fatores ligados, não apenas à
tipologia da construção como ao meio ambiente interno e externo, apoiados em equipamentos sociais
e urbanos próximos, e nas redes de infra-estrutura e serviços correspondentes. E deve estar dentro
das possibilidades de desempenho da população, nas suas condições econômicas e culturais
específicas.

O próprio conceito de habitação não se restringe apenas à unidade habitacional, mas


necessariamente deve ser considerado de forma mais abrangente envolvendo também o seu
entorno, envolvendo serviços urbanos, infra-estrutura urbana e equipamentos sociais. De acordo com
o habitat, agência das nações unidas para os assentamentos humanos, uma habitação adequada,
considerandose a infra-estrutura, deve contar com serviços de abastecimento de água seguro e em
quantidade suficiente, serviços de eliminação de dejetos domésticos e humanos.

Sendo assim, pode-se afirmar que quando há densidades populacionais inadequadas aos tipos de
edificações implantadas como, por exemplo, em um conjunto habitacional com moradias individuais
(adequadas a baixas densidades) implantadas com uma densidade alta, tem-se um espaço urbano
desagradável e uma qualidade de vida obviamente baixa. Outro problema ressaltado é colocar blocos
de apartamentos (adequados a altas densidades) em densidades populacionais baixas, pois a
qualidade de vida não seria necessariamente alta, havendo dificuldades de se manter os espaços
vazios entre os blocos, resultando em áreas urbanas pouco agradáveis.

O agrupamento de indicadores de infra-estrutura e meio ambiente pode ser observado no estudo


realizado pelo núcleo de gestão municipal do instituto pólis. Neste estudo, denominado "evolução
comparada da qualidade de vida nos municípios brasileiros - o melhor desempenho de uma
prefeitura", foram construídos índices de qualidade de vida e de gestão municipal, tomando como
referência os 181 mais populosos municípios brasileiros com informações do censo de 1991. Foi
obtido um índice único, o índice municipal do instituto pólis, que é o agrupamento de quatro índices,
sendo eles:

− índice de renda: composto por renda média dos chefes de domicílios e por percentual de chefes de
domicílios com renda até dois salários mínimos;

− índice de habitação: número médio de habitantes por domicílio, número médio de cômodos por
domicílio e porcentagem de domicílio com até três cômodos;

− índice ambiental: porcentagem de domicílios com abastecimento de água inadequado,


porcentagem de domicílios com coleta de lixo inadequada e porcentagem de domicílios com esgoto
inadequado;

− índice de alfabetização: porcentagem de pessoas analfabetas acima de 15 anos e porcentagem de


crianças que vivem em domicílios cujos chefes têm menos de um ano de escolaridade.

No caso de cidades menores, como a de maringá, os índices de qualidade de vida da população com
relação à infra-estrutura estão relacionados aos seguintes indicadores: domicílios com água
encanada, consumo per capita de água, nível de fluoretação de água, índice de qualidade de água
distribuída, proporção de tratamento de esgoto coletado, domicílios com ligação de energia elétrica,
consumo percapita mensal de energia residencial, rede compacta de distribuição de energia,
quantidade de pessoas por veículo, veículos por grupo de 10 pessoas, quantidade de pessoas por
telefone fixo, telefone fixo por grupo de 10 pessoas.

Considerando-se o que foi exposto, para a elaboração do índice econômico de qualidade de vida
(ieqv), percebe-se que para a análise da qualidade de vida referente à infra-estrutura do município de
são paulo, normalmente, os dados necessários não são atualizados ou são escassos. Por este
motivo, optou-se por agrupar infra-estrutura com o meio ambiente.

o que é uma infraestrutura:

Infraestrutura é um substantivo feminino que indica a base ou estrutura invisível que suporta uma
construção.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
INFRAESTRUTURA URBANA

Esta palavra é formada através da junção de infra + estrutura, sendo que infra significa interior ou
inferior. Ex: o prédio caiu porque a sua infraestrutura era muito frágil.

A expressão infraestrutura urbana designa os serviços ou obras públicas que fazem parte de um
ambiente urbano, como por exemplo: rede de energia elétrica, rede de saneamento básico, rede de
gás, edifícios utilizados para fins públicos, etc.

No âmbito da sociologia, karl marx descreveu as infraestruturas como os fenômenos econômicos que
suportam qualquer sociedade. Além disso, as infraestruturas também são a base das
superestruturas, que podem ser instituições ou estruturas relacionadas com a filosofia, religião, o
direito, etc.

Além disso, a palavra infraestrutura pode indicar os elementos centrais e fundamentais de alguma
doutrina, partido político, filosofia, etc.

Infraestrutura ou Infra-Estrutura

Muitas pessoas têm dúvida quanto à forma correta de escrever esta palavra, mais concretamente
entre infraestrutura e infra-estrutura.

Segundo o novo acordo ortográfico, o hífen é suprimido quando a vogal do prefixo é diferente da
vogal da palavra seguinte. Assim, a forma correta é infraestrutura.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5

Você também pode gostar