Você está na página 1de 3

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL - GDF

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO - SEE


COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO DO GAMA - CRE
CENTRO DE ENSINO MÉDIO 01 DO GAMA – CEM 01
Revisão de Prova
Aluno (a):_______________________________________ Nº: ________ Bimestre: Turma/Ano: Nota:
Professora: Data:_____________________ 2º

Exercícios
Figuras de Linguagem
1) Indique qual resposta não possui coerência. e) metáfora
a) Em “Tinha cinco bocas para alimentar”, indica-se a 7) No verso “A poesia – é uma luz... e alma – uma
parte pelo todo. ave...” ocorrem:
b) Em “Dê-me dois maços”, pede-se o continente a) prosopopéia e hipérbato;
(maço) pelo conteúdo (cigarro). b) metonímia e antítese;
c) Em “Comprei um Portinari”, há uma troca do autor c) hipérbole e eufemismo;
pela obra. d) pleonasmo e silepse;
d) Em “O homem ficou sem teto”, indica-se a causa e) metáfora e zeugma.
pela conseqüência. 8) Em qual das opções há erro na identificação das
e) Em “Tomavam um Porto”, tem-se o lugar pelo figuras?
produto. a) “Um dia hei de ir embora / Adormecer no
2) Na frase abaixo, identifica-se qual figura? derradeiro sono.”(eufemismo)
“Em matemática, Maria é uma cobra.” b) “A neblina, roçando o chão, cicia,em prece.”
a) metáfora (prosopopéia)
b) metonímia c) Já não são tão freqüentes os passeios noturnos na
c) catacrese violenta Rio de Janeiro. (silepse de número)
d) antonomásia d) “E fria, fluente, frouxa claridade / Flutua...”
e) onomatopéia (aliteração)
3) No trecho: “Dão um jeito de mudar o mínimo para e) “Oh sonora audição colorida do aroma.”
continuar mandando o máximo”, a figura de linguagem (sinestesia)
presente é chamada: 9) Na frase “Ao pobre não lhe devo nada”,
a) metáfora encontramos um caso de:
b) hipérbole a) anacoluto
c) hipérbato b) pleonasmo
d) ánafora c) elipse
e) antítese d) zeugma
4) Na frase: “O pessoal estão exagerando, me disse e) solecismo
ontem um camelô”, encontramos a figura de 10) Na frase, “Sois Anjo, que me tenta, e não me
linguagem chamada: guarda.”, temos aqui a seguinte figura de linguagem,
a) silepse de pessoa típica do Barroco:
b) elipse a) antítese
c) anacoluto b) pleonasmo
d) hipérbole c) elipse
e) silepse de número d) hipérbole
11) “Vozes veladas,veludosas vozes,
5) Que figura de linguagem encontramos em “Choram Volúpias dos violões, vozes veladas,
as ondas”? Vagam nos velhos vórtices velozes
a) catacrese Dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas.”
b) metonímia No texto de Cruz e Sousa temos exemplo de:
c) hipérbole a) paralelismo
d) prosopopéia b) versos brancos
e) metáfora c) eufemismo
6) Na oração “Ele trazia na cabeleira a neve dos anos” d) aliteração
temos qual figura de linguagem? e) hipérbole
a) catacrese 12) Indique a alternativa em que o exemplo dado não
b) metonímia corresponde à figura de linguagem pedida:
c) zeugma a) Metonímia: Ele gosta de ler Jorge Amado
d) hipérbole b) Assíndeto: Vim, vi, venci.
c) Metáfora: “Meu verso é sangue” (Manuel d) 2, 4, 1, 3
Bandeira) e) 3, 1, 4, 2
d) Antonomásia: Estou morrendo de sede! 19) Na frase: “O fio da idéia cresceu, engrossou e
e) Onomatopéia: “...não se ouvia mais o plic-plic-plic- partiu-se”, ocorre processo de gradação. Não há
plic da agulha no pano”. (Machado de Assis) gradação em:
13) Em todos os itens, as figuras foram classificadas a) O carro arrancou, ganhou velocidade e capotou.
adequadamente, menos em: b) O avião decolou, ganhou altura e caiu.
a) “A felicidade é como a gota de orvalho numa pétala c) O balão inflou, começou a subir e apagou.
de flor” (Vinícius de Morais) – eufemismo. d) A inspiração surgiu, tomou conta de sua mente e
b) Ele é um bom garfo – metonímia. frustrou-se.
c) Ele não tem um níquel – sinédoque. e) João pegou de um livro, ouviu um disco e saiu.
d) Sobre a mesa, garrafas vazias – elipse. 20) Nos trechos:
e) Gosto de ler Camões – metonímia. “...nem um dos autores nacionais ou nacionalizados
14) “E eu morro, Ó Deus! Na aurora da existência.” de oitenta pra lá faltava nas estantes do major.”
(Castro Alves)
“...o essencial é achar-se as palavras que o violão pede
Indique a alternativa que apresenta a correta e deseja.”
classificação de duas figuras que aparecem no verso. encontramos, respectivamente, as seguintes figuras de
a) hipérbole – anáfora; linguagem:
b) apóstrofe – antítese; a) prosopopéia e hipérbole
c) eufemismo – catacrese; b) hipérbole e metonímia
d) gradação – antonomásia; c) perífrase e hipérbole
e) perífrase – pleonasmo. d) metonímia e eufemismo
15) Em “Meu coração não aprendeu nada”, a figura de e) metonímia e prosopopéia
linguagem é: 21) Observe as letras destacadas nos versos:
a) gradação “O vento voa
b) hipérbole a noite toda se atordoa...”
c) catacrese Na repetição das consoantes você vê:
d) prosopopéia a) aliteração
e) eufemismo b) assonância
16) “Mas seu Juveniano foi um vitorioso porque, de c) eco
um jeito ou de outro, pôs um diploma na mão de d) rima
cada filho. ” e) onomatopéia
A oração destacada assinala o emprego de: 22) Nos trechos:
a) metonímia
b) metáfora “O pavão é um arco-íris de pumas”
c) silepse “...de tudo que ele suscita e esplende e estremece e
d) hipérbole delira...”
e) pleonasmo como procedimento estilístico, temos,
17) Quando você diz que enterrou os pés na areia; que respectivamente:
embarcou num ônibus; que chumbou o taco na parede, a) metáfora e polissíndeto.
você recorre a uma figura de linguagem denominada: b) comparação e repetição.
a) metonímia c) metonímia e aliteração.
b) antítese d) hipérbole e anacoluto.
c) hipérbole e) anáfora e metáfora.
d) catacrese 23) Em “Muitos adormeceram para sempre”, há:
e) metáfora a) perífrase.
18) Relacione as duas colunas, classificando as b) metonímia.
figuras de linguagem de acordo com a seguinte c) eufemismo.
indicação, e assinale a alternativa correta: d) apóstrofe.
(1) Faltaram braços para se concluir a obra. e) n.d.a.
(2) Não havia em casa um dente de alho sequer. 24) Identifique a alternativa que contém a figura de
(3) A madrugada vem sorrindo atrás dos montes. linguagem predominante em: “Partimos todos os
(4) O carro era um foguete passando por mim. alunos”.
( ) metáfora a) pleonasmo.
( ) prosopopéia b) silepse.
( ) catacrese c) metáfora.
( ) metonímia d) metonímia.
a) 3, 2, 1, 4 e) perífrase.
b) 2, 1, 3, 4
c) 4, 3, 2, 1
As questões 25 e 26 referem-se à estrofe do texto
Soldados Verdes de Cassiano Ricardo. Leia-o
atentamente para respondê-las.
O cafezal é a soldadesca verde
que salta morros na distância iluminada
um dois, um dois, de batalhão em batalhão
na sua arremetida acelerada contra o sertão

25) O primeiro verso o poema apresenta o emprego


da:
a) metonímia
b) catacrese
c) comparação
d) metáfora
e) onomatopéia